TRT/CE vai leiloar bens avaliados em R$ 30,7 milhões

O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará vai leiloar, no próximo dia 7 de maio, bens penhorados e avaliados em R$ 30,7 milhões. O objetivo é garantir o pagamento de créditos a trabalhadores que venceram disputas judiciais. Os interessados poderão arrematar imóveis residenciais e comerciais, terrenos, veículos, móveis, eletrodomésticos e maquinário industrial.

O leilão será realizado no auditório da Superintendência Regional do Banco do Brasil, a partir das 9h. Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, que devem apresentar um documento de identificação e o CPF ou CNPJ. Pessoas casadas ou em união estável devem informar os dados do cônjuge, quando forem arrematar imóveis. Já as pessoas jurídicas devem apresentar cópia do contrato social da empresa.

Os bens a serem leiloados pertencem a indústrias, lojas, escolas, financeiras e outras empresas localizadas em Fortaleza e Região Metropolitana. Todas possuem dívidas trabalhistas não pagas. O lote mais caro é um colégio instalado no centro de Fortaleza e avaliado em R$ 4,8 milhões. Também serão leiloados três aviões e 34 ônibus.

(Ceará News 7)

Anúncios

Caviar com Rapadura: Ônibus da banda colide e mata motoqueiro em Boa Viagem

O ônibus da banda de forró Caviar com Rapadura colidiu com uma motocicleta na noite desta terça-feira (29), no km 205 da BR-020, no município de Boa Viagem. 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente provocou a morte do motociclista Felipe de Sousa Soares, de 25 anos. A vítima seguia no sentido Tauá-Boa Viagem, enquanto o ônibus ia no caminho contrário, com destino ao estado do Maranhão, onde faria um show em Balsas, nesta quarta-feira (30).

O motorista do caminhão, Francisco José Felix, 49, sofreu fratura na perna esquerda e foi encaminhado a um hospital da região. Os músicos da banda e os vocalistas Cesinha e Michelle Menezes não sofreram ferimentos. 

(O Povo Online)

Grupo M Dias Branco abre vagas para trainee: salários de R$ 5 mil

O Grupo M Dias Branco está com inscrições abertas somente até hoje para o Programa de Trainees Industriais. Vinte vagas estão abertas para profissionais formados em Administração e Engenharia, entre 2011 e o primeiro semestre de 2014, com salários de R$ 5 mil.

Lembrando: as inscrições são somente até hoje.

As vagas são para todo o Brasil, mas metade das vagas é destinada a candidatos da Região Metropolitana. Os trainees vão trabalhar nas unidades do Mucuripe, de Fortaleza e de Maracanaú.

As inscrições estão disponíveis no site do Grupo M Dias Branco.

(Tribuna do Ceará)

Dilma Bolada é apontada pela Forbes como personagem mais influente do Facebook

Há seis meses das eleições presidenciais, em outubro, a revista americana Forbes publicou na última segunda-feira uma entrevista com Jeferson Monteiro, o carioca de 24 anos por trás da personagem Dilma Bolada, fenômeno nas redes sociais. A reportagem chama a paródia da presidente Dilma Roussef de “o personagem fictício mais influente do Facebook”.

Com mais de um milhão de curtidas no perfil e 180 mil seguidores no Twitter, a “personagem” já se encontrou até mesmo com a sua versão oficial. A presidente recebeu Jeferson no ano passo e as duas “Dilmas” trocaram mensagens pela rede social.

A reportagem lembra as manifestações de junho passado, quando protestos foram marcados pelo Facebook e a cobertura da mídia alternativa pela internet chamou atenção, para destacar o papel crucial que as redes sociais podem ter no cenário político do país. A Forbes destacou a ascendência das mídias sociais, como o Facebook, com 83 milhões de usuários no país, e a maior intereação proporcionada entre eleitores e candidatos, para refletir sobre como a “Dilma Bolada” pode auxiliar na manutenção positiva da imagem da atual presidente, em meio a ataques da oposição e casos como o da refinaria de Pasadena, comprada pela Petrobras.

“Para um político que continua a ser batido em pesquisas de popularidade e cujo governo está imerso em escândalos políticos, um admirador influente como Monteiro poderia gerar o tipo de propaganda política que a maioria dos políticos só podem sonhar”, analisou a publicação.

 

Dilma Bolada
Dilma Bolada “comemorou” a reportagem da Forbes Foto: Reprodução/Facebook

 

Para Jeferson, não há conflito entre seu trabalho e a campanha política oficial de Dilma Roussef, que tenta uma reeleição em 2014. Na entrevista, ele revela que vai continuar com a personagem no ar.

– Decidi continuar, vivemos em uma democracia. O que faço é uma paródia, assim como outras pessoas também fazem, que pode ser positiva ou negativa. O que não pode é fazer propaganda sobre o governo pois seria propaganda eleitoral antecipada. Mas isso eu não faço, nunca fiz e nem vou fazer, então estou despreocupado. Outras pessoas podem fazer também do Aécio, do Eduardo Campos – sugeriu.

Surpreso com a repercussão de seu trabalho, o publicitário garantiu aos fãs da personagem que a manutenção dos posts engraçados sobre assuntos mundiais vai continuar, independente do resultado das eleições.

– Já faço o “Dilma Bolada” há muito tempo. Fico feliz que ainda tenha esse destaque e reconhecimento, inclusive internacional. Não vai fazer diferença. Caso a Dilma não ganhe, a personagem pode continuar comentando a política, coisas que acontecem na sociedade. Se ganhar, ela vai continuar do mesmo jeito também, falando de forma engraçada sobre o que acontece no país. Me preocuparia se eu tivesse algum vinculo, mas como não tenho- explicou – Ainda não sei se a presidente leu, tomara que ela leia. Mas acho que ela está bastante ocupada – brincou Jeferson.

(Dilma Bolada)

Travesti engravida amiga para realizar sonho de ser mãe

Casandra posa com o marido (Foto: Reprodução/Facebook)

A travesti Casandra Crash, 54 anos, engravidou de maneira natural uma amiga e fez um acordo para registrar o bebê no nome dela e de seu marido, o stripper Marcelo Poirier, 37, assim que ele nascer. Casandra mora em  Buenos Aires, na Argentina, e alimenta o desejo de formar uma família há muito tempo. 

Em entrevista ao jornal El Clarín, a travesti afirmou que a ideia de conceber o filho desta maneira foi do próprio noivo. “Tinha duas formas de fazer: tirava o meu esperma e alugava um ventre, o que é muito caro e não estava dentro de nossas possibilidades; ou dormiria com uma mulher. Não tive escolha. Elegi uma amiga, liguei pra ela e ela me disse que sim. Não foi fácil. Ficou claro que eu não gosto de mulher. Deu muito trabalho”, afirma.

Casandra disse, ainda, como será o processo para ficar com o bebê: “Não pude fazê-la (a amiga) assinar um papel que o filho é meu. Mas entramos em um acordo. Isso vai ser um processo de adoção. Quando o bebê nascer, eu o adotarei. Como tenho documento feminino e nessa data já estarei casada legalmente, automaticamente passo a ser mãe e o Marcelo, o pai”, completa.

Via http://www.correio24horas.com.br

Aluno transexual ou travesti terá direito a usar nome social nas Escolas do Estado de São Paulo

Decisão do Conselho de Educação de São Paulo vale para as faculdades públicas estaduais e faculdades municipais.

O Conselho Estadual de Educação (CEE) de São Paulo aprovou, em 23/04, uma deliberação que permite a alunos transexuais e travestis pedirem a inclusão do nome social nos registros da escola.

A decisão vale para as redes pública e particular de educação básica, além de alcançar também as universidades públicas estaduais e faculdades municipais.

O aluno, travesti ou transexual, poderá pedir a inclusão nos sistemas da escola e da Secretaria de Educação do nome social, ao lado do nome civil que já usa. O texto determina que, caso seja menor de idade, o estudante deverá ter a autorização do pai ou responsável na hora do pedido.

Apesar de aprovada pelos conselheiros, a deliberação sobre o assunto só será votada na semana que vem. Até lá, a indicação que a acompanha deverá sofrer pequenos acréscimos.

O relator da deliberação sobre o tema, Francisco Antônio Poli, disse que usou como referência a legislação usada pelo Estado de Minas Gerais desde 2012. Segundo o professor, a norma mineira é bastante objetiva e pragmática, em comparação com a de outros estados.

Depois da aprovação formal, a norma do CEE será enviada à Secretaria de Educação, que deve editar resolução com as regras para fazer valer o direito na rede pública. No caso da rede privada e do ensino superior, a norma já estaria valendo a partir da publicação da Deliberação do CEE.

No caso das escolas municipais, nas cidades que têm sistema próprio de ensino, como São Paulo, cabe ao conselho municipal deliberar sobre o tema. No caso das cidades que não têm sistema próprio, as escolas são obrigadas a seguir a decisão do CEE.

Pseudônimo

Um outro parecer sobre o processo do nome social foi apresentado na reunião pelo conselheiro Roque Theóphilo Júnior, coordenador do curso de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ele tentava permitir que outros alunos também pedissem a inclusão de outras denominações aos registros da escola, no caso, de um pseudônimo.

O conselheiro exemplificou com o caso de alunos estrangeiros que passam a estudar em São Paulo e sofreriam discriminação por seus nomes civis. Os demais conselheiros rechaçaram a ideia, visto que nome social é diferente de pseudônimo, e também rejeitaram o parecer alternativo.

Leia mais em : O Conselho Estadual de Educação e o PL 108/2012

Fonte: Federação dos Professores do Estado de São Paulo – Fepesp

BNB rima com FGV – Vai fazer este concurso?

Para vc mandar bem na prova, é preciso conhecer o perfil da prova de língua portuguesa da FGV!!! Só que eu já fiz isso por você… 

1) Os textos da FGV têm que perfil?

Normalmente são dissertativo-argumentativos, portanto domine tal tipologia textual!!!

 

2) Quais são os assuntos gramaticais encontrados nas provas da FGV?

Os números ao lado de cada assunto corresponde às questões que encontrei nas provas de 2011 a 2013 (o curso de provas comentadas está em formato PDF – site parceiro do EuVouPassar, Estratégia Concursos: http://www.estrategiaconcursos.com.br/curso/provas-comentadas-de-portugues-fgv-1903/).

· Questão de interpretação de texto e/ou análise textual (textualidade): 82
· Questão de registro linguístico (linguagem): 4
· Questão de coesão (normalmente conjunções e termos anafóricos, catafóricos ou dêiticos): 17
· Questão de sintaxe (normalmente diferença entre CN e ADN ou orações subordinadas): 18
· Questão de tipologia textual e/ou gêneros textuais: 11
· Questão híbrida (trabalham-se assuntos diversos): 10
· Questão de concordância: 5
· Questão de regência e crase: 5
· Questão de pontuação: 9
· Questão de paráfrase (reescritura com mudança de sentido e/ou correção gramatical): 11
· Questão de verbo (emprego de tempos e modos): 7
· Questão de semântica (sentido de vocábulos): 16
· Questão de ortografia e/ou acentuação: 3
· Questão de reconhecimento, emprego e/ou colocação de classes gramaticais: 14
· Questão de redação oficial: 5
· Questão de palavra “que”: 2
· Questão de estrutura e/ou processo de formação de palavras: 5

 

3) Qual é o nível das questões?

Difícil: 20%
Médio: 40%
Fácil: 40%

Obviamente esta análise varia, pois depende do grau de conhecimento de cada candidato (ou professor).

 

4) A FGV tende a seguir a linha gramatical de que gramático(s)?

Pelo que pude perceber em minhas pesquisas, a FGV trabalha conceitos gramaticais unânimes entre os gramáticos.

 

5) A FGV é infalível na formulação de suas questões?

Não. Encontramos algumas questões mal formuladas e passíveis de anulação.

 

– O que estudar para as provas da FGV?

Espero que você tenha minha gramática (coloco ao lado os capítulos correspondentes a cada assunto). Se eu fosse você, estudaria estes assuntos com muuuuuuita vontade:

· Interpretação de texto e/ou análise textual (textualidade): 34
· Coesão (normalmente conjunções e termos anafóricos, catafóricos
ou dêiticos): 11, 15, 35
· Sintaxe (normalmente diferença entre CN e ADN ou orações subordinadas): 20
· Tipologia textual e/ou gêneros textuais: 34
· Pontuação: 27
· Reescritura: 37
· Verbo (emprego de tempos e modos): 11
· Semântica (sentido de vocábulos): 4
· Reconhecimento, emprego e/ou colocação de classes gramaticais: 11, 12, 14, 15

 

6) Como “interpretação” é a cara da FGV, veja algumas dicas:

· Leia o texto despretensiosamente uma primeira vez, como se quisesse apenas se inteirar do assunto; uma segunda vez, para confirmar sua primeira percepção sobre como ele foi articulado: narração, descrição, dissertação…
· Na segunda vez, sem muita pressa, resuma cada parágrafo, buscando sempre a ideia mais importante dele.
· Não deixe de sublinhar o tópico frasal (a frase mais importante) de cada parágrafo.
· Como normalmente os textos das provas da FGV são dissertativo-argumentativos,observe as estratégias de argumentação do texto: causa-efeito, dados estatísticos, testemunho de autoridade, citações, confronto, comparação, fato-exemplo, enumeração…
· Mais do que isso, observe entre cada par de parágrafos se há entre eles alguma relação de esclarecimento, resumo, explicação, exemplificação, descrição, enumeração, oposição, conclusão… (Estude os elementos coesivos sequenciais (conjunções e preposições) para este fim.)
· Importante: se o enunciado mencionar tema ou ideia principal, vá direto ao(s) parágrafo(s) de introdução ou conclusão do texto; sempre há uma reiteração do conteúdo principal do texto.
· Nunca se esqueça de observar atentamente os vocábulos que estabelecem coesão referencial e sequencial.
· O texto é um todo, portanto não se fixe nas partes dele, note sempre o contexto, o entorno.
· Não queira adivinhar o que o autor quis dizer, mesmo que o enunciado fale sobre “inferência”; apegue-se tão somente ao texto, nunca extrapole o que está escrito.
· Por fim: MARQUE A OPÇÃO CERTA! .

Na boa… não dá mais para ficar com tremedeira nas pernas, nem com medinho da FGV, porque o retrato falado dela foi feito, e você é o caçador. Assim que ela estiver à sua frente, mostre que você está preparado para, como diz aqui no RJ, “bagunçá-la”!!!

SUCESSO!!! 

 

Inscrições para o concurso do Banco do Nordeste terminam dia 8 de maio

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) recebe inscrições até 8 de maio, no site da Fundação Getúlio Vargas, organizadora do processo seletivo (www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/bancodonordeste), para o concurso público que oferece 12 vagas para o cargo de Analista Bancário 1. Podem inscrever-se pessoas que concluíram o Ensino Médio. As vagas são para área de atuação do Banco – região Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo. Além dos 12 selecionados, os demais aprovados ficam registrados no cadastro de reserva para atendimento de demandas de suprimento do cargo que venham a surgir durante o prazo de validade do concurso (dois anos prorrogável por mais dois anos).

O concurso constará de Prova Escrita, marcada para o próximo dia 8 de junho, e abrangerá 80 questões objetivas de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos Gerais) e de Conhecimentos Específicos. Ao todo, estão previstas 34 cidades para aplicação da Prova Escrita Objetiva.

A remuneração inicial é de R$ 2.043,36, acrescidos dos seguintes benefícios: auxílio-refeição (R$ 509,89), Auxílio Cesta de Alimentação (R$ 397,33) e Auxílio-Creche (R$ 330,71). A jornada de trabalho é de 30 horas semanais. O novo empregado será regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e terá também a oportunidade de ingressar nos planos de saúde e previdência privada do BNB.
Contato: FGV – (fone: 0800 2834628) – concursobancodonordeste@fgv.br

Com informações das assessorias de imprensa do BNB

De cada dez denúncias de assédio moral no Brasil, três são contra Bancos

Levantamento do MPT mostra que casos de humilhação no trabalho aumentaram 7,4% de 2012 para 2013 (Patrícia Basilio)
Dois antidepressivos por dia, mais um remédio para dormir. São esses os medicamentos que a bancária Beatriz*, de 42 anos, tem de tomar todos os dias, desde que descobriu ter fibromialgia e depressão.

A bancária foi diagnosticada com distúrbios psiquiátricas após crises de choro e dores constantes pelo corpo todo. Por este motivo, está afastada do trabalho há cerca de seis meses.
“Descobri que estava doente porque quando chegava no banco começava a chorar. Também passei a dormir mal porque acordava de madrugada pensando que algo estava acontecendo no trabalho”, recorda a bancária, que é administradora de empresas.

O motivo que levou a profissional a ficar doente é cada vez mais comum no setor bancário brasileiro: assédio moral.
Segundo levantamento do Ministério Público do Trabalho (MPT) a pedido do iG, das 3 mil denúncias realizadas em 2013, 30% foram de bancos. De 2012 para 2013, o número de acusações aumentou 7,4%. O ritmo de expansão do assédio moral no Brasil é maior do que o apontado pelo MPT.

Em 2011, 29% dos trabalhadores do setor bancário pediram o fim do assédio moral. Em 2012, o número aumentou para 31%. Em 2013, para 58% – de um total de 37 mil entrevistados. Ou seja, o índice dobrou de 2011 para 2013. No caso do assédio sexual, o desconforto é menor. Apenas 3,78% dos bancários ouvidos pela pesquisa (1,4 mil trabalhadores) reivindicam o combate ao assédio sexual.

Segundo estudos, o assédio moral ocorre, em grande parte, por conta das metas agressivas determinadas pelas instituições bancárias.

A cobrança é cada vez mais ambiciosa. Se o trabalhador atingiu os objetivos em um mês, no próximo é cobrado para superá-los. Não há limites, que defende a participação de funcionários na elaboração das metas.

A pressão foi um dos motivos que levou Beatriz* a se sentir humilhada. “Era obrigada a fazer hora extra. Quando não podia trabalhar além do horário, falavam que tinha pouco comprometimento e argumentavam que havia muitos profissionais que nem eu disponíveis no mercado de trabalho”, relata.

A bancária foi demitida do banco após queixar-se das humilhações, mas foi afastada pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a pedido do médico do trabalho durante o exame demissional.

“No banco, se você recebe duas avaliações negativas, é mandado embora. É uma pressão muito grande”, destaca.
Paralelamente à cobrança por metas, o setor bancário extinguiu 10 mil postos de trabalho em 2013, segundo estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Profissionais vítimas de assédio moral podem desenvolver doenças físicas e psiquiátricas

Apesar do enxugamento no quadro de funcionários, o lucro líquido dos bancos cresceu R$ 1 bilhão em relação a 2012, atingindo R$ 60,6 bilhões, informa o Banco Central (BC).

No entanto, em 2013, a relação entre rentabilidade e patrimônio (sigla ROE, no jargão financeiro) dos bancos fechou com 11,97%, queda de 5,06 pontos percentuais em relação a 2012, segundo a consultoria Economatica. Este indicador avalia a rentabilidade das empresas.

“O setor bancário é o único que tem ferramenta de conflito de trabalho na convenção coletiva. Temos um canal onde o trabalhador pode denunciar casos de assédio moral. O banco, ao receber a denúncia, vai retreinar o gestor ou transferi-lo para evitar que esse problema volte a ocorrer”, defende Magnus Apostólico, diretor de Relações do Trabalho da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Segundo o diretor da entidade, a federação recebeu 42 denúncias em 2011 — quando o canal foi lançado. Em 2012, 119.

