Arquivo da categoria: Saúde e Comportamento

Fortaleza é homenageado por recorde de público contra o Macaé

Corrêa, Dudu Cearense e Max Oliveira também participaram da homenagem ao Fortaleza (Foto: Divulgação/Fortaleza)

Se a partida contra o Macaé, no ano passado, pela Série C do Campeonato Brasileiro, não traz boas lembranças ao torcedor do Fortaleza, para o clube é motivode homenagem. O Projeto Foot Fame entregou placa alusiva ao recorde de público na Arena Castelão (63.624 pessoas, no dia 25de outubro) e será eternizado na Calçada da Fama do estádio.

– Nós decidimos fazer esta homenagem para o Fortaleza, pois é um clube de uma história maravilhosa e não poderia ficar de fora da nossa calçada da fama. Vale lembrar que não é apenas o maior público da Arena Castelão, mas também de todo Brasil em 2014 – disse Ângelo Neto, sócio-fundador do Foot Fame.

Além do vice-presidente, três atletas foram escolhidos pela assessoria de imprensa do clube para participar do evento: Corrêa, Dudu Cearense e Max Oliveira. Os atletas participaram de uma sessão de autógrafos e jogaram videogame com torcedores do Leão do Pici.

Na última sexta-feira (20), o Foot Fame prestou homenagem para o atacante Magno Alves por ser o maior artilheiro da Arena Castelão.

(Globo Esporte)

Como a internet enlouqueceu por causa deste vestido preto e azul (sim, ele é preto e azul)

Se você não esteve nas redes sociais até tarde da noite de ontem, eis o que aconteceu: o Buzzfeed pescou no Tumblr um post em que as pessoas discutiam a cor de um vestido fotografado em uma festa de casamento. Este aí de cima. Para mais de 70% das pessoas que clicaram na enquete, ele é branco e dourado. Mas muitas pessoas o viam claramente como preto e azul. Isso gerou uma discussão absurda no Twitter, Facebook e afins, e formaram-se times de acordo com a afinidade visual.

Para deixar claro: o vestido abaixo é preto e azul, há uma explicação científica para quem viu outra coisa. Chegaremos lá.

 

O interessante foi o tamanho da celeuma. O post entrou no ar pouco depois das oito da noite (horário de Brasília) e no meio da madrugada já encostava em 20 milhões de visualizações (mais do que qualquer vídeo do Porta dos Fundos conseguiu em dois anos, por exemplo).

Ilusões de óticas sempre geram curiosidade, porque são divertidas – quem não lembra da série de livros “Olho Mágico”? Mas a mágica deste mundo hiperconectado em que vivemos é que temos a sensação que estamos dividindo a mesma experiência, ao mesmo tempo. No caso, essa sensação foi bem real: o Buzzfeed chegou a ter mais de 600 mil pessoas acessando o mesmo post ao mesmo tempo, um recorde histórico, que fez o servidor deles balançarem.

Ao ver a quantidade de tuites simultâneos sobre o assunto, parecia que subitamente todo mundo estava em uma mesma sala, olhando para a mesma foto, e em caixas de comentários, retuitadas e mensagens, compartilhávamos as percepções. A sensação de “experiência coletiva” que muitos estudiosos de redes sociais comentam, parece só existir quando de fato há algo acontecendo ao vivo, como a final da Copa ou o último capítulo da novela. Mas o poder de viralização – especialmente do Buzzfeed, turbinado pelo Facebook – transformou um post bobo, estático, em um megaevento ao vivo. Parecia, por um brevíssimo período de tempo, antes da charada ser “solucionada”, que isso era um assunto sério e urgente. Pra qualquer pessoa. Veja, por exemplo, o tamanho da repercussão deste tuite da Taylor Swift:

E as marcas, obviamente, pegaram carona, como a Microsoft:

Em questão de minutos, Sony, Amazon, Victoria’s Secret, times de basquete e futebol americano, empresas de aviação, montadoras, jornais, TVs, todo mundo nos EUA quis se mostrar dentro do assunto do momento e “opinar” sobre a polêmica e parecer gente como a gente (ou como os americanos, onde a coisa foi mais forte). Foi um movimento incrível (ou incrivelmente bobo, como você quiser imaginar), que um jornalista definiu como a “singularidade do viral”.

É verdade que a viralização se sustentou por uma polêmica inexistente. Porque não havia “opinião”, ou times. O vestido era azul e preto, segundo quem esteve na ocasião que ele foi fotografado (ou a Adobe, que usou a ferramenta que verifica o código da cor).

Uma hora depois do início da discussão começou então uma corrida entre os sites mais “sérios” para ver quem dava a explicação científica primeiro. Houve gente que disse que era uma diferença dos cones do olho de cada pessoa, ou que o azul é uma cor menos “forte” (em espectro), ou que era só uma foto superexposta. Neurocientistas e especialistas em visão eram acordados de noite para dar entrevistas e explicar o fenômeno. Por que, afinal, tanta gente vê a mesma imagem diferente? Ou, pior, por que a mesma pessoa pode ver a mesma imagem em cores diferentes mesmo sabendo o que é o certo?

A ciência

O fenômeno é razoavelmente conhecido como “ilusão de luminosidade”, e explicado nessa imagem clássica, tirada da Wikipédia:

Na foto, A e B têm a mesmíssima cor. Mas o que está em volta faz a parte do cérebro responsável por formar a imagem presumir a cor “certa”. Afinal, o que vemos normalmente na nossa vida na verdade é uma aproximação da realidade. Explica a Wikipédia (baseada neste artigo do MIT):

“É uma “ilusão” que mostra o sucesso do sistema visual. Não é um bom medidor de luz, mas esse não é o seu propósito: se o sistema visual se baseasse apenas na luminância, não distinguiríamos uma superfície branca mal iluminada de uma superfície negra muito iluminada. A capacidade que o sistema tem para o fazer é aquilo a que se chama a “constância da luminosidade”.

Voltando ao vestido: se você observá-lo contra outro fundo, com a exposição ligeiramente melhor calibrada, provavelmente o verá preto e azul. A Wired ajustou apenas a luminosidade da imagem e a colocou em uma boa reportagem sobre a ciência do fenômeno:

A explicação mais longa é que o olho humano foi adaptado para enxergar com a luz natural. E nós estamos o tempo todo “descontando” a variação de cor da luz solar, do alaranjado pela manhã, ao dourado do meio-dia, ao azulado-lilás de tardinha, para tentar formar algo próximo da cor real. “Então as pessoas ou tentam descontar o lado azul, o que no caso faz elas perceberem o vestido como branco e dourado, ou descontar o lado dourado, o que no caso faz você chegar ao azul e preto”, disse Bevil Conway, neuroscientista da Wellesley College nos EUA, que estuda a visão, à Wired.

Ele e outros cientistas confirmaram que o escândalo do vestido foi um fenômeno de viés de percepção visual bastante único. E seria só mais um entre vários (lembra das lhamas em fuga, no mesmo dia?), se não fosse o fato de que, com as redes sociais, todo mundo estava olhando para a mesma imagem, e discordando. Aí deixou de ser só uma curiosidade científica para ser uma amostra inequívoca do alcance global das bobagens virais, os memes, que se formam e morrem todo dia. E, cá entre nós, poderia ser bem pior. Ninguém brigou de verdade, e acabamos aprendendo uma informação científica de bônus.

E o vestido branco e dourado nem era tão bonito assim! ;)

(Pedro brugos, via https://br.noticias.yahoo.com/blogs/pedro-burgos)

Morre Leonard Nimoy, o inesquecível sr. Spock de “Star Trek”

O ícone da ficção científica Leonard Nimoy, que se tornou uma lenda por seu papel como Sr. Spock em “Star Trek”, faleceu nesta sexta-feira aos 83 anos de idade em Los Angeles.

“Como vocês sabem, o meu avô faleceu esta manhã às 8h40 (1h40 de Brasília) … Obrigado pelas calorosas mensagens de pêsames. Que todos vocês experimentem uma vida longa e próspera”, escreveu Dani, a neta de Leonard Nimoy, retomando a famosa saudação de Sr. Spock.

A esposa de Nimoy, Susan Bay, também confirmou a morte do marido devido à doença pulmonar obstrutiva crônica, resultado de toda uma vida de fumante.

Ilustrando o enorme papel que o personagem e a série de TV que o fez famoso tiveram para milhões de fãs e profissionais da exploração espacial, a Nasa foi uma das primeiras a prestar homenagem ao falecido.

“RIP Leonard Nimoy. Muitos de nós na Nasa formos inspirados por Star Trek. Audaciosamente indo”, escreveu a a agência em seu Twitter.

A Nasa utiliza a frase “boldly go”, que é parte do texto “Audaciosamente indo onde nenhum homem jamais esteve” da abertura da série.

O ator William Shatner, mais conhecido como o capitão James Kirk, também lamentou a morte do companheiro de elenco e amigo pessoal.

“Eu o amava como a um irmão. Vamos sentir falta de seu humor, de seu talento, e de sua capacidade de amar”, declarou Shatner à imprensa americana.

Já o ator Zachary Quinto, que enfrentou o desafio de viver Spock quando jovem e teve a aprovação de Nimoy nesta tarefa, declarou estar com o “coração partido”.

“Eu te amo profundamente, meu querido amigo. E vou sentir sua falta todos os dias. Que os anjos te acompanhem para teu descanso”, escreveu.

Com o queixo quadrado e feições duras, Leonard Nimoy, nascido em Boston em 26 de marco de 1931, conquistou seu espaço ao representar todos os tipos, desde cowboy a advogado, antes de vestir em 1966 a pele de Spock, um extraterrestre de orelhas pontudas do planeta Vulcano.

O personagem, criado pelo roteirista Gene Roddenberry, fez dele uma lenda da ficção científica para a televisão e cinema.

Sua missão em “Star Trek” era a de “explorar novos mundos, novas civilizações, audaciosamente indo aonde nenhum homem jamais esteve” a bordo da nave espacial USS Enterprise.

Spock encarna o contrapeso frio e racional ao impulsivo capitão James T. Kirk, interpretado por Shatner, e do médico altamente emocional Leonard “Magro” McCoy, interpretado por DeForest Kelley.

O personagem de Spock marcou o imaginário coletivo, especialmente com suas citações que se tornaram lendárias para os “trekkers”, uma enorme legião de fãs apaixonados que se cumprimentam com um gesto de mão facilmente reconhecível pronunciando a frase “Vida longa e próspera”.

Entre as falas marcantes encontramos “Fascinante”, pronunciada por Spock quando aprende algo novo, ou “é altamente ilógico”, acompanhado por uma sobrancelha levantada.

“Eu sou Spock”

Nos anos 1970 e 1980, após o fim da série, o personagem reapareceu em seis filmes de longa-metragem, incluindo dois dirigidos pelo próprio ator.

Com “Star Trek IV: a volta para casa”, recebeu elogios da crítica.

Em outro domínio, dirigiu em 1987 a adaptação americana de “Três Solteirões e um Bebê”, estrelado por Tom Selleck.

Leonard Nimoy, como outros de “Star Trek”, teve, no entanto, dificuldade para se livrar desse papel. Em uma tentativa desesperada de se distinguir do estrangeiro, ele assinou em 1975 um ensaio, “Eu não sou Spock”. Acabou por abdicar em 1995 ao publicar “Eu sou Spock”. O papel se colou a sua pele.

Na realidade, esta popularidade global alimentou o resto de sua carreira: emprestou sua voz para documentários, videogame e séries de televisão.

Vendeu uma quantidade astronômica de produtos derivados e apresentou-se regularmente em convenções de “Star Trek”.

Em 2009 e 2013, fez um retorno à nova franquia “Star Trek”, adaptada por JJ Abrams.

Até o fim da vida, Leonard Nimoy permaneceu muito ativo, publicando livros de fotografia e poesia.

De 2008 a 2013, participou da série de ficção científica “Fringe”, também produzida por Abrams, e fez uma pequena participação na elogiada sitcom “The Big Bang Theory”, que elogia a cultura nerde e geek.

Nimoy teve dois filhos e ainda era casado com sua segunda esposa desde 1989.

Por Por SARA PUIG, avec Jean-Michel Poirier à Washington | AFP

Que tal um Centro de Eventos no lugar do Acquario do Ceará?

Do ex-diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE)(, Marcos Holanda, recebemos o seguinte artigo, com o título “Um aquário de gente”. Mais um ingrediente para o debate em torno do polêmico Acquario do Ceará. Confira:

O projeto do aquário, no formato que possui hoje, não se justifica do ponto de vista econômico e dificilmente vai ser viabilizado. O seu propósito, no entanto, alavancar o turismo e recuperar a área degradada da Praia de Iracema, continua super valido e importante. Como preservá-lo?

Aqui vai uma sugestão: implantar no local um centro de eventos de médio porte, único do Brasil integrado ao mar e com um potencial de beleza arquitetônica singular. Um centro de eventos (congressos, conferencias, seminários), diferente de um centro de feiras, demanda um espaço de uso menor, compatível com a área existente.

A taxa de uso do atual centro de feiras tem sugerido que nossa vantagem comparativa está na área de eventos e não de feiras. O que faz mais sentido em Fortaleza? Um congresso de energias alternativas ou uma feira de implementos agrícolas?

Um centro de eventos de médio porte seria mais barato e viável para uma PPP (Parceria Público-Privada). Seria autossustentável em termos de custo de manutenção e teria uma bela sinergia com o Centro Dragão do Mar (trabalho no Centro e lazer no Dragão).

Creio que a combinação cidade-local-projeto arquitetônico arrojado com o Dragão do Mar, tornaria o centro uma referencia no Brasil.

Com a palavra os arquitetos e urbanistas.

* Marcos Holanda, Economista.

Via http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar

Vereador Acrísio Sena defende que o Centro de Fortaleza ganhe “vida noturna”

Usando como mote a possível ida da Câmara Municipal para o Centro de Fortaleza, o vereador Acrísio Sena (PT) reforçou o discurso pela requalificação daquele bairro. “A intenção do presidente Salmito Filho é excelente e pode servir de pontapé inicial para tornar o Centro uma referência não só comercial, mas cultural também”, defendeu o parlamentar.

Pelo mundo
O líder do PT citou várias cidades que fizeram do Centro um ambiente de convivência também à noite, como Lisboa, Buenos Aires, Paris e Tóquio, dentre outras.

“Hoje o que se vê é um espaço com um intenso fluxo diurno, mas deserto quando escurece. É necessário elaborar políticas que dêem vida a equipamentos importantes, como Theatro José de Alencar, Cine São Luiz, Museu do Ceará, Mercado Central, Academia Cearense de Letras e Associação Cearense de Imprensa”.

Ocupação

Para Acrísio, uma política de incentivo à ocupação passa pela criação de condições para estabelecimento de restaurantes, cafés, bares e livrarias. “O poder público poderia dar sua contribuição ordenando o Centro, facilitando o transporte; melhorando a iluminação e a segurança, com uma delegacia 24 horas; oferecendo serviços de saúde, com um posto móvel; fazendo a SEFIN funcionar com plantões para pagamento de IPTU, ISS e emissão de certidões”.

Via http://www.politicacomk.com.br/

 

Visados na CPI do HSBC, tucanos voam para o mais longe possível

Uma vez instalada, nesta sexta-feira, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o escândalo do banco britânico HSBC, a ‘CPI do Suiçalão’ o PSDB passa da condição de pedra para vidraça. A presença de líderes e simpatizantes do neoliberalismo, no país, na lista de sonegadores vazada por ex-funcionário do HSBC, inibiu a presença da agremiação partidário entre os signatários do requerimento lido em Plenário, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Os senadores do PSDB, Aécio Neves, Aloysio Nunes Ferreira e Álvaro Dias – notórios defensores da caça aos corruptos – não assinaram o pedido de CPI.

O senador do PSOL conseguiu, prontamente, 33 assinaturas, seis a mais que o mínimo necessário para a instalação da CPI, que terá 11 membros titulares e seis suplentes. Segundo Randolfe Rodrigues, os tucanos podem ficar à vontade para contribuir com a Comissão, “que tem interesse suprapartidário e não se destina a fomentar disputas desta natureza”, afirmou. A intenção, disse o senador, é “desmantelar pela raiz” um grande esquema criminoso.

– Esse escândalo é de dimensão mundial. De acordo com o Financial Times, trata-se do maior caso de evasão fiscal do mundo. É necessário que o Parlamento brasileiro também se manifeste e instaure um procedimento de investigação – afirmou Randolfe.

Líder do PSB, senador João Capiberibe (AP) disse entender como prudente o fato de os senadores assinarem o pedido. Para ele, os escândalos da Petrobras já estão sendo investigados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público, motivo pelo qual o partido resolveu esperar a conclusão das investigações.

– A (CPI) do HSBC não tem processo judicial em curso, não tem investigação em curso, não tem nada – reparou Capiberibe.

Signatário do requerimento, o senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo no Congresso, afirmou que o Brasil precisa combater a sonegação e aumentar a formalização nos vários setores da economia, motivo pelo qual a CPI é importante. Segundo afirmou, a jornalistas, a legislação do sistema financeiro já é muito avançada, mas pode passar por aperfeiçoamentos.

– É exatamente por isso que eu assinei essa CPI. Além de identificar aqueles que cometeram erros, o que eu quero, principalmente, é construir uma legislação para superar essas falhas – afirmou o senador.

Sobre a habitual polarização entre governo e período eleitoral nas CPIs, Pimentel disse esperar que a investigação não se limite a isso. O período, diz o senador, favorece o trabalho da CPI, já que é início de legislatura e as próximas eleições só serão realizadas no ano que vem.

