Cresce o impasse entre a Polícia Civil e o governo de José Serra (PSDB/SP)

Policiais civis vão fazer manifestações ‘onde o governador estiver’

Cresce o impasse entre governo Serra e policiais – A tentativa de deputados mediarem o debate entre o governo e os grevistas foi frustrada e o clima de tensão marcou as quatro horas de discussão entre os parlamentares e representantes dos policiais. Nenhum representante do Executivo participou.

A Polícia Civil de São Paulo decidiu fazer manifestações nas cidades onde estiver o governador José Serra (PSDB) a partir da próxima semana. Outra estratégia é pressionar os deputados na Assembléia Legistativa, onde tramita o projeto de reajuste que desagrada os manifestantes.

O texto do projeto, redigido por Serra, promete à categoria reajustes de 6,5% em 2009 e 2010. Os policiais mobilizados pedem a alteração do texto, com aumento imediato de 15%, mais dois reajustes de 12% em 2009 e 2010, entre outras reivindicações.

Ontem, 16 entidades da categoria participaram de uma audiência pública para discutir os projetos de lei do governo do Estado. A ausência de representantes de Serra fez crescer o impassem entre o governo e a categoria.

“Sentimos muito porque o governador diz que nós somos tão intransigentes, mas não mandou nenhum representante para conversar”, reclamou João Rebouças, presidente do Sindicato dos Investigadores de São Paulo (Sipesp).

Os policiais estão em greve desde o dia 16 de setembro e seguem atendendo apenas a casos considerados emergenciais e essenciais.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/

Anúncios

Microsoft abre inscrições para programa de estágios

SÃO PAULO – A Microsoft Brasil começou a receber inscrições para o seu programa de estágios em 2009. A empresa não divulga, no entanto, o número de vagas disponíveis.

 

Para quem deseja entrar para o time de programadores, uma má notícia. O processo seletivo só escolherá estudantes que estejam no penúltimo ou último ano de faculdade para trabalhar com consultoria, finanças, marketing, recursos humanos, suporte ao negócio e vendas. Já quem planeja seguir carreira nessas áreas terá a chance de ser efetivado quando terminar o período do estágio.

Entre os pré-requisitos estão inglês fluente e domínio do Microsoft Office (Word, Excel e Powerpoint) e disponibilidade para 20 ou 30 horas semanais. As vagas estão distribuídas em sete cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Curitiba, Brasília, Belo Horizonte e Ribeirão Preto. Além da bolsa-estágio, a companhia oferece vale-refeição, vale-transporte ou estacionamento, seguro de vida e férias de 30 dias depois de um ano.

 

As inscrições, que vão até o dia 16 de novembro, podem ser feitas apenas no site da Cia de Talentos, empresa encarregada de fazer a seleção. Haverá uma triagem das fichas, seguida de testes on-line de inglês e raciocínio lógico, dinâmica de grupo, entrevistas e redação. A Microsoft procura pessoas que tenham como características a agilidade no aprendizado, boa relação interpessoal, integridade, honestidade e facilidade de trabalhar em equipe, entre outras.

Fonte: http://info.abril.com.br/

Yeda Crusius (PSDB/RS): Funcionário Estadual em greve, terá salário cortado

Porto Alegre – Um decreto da governadora Yeda Crusius (RS) publicado ontem no Diário Oficial deve inibir as greves de servidores públicos e ampliar as divergências entre os sindicalistas e o governo. O decreto estabelece o corte automático do ponto dos funcionários públicos que fizerem greve, mesmo que a paralisação seja de apenas um dia.

Se fosse apenas o desconto automático dos dias parados, o decreto já seria polêmico, mas o que está por trás da decisão do governo tem um poder ainda mais inibidor das greves no setor público: quem aderir à paralisação não terá a efetividade registrada em sua ficha funcional. Trocando em miúdos, isso significa que a falta será considerada não-justificada, interrompendo a contagem do tempo para a obtenção da licença-prêmio de três meses a que o funcionário tem direito a cada cinco anos de trabalho. A condição para a obtenção do benefício é não ter, nesse período, nenhuma falta não-justificada. Na prática, o controle da presença é frouxo na maioria dos órgãos públicos e quase ninguém deixa de ganhar licença-prêmio por faltar uma que outra vez ao trabalho.

O secretário-geral de Governo, Erik Camarano, diz que o decreto foi editado para orientar os gestores de cada secretaria e dar tratamento igualitário aos servidores de cada área. Até então, o desconto ou não dos dias parados dependia da evolução das negociações. Como a greve no setor público ainda não foi regulamentada, o governo gaúcho se baseia numa decisão do Supremo Tribunal Federal que manda aplicar aos servidores as mesmas regras válidas para os trabalhadores do setor privado.

— O desconto no salário é o ônus de quem opta pela greve — alegou Camarano.