No ano passado, esse número aumentou para 171 – alta de 43,70% em relação a 2012.

“A alta expressiva se deve à entrada de um grande banco [no acordo] e ao maior acesso dos trabalhadores à ferramenta. Hoje, eles se sentem mais confortáveis em reclamar”, explica.

Na avaliação do diretor da Febraban, as metas não são responsáveis pelo aumento do assédio moral. Isso porque, segundo ele, o índice de rotatividade do setor é baixo.

O que fazer ao setor vítima de assédio moral, em ordem

1- Converse com o gestor com uma testemunha ao lado

2- Faça uma queixa no canal de denúncias do banco

3- Entre em contato com o sindicato da categoria

4- Denuncie o caso ao Ministério do Trabalho ou ao Ministério Público do Trabalho

5- Entre com ação judicial contra o banco (Fonte: Ministério Público do Trabalho)

“O setor bancário é um segmento que roda pouco e mantém as pessoas no trabalho. Nossa rotatividade é de 4,5%”,
defende o executivo da Febraban. Pesquisa do Dieese mostra que o índice de rotatividade no País em 2012 (último disponível) está em 64%.

Para Ricardo Carneiro, procurador do Trabalho e gerente nacional do projeto “Assédio é Imoral”, o profissional que sofre assédio moral geralmente teme perder o emprego ao realizar uma denúncia.

Por este motivo, o MPT realizou uma campanha nacional em 2013 com foco no assédio moral dos bancários. O objetivo era que os trabalhadores se sensibilizassem e denunciassem casos de abuso a algum órgão, como o próprio MPT.

“As pessoas estão conhecendo mais o que é assédio moral e, consequentemente, defendendo com mais força os seus direitos”, destaca Carneiro.

Saúde

Casos de assédio moral não agridem apenas a integridade do funcionário, mas também podem causar danos à saúde física e mental do profissional, alerta Maria Maeno, médica da Fundacentro, do Ministério do Trabalho.

“As vítimas de humilhação podem ter desde mal estar e depressão, até problemas gástricos, hipertensão e anorexia. O tratamento deve ser feito com psiquiatra, medicamentos e psicólogo, e pode levar anos”, aconselha a médica.

Olhar para o trabalho de forma negativa é o primeiro sinal de que algo não está certo, afirma Maria. “A tendência de quem sofre assédio moral é ter repulsa ao trabalho. Não querer se imaginar mais dentro da empresa.”

A bancária Lúcia*, de 36 anos, trabalha em um grande banco brasileiro há 15 anos. Nos últimos três, começou a sentir dores de cabeça, ter crises do pânico e ter pensamentos suicidas. O dianóstico é depressão. 

“Fui afastada algumas vezes pelo INSS. Em uma delas, quando voltei a trabalhar, me colocaram para editar tabelas durante dois meses, o que não é o meu trabalho. Disseram que estavam me fazendo um favor por eu estar empregada”, relata a operadora de atendimento.

Indignada com a situação, a bancária — que ainda está empregada — entrou com processo contra o banco em 2011 e ganhou em primeira instância. O caso, contudo, ainda corre na Justiça, uma vez que a instituição financeira recorreu.

“Não pedi demissão porque meu marido não é registrado e tenho um filho de quatro anos. Preciso do plano de saúde e do dinheiro para comer. Fiquei traumatizada e não tenho mais condições de voltar ao mercado de trabalho por conta disso”, diz.

*Os nomes das personagens foram omitidos a pedido das próprias entrevistadas

Fonte: UOL

Concurso BB 2012: Aprovados e não convocados têm até maio para recorrer a justiça

A validade do concurso público do Banco do Brasil do ano de 2012 está expirando, mas até o momento nem todos os aprovados nesse certame foram convocados pela instituição financeira, contrariando a previsão legal do Supremo Tribunal Federal (STF) de que os aprovados em concurso público, dentro da quantidade de vagas previstas, têm direito adquirido a posse. 

O prazo para os candidatos aprovados entrarem com ação na justiça para garantir a nomeação no concurso vai até o próximo dia 7 de maio.

De acordo com o advogado, Ciney Almeida Gomes, já há decisão anterior favorável ao aprovado que recorreu a justiça para garantir seu direito líquido e certo. “O Tribunal Regional do Trabalho (TRT-10) decidiu a favor de uma candidata aprovada para formação de cadastro, obrigando o BB empossar a autora imediatamente. A justiça entendeu que existem cargos vagos na instituição financeira, devido à contratação de terceirizados e a realização de um novo concurso público (com o certame anterior ainda em validade), e que por isso a candidata tem direito a ser contratada, assim como outros candidatos também têm o mesmo direito”, informou.

Para o advogado os aprovados e ainda não convocados pelo banco devem recorrer a justiça dentro do prazo de validade do certame.

Via http://www.sintecto.org.br/noticias-3133-concurso-bb-2012-aprovados-e-nao-convocados-tem-ate-maio-para-recorrer-a-justica.html

Bancários do BB e Caixa no ACRE elegem prioridades para a campanha salarial

Reunidos na cidade de Rio Branco, dias 23, 24 e 25 de abril, quando da realização dos congressos estaduais dos funcionários do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, funcionários das duas instituições construíram propostas de melhorias salariais e condições de trabalho a serem apresentadasno congresso nacionais dos funcionários das duas empresas no mês de junho.

A abertura do 25° Congresso Estadual dos Funcionários do Banco do Brasil e o 30° Congresso Estadual dos Empregados da Caixa Econômica Federal ocorreu na última quarta-feira (23), no auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (ALEAC). O presidente eleito da Fenae Jair Pedro Ferreira, assim como do Conselheiro da Previ e diretor do SEEB- Brasília Rafael Zanon, por mais de hora, palestraram aos presentes e responderam perguntam persistente da luta dos trabalhadores do ramo financeiro. O evento ainda contou com a presença da presidente da Central Única dos Trabalhadores do Acre, professora Rosana Nascimento.

Banco do Brasil

No dia seguinte (24), funcionários do Banco do Brasil estiveram reunidos durante o período da tarde paraconstruirpropostas ao encontro nacional dos funcionários da instituição. Os debates tiveram duração de mais de duas e serviu paradefiniras principais reivindicações dostrabalhadores locais para próxima campanha salarial. Renumeração, Previ, representatividade sindical e terceirização estão entre as principais propostas construídas pelos trabalhadores locais.

O encontro ainda serviu para eleger o representante local dos funcionários do Banco do Brasilno encontro nacional da categoria. Deborah Fernanda, diretora jurídica do Sindicato dos Bancários do Acre (SEEB/AC), acabou eleita para representar a base local nos debates marcados para os dias 6,7 e 8 de junho, na cidade de São Paulo.

Caixa Econômica

O congresso dos dois bancos públicos foi encerrado na tarde da última sexta-feira (25), com a elaboração das propostas a serem encaminhas pelos delegados eleitos da Caixa EconômicaFederal ao encontro nacional da categoria, a ser realizada nos dias 6, 7 e 8 de junho, em São Paulo.Temas como ampliar o número de postos de trabalho, fim das terceirizações ehoras extras (banco de horas)foram as principais bandeiras levantadas pelos participantes.

O 30° Congresso Estadual dos Empregados da Caixa Econômica Federal foi encerrado com à eleição de delegados locais para ao encontro nacional da categoria. Irlan Sandra e Nadir Oliveira foram eleitos para representar os funcionários da ativa, enquanto Isper Abrahim representará os aposentados da instituição.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Acre, Edmar Batistela, avaliou de forma positiva os dois encontros de funcionários de bancos públicos na capital. Foram três dias de muito diálogo paraa construção de uma proposta ampla que atendam as necessidades de melhorias de condições de trabalho e melhor renumeração aos funcionários do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, explicou ele.

(O Rio Branco)

 

 

Cespe/UnB divulga média de notas de concurso da Caixa

Cespe/UnB divulgou a média e o desvio-padrão de notas por polo e também por candidatos na prova objetiva do concurso daCaixa Econômica Federal

Na semana passada, foram divulgados oresultado final das provas objetivas e o resultado provisório da prova discursiva do concurso para 9 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de níveis médio e superior.

Foto em rede social
Um candidato publicou uma foto na internet de um documento “ainda sem marcação de respostas”  para o cargo de técnico bancário novo. A banca informou que se tratou de um “fato isolado”, que não configurou tentativa de fraude, “tendo em vista que não foi divulgada nenhuma informação sigilosa relativa à prova”.

A banca disse que, durante a realização do concurso, monitorou redes sociais e eliminou todos os candidatos que desrespeitaram as regras do edital. O concurso exigia que, antes de entrar na sala de provas, o candidato desligasse e guardasse equipamentos eletrônicos em embalagem fornecida pela equipe do Cespe.

O organizador diz ainda que enviará todas as informações obtidas à Polícia Federal “para ações que se fizerem necessárias”.

Concurso 
O concurso teve 1.176.614 inscritos, sendo 1.156.744 candidatos para o cargo de técnico bancário novo (nível médio) e 19.870 para as vagas de nível superior em cinco áreas.

O concurso da Caixa Econômica vale para todo o país e oferece formação de cadastro de reserva para o cargo de técnico bancário novo, além de 9 vagas de nível superior para os cargos de engenheiro agrônomo, civil, elétrico e mecânico, e para médico do trabalho. O provimento das vagas estará sujeito ao planejamento estratégico e às necessidades da Caixa.

O salário para técnico bancário novo é de R$ 2.025, para jornada de trabalho de 6 horas diárias, caracterizando 30 horas semanais. Já para os cargos de nível superior, o salário de engenheiro agrônomo, civil, elétrico e mecânico é de R$ 8.041, para jornada de 8 horas diárias ou 40 semanais. Para médico do trabalho, o salário é de R$ 4.021, para jornada de 4 horas diárias ou 20 horas semanais.

Segundo a Caixa, ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados no concurso público de 2012 para o cargo de técnico bancário novo até o término de sua vigência, ou seja, 14 de junho de 2014, ou até o esgotamento do cadastro de reserva no polo/macropolo de opção, prevalecendo o que ocorrer primeiro. O candidato será submetido a uma investigação social e (ou) funcional, de caráter eliminatório, no decorrer de todo o concurso público, desde a inscrição até o ato da admissão.

O concurso público terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado uma vez, pelo mesmo período.

(G1 São Paulo)

Dia do Trabalho: Saiba o que abre e o que fecha em Fortaleza durante o feriado

Durante o feriado do Dia do Trabalho, comemorado nesta quinta-feira (1), a população deve ficar atenta para o que irá abrir e fechar em Fortaleza. Segundo o Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas), não houve acordo entre os lojistas e todas as lojas da cidade estarão fechadas, inclusive as do centro

Ainda segundo o Sindilojas, somente o cinema e a praça de alimentação estarão abertas nosshoppings. Já os supermercados estarão fechados o dia inteiro, de acordo com a Associação Cearense de Supermercados (Acesu).  

O que abre

Todos os postos de combustíveis funcionarão normalmente, segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos). 

Os postos de saúde ainda não definiram se algum deles irá abrir na quinta-feira, mas de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) sempre ficam abertas no feriado para urgências. 

Cagece estará atendendo pelo plantão através do número 0800 275 0195. Já para falar com o plantão da Coelce é preciso ligar para o 0800 285 0196.

(Diário do Nordeste)

Crack é a droga mais consumida em Fortaleza, aponta levantamento

O crack é a droga mais consumida em Fortaleza quando utilizada sozinha, segundo o levantamento do Núcleo de Informação, Pesquisa e Drogas , da Coordenadoria de Políticas Públicas sobre Drogas (CPDrogas).  O estudo traça o perfil dos usuários atendidos presencialmente no Centro Integrado de Referência sobre Drogas e pelo teleatendimento.   

No registro de consumo de mais um tipo de entorpecente, estão o crack e o álcool, seguido pela cocaína e a maconha. Os dados também mostram que mais 38% dos usuários não completou o Ensino Fundamental.  As regionais IV, V, VI, que engloba grande parte dos bairros de periferia,  tiveram um maior índice de atendimentos.

Em seis meses de funcionamento, 6.018 usuários de álcool, crack e outras drogas e seus familiares foram acolhidos, atendidos e encaminhados para os serviços de tratamento da rede municipal.

Amigos e familiares buscam atendimento para usuários pelo telefone

91% das pessoas que buscam atendimento por telefone são familiares e amigos dos usuários para qual o atendimento é solitado. As substâncias psicoativas mais citadas são o álcool e o crack. No teleatendimento, os bairos mais solicitados são das regionais III, IV, VI.

De acordo com a titular da CPDrogas, Juliana Sena, o levantamento é fundamental para embasar futuros projetos e ações que devem ser voltados para o atendimento das necessidades da população. “Estamos trabalhando com um plano de ações integradas, no qual a prevenção, o tratamento e a ressocialização caminhem juntos no enfrentamento às drogas na cidade”, ressalta.

Mesmo com as recorrências apontadas, Sena explica que não existe perfil único de usuários e que são inúmeros fatores psicológicos, emocionais, genéticos e social que ocasionam uma dependência quimica.

Serviço

Centro de Referência:  Av. Luciano Carneiro, 99, Fátima
Contato: 0800.032.1472
Funcionamento: de domingo a domingo, 24h.

(Diário do Nordeste)

PM suspeito de matar dentista se entrega à polícia no Rio

PM suspeito de matar a dentista Fabíola Peixoto (Foto: Reprodução/Facebook)

O cabo Leandro Pinto de Carvalho, suspeito de matar a namorada dentista Fabíola da Cunha Peixoto, se entregou à polícia na tarde desta segunda-feira (28). Ele, que estava foragido, não será apresentado à imprensa. As informações são do delegado Rivaldo Barbosa, titular da Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

O cabo já havia sido afastado da Polícia Militar pelo setor de psiquiatria da corporação em fevereiro de 2010 — conforme divulgou a PM nesta segunda-feira (28).

Embora não haja sindicância contra ele, o PM estava afastado para tratamento de saúde, de acordo com a nota, e não poderia andar armado.

Pouco mais de duas semanas antes de ser assassinada, a dentista de 25 anos fez uma declaração de amor para o namorado em uma rede social. Fabíola foi morta a tiros na madrugada de domingo (27), em Olaria, Subúrbio do Rio.

“Sou muito feliz e grata a Deus por colocar você na minha vida, meu amor! Quero você pra sempre minha vida! Temos a cada dia mais provas de como Deus se agrada do nosso amor e vamos retribuir tudo tão maravilhoso que Ele tem feito nas nossas vidas! Amém!”, escreveu Fabíola na mensagem no Facebook.

Amigos lamentaram a morte da jovem na página da internet. Muitos pediam que a justiça seja feita e o chamavam de “assassino”, “covarde” e “canalha”. Em outra mensagem, uma amiga afirmou que Leandro “acabou de marcar a vida com o sangue de uma inocente”.

Crime
O PM suspeito de matar a dentista de 25 anos a tiros foi indiciado por homicídio qualificado e pode pegar até 30 anos de prisão.

O crime aconteceu por volta de 5h de domingo. O casal havia voltado de um pagode, do qual Leandro seria um dos donos. Os policiais da Divisão de Homicidios fizeram uma busca a casa do suspeito e encontraram R$ 63 mil em dinheiro, jóias e um cheque de R$ 200 mil. Os agentes apreenderam também um laptop. O carro de Fabíola foi levado para a delegacia e passou por perícia.

O delegado responsável pelas investigações, André Leiras, afirmou que a mãe de Leandro presenciou o crime e prestou depoimento. “A principal testemunha, sem dúvida nenhuma, é a mãe do policial. Ela presenciou o crime e tentou intervir, mas não conseguiu”, afirmou.

Os policiais descobriram que a página que Leandro mantinha em uma rede social, havia sido apagada. Segundo a família de Fabíola, o casal namorava há dez meses. Ainda de acordo com os parentes, os dois chegaram a terminar o namoro em março, mas reataram em seguida. “O comportamento dele não era normal”, disse o pai de Fabíolo, Marcos Peixoto. Ele descreve ainda o policial como um homem ciumento.

(G1 Rio)

Resposta de Daniel Alves a torcedor racista surpreende o mundo

Neymar, Ivete Sangalo e Fred apoiaram o gesto de Daniel Alves

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, nesta segunda-feira, por meio de sua conta no microblog Twitter, que o lateral direito do Barcelona e jogador da Seleção Brasileira Daniel Alves deu resposta ‘ousada’ ao comer uma banana jogada no campo por um torcedor no jogo entre Barcelona e Villarreal, pelo campeonato espanhol.

“O jogador @DaniAlvesD2 deu uma resposta ousada e forte ao racismo no esporte. (…) Diante de 1 atitude q infelizmente tem se tornado comum nos estádios, @DaniAlvesD2 teve atitude”, publicou a presidenta.

Vários famosos também entraram em cena em apoio a Daniel Alves. Luciano Huck e Angélica, além de Neymar com o filho, Davi Luca, e outros famosos – incluindo a atriz Thaissa Carvalho, namorada de Daniel, e Fabiana Karla – publicaram fotos no Instagram nas quais aparecem segurando bananas. Todos usaram a hashtag #somostodosmacacos, que está sendo usada nas redes sociais como forma de repúdio ao ato contra Daniel.

“Admirável como sempre! Orgulho! Porém é muito triste ver que nos dias de hoje isso ainda acontece #nãoaoracismo #noracism #danialves”, comentou Thaíssa no Instagram. Em uma foto, ela aparece segurando uma banana ao lado de parentes. “Eu e minha família #somostodosmacacos #somostodosmonos #nãoaoracismo”, completou.
Fabiana se manifestou, fazendo uma versão de “Beijinho no ombro”: “Come a banana pro recalque passar longe. #somostodosmacacos #umabananaparaopreconceito @danid2ois #DanielAlves”.

Fred demostrou seu apoio ao companheiro de seleção brasileira no Instagram: “Uma banana pro racismo! Infelizmente, esse não é um problema que se restringe apenas à Espanha. É um mal que mancha o esporte e a sociedade em geral em todo o mundo. Essa banana, que quase foi desperdiçada, poderia amenizar a fome de alguma criança na África ou em qualquer outro canto do mundo – inclusive no Brasil. Tamo junto, Daniel Alves!”.

“Ofensas só funcionam quando nos atingem. Nenhum tipo de preconceito, chacota ou racismo pode ser mais relevante que a consciência de alguém que respeita o próximo. Respeitemos para sermos respeitados, e respeitemos mesmo que não sejamos respeitados, pois assim seremos superiores. Uma pena o mundo cada dia mais se tornar um grande ring de ofensas e chacotas trocadas. E parabéns pra quem não entra nessa moda”, disse Anitta no Instagram.

Fernanda Paes Leme também mandou seu recado em apoio a Daniel Alves: “Todo meu respeito para você, Daniel Alves ! Que além de ótimo jogador mostrou que banana faz é muito bem para a saúde! Sua atitude foi genial… Até porque não devemos dar a mínima pra qualquer atitude preconceituosa! Somos todos Iguais!”, escreveu a atriz em seu perfil no Instagram. Os cantores Claudia Leitte, Michel Teló e Dinho Ouro Preto foram outros famosos que apoiaram Daniel Alves nas redes sociais.