Desvio bilionário

O britânico HSBC, em sua sede na Suíça, admitiu a gestão fraudulenta para encobrir a origem de possíveis recursos ilícitos nas contas de clientes de peso, entre eles empresários, socialites e políticos. O Brasil é o quarto na lista, em número de contas suspeitas.

O Swissleaks, como é chamado o escândalo, internacionalmente, tem como fonte original um especialista em informática do HSBC, o franco-italiano Hervé Falciani. Segundo ele, entre os correntistas, estão 8.667 brasileiros, responsáveis por 6.606 contas que movimentam, entre 2006 e 2007, cerca de US$ 7 bilhões, que em grande parte podem ter sido ocultados do fisco brasileiro.

Em seu requerimento para a instalação da CPI, Rodrigues o classifica como “um arrojado esquema de acobertamento da instituição financeira, operacionalizado na Suíça, que beneficiou mais de 106 mil correntistas”, de mais de 100 nacionalidades. O total de recursos manejados dentro do esquema, segundo Randolfe, pode superar US$ 100 bilhões, no período de 1998 a 2007.

Randolfe Rodrigues acredita, ainda, que a lista dos titulares das contas certamente guarda estreita relação com outras redes de escândalos do crime organizado do país e do mundo. O senador lamentou que “o escândalo do Suiçalão”, como foi batizado aqui, no Brasil, venha sendo sistematicamente ignorado pela mídia conservadora. Segundo Randolfe, essa seletividade denuncia o envolvimento de personagens poderosos, que podem sempre se servir da benevolência de setores da imprensa.

(Correio do Brasil)

Semáforos apagados: Agrava-se crise entre Prefeitura de Fortaleza e empresa NovaKoasin

“A discordância entre a Prefeitura de Fortaleza e a empresa NovaKoasin ficou mais acirrada. Em entrevista ao O POVO ontem, o prefeito Roberto Cláudio (Pros) afirmou enfaticamente não reconhecer parte da dívida cobrada pela empresa que realizou manutenção na rede de semáforos da Capital até 11 de fevereiro. RC também quer a entrega de um software adquirido pela Prefeitura para gestão inteligente do sistema – o Scoot. O diretor da NovaKoasin, Valdir Roberto, entretanto, afirma que o software foi entregue em julho de 2011 e que existe um débito de R$ 9 milhões.

A pane na rede de semáforos gera transtornos. A NovaKoasin deixou de realizar manutenção nos equipamentos alegando inadimplência da Prefeitura. Segundo o diretor da empresa, o débito pendente se refere aos meses de junho, agosto, setembro, novembro e dezembro de 2013 e de 2014. Ele pontua que planilhas com os valores foram entregues para a Prefeitura em reuniões com secretários e outros gestores.

O Scoot é um sistema de tecnologia britânica para gestão inteligente das redes de semáforos. Segundo Roberto, mais de 250 cidades no mundo utilizam o modelo. Para a Prefeitura, ele diz, foi comercializada a licença de utilização do software. “Para trabalhar com o Scoot é necessário ter treinamento. Nós e a empresa fornecedora do programa oferecemos essa formação para os operadores da Prefeitura”, pontua. Valdir reafirmou que o sistema, adquirido pela Prefeitura, foi implantado e a licença para utilização (junto dos manuais de operação) foi entregue para o Município.

Até o fim de março, segundo o prefeito, será realizada licitação e contratação de nova empresa para manutenção dos equipamentos. Enquanto isso, os problemas têm sido solucionados por equipes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Próxima semana, deverá ser feito um contrato de emergência para garantir a estabilidade da manutenção, afirmou RC.

Investigação

Durante a entrevista, RC também afirmou que as Polícias Civil e Militar foram acionadas para participar de investigações sobre supostas sabotagens nos semáforos. O Ministério Público (MP) também se manifestou e vai participar. Na quarta-feira, O POVO flagrou indícios de fiação danificada na rede que leva energia a semáforo da avenida Eduardo Girão. Segundo a AMC, o último balanço apresentou apenas sete equipamentos com problemas – menos de 1% da rede completa.”

(O POVO)

Paulo Barros: Carnavalesco deixa a Mocidade e vai para a Portela

Fui dormir febril e muito gripado. Até a meia-noite de ontem, um burburinho infernal sobre a saída de Paulo Barros da Mocidade. Irritado pelo incômodo da gripe, saí fora da rede social deixando um certo desaforo pra quem acha que comentarista de Carnaval é Sherlock Holmes.

Acordo 5:30 pra beber água (gripe requer hidratação!) e confirmo o impossível: Paulo Barros é, agora, o novo carnavalesco da Portela! Delírio?! Surto febril?! Não: verdade!

Não quero falar de Portela nem de carnavalesco sem começar por Alexandre Louzada. Um autêntico portelense, um gênio dessa arte, um caprichoso por excelência. Visitei o barracão da Portela este ano e vi esse amigo querido meio sem a alegria de trabalhar que sempre o caracterizou. Antes que saiam besteiras por aí, não era desentendimento nem destrato: ele não tinha o que reclamar da Portela. Entre conversas pessoais e confissões, saí de lá ciente (por mim mesmo, não por palavras dele) de que Louzada não faria Portela 2016.

E veio Paulo Barros.

E quem é Paulo Barros, afinal?

Já escrevi sobre isso há um ano e volto a escrever agora!

Paulo Barros é o único carnavalesco, desde Joãosinho Trinta e Fernando Pinto, que provoca, incomoda, fustiga, cruza fronteiras, faz instalação artística na Avenida, funde pop art com folclore brasileiro, arquitetura com design funcional, Steven Spielberg com Ismael Silva, NASA com LIESA, Disneylândia com Praça da Apoteose. Dizem que ele faz Circo de Soleil…falem baixo…ou o Circo nos tira esse gênio e enfraquece o nosso Carnaval! A verdade é uma só: todo ano o Carnaval só começa quando sai a notícia de qual será a escola de Paulo Barros. A partir dele, sabe-se o resto. Ele é o “carnavalesco da invejinha”: quem não o tem, desdenha de quem o tem! Sabe-se bem o porquê disso. Difícil admitir quando um gênio é genial!

Levamos tantos anos pra sair da mesmice, da caretice, do Carnaval marcial e regrado… até que nos veio Paulo Barros. Ele evoluiu muito em sua plástica, mas seu forte mesmo sempre foi conceber um Carnaval ousado e sem métricas.

“Quem ousa, vence!” – diz Marcos Falcon, vice-presidente e figura icônica dessa Portela fênix ressurreta das cinzas. E agora… Portela vem de Paulo Barros!

Não me surpreende que, após o belo e pouco entendido trabalho realizado na Mocidade, Paulo tenha sido contratado pela Portela. A escola precisa mesmo subverter suas ligas e amarras, firmar sua vocação desde Antonio Caetano para impor-se pela plástica original e inovadora.

Ano passado, eu escrevia um texto sobre o que achava de Paulo Barros na Mocidade. Cá estou eu falando sobre ele, em 2016, na Portela. Digo o de sempre: genial, ousado, inovador. Lá em Portela vai bater de frente com setores conservadores da escola, porque é um artista autoral que intervém em todos os setores para consolidar sua proposta de Carnaval. Talvez a Portela precise mesmo desse “sacode” pra ser campeã 22 vezes.

A chegada de Paulo Barros à Portela vem afirmar, ainda, uma outra verdade incontestável. A de que essa escola, hoje, resgatou o respeito e impôs-se como uma instituição com estrutura, organização e produtividade. Pense você: quem imaginaria um carnavalesco como Paulo Barros numa Portela de três anos atrás? Impossível. Sinal real de que os tempos são outros com Serginho Procópio e Marcos Falcon no comando.

Que veremos, pois? Velha Guarda enfileirada batendo palma em carro, Águia voando de verdade na avenida, baianas com retrofoguete nas saias, comissão de frente com armadura do Homem de Ferro. Sem essa de “medinho”, minha gente: Carnaval é isso aí!

E segue seu grande desafio: fazer, em outra escola, o que só na Tijuca conseguiu. Vejo ambos – Portela e Paulo Barros – cientes e preparados para esse desafio.

No mais, as coincidências históricas. Portela é uma escola de “Paulos”! Historicamente isso tem dado muito certo…

Facebook Helio Ricardo Rainho, via Sidney Rezende

Mulher morre em avião durante voo Guarulhos- Fortaleza

A passageira Maria Edlene Vieira da Silva, 37 anos, morreu em um voo da Avianca que fazia a rota Guarulhos-Fortaleza e o piloto fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a companhia aérea, a mulher viajava com três filhos e passou mal no avião.

Ao receber as informações das comissárias à bordo, o comandante do voo pousou às 8h45 no aeroporto da Grande BH, onde a Polícia Federal assumiu o caso. Peritos recolheram o corpo na aeronave e encaminharam ao Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte de onde deve ser liberado até 19h desta quinta-feira.

Equipes da Avianca saíram de São Paulo para a capital mineira para dar assistência no caso. Os três menores estão sob responsabilidade da companhia aérea acompanhados de um psicólogo no Juizado da Infância e da Juventude, em Confins.

São duas meninas, de 4 e 14 anos, além do menino de 12 anos. O órgão entrou em contato com o Juizado do aeroporto de Fortaleza, onde a família tem parentes, para acompanhar o caso. Segundo o Juizado, mãe e filhos estavam de mudança para o Ceará. Dois parentes de Fortaleza já estão voando para BH para encontrar as crianças.

Passageiros que estavam no avião onde a mulher morreu desembarcaram em Confins e a aeronave A320 continuou no pátio. Por volta das 14h45, eles seguiram viagem em outro avião da Avianca, um A318, que chegou ao aeroporto no início da tarde desta quinta.

Informações: Estado de Minas

Joalheria Tiffany lança seu primeiro comercial de TV com casal gay

Homens formam um casal na vida real, contou porta-voz da loja – Divulgação
Tudo como sempre no anúncio da marca de luxo: bom gosto, sofisticação e… um casal gay. Iniciativa faz sucesso nas redes sociais e até Miley Cyrus escreveu no Instagram celebrando

São Paulo – Pela primeira vez em seus 177 anos de história, a joalheria americana Tiffany & Co. traz um casal gay em uma de suas campanhas publicitárias.

Nas novas peças de 2015, que celebra o casamento, há um casal real de homens em um dos anúncios. Os outros da série trazem casais heterossexuais.

A série é chamada de “Will You?” para falar de noivado e casamento. As fotos foram feitas por Peter Lindbergh.

Segundo a representante da joalheria Linda Buckley para a CNN, as outras fotos trazem modelos posando, mas o casal de homens é real, já que buscaram pessoas que realmente namorassem.

“O amor verdadeiro pode acontecer mais de uma vez, em histórias que vêm nas mais variadas formas”, disse a marca para a revista Elle.

Muitos consideraram a campanha acertada, social e financeiramente falando: a marca se engaja em uma questão política importante e ainda aumenta o seu público-alvo, ganhando mais consumidores.

(Exame Online)

 

 

Rejeitada por três casais heterossexuais, criança é adotada por casal gay

André Nicolau

Em um texto publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo, o jornalista Gilberto Scofield contou a história sobre a adoção do filho ,rejeitado por três casais heterossexuais, considerado “negro e feio demais”.

Confira o relato:

“No fim de outubro, terminado o segundo turno das eleições, um telefonema de um dos grupos de adoção empenhados na busca ativa de pais para crianças em abrigos nos avisou. Havíamos sido habilitados pela Vara de Família do Rio em julho e, três meses depois, uma criança que se encaixava em nosso perfil estava num abrigo numa pequena cidade no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Partimos, com os corações aos pulos, eu e meu companheiro de 12 anos, numa viagem que nos pareceu interminável até Capelinha, cidade no Norte de Minas onde fica o Abrigo Lar Mamãe Dolores. Trata-se de uma jornada de avião até Belo Horizonte, outro voo até Montes Claros e quatro horas de carro alugado até Capelinha.

Durante a jornada, dentro do carro – e são 252 quilômetros entre Montes Claros e Capelinha – nossas cabeças doíam na expectativa do que poderia acontecer: será que ele vai com a cara da gente? E se ele não gostar de dois pais? Entre as intermináveis plantações de eucalipto que margeiam a rodovia estadual MG-308, a ansiedade só fazia crescer. Depois da ida à Justiça local, da visita ao advogado que daria entrada no pedido de guarda provisória, chegou a hora de conhecer o moleque”.

Confira a matéria na íntegra.

♀♀♂♂ Mobilização pela família ♀♂♀♂

Nesta terça-feira , as redes sociais testemunharam mais uma mobilização contra o Projeto de Lei 6.583/2013,  conhecido também como Estatuto da Família.

O objetivo é barrar a tramitação do Estatuto, desarquivado há duas semanas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que também determinou a instalação de comissão especial para analisar o PL.

Reprodução

Os organizadores pedem que os internautas utilizem a hashtag #emdefesadetodasasfamílias, acompanhada de uma foto da própria família. Seja ela formada por um pai e seu filho, uma mãe e seu filho, dois pais e seus filhos, duas mães e seus filhos, casal heterossexual e filhos, avó e neto, transexuais e seus filhos, representadas em todas as formas de amor.

Governador de Goiás quer rebatizar Autódromo Ayrton Senna em homenagem a político da ditadura

O governador de Goiás Marconi Perillo tem ideias estranhas sobre memória do esporte nacional. Sua intenção, em carta oficial publicada nesta semana, é rebatizar o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, de Autódromo Governador Ary Valadão… Basicamente, um político biônico que atuou no Estado durante a Ditadura Militar…

Resta à Assembleia Legislativa daquele Estado impedir um ataque contra a memória do esporte a motor brasileiro. Afinal, quem é esse tal Ayrton Senna que nada fez pelo país além de conquistar três títulos mundiais de Fórmula 1 em 41 vitórias, fora todos os projetos de assistência a jovens em condições carentes que financiou durante sua vida e deixou como legado para o Instituto Ayrton Senna.

Enquanto isso, Marconi Perillo justifica a homenagem ao governador Valadão. “Manteve posições firmes e coerentes. Mostrou coragem e foi digno em seus posicionamentos para mostrar à população goiana os meandros da política rasteira dos nossos adversários”, afirmou Perillo na intenção de homenagem. Basicamente, é a troca de um tricampeão pelo afago a um aliado político do governador.

Via http://www.correiodopovo.com.br

 

 

Vencedor do Oscar, roteirista de “Birdman” dedica prêmio a noiva travesti

O roteirista argentino Nicolás Giacobone com Mariana nos bastidores do Oscar – Reprodução/Twitter

O roteirista argentino Nicolás Giacobone foi um dos vencedores do Oscar 2015 na categoria melhor roteiro original e homenageou a sua noiva travesti ao receber o troféu.

Co-roteirista de “Birdman”, grande vencedor da premiação, Giacobone comemorou o triunfo do filme com Armando Bo, seu companheiro de equipe e compatriota, mas dedicou o prêmio a sua parceira. “À Mariana”, disse ele ao microfone, animado, chamando-a pelo seu nome verdadeiro.

Mariana ficou conhecida na Argentina com seu nome artístico, Ginna, quando apresentava o programa “Sábado Bus”.

Segundo o jornal El Clarin, ela está afastada da mídia há algum tempo por conta de uma polêmica com a atual apresentadora da atração, Florencia de la V. Na época, a publicação ressalta que Mariana faz questão de ser chamada de travesti.

“Não quero nem me reconhecer como uma mulher, porque não sou. Nem quero exigir que a sociedade me reconheça como mãe, se quiser adotar um criança algum dia. Meu ego não é tão elevado para impor a minha perspectiva de vida”, declarou.

Via http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2015/02/25/vencedor-do-oscar-roteirista-de-birdman-dedica-premio-a-noiva-travesti.htm

Desistência de Álvaro Dias da CPI levanta suspeita de nomes do PSDB na Lava Jato

Depois da desistência do Senador Álvaro Dias (PSDB-PR) de emplacar à CPI da Petrobras no senado, levanta a suspeita de nomes do PSDB na lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Com informações TV Senado

Janot deverá pedir a retirada do sigilo de todos os autos do processo da Lava Jato envolvendo o nome de políticos nesta sexta-feira (27). A informação é do Estado de S. Paulo. A decisão, entretanto, ficará nas mãos do relator da ação, o ministro Teori Zavascki.

Boechat: “Aécio Neves (PSDB-MG) seria o principal nome na lista da Lava Jato”

Na rádio e na TV BandNews, o jornalista Ricardo Boechat fez um comentário onde disse ter ouvido boatos (ressalvando que por enquanto ainda é boato), de que Aécio Neves (PSDB-MG) seria oprincipal nome que está na lista de políticos envolvidos com corrupção decorrente da Operação Lava Jato.

É esperado para até sexta-feira, o anúncio do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, dos pedidos de inquéritos para investigar deputados, senadores e governadores.

Essa não é a primeira vez que o PSDB deixa de instalar à Comissão. Em depoimento em delação premiada, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou que o ex-presidente do partido, Sérgio Guerra, teria recebido R$ 10 milhões para abafar a CPI que apurava irregularidades nos contratos da estatal.

Segundo informações vazadas por fontes próximas a procuradores que conduzem a Operação Lava Jato, o senador Álvaro Dias está sendo investigado, pela compra de uma área no Rio de Janeiro por R$ 3 milhões e, meses depois, vendeu à Petrobrás pelo incrível valor de R$ 40 milhões. O Fato está sendo investigado em segredo de justiça, pelo fato do parlamentar ter foro especial por prerrogativa de função – conhecido coloquialmente como foro privilegiado.