Líder da bancada do PT, o deputado Raul Pont criticou o decreto da governadora e acusou Yeda de “intimidar o exercício do direito de greve do funcionalismo estadual”.

Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/

1 em cada 4 mulheres na América Latina é mãe antes dos 20 anos, afirma estudo

Um estudo divulgado na quinta-feira (30) pela Cepal (Comissão Econômica para América Latina e Caribe, ligada à ONU) revela que 25% das adolescentes da América Latina foram mães antes de completar 20 anos.

O número é considerado alto pelos especialistas e foi influenciado, principalmente, pelos altos índices de gravidez na adolescência no Brasil e na Colômbia, segundo disse à BBC Brasil o sociólogo e demógrafo Jorge Rodríguez, que trabalhou no estudo e pertence ao Celade (Centro Latino-Americano e Caribenho de Demografia), ligado à Cepal. “A situação no Brasil teve uma leve melhora entre 1996 e 2006, mas os números ainda são altos”, afirmou.

Ele lembrou que, de acordo um levantamento do PNDS (Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde, do Ministério da Saúde) a cifra de mulheres que têm filhos antes dos 20 anos é de 32,8% – bem acima dos 25% da média regional.

A pesquisa mostra que na América Latina há 76,2 nascimentos para cada mil adolescentes com idades entre 15 e 19 anos, enquanto no resto do mundo a média é de 52,6 nascimentos por mil. No Brasil, a média é de 83 nascimentos a cada mil adolescentes. Uma melhora em relação a 1996, quando a cifra era de 86 filhos a cada mil. Mas a situação no Brasil continua mais delicada do que em alguns dos países vizinhos.

No Paraguai, a média é de 63 nascimentos a cada mil adolescentes. No Chile, onde a média era de 80 nascimentos a cada mil entre 1986 e 1996, este número caiu para 50 nascimentos a cada mil adolescentes – apesar de este ter sido um dos últimos países da região a permitir campanha pelo uso de preservativo.

Os altos índices de nascimentos entre mães de até 20 anos ocorrem apesar de o índice de natalidade em todas as faixas etárias na América Latina estar abaixo da média mundial. Em média, cada mulher da região tem 2,4 filhos, enquanto no resto do mundo esta média é de 2,6 filhos. No Brasil, a média é de 1,8 filhos por mulher.

“A informação sobre o uso de contraceptivos começa depois que a jovem teve o primeiro filho (..) Parece que começam a reconhecer a mulher como sujeito sexual depois que ela é mãe”, diz o estudo.

A pesquisa da Cepal e da Organização Ibero-americana da Juventude (OIJ) – “Juventude e Coesão Social na Iberoamérica: um Modelo para Montar” (numa tradução livre) – foi divulgado na 18º Reunião Ibero-americana realizada em San Salvador, em El Salvador.A pesquisa foi realizada no Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Guatemala, Honduras, Nicarágua e República Dominicana. Rodríguez informou que o estudo foi realizado a partir dos últimos dados divulgados em cada país.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/

Cúpula Ibero-Americana divulga comunicado condenando o terrorismo

San Salvador- A 18ª Cúpula Ibero-Americana aprovou ontem (30/10) um comunicado no qual expressa sua “mais enérgica condenação ao terrorismo em todas suas formas”.

À margem da declaração final da cúpula, os chefes de Estado e de Governo que se encontram em San Salvador deram seu respaldo a este comunicado “especial” para expressar seu apoio ao povo espanhol, “que continua sofrendo as graves conseqüências do terrorismo”, em referência ao atentado da ETA hoje contra a Universidade de Navarra.

Durante a sessão da cúpula, praticamente todos os chefes de Estado e de Governo condenaram em seus discursos o ato terrorista e expressaram seu respaldo ao Governo espanhol.

Um carro-bomba explodiu hoje no estacionamento da Universidade de Navarra, na cidade espanhola de Pamplona, deixando 17 pessoas levemente feridas.

O atentado aconteceu dois dias depois de a Polícia espanhola deter três supostos membros da ETA em Pamplona, acusados de integrar um novo “comando” que estava “preparado para atacar”, informaram autoridades locais.

Fonte: Portal G1

Banco do Brasil não poderá mais comprar Nossa Caixa sem licitação

BRASÍLIA – O governo aceita fazer algumas mudanças na Medida Provisória nº 443, que autorizou o Banco do Brasil (BB) e a Caixa Econômica Federal a comprar bancos e outras empresas, segundo informou ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Além de estabelecer um prazo para a validade da MP, proposto inicialmente pelo líder do DEM no Senado, José Agripino (RN), Mantega acatou a sugestão feita pelo presidente do PP, senador Francisco Dornelles (RJ), de retirar do texto a autorização para que o BB e a Caixa possam comprar outros bancos públicos sem licitação. Essa medida, se fosse mantida, facilitaria a venda da Nossa Caixa para o BB. “Isso pode ser corrigido”, disse Mantega.

Outra mudança aceita por