Ivete Sangalo também mandou seu recado: “O meu aplauso para o seu talento e sensibilidade. Preconceito é pros fracos, sem fé, sem alegria”, escreveu a cantora em legenda de foto publicada em seu perfil no Instagram.

(Rede Brasil Atual)

ONU lança campanha pela igualdade de direitos da população LGBT

reprodução

Brasília – A Organização das Nações Unidas (ONU) lança hoje (28), em São Paulo, uma campanha para promover a igualdade e o respeito aos direitos da população LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais). A campanha “Livres e Iguais” é uma parceria com a prefeitura de São Paulo e faz parte das atividades do Mês do Orgulho LGBT de São Paulo.

A intenção é aumentar a conscientização das pessoas sobre a violência e a discriminação homofóbica e transfóbica e promover mais respeito pelos direitos da população LGBT. Segundo a prefeitura, a campanha vai defender a necessidade de reformas legais e na educação pública para o combate à homofobia.

Criada pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (Acnudh) em parceria com a Fundação Purpose, a iniciativa foi lançada mundialmente em julho do ano passado e chega agora ao Brasil. Além da campanha, a ONU lançou uma cartilha sobre o tema da campanha, disponível no site da ONU Brasil.

Relatório divulgado no início deste ano pelo Grupo Gay da Bahia mostrou que 312 gays, travestis e lésbicas foram assassinados no Brasil no ano passado, o que representa  uma morte a cada 28 horas, em média. Só em janeiro deste ano, segundo a organização, 42 pessoas da população LGBT foram mortas no país.

De acordo com o grupo, o Brasil é o campeão mundial de crimes homotransfóbicos: 40% dos assassinatos de pessoas LGBT ocorreram no país. Pernambuco (34 mortes) e São Paulo (29 mortes) foram os estados onde esses crimes mais ocorreram.

Um relatório sobre violência homofóbica divulgado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com dados referentes a 2012, revelou que o número de denúncias de violência homofóbica cresceu 166% em relação ao ano anterior, saltando de 1.159 para 3.084 registros. O número de violações de direitos humanos relacionadas à população LGBT também cresceu: saiu de 6.809 casos em 2011 para 9.982 em 2012, o que representou um aumento de 46,6%. O número de violações é maior porque em uma única denúncia pode haver mais de um tipo de transgressão. As denúncias mais comuns foram de violência psicológica, discriminação e violência física, respectivamente.  As denúncias envolveram, segundo a secretaria, 4.851 vítimas.

A 18ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo ocorre no próximo domingo (4) e tem como tema País Vencedor É País sem Homolesbotransfobia: Chega de Mortes! Criminalização Já! Pela Aprovação da Lei de Identidade de Gênero.

(Rede Brasil Atual)

CUT leva tema da democratização da mídia ao centro dos debates

São Paulo – Com o Seminário Sindical Internacional Comunicação: O Desafio do Século, a Central Única dos Trabalhadores abre hoje (28) a semana de atividades do 1º de Maio. Nos últimos anos, a seccional da CUT em São Paulo tem escolhido uma ação temática para celebrar o Dia do Trabalhador. O assunto deste ano será justamente a luta pela democratização da comunicação e do acesso à informação. A CUT-SP é organizadora do seminário de hoje em parceria com a Fundação Friedrich Ebert (FES) e a Fundação Perseu Abramo.

O evento acontece na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo, e terá a participação de especialistas como o jornalista Franklin Martins, ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, o professor e pesquisador Venicio Artur de Lima, da Universidade de Brasília, o deputado Alessandro Molon (PT-RJ), relator do texto do Marco Civil da Internet sancionado pela presidenta Dilma Rousseff na semana passada, o professor e ativista Sérgio Amadeu, da Universidade Federal do ABC, o argentino Sebastian Rollandi, diretor de Relações Institucionais e Comunitárias da Autoridade Federal de Serviços de Comunicação (Afsca), organismo responsável pela aplicação da Lei de Meios em vigor no país desde 2009, e o colombiano Omar Rincón, da FES.

Ao escolher o tema da democratização da comunicação para as comemorações do Dia do Trabalhador, a central tenta provocar a ampliação do debate sobre mídia no Brasil, da necessidade de uma lei que regulamente e ponha em funcionamento os artigos 220 ao 224, da Constituição Federal, e que de fato democratize o acesso aos meios eletrônicos de comunicação, os que dependem de concessão do governo federal para funcionar.

Aprovados em 1988, na chamada Constituição Cidadã, os artigos da comunicação não foram transformados em lei. São eles que impedem o monopólio e oligopólio nos meios eletrônicos de empresas e meios, impedem a concessão para políticos e agentes públicos, defendem a diversidade cultural e regional, a pluralidade de opiniões, aspectos que são desrespeitados pelos grandes grupos de comunicação no Brasil.

Shows, protestos, passeatas, eventos religiosos, atividades de rua e disputas esportivas serão acompanhados de debates, mesas redondas e conferências que explorarão a democratização da mídia no Brasil. Serão coletadas assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular que resume os principais temas aprovados na Conferência Nacional de Comunicação, de 2009.

Segundo a secretária nacional de comunicação da CUT, Rosane Bertoti, também coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), a comunicação é um direito do trabalhador e da população e ao colocar o tema nas comemorações do 1º de Maio, a central quer consolidar a democracia no pais, luta travada há mais de 30 anos desde os tempos da ditadura militar. “Comunicação é um direito e sem comunicação não se exerce democracia”, diz. No ano passado, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC já havia colocado o tema no show do Paço Municipal de São Bernardo.

A central concentra em São Paulo seus eventos mais importantes. Organiza em parceria com as centrais CTB e CSB no feriado de quinta-feira um show musical no Vale do Anhangabaú, das 10h às 18h, acompanhado de ato político.

O seminário de hoje em São Bernardo terá transmissão direta pela www.tvt.org.br e awww.redebrasilatual.com.br

Programação

9h – Abertura
Adi dos Santos Lima – Presidente da CUT São Paulo
Vagner Freitas – Presidente da CUT Nacional
João Antônio Felício – Secretário de Relações Internacionais da CUT Nacional
Rafael Marques – Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC
Tina Hennecken – Diretora da Fundação Friedrich Ebert
Luiz Marinho – Prefeito da Cidade de São Bernardo do Campo
Coordenador: Sebastião Geraldo Cardozo- Secretário Geral da CUT/SP

9h30 – Mesa 1 – Marco Regulatório das Comunicações
Franklin Martins – Ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
Professor Venicio Lima – Conselho Consultivo da Barão de Itararé
Sebastian Rollandi – Diretor Nacional de Relações Institucionais e Comunitárias da AFSCA
Coordenadora: Rosane Bertoti – Secretária de Comunicação da CUT Nacional

14h – Mesa 2 – Marco Civil da Internet
Sérgio Amadeu da Silveira – Professor da Universidade Federal do ABC (UFABC)
Alessandro Molon – Deputado federal (PT-RJ)
Omar Rincón – Fundação Friedrich Ebert – Colômbia
Coordenadora: Adriana Magalhães – Secretária de Comunicação CUT/SP

15h30 – Mesa 3 – Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação
Paulo Salvador – Coordenador da Rede Brasil Atual
Pablo Capilé – Fora do Eixo
Coordenadora: Telma Victor – Secretária de Formação da CUT/SP

17h – Encerramento
Adi dos Santos Lima – Presidente da CUT/SP

 

CUT São Paulo completa 30 anos

A CUT-SP – primeira seccional estadual da central – completa 30 anos nesta terça-feira (29) e fará um ato comemorativo no Sindicato dos Químicos de São Paulo, local onde foi fundada. A CUT-SP tem ainda 19 subsedes espalhadas pelo estado e mais de 300 sindicatos filiados, ligados aos setores público, privado, do campo e da cidade, representando aproximadamente 2 milhões de trabalhadores.

A cerimônia vai homenagear os ex-presidentes estaduais: Jorge Coelho, do Sindicato dos Químicos de São Paulo (1985/1987); Arlindo Chinaglia, do Sindicato dos Médicos (1988/1991); José Lopez Feijóo, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (1991/1997); Antonio Carlos Spis, do Sindicato dos Petroleiros (2000/2003); Edilson de Paula Oliveira, do Sindicato dos Químicos de São Paulo (2003/2009) e Sebastião Geraldo Cardozo (2009). O atual presidente, Adi dos Santos Lima, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, foi eleito para o período 2009/2012 e reeleito até 2015.

Será também homenageado o professor Carlos Ramiro de Castro, o Carlão, dirigente da Central, morto em setembro do ano passado. Carlão foi presidente da Apeoesp, o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo. E dá nome a um concurso de fotografia promovido pela CUT-SP tendo como tema Trabalho Decente. No evento de amanhã, no Sindicato dos Químicos, será aberta a exposição com as 20 fotos selecionadas, por votação pela internet, nas categorias profissional e amador.

Evento: 30 anos da CUT-SP
Data: 29/04/2014
Horário: A partir das 18h
Local: Sindicato dos Químicos de São Paulo
Endereço: Rua Tamandaré, 348, Liberdade, São Paulo

(Rede Brasil Atual)

Copa: O Brasil ganha com ela ou ganhará quem aposta contra?

por Hylda Cavalcanti, via Rede Brasil Atual

Falta pouco para a bola começar a rolar. Às 17h do próximo 12 de junho, quando soar o apito e abrirem-se as cortinas de Brasil x Croácia, o país estará apreensivo, como em todo jogo da seleção em Copa do Mundo. Desta vez, porém, depois de 31 dias, quando tudo acabar, as histórias das 12 cidades brasileiras que receberão os jogos da competição, e as de outras em seu entorno, poderão nunca mais ser as mesmas. O governo rebate críticas à organização do evento e sustenta que haverá legado à população. A oposição, por motivos óbvios, desconfia, mas há também preocupação por parte de movimentos sociais.

No bairro de Itaquera, zona leste de São Paulo, onde fica o estádio que será o palco da abertura, já se notam mudanças. A região, que tem um dos menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) da capital paulista, dá sinais de renovação, sobretudo por conta de uma série de obras viárias e intervenções privadas e públicas. A decisão de levar para lá uma das sedes do Mundial – da qual participaram um presidente da República do PT, um governador do PSDB e um prefeito então do DEM – selou de vez expectativas de moradores e investidores.

O crescimento do poder de compra da numerosa população do bairro chama a atenção dos empreendedores há alguns anos. O Shopping Metrô Itaquera cresce desde 2007, quando foi inaugurado. Há 40 lojas em lista de espera por um lugar. E comemora a cada ano faturamento sempre acima de dois dígitos mais gordo. “Nunca vi fluxo de gente tão grande quanto aqui”, diz o diretor de marketing da Handbook Fashion (HbF), Felix Mifune, que possui loja no local desde 2011.

Mas de acordo com o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo, José Alexandre Sanches, o shopping não é o principal indicador das transformações. Ele cita o trecho leste do Rodoanel Mario Covas, obras de infraestrutura da Operação Urbana Rio Verde-Jacu, melhorias no transporte coletivo e iniciativas de ampliação dos serviços, como o Polo Institucional Itaquera, que inclui a Faculdade de Tecnologia (Fatec), erguida com recursos da União, do estado e do município.

Se a zona leste de São Paulo fosse um município, Itaquera, com 230 mil habitantes, seria o seu centro geográfico. E se a perspectiva de que a população possa encontrar mais perto de casa empregos e os serviços se confirmar, já seria um grande trunfo para a engarrafada cidade de São Paulo, que demanda a redução urgente do volume de deslocamentos das pessoas para o centro, a 20 quilômetros dali, e entre extremos.

Reação em cadeia

Segundo os organizadores, essas promessas de efeito Copa se estendem a todas as cidades-sede e seus entornos. Um estudo feito pela empresa de consultoria Ernst & Young e a Fundação Getúlio Vargas, calcula que pelo menos uma dezena de setores econômicos desfrutarão impactos positivos diretos, entre eles construção civil, serviços prestados a empresas, serviços imobiliários, produção e comércio de alimentos e bebidas, serviços de informação e de hotelaria. O trabalho projeta uma injeção de R$ 142 bilhões adicionais na economia brasileira ao longo da temporada de preparação, de 2010 e 2014, e a criação de 3,6 milhões de empregos, proporcionando renda adicional de R$ 63 bilhões e acréscimo de R$ 18 bilhões na arrecadação de impostos – tudo decorrente dos impactos do evento, sempre segundo o estudo.

O Ministério do Esporte, em balanço divulgado no início do ano, tendo como referência o mês de setembro, informa que os investimentos públicos e privados já alcançam R$ 25,6 bilhões. E solta números. Desse total, R$ 8 bilhões estão sendo aplicados em obras de mobilidade urbana; R$ 8 bilhões em construção e reformas de estádios; R$ 6,3 bilhões em aeroportos; R$ 1,9 bilhão em segurança; R$ 600 milhões em portos; R$ 400 milhões em telecomunicações; R$ 200 milhões em infraestrutura turística e R$ 200 milhões em instalações complementares.

No fechamento das contas, o gasto total deve chegar a R$ 30 bilhões, em despesas de municípios, estados, da União e do setor privado. O ministro Aldo Rebelo disse em entrevista ao portal da CUT, em março, que para cada R$ 1 de gasto público na Copa há outros R$ 3,6 em investimentos privados.

Rebelo desaprova argumentos dos setores contrários à realização da Copa, de que o país precisa de mais investimentos em saúde e educação, em vez de estádios e obras. “Os recursos da União em educação quase triplicaram. Os destinos à saúde mais que dobraram”, afirma, ao acrescentar que entre 2007 e 2013 a educação recebeu R$ 311 bilhões e a saúde, R$ 447 bilhões. E afirma que a preocupação com desperdícios e superfaturamentos existe desde que se decidiu que a Copa seria no Brasil. “O presidente Lula pediu à Controladoria-Geral da União que o dinheiro aplicado fosse o mais fiscalizado do país. O Tribunal de Contas da União destinou um ministro para cuidar exclusivamente da Copa”, observa.

Perspectivas

Os serviços em torno do turismo estão entre os que mais devem crescer – em número de ocupações e em programas de qualificação. A Embratur estima uma movimentação de 3 milhões de turistas brasileiros durante o Mundial, além de 600 mil estrangeiros. “Se olharmos bem, percebemos transformações tanto no cidadão que estava desempregado e fazia bicos na venda de sulanca em Toritama (interior de Pernambuco) como no ex-presidiário que encontrou uma oportunidade de voltar à vida laboral na construção do estádio Mané Garrincha”, destacou Roberto Vilar, doutor em políticas sociais pela Universidade de Brasília (UnB) e economista da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan).

“Posso dizer que a Copa salvou minha vida”, diz o pedreiro Hugo Aleixo, morador de Samambaia, no Distrito Federal, que trabalhou nas obras do Mané Garrincha. Aleixo tinha acabado de sair da prisão, onde cumpriu pena em regime fechado durante mais de quatro anos por tentativa de homicídio e lesão corporal. Ele foi indicado a trabalhar na construção do estádio por meio do programa Começar de Novo, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Somente no Mané Garrincha, 640 egressos do sistema prisional foram incluídos no programa.

A técnica em secretariado Inácia Mendonça também comemora a realização da Copa. Ela trabalhava num escritório de contabilidade em Recife até ficar desempregada, em 2010. No ano passado, com o crescimento das confecções de camisetas e bandeiras pelas pequenas fábricas de Toritama, conseguiu vaga na área administrativa. Toritama, com 37 mil habitantes, é sua cidade natal. “Meu emprego tinha previsão de ser temporário, até o começo de janeiro. Mas terminei sendo contratada e vou ficar.”

Segundo Prudenciano Gomes, presidente da Associação de Lojistas do Parque das Feiras, em Toritama, as indústrias de confecção existentes na região devem aumentar o número de funcionários em 6% de março até julho. No trecho do município e adjacências, isso corresponde a 12 mil pessoas em novas vagas, conforme cálculos do governo estadual. “Estamos localizados na rota onde vão passar os turistas a caminho dos jogos e também no percurso entre os jogos e pontos históricos do interior, como Fazenda Nova” – onde fica o maior teatro ao ar livre do mundo. “Todos estão se preparando, fábricas e lojas, restaurantes, pontos de artesanato e alimentação”, afirma Gomes.

Tempo de reciclar

A camareira Gerusa Silva, que trabalha há sete anos em hotel na Paraíba, foi se reforçar. Funcionária da rede Accor, em João Pessoa, ela iniciou em agosto um curso de inglês e conta que já se vira bem. “Consigo interagir com os hóspedes e entender o que pedem. Apesar de a cidade não sediar jogos da Copa, nossos gerentes têm feito várias reuniões e passado orientações sobre o aumento do número de hóspedes. Somos o país da Copa e não podemos fazer feio”, enfatiza.

No Paraná, o maître executivo João Barbosa, com 24 anos de profissão, admite que mesmo se considerando experiente fez cursos de reciclagem em Curitiba. “A receita para atender bem é gostar do que se faz e tentar melhorar sempre”, ressalta ele, que hoje trabalha na rede de hotéis Bourbon, em Londrina. Estudo do Ministério do Turismo calcula que os visitantes, durante Copas do Mundo, gastam em média R$ 11.400 nos países que sediam esses eventos. Suas viagens costumam durar de 15 a 20 dias e vão além das cidades-sede. Entre os jogos da Copa das Confederações, em junho passado, até o final do ano, 740 mil turistas estrangeiros visitaram 132 cidades brasileiras.

A rede hoteleira teve expansão de 22 mil unidades entre 2010 e 2013. O setor não teme haver um déficit de hospedagem – mesmo havendo de hotéis. Tem crescido a procura por acomodações alternativas, como hostels, imóveis alugados e casas de família. De acordo com o Ministério do Turismo, já são 4.200 os imóveis oferecidos para aluguel a turistas nas 12 cidades-sede, não incluídos outros municípios.

Dois grandes gargalos que perturbavam governo e investidores – abastecimento de energia e capacidade dos aeroportos – também não preocupam as autoridades. O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou ter concluídas 77 obras de reforço nas redes elétricas nas cidades sede da Copa e que estão em fase de conclusão outros 33 projetos. No setor aéreo, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou em janeiro 1.973 novos voos no período da Copa. A operação da Anac envolve 25 aeroportos, 12 ficam nas cidades-sede e 13 a até 200 quilômetros delas. Há de se torcer para que a infraestrutura acompanhe esse incremento de voos.

“A Copa se paga, dá lucro e gera riquezas que ajudarão a resolver problemas seculares e estruturais da sociedade brasileira. Deixa como utilidade pública aeroportos, portos, viadutos, vias de trânsito, melhoria da segurança e novidades em telecomunicação”, defende o ministro Aldo Rebelo.

Contradições em campo

Pesquisas mais recentes, entretanto, apontam queda na taxa de aprovação da realização da Copa do Mundo no Brasil. No final de fevereiro, o instituto Datafolha detectou que 52% dos entrevistados se diziam favoráveis, ante 38% contrários. Na primeira pesquisa, em 2008, o placar era de 79% a 10%. O Ibope, no mesmo mês, observou que 58% defendem o evento no país e 38%, não. O instituto verificou ainda que o percentual dos que preveem que a Copa trará mais benefícios que prejuízos ao país é apertado: 43% a 40%.