Segundo o que foi repassado o falecido senador Sérgio Guerra (PE), ex-presidente do PSDB, e “um tucano de Londrina” enterraram a CPI do Senado sobre a estatal em 2009, em troca da propina de R$ 10 milhões de reais. Ambos deixaram a CPI de forma surpreendente, em protesto contra o que seria um “jogo de cartas marcadas”. Sem a presença deles, a CPI não foi adiante.

(Fabiano Portilho, via http://www.jornali9.com) 

Modelo morre ao cair de 21º andar de prédio no RJ

Lucilene Miranda era natural de Vitória, no Espírito Santo (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma modelo e fotógrafa de 33 anos, natural do Espírito Santo, morreu após cair  do 21º andar do prédio onde morava com o namorado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, segundo a família. O caso aconteceu na noite de sábado (21). O corpo de Lucilene Miranda foi enterrado na manhã desta quarta-feira (25) no cemitério de Santa Inês, em Vila Velha, na Grande Vitória. De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o local já foi periciado e as imagens do circuito interno analisadas. As investigações estão em andamento.

Lucilene morava há 15 anos no Rio de Janeiro. Um dos irmãos dela, Lizandro Miranda contou que acompanhou o início das investigações no Rio de Janeiro. Segundo ele, a polícia trabalha com várias hipóteses para a morte, mas a família não acredita em suicídio. “Ela era muito ativa, viajava muito, ia até fechar um evento por esses dias, tinha planos. De repente acontece isso, a gente não consegue acreditar. Ainda não está muito claro nem para a polícia”, disse.

O fotógrafo Rodolfo Rocha, namorado de Lucilene, que morava há cerca de três meses com a modelo, contou ao Gazeta Online que estava na área de lazer do prédio no momento do acidente. “Quando eu subi, vi o corpo dela lá embaixo”, contou, em prantos.

Rodolfo também disse não acreditar em suicídio. “Estamos todos muito abalados. Ela era uma pessoa muito alegre, sempre contente, do bem mesmo. Não temos porque acreditar em suicídio”, disse, emocionado.

Por meio de nota, a Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que “as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do fato. Foi realizada perícia no local e testemunhas estão sendo ouvidas. As imagens do circuito interno foram analisadas e os agentes aguardam o resultado dos laudos periciais”.

(G1 Espírito Santo, com informações de A Gazeta)

Traficante Patrick do Vidigal é preso com uma bíblia nas mãos

Policiais militares do 25º BPM (Cabo Frio) prenderam, na madrugada desta quarta-feira, Patrick Salgado Souza Martins, o Patrick do Vidigal. Contra o criminoso, havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio. Ele foi preso ao deixar a comunidade Rainha da Sucata, no Jardim Esperança, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Com uma bíblia nas mãos, ele disse que estava indo para uma igreja na região, acompanhado de uma advogada.

Patrick havia sido preso pela última vez, em 2000, quando deixava um baile funk no Complexo do Alemão. Doze anos depois, foi transferido para o presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Na época, atendendo uma solicitação da Secretaria de Segurança do Rio, o Tribunal de Justiça autorizou a tranferência de outros dez traficantes que estavam no Complexo de Gericinó, em Bangu.

A medida seria uma resposta ao ataque de traficantes a um ônibus, na Cidade de Deus, recém-ocupada por uma UPP. Na ação dos bandidos, que atearam fogo no veículo com 25 passageiros dentro, 13 pessoas ficaram feridas. A secretaria enviou o pedido em fevereiro, antes do atentado, mas o governador Sérgio Cabral teria feito um pedido pessoal ao presidente do TJ, desembargador Luiz Zveiter, para agilizar a ida dos criminosos.

Patrick era tido como um dos grandes chefes da facção. Ele foi condenado por homicídio, tráfico de drogas e formação de quadrilha.

Via http://www.ararunaonline.com

Corregedoria repudia ato de juiz Flávio Roberto e determina que ele ‘devolva’ bens

Rio – Em uma nota oficial emitida nesta quarta-feira, o corregedor regional da Justiça Federal da 2ª Região (Rio de Janeiro), desembargador federal Guilherme Couto de Castro, determina que o juiz federal Flávio Roberto de Souza “corrija seu ato referente à guarda dos bens do empresário Eike Batista”, réu em processo julgado pelo magistrado. O desembargador rebateu e repudiou ainda as declarações de Souza, que chegou a dizer que é “normal” usar bens do réu. Ele diz que isso nunca ocorreu e que a atitude “mancha a imagem do Poder Judiciário”. Também abriu nova sindicância para apurar o caso.

“Não há qualquer cabimento em depositar bens no edifício particular do próprio magistrado, fato embaraçoso, apto a gerar confusão e manchar a imagem do Poder Judiciário”, declarou o corregedor, que completou: “caberá ao magistrado escolher o melhor caminho e, dentre eles, a nomeação de depositário, que poderá ser entidade idônea ou o próprio proprietário do bem, naturalmente com a pertinente restrição de uso”.

O corregedor intimou o juiz titular da 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, para que ele corriga a medida. O desembargador assinou a decisão preliminar hoje, 25 de fevereiro, em procedimento de sindicância que apura o uso de automóvel apreendido do empresário.

Sobre a declaração de Souza de que usar automóvel de réu é “normal, o corregedor voltou a dizer que não há respaldo na lei para isso: “Esta Corregedoria quer crer que o magistrado não tenha dado esta declaração ou que tenha sido mal interpretado, já que o procedimento é inédito nesta Justiça Federal da 2ª Região e não há qualquer notícia, felizmente, de que outros magistrados tenham agido assim”.

‘É muito normal': frase de juiz levou Corregedoria a abrir nova sindicância

As novas declarações de Souza, concedidas em entrevista à Folha de São Paulo nesta quarta-feira, levaram a Corregedoria a instaurar outra sindicância. Ontem, já havia sido instaurado processo de sindicância para apurar a conduta do juiz.

“A suposta declaração é apta a ofender a magistratura, de modo que determino, de ofício, a abertura de nova sindicância, para que o magistrado esclareça se declarou realmente algo de teor similar”, concluiu.

O juiz terá prazo de cinco dias para se justificar. Concluído esse procedimento preliminar, os fatos apurados serão submetidos ao Plenário, que decidirá se abrirá processo administrativo disciplinar. Se isso ocorrer, os trabalhos serão conduzidos de acordo com as normas impostas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os trabalhos devem ser concluídos em até 140 dias, prazo que pode ser prorrogado “quando imprescindível para o término da instrução e houver motivo justificado”.

(O Dia)

Um segundo para responder!!! Quem é mais play: Eike ou Flávio Roberto?

Estranho!!! Justiça adia leilão de carros de Eike Batista… Mas as coisas acontecem justamente numa embolada em que o Porsche Cayenne apreendido de Eike Batista foi visto no estacionamento do condomínio Rosas, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, endereço do juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Federal Criminal, responsável pelo caso. Êpa!!! Mas esse não é o endereço do armazém da Justiça para bens apreendidos? Caramba!!! O juiz estaria tanto uma de play na Avenida das Américas?

divulgacao-da-pf-mostra-um-dos-porsches-de-eike-batista-que-iria-a-leilaO certo é que o leilão estava marcado para a próxima quinta-feira (26), dos cinco carros de Eike Batista, que foram apreendidos pela Polícia Federal no último dia 6, e de repente foi suspenso pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF). A ordem foi emitida, nesta terça-feira (24), pelo desembargador federal Messod Azulay, da Segunda Turma Especializada do TRF2.

Que desculpa mais esquisitinha essa… Segundo a decisão, o desembargador levou em consideração que os automóveis “não são bens perecíveis” e que não correm o risco de “deterioração iminente”. Entende-se, portanto, segundo o magistrado, que a realização do leilão pode ser adiada, sendo assim garantido o direito ao contraditório e à ampla defesa do réu.

Na verdade, o adiamento do leilão vem após a abertura de uma sindicância pela Corregedoria Regional da Justiça Federal da 2ª Região, para apurar a conduta do juiz federal Flávio Roberto de Souza, titular da 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, após as denúncias de uso dos bens apreendidos do empresário Eike Batista. O procedimento foi aberto por determinação do corregedor regional em exercício, o desembargador federal José Antônio Lisboa.

Agora as alegações do juiz que é um barato!!! O juiz alegou que levou dois carros para serem guardados no seu prédio porque no pátio da Justiça Federal não havia vaga coberta para todos até o dia em que serão leiloados. Porém, uma das fotos obtidas por ISTOÉ flagra o Porsche estacionado na calçada em frente ao prédio.

Só dá esperto!!!

(Caio Hostílio, via http://caiohostilio.com/2015/02/24/um-segundo-para-responder-quem-e-mais-play-eike-ou-flavio-roberto/

Boechat: “Aécio Neves (PSDB-MG) seria o principal nome na lista da Lava Jato”

Fabiano Portilho

Na rádio e na TV BandNews, o jornalista Ricardo Boechat fez um comentário onde disse ter ouvido boatos (ressalvando que por enquanto ainda é boato), de que Aécio Neves (PSDB-MG) seria o principal nome que está na lista de políticos envolvidos com corrupção decorrente da Operação Lava Jato.

É esperado para até sexta-feira, o anúncio do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, dos pedidos de inquéritos para investigar deputados, senadores e governadores.

Confira aqui o comentário de Ricardo Boechat na íntegra.

Operação Lava Jato chega em Aécio Neves

As investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, descobriram anotações em um escritório da empresa UTC Participações, em São Paulo, que faziam comentários sobre os rumos da CPI da Petrobras no Congresso Nacional. As informações foram publicadas no jornal Folha de S. Paulo nesta terça-feira (9).

Segundo os papéis encontrados, o senador Aécio Neves (PSDB/MG) teria sido “pressionado pela CNO para não aprofundar”, assim como teria escalado dois colegas – Álvaro Dias (PR) e Mário Couto (PA) – para “fazer circo” na ocasião. A sigla pode ser uma referência à Construtora Norberto Odebrecht.

Ainda segundo as anotações levantadas pela PF, a CPI não parecia incomodar as empreiteiras. Parte do texto dizia que a Comissão “será agressiva, pois não querem apurar nada, só gerar noticiário”. Foram vários os indícios encontrados pela polícia de que as empreiteiras acompanhavam de perto as atividades dos parlamentares.

Essa não é a primeira evidência da tentativa do PSDB de calar a Comissão. Em depoimento em delação premiada, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou que o ex-presidente do partido, Sérgio Guerra, teria recebido R$ 10 milhões para abafar a CPI que apurava irregularidades nos contratos da estatal.

Das 9 investigadas, Aécio recebeu R$ 35 milhões de empresas da Lava Jato

O candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves (MG), arrecadou R$ 222,92 milhões em doações na última campanha eleitoral. Desse total, R$ 35,77 milhões, pouco mais de 16%, saíram de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, no âmbito das denúncias de corrupção e pagamento de propinas que envolvem a Petrobrás.

Fonte: Viomundo

Piano apreendido de Eike Batista está no condomínio do juiz Flávio Roberto

Rio – A informação de que o piano apreendido de Eike Batista estaria no condomínio do juiz Flávio Roberto de Souza, titular da 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, foi confirmada pelo próprio magistrado nesta quarta-feira. Souza disse que o instrumento foi ‘guardado’ no apartamento de um vizinho, com a mesma justificativa dada sobre os carros que foram levados para a sua garagem: falta de local para deixar – e conservar – os bens apreendidos.

A confirmação foi dada para a Folha de São Paulo nesta tarde. Na entrevista, o magistrado afirma ter nomeado um vizinho de “confiança” como fiel depositário do piano. Ele ataca ainda a defesa de Eike: “Se os advogados comparecerem à Vara vão poder ver quem é o fiel depositário do piano”, disparou. 

Flávia Sampaio lemrou do piano apreendido pela Polícia Federal

Foto:  Reprodução Instragram

Já o advogado de Eike, Sérgio Bermudes, que já havia dito ao DIA ter recebido informações – não confirmadas – de que o piano estava em poder do juiz, preferiu não retrucar. Ele mantém sua declaração de que ainda confirmará o fato e pretende tomar as medidas cabíveis para afastar o magistrado do caso.

“Não sabemos ainda se isso (de que o piano está na casa de um vizinho) é verdade”, afirmou Bermudes. Sobre a crítica do magistrado de que a defesa não tentou ter acesso às informações na Vara, o advogado foi categórico: “Essa afirmação é risível se não fosse estúpida. Iss é uma loucura”, completou.

Já na terça-feira, a ex-mulher de Eike, Flávia Sampaio, publicou em seu Instagram uma foto do piano e questionou a ação da Polícia Federal, em cumprimento à ordem judicial: “Será pelo mesmo zelo que quiseram tanto tirar um piano de casa (foram 3 x na casa para montar a engenharia de retirada) e levar para.., o mesmo endereco onde estao os carros??! #equipezelosa #agradecimento #quantoamor”, escreveu.

Bermudes havia dito que recebeu diversas informações de que o piano estaria em um outro apartamento do juiz, no condomínio Parque das Rosas, na Barra da Tijuca. Além do instrumento, o juiz guardou três automóveis de Eike Batista, entre eles o Porsche Cayenne, automóvel com o qual foi flagrado dirigindo nesta terça-feira.

Porsche estava estacionado na vaga 239 do Edifício Liberty Place, do condomínio Parque das Rosas, na Barra da Tijuca

Foto:  Divulgação

“Recebemos mais de uma informação de que o piano apreendido, junto com outros bens de Eike, foi levado a um dos apartamentos do juiz. Ele (magistrado) é um tresloucado. Isso ainda está pendente de confirmação, mas há suspeitas. O piano poderia estar em outro apartamento do juiz, no mesmo condomínio, no Parque das Rosas, na Barra”, disse o advogado ao DIA .

MPF e OAB pedem afastamento de juiz

Em meio à polêmica envolvendo o juiz, a Procuradoria Regional da República da 2ª Região (Rio) expediu manifestação à Justiça solicitando o afastamento do juiz Flávio Roberto de Souza e a anulação de todas as suas decisões nos processos criminais contra o empresário Eike Batista.

“As recentes declarações, somadas à postura injustificável de uso do bens acautelados na Justiça, dispensam maiores comentários do MP Federal, pois são indefensáveis e acarretam a inevitável revaloração sobre a condução da ação penal”, afirma a procuradora regional Silvana Batini, autora do parecer. “O reconhecimento da suspeição deve se estender também com relação às outras ações contra o mesmo réu”, declarou ela.

A Ordem dos Advogados do Brasil também se posicionou sobre o caso e pediu o afastamento do juiz que julga o processo em que Eike Batista é reu. Já o advogado do empresário, Sérgio Bermudes, fará uma representação junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília, para que a conduta do juiz seja investigada, conforme já havia sido informado.

Em seu entendimento ele poderá ainda ser removido do cargo por ter agido de forma contrária à lei. “O que ele fez foi uma afronta à lei. Os bens têm que estar com a Justiça, não com o juiz”, declarou o advogado logo após tomar conhecimento do caso.

 

(Paloma Savedra, O Dia)

Hospital Walter Cantídio de Fortaleza supera São Paulo e lidera transplantes de fígado no Brasil

Hospital Walter Cantídio é referência em transplante de fígado (Foto: UFC/Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, o  Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), da Universidade Federal do Ceará, se destaca como o maior serviço de transplantes de fígado do País, ultrapassando o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Os dados são do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT) 2014, documento oficial da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). Em agosto do ano passado, o serviço de transplantes do HUWC alcançou a marca total de 1.000 transplantes de fígado realizados em sua história.

Segundo o coordenador do serviço de transplante de fígado do HUWC, Huygens Garcia, o Hospital Universitário é também o maior de toda a América do Sul nessa área. Conforme foi anunciado no ano passado, o HUWC sozinho já havia feito mais transplantes de fígado que o México (106 transplantes, dados relativos a 2012) ou Chile (74 transplantes, em 2012).

No documento “Dimensionamento dos transplantes no Brasil e em cada estado”, o HUWC é registrado como centro que mais realizou transplante de fígado no Brasil em 2014. Foi um total de 135 transplantes de fígado, sendo três de doadores vivos e 132 de doadores falecidos, no ano de 2014. Em segundo lugar vem o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, com 125 transplantes de fígado.

Para Huygens Garcia, o desempenho alcançado “é fruto da dedicação da equipe multidisciplinar, do apoio do HUWC/UFC, do excelente trabalho de captação da Central de Transplantes e da solidariedade do povo cearense em doar os órgãos de seus entes queridos acometidos por morte encefálica”. Ainda assim, a taxa de negação ainda é muito alta: 45%. “Para que mais pessoas doem os órgãos é necessário um trabalho de educação e, principalmente, um melhor atendimento nos serviços de saúde, especialmente os de emergência”.

Como exemplo da excelência do trabalho, o médico lembra de um procedimento realizado no fim de 2014. Foram quatro transplantes envolvendo doadores vivos por meio da técnica denominada “transplante dominó” ou “transplante repique”. O procedimento consiste na retirada do fígado de pacientes com uma doença chamada polineuropatia amiloidótica familiar (PAF), que recebem outro órgão de um doador morto. Simultaneamente, o fígado de paciente de PAF é transplantado para outro paciente, da fila de transplantes.

A PAF é uma doença hereditária, que se caracteriza pela deposição nos nervos periféricos de uma fibra amiloide (pré-albumina anômala), produzida por uma deficiência enzimática do fígado. No geral, a PAF é assintomática até em torno dos 25 anos mas, quando se manifesta, se não for feito o transplante a doença pode evoluir chegando a causar o óbito do paciente.

