Morte de traficante abre “guerra” acirrada entre gangues em Fortaleza

A violência e o tráfico de drogas tomam conta do Estado do Ceará. Veja o que está acontecendo na Capital cearense, onde uma verdadeira “guerra civil” se instalou em alguns bairros, com uma disputa acirrada entre “gangues”

a boa achina

O clima é tenso nos  bairros Jardim Iracema e Barra do Ceará, na zona Oeste de Fortaleza. Depois de um fim de semana com muita violência nas duas comunidades, a área está ocupada por forças policiais militares.  Duas gangues estão em “pé de guerra” após o assassinato de um traficante.

A rixa entre quadrilhas do Gueto, da Barra do Ceará; e do Jardim Iracema teria provocado vários episódios de violência durante o fim de semana. A começar com a invasão de bandidos armados em uma festa de música funk que acontecia no Gueto, onde várias pessoas teriam sido atingidas a tiros.  Em seguida, um dos traficantes da área acabou sendo fuzilado.

O crime ocorreu na Travessa Misericórdia, no bairro Jardim Iracema, quando homens armados mataram o traficante de drogas Luís Fernando Pereira Paulino, o “China”. Ele era apontado como um dos responsáveis por comandar uma quadrilha que vem se rebelando diante de um possível pacto com as gangues rivais por ordem da facção criminosa Comando Vermelho (PC).

Logo após a morte de “China”, três pessoas foram executadas. A primeira foi identificada como Denilson Sousa dos Santos, que acabou morto, a tiros, na Rua Osmanir, ainda na Barra do Ceará.

Em seguida, o derramamento de sangue se estendeu ao bairro Elleri, onde dois adolescentes foram fuzilados na Avenida Tenente Lisboa. Os mortos acabaram identificados como Edson Braga Coelho e Luan Martins Alves, ambos de 17 anos.

Ocupação

Ainda no sábado, a Polícia Militar emitiu um alerta para todas as viaturas da área no sentido de redobrar a atenção das patrulhas diante dos acontecimentos. Foi reforçada a presença de policiais nas imediações  do Gueto, no cruzamento das avenidas Francisco Sá e Senador Robert Kennedy; bem como, no Jardim Iracema e nas comunidades das Goiabeiras e Conjunto Jaciara.

No domingo, patrulhas do Batalhão de Polícia de Choque fizeram várias incursões na área, com o apoio de equipes do Batalhão Raio (BPRaio) e da Força Tática de Apoio (FTA), das 2ª e 3ª Companhias do 5º BPM (Antônio Bezerra e Cristo Redentor, respectivamente).

Fonte: blogdofernandoribeiro.com.br.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s