Vistos como flancos por onde podem prosperar críticas ao governo na presidenta Dilma Rousseff, os aspectos negativos da competição devem ser explorados, à esquerda e à direita; faz parte de um outro jogo, em que as chances de algum oponente superar Dilma nas eleições de outubro andam escassas, segundo as mesmas pesquisas. Mas em detrimento do peso político do tema, há críticas consistentes de quem não vai deixar de fazê-las só porque é ano eleitoral. O site Contas Abertas, dedicado a observar e analisar gastos públicos, apontou logo na primeira parte dos preparativos cerca de R$ 600 milhões em gastos considerados “excessivos”.

Na conta do desgaste político, entram ainda mobilizações de comunidades e coletivos que se organizaram em torno de bandeiras concretas, como a revolta contra a remoção de famílias ou o veto ao trabalho a alguns atores econômicos nos espaços controlados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), organizadora da Copa. Muitas dessas bandeiras foram acompanhadas de movimentos tanto de contestação como de elaboração de propostas alternativas de soluções urbanas.

“Trata-se de uma Copa que vai render lucros imensos para a Fifa, mas vai deixar recursos a serem pagos aos bancos estatais”, afirmou o especialista em contas públicas Arnaldo Nóbrega. Para ele, no caso específico dos estádios, dos R$ 8 bilhões usados para a construção e reforma, tirando R$ 820 milhões que saem do caixa da iniciativa privada, outros R$ 4 bilhões são operações de crédito e portanto deverão retornar para instituições como BNDES e Caixa Econômica Federal, principais financiadoras dos governos estaduais, empreiteiras e clubes que herdarão estádios construídos e reformados.

O ministro Aldo Rebelo enfatiza que a Copa é um “evento privado”. Segundo ele, as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) de mobilidade urbana, já previstas antes da competição, “não serão levadas” por nenhuma seleção de futebol. “Nenhum viaduto, nem universidades, nem aeroportos”, brinca. O ministro diz ainda que os estádios são arenas multiuso, que se destinam a jogos, feiras, congressos e eventos, e, numa comparação questionável, cita Wembley, maior estádio da Inglaterra, que recebe oito jogos por ano e sobrevive de eventos. “Na Arena de Natal, o espaço destinado a lojas é negociado pelo melhor preço da cidade.” De acordo com Rebelo, esse destino vale para todas as arenas, inclusive as de Cuiabá, Brasília e Manaus.

Em relação aos cuidados com o mundo do trabalho, a diretora do Escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Laís Abramo, alerta que existem riscos embutidos na realização de um evento deste porte, como aumento da ocorrência de práticas inaceitáveis, a exemplo do trabalho infantil, forçado, tráfico de pessoas e aumento dos casos de exploração sexual de crianças e adolescentes. Laís acentua que é preciso fiscalização rígida: “Como diminuir os riscos e aumentar as potencialidades? Dialogando, somando esforços, integrando ações e iniciativas”.

O jogo já começou, com muitas dúvidas – não sobre a capacidade de Neymar e companhia, mas dos gestores. Mais do que o time dentro de campo, a torcida é para que a Copa realmente tenha os brasileiros como vencedores. O tempo mostrará.

Remoções e reações

Há três anos, organizações populares das 12 cidades-sede vêm denunciando remoções de comunidades, questionando obras e reivindicando o direito ao trabalho em áreas sujeitas a exigências da Fifa. Protestos, abaixo-assinados e ações judiciais trouxeram algumas vitórias que, talvez, sejam o principal legado que a Copa deixará a essa população organizada. A agência Pública registrou essas histórias, cuja íntegra pode ser lida neste atalho: http://bit.ly/publica_copa

Em Natal, um projeto alternativo de tráfego foi revisto após pressão popular e evitou despejos. “O que eu aprendi? Aprendi que temos direitos”, resume a professora de Geografia Eloísa Varela, que morava – e ainda mora – ao longo da Avenida Capitão-Mor Gouveia, zona oeste da capital potiguar. Em agosto de 2011, ela recebeu uma notificação da prefeitura avisando que seria removida da casa onde vive há 21 anos.“De início a pessoa se aperreia”, lembra. Cerca de 250 famílias residentes ao longo da via que liga o aeroporto ao estádio Arena das Dunas receberam o mesmo papel. “Tinha gente que vivia lá há 40 anos.”

Eloísa começou a participar dos encontros do Comitê Popular da Copa, que reuniam moradores, arquitetos, urbanistas, advogados.“Estudando o projeto, começamos a ver que a obra em si estava irregular: não atendia aos parâmetros do plano diretor, não houve audiência pública, licença ambiental.” Criaram a Associação Potiguar dos Atingidos pela Copa (Apac), a princípio para tocar ações judiciais, e depois foi organizado um projeto alternativo.

Depois de realizar seminários e workshops para propor um novo traçado, com a ajuda de arquitetos e urbanistas, o grupo chegou a um modelo em que vias paralelas à avenida também seriam utilizadas para o deslocamento, sem necessidade de alargá-la. O projeto foi entregue à prefeitura, em 2012, mas em ano de eleição seria difícil sair do papel. Os moradores passaram a pressionar os candidatos. Ao tomar posse, o eleito prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) revogou os decretos de desapropriação. “Nenhuma remoção foi realizada”, comemora Eloísa. “O cidadão tem o direito de discutir a cidade.”

Em Salvador, em 5 de abril de 2013 cerca de 100 baianas paramentadas tomaram a entrada do estádio Fonte Nova, durante a cerimônia de inauguração, com a presença da presidenta Dilma Rousseff, do governador Jaques Wagner e do prefeito ACM Neto. “Levamos tabuleiro, distribuímos acarajé de graça, 200 camisas do Vitória e do Bahia, e outras falando ‘A Fifa não quer acarajé na Copa’”, conta Rita Santos, presidenta da Associação das Baianas de Acarajé.

Normas da Fifa impediam que as baianas vendessem o quitute. Elas levaram um abaixo-assinado com mais de 17 mil adesões. A carioca Rita Santos, mãe do goleiro Felipe, do Flamengo, gosta de contar a história que terminou com a vitória das baianas. “A Dona Norma, a Solange, a Meirejane trabalham em todos os jogos. A Dona Norma trabalha lá há mais de 50 anos”, explica Rita. “Por causa dessas três eu comecei a brigar.” As baianas acabaram autorizadas a trabalhar na arena na Copa das Confederações.

Outra tradição sob ameaça, a histórica Feira de Artesanato do Mineirinho, em Belo Horizonte, só foi reaberta após uma série de protestos. Entre 2011 e abril de 2013, a feira de todas as quintas-feiras e domingos foi fechada para dar lugar às estruturas temporárias da Copa das Confederações. Rumores de que esse fechamento seria permanente ameaçavam expositores e cerca de 4 mil empregos. “Tentamos diálogo várias vezes”, diz a presidenta da associação dos feirantes, Thereza Marques. Mas a solução foi ir às ruas.

“A gente continuou indo ao Mineirinho no horário da feira, pedindo a nossa volta. Tinha umas 100 pessoas a cada dia com faixas, cartazes, panfletos.” A convite do Comitê Popular dos Atingidos Pela Copa (Coapc), os feirantes ampliaram a presença nas ruas, durante a Copa das Confederações. “No dia 17 de junho, seguimos da Praça 7 ao Mineirão. Firmes em trazer a feira de volta”, relata Thereza. Hoje, os feirantes ocupam o primeiro andar do estádio.

Não pode ter medo

Em meados de 2010, os moradores da comunidade Caminho das Flores, no bairro de Parangaba, Fortaleza, foram visitados por técnicos contratados pelo governo do Ceará para fazer o cadastro das 45 famílias residentes na única rua da comunidade. A 18 metros dali passaria o primeiro trecho do Veículo Leve sobre Trilhos, que ligaria o oeste da capital cearense ao porto de Mucuripe. A cessão de uma faixa de terreno para o novo VLT significava que boa parte das casas seria desapropriada. “No meu caso, por exemplo, meu terreno tem 135 metros. Eles queriam desapropriar 35”, lembra Thiago de Souza, morador e integrante do Comitê Popular da Copa na capital do Ceará. A comunidade se juntou a outras 21. “As 22 comunidades existem há mais de 50, 60 anos. E o governo num passe de mágica quer acabar com elas”, resume Thiago.

O movimento conseguiu com que a Defensoria Pública entrasse com uma ação. Houve três audiências e a Defensoria mediou as negociações com o governo. O terreno da Caminho das Flores foi reduzido, e os moradores conseguiram reconstruir suas casas no próprio terreno, com maior recuo. “Na comunidade Lauro Vieira Chaves iam ser 200 famílias removidas e conseguimos reduzir para 50. Na Alcir Barbosa também”, comemora Thiago.

O Comitê Popular contabiliza em 5 mil o número de famílias inicialmente em risco. Atualmente, há 2.185 residências em processo de remoção. “O governo diz que foi ele que reduziu esse número, mas isso nada mais é que fruto da luta das comunidades. Se ninguém tivesse resistido, hoje estaria todo mundo na rua.”

O Rio de Janeiro também foi palco de mudanças de planos por conta de mobilização popular contra a destruição do complexo Júlio Delamare, da sede do ex-Museu do Índio, do estádio de atletismo Célio Barros e da Escola Municipal Friedenreich (o Pelé do início do século passado). A revolta contra a descaracterização do local unia os cariocas antes dos protestos de junho: “O Maracanã resumia o que estava acontecendo na cidade: privatização, autoritarismo, falta de interlocução com a sociedade, expulsão dos pobres. Mas a partir de 2012 virou um símbolo de luta”,  explica Gustavo Mehl, membro do Comitê Popular.

Aos protestos puxados pelo comitê uniram-se indígenas, pais de alunos da escola Friedenreich, 10ª melhor do país no índice do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), atletas que treinavam no Célio de Barros e no Delamare. “Se o governo tivesse sensibilidade, teria visto que aquilo era um caldo que estava começando a entornar”, avalia Gustavo.

O prédio do Museu do Índio está em reformas e será transformado em um Museu Vivo da Cultura Indígena. A escola continua e uma reforma está prevista. O parque aquático voltou a funcionar. Mas o estádio Célio de Barros segue como estava antes do recuo de Cabral. O governo do estado deve, ainda, apresentar projeto de reforma à Caixa, responsável por acompanhar a execução. “Estão empurrando”, critica o velocista Nelson Rocha dos Santos, o Nelsinho, campeão estadual, brasileiro, sul-americano e mundial. Mesmo assim, ele não se decepciona. “Aprendi o seguinte: a gente não pode ter medo.”

FAO instala escritório regional no Nordeste, em Campina Grande

Campina Grande/Paraíba

Brasília – A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) instala hoje (28) em Campina Grande (PB), na sede do Instituto Nacional do Semiárido (Insa), o segundo escritório regional no Brasil. A Unidade de Coordenação de Projetos da FAO apoiará projetos regionais para fortalecer a agricultura familiar, o combate à desertificação, ações de recuperação da degradação da terra, a diminuição dos efeitos da seca, a produção de alimentos e o incentivo à fome.

A primeira unidade regional da FAO no Brasil foi instalado ano passado no Paraná, com escritórios em Curitiba e Foz do Iguaçu e ações nos três estados da Região Sul.

O acordo de cooperação será assinado hoje em celebração aos dez anos do Insa, instituto ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, criado com o objetivo de desenvolver ações de pesquisa, formação, difusão e formulação de políticas para a convivência sustentável do Semiárido brasileiro a partir das potencialidades socioeconômicas e ambientais da região.

Na programação do Insa também estão o lançamento da primeira fase do Sistema de Gestão da Informação e do Conhecimento do Semiárido Brasileiro e comemorações ao Dia Nacional da Caatinga.

Em dois módulos de consulta, o sistema reúne e disponibiliza dados e informações econômicas, sociais, ambientais e da infraestrutura do Semiárido e será usado para divulgar experiências e estudos como forma de gerar conhecimentos nos campos da ciência, tecnologia e inovação. O módulo básico é direcionado a gestores de políticas públicas, organizações sociais e sociedade em geral; já o módulo avançado tem como público equipes técnicas de órgãos gestores, pesquisadores e professores de universidades.

Os dados disponibilizados são provenientes de várias instituições parceiras, como a Agência Nacional de Águas (ANA), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (Snis).

O Semiárido brasileiro se estende por oito estados do Nordeste – Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe – e pelo norte de Minas Gerais.

Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

Dragão Fashion: saiba o que rolou na semana de moda mais importante do Nordeste

Moda acessível ao público e fomento da indústria têxtil local. São essas as ideias do Dragão Fashion Brasil, a semana de moda mais importante do nordeste, realizada em Fortaleza, no Ceará. Em sua 15ª edição, que aconteceu entre 23 e 27 de abril, o evento trouxe 41 desfiles de marcas consagradas, novos nomes, workshops e palestras na praça do Centro Cultural Dragão do Mar.

Curiosos, blogueiros, pipoqueiros, modelos, estilistas e jornalistas dividiram o mesmo espaço a céu aberto, em uma área onde ficam lojas de roupas montadas exclusivamente para o evento, tendas com chefs locais, um lounge com stand de maquiagem e três salas onde aconteceram as apresentações: Sala Negra, que recebeu coleções de marcas renomadas; Sala Quartzo, onde desfilaram grifes jovens; Sala Branca, destinada à nova geração de criadores.

O fato de ser aberto ao público incentiva a movimentação, mas também inibe os novatos, que repetidamente são avisados por locais e veteranos do evento sobre a violência na praça, com histórias pessoais ou do “amigo de um amigo”. Felizmente, com a segurança reforçada, a 15ª edição teve um clima tranquilo e conseguiu atingir o público esperado: quem se interessa, estuda, gosta ou vive de moda dentro e fora do Brasil.

Diferentemente do São Paulo Fashion Week (SPFW) e do Fashion Rio, o Dragão Fashion não tem o objetivo de mostrar as tendências para a próxima estação, tanto que as coleções apresentadas podem ser de verão ou inverno, dependendo da escolha da marca. A ideia é trazer visibilidade para os estilistas locais e suas criações autorais e movimentar o mercado da moda com desfiles de grandes grifes que, sem exceção, reapresentaram criações mostradas no início de abril nas semanas de moda paulistana e carioca, como Água de Coco, Ivan Aguilar, Lino Villaventura e Vitorino Campos.

Entre os pontos altos do evento estão o local escolhido, que comporta bem o número de visitantes; a interação cultural e gastronômica; o espaço dado à moda regional e ao processo criativo e acessibilidade ao público. Entre os pontos baixos, atrasos dos desfiles, que chegaram a acontecer até 1h30 depois do programado, e a falta de sazonalidade das coleções.

Primeiro dia de desfiles
O primeiro dia de Dragão Fashion Brasil trouxe Lino Villaventura eMario Queiroz, grandes nomes de São Paulo, para Fortaleza. Lino, que nasceu na capital cearense, mostrou na passarela a mesma coleção de verão 2015 desfilada semanas antes no SPFW. “Acho que o Dragão é diferente porque ele valoriza esse trabalho de criação, apresenta os estilistas, valoriza a identidade. O modelo também é democrático, chega a mais gente e o momento da moda é esse.” Já Mario Queiroz, que passou pelo SPFW e pela semana de moda de Paris, comemorou 18 anos de sua marca homônima com um desfile com 27 looks masculinos de acervo.

Entre os estilistas locais, João Sobbar desfilou peças com recortes que formavam rica sobreposição de tecido e pele. A marca de beachwear Mar Del Castro manteve a sensualidade característica com uma coleção inspirada na “Geração Coca-Cola” dos anos 1940. O baiano Aládio Marques levou um verão leve com modelagem simples, fluida e cores claras. Teve ainda a presença da Ocksa, grife dos gaúchos Deisy Witz e Igor Bastos, com criações marcadas pela sensualidade através de transparências ousadas e detalhes mais agressivos.

Segundo dia de desfiles
O badalado maquiador Fernando Torquatto desembarcou em Fortaleza para o segundo dia do evento. Ele cuidou da beleza de oito modelos que reapresentaram a coleção Make B. Barroco Tropical, de O Boticário. O estilista local Mark Greiner foi aplaudido de pé ao colocar na passarela modelos com chifres e coroas de espinho para desfilar uma coleção inspirada na região do Cariri e criada em parceria com o designer de acessórios Roberto Dias.

O cearense Lindebergue Fernandes comemorou 20 anos de carreira com uma festa na passarela. Ao som de clássicos da época auge dos bailes de salão, a coleção começou com poás e estampa exclusiva de um casal de idosos dançando e terminou em cores neon modernas. O mineiro Ronaldo Silvestre se inspirou em Atlântida para levar riqueza de peças em azul. De Fortaleza, Bruna do Valle estreou com um desfile-protesto e abusou de rendas, brilho e jeans nas criações. Já a baiana Carol Barreto questionou os valores da sociedade com peças com ricos detalhes, como conchas, inspirada na Diáspora Africana.

Terceiro dia de desfiles
Os grandes nomes do terceiro dia foram a marca cearense Florinda e o capixaba Ivan Aguilar. A primeira apostou em uma passarela de margaridas e, ao som de uma banda folk, mostrou uma coleção com peças em jeans, estampas floridas, coroa de flores e botas de cowboy. Ivan desfilou a coleção de inverno 2015 apresentada em Nova York com cintura marcada, camisas estruturadas, golas elaboradas, mangas bufantes e muito brilho. “Eu estou apaixonado pelo evento, não sabia que era assim. O que mais me agradou é o fato de ser aberto ao público”, disse o estilista.

Com looks de festa, Ivanildo Nunes e Claudio Quinderé investiram em renda, transparência e muito tule. ALizzi, marca da baiana Lizyane Arize, mostrou a coleção 2015 com mistura entre a história da francesa Maria Antonieta e a cultura do bumba-meu-boi. O catarinense Jonathan Scarpari trouxe toques de guarda-roupa feminino para uma coleção masculina, criando o top cropped para homens, enquanto Rebeca Sampaiouniu saias rodadas, cintura alta e bojos marcados a calças de couro com recortes na cintura. O evento ainda recebeu o estilista italiano Nico Didonna, que já participou da semana de moda de Londres e levou uma coleção com vestidos envelope para o Ceará.

Quarto dia de desfiles
Vitorino Campos e Água de Coco foram as grandes grifes do quarto dia de desfiles. O estilista baiano reapresentou a coleção para o verão 2015 mostrada no SPFW, com transparência, tecidos fluidos e organza tecnológica. A marca de beachwear cearense também mostrou o mesmo desfile da semana de moda paulistana, com estampas que remetem ao fundo do mar e textura de escamas e conchas.

A designer de joias Eliana Alcântara mostrou peças com inspiração nas estrelas e constelações. A grife local Viori desfilou criações para a mulher jovem, com peças em preto e branco orenamentadas com renda e brilho, especialmente em dourado. Gisela Franck, que faz parte da equipe de criação da Água de Coco, estreou com um trabalho solo rico em texturas e minimalismo. Tendo o ouro como inspiração, Kalil Nepomuceno e Jussara Regás apresentaram peças com renda, bordado, transparência e tons terrosos, já a grife Dois reapresentou um inverno com silhueta large que havia sido desfilado na Casa de Criadores, em São Paulo.