Outros estados
O HUWC recebe pacientes de todas as regiões do Brasil. De acordo com o médico Huygens Garcia, dos mais mil transplantes de fígado realizados nos últimos 13 anos, mais de 60% foram realizados em pacientes de outros estados. “Atendemos pacientes de quase todos os estados do país, até de São Paulo. O nosso sonho é ter [no HUWC] uma unidade de transplantes com pelo menos mais 20 leitos. Hoje, só contamos com oito leitos na enfermaria e três na UTI. Esse aumento nos permitiria atender um maior número de pacientes e com mais qualidade”.

Transplantes de fígado
O relatório da ABTO aponta ainda dados relativos aos transplantes de fígado no Brasil e no Ceará: no período de 2007 a 2014 houve um aumento em mais de 700 transplantes de fígado no País, passando de 1.008, em 2007, para 1.755, em 2014. Em números absolutos, os transplantes de fígado no Ceará passaram de 64, no ano de 2007, para 195, no ano passado. “De 2007 até agora, já realizamos, no Ceará, 1.075 transplantes de fígado”, revela o médico.

O transplante hepático, com crescimento anual desde 2008, aumentou 1,9% em 2014, sendo o incremento de 1,1% com doador falecido e de 10,3% com doador vivo. Apenas Ceará e o Distrito Federal apresentaram taxa de transplante superior a 20 por milhão de população (por milhão de pessoas).

Além da UFC, os procedimentos foram realizados no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e no Hospital São Carlos. Para cada transplante de fígado é mobilizada uma equipe multidisciplinar composta por oito cirurgiões, cinco anestesistas, seis clínicos, além de enfermeiras, psicólogos e terapeutas.

(Verônica Prado, G1 Ceará)

Cresce 17% número de turistas estrangeiros em Fortaleza

O número de turistas estrangeiros em Fortaleza tem apresentado crescimento de 20% nos últimos três anos. Em 2014, a cidade recebeu mais de 242 mil estrangeiros, um aumento de quase 17% em relação a 2013, quando a capital recebeu 207 mil estrangeiros.

De acordo com o Ministério do Turismo, durante a Copa do Mundo de 2014, Fortaleza foi a terceira capital do Nordeste mais visitada por turistas internacionais. Ficando atrás, apenas, de Recife e Salvador.

Um levantamento realizado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), revela que o país recebeu turistas de 203 nacionalidades durante o Mundial, com permanência média de 13 dias, e estiveram em 491 municípios brasileiros.

De acordo com o Banco Central, nos meses de realização da Copa, junho e julho, os visitantes internacionais gastaram US$ 1,5 bilhão no país, valor recorde que representou um aumento de 60% na comparação do mesmo período do ano anterior.

Durante todo o ano, o gasto de turistas estrangeiros bateu recorde, com US$ 203 milhões a mais do que foi registrado em 2013. Com isso, o acréscimo na economia brasileira foi de quase US$ 7 bilhões no país. Os viajantes internacionais gastaram US$ 524 milhões no Brasil apenas no mês de dezembro.

Redação O POVO Online

Pastor Darckson Lira, da Igreja Batista, é assassinado no Centro de Fortaleza

Pastor Darckson Lira

Um pastor foi vítima de latrocínio (roubo seguido de homicídio), na avenida Heráclito Graça, no bairro Centro, na madrugada desta quarta-feira, por volta de 1h30min. O pastor Darckson Lira levou um total de 12 facadas após ser abordado por assaltantes na avenida, nas proximidades de sua residência, enquanto voltava da igreja.

Os assaltantes, Fatunino e Ronald, foram presos em flagrante e encaminhados ao 34º Distrito Policial, no Centro. Eles chegaram a levar o pastor e seu carro. O corpo de Darckson foi deixado na avenida Duque de Caxias. Os suspeitos colidiram o veículo nas proximidades da Praça da Bandeira.

Fatunino e Ronald devem prestar depoimento ao delegado Romero Almeida, ainda na manhã desta quarta-feira, 25.

O pastor Darckson Lira, dirigente da Igreja Batista Vale de Bênçãos, era conhecido internacionalmente por sua defesa ao próximo e como orador.

Redação O POVO Online
com informações do Blog do Eliomar

Preso vândalo que depredou Igreja Matriz de Viçosa do Ceará

Evaldo Tavares de Araújo, de 31 anos, responde a dois processos e, segundo o delegado, parece sofrer de transtorno psicológico, o que não foi comprovado

Um homem identificado como Evaldo Tavares de Araújo, 31, conhecido como ‘Irmão Evaldo’, foi preso na noite do último domingo (22), depois de pichar a Igreja Matriz de Viçosa do Ceará (348Km de Fortaleza) e destruir as imagens e o altar da Igreja do Céu, considerada um dos pontos turísticos da Cidade. De acordo com a Polícia, Araújo já responde a dois procedimentos criminais por ter pichado a Igreja de São Francisco e invadido o cemitério de Viçosa para violar e destruir túmulos e imagens sacras, no ano passado.

O delegado Gilker Santos disse que ‘Irmão Evaldo’ foi detido por agentes da Guarda Municipal de Viçosa, quando depredava a Igreja do Céu. “Ele quebrou imagens que tinham mais de cem anos. Destruiu um patrimônio histórico, que tem um valor inestimável para a população”.

As imagens e o altar da Igreja do Céu foram destruídos pelo suspeito. Parte das obras tinham mais de cem anos e eram consideradas patrimônio do município

Conforme a Polícia, Evaldo Araújo escreveu nas paredes do ponto turístico mensagens com apelo satânico e de violência, como “quero sangue”, “666” e “vou derramar sangue”. O delegado disse que os moradores de Viçosa ficaram indignados com a ação e cobraram reações enérgicas da Polícia. “Conseguimos dar a resposta imediatamente e ele está preso. As pessoas já estão mais calmas, mas infelizmente nada pode minimizar o sentimento de tristeza que ele causou na população, principalmente nas pessoas idosas, que têm toda uma ligação afetiva com a igreja”, declarou Gilker Santos.

Depoimento

Em depoimento à Polícia, o homem permaneceu calado. “Ele usufruiu de seu direito constitucional de permanecer em silêncio. Extraoficialmente, disse que todo tipo de imagem sacra precisa ser destruída, porque a Bíblia diz isto. Segundo ele, é esta interpretação própria do texto da Bíblia que o move a praticar estas ações danosas ao patrimônio”, explicou Santos.

O delegado afirmou que Araújo foi autuado por dano qualificado ao patrimônio público e pichação. O crime de pichação é de menor potencial ofensivo e gera apenas o registro de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO); já o dano qualificado garantiu que o suspeito fosse autuado em flagrante e preso. Como o delito é afiançável, ficou estabelecido que deve haver o pagamento de cinco salários mínimos para que o pichador consiga ser liberado.

Em 2014, Evaldo Tavares se envolveu em outros dois episódios contra uma igreja e um cemitério, mas não foi preso. “No ano passado, ele já tinha pichado outra igreja, mas o crime foi registrado como um dano simples, que não é passível de prisão. No caso do cemitério, ele destruiu, violou túmulos e quebrou imagens de santos. Como não foi pego em flagrante, respondeu por portaria os inquéritos por dano ao patrimônio e vilipêndio de cadáver”, disse o delegado.

As cenas, que se repetem sempre que o pichador tem chances, sugerem para o titular da Delegacia de Viçosa que, além de serem criminosas, as atitudes revelam intolerância extrema. “Uma pessoa que não concorda com uma doutrina não tem o direito de destruir seus símbolos, por causa disto. Imagine se toda a sociedade pensasse como ele, estaríamos em uma situação de barbárie. O princípio da civilização é exatamente saber respeitar o que é diferente do que eu gosto”, disse Gilker Santos.

O suspeito não citou se é adepto de outra religião, nem professou nenhuma fé. Disse apenas que não concorda com o culto às imagens, como é feito nas igrejas católicas. Ele continuará preso na Cadeia Pública de Viçosa até que seja feito o pagamento da fiança arbitrada pela autoridade policial.

O delegado Gilker Santos declarou também que o rapaz aparenta sofrer de algum transtorno psicológico. A informação, porém, não parte de comprovações mediante exames, nem é alegada pelo próprio suspeito.

Ponto Turístico

A Igreja do Céu é um dos pontos mais visitados de Viçosa do Ceará, uma cidade tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Inaugurada no dia 14 de agosto de 1938, a construção está localizada em um ponto alto do município, por isso foi feita a alusão aos céus.

A construção do prédio foi dedicada à Nossa Senhora das Vitórias, que ainda é padroeira do local. No ano de 1939, uma imagem do Cristo Redentor foi esculpida pelo italiano Agostinho Ódisio Baomés, ao lado da igreja. O acesso à Igreja do Céu pode ser feito pelos 334 degraus feitos na serra.

A outra igreja atacada por ‘Irmão Evaldo foi a de Nossa Senhora da Assunção, localizada no Centro da Cidade.

Márcia Feitosa, Repórter – Diário do Nordeste

Mais sobre Viçosa do Ceará (Fonte: IBGE)

História Religiosa:

A história religiosa de Viçosa do Ceará inicia com a chegada dos jesuítas Luís Figueira e Francisco Pinto, Provindos de Pernambuco no ano de 1607. Anos depois em 1656, Pe. Antônio Ribeiro e Pedro Pedrosa Fundam a missão jesuítica, missão fortalecida, em 1660, com a visita de Pe. Antônio Vieira.

Em 1700 os jesuítas, em pleno trabalho de catequese com os indígenas, construíram a magnífica igreja de N. S. da Assunção. Em 18 de maio de 1759, a missão foi encerrada com a expulsão dos jesuítas pelo marquês de Pompal.

Pontos Turísticos:

Igreja do Céu.
Igreja do Céu.

Igreja do Céu: Ponto mais alto da cidade com uma capela dedicada a Nossa Senhora das Vitórias. No alto do templo surge a imagem do Cristo Redentor. O Pólo Turístico dispõe de restaurante, telefone público, centro de convenções, biblioteca, banheiros, área de estacionamento, palco para shows, calçadão e boxes para venda de artesanato e as delícias da culinária local. Para chegar ao local a escolha fica a critério do turista, de carro ou a pé pelos 334 degraus que dão acesso ao santuário.

Fiscais apontam grave risco de adoecimento entre operadores de telemarketing do Bradesco, Itaú e Oi

Na central de atendimento da Contax, só se entra com uma garrafa d´água e a roupa do corpo – nada mais. O ponto começa a contar depois que o funcionário liga o computador, coloca o fone no ouvido e digita sua senha. Se atrasar um minuto do horário de entrada, perde bônus.

A partir de então, um gerente faz a ronda, ditando ordens em voz alta. E há a ronda virtual: cada palavra dita aos clientes é gravada para que a equipe de escuta possa checar se o funcionário seguiu o script da empresa – e se o fez com um “sorriso na voz”. Se estiver num dia triste, perde bônus.

As ligações entram continuamente pelo fone de ouvido, só param nos intervalos determinados pela empresa: 20 minutos para o almoço e dois intervalos de 10 minutos para o banheiro ou água. No caso de um chamado da natureza, um cronômetro marca o tempo que o funcionário leva para atender a urgência fisiológica. Para não perder o bônus, alguns preferem trabalhar de fralda geriátrica.

Além de perder um complemento importante ao salário, quem não segue cada uma das regras acima pode levar bronca do supervisor e corre o risco de entrar no que a empresa chama de “linha de corte”: um limbo que antecede a demissão por justa causa. Uma vez na linha de corte, cada deslize vira advertência ou suspensão. A maior aspiração dos funcionários é conquistar o que chamam de “degrau da rua”: a demissão sem justa causa.

Esse é a rotina dos atendentes da empresa de telemarketing Contax, onde ficam as principais centrais de teleatendimento do Bradesco, Citibank, Itaú, Santander, Net, Oi e Vivo. A descrição acima foi baseada nos registros feitos pelo Ministério do Trabalho durante mega fiscalização em 2014, quando unidades da Contax em sete estados foram inspecionadas. O órgão considerou a terceirização ilícita e responsabilizou os bancos e empresas de telefonia por um conjunto de infrações de trabalhistas que somaram R$ 300 milhões em multas e R$ 1,5 bilhão em débitos salariais.

Apesar das exigências para que corrigissem as infrações, em janeiro desse ano os auditores voltaram a encontrar os mesmos problemas nas centrais de atendimento do Itaú, Bradesco e OI – todas sediadas na Contax de Recife, Pernambuco. Essas centrais foram interditadas em 21 de janeiro por não atender a mudanças como, por exemplo, parar de constranger o trabalhador a não usar o banheiro. Além de contabilizar diversos casos de adoecimento, os auditores entenderam que as violações sistemáticas apresentam um risco grave e iminente de adoecimento para todos os operadores.

computador 2

 

Mas as centrais não ficaram muito tempo de portas fechadas. Um dia depois da interdição, a Contax entrou com um mandado de segurança e conseguiu uma liminar para voltar a funcionar . Com base na defesa da empresa, que diz estar implementando as mudanças necessárias, a 14ª vara da Justiça do Trabalho de Pernambuco não só liberou o funcionamento, como proibiu o Ministério do Trabalho de emitir novas multas.

“Nós continuamos a receber denúncias dos trabalhadores, mas estamos de mãos atadas”, alerta Cristina Serrano, uma das auditoras fiscais do trabalho à frente da operação. “A empresa diz que está tomando providências, mas seus funcionários nos procuram para dizer que continuam sofrendo os controles excessivos. Recebemos denúncias de funcionários com infecção urinária, depressão e síndrome do pânico que continuam trabalhando”.

Para piorar, novos problemas surgiram. No dia em que voltaram a trabalhar, funcionárias da Contax gravaram vídeo no celular em que revelam a cor marrom da água disponibilizada no bebedouro. Uma delas afirma que já pegou uma infecção por conta disso. 

Os problemas de saúde foram o principal fator que motivou a interdição. Só em 2013, essa unidade recebeu mais de 23.000 atestados de afastamento devido a lesões por esforços repetitivos e doenças osteomusculares. Os auditores registraram alto índice de problemas psíquicos e identificaram grande risco para a ocorrência de problemas vocais e de audição. “São todas doenças resultantes da organização do trabalho: decorrentes de assédio moral, exigência para que fiquem sentados na mesma postura por longos períodos, ritmo de digitação acelerado”, diz Odete Reis, médica e auditora fiscal responsável pela parte de saúde e segurança da inspeção.

Sobre esses números, a juíza Camila Augusta Cabral de Vasconcellos, que liberou o funcionamento das centrais, julgou que “é plenamente possível que, em um contingente de milhares de trabalhadores, como é o caso da Contax, alguns apresentem enfermidades”. Com um prédio que abriga 14.000 funcionários, a média anual de atestados por esforço repetitivo da unidade supera o total de trabalhadores contratados. A rotatividade é alta. Isso sem contar os atestados por problemas psíquicos, de voz e de audição. A grande incidência de doenças chama ainda mais atenção quando se considera que os funcionários são jovens: 83% têm menos 30 anos.

Em recurso na justiça do trabalho, a Advocacia Geral da União entrou com mandato para pedir que a empresa feche as portas enquanto as mudanças não foram comprovadamente implementadas. A Superintendência do Trabalho e Emprego de Pernambuco também entrou com um recurso. Os auditores argumentam que a justiça não pode confiar apenas na boa vontade da empresa. Citam o caso da Bahia, onde a Contax assinou um Termo de Ajustamento de Conduta em 2007 e, sete anos depois, a fiscalização encontrou as mesmas irregularidades que já deveriam ter sido corrigidas.

Em nota, a Contax argumentou que é “a maior empregadora do município e a paralisação das suas atividades, com possibilidade de perda dos contratos de prestação dos serviços, acarretará em demissão em massa de mais de 10.000 funcionários, afetando a vida particular de cada um, gerando sofrimento e angústia destes e de seus familiares, bem como a economia da localidade, sem contar com a infinidade de impostos recolhidos”. A empresa conclui o comunicado afirmando que “cumpre toda a legislação trabalhista e as normas específicas para o setor de call center e se mantém aberto ao diálogo com o Ministério do Trabalho e Emprego”.

(Por Ana Aranha, via http://reporterbrasil.org.br)

 

Santander pressiona bancários para fracionamento de férias

São Paulo – Gestores estão pressionando bancários a dividirem suas férias, conforme denúncias feitas por trabalhadores do Santander ao Sindicato. O descanso anual de 30 dias seguidos, garantido pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), estaria sendo substituído por períodos de 10 ou 15 dias gozados em épocas diferentes no ano.

“Os gestores estão pressionando os trabalhadores a fracionarem suas férias. O trabalhador pode fracionar, mas tem o direito também de tirar 30 dias corridos, como ele queira. Mas o banco não pode intimidá-lo a fracionar ou vender parcialmente as férias”, explica a diretora do Sindicato Lucimara Malaquias. “Faltam funcionários para dar conta de tanto serviço. Com pressão constante para o cumprimento de metas abusivas, a categoria está cada vez mais doente. Não tirar o período de 30 dias garantido por lei é mais um fator que leva os bancários do Santander a adoecer”, afirma.

O Santander eliminou 312 postos de trabalho e fechou 61 agências, em 2014. Ao mesmo tempo, o total de clientes subiu 1,581 milhão, entre 2013 e 2014.

Denuncie – A orientação é que os bancários entrem em contato com os dirigentes sindicais ou façam denúncia pelo canal de combate ao assédio moral e a conflitos (clique aqui).

O Sindicato tem atuação cerrada contra imposições que venham restringir os direitos dos trabalhadores sob a forma de assédio moral. Na quinta 19, por exemplo, a abertura em uma agência foi atrasada em protesto contra reincidência da prática de assédio.

(Mariana Castro Alves, SEEB/SP)

Procon entra na Justiça para derrubar bloqueio de internet ao fim da franquia

O Procon/RJ ingressou na última segunda-feira com uma ação civil pública contra as operadoras Oi, TIM, Vivo e Claro para derrubar o bloqueio de internet móvel após o fim da franquia, que passou a vigorar nos planos pré-pagos, em todo o país, desde novembro do ano passado. Além disso, a TIM já anunciou que vai estender a medida aos planos pós a partir de 20 de março.

A ação corre na 5ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) e, segundo o Procon, “foi motivada pela modificação unilateral que as operadoras fizeram em seus contratos existentes de telefonia com internet ilimitada”, que previam que o serviço de acesso à rede seria apenas reduzido após a utilização da franquia de dados contratada pelo consumidor. No processo, o Procon pede a concessão de uma liminar para que o consumidor continue utilizando o serviço de acesso à internet nos termos em que foi contratado. Caso alguma das empresas citadas na ação não cumpra a liminar, ela pagará uma multa diária de R$ 50 mil.

De acordo com o Procon, as operadoras agiram de má-fé, baseando-se no artigo 52 da Resolução 632/2014 da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel), que determinou que as operadoras comunicassem, com antecedência mínima de 30 dias, aos seus consumidores sobre alterações e extinções de planos de serviço, ofertas e promoções. Para a autarquia, porém, mudanças unilaterais de contrato são práticas abusivas que ferem o direito adquirido previsto pela Constituição Federal e no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

O Procon ainda requer que a interrupção do serviço de acesso à internet ou dos planos de dados contratados por adesão das empresas citadas só possa constar de contratos firmados após a data em que a ação civil pública foi instaurada. Além disso, as empresas rés deverão indenizar, da forma mais ampla e completa possível, os danos materiais e morais causados pela modificação unilateral que elas realizaram nos contratos de seus clientes.

A Claro informou, em nota, que ainda não foi notificada pelo Procon e que “a operadora realiza o bloqueio da internet nacionalmente aos clientes pré-pagos e Controle que atingirem o limite da franquia contratada. Para continuar navegando, os usuários têm a opção de adquirirem um pacote adicional em sua linha, com franquias diárias de 10MB, 20MB e 40MB ou pacotes de 30 dias de 225MB e 450MB. Sobre o bloqueio da internet para clientes pós-pagos, ainda não há definição para esta medida”.

A Vivo também afirmou que ainda não recebeu a notificação do órgão.

A TIM também não foi notificada ainda e destacou que “o bloqueio do acesso à internet após o atingimento do limite da franquia contratada busca oferecer uma melhor experiência de navegação móvel e reitera que a medida é aderente às normas da Anatel. A empresa está à disposição para prestar os esclarecimentos que forem necessários”.

Procurada, a Oi disse que não comentaria o assunto.

Banco dá nota falsa de R$ 100 no DF e é condenado a indenizar cliente

foto ilustrativa

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou o Banco de Brasília a indenizar em R$ 2 mil um cliente que recebeu uma nota falsa de R$ 100 após sacar dinheiro de um caixa eletrônico da instituição no ano passado. Procurado pelo G1, o BRB informou que não vai recorrer da decisão e que já pagou o valor determinado “de forma espontânea”. A vítima não foi localizada pela reportagem.

De acordo com a ação, o homem sacou R$ 3 mil, no formato de 30 notas de R$ 100, da conta corrente que tem no BRB. Em seguida, no mesmo dia, foi a um outro banco para realizar um pagamento e foi avisado de que havia uma cédula falsa entre as entregues.

Quando voltou ao banco para relatar o ocorrido, funcionários não quiseram repôr a nota e disseram que ela não tinha sido sacada no local. O cliente registrou ocorrência na polícia e submeteu o dinheiro à perícia.

O BRB afirmou em defesa que tentou negociar com o cliente o ressarcimento. Porém, para o relator e juiz responsável pelo caso, Luís Martius Júnior, o réu não apresentou provas suficientes e ainda teria insinuado o outro banco de fraude.

Segundo a sentença, o BRB só teria entrado em contato com o cliente mais de 20 dias após o ocorrido e depois do início do processo judicial. O magistrado diz que portar uma nota falsa e repassá-la sem conhecimento do fato trouxe danos morais ao homem, “colocando sua honra em questionamento”. Ele também citou os desgastes relacionados à recusa do banco em ressarcir o cliente e as acusações de que estaria mentindo.

(Luciana Amaral, G1 DF)

Líder de torcida organizada da Argentina posta foto com fuzil em favela do Rio

Rio – Pablo Álvarez, o Bebote, considerado um dos líderes de torcida organizada mais perigosos da Argentina, publicou uma foto em que aparece com um fuzil e ao lado de dois jovens, sendo um fortemente armado, no Morro do Urubu, em Pilares, na Zona Norte. O barra brava (como são chamados os torcedores violentos na Argentina) escreveu na legenda: “Disseram que eu não poderia entrar no Brasil porque era perigoso? hahaha Aqui o perigo não precisa de mim. Festa na favela”.

Pablo Álvarez, o Bebote, posta foto com fuzil no Morro do Urubu, em Pilares

Foto:  Reprodução / Facebook

Este não é o primeiro episódio polêmico que Bebote se envolve. No dia 5 de julho, durante a Copa do Mundo, o líder da torcida do Independiente foi preso no estádio Mané Garrincha, em Brasília, durante o jogo entre Argentina e Bélgica.

Antes do Mundial, o governo argentino havia enviado ao Brasil uma lista com nomes dos torcedores considerados perigosos, incluindo Pablo Álvarez, e que estavam impedidos de entrar no país para assistir aos jogos. No momento da prisão, ele estava usando uma camisa do Flamengo para tentar se disfarçar na multidão.

Bebote (C) aparece ao lado de dois jovens, sendo um armado com um fuzil, no Morro do Urubu, em Pilares

Foto:  Reprodução / Facebook

O ex-líder da extinta Hinchadas Unidas Argentinas (HUA), que reunia diversas facções de barra bravas para torcer pela seleção, também é suspeito de participar do episódio em que diversos cachorros foram enforcados nas redondezas do estádio Libertadores da América, em Buenos Aires, em um ato de ameaça aos jogadores após o Independiente ter sido rebaixado no Campeonato Argentino.

Outro caso de violência vinculado à Bebote foi quando ele ameaçou dar três tiros – dois na perna direita e um nos testículos – no jogador Fabián Vargas, caso o meia fosse jogar no rival Racing.

Reportagem de Victor Duarte, O Dia

Dono do Facebook volta a criticar os brasileiros: “Criarei um manual de comportamento na rede”

Por redação | Com Gazeta Online

O canal de notícias CNN disse que Mark Zuckerberg está triste com o comportamento dos brasileiros na rede social Facebook. “Se por um lado, os brasileiros fazem o Facebook crescer, por outro estragam tudo”, disse.

 
Os engenheiros do Facebook estavam pensando em permitir a inserção de imagens no formato gifs animados (imagens com movimento), mas Mark impediu a ideia por causa do Brasil. Segundo Mark, se o Facebook abrir espaço para os Gifs, o compartilhamento entre os usuários brasileiros ficará igual ao Orkut, cheio de letrinhas coloridas, se mexendo, com mensagens de carinho e amor.

 
Sobre a possibilidade de fechar o Facebook no Brasil, Mark descarta. “Não irei censurar os brasileiros de usarem a rede, mas criarei um manual de comportamento”.

 
Ao ser interrogado sobre o Facebook está se transformando em um Orkut, no Brasil, Mark disse que não existe diferença entre as redes sociais, a diferença está em quem usa. “Qualquer serviço na Internet que tenha usuários brasileiros, em grandes proporções, vira um problema”, disse.

Confira o artigo original no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/01/dono-do-facebook-volta-criticar-os.html#ixzz3SiE6u7tL

PSDB movimentou US$ 176,8 milhões em conta secreta da HSBC entre 1996 e 2000

Por Redação
Duas grandes roubalheiras que comprometeram o progresso e o desenvolvimento do povo paranaense para favorecer políticos corruptos pode ser desvendado no caso Suiçalão. A quebra do Banestado e a venda do Bamerindus seguiram roteiros parecidos, favorecendo verdadeiras quadrilhas organizadas em torno da política local, estadual e nacional.
Na verdade, os maiores ladrões do Brasil não estão nas penitenciárias e delegacias, mas soltos, nas colunas sociais.
O Bamerindus, em 1997, presidido na época por José Eduardo de Andrade Vieira, sofria ataques sistemáticos da mídia e boatos sobre possível inadimplência. Em alguns setores e corredores palacianos dava-se como certa a “quebra do Bamerindus”. Entretanto, a realidade era outra, o banco paranaense tinha 1.241 agências, ativos de mais de 10 bilhões de reais e uma das maiores e rentáveis seguradoras do país.
O que aconteceu para que o banco fosse entregue de mão beijada ao HSBC? Hoje, finalmente, o livro “Privataria Tucana” revela os bastidores da campanha para tirar o Bamerindus dos paranaenses: o ex-ministro das Comunicações, Sérgio Motta, havia pedido 100 milhões de reais ao banqueiro José Eduardo de Andrade Vieira como doação para a campanha de FHC. O banqueiro disse não, embora colocasse avião com piloto à disposição da campanha e fizesse outras doações em dinheiro.
Meses depois da campanha o HSBC recebeu dinheiro do governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) – na surdinha – para comprar o Bamerindus: 431,8 milhões de reais do Banco Central foram entregues ao HSBC para reestruturar o Bamerindus e saldar dívidas de reclamações trabalhistas. Além do dinheiro, o Banco Central limpou a parte problemática da carteira imobiliária, repassada para a Caixa Econômica Federal, que por sua vez recebeu 2,5 bilhões do Proer. Ou seja, o Brasil comprou o Bamerindus para o HSBC e o Paraná perdeu um dos maiores bancos do país.

Banestado
Com o Banestado o escândalo foi ainda maior. O maior desvio de dinheiro na história do Paraná chega a de 19 bilhões de reais durante o governo Jaime Lerner, com a quebra do Banestado, um dos bancos mais fortes e promissores do país, com 70 anos de trabalho financiando o progresso do nosso Estado. A “quebra” do Banestado foi um processo rápido e serviu para enriquecer quadrilhas organizadas e políticos de dentro e de fora do banco.
O Banestado foi quebrado numa espécie de “queima de arquivo” para esconder falcatruas e roubalheiras com o dinheiro público. O Doleiro Alberto Youssef preso na Operação Lava Jato nos anos que se seguiram confessou que entregava dinheiro vivo, fruto da roubalheira, ao ex-governador e deputados da sua base de apoio na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná.
Políticos como José Serra (PSDB) e Jorge Bornhausen (DEM) constam de relatórios da Polícia Federal que mostram a existência de ordens de pagamento e registros de movimentações financeiras do esquema de lavagem de US$ 30 bilhões por meio da agência bancárias do Banestado de Foz do Iguaçu (PR).

Entre 1996 e 2000, a conta do PSDB recebeu US$ 176,8 milhõesUm dos principais documentos é o dossiê AIJ 000/03, de 11 de abril de 2003, assinado pelo perito criminal da Polícia Federal Renato Rodrigues Barbosa – que chegou ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, com um carimbo de “confidencial”. O perito e o delegado José Francisco Castilho Neto identificaram pessoas físicas e jurídicas que estariam usando o esquema de remessa de dinheiro do Brasil para o exterior.

O dossiê AIJ000/03 traz a indicação de José Serra, o mesmo nome do ex-ministro da Saúde e ex-presidenciável tucano. O AIJ004 aponta apenas S. Motta, que os policiais suspeitam ser o ex-ministro das Comunicações Sérgio Motta, que já morreu. **O dossiê AIJ001 mostra transações financeiras do senador Jorge Konder Bornhausen, então presidente nacional do PFL, hoje DEM, e do seu irmão Paulo Konder Bornhausen. Já o dossiê AIJ002 aponta o nome do empreiteiro Wigberto Tartuce, ex-deputado federal por Brasília.
No caso de José Serra, há extratos fornecidos pelo banco americano JP Morgan Chase. O nome do ex-ministro, que segundo relatório dos policiais pode ser um homônimo, surge em uma ordem de pagamento internacional de US$ 15.688. O dinheiro teria saído de uma conta denominada “Tucano” e sido transferido para a conta 1050140210, da empresa Rabagi Limited, no Helm Bank de Miami, nos EUA. Serra é apontado como o remetente dos recursos. Isto seria uma indicação de que ele teria poderes para movimentar diretamente a conta Tucano. Entre 1996 e 2000, essa conta recebeu US$ 176,8 milhões, segundo a PF.

Confira o artigo original no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/02/psdb-movimentou-us-1768-milhoes-em.html#ixzz3SiD7Mvpt

Áudio confirma propina ao senador José Agripino (DEM/RN). E agora José?

José Agripino e o seu amigo Aécio Neves

Ministério Público divulgou nesta tarde o primeiro áudio sobre a propina de R$ 1,1 milhão que teria sido paga ao senador Agripino Maia (DEM/RN); na conversa o ex-deputado João Faustino, morto em 2014, fala com o lobista George Olímpio sobre o pagamento ao parlamentar para facilitar a implantação de serviço obrigatório de inspeção veicular no Rio Grande do Norte; Agripino, que foi um dos coordenadores da campanha presidencial de Aécio Neves, no ano passado, tem sido um dos mais moralistas dos parlamentares do Congresso, a exemplo do ex-colega de partido Demóstenes Torres; confira a conversa comprometedora; reportagem de Daniel Dantas Lemos

 

Por Daniel Dantas Lemos

Em áudio divulgado na tarde de hoje pelo Ministério Público ao anunciar denúncia contra Delavam Melo, o ex-deputado João Faustino, morto em janeiro de 2014, aparece em diálogo com George Olímpio. Trata-se do primeiro áudio.

Os dois falam sobre o fim da inspeção veicular no início do governo Rosalba Ciarlini.  George espera que João possa abrir as portas junto ao governo a partir de Carlos Augusto Rosado, marido da então governadora.  Na conversa, falam sobre a propina de R$ 1 milhão 150 mil paga a José Agrino Maia.

A conversa é na casa de João e foi gravada por George.  Conversam sobre uma negociação entre Carlos Augusto Rosado e João.

Diz João: “Haveria uma participação do consórcio na campanha e até uma participação mensal depois da campanha”
Carlos Augusto teria respondido: “Essa participação mensal, eu dispenso”
João continua: “Ele [Carlos Augusto] diz que se lembra, sabe das negociações que Zé Agripino fez, sabe que você se comprometeu”
George: “Fora a negociação, daquele dinheiro, tem uma parte que foi dada. (…)e mais cento e cinquenta. Eu dei uma parte por último, que ele me pediu, eu dei por último.  150, um cheque, que ele pegou dinheiro daquele rapaz, que fica lá na tevê, na Tropical”
João: “Sei, sei, o sobrinho dele, Tarcísio”
George: “Tarcisinho, que vence em setembro o cheque. Mais 150, no final da campanha ele disse assim: ‘George, eu preciso de você'”

João: “Você deu R$ 200 mil, não foi?”

“Eu dei R$ 300 mil, em dinheiro.  Marcílio deu R$ 400, Ximbica deu R$ 300”
João: “Mais 150”
George: “Na última semana ele me chamou e disse: ‘George, eu preciso de você’.  Mais 150”
João: “Fora os juros”
George: “Os juros eu já vou pagando. Agora, em Brasília, ele me pediu para pagar o desse mês.  Chega eu fiquei destreinado”.Já na parte final da conversa, depois de discutirem que, no governo, apenas Miguel Josino, então Procurador Geral do Estado, era contrário a uma solução que mantivesse a inspeção, George propõe:
“Não valeria, depois dessa conversa, uma ligação do senador José Agripino para Miguel Josino, nesse sentido? ‘Miguel: defenda a lei, que é um absurdo o que está se dizendo da inconstitucionalidade'”
***
Diz João: “Eu vou falar com José Agripino”, ao que George complementa dando os argumentos em cima de uma lei sobre inspeção veicular semelhante feita pelo Distrito Federal que foi julgada constitucional pelo STF.
(Brasil 247)

Juiz federal é flagrado usando Porsche Cayenne apreendido de Eike Batista

O juiz federal Flávio Roberto de Souza foi flagrado pelo EXTRA, na manhã desta terça-feira, ao volante do Porsche Cayenne branco do empresário Eike Batista. O magistrado chegou com o veículo à sede da 3ª Vara Criminal Federal, no Centro do Rio, às 10h22m, e entrou por um portão lateral da sede da Justiça Federal, na Avenida Barão de Tefé. O Porsche foi um dos apreendidos pela Polícia Federal por ordem do próprio magistrado: ele determinou a apreensão de todos os bens do ex-bilionário no Brasil.

O EXTRA fez plantão na porta da 3ª Vara Federal Criminal, na Avenida Venezuela, após ser avisado de que o juiz estaria usando o veículo.

Detalhe da placa do veículo
Detalhe da placa do veículo Foto: Igor Ricardo / Extra

Procurado por telefone após o flagrante, o juiz não explicou o motivo de estar dirigindo o carro apreendido.

– A ligação está ruim. Não estou te ouvindo – disse.

Logo após, completou:

– Agora estou ouvindo, mas não posso falar pois estou numa reunião.