Quinto dia de desfiles
A sensualidade dos Alysson Aragão e Suzane Farias foi um dos destaques do último dia da semana de moda do Nordeste. A dupla mostrou uma coleção exclusivamente com looks pretos acompanhados por imagens da Madonna no telão. Na contramão dessa atmosfera, a estreante Maria Philomeno desfilou criações em homenagem à avó com uma explosão de bordados, riqueza de detalhes românticos e muita renda em vestidos artesanais.

moda masculina foi palco para as apresentações do português Nuna Gama, que mais uma vez esteve no evento, e mostrou um inverno de criações pesadas e elegantes. O cearense de 22 anos David Lee estreou desconstruindo a idéia de homem “durão” e criou estampa inspirada do Super-Homem, além de coloridas peças florais. Alix Pinho, que entrou na passarela após o desfile segurando um bastão de baseball, mostrou uma coleção de street wear com muitas cores, t-shirts e bonés para as meninas. A rede de fast fashion Riachuelo, patrocinadora oficial do evento, encerrou a 15ª edição do Dragão Fashion Brasil com xadrex, bodies e brilho.

(Aline Lacerda e Fernanda Frozza, via Moda Terra)

 

Dilma convoca Cid Gomes para definir futuro político do Ceará

A presidenta Dilma Roussef (PT) convocou para uma reunião em Brasília nesta semana o governador Cid Gomes. Durante o encontro,  Dilma voltará a pedir que Cid apoie a candidatura do senador Eunício Oliveira (PMDB) na disputa ao Palácio do Abolição. 

A conversa pode ser acompanhada por integrantes da cúpula do PT, incluindo o presidente da sigla, Rui Falcão. O objetivo da presidenta Dilma é manter todos os partidos da base unidos, e vai apresentar opções para que Cid atenda o pedido, não prejudicando sua campanha à reeleição.
 
De acordo com reportagem da revista Época desta semana, o PROS está pressionando Dilma para que demita o ministro Francisco Teixeira (Integração), mas a presidenta já garantiu a vaga para o governador cearense. 

Via http://www.cearanews7.com.br

Sistema Verdes Mares divulga Pesquisa Ibope na próxima segunda-feira (05/05)

Começa a corrida eleitoral no Ceará. O Sistema Verdes Mares – TV Verdes Mares, Rádio Verdes Mares AM e FM, Diário do Nordeste e TV Diário – divulga na próxima segunda-feira (5) a primeira pesquisa eleitoral sobre a sucessão no Estado. Também será avaliado a disputa ao Senado e à presidência da República. Essa enquete, inclusive, já foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Ibope irá pesquisar tanto espontâneo quanto estimulado para saber quem lidera a disputa eleitoral no Ceará. serão apresentados diversos cenários com os possíveis candidatos do PROS enfrentando a candidatura do senador Eunício Oliveira (PMDB) e do ex-prefeito de Maracanaú Roberto Pessoa, com também a candidata do PSB, Nicole Barbosa. No Senado serão apresentados os nomes do PT, José Guimarães e Luizianne Lins, do PCdoB Inácio Arruda, do PSDB Tasso Jereissati e do PSB Giovana Cartaxo.

(Nathany Gondim, Ceará 7 News)

Cid Gomes dispara: “Eunício não me deve nada, nem eu devo nada a ele”.

O senador e pré-candidato do PMDB, Eunício Oliveira, não tem mais o que esperar do Governador Cid Gomes (PROS) e de tanto acenar com a oposição precisa se aliar aos adversários do Governo do Estado e se lançar na corrida ao Palácio da Abolição.

Com palavras curtas e duras, Cid Gomes foi taxativo: “Eunício não me deve nada, nem eu devo nada a ele”. Aos que ouviram a declaração ou a leram, tem uma interpretação única: Cid Gomes transmitiu o sentimento de que Eunício ao se movimentar com os adversários Roberto Pessoa (PR), Heitor Férrer (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) escolheu o caminho da oposição.

O pré-candidato do PMDB, que esteve também nesse final de semana em Tauá, para participar dos festejos religiosos de Jesus Maria e José, mantém aliados com cargos na administração estadual e prometeu sair do Governo no início do mês de maio. Eunício foi recepcionado em Tauá pela prefeita Patrícia Aguiar (PMDB) e pelo vice-governador Domingos Filho (PROS).

Aos correligionários, Eunício disse que, a pedido do ex-presidente Lula e da presidente Dilma, esperaria até o dia 10 de maio para saber se Cid Gomes irá ou não apoiá-lo. Essa decisão era alimentada até o final de semana, mas a partir de hoje, com as declarações do governador cearense de que não há mais dívidas entre ele e Eunício, o cenário muda e os dirigentes regionais do PMDB devem reavaliar os novos caminhos da sucessão estadual: Eunício candidato a governador, tendo Inácio Arruda (PCdoB), Tasso Jereissati (PSDB) ou Heitor Férrer (PDT) na disputa ao Senado.

O deputado estadual Perboyre Diogenes (PMDB), que durante a semana passada postou em redes sociais um vídeo em que Cid Gomes é chamado de traidor – o conteúdo afira que o Cid traiu Tasso, Luizianne Lins, Inácio Arruda e Eunício Oliveira, tem dito que o PMDB não tem mais o que esperar e deve se aliar ao PSDB para concorrer ao Governo do Estado. Diogenes é um dos peemedebistas que não alimentam ilusão de uma aliança entre PROS e PMDB.

(Marcela de Freitas, Ceará Agora)

Passeio pelos prédios históricos do Centro de Fortaleza

Sobrado Dr. José Lourenço

A história dos prédios é um reflexo da própria história das cidades. Ela fala sobre como uma população criou determinado modo de vida, sobre a construção do espaço urbano, sobre as mudanças econômicas. Pensando nesse conceito, o projeto Circuitos Culturais – promovido pela Faculdade da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) – realizou sua terceira edição com uma caminhada a pé por quatro construções significativas para a memória de Fortaleza.  

A Casa de Juvenal Galeno, o Espaço Cultural do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE), o Paço Municipal e o Sobrado Doutor José Lourenço foram visitados na manhã de ontem, 27. Essa é a terceira etapa do projeto, que leva grupos de pessoas para fazer caminhadas pelo Centro de Fortaleza. O objetivo é conhecer a história, as memórias e os tesouros guardados pelo bairro mais comercial da Cidade. Os passeios acontecem sempre no último domingo do mês e necessitam de inscrição antecipada (ver serviço). O participante pode levar uma lata de leite em pó, que será doada para uma instituição de caridade.

“O Centro precisa ser visitado. Somos moradores de uma cidade turística e precisamos desse conhecimento. Até para receber melhor os nossos visitantes. Atualmente, o Centro é quase inteiramente comercial. São poucas as residências. Mas existem muitas histórias traduzidas em edificações”, afirmou o turismólogo Gerson Linhares – responsável pela orientação do trajeto.

Na Casa de Juvenal Galeno, primeiro ponto do circuito, os visitantes ficaram encantados com a riqueza de informações. Muitos não conheciam as obras literárias do escritor. “Nunca havia entrado aqui. Essa é a primeira vez. Fiquei muito feliz por saber que um cearense foi tão ilustre em seu tempo e uma personalidade reconhecida por outros escritores. Isso nos enche de orgulho”, diz Cristiene Freire, 27 anos, estudante de Logística. Já a guia de turismo Raquel Costa, 34 anos, ficou feliz por ter conversado com Antônio Galeno (bisneto do escritor). “É gratificante ter contato direto com a história, fontes confiáveis que têm muito para ensinar”, afirma.

A caminhada teve participação de 30 pessoas. Ao longo do trajeto, um carro dava apoio aos participantes com água e lanches. Agentes da Guarda Municipal também acompanharam todo o percurso. No Sobrado Doutor José Lourenço, os participantes ficaram encantados com a quantidade de obras expostas. Alguns afirmaram nunca ter entrado no local antes. (Isabel Costa / isabelcosta@opovo.com.br)

Saiba mais

O Centro Cultural do Crea-CE – situado no cruzamento das ruas Castro e Silva com Floriano Peixoto – foi inaugurado em 2010 e está disponível, prioritariamente, para funcionários do conselho. A visão panorâmica do Centro da Cidade é uma das atrações do espaço.

Atual sede do governo, o Paço Municipal tem acesso pela fachada leste para o bosque Dom Delgado. Esse foi o último ponto de visitação do Circuitos Culturais. O bosque é repleto de mangueiras, azeitoneiras, pitombeiras e palmeiras de dendê. 

Na terceira edição do Circuitos Culturais, as latas de leite arrecadadas foram destinadas ao Lar Amigos de Jesus – que acolhe gratuitamente crianças e adolescentes. 
 

Serviço

 

Circuitos Culturais

Quando: último domingo do mês

Quanto: uma lata de leite em pó

Outras informações: (85) 3464 5514

Inscrições pelo site: www.faculdadecdl.edu.br

(O Povo Online)

North Shopping Fortaleza será ampliado

North Shopping Fortaleza

O Grupo North Empreendimentos e a Ancar Ivanhoe Shopping Centers, sócios de cinco dos principais shopping centers do Ceará, comemoraram no sábado o sucesso da expansão do North Shopping Maracanaú, em andamento, e cuja primeira fase será entregue até o início de julho. Em entrevista ao O POVO os executivos das empresas anunciaram a revitalização e ampliação do North Shopping Fortaleza a partir do primeiro semestre do próximo ano.

O Nortão, como é carinhosamente chamado, tem 23 anos de existência e recebe cerca de três milhões de pessoas por mês e quase 40 milhões por ano. Dos cinco shopping centers da sociedade, o North Shopping é o que tem maior volume de vendas. “É um shopping onde todo dia é sábado e todo sábado é Natal”, comenta o empreendedor Sérgio Gomes, ressaltando que estão em estudo os projetos e pesquisas, junto aos consumidores, para ver o que pode ser agregado em termos de lojas e serviços. “É um shopping maduro que será totalmente revitalizado”, completa Gomes, adiantando que o investimento será de mais de R$ 100 milhões.

O diretor executivo (CEO da sigla inglesa de Chief Executive Officer) da Ancar Ivanhoe Shopping Centers, Evandro Férrer, diz que o Nortão é um shopping querido, que o consumidor já tem o hábito de frequentar. “Cabe a nós fazer sempre a manutenção, o respeito e o conforto para que ele não encontre motivo de ir para outro lugar”, afirma, considerando que a concorrência faz parte e não preocupa. A previsão é que até o final deste ano o Grupo JCPM – Participações e Empreendimentos inicie a construção do shopping RioMar Norte, no bairro Presidente Kennedy, bem próximo ao North Shopping.

Maracanaú

A entrega da primeira fase da expansão do North Shopping Maracanaú ocorre até o início de julho. Inclui basicamente a nova praça de alimentação revitalizada, com novo mobiliário e ampliada com lojas do Bob´s, Spoleto, Subway e o parque de diversão para crianças revitalizado. Além das Casas Bahia, Le Biscuit e uma nova loja do Magazine Luiza. As próximas entregas ocorrerão em outubro e novembro, finalizando em abril de 2015. 

Segundo o superintendente do North Maracanaú, Gustavo Maciel Lima, conta que o centro de compras tem grande comercialização tendo fechado 2013 com R$ 158 milhões em vendas. “A expectativa é que este ano, com a expansão, chegue próximo aos R$ 200 milhões”, completa.

O diretor de expansão da Riachuelo, Marcos Tadeu, fala sobre a loja que será aberta em Maracanaú no final do ano. “O mercado é excelente e já estava no nosso radar. Estávamos esperando a oportunidade. Explica que a loja terá 1.400 m2 e vai gerar em torno de 50 ou 60 empregos diretos.

O gerente de expansão da Rabelo, Clarindo Castelo Branco, também comemora a expansão do shopping de Maracanaú. “A gente está lá há três anos e a expansão com certeza vai ajudar a melhorar os negócios e a vender mais”, diz, ressaltando que também comemora o sucesso do parceiro.

(Artumira Dutra, O Povo Online)

Global Experience – Fitness Manager reúne profissionais da área em Fortaleza

Fortaleza será sede do evento Global Experience – Fitness Manager neste sábado (26) e domingo (27). O evento ocorre no Hotel Mareiro, das 9h às 12h e 14h às 17h50. As atividades e palestras são abertas ao público, exceto as programadas para a manhã de sábado, exclusivas para empresários e profissionais de educação física.

Segundo a academia Tonu’s, que promove o evento, o Global Experience vai reunir diversos nomes do mercado cearense na área de fitness. Além das palestras, serão discutidos temas como o mercado de trabalho; estratégias e gestão; atuação nas áreas funcionais das empresas e técnicas de motivação.

Serviço
Hotel Mareiro
Avenida Beira Mar, 2.380, Meireles
Data: 26 e 27 de abril
Horário: das 9h às 12h e 14h às 17h50.

(G1 Ceará)

Gol anuncia novo voo entre Fortaleza e Buenos Aires

A Gol anunciou a criação de um voo direto entre o Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, e o Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires. O novo trecho será lançado no próximo dia 10 de maio. O voo terá decolagem aos sábados e será operado por aeronaves modelo Boeing 737-800NG e configuração GOL+, com mais espaço entre as poltronas.

Segundo a empresa, a iniciativa foi beneficiada pela redução da alíquota de ICMS sobre combustível de aviação, determinada pela Secretaria de Turismo do Estado do Ceará, através do Projeto de Lei 155/2013, que foi aprovado na Assembleia Legislativa (AL). A alíquota incidente no Ceará foi reduzida de 30% para 12%, aplicável para todos os voos nacionais que partem do estado do Ceará para as empresas que também operam voos internacionais regulares nesse destino.

Lia Bianchini, via Marcado e Eventos

Testes rápidos para aids e hepatite B serão realizados gratuitamente em Fortaleza

Ações de prevenção contra a aids e a hepatite B serão realizadas neste sábado, 26, das 8h às 13h, na Praça Murilo Borges, no Centro. Durante o horário, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) vai promover testes rápidos para as duas doenças.

Os exames são feitos a partir da coleta de uma pequena quantidade de sangue da ponta do dedo e o resultado sai minutos depois. Segundo a Sesa, o resultado do teste rápido tem a mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição em laboratório. O teste de Aids não deve ser feito de forma indiscriminada e a todo o momento. É aconselhável para quem tenha passado por uma situação de risco, como ter feito sexo sem camisinha.

Após a infecção pelo HIV, o sistema imunológico demora cerca de um mês para produzir anticorpos em quantidade suficiente para serem detectados pelo teste. Por conta disso, é melhor fazer o exame após esse período. No caso da hepatite, o teste rápido facilita o diagnóstico precoce da doença, que muitas vezes não manifesta sintomas e só é identificada quando o paciente já está com um quadro clínico grave.

A aids é uma doença causada pelo vírus HIV e que é transmitida através da troca de secreções (sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno) entre uma pessoa infectada e uma pessoa sadia, em situações como relações sexuais desprotegidas ou transfusões de sangue. As hepatites são doenças que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes do corpo humano. A hepatite B é uma doença sexualmente transmissível, mas também pode ser transmitida pelo contato com sangue e por materiais cortantes contaminados, como alicate de unha.

O Ministério da Saúde faz um alerta para alguns cuidados, como o uso de camisinha em todas as relações sexuais, não se deve compartilhar escova de dente, alicates de unha e lâminas de barbear ou depilar. As ações deste sábado fazem parte de atividades de promoção e proteção à saúde da Sesa em preparação para a Copa do Mundo da Fifa.

Redação O POVO Online

Decreto sobre feriados nos jogos da Copa em Fortaleza segue indefinido

A Prefeitura de Fortaleza ainda não definiu sobre decretar ou não feriados no período da Copa do Mundo de 2014, entre junho e julho deste ano. Durante audiência pública realizada nesta sexta-feira (24) na Câmara Municipal de Fortaleza, representantes do comércio se posicionaram contra os feriados.

De acordo com a entidade do comércio lojista, o prejuízo por dia parado pode chegar a R$ 1,2 milhão. “Nós somos contra os feriados. Somos a favor de um acordo para que o comércio possa funcionar. A nossa proposta é abrirmos e nos dias de jogos do Brasil, faltando duas horas [para o início do jogo], a gente fecharia. Nos outros dias abriria normal”, diz Paulo Sérgio Ximenes de Aguiar, diretor do Sindicato do Comércio Lojista (Sindilojas).

Das 12 cidades que vão sediar a Copa do Mundo, em apenas uma já houve a decretação oficial de feriados. No Rio de Janeiro, será feriado em todos os dias em que houver partidas no Maracanã. Em Belo Horizonte e Brasília, não vai haver feriados e nem ponto facultativo. Em São Paulo, Porto Alegre e Fortaleza, a situação permanece indefinida. Nas outras seis cidades-sede, deve ser decretado ponto facultativo nos serviços públicos estadual e municipal.

De acordo com a titular da Secretaria Extraordinária da Copa, Patrícia Alencar Macêdo, a Prefeitura de Fortaleza tem até o final de maio para definir. “Nós não temos um ponto de vista, uma posição. A Prefeitura quer ouvir a população, quer ouvir os interessados, as opiniões, os anseios. Quer saber qual é a necessidade de cada setor para poder, assim, decidir o que for melhor para a cidade de Fortaleza.”

Segundo o Ministério do Trabalho, em caso de decretação de feriado, o comércio não precisa, necessariamente, deixar de funcionar. Um acordo entre patrões e empregados pode garantir a abertura das lojas durante os jogos. “O prefeito [de Fortaleza] decretando feriado nos dias de jogos, o sindicato do comércio patronal e o dos trabalhadores podem sentar e negociar o funcionamento nesses dias. Para isso, tem de fazer um aditivo a uma Convenção Coletiva de Trabalho que está em vigor”, explica o Chefe de Fiscalização do Ministério do Trabalho, Luís Alves. Neste caso, segundo ele, é necessário que as datas dos feriados seja definida até o dia 15 de maio, para que as partes possam chegar a um acordo que deverá ser homologado pelo Ministério do Trabalho.

Transporte Coletivo
Para o Sindicato das Empresas das Empresas de Transporte Coletivo e Urbano (Sindiônibus) para que não haja problemas, é necessário que alguns setores parem. “Nos dias de jogos em Fortaleza vamos ter três que caem em sábado e domingo. Nos três que caem em dias úteis, se a gente não tiver aulas nas instituições de ensino e se tivermos ponto facultativo no serviço público, eu tenho a convicção de que nós teremos como fazer um remanejamento de frota necessária e suficiente para poder atender bem o torcedor que vai se deslocar para o Castelão”, acredita o superintendente técnico do Sindiônibus, Pessoa Neto.

(G1 Ceará)

Aeroporto improvisado e mobilidade lenta: Fortaleza a 50 dias da Copa

Se Fortaleza tem um Castelão pronto para receber qualquer jogo da Copa do Mundo de 2014, a cidade em si não está com a mesma capacidade. Longe de ter suas obras prontas, a Capital cearense irá recorrer a ‘imporvisos’ para conseguir suportar o maior contingente de pessoas no período das disputas do Mundial.

E as obras não devem ficar prontas tão rapidamente, mesmo depois da Copa. Algumas, com entraves na execução, arrastam-se e têm tudo para chegar em 2015 ainda com muita coisa por fazer. A mobilidade urbana segue como maior entrave. Das obras previstas, apenas duas delas devem estar com obras 100% concluídas. Mesmo que, visualmente, elas não pareçam estar prontas em 50 dias, tempo que falta para a bola rolar no primeiro jogo do Mundial.