À revista Veja, o juiz se defendeu e alegou que não havia vagas no pátio da Justiça Federal para todos os carros apreendidos de Eike. Ele disse que levou os dois veículos mais caros (o Porsche e uma Hillux) para a garagem do próprio prédio, e teria comunicado ao Detran. Nesta terça-feira, de acordo com o juiz, os carros seriam levados de volta para o pátio, onde ficariam expostos antes do leilão desta quinta-feira. Segundo o magistrado, a Hilux que o motorista da Vara Federal dirigia deu problema e teve de ser rebocada. O motorista era quem pegaria o Porsche depois para levar à Justiça Federal. Então ele, se dispôs a levar.

O Porsche, no entanto, não vai a leilão nesta quinta-feira.

Um vídeo enviado à redação do EXTRA mostra o carro de luxo no momento em que ele entra no prédio da Justiça Federal.

O magistrado chegou á sede da 3ª Vara Crimanal federal com o carro
O magistrado chegou á sede da 3ª Vara Crimanal federal com o carro Foto: Rafael Moraes / Extra

Em entrevista ao EXTRA, neste domingo, Flávio Roberto criticou os advogados do empresário, que tentam tirá-lo de um dos processos, garantindo que eles não vão fazê-lo sair “do sério” e afirmou: “Vou esmiuçar a alma dele”.

Thor Batista, filho de Eike, disse apenas que espera que o pai seja julgado “com imparcialidade”:

– Só espero que o meu pai seja julgado com imparcialidade, de uma maneira justa.

Detalhe do juiz ao volante do Porsche
Detalhe do juiz ao volante do Porsche Foto: Rafael Moraes

Advogado de Eike Batista, Sérgio Bermudes chamou de indecente e ilegal o juiz usar o carro apreendido. O defensor do empresário disse que vai fazer duas representações contra o magistrado – no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e no Tribunal Regional Federal (TRF).

– Por que que esse foi o único carro apreendido que não entrou na relação dos que serão leiloados? Para que ele (o juiz) fique com o carro e possa usufruir dele. A situação é trágica. Não é só ilegal, é indecente. O juiz determinou que os bens apreendidos fossem levados para o deposito judicial e que os automóveis ficassem no pátio da Justiça Federal. Tanto ele queria usar o carro, que não colocou na lista de carros que vão ser leiloados. Para que? Para ele (o juiz) ficar no bem bom, andando de Porsche – disse Bermudes.

De acordo com Bermudes, o magistrado não nomeou um fiel depositário para ficar com os bens apreendidos. E explicou que, legalmente, o magistrado não poderia se nomear fiel depositário.

O carro no dia em que foi apreendido
O carro no dia em que foi apreendido Foto: Cezar Loureiro / O Globo
O juiz em seu gabinete
O juiz em seu gabinete Foto: Guilherme Pinto / Extra

Uma sindicância será aberta para apurar o caso, segundo a Justiça Federal informou em nota:

“A Corregedoria Regional da Justiça Federal da 2ª Região instaurou hoje processo de sindicância para apurar os fatos noticiados pela imprensa no dia 24 de fevereiro, acerca da conduta do juiz federal titular da 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, referente ao uso de bens apreendidos do empresário Eike Batista. O procedimento foi aberto por determinação do corregedor regional em exercício, desembargador federal José Antonio Lisbôa Neiva”.

(Extra Online)

Globo se irrita com manifesto de intelectuais em defesa da Petrobras

O manifesto dos intelectuais em defesa da Petrobras e contra o golpe em marcha no País (leia abaixo) irritou os irmãos Marinho, que controlam o jornal O Globo.

Segundo o jornal, o manifesto é apenas uma operação política para esvaziar a CPI da Petrobras. Em editorial publicado nesta terça, os Marinho, que, com US$ 28 bilhões de patrimônio, são a família midiática mais rica do mundo e mais poderosa do País, defendem a abertura do pré-sal a firmas estrangeiras.

O Globo também questiona a capacidade da Petrobras. “Se a Petrobras, em condições normais, já tinha dificuldades para tocar esse plano de pedigree ‘Brasil Grande’, agora é incapaz de mantê-lo. Não tem caixa nem crédito para isso. Não há como sustentar o modelo”, diz o texto.

Dias atrás, uma funcionária da Petrobras, Michelle Daher Vieira, publicou uma carta aberta ao Globo, apontando as reais motivações do Globo na campanha negativa contra a Petrobras.

Leia abaixo o manifesto de intelectuais e personalidades em defesa da Petrobras que foi publicado na última semana:

Manifesto: O QUE ESTÁ EM JOGO AGORA

A chamada Operação Lava Jato, a partir da apuração de malfeitos na Petrobras, desencadeou um processo político que coloca em risco conquistas da nossa soberania e a própria democracia.

Com efeito, há uma campanha para esvaziar a Petrobras, a única das grandes empresas de petróleo a ter reservas e produção continuamente aumentadas. Além disso, vem a proposta de entregar o pré-sal às empresas estrangeiras, restabelecendo o regime de concessão, alterado pelo atual regime de partilha, que dá à Petrobras o monopólio do conhecimento da exploração e produção de petróleo em águas ultraprofundas. Essa situação tem lhe valido a conquista dos principais prêmios em congressos internacionais.

Está à vista de todos a voracidade com que interesses geopolíticos dominantes buscam o controle do petróleo no mundo, inclusive através de intervenções militares. Entre nós, esses interesses parecem encontrar eco em uma certa mídia a eles subserviente e em parlamentares com eles alinhados.

Debilitada a Petrobras, âncora do nosso desenvolvimento científico, tecnológico e industrial, serão dizimadas empresas aqui instaladas, responsáveis por mais de 500.000 empregos qualificados, remetendo-nos uma vez mais a uma condição subalterna e colonial.

Por outro lado, esses mesmos setores estimulam o desgaste do Governo legitimamente eleito, com vista a abreviar o seu mandato. Para tanto, não hesitam em atropelar o Estado de Direito democrático, ao usarem, com estardalhaço, informações parciais e preliminares do Judiciário, da Polícia Federal, do Ministério Público e da própria mídia, na busca de uma comoção nacional que lhes permita alcançar seus objetivos, antinacionais e antidemocráticos.

O Brasil viveu, em 1964, uma experiência da mesma natureza. Custou-nos um longo período de trevas e de arbítrio. Trata-se agora de evitar sua repetição. Conclamamos as forças vivas da Nação a cerrarem fileiras, em uma ampla aliança nacional, acima de interesses partidários ou ideológicos, em torno da democracia e da Petrobras, o nosso principal símbolo de soberania.

20 de fevereiro de 2015

Alberto Passos Guimarães Filho
Aldo Arantes
Ana Maria Costa
Ana Tereza Pereira
Cândido Mendes
Carlos Medeiros
Carlos Moura
Claudius Ceccon
Celso Amorim
Celso Pinto de Melo
D. Demetrio Valentini
Emir Sader
Ennio Candotti
Fabio Konder Comparato
Franklin Martins
Jether Ramalho
José Noronha
Ivone Gebara
João Pedro Stédile
José Jofilly
José Luiz Fiori
José Paulo Sepúlveda Pertence
Ladislau Dowbor
Leonardo Boff
Ligia Bahia
Lucia Ribeiro
Luiz Alberto Gomez de Souza
Luiz Pinguelli Rosa
Magali do Nascimento Cunha
Marcelo Timotheo da Costa
Marco Antonio Raupp
Maria Clara Bingemer
Maria da Conceição Tavares
Maria Helena Arrochelas
Maria José Sousa dos Santos
Marilena Chauí
Marilene Correa
Otavio Alves Velho
Paulo José
Reinaldo Guimarães
Ricardo Bielschowsky
Roberto Amaral
Samuel Pinheiro Guimarães
Sergio Mascarenhas
Sergio Rezende
Silvio Tendler
Sonia Fleury
Waldir Pires

(Pragmatismo Político)

Guido Mantega é hostilizado por neofascistas no Hospital Albert Einstein

Não se sabe se profissionais do corpo médico do hospital participaram das agressões contra o Mantega – Foto: Gervásio Baptista/ Agência Brasil

O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi expulso do hospital Albert Einstein, na última quinta-feira, dia 19. Ele estava acompanhado da esposa Eliane Berger, que se trata de um câncer. Aos gritos de ‘vai pro SUS’ e sob insultos, ele decidiu se retirar do local.

A intolerância política no Brasil atinge níveis alarmantes de incivilidade, que prenunciam um neofascismo no País. Agressões têm sido promovidas por forças políticas que se mostram incapazes de conviver numa democracia.

O responsável pela postagem do vídeo no Facebook conclama os internautas a perseguirem petistas e simpatizantes do partido nas ruas.

Assista ao vídeo, que sugere que profissionais da medicina também participaram das agressões:

Via Jornal Opção e 247

Banco do Nordeste tem lucro de R$ 747,4 milhões em 2014

O lucro líquido do Banco do Nordeste, em 2014, foi de R$ 747,4 milhões, o melhor resultado financeiro da instituição desde a sua criação, em 1952, e uma variação de 107,40% em relação a 2013. No mesmo período, o resultado operacional foi de R$ 1,13 bilhão, o que corresponde a um crescimento de 105,33%, sobre o ano anterior. Com esse desempenho o patrimônio líquido do Banco apresentou rentabilidade média de 23,20%.Os números foram divulgados na tarde desta segunda-feira (23), pelo presidente do Banco, Nelson Antônio de Souza, em Fortaleza.

“E esse lucro é com qualidade. Não tem nenhuma compensação de crédito tributário. O resultado operacional subiu de R$ 551 milhões  para R$ 1,13 bilhão um aumento de 105,33%.  O banco mais do que dobrou o lucro sem perder de vista o nosso foco no desenvolvimento. O ativo total do Banco do Nordeste também cresceu de R$ 33 bilhões [R$ R$ 33,8 bilhões] para R$ 38 bilhões [R$ 38,2 bilhões]  e o total do FNE que é o Fundo de Desenvolvimento do Nordeste subiu de R$ 47 [R$ 47,6 bilhões] para R$ 53 bilhões [R$ 53,4 bilhões] com R$ 92 bilhões de ativo total [R$ 91,6 bilhões]”, explica Nelson Souza.

De acordo com o presidente, o resultado deve-se, principalmente, ao avanço verificado no volume de contratações e financiamentos – R$ 25,3 bilhões, por meio de 4,7 milhões de operações – que tiverem crescimento de 9,1% no ano. Além disso, houve uma melhora no perfil da carteira de crédito, com redução na constituição de provisões para créditos de liquidação da ordem de R$ 408 milhões em relação ao ano passado.

“Melhoramos o ativo do Banco na qualidade do crédito. Nós estamos sendo implacáveis com relação aos devedores do Banco, nós cobramos mesmo. O dinheiro é publico, tem que voltar. Recuperamos R$ 2,5 bilhões em 2013, e R$ 2,4 bilhões em 2014. Isso viabilizou o banco e nós vamos ser implacáveis: não pagou, nós executamos”, diz.

Em 2014, o Banco do Nordeste contratou R$ 25,3 bilhões em operações de crédito, dos quais R$ 15,3 bilhões a empreendimentos considerados de pequeno porte, R$ 2,8 bilhões de médio, e R$ 7,3 bilhões a grandes empreendedores. Nas operações de pequeno porte, o setor de comércio e serviços recebeu o maior volume de recursos, cerca de R$ 13,4 bilhões em empréstimos e financiamentos. Empreendimentos industriais somaram R$ 6,7 bilhões em operações e os rurais, R$ 5,3 bilhões.

Valorização da marca
Com valor estimado em US$ 338 milhões, o Banco do Nordeste subiu 21 posições no ranking dos 500 bancos mais valiosos do mundo, segundo a consultoria britânica Brand Finance, ocupando agora a 314ª posição. Para Nelson de Souza, fatores como o aumento da base de clientes, o investimento na expansão da rede de agências e do quadro funcional do Banco do Nordeste, bem como de suas operações de crédito na indução ao desenvolvimento regional, explicam a crescente valorização de sua marca. “No Brasil, foi o banco público que mais se valorizou”, diz.

Perspectivas
Em dezembro de 2014, o Patrimônio Líquido do Banco do Nordeste totalizou R$ 3,36 bilhões e o Patrimônio de Referência (PR) ficou em R$ 5,86 bilhões, uma situação considerada confortável frente ao Acordo de Basileia, resolução  que introduziu exigência de capital mínimo para as instituições financeiras, em função do grau de risco de suas operações ativas.

Em 2014, o Banco do Nordeste exibiu um índice de Basileia de 16,11%, acima dos 11% exigidos pelo acordo. Na prática, isso significa que a empresa tem espaço considerável para realizar novos negócios sem prejuízo ao cumprimento das exigências de capital da legislação do mercado financeiro.

(G1 Ceará)

Sarau de Poesia em Fortaleza homenageia poeta Mário Gomes

Fortaleza recebe nesta quarta-feira, 25, o “I Sarau Núdico”, evento que vai homenagear o poeta Mário Gomes,falecido no fim de dezembro do ano passado. A obra do andarilho será celebrada na avenida Jovita Feitosa, em uma “declamação rasgaa” organizada pela Sociedade Autoquíria de Nada nem Ninguém, com o apoio do Coletivo Soul.

A banda Mary in Flames, originária de Fortaleza, participa do sarau tocando músicas inspiradas no folk nordestino e o rock´n roll psicodélico, com uma faixa de apresentação chamada “Sertão Psy”. Outras atrações convidadas são: Cabeça de Girassol, Plenitude, Monquiboy-Boo e Máquinas.

Artista

Poeta de rua, Mário Gomes vivia no limiar entre loucura e sanidade, sobriedade e ebriedade. Pelas mãos dos amigos, publicou oito livros de poesia e foi premiado por seus versos antropofágicos e obscenos. Ao optar por uma vida de errância, porém, acabou vítima da situação de rua, o que foi exposto após os dois dias desacordado antes da internação.

No início da vida adulta, Mário se aposentou por invalidez após controversas internações psiquiátricas, nas quais, entre outras coisas, foi submetido a tratamento de choque. Para José Evilásio Gomes, irmão de Mário, o poeta era, no fundo, um rebelde. “Se a gente tivesse descoberto essa anemia e tentasse dar remédio, ele ia dizer que não queria”, disse.

De acordo com ele, o irmão costumava dizer que não precisava de medicamentos – nem para o corpo, nem para a alma. “Ele era muito teimoso. Não queria remédio nem hospital.” E lembrou a vez em que Mário viajou para o Rio de Janeiro (RJ) porque queria trocar uma palavra com outro poeta: Vinícius de Moraes.

(O Povo)

 

Loja Maçônica de Fortaleza completa 87 anos

Foto: Edimar Soares

Fundada em 1928, a Loja Maçônica de Fortaleza completou 87 anos no último dia 7. Ontem, em evento solene no prédio da loja, no Centro de Fortaleza, a instituição reuniu membros da maçonaria cearense, comemorando o aniversário da instituição e inaugurando dois salões que passaram por reformas recentemente.  

A palavra maçonaria tem origem francesa, e significa “construção”. É uma instituição que se denomina como sendo filosófica, filantrópica, educativa e progressista. Um de seus princípios é educar quanto à espiritualidade do homem, partindo de valores como imortalidade e crença em Deus como o Grande Arquiteto do Universo.

De acordo com seus membros, a maçonaria não é uma religião, pois aceita em seus encontros pessoas de todas as crenças. Para fazer parte da sociedade maçônica, a pessoa deve ser convidada por um integrante que já tenha se iniciado na maçonaria e, segundo o presidente da Loja Maçônica de Fortaleza, Antônio Augusto, este convidado “deve ter boa índole, crer em Deus e respeitar a família”.

Somente homens com 21 anos ou mais podem ser convidados a participar. Há iniciações para crianças e adolescentes. As filhas e esposas dos maçons também podem participar, nas ordens “filhas de Jó” e “estrelas do oriente”.

Nas reuniões fechadas, são feitas orações e leituras com ensinamentos que só quem fez juramento para ser maçom pode aprender. As reuniões denominadas brancas são encontros em que os convidados podem participar, como a solenidade da noite de ontem.

Segundo Ivelise Maia, filha de maçom e integrante da ordem “filhas de Jó”, a maçonaria é muito presente na sociedade e nas famílias cearenses. “A instituição acolhe todas as pessoas, sem distinção de idade, gênero, crença ou etnia”, afirma Ivelise. De acordo com ela, existem padres, advogados, médicos e vários outros profissionais que são ligados à maçonaria em todo o mundo. (Lérida Freire/Especial para O POVO) 

Saiba mais

Origem

Uma das teorias sobre a origem da maçonaria diz que ela surgiu há cerca de três mil anos, durante a construção do Templo de Salomão, em Jerusalém. Por isso a estrutura externa das lojas maçônicas e dos templos são tão parecidas.  

Membros

Nomes conhecidos já fizeram parte da maçonaria no mundo todo. São eles: Dom Pedro I, primeiro imperador do Brasil; George Washington, primeiro presidente dos Estados Unidos; Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lua.

(O Povo)

Duas exposições de Heloisa Juaçaba estreiam em Fortaleza

Poucas pessoas ousariam questionar o amor que Heloísa Juaçaba sentia pela arte. Ainda assim, quem o fizesse teria que argumentar muito bem, mas correria o risco de cometer um tremendo engano. Produzindo, colecionando ou incentivando novos artistas, esta cearense de Guaramiranga tornou-se um dos nomes mais importantes das artes plásticas do Ceará. Como uma forma de demonstrar isso, duas exposições entram em cartaz esta semana em Fortaleza, revelando duas porções distintas da pintora, escultura e tapeceira falecida em dezembro de 2013.

Com abertura programada para a próxima sexta-feira, 27, Heloísa Juaçaba – Obra e Coleção apresenta o acervo particular da artista, entre obras próprias e de gente como Aleijadinho e Di Cavalcante (veja mais na coordenada abaixo). Já a exposição Artequattro Convida reúne cinco artistas, entre novatos e veteranos, expondo obras próprias que, num primeiro momento, têm pouco em comum. No entanto, os artistas ali reunidos foram influenciados de diferentes maneiras por Heloísa, seja no relacionamento como aluno, amigo ou parente. São eles Totonho Laprovítera, Cadeh Juaçaba, Carlos Lebran, Rodrigo Frota e Zé Tarcísio.

Com vernissage marcada para amanhã, 25, Artequattro Convida fica em cartaz desta quinta, 26, até o dia 17 de março, na Galeria Ouvidor. A exposição também marca o lançamento do projeto Artequattro que visa um incremento do mercado de artes plásticas no Ceará. Coordenado pelo advogado Fernando Laprovítera, filho de Totonho Laprovítera, a proposta é voltada tanto para artistas dispostos a apresentarem suas obras, como para o público que queira consumi-las. “Não é só exposição, mas trabalhar o conhecimento do mercado de arte. Por isso convidamos profissionais para explicar como se começa uma coleção, o que se investe”, explica Fernando.

Para Totonho, iniciar esse projeto citando Heloísa Juaçaba é uma forma de exemplificar o quanto ela foi importante para o mercado de artes do Estado. “Ela lançou muita gente e cuidou de muitos artistas”, comenta o arquiteto fortalezense. Totonho diz ainda que Dona Heloísa foi a grande dama das artes do Ceará, alguém que buscava incentivar novos talentos através de conselhos ou mesmo adquirindo suas obras. “A elegância maior dela estava na simplicidade de fazer o bem através das artes. Além de me lançar e cuidar de mim, ela foi me mostrando os rumos das artes, os prazeres e responsabilidades. Ela mudou o meu olhar sobre do mundo”, acrescenta.

Participando de sua primeira exposição, Cadeh Juaçaba faz coro e lembra que sua trajetória sempre foi pontuada pelos incentivos da tia-avó. “Eu comecei a desenhar e pintar muito novo por influência dela. Desde os oito anos, ela já me chamava pra conversar sobre o que eu estava fazendo, produzindo, sobre os artistas que ela conhecia”, lembra Cadeh.

Outro sobrinho-neto, o escultor Carlos Lebran ressalta que Heloísa foi uma pessoa inspiradora para muita gente que vive de arte do Ceará. Para ele, uma das coisas mais marcantes na artista era seu olhar sobre a cidade natal. “Me impressionava a relação dela com Guaramiranga. Também lembro o jeito de ser dela, tranquilo e sereno. É uma coisa que busco”.

SERVIÇO 

Artequattro Convida

Quando: abertura amanhã (25), às 20h. Em cartaz até 17 de março, com visitações de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e aos sábados, das 9h às 14h Onde: Galeria Ouvidor (Rua Professor Dias da Rocha, 853 – Aldeota)

Entrada franca.

Telefone: 3267 6766.

(Marcos Sampaio, O Povo)

Workshop Saudável em Fortaleza, dias 28/02 e 01/03

Vai acontecer nos dias 28/02 e 01/03 um workshop saudável em Fortaleza com a fitchef Rosana Brum e a blogger Anelisa Barreira. Serão quatro cursos com receitas práticas, saudáveis e muito saborosas no Armando Bistrô. Sem glúten, sem lactose, sem açúcar, sem carboidratos e utilizando açúcares alternativos. Dentre as várias receitas ensinadas estarão a Colomba Pascal (doce e salgada), Brandade de Bacalhau, Brownie e Bolo de pote, Chocambole Funcional com recheios variados e os deliciosos e os maravilhosos Ovos de Páscoa de Colher, com recheios cremosos e funcionais, pra ninguém jacar na páscoa!

*Rosana é chef pâtissier e ex-sócia de uma confeitaria tradicional, de Brasília. Atualmente aplica toda sua experiência e conhecimento na culinária do bem, criando receitas saudáveis e gostosas.

*Anelisa é uma cuiabana que veio morar em Fortaleza e adotou a cidade como sua terra natal. Em seu blog ela dividi além de dicas do mundo da moda e da beleza, a vida fitness que aprendeu a amar.

Serviço:
Inscrições e mais informações:
(85) 8150.3737
(81) 9816.8225
ou pelo email: daycook2015@gmail.com

Os cursos acontecerão no Armando Bistrô que fica na rua Vicente leite, 520, Meireles

Vai viajar para o Nordeste ou para o exterior? Vacine-se contra o sarampo

Se viajar para o Nordeste do Brasil ou para algum país do exterior está em seus planos, fique de olho. A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo emitiu um alerta sobre os riscos de entrada do vírus por meio dos viajantes. A orientação é para que todos fiquem atentos à atualização da cartela de vacinação e que tomem principalmente a que previne o sarampo. Isso porque alguns locais, como o Ceará, os Estados Unidos, a Europa, a Ásia, a África e a Oceania, têm registrado uma crescente incidência da doença. A vacina deve ser tomada 15 dias antes da visita a essas regiões.

A dica também é válida para taxistas, hoteleiros, agentes de turismo e outros profissionais que têm contato com turistas. Além disso, crianças com idade entre 1 e 5 anos que não foram imunizadas no final de 2014 também devem tomar a vacina.

Atualmente, a vacina é a forma mais segura de prevenir o vírus, que pode ser facilmente transmitido por secreções da tosse e do espirro, por exemplo. Coriza, olhos avermelhados, manchas na pele e tosse são os principais sintomas da doença, que pode se complicar e evoluir para cenários mais graves, como pneumonia, encefalite, diarreia e até a morte. Para tomar a vacina, basta ir até o posto de saúde mais próximo, portando a carteira de vacinação.

(Revista Crescer)

Ato em defesa da Petrobras reunirá sindicalistas, artistas, intelectuais e movimentos sociais

São Paulo – Um ato em defesa da Petrobras será realizado nesta terça-feira (24), no Rio de Janeiro, com a mobilização de sindicalistas, representantes dos movimentos sociais, estudantes, artistas, advogados, jornalistas e intelectuais.“Defender a Petrobras é defender o Brasil” é o slogan do ato, organizado pela CUT e pela Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Estão confirmadas as presenças dos escritores Eric Nepumoceno e Fernando Moraes, da jornalista Hildegard Angel, do cineasta Luiz Carlos Barreto, da filósofa Marilena Chauí e do economista Luiz Gonzaga Belluzzo, além de lideranças sindicais, estudantis e dos movimentos sociais.

O evento, que será realizado no auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), integra uma campanha nacional em defesa da Petrobrás, que já teve início nas redes sociais, com a coleta de assinaturas de adesão ao manifesto, que será lançado oficialmente no dia 24.

“A investigação, o julgamento e a punição de corruptos e corruptores, doa a quem doer, não pode significar a paralisia da Petrobrás e do setor mais dinâmico da economia brasileira”, reitera o Manifesto em Defesa da Petrobrás e do Brasil, cuja íntegra pode ser acessada em http://www.fup.org.br/2012/assinatura-de-manifesto.

“É urgente denunciar, no entanto, que esta ação tem servido a uma campanha visando à desmoralização da Petrobrás, com reflexos diretos sobre o setor de óleo e gás, responsável por investimentos e geração de empregos em todo o País; campanha que já prejudicou a empresa e o setor em escala muito superior à dos desvios investigados”, afirma também o manifesto.

A campanha em defesa da estatal prosseguirá após o ato do dia 24, com atividades por todo o país. Uma manifestação já está agendada para o dia 13 de março, na Avenida Paulista, em São Paulo.

Serviço
Ato em Defesa da Petrobrás
Dia: 24 de fevereiro de 2015
Horário: 18h
Local: ABI – Rua Araújo Porto Alegre, 71 – Centro – Rio de Janeiro

  

(Rede Brasil Atual)

José Agripino: Coordenador da campanha de Aécio Neves é denunciado em esquema criminoso

José Agripino e seu fiel amigo Aécio Neves – (Foto: Agência Senado)

A Operação Sinal Fechado, que desbaratou esquema criminoso na implantação do serviço de inspeção veicular no Rio Grande do Norte, na gestão de Wilma de Faria, fato ocorrido no ano de 2010, foi destaque na edição deste domingo (22) do Fantástico, na Rede Globo.

A reportagem trouxe um personagem “novo”: o senador José Agripino Maia (foto), presidente estadual e nacional do Democratas (DEM), um dos mais aguerridos adversários do governo e defensor intransigente do ‘impeachment’ da presidente Dilma Rousseff.

Baseado no depoimento de George Olímpio, dado ao Ministério Público em delação premiada, o senador José Agripino é citado como beneficiário de um esquema criminoso de corrupção em torno de 1 milhão de reais.
Na delação, o empresário conta que o esquema da propina foi negociado na residência oficial da então governadora do estado, Wilma de Faria, do PSB, hoje vice-prefeita de Natal. “Eu fui chamado para uma reunião com Lauro Maia”, diz o delator. Lauro Maia é o filho de Wilma.

“Essa reunião foi dentro da casa da governadoria, dentro de um gabinete que era o gabinete que Lauro recebia as pessoas para fazer tratativas”, diz George Olímpio.

Por telefone, ao repórter do Fantástico, José Agripino, negou a sua suposta participação: “está completamente faltando com a verdade”, diz o senador em referência às acusações.

Lembrando que nesta semana, como mais uma etapa da investigação da Operação Sinal Fechado, o procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, ofereceu denúncia contra o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PMDB), acusado de ter recebido propina de R$ 300 mil.

O procurador liberou o conteúdo da delação premiada de George Olímpio e de outro acusado, Alcides Fernandes Barbosa.
O líder do esquema, George Olímpio, deu um milhão de reais de propina para o senador José Agripino Maia, presidente nacional do Democratas. E detalha a história: o encontro se deu no apartamento do senador em Natal. O empresário José Bezerra de Araújo Júnior, o Ximbica, emprestou quatro cheques de R$ 250 mil para a transação. Como o objetivo não teria sido alcançado e temendo a repercussão do caso, Agripino recebeu George e Alcides em sua casa em Brasília no início de 2010 e devolveu metade dos cheques que ainda não tinham sido descontados. Alcides não sabe se Agripino devolveu os outros quinhentos mil reais.
Por telefone, o Fantástico falou com José Agripino que estava em Miami, nos Estados Unidos.
Fantástico: O senhor conhece George Olímpio?
José Agripino: Conheci George Olímpio, é uma figura conhecida em Natal e é parente de amigos do meu pai de muito tempo atrás, eu o conheci sim.
Fantástico: Ele disse que já foi na casa do senhor em Brasília. Ele já foi, senador?
José Agripino: Teria ido. Ele foi na minha casa uma vez.
Fantástico: E este apartamento no Rio Grande do Norte ele disse que esteve lá também? Ele já esteve nesse apartamento também?
José Agripino: Esteve também.
Fantástico: Ele disse que o senhor pediu mais de R$ 1 milhão para ele e este pedido foi feito no apartamento do senhor.
José Agripino: Eu nunca pedi nenhum dinheiro, nenhum valor a George Olímpio. E conforme ele próprio declarou em cartório, não me deu R$ 1 milhão coisíssima nenhuma.
O senador enviou ao Fantástico o documento de 2012, que George Olímpio teria registrado em cartório. “É uma infâmia, uma falta de verdade. Está completamente falso e faltando com a verdade”, afirma José Agripino.
Em nota, Wilma Faria diz que considera qualquer citação ao seu nome nesse contexto como ilação caluniosa, injusta, desrespeitosa e antidemocrática. O filho dela, Lauro Maia, disse que desconhece o conteúdo da delação de George Olímpio e, mesmo assim, repudia qualquer afirmação de que teria participado em esquema criminoso.
“O que nos impressionou é exatamente que toda a investigação levada a efeito pelo Ministério Público e toda análise da prova foi uma análise perfeitamente compatível com que de fato aconteceu, da forma como George, posteriormente, narrou”, afirma a promotora de Justiça Keiviany Silva de Sena.

Veja os assuntos mais cobrados nos concursos do Banco do Brasil

Levantamento da LFG listou os assuntos mais cobrados em 7 disciplinas e também o nível de importância de cada uma delas no concurso do Banco do Brasil para 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário.

O LFG Maps mapeou as provas dos últimos dois concursos do órgão (2013 e 2014) para chegar aos tópicos mais abordados pelas bancas organizadoras, Fundação Carlos Chagas (FCC) e Cesgranrio, respectivamente. No atual concurso, a Cesgranrio é a organizadora.

O concurso registrou 535 mil inscritos para as vagas nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. Os candidatos devem ter nível médio e o salário é de R$ 2.227,26. A prova será aplicada no dia 15 de março.

O tema de interpretação de textos; significação contextual de palavras e expressões, da disciplina de língua portuguesa, foi o mais comum, com 14 questões.

A pesquisa apontou que a disciplina com maior nível de importância é a de conhecimentos bancários, com 30 questões. Em seguida aparecem: língua portuguesa (26), atendimento (22), raciocínio lógico (20), informática (15), cultura organizacional (8) e vendas (6).

“Em 2014, o Banco do Brasil realizou um gigantesco concurso em todo o país. Agora está realizando um concurso regionalizado, para complementar os quadros que não foram preenchidos. Portanto, espero uma prova menos complexa e com temas já cobrados em outras provas”, afirma Marco Antônio Souza de Oliveira, professor da Rede LFG e especialista em concursos do BB.

O levantamento não traz as questões mais comuns na disciplina de atualidades do mercado financeiro, por se tratar de um tema que muda de acordo com os acontecimentos, e de língua inglesa, que é uma novidade no edital.

De acordo com o edital, será eliminado o candidato que obtiver aproveitamento inferior a 55% do total da pontuação do conjunto das provas objetivas ou obtiver aproveitamento inferior a 45% do total da pontuação da prova objetiva de conhecimentos básicos ou obtiver aproveitamento inferior a 55% do total da pontuação da prova objetiva de conhecimentos específicos. Será eliminado, ainda, o candidato que obtiver nota 0 em qualquer uma das disciplinas de conhecimentos básicos e específicos. Ainda haverá prova de redação.

“O estudo de todas as disciplinas é fundamental, mas certamente, duas merecem uma maior atenção: língua portuguesa, devido a sua já conhecida complexidade, e conhecimentos bancários, que é a disciplina que tem maior importância nas provas do Banco do Brasil”, completa Oliveira.

Veja abaixo os temas mais cobrados em cada disciplina:

1) Língua portuguesa

O levantamento identificou 9 temas mais comuns nas últimas provas, com um total de 26 perguntas. Interpretação de textos – significação contextual de palavras e expressões foi abordado em 14 questões, representando 53,9% do total.

Em seguida aparecem: morfossintaxe (3 perguntas – 11,5%), pontuação (2 – 7,8%), reescritura de frase – redação (2 – 7,8%), pronome pessoal e regência (1 – 3,8%), coesão e coerência – pronomes (1 – 3,8%), flexão verbal (1 – 3,8%), período composto (1 – 3,8%) e grafia/acentuação (1 – 3,8%).

2) Raciocínio lógico-matemático

Foram 7 temas mais comuns na disciplina, sendo que conjuntos numéricos foi o mais lembrado pelas bancas, com 8 questões (40%) do total.

Completam a lista: porcentagem (4 questões – 20%), estatística (2 – 10%), matemática financeira – empréstimo (2 – 10%), matemática financeira – juros (2 – 10%), probabilidade (1 – 5%) e matemática financeira – taxa (1 – 5%).

3) Cultura organizacional

Cinco temas foram os mais lembrados na disciplina, sendo o assunto de código de conduta da alta administração pública o mais comum, com 3 questões e 37,5% do total.

Em seguida estão: motivação (2 questões – 25%), cultura organizacional (1 – 12,5%), características da cultura organizacional (1 – 12,5%) e código de ética do Banco do Brasil (1 – 12,5%).

4) Técnicas de venda

Foram identificados 6 temas mais comuns, mas nenhum deles se destacou. Todos tiveram apenas 1 questão, representando 16,66% do total.

Os assuntos mais cobrados foram: Código de defesa do consumidor (CDC) – venda casada, processo de vendas – pré-abordagem, planejamento de vendas – potencial de mercado, motivação, custo para o cliente e imagem institucional.

5) Atendimento

A disciplina teve 13 temas mais comuns, sendo que o mais cobrado foi marketing de relacionamento, com 4 questões (18,1%). Apesar disso, houve equilíbrio na divisão de questões entre os assuntos mais cobrados.

Completam a lista: ouvidoria (3 questões – 13,6%), necessidades e expectativas do cliente (2 – 9,2%), valor para o cliente (2 – 9,2%), matriz SWOT (2 – 9,2%), matriz PORTER (2 – 9,2%), produtos e serviços (1 – 4,5%), share of mind (1 – 4,5%), planejamento estratégico, tático e operacional (1 – 4,5%), promoção de vendas – marketing integrado (1 – 4,5%), atendimento (1 – 4,5%), empatia (1 – 4,5%) e forças de PORTER (1 – 4,5%).

6) Domínio produtivo da informática

A disciplina teve 9 assuntos mais abordados, mas nenhum ganhou grande destaque e disparou no ranking. Em primeiro lugar ficou o tema de sistema operacional, com 3 perguntas – 20% do total.

Em seguida estão: protocolos (2 questões – 13, 3%), editor de textos (2 – 13, 3%), segurança da informação (2 – 13, 3%), planilhas eletrônicas (2 – 13, 3%), hardware (1 – 6,7%), formato de arquivos (1 – 6,7%), redes sociais (1 – 6,7%) e correio eletrônico (1 – 6,7%).