O VLT, aclamado com obra de suma importância para desafogar o trânsito do Município, funcionará com o auxília dos trilhos dos trens de carga da região. O aeroporto também será improvisado. Com a Infraero rompendo contrato com o Consórcio que toca as obras, uma espécie de ‘puxadinho’ será utilizado para receber os turistas.

Ou seja, a 50 dias da Copa do Mundo em Fortaleza, somente o local onde os principais artistas deste evento estarão, o campo de jogo, estará preparado.

Mobilidade Urbana

As obras de mobilidade urbana seguem de forma lenta. Apenas as duas avenidas principais do entorno do Castelão têm previsão de estarem 100% em junho, no início da Copa do Mundo. A 50 dias do Mundial, a Prefeitura de Fortaleza já anunciou que não conseguirá entregar nada além do que elas. O discurso do legado na mobilidade urbana devido ao Mundial não vingou. O BRT da Alberto Craveiro, da Paulinho Rocha e a rotatória do Castelão, além do Eixo Via Expressa/Raul Barbosa, têm conclusão prevista para maio de 2014. Mas, na prática, estão com obras bem longe do término. As intervenções ligam a zona hoteleira da Capital cearense à Arena Castelão.

Na última atualização, a reforma e ampliação da Avenida Alberto Craveiro, principal acesso ao estádio, estava com 97,90%. Neste momento, o canteiro central está sendo finalizado e as calçadas padronizadas. A Secretaria Extraordinária da Copa em Fortaleza (Secopafor) diz que uma segunda camada de asfalto e a sinalização ainda precisam ser feitas antes do Mundial.

Obras do túnel no cruzamento das vias de acesso ao Castelão (Foto: Portal da Copa/Divulgação)Obras do túnel no cruzamento das vias de acesso ao Castelão. Previsão de entrega é para antes do Mundial
(Foto: Portal da Copa/Divulgação)

Já as obras da Paulino Rocha, segunda via de maior acesso ao Castelão, tem 64,56% de conclusão. Ainda com solo irregular, o principal entrave da via é o túnel que a liga à Avenida Silas Munguba (antiga Dedé Brasil). A Prefeitura argumenta que a obra está praticamente terminada, com 83,80% de conclusão. Mas basta passar pelo local para identificar que só a parte superior está quase concluída. O túnel em si ainda tem obras que se arrastam e o acúmulo de água em dias de chuva dificulta o seu término. Já o Eixo Via Expressa/Raul Barbosa, nas passagens pela Avenida Santos Dumont e da Avenida Padre Antônio Tomaz devem ser concluídas em maio, mas apresentam também muito trabalho a ser feito.

Enquanto se corre contra o tempo que que algumas obras ficam prontas às pressas, outras estão quase no início. Exemplos são as obras do BRT Dedé Brasil e o Eixo Via Expressa/Raul Barbosa. A primeira obra estava com apenas 9,11% de conclusão, na última atualização da Prefeitura, e apenas 10% serão entregues até o Mundial, segundo a Secopafor. A segunda obra também mal saiu do papel: só 11,60% pronta. Na avenida Raul Barbosa com Murilo Borges, a Prefeitura de Fortaleza alega que avança nas negociações das desapropriações, de um total de 196 imóveis.

Aeroporto

No Aeroporto de Fortaleza, a situação é bem mais grave. A Infraero, através de nota, afirma que o terminal remoto temporário será entregue no mês de maio. Trata-se de um improviso para receber o contigente maior de torcedores que chegarão para a Copa. A capacidade do terminal remoto temporário é de 400 mil passageiros.

Em nota, a Infraero comunica que é uma ‘obra com cronograma em processo de revisão’, mas que os aeroportos do Brasil para a Copa terão capacidade superior à demanda de passageiros, inclusive o da capital cearense.

Para completar, a própria Infraero abriu processo administrativo, nesta sexta-feira (25), com o intuito de rescindir o contrato com o consórcio responsável pelas obras de reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Pinto Martins. A obra tem, até então, 15,62% de conclusão e deveria ter sido entregue em março de 2014.

Porto do Mucuripe

A reforma do Porto do Mucuripe segue com previsão de entrega para o final do mês de maio. Nos últimos 50 dias, o andamento das obras seguiu como planejado, segundo a assessoria da Companhia Docas do Ceará. Com a reforma, o porto terá a implantação de um terminal marítimo de passageiros, a construção de um cais, a pavimentação e urbanização de via interna de acesso e estacionamento e um pátio. No entanto, até o momento, apenas um cruzeiro está previsto para atracar no local durante a Copa do Mundo.

VLT

Outra obra que não ficará pronta a tempo para a Copa é a do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Segundo a Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), apenas 50% das obras civis foram realizadas antes do Mundial, servindo ao ramal Parangaba-Mucuripe. Por isso, a partir de 31 de maio, os serviços serão iniciados no improviso. De acordo com a Seinfra, o modal vai operar de forma compartilhada com a linha férrea do trem de carga, já existente. A obra, que teve início em 2012, deveria ter sido concluída no ano passado. No entanto, se estenderá até depois do Mundial. O investimento é da ordem de R$ 276,9 milhões.

O projeto prevê, dentre outras, a construção de três tipologias de estação, sendo uma elevada em Parangaba, que fará integração com a Estação Parangaba – Linha Sul do Metrô de Fortaleza e o terminal de ônibus do Sistema Integrado de Fortaleza, a Estação elevada do Papicu (que fará a integração com a Linha Leste do Metrô e o terminal de ônibus) e outro tipo de padronização para outras oito estações: Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira, Antônio Sales, Mucuripe e Iate.

Metrô de Fortaleza

Com relação às estações Padre Cícero e Juscelino Kubitschek, que fazem parte da Linha Sul do Metrô, as obras seguem para o encerramento até próximo da Copa do Mundo. A área, por exemplo, da Estação Juscelino Kubitschek passa por processo de urbanização.

(Globo Esporte)

Grupo no Tribunal de Justiça do CE vendia habeas corpus para presos

O procurador-geral de Justiça do Estado do Ceará, Ricardo Machado, expediu nesta quarta-feira (23) ofícios ao presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Joaquim Barbosa, e ao corregedor nacional de Justiça, Francisco Cândido de Melo Falcão Neto, solicitando a cópia das informações que apontam para a suposta participação de membros do Ministério Público, bem como de advogados, servidores e magistrados do primeiro grau, numa rede organizada de venda de habeas corpus no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Ao ser levantada a possibilidade de participação de membros do MPCE nas irregularidades, o chefe da Instituição solicitou marcou uma reunião com o CNJ (FOTO: Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ)

O caso da venda de habeas corpus usados na soltura de presos foi admitido pelo TJCE, no dia 14, por meio do seu presidente, Luiz Gerardo Pontes. O presidente revelou haver uma rede organizada para venda de habeas corpus. As vendas aconteciam nos plantões do tribunal, inclusive aos domingos e feriados.

O tribunal constatou as irregularidades após aprovar, no dia 10, o requerimento solicitando que a Secretária Judiciária iniciasse um levantamento dos plantões nos últimos três anos. Além disso foi observada uma intensa movimentação de advogados nos finais de semana, de acordo o tribunal grande parte deles buscavam solturas dos clientes. Segundo o TJCE, os habeas corpus eram vendidos por até R$ 150 mil.

Investigações

O desembargador Washington Bezerra explica que o levantamento que ainda está sendo feito, fazendo uma análise de todos os plantões judiciários, especificando a data, o magistrado que estava atuando, o nome das partes, o nome do advogado, o tipo de pedido e a decisão. “Queremos mapear quem são os envolvidos e que padrão de conduta está sendo utilizado”, disse. Além disso, o desembargador pede que ao final de cada plantão seja remetido um relatório ao Órgão Especial, constando todas as informações do que ocorreu.

Envolvidos

O presidente do TJCE apontou que dois desembargadores estão sendo investigados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e advogados podem ser incriminados. Os nomes não foram divulgados no intuito de não atrapalhar as investigações. Márcio Gleidson, preso em 10 de março, acusado de matar duas pessoas, além de ser chefe de quadrilhas de tráfico de drogas no estado, foi um dos beneficiados do esquema.

Conselho Nacional de Justiça

Durante cerca de um mês, entre os dias 7 de agosto e 13 de setembro de 2013, o CNJ fez um relatório sobre o sistema carcerário no Ceará. Segundo eles, dos 15.486 processos de presos, 1.109 não foram localizados nas penitenciárias e cadeias. O CNJ chegou a chamar o sistema carcerário de caótico. O Tribuna do Ceará entrou em contato com CNJ para maiores informações sobre o esquema de solturas no TJCE, mas eles responderam que ainda não têm informações sobre as investigações.

(Marcella Ruchett, via Tribuna do Ceará)

Confira as vagas de trabalho ofertadas pelo Sine/IDT no Ceará

O Sine/ IDT oferta oportunidades de trabalho distribuídas em todo o Estado do Ceará. Em Fortaleza há vagas para açougueiro, agente de prevenção de perdas, ajudante de carga e descarga, ajudante de eletricista, ajudante de farmácia, analista de credito, assistente administrativo, assistente de vendas, auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza, barman, entre outras áreas.

Os trabalhadores podem agendar o atendimento no site do Sine/ IDT. Também tem oportunidades para trabalhadores com deficiência. Os candidatos devem procurar uma das 37 unidades do órgão no estado, portando RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de endereço e de escolaridade e uma foto 3×4.

Postos de Atendimento
Na capital, os postos de atendimento do Sine/IDT funcionam nos bairros Aldeota: (85) 3101.1660. Barra do Ceará: (85) 3101.2743, Parangaba: (85) 3101.3034 e Messejana: (85) 3101.2138.

Veja vagas em Fortaleza
Açougueiro – 3 vagas
Agente de prevenção de perdas – 5 vagas
Ajudante de carga e descarga – 10 vagas
Ajudante de eletricista – 3 vagas
Ajudante de farmácia – 3 vagas
Analista de credito – 10 vagas
Assistente administrativo – 3 vagas
Assistente de vendas – 5 vagas
Auxiliar administrativo e escritório – 5 vagas
Auxiliar de cozinha  – 10 vagas
Auxiliar de credito – 10 vagas
Auxiliar de enfermagem – 3 vagas
Auxiliar de limpeza 15 vagas
Barman  3 vagas
Bombeiro hidraulico 2 vagas
Costureira 45 vagas
Cozinheiro geral 5 vagas
Cumim 15 vagas
Eletricista  5 vagas
Eletrotecnico  1 vaga
Embalador a mão 5 vagas
Empregada domestica 5 vagas
Encanador 3 vagas
Fiscal de loja 3 vagas
Garçom  15 vagas
Marceneiro 5 vagas
Mecânico de veículos pesados 1 vaga
Mensageiro externo 5 vagas
Montador de estruturas metálicas 3 vagas
Motorista entregador  3 vagas
Operador de caixa  10 vagas
Operador de telemarketing 1.600 vagas
Pedreiro 5 vagas
Pintor de paredes 5 vagas
Pizzaiolo 3 vagas
Porteiro 8 vagas
Recepcionista atendente 5 vagas
Recepcionista de consultório médico 2 vagas
Servente de obras 5 vagas
Vendedor interno 15 vagas
Vendedor pracista 5 vagas
Zelador 5 vagas

Pessoa com deficiência
Av. João Pessoa, 6239 – Parangaba
(85) 3101.3034

Ajudante de eletricista 1 vaga
Bombeiro hidráulico 1 vaga
Encanador 1 vaga
Soldador 1 vaga
Eletricista 3 vagas
Eletrotécnico 1 vaga
Auxiliar de linha de produção 3 vagas
Operador de caixa 1 vaga
Estoquista 1 vaga
Assistente administrativo 2 vagas
Auxiliar de limpeza 1 vaga
Auxiliar de almoxarifado 3 vagas
Fiscal de loja 1 vaga
Operador de vendas 1 vaga

Veja vagas em Caucaia
Rua Juaci Sampaio Ponte, 2076
(85) 3101.3378

Abastecedor de máquinas de linha de produção 20 vagas
Auxiliar de corte 2 vagas
Auxiliar de costura no acabamento 1 vaga
Auxiliar de cozinha 8 vagas
Auxiliar financeiro 1 vaga
Bombeiro hidraúlico 1 vaga
Camareira de hotel 2 vagas
Cobrador externo 2 vagas
Coletor de lixo 1 vaga
Comprador 1 vaga
Confeiteiro 1 vaga
Coordenador administrativo 1 vaga
Cortador de roupas 1 vaga
Cozinheiro 2 vagas
Cumim 2 vagas
Empacotador a mão 2 vagas
Engenheiro eletricista 1 vaga
Faturista 1 vaga
Frentista 6 vagas
Garçom 8 vagas
Gari 1 vaga
Gerente comercial 1 vaga
Gerente de loja 1 vaga
Gerente de magazine 1 vaga
Mecânico de caminhão à diesel 1 vaga
Mecânico de motocicletas e mobiletes 1 vaga
Motoboy 3 vagas
Pizzaiolo 1 vaga
Revisor de tecidos acabados 1 vaga
Revisor de tecidos 1 vaga
Selecionador de castanha de caju 10 vagas
Serralheiro 1 vaga
Supervisor comercial 1 vaga
Supervisor de pessoal 1 vaga
Técnica em enfermagem 1 vaga
Vendedor 11 vagas

Veja vagas em Crateús
Rua Coronel Zezé, 1216
(88) 3692.3522

Acompanhante de idosos 3 vagas
Atendente de loja 1 vaga
Baba 3 vagas
Balconista de frios 1 vaga
Cabeleireiro 2 vagas
Caseiro 1 vaga
Costureira em geral 6 vagas
Cozinheiro em geral 2 vagas
Designer gráfico 2 vagas
Empacotador, a mão 2 vagas
Empregado da doméstico , nos serviços gerais 9 vagas
Esteticista 1 vaga
Manicure 5 vagas
Montador de móveis e artefatos de madeira 1 vaga
Motorista entregador 1 vaga
Promotor de vendas 1 vaga
Psicólogo social 1 vaga
Repositor de mercadorias 1 vaga
Servente de limpeza 1 vaga
Vaqueiro 1 vaga
Vendedor interno 1 vaga
Vendedor porta a porta 2 vagas
Vendedor pracista 5 vagas

Crato
Rua Monsenhor Esmeraldo, 686
(88) 3102.1240

Alimentador de linha de produção 3 vagas
Brigadista 1 vaga
Oficial de serviços gerais 1 vaga
Operador de injetora de plástico 1 vaga
Repositor de mercadorias 1 vaga
Vendedor interno 1 vaga

Iguatu
Rua Cel. Gustavo Correia, 171
(88) 3581.9453

Auxiliar de cozinha 1 vaga       
Babá 1 vaga  
Camareira de hotel 1 vaga       
Costureiras de máquinas industriais 1 vaga
Oficial de serviços gerais 1 vaga
Soldador  1 vaga
Técnico de enfermagem 1 vaga
Torneiro mecânico 1 vaga
Vendedor pracista 1 vaga

Limoeiro do Norte
Rua José Satino, 120
(88) 3423.6960

Operador de área de moagem 2 vagas
Operador de painel 2 vagas
Técnico de automação 1 vaga
Técnico de materiais 1vaga
Técnico de processos 1 vaga
Técnico eletrônico 4 vagas
Técnico mecânico 4 vagas
Costureira na confecção em série 3 vagas
Representante comercial autônomo 1 vaga
Técnico em enfermagem 1 vaga
Auxiliar de crédito 1 vaga
Empacotador 1 vaga
Trabalhador rural 2 vaga

Maracanaú
Av. do Contorno, 615 – 1º Distrito Industrial
(85) 3101.3030

Auxiliar de limpeza 7 vagas
Auxiliar de linha de produção 9 vagas
Auxiliar de pessoal 1 vaga
Auxiliar mecânico de ar condicionado 1 vaga
Auxiliar mecânico de refrigeração 1 vaga
Caldeireiro montador 4 vagas
Carregador e descarregador de caminhões 2 vagas
Conferente de mercadoria 1 vaga
Cozinheiro geral 1 vaga
Funileiro de manutenção 1 vaga
Instrutor educacional 5 vagas
Mestre de indústria têxtil 1 vaga
Motociclista no transporte de pessoas 1 vaga
Motorista de caminhão 2 vagas
Operador de caixa 3 vagas
Operador de máquinas fixas, em geral 2 vagas
Operador de motoniveladora 1 vaga
Operador de urdideira 1 vaga
Padeiro 1 vaga
Pintor de automóveis 1 vaga
Pintor de cerâmica a pistola 1 vaga
Serralheiro 1 vaga
Soldador 4 vagas
Técnico de máquinas eletrônicas 1 vaga
Técnico em manutenção mecatrônica 1 vaga
Vendedor interno 2 vagas
Vendedor pracista 8 vagas

Maranguape
Rua Mundica Paula, 216 -Centro
(85) 3101.2813

Auxiliar de linha de produção 40 vagas
Borracheiro 3 vagas
Cobrador 5 vagas
Costureira na confecção em série 30 vagas
Cronoanalista 1 vaga
Eletricista 3 vagas
Mecânico 3 vagas
Motorista de ônibus 5 vagas
Pintor 3 vagas
Supervisor de produção 1 vaga

Pacatuba
Rua Coronel José Libânio, 412
(85) 3101.3352

Alimentador de linha de produção 2 vagas
Auxiliar de limpeza 2 vagas
Auxiliar de linha de produção 15 vagas
Costureiro, a máquina na confecção em série 7 vagas
Eletricista de manutenção industrial 1 vaga
Ferramenteiro 1 vaga
Inspetor de linha de produção 1 vaga
Inspetor de qualidade / revisor 3 vagas
Mecânico de manutenção de máquina industrial 1 vaga
Motorista de caminhão-guincho pesado com munk 1 vaga
Costureiro, a máquina na confecção em série 6 vagas
Vendedor 7 vagas

Quixeramobim
Rua Dona Francisca Santiago, 30 – Centro
(88) 3441.4910

Atendente de balcão 1 vaga
Churrasqueiro 1 vaga
Comprador 1 vaga
Cozinheira em geral 1 vaga
Instrutor de informática 2 vagas
Motorista entregador 3 vagas
Operador de caixa 1 vaga
Pedreiro 30 vagas
Pesador 4 vagas
Pizzaiolo 1 vaga
Repositor de mercadorias 1 vaga
Vendedor pracista 20 vagas

São Gonçalo do Amarante / Pecém
Rua Major Adelino, 338
(85) 3315.1375 / 3315.4504

Agente de microcrédito 1 vaga
Analista administrativo 1 vaga
Analista de logística de transporte 1 vaga
Auxiliar de cozinha 1 vaga
Auxiliar de manutenção predial 1 vaga
Auxiliar de movimentação de cargas 3 vagas
Bombeiro hidráulico 1 vaga
Camareira de hotel 1 vaga
Comprador 1 vaga
Coordenador de operações portuárias 1 vaga
Gerente de restaurante e pousada 1 vaga
Instrutor de informática 1 vaga
Jardineiro 1 vaga
Montador de andaimes 5 vagas
Motorista de carro de passeio 1 vaga
Oficial de serviços gerais na manutenção de edificações 3 vagas
Operador de grua 1 vaga
Pedreiro 2 vagas
Porteiro 2 vagas
Sinaleiro 1 vaga
Zelador 1 vaga

(G1 Ceará)

Dragão Fashion Brasil 2014: Confira a programação completa do

De 23 a 27 de abril, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura abre suas portas para o “Dragão Fashion Brasil”, com uma programação gratuita e especialmente voltada para a moda, cultura e indústria criativa.