7) Conhecimentos bancários

Uma das disciplinas mais importantes do concurso, conhecimentos bancários teve 17 temas entre os mais cobrados. O tópico Banco Central do Brasil foi o mais lembrado, com 5 questões e 16,8% do total.

A lista completa é formada por: Conselho Monetário Nacional – CMN (3 questões – 10%), garantias (3 – 10%), Sistema Financeiro Nacional – SFN (2 – 6,7%), taxa SELIC (2 – 6,7%), crime de lavagem de dinheiro (2 – 6,7%), crédito rural (2 – 6,7%), ações (2 – 6,7%), PGBL e VGBL (1 – 3,3%), títulos de capitalização (1 – 3,3%), seguros (1 – 3,3%), Comissão de Valores Imobiliários – CVM (1 – 3,3%), Fundo Garantidor de Créditos – FGC (1 – 3,3%), BNDES (1 – 3,3%), consolidação bancária (1 – 3,3%), câmaras de compensação (1 – 3,3%) e crédito direito ao consumidor (1 – 3,3%).

(G1 Concursos e Empregos)

Eunício vê indicação de Mauro Filho ao BNB como declaração de guerra ao PMDB

Mauro Filho X Eunício Oliveira

O cearense Eunício Oliveira, líder do PMDB no Senado Federal, partido com a maior bancado do Parlamento, prevê uma nova crise na aliança entre a sua legenda e o Partido dos Trabalhadores, da presidente Dilma Rousseff. A turbulência está relacionada à articulação, em andamento nos bastidores do Planalto, para a indicação de Mauro Filho (PROS), secretário da Fazenda do Ceará, à Presidência do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Para Eunício, a nomeação de Mauro, um dos principais aliados dos irmãos Cid e Ciro Gomes (PROS), em substituição a Nelson de Souza, atual presidente do BNB, representa a aplicação de um critério mais político do que técnico para a escolha do comanda a instituição.

A estratégia, se confirmada, trará ainda mais força ao grupo comandado pelos Ferreira Gomes e, de acordo com o senador, representa uma declaração de guerra do Governo Federal ao PMDB, já que tanto Ciro como Cid são críticos ferrenhos de seu partido e conspiram para o fim da aliança que formou a chapa de Dilma (presidente) e Temer (vice-presidente), vencedora nas duas últimas eleições ao Palácio do Planalto.

Em meio à contenda, já está sendo avaliada a possibilidade de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar indícios de irregularidades nos critérios de investimentos e concessão de empréstimos pelo BNB, como o liberado para a Cervejaria Petrópolis, fabricante da cerveja Itaipava, que já está sendo investigado pelo Ministério Público Federal por possível fraude em contratos que somam R$ 830 milhões.

Cid Gomes, ex-governador do Ceará e atual ministro da Educação, também é apontado como privilegiado pela instituição financeira por ter recebido empréstimo com juros abaixo do valor de mercado, por meio de sua empresa, a Corte Oito Gestão e Empreendimento. O financiamento de R$ 1,3 milhão foi aplicando na construção de galpões no município de Sobral, que acabaram sendo alugados para a Cervejaria Itaipava.

Via http://www.cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=24895

Cid Gomes é pivô de crise no PROS, a quinta legenda que integra

BRASÍLIA – Menos de dois anos após deixar o PSB, por divergências públicas com a cúpula da legenda, o ministro da Educação, Cid Gomes, já é novamente pivô de uma crise partidária que ameaça sua permanência, assim como a de seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes, na quinta sigla à qual se filiou, o PROS. A conflagração entre a cúpula do partido e o ministro é pelo controle da legenda.

Com a autoridade e a caneta de ministro, Cid Gomes tem investido em políticos do PROS para criar um comando paralelo. Emplacou o novo líder na Câmara, Domingos Neto (CE), e, segundo seus adversários, tem minado a liderança do presidente da legenda, Eurípedes Junior. O ex-líder do PROS na Câmara, Givaldo Carimbão (AL), já defende que os irmãos Gomes deixem o partido.

— Cid tomou o partido politicamente e agora quer tomar também juridicamente. Tentei abrir os olhos do Eurípedes. Desde o começo, disse que ele não sabia o tamanho do problema que estava arrumando quando convidou os Gomes. Agora, ou eles saem, ou é melhor entregar logo o PROS para eles — diz o deputado.

O presidente do PROS, o ex-vereador Eurípedes Junior, preencheu com seus parentes, a maioria sem experiência política, a maior parte das vagas na Executiva do partido. Sua mãe, Maria Aparecida dos Santos, é a primeira-secretária nacional. A única experiência que teve na política foi a de coletar assinaturas para a criação do partido. O irmão de Eurípedes, Fabrício George Gomes dos Santos, ocupa a primeira vice-presidência nacional e há outros sete integrantes da Executiva com sobrenome “dos Santos”.

O ministro Cid Gomes, segundo relatam integrantes da legenda, critica o que considera uma estrutura amadora e destaca que o partido já reduziu quase pela metade sua bancada na Câmara, passando de 20 para 11 deputados. Ele defende que a legenda se “profissionalize” se quiser despontar como um partido de algum peso no cenário nacional. O ministro também prega a fusão do PROS com outras siglas, o que tem gerado irritação na cúpula do partido.

EURÍPEDES ESTARIA ‘ABALADO’

Aliados de Eurípedes interpretam as críticas de Cid como um ataque ao fato de a família do presidente do PROS estar em peso na Executiva.

— Essa estrutura que está na Executiva é a mesma que criou o partido. Para coletar assinatura e criar o partido a família do Eurípedes servia, e agora para estar na Executiva não presta? — questiona o deputado Givaldo Carimbão, que diz que Eurípedes estaria “muito abalado” com as investidas.

Os primeiros sinais do estremecimento na relação ocorreram quando Cid começou a ser sondado para ser ministro. Reservadamente, integrantes do PROS trabalhavam para que outros nomes ocupassem cargos no governo Dilma Rousseff. Quando a presidente confirmou a escolha de Cid, as divergências se tornaram ainda mais claras, com nota assinada por Eurípedes e Carimbão afirmando que Cid Gomes não representava o PROS no governo Dilma.

Apesar dos conflitos, aliados do ministro da Educação dizem que ele não pretende se envolver nas questões burocráticas do PROS. É o que garante o líder da bancada, Domingos Neto (CE), cujo pai, Domingos Filho, foi vice de Cid Gomes quando este era governador. Embora não admita que haja na legenda uma ala ligada aos irmãos Gomes e outra ao presidente Eurípedes Júnior, o líder, que está em seu segundo mandato e tem apenas 26 anos, disse que quer construir a unidade do partido.

— Vamos estreitar a relação com o partido e ser um instrumento de aproximação para que o partido sinta-se um corpo só, não do Cid ou da Executiva — afirmou.

Fonte: Júnia Gama e Chico de Gois – O Globo

UFC: inscrições para alunos especiais e de mobilidade urbana; saiba o que é preciso

A Universidade Federal do Ceará (UFC) divulgou os formulários para requisição de inscrição para alunos especiais e de mobilidade acadêmica.

De acordo com a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UFC, entre os dias 23 e 24 de fevereiro, alunos especiais – que desejam cursar disciplinas na Universidade – deverão se dirigir à coordenação de cada curso que possui as disciplinas pleiteadas, para que o coordenador possa expressar o consentimento para a matrícula. Depois disso, devem comparecer à Seção de Protocolo da Prograd, no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, no dia 27 de fevereiro, levando toda a documentação exigida.

Já para os alunos especiais graduados, a UFC informa que é necessária a entrega de cópias legíveis do diploma do curso de graduação, documento de identidade e CPF. Para os alunos de graduação de outra Instituição de Ensino Superior (IES), além de cópias de RG e CPF, é preciso trazer também histórico escolar, atestado que comprove estar regularmente matriculado em outra IES e autorização da instituição de origem para cursar disciplinas como aluno especial na UFC (todos originais). A condição de aluno especial não pode ultrapassar quatro semestres, com o máximo total cursado de cinco disciplinas.

Mobilidade acadêmica

De acordo com a Universidade, os alunos do programa de mobilidade acadêmica precisam apresentar os seguintes itens: documento de identidade e CPF, além de originais do histórico escolar e autorização da IES de origem para cursar disciplinas na UFC através do programa.

É importante ressaltar que o aluno não poderá se afastar da IES de origem, sob o amparo do vínculo temporário previsto no convênio, por prazo superior a um ano letivo. Em caráter excepcional, a critério da instituição receptora, poderá haver renovação do vínculo por até mais um período letivo.

Formulário para alunos especiais: http://bit.ly/1JrNBhn

Formulário para mobilidade urbana: http://bit.ly/1DESSxc

Redação O POVO Online

Membros do MST ocupam sede do Governo do Ceará

Trabalhadores rurais querem uma audiência com o governador Camilo Santana para debater questões relacionadas à seca e o Seguro-Safra (Foto: Márcelio Bezerra/TV Verdes Mares)

Membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocupam desde 5h da manhã desta segunda-feira (23) áreas externas do Palácio da Abolição, sede do governo estadual, no Bairro Meireles, em Fortaleza.

De acordo com a assessoria do órgão, o protesto é pacífico. Cerca de mil trabalhadores rurais participam da ocupação.

Ainda segundo o MST, o grupo quer uma audiência com o governador Camilo Santana para tratar dos principais problemas como  a falta de água em alguns assentamentos no interior e Seguro-Safra.

(G1 Ceará)

Mapa da Violência: Os territórios onde mais se mata em Fortaleza

A cada quatro homicídios registrados em Fortaleza ao longo do mês de janeiro, três ocorreram em bairros mais afastados do Centro, muitos deles na periferia. A região, que já foi chamada de “cinturão vermelho da criminalidade”, continua sendo a área onde mais se mata em Fortaleza. 

Conforme levantamento do O POVO, com base nos dados da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), dos 229 homicídios que teriam ocorrido no primeiro mês do ano, considerado o período mais violento do Estado desde o último mês de março, 167 se deram em bairros que ficam fora do corredor das áreas que se convenciona chamar de nobres.

A região que concentra aproximadamente 58% da população de Fortaleza, segundo o Censo de 2010, respondeu por 73% das mortes na cidade no intervalo de 31 dias. O fenômeno não é isolado, como se constatou no período de Carnaval. Na ocasião, 95% dos 25 homicídios ocorridos na Capital também foram registrados em bairros dessas áreas mais distantes das regiões centrais, como Granja Lisboa, Conjunto Palmeiras e Padre Andrade. Além disso, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), nenhum dos crimes estava diretamente ligado às festas carnavalescas.

Numa comparação entre as mortes ocorridas em janeiro e durante o feriadão de Carnaval, todos os bairros afetados já haviam registrado homicídios este ano, exceto o Alagadiço Novo. 

Áreas críticas

Segundo o secretário-adjunto da Segurança Pública, Lauro Prado, a SSPDS concentra esforços na redução das estatísticas nessas áreas consideradas críticas. Sobre os índices de janeiro, Prado contou que a secretaria avaliou os dados como resultado da incerteza provocada pela mudança de cúpula na pasta. 

Em janeiro deste ano, Delci Teixeira assumiu o lugar do então secretário da Segurança, Servilho Paiva. “Chamamos os comandantes de cada uma das AISs (Áreas Integradas de Segurança) e conversamos sobre esse momento de mudança de gestão. Quando isso ocorre, sempre fica a expectativa sobre como vai ser o método de condução da tropa. Nós os tranquilizamos, avaliamos que o mês não foi bom e alinhamos os trabalhos. Posso dizer que já estamos voltando a conseguir reduções”, afirmou. 

95% dos homicídios durante o Carnaval ocorreram em bairros da periferia 

Saiba mais

O “cinturão vermelho” do crime em Fortaleza

O termo “Cinturão Vermelho” foi usado pelo ex-secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Servilho Paiva, para denominar as áreas da Capital com os mais elevados índices de criminalidade.  

Gestor da área de setembro de 2013 até dezembro de 2014, etapa final do governo Cid Gomes, Servilho foi responsável pela implantação do sistema de metas de redução de crimes, com a gestão por meio das Áreas Integradas de Segurança (AISs), que dividiu Fortaleza em seis diferentes áreas. 

Serviço

Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social

Onde: avenida Bezerra de Menezes, 581, São Gerardo

Vejam quem são e os telefones dos responsáveis por cada AIS:

http://bit.ly/op0034

(Thiago Paiva, O Povo)

Veja como garantir a maior restituição possível do Imposto de Renda 2015

Quem vai declarar o Imposto de Renda e quer garantir que a restituição seja a maior possível deve ficar atento a tudo o que pode ser declarado.

Para facilitar, é importante que, antes de tudo, o contribuinte organize todos os documentos que comprovem – se for o caso – gastos com educação, previdência, dependentes, saúde, empregada domestica e despesas de livro caixa, no caso de profissionais autônomos.

Com a ajuda de especialistas, o G1 listou dez dicas para o contribuinte prestar atenção antes de preencher e enviar sua declaração. O prazo de entrega do Imposto de Renda começará em 2 de março e se estenderá até o dia 30 de abril. As dicas são de Vanildo Veras, diretor de Inteligência Fiscal da consultoria contábil Datanil, Marcia Ruiz Alcazar, diretora-administrativa da Seteco Consultoria Contábil, e de Richard Domingos, diretor-executivo da Confirp Consultoria Contábil.

Modelo (Foto: G1)

O primeiro passo é a escolha do modelo de declaração: simples ou completo. Para isso, o contribuinte deve informar todos os seus gastos e deduções e os de seus dependentes. O próprio programa de preenchimento da Receita Federal mostra qual modelo é o mais vantajoso. Se o total for superior a R$15.880,89, a melhor opção será o modelo de declaração completo.


Saúde (Foto: G1)

Não há limite de dedução para gastos com saúde, como consultas médicas, tratamentos ou cirurgias. No entanto, o contribuinte deve ficar atento porque nem todo gasto médico é aceito. Ao declarar, é preciso ter certeza de que é possível comprovar todas essas despesas com recibos ou notas fiscais.

“Vale uma atenção especial, pois muitos planos de assistência médica reembolsam parte ou totalidade das despesas com médicos e a maior parte dos declarantes acaba esquecendo de lançar a totalidade das despesas, pois enviam os recibos ou notas fiscais para a operadora e acabam não tendo todos os detalhes para declarar”, alerta Veras.


Previdência (Foto: G1)

Se o contribuinte tiver um plano de previdência privada PGBL, a Receita permite a dedução de até 12% dos rendimentos tributáveis.

 


autônomo (Foto: G1)

O contribuinte que é autônomo não deve esquecer de informar, além dos seus rendimentos, as despesas inerentes as suas atividades, como aluguel, telefone, água, luz, manutenção, salários de empregados e encargos sociais, por exemplo. O total das despesas lançadas deduzirão a base para calculo do imposto a pagar.


Doação (Foto: G1)

A doação pode ser uma forma para aumentar a restituição, mas só para o contribuinte que fez no ano passado e vai entregar, neste ano, o modelo completo de declaração. O limite é de 6% do Imposto de Renda devido e a dedução vale para doações feitas a fundos de direitos da criança e do adolescente e os patrocínios a projetos enquadrados como incentivo a atividades culturais, artísticas e incentivos a atividades audiovisuais.


inss de doméstico (Foto: G1)

Se o contribuinte tiver empregada doméstica, é possível lançar os valores pagos ao INSS. O limite neste ano é de R$ 1.152,88. O valor pode ser abatido diretamente do valor do imposto a pagar. Outra dica para quem tem duas empregadas é fazer o registro em nome de cada cônjuge, assim poderá ser abatido o valor em cada declaração.


pai e mãe (Foto: G1)

Declarar pai, mãe ou ambos como dependentes permite abater as despesas com assistência médica. No entanto, o contribuinte deve ficar atento ao fato de que os rendimentos deles serão somados em sua declaração e poderá aumentar a sua faixa de tributação. Dessa forma, a dica dos especialistas é que o contribuinte avalie se a soma dos abatimentos é superior ao imposto gerado por conta do acréscimos aos seus rendimentos.


Dentista (Foto: G1)

Se o contribuinte ou seus dependentes realizaram tratamento que incluiu a colocação de dentaduras, coroas ou pontes (que são consideradas próteses dentárias), os gastos poderão ser deduzidos em sua declaração, desde que tenha nota fiscal ou recibo, emitidos por dentista ou clínica dentária.


educação (Foto: G1)

Se o contribuinte teve gastos relativos a educação no ano passado – sua ou de seus dependentes – deve informar para conseguir um abatimento em sua declaração. Nas despesas com educação (ensino infantil, fundamental, médio, técnico e superior, o que engloba graduação e pós-graduação), o limite individual de dedução é de até R$ 3.375,83 na declaração de IR deste ano.


declaração conjunta (Foto: G1)

A declaração em conjunto pode ser interessante quando um dos cônjuges têm imposto a pagar e o outro, valores a deduzir, segundo Vanildo Veras, um dos consultores.

Se o casal optar pela declaração em separado, o benefício com limites de isenção vale para cada declaração. No entanto, é preciso considerar o fato de que, ao declarar em conjunto, a somatória dos rendimentos pode alcançar uma faixa de tributação maior.

“A melhor forma de definir é avaliar estas situações. É possível fazer a simulação da declaração de cada um em separado e depois em conjunto. Desta forma, os resultados poderão ser comparados e o contribuinte escolhe o que for melhor.”

(Anay Cury, G1 Economia)