Além de 41 desfiles, entre grandes nomes internacionais e da moda brasileira, serão ainda apresentados ao público, novos talentos nacionais e locais, e algumas das mais relevantes marcas made in Ceará.

Os presentes no evento ainda terão a oportunidade de participar workshops, palestras, mesas redondas e feira gastronômica.
Confira a programação completa do “Dragão Fashion Brasil 2014”:

 

24/04 – QUINTA FEIRA
DRAGÃO PENSANDO MODA
08h – Credenciamento para o Dragão Pensando Moda
Onde – SESC SENAC Iracema (Rua Boris, 90, Praia de Iracema)

09h – ABERTURA OFICIAL DO EVENTO DRAGAO PENSANDO MODA – Boas vindas pela diretora regional do SENAC- Ana Cláudia Martins e o realizador do evento – Cláudio Silveira, patrocinadores e apoiadores do evento.

09h30 – Palestra Magna – Liisa Jokinen | Finlândia| Sreet Style e moda bem sucedida em mercados alternativos.

11h – Mesa redonda I- Moda Contemporânea Brasileira – Os Novos rumos, com Edson Matsuo, Cláudio Santana, Eduardo Motta , Marcia Travessoni e Luana Clopper.

14h30 – Palestra – Os Desafios da Indústria da Moda na nova economia criativa com Jorge Faccione, presidente do grupo Use Fashion.

15h15 – Mesa redonda II – Economia criativa : Moda e artesanato, com Expedito Seleiro, Lindebergue Fernandes e Raquel Gondim.

16h45 – Palestra : Os Novos mercados do fast fashion para o Brasil com Enrico Cietta

18h – Palestra O Sucesso do negócio de moda no século XXI, uma reflexão sobre tops trends, o momento histórico e as orientações de estrategistas globais: Como reinventar o seu modelo de negocio? Com Paula Limena

FASHION SHOWS
18h30 – Sala 3 – Desfiles Carol Barreto e DoValle
19h30 – Sala 2 – Desfile Ronaldo Silvestre
20h –  Sala 1 – Desfile Atelier Criativo Mark Greiner e Roberto Dias
20h30 – Sala 3 – Desfile Lindebergue Fernandes
21h – Sala 1 – Desfile MAKE B

25/04 – SEXTA FEIRA
DRAGÃO PENSANDO MODA

08h – Credenciamento para o Dragão Pensando Moda
Onde: SESC SENAC Iracema

De 08h30 às 13h30
CURSOS:
– Acessórios com fios e texturas por Mary design (15h)
– Origami em tecidos por Thais Kato (15)
– Workshop
– Fotografia Street style com Liisa Jokien (8h)

De 13h30 às 18h30
CURSOS
– Imagem de Moda – Como criar anúncios, catálogos e desfiles?  Com Mario Queiroz (15h)
– Mercados possíveis: Consultoria de imagem com Jô Sousa (12h)
– Fashion to take way com Eliana Alcantara e Santiago Dussan

FASHION SHOWS
18h30 – Sala 3 – Desfiles Jonathan Scarpari e Rebeca Sampaio
19h30 – Sala 2 – Desfile Nico Didonna
20h – Sala 1 –Ivan Aguilar
20h30 – Sala 3 – Desfile Atelier Criativo Ivanildo Nunes e Cláudio Quinderé
21h – Sala 2 – Desfile Lizzi
21h30 – Sala 1 – Desfile Florinda

20h – Coquetel SENAC Lançamento Dragão Fast fashion com Enrico Cietta e donos de magazines locais – Sesc SENAC Iracema

Festa – Lounge Cristal Dragão Level

26/04 – SÁBADO
DRAGÃO PENSANDO MODA

08h – Credenciamento Dragão Pensando Moda
Onde: SESC SENAC Iracema

08h30 às 13h30 – Cursos
– Acessórios com fios e texturas por Mary Design
– Origami em tecido por Thais Kato
– Inteligência competitiva na moda com Paula Visoná
– Make : Passarela e Moda com Beto França
– Tecnologia Têxtil com Mitiko Medeiros

13h30 às 18h30
CURSOS
– Imagem de Moda – Como criar anúncios, catálogos e desfiles?  Com Mario Queiroz
– Fashion to take way com Eliana Alcantara e Santiago Dussan
– Mercados possíveis: Consultoria de imagem com Jô Sousa (12h)
– Modelagem com Nico Didona

FASHION SHOWS
17h30 – Sala 2 – Concurso dos Novos I – Centro Universitário Dinâmico das Cataratas | Fac. Santa Marcelina | Instituto de Desenvolvimento Educação e Cultura (IDEC) | Pontifícia Universidade Católica do Paraná
18h30 – Sala 3 – Desfiles Eliana Alcântara e Viori
19h – Sala 2 – Gisela Franck
19h30 –Sala 1 –  Água de Coco por Liana Thomaz
20h  – Sala 3 – Desfile Atelier Criativo Kalil Nepomuceno e Jussara Regás
20h30 – Sala 2 – 2|Dois por Weider Silveiro e Jadson Raniere
21h – Sala 1 – Vitorino Campos

27/04 – DOMINGO
DRAGÃO PENSANDO MODA

08h – Credenciamento Dragão Pensando Moda
Onde: SESC SENAC Iracema

08h30 às 13h30
CURSOS
– Acessórios com fios e texturas por Mary Design
– Origami em tecido por Thais Kato
– Inteligência competitiva na moda com Paulo Visoná
– Make: Passarela e Moda com Beto França
– Tecidos e seus comportamentos com Mitiko Medeiros

13h30 às 18h30
CURSOS
– Fashion to take way com Eliana Alcantara e Santiago Dussan
– Mercados possíveis: Consultoria de imagem com Jô Sousa (12h)
– Modelagem com NIKO DIDONA
– Imagem de Moda – Como criar anúncios, catálogos e desfiles?  Com Mario Queiroz

FASHION SHOWS
18h30 – Sala 1 – Apresentação Encerramento desfile Comunidade Moda – Ação final
Desfile Concurso dos Novos – Universidade Estadual de Londrina | Universidade Federal de Minas Gerais | Universidade Federal do Ceará | Universidade Federal do Piauí
19h30 – Sala 2 – Desfiles Maria Philomeno e David Lee
20h – Sala 2 – Desfile Alix Pinho
20h30 – Sala 3 – Desfile Atelier criativo Alysson Aragão e Suzane Farias
21h – Sala 2 – Desfile Nuno Gama
21h30 – Sala 1  – RCHLO

AÇÕES PARALELAS:
Jardim das Delícias- 1ª Encontro de street food com curadoria e participação do chef Fernando Barroso.
Durante todo o DFB 2014, o público visitante vai conferir um cardápio exclusivamente desenvolvido com ingredientes regionais. Cada chef convidado apresenta receitas próprias em sua ilha gastronômica:

– Marie Anne, do Le Marché
– Anna Paula, da Babelutti
– Lúcio Figueiredo, do Vojnilô;
– Cynthia Miller, da Creperia Ohana
– Barbara Porro, Barbara Porro Patisserie
– Pedro Emílio, do Statvs Arts
– Fernando Barroso

Sexta-feira, 25 – Ação com a chef Louise Benevides do restaurante Casa de Moá, apresentação de alimentação saudável.

Lounge Enfeitiçadas IN

23/04 – “Fitness” com Carol Yamazaki
Mesa redonda com a Profissional de Educação Física, Carol Yamazaki, falando sobre a importância da atividade física para o envelhecimento tardio.

24/04: “Instafashion” com Isabele Temóteo + Instakiosque
Trocadores para o público experimentar as roupas compradas no evento, registrando seus looks em tempo real no Instagram, através do Instakioske e aproveitando as dicas de moda e comportamento de Isabele Temóteo.

25/04 : “Beauté” com Dra. Mariana Pimenta
Tira dúvidas sobre estética e beleza com a Dra. Mariana Pimenta e os últimos lançamentos do mercado.

26/04 : “Nutridicas” com Nicole Bebevides
Bate papo com a nutricionista Nicole Benevides, que dará dicas de alimentação e ensinará receitinhas lights.

27/04 : “Fashion Trip” com Sávio Brito
Dicas dos roteiros mais descolados e destinos mais badalados. Referência de bom gosto e a dica certa do que rola de mais bacana no turismo internacional.

SERVIÇO: 
Dragão Fashion Brasil 2014
Quando: 23 a 27 de abril
Onde: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMA), Fortaleza (CE)
Evento aberto ao público. Convites gratuitos dos desfiles disponíveis todos os dias na bilheteria do Planetário do Centro Culturas Dragão do Mar de Arte e Cultura.
Outras informações: (85) 3261.3656 ou www.dfhouse.com.br

 

Redação O POVO Online

Fan Fest em Fortaleza custará R$ 10 milhões ao poder público da cidade

Carmen Pompeu – O Estado de S. Paulo

FORTALEZA – Fortaleza parou na manhã desta quinta-feira para a visita do número dois da Fifa, o secretário-geral Jérôme Valcke. O dirigente, ao lado de Ronaldo, conheceu o local onde ocorrerá a Fan Fest na capital cearense durante a Copa do Mundo. O evento será no Aterro da Praia de Iracema e terá um custo de R$ 10 milhões.

Fan Fest em Fortaleza terá mais de 30 atrações na Copa - Reuters
Reuters
Fan Fest em Fortaleza terá mais de 30 atrações na Copa
NOTÍCIAS RELACIONADAS
A verba para a realização de uma das principais ações da Fifa está sendo viabilizado pela Prefeitura de Fortaleza por meio de patrocínios de empresas privadas. Com essa captação, o poder público pretende contratar artistas nacionais para a festa durante a Copa.

Durante a visita desta quinta-feira, a Autarquia Municipal de Trânsito de Fortaleza interditou todas as ruas por onde passou a comitiva da Fifa. Valcke fez elogios à área da Fan Fest, cuja capacidade é de mais de um milhão de pessoas. O dirigente disse que ficou “maravilhado” com o espaço à beira-mar. “É um local fantástico para a Fan Fest em Fortaleza. Sol, praia, música e futebol. Os fãs com certeza vão se divertir aqui”, afirmou.

Mesmo cercado de segurança, Valcke teve tempo de postar algumas mensagens sobre a visita a Fortaleza através das redes sociais. O secretário-geral da Fifa destacou que o evento é vital para o sucesso do Mundial 2014, pois “permite que os fãs experimentem gratuitamente o ambiente de Copa fora do estádio”.

As atrações da Fan Fest em Fortaleza também foram anunciadas nesta quinta. São 30 atrações que se apresentarão durante a Copa no Aterro na Praia de Iracema. Vai de Maracatu a Pop, passando por MPB, Forró, Sertanejo, Axé, Samba e DJ. As maiores atrações são Michel Teló, Aviões do Forró, Durval Lellys, Léo Santana, Netinho, Biquini Cavadão e Digo Nogueira.

A lista de atrações traz ainda Simone e Simaria, Tomate, Péricles, Sambô, Arsenic, Dona Zefa, The Dillas, Guto Ribeiro, Soul Pop, Camaleões da Vila, Israel Sousa e Banda, O Verbo, Kbra da Peste, DJ  Seiki, Maracatu Nação Iracema, Leite de Rosas & os Alfazemas, Banda Sintese, It Girl, Dona Leda, Forró do Movimento, Forró 100%, Matheus Fernandes, Sertanois, Luis Marcelo & Gabriel, Banda Pirata, The Vibe, Italo e Renno e Mesura.

A Fifa organizou esse tipo de torcida e de local para os torcedores na Copa do Mundo da Alemanha. Nos Mundial de 2006 e 2010, da África do Sul, cerca de 24 milhões de pessoas assistiram aos jogos dos torneios em Fan Fests. As entradas no Brasil serão francas.

Fortaleza será palco de seis partidas da Copa do Mundo. O Castelão receberá quatro confrontos da primeira fase, além de uma partida das oitavas e outra das quartas de final. O pontapé inicial ocorrerá no dia 14 de junho, com Uruguai e Costa Rica. Três dias depois, Brasil e México se enfrentam. No dia 21, será a vez de Alemanha e Gana jogarem no estádio. Depois, dia 24, Grécia e Costa do Marfim medem forças no Castelão. 

Douglas Rafael (DG): Corpo de dançarino do Esquenta será enterrado hoje no Rio

A apresentadora Regina Casé lamentou novamente a morte do dançarino conhecido como DG, do programa “Esquenta!”. “Abraçados…, de roupa…., chorando…. adormecemos por algumas horas. Hoje o dia vai ser duro. Apoiar e amparar sua família, a minha, a nossa… E procurar forças pra enterrar nosso menino e buscar coragem pra continuar… DG Vem que vem pra sempre pros nossos corações!”, escreveu, nesta quinta-feira (24), em seu Instagram.

O corpo de Douglas Rafael da Silva Pereira, de 26 anos, será enterrado nesta quinta no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio. O velório do dançarino começou já na quarta e será reiniciado a partir de 13h.

DG foi encontrado morto na terça em uma creche do Morro Pavão-Pavãozinho, favela pacificada, na Zona Sul. Na noite desta quarta, o secretário de Segurança do Estado, José Mariano Beltrame, confirmou que o laudo sobre a causa da morte de Douglas informa que a vítima tinha uma perfuração de arma de fogo, que foi fatal. Revoltada, a mãe dele, Maria de Fátima da Silva, criticou a ação policial e disse ter certeza de que ele foi vítima de policiais da Unidade de Polícia Pacificadora local.

Casé já havia declarado na terça-feira estar “arrasada” e pediu que o crime fosse apurado. “Eu estou arrasada e toda a família Esquenta está devastada com essa notícia terrível. Uma tristeza imensa me provoca a morte do DG, um garoto alegre, esforçado, com vontade imensa de crescer. O que dizer num momento desses? Lamentar claro essa violência toda que só produz tragédias assim. Que só leva insegurança às populações mais pobres do país. Agora, é impossível saber exatamente o que houve. Mas é preciso que a Polícia esclareça essa morte, ouvindo todos, buscando a verdade. A verdade, seja ela qual for, não porá fim à tristeza. Mas é o único consolo”, disse.

Mais cedo, a assessoria de imprensa da TV Globo informou que a “família Esquenta está profundamente abalada e triste com a notícia da morte”. “Perdemos um dos mais criativos dançarinos que já conhecemos em qualquer palco. Desde a primeira temporada do nosso programa, há quatro anos, DG só alegrava nossas gravações. Ele vai sempre ser lembrado em nossas vidas por estas duas palavras: alegria e criatividade”, dizia o texto da nota.

(G1 Rio de Janeiro)

Fifa Fan Fest Fortaleza terá show de abertura com Aviões do Forró

A prefeitura de Fortaleza informou na manhã desta quinta-feira (24), durante visita do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, a Fortaleza que a estrutura do Fan Fest – evento oficial da Fifa para reunir torcedores fora do perímetro dos estádios – vai reunir, a cada jogo, até 50 mil pessoas. O evento terá 20 dias, com telões e programação cultural gratuita, no Aterro da Praia de Iracema, das 11 horas às 21 horas. A banda Aviões do Forró fará a abertura da festa

A Fifa é responsável por palco, luz, som e comunicação visual, enquanto a montagem da estrutura do evento cabe à Prefeitura (instalações temporárias, segurança, praças de alimentação, organização e limpeza).

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, visitou nesta manhã o local que vai receber a Fifa Fan Fest. Em seguida, a comitiva seguiu para o Paço Municipal, onde concede entrevista coletiva. Acompanhando a visita estão o pentacampeão do mundo Ronaldo Fenômeno e o CEO do COL, Ricardo Trade, além do secretário Especial da Copa 2014 no Ceará, Ferruccio Feitosa e secretária Extraordinária da Copa de Fortaleza, Patrícia Macêdo.

Fortaleza fecha o ciclo da comitiva, que já passou por São Paulo, Curitiba e Cuiabá. Depois do tour, o secretário-geral vai participar da reunião de diretoria do COL, no dia 25 de abril, no Rio de Janeiro.

(G1 Ceará)

Cid Gomes convida PC do B para ser vice na chapa do PROS

O comando do PROS já fez a oferta ao PC do B para a aliança eleitoral que está formando para 2014. O PC do B terá o lugar de vice na chapa e o lugar foi oferecido ao senador Inácio Arruda.

Inácio arruda não deve aceitar. Caso o PC do B tope, o indicado será o deputado federal João Ananias, líder político de Santana do Acaraú. O PC do B pode também se aliar ao PMDB e Inácio sair candidato ao Senado, encarando Jereissati numa dobradinha com Eunício Oliveira.

(Blog do Roberto Moreira)

Luizianne Lins está dando gargalhadas

Luizianne Lins está dando boas gargalhadas no Rio de Janeiro, onde mora reside provisoriamente. Luizianne está concluindo mestrado.

 A ex-prefeita de Fortaleza, sempre acreditou que poderia sair beneficiada no processo e conquistar seu troféu. Disputar o governo ou o Senado.

Não está muito longe de alcançar seu objetivo.

No Ceará, Dilma caminha para ter três palanques.

(Blog do Roberto Moreira)

BNB anunciará convocação de 1.200 aprovados no concurso de 2010

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) convoca até final deste mês cerca de 1.200 candidatos que foram aprovados no concurso de 2010. Eles serão chamados, para assumir até 9 de junho. Um total de 1.892 dos aprovados já foram convocados até fevereiro de 2014, ficando o restante no cadastro de reserva.

O superintendente em exercício, Marcos Marinelli, disse que como o banco ainda está concluindo o levantamento de vagas, não poderia dizer o quantitativo só para o Ceará. Ele adiantou que o banco está enviando telegramas para que os interessados se apresentem com a documentação necessária para assumir os cargos.

Enquanto isso, o presidente do BNB, Nelson Souza, já anunciou outro concurso público para cobrir, de imediato, 12 vagas e formar novo cadastro de reserva. As inscrições, para o cargo de nível médio, analista bancário 1, estão abertas até dia 8 de maio. A remuneração inicial para analista bancário é de R$ 2.043,36, para especialista técnico R$3.536,84, acrescido de adicional que pode totalizar um salário que varia entre R$5.456,72 e 9.563,28, conforme for a área de qualificação

Os concursados que atenderem ao chamado do banco deverão assumir até 9 de junho, data de término da validade do concurso de 2010. As convocações são para os cargos de analista bancário, analista técnico e especialista técnico.

De acordo com informações do BNB, os concursados estão sendo lotados nas agências, nas centrais, nos órgãos da Direção Geral e nas demais unidades administrativas do banco.

(O Povo)

Cotidiano de travestis e transexuais é tema da exposição ‘Elas, Madalenas’

Exposição fica até dia 29 no Memorial Minas Gerais Vale, na Praça da Liberdade

Marcio Claesen

O cotidiano de transexuais, travestis, drag queens e pessoas que transgridem os gêneros é tema da exposição Elas, Madalenas, em cartaz até 29 de abril de Memorial Minas Gerais Vale.

Curta o Guia Gay BH no Facebook.

Clicadas por Lucas Ávila, as personagens da mostra são de idades, profissões e condições sócio-econômicas diferentes e aparecem em suas casas ou locais que costumam frequentar.

“O recorte diurno, que não contempla questões relacionadas à prática sexual, mostra parte da realidade pouco vista pela sociedade. O objetivo é fazer com que o espectador veja a transição de gênero com naturalidade”, diz o material de divulgação da exposição.

A mostra só foi possível graças ao sistema de crowdfunding, pelo site Variável 5. O valor inicial era de R$ 6.500, mas o montante arrecadado chegou a R$ 10.830 em 25 dias. O dinheiro extra foi usado para aumentar a qualidade e a quantidade dos materiais gráficos e o restante será doado para a Articulação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), que combate a transfobia e presta auxílio jurídico às pessoas trans.

A exposição está em cartaz de terça a domingo. Para mais detalhes, confira em nossa Agenda.

Via http://guiagaybh.com.br

 

 

Apple cobra 57 vezes mais que o devido, diz Samsung

San Francisco – A Samsung Electronics Co. diz que as reclamações da Apple Inc. por violação de patentes por US$ 2,19 bilhões são 57 vezes mais altas do que a fabricante do Galaxy deveria pagar caso um júri considere que infringiu a tecnologia de smartphones.

Ontem, a Samsung recorreu a uma professora da escola de administração da Universidade de Yale para apresentar seu ponto de vista perante um júri federal em San Jose, Califórnia, segundo o qual, se tiver que pagar, a soma deveria ser de até US$ 0,35 por telefone: uma dura comparação com a exigência da Apple de mais de US$ 40 por telefone.

A empresa com sede em Suwon, Coreia do Sul, também iniciou seu próprio processo ontem, acusando a Apple, com sede em Cupertino, Califórnia, de violar duas das suas patentes.

O testemunho da professora Judith Chevalier partiu de um argumento do advogado da Samsung apresentado no princípio do processo, segundo o qual a cifra multibilionária da Apple é uma “exageração grosseira” e um “insulto” à inteligência dos jurados. Conforme a Samsung, os danos à Apple estão inflados, pois as cinco funções de smartphones patenteadas em questão são de valor marginal.

O segundo julgamento nos EUA entre as duas maiores fabricantes de smartphones do mundo segue a batalhas legais em quatro continentes para dominar um mercado cotado em US$ 338,2 bilhões no ano passado, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Proporção da receita

A Samsung teve 31 por cento da receita da indústria, comparados com 15 por cento para Apple, cuja participação no mercado diminuiu à medida que a interface da tela de toque se popularizou e a Samsung, a LG Electronics Inc. e o Lenovo Group Ltd. apresentaram alternativas de custos menores.

Chevalier, professora de economia e finanças na Escola de Administração de Yale, foi chamada pela Samsung para contestar um relatório feito para a Apple por Christopher Vellturo, consultor treinado no MIT com sede em Boston.

Vellturo disse que os US$ 2,19 bilhões solicitados pela fabricante do iPhone representam dois tipos de danos: lucros perdidos e royalties razoáveis que a empresa deveria ter ganhado com mais de 37 milhões de produtos em violação das patentes vendidos pela Samsung entre agosto de 2011 e dezembro de 2013.

Conforme a lei sobre patentes, para calcular os danos, pede-se às empresas que recriem uma negociação “hipotética” de licenças, segundo Brian Love, professor de Direito na Universidade de Santa Clara. As estimações de danos de Vellturo assumem que a Samsung “capitularia” e “cederia” às exigências de royalties da Apple, disse Chevalier.

Ela argumentou que as patentes da Apple em questão no caso possuem um valor tão marginal que a empresa não perdeu lucros pela violação da Samsung.

“Minha análise compensa a Apple mediante royalties razoáveis e sem lucros perdidos”, disse Chevalier aos jurados. “Quando a Samsung vende um telefone, é possível que a Apple esteja perdendo. Mas isso não é o mesmo que dizer que a Apple perde vendas porque a Samsung viola as patentes da Apple”.

A Apple afirma que dez produtos da Samsung, incluindo o Galaxy S3, violam cinco patentes que abrangem uma série de designs de interface de usuário para o software iOS com que funcionam o iPhone e o iPad, incluindo funções como a de arrastar para desbloquear, correções ortográficas automáticas e a possibilidade de que um usuário faça uma ligação clicando em um número de telefone dentro de um site ou um e-mail em vez de ter que marcá-lo separadamente.

Produtos da Apple

A Samsung alega que oito produtos da Apple, incluindo o iPhone 5 e versões do iPad e do iPod, violam duas das suas patentes.

Uma reclamação é que o FaceTime, o serviço de chat com vídeo da Apple, viola uma patente que cobre a tecnologia para comprimir dados de vídeos, de forma tal que estes possam ser enviados por uma rede de telefonia celular.

A outra patente em questão no processo, adquirida pela Samsung da Hitachi Ltd., do Japão, em 2011, abrange funções ligadas à recuperação, classificação e organização de imagens digitais.

A Samsung perdeu 0,4 por cento para fechar a 1.375 won sul-coreanos em Seul. O índice de referência Kospi ganhou 0,3 por cento.

(Via Joel Rosenblatt, da )

Nokia mudará nome para Microsoft Mobile

São Paulo – Um documento vazado na última semana indica que como parte da aquisição da Nokia, a Microsoft pretende renomear a empresa Nokia Oyj para Microsoft Mobile Oy.

O site NokiaPowerUser, que descobriu o documento, aponta que os memorandos foram enviados pela Nokia e também trazem detalhes sobre os atuais dispositivos e fornecedores da empresa.

“Por favor, observem que após finalizada a transação entre Microsoft e Nokia, o nome Nokia Corporation/Nokia Oyj irá mudar para Microsoft Mobile Oy. Este será o nome legal que deverá ser usado para a emissão de faturas e outros documentos oficiais”, diz o documento.

Para quem não está familiarizado com os nomes, na Finlândia — país de origem da Nokia — os nomes “Oyj” e “Oy” são utilizados para designar corporações. Portanto, a Nokia Corporation, que foi comprada pela Microsoft, irá se transformar em Microsoft Mobile.

No documento, a Nokia também assegura seus parceiros que todos os acordos existentes serão mantidos pela Microsoft, sem modificações nos termos e condições de serviço.

A Microsoft anunciou a compra da Nokia (divisão de dispositivos móveis) por 7,2 bilhões de dólares em setembro de 2013 — o conselho da Nokia aprovou a negociação em novembro do mesmo ano.

Em um comunicado na última semana, a Nokia revelou que espera a finalização da compra pela Microsoft até o dia 25 de abril.

 (Mônica Campi, via Info)

Brasil ganha três novos shoppings por mês em 2013, segundo Ibope

O Brasil inaugurou 36 novos shoppings em 2013, em média três por mês, e deve ganhar 103 novos até 2017. Os dados são do Cadastro de Shopping 2014, ferramenta do Ibope Inteligência que reúne informações sobre o setor no país.

De acordo com os dados do levantamento, o país fechou o ano passado com 459 shoppings abertos. A maioria deles está no Sudeste (244), que possui 56% do total do mercado. Em seguida, estão a Região Sul (82), Nordeste (65), Norte (22) e Centro-Oeste (46).

O maior aumento ocorreu no Norte e Centro-Oeste. Foram respectivamente 20% e 15% de crescimento em relação a 2012, com três inaugurações cada.

Até 2017, devem ser inaugurados 107 novos shoppings: 44 no Sudeste, 24 no Nordeste, 16 no Sul, 11 no Norte e oito na Região Centro-Oeste.

Cidades menores
O Ibope também mostra que os municípios com até 500 mil habitantes têm sido o foco dos empreendimentos, uma tendência dos anos anteriores.

Dos 36 inaugurados no ano passado, 42% estão nessas cidades. Para 2014, a previsão é que 73% das inaugurações sejam em municípios desse porte, ultrapassando as cidades grandes.

Boa Vista, capital de Roraima, com uma população estimada em pouco mais de 300 mil habitantes, é a única capital que ainda não possui shopping. Dois estão em construção, previstos para serem inaugurados neste ano, segundo o Ibope.

O Ibope Inteligência considera shoppings os empreendimentos com mais de 4.000 m2 de área de varejo, predominantemente locados e com administração centralizada.

(g1)

São Paulo e Brasília disputam o posto de cidade mais cara do Brasil

São Paulo e Brasília disputam o posto de cidade mais cara do Brasil. Comparando o custo de vida com o restante do País, a capital paulista tem preços 9% maiores que a média nacional. Já na capital nacional os preços são 15% superiores.

Os cálculos são parte de um estudo do BC (Banco Central), que projeta que serão necessários 25 anos para a região metropolitana de São Paulo recuar para o preço médio verificado no País.

O Nordeste, em contraponto, tem o menor custo de vida, 14% inferior ao da média nacional. No entanto, essa diferença começa a diminuir.

Com o avanço econômico da região Nordeste nos últimos anos e a maior demanda por produtos e serviços, os preços desses itens passaram a subir, mas o processo ainda é lento: serão necessários 89 anos para que a região atinja o custo de vida médio do Brasil.

No Norte, esse prazo de convergência é ainda maior, e chega a 119 anos. O estudo do BC destaca ainda que, das cinco grandes regiões brasileiras, três estão ficando mais caras (Norte, Nordeste e Sul), uma está ficando mais barata (Sudeste) e uma está estável (Centro-Oeste), sem perspectiva de cair para a média nacional.

Para economistas ouvidos pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, os dados do Banco Central evidenciam, além das diferenças regionais de níveis de preço, que as desigualdades brasileiras persistem.

A despeito de avanços, sobretudo depois da expansão do grupo que se convencionou chamar de nova classe média, e de programas de distribuição de renda, as regiões onde são verificados os menores custos de vida ainda estão associadas com os menores salários e os piores níveis de bem estar social, com exceção do Sul.

“Essa diferença de preços se explica pelas diferenças históricas e pelo mercado de trabalho regional”, afirma Vagner Alves, economista da gestora de recursos Franklin Templeton.

— No caso de São Paulo, o custo da mão de obra é o que puxa os níveis de preço, assim como em Brasília.

Disparidade

Segundo a pesquisa, o maior nível de qualidade de vida está no Sul. Para Alves, isso se explica porque a região tem patamar de preços 4% menor que a média nacional e, ao mesmo tempo, baixa taxa de desemprego.

“Consequentemente, o Sul também detém uma das rendas mais elevadas”, observa o economista Alves.

— Se comparar São Paulo com Porto Alegre, não há diferença no preço de serviços; essa disparidade pode ser observada, no entanto, nos preços de bens e nos preços administrados, segmentos nos quais a inflação paulista é maior.

O Norte e o Nordeste, em contraponto, têm os menores níveis de bem estar, mas se aproximam gradualmente das outras áreas do País.

Para Fábio Bentes, economista da CNC (Confederação Nacional do Comércio), houve um processo entre 2003 e 2012 no qual o custo de vida mais baixo ajudou a impulsionar a renda e o poder aquisitivo.

Na visão de Bentes, porém, esse processo perdeu força a partir de 2013, por causa da inflação.

— Nas regiões mais pobres, a pressão maior vem dos preços dos alimentos.

Tabelas

Sérgio de Souza Carvalho Júnior, diretor do Grupo 5 sec Brasil, explica que a rede de franquias de lavanderias trabalha com quatro tabelas diferentes para que os preços se adéquem à realidade local.

— Em Alagoas, o pessoal trabalha com tabela zero, a mais barata. Isso porque a concorrência lá ainda é contra a lavadeira de rio. A gente tem de estar antenado para respeitar as necessidades de cada microrregião. Dentro da Grande São Paulo, eu tenho cinco grupos de lojas e o pessoal trabalha nas tabelas 1, 2 e 3.

Segundo ele, a diferença de preços entre uma tabela e outra é de 12% a 15%.

— Varia de acordo com o poder aquisitivo da população de cada cidade e local.

Na opinião de André Braz, economista da FGV (Fundação Getúlio Vargas),”a política de salário mínimo fez com que o consumidor, sobretudo em regiões pobres como Norte e Nordeste, incorporasse hábitos no cotidiano que passaram a estimular a inflação.

— A gente observa, quando faz os indicadores de preço, que os custos são maiores em regiões como Sudeste e Centro-Oeste, mas os índices não mostram tão claramente, como faz essa pesquisa do Banco Central, as diferenças regionais de preço.

Carestia

Um levantamento informal feito pela reportagem sobre o custo da alimentação nas proximidades de prédios do Banco Central, em diferentes regiões, ilustra os dados da pesquisa da própria entidade.

Nas proximidades da sede do BC, em Brasília, o preço do prato feito, por exemplo, que é um produto comum em todas as regiões brasileiras, é de R$ 12, o mais elevado entre as cidades observadas. Entre o ano passado e 2014, o preço desse prato foi reajustado em 20%.

Já em Recife, o custo do prato feito — conhecido em várias regiões como PF — foi reajustado em 28,57% entre um ano e outro, mas, mesmo assim, na cidade ele sai por R$ 9.

Foto: Eduardo Enomoto/R7Fonte: Estadão ConteúdoPostador: Edson Gilmar

Bandidos assaltam loja da torcida do Fortaleza e levam ingressos da decisão

FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

Dois homens assaltaram a loja Tricolaço, localizada na avenida Bezerra de Menezes, por volta das 14h desta terça-feira, 22. A dupla levou material esportivo, roupas, bandeiras e cerca de 100 ingressos para o jogo entre Ceará e Fortaleza, que vão decidir a final do Campeonato Cearense nesta quarta-feira, 23, na Arena Castelão.

De acordo com o comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, o tenente-coronel Francisco Souto, os assaltantes chegaram em uma moto e anunciaram o assalto. Ainda segundo o militar, a dupla realizou a ação criminosa desarmada. 

O POVO Online entrou em contato com o supervisor administrativo do programa de sócio-torcedor do Fortaleza, Régis Aguiar. Segundo ele, o clube não poderá cancelar os ingressos roubados, pois poderia prejudicar torcedores que efetuaram a compra no mesmo local. Como a loja não sabe a numeração precisa dos ingressos roubados, o cancelamento não poderá ser feito.

Redação O POVO Online

Chapa 1, apoiada pela Contraf-CUT, vence eleição na Cassi com 31.545 votos

A Chapa 1 Todos pela Cassi, apoiada pela Contraf-CUT e pela grande maioria do movimento sindical bancário, venceu a eleição para a renovação de parte da diretoria executiva e dos conselhos deliberativo e fiscal da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil.

Encabeçada por William Mendes, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB e diretor da Contraf-CUT, a Chapa 1 obteve 31.545 votos (37,58%), contra 25.746 (30,67%) da Chapa 3, 14.041 (16,72%) da Chapa 4 e 12.603 (15,01%) da Chapa 2.

“A Chapa 1 Todos pela Cassi agradece a confiança dos associados e anuncia que a partir desse momento não tem mais chapa de oposição. Esperamos realizar agora um trabalho conjunto de todos pela Cassi. Nosso mandato será das entidades do funcionalismo e do conjunto dos associados, da ativa e aposentados”, diz William Mendes.

A eleição começou no dia 9 de abril e terminou nesta terça-feira 22. A posse dos dirigentes eleitos será no dia primeiro de junho.

A Cassi atende 800 mil vidas em seus dois planos de saúde: o Plano de Associados, para os funcionários da ativa e aposentados e seus dependentes, e o Cassi Família, voltado para familiares até o terceiro grau de parentesco. 

A direção da Caixa de Assistência é compartilhada. O BB indica o presidente, o diretor de administração e finanças, quatro dos oito conselheiros deliberativos e três dos seis conselheiros fiscais. Os associados elegem o diretor de Saúde e Rede de Atendimento, o diretor de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes e a metade dos conselhos deliberativo e fiscal. 

Os candidatos eleitos são os seguintes:

Diretor de Saúde e Rede de Atendimento – William Mendes de Oliveira

Conselho Deliberativo – Fabiano Felix do Nascimento e Loreni de Senger (titulares); Elisa de Figueiredo Ferreira e Nilton Cifuentes Romão (Ramon), suplentes.

Conselho Fiscal – Regina Fátima de Souza Cruz (titular) e Daniel Liberato (suplente).

Fonte: Contraf-CUT

Uece não terá aula na noite de quarta-feira (23/04) por causa do Clássico-Rei

Os estudantes da Universidade Estadual do Ceará (Uece) que estudam no período da noite não terão aula nesta quarta-feira, 23. O motivo é a final do Campeonato Cearense que ocorrerá no mesmo dia na Arena Castelão, onde Ceará e Fortaleza se enfrentarão às 22 horas.

Em nota divulgada em site oficial, a Uece destaca o risco que alunos poderão correr “fruto da disputa entre duas grandes torcidas, no entorno e nas vias de acesso ao estádio”, já que “o Campus do Itaperi fica no corredor de acesso ao Castelão.”

Além disso, a nota cita “a alteração do fluxo de ônibus e presença de torcedores nos terminais de integração utilizados por nossos estudantes, com destaque ao Terminal de Parangaba.”

Redação O POVO Online

Azul e Avianca oferecem excelentes tarifas para viajar a Fortaleza em maio

Localizado no extremo Norte da região Nordeste, o Ceará oferece as turistas uma infinidade de belas praias e atrações culturais. A capital Fortaleza, conhecida como Terra do Sol, é a cidade mais procurada do estado e está entre as mais desejadas para viagens no Brasil. Devido à distância, as tarifas do transporte aéreo partindo dos grandes centros da região Sul e Sudeste geralmente são altas, ficando em torno de R$ 800 o trecho ida e volta. 

No entanto, é possível encontrar boas tarifas para o final do mês de maio, ainda antes do pontapé inicial da Copa do Mundo de Futebol, da qual Fortaleza será uma das cidades-sede. As tarifas mais em conta são das companhias Azul Linhas Aéreas e Avianca, têm ida e volta marcadas em dias de semana e podem ficar por apenas R$ 350 no total.

Enviamos algumas sugestões abaixo, lembrando que as tarifas são modificadas conforme data, procura e disponibilidade.

São Paulo – Fortaleza
Rio de Janeiro – Fortaleza

(Porto Gente)

Câmara Americana do Comércio abre novo escritório em Fortaleza

A Amcham-Brasil, Câmara Americana de Comércio, abre nesta quarta-feira, 23, nova unidade regional em Fortleza. Este será o terceiro escritório da entidade na região Nordeste, sendo o 14° no Brasil.
 
A Câmara Americana é entidade não-sindical empresarial, com cerca de 5 mil empresas associadas, sendo 80% de capital brasileiro.
 
Para anunciar o lançamento das atividades da Amcham-Fortaleza, haverá almoço com grupo de empresários locais, a presença do CEO da Amcham-Brasil, Gabriel Rico, e da embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde.
 
“A meta é tornar Fortaleza um importante centro de conteúdo e oferecer um pilar para o desenvolvimento de executivos e empresas, gerando intercâmbio de boas práticas corporativas, tendências de mercado e atração de investimentos para o Ceará”, afirma Fernando Schmitt, diretor de Unidades Regionais da Amcham-Brasil.
 
O escritório da Amcham em Fortaleza ficará no empresarial Centurion Business Center, no bairro Aldeota, e será inaugurado em maio com evento para a comunidade empresarial local. 

Serviço
Almoço de lançamento do 14° escritório Amcham-Brasil
Quando:
 Quarta-feira, 23/4, das 11h30min às 14h

Onde: Hotel Gran Marquise (Av. Beira Mar, 3980)

Redação O POVO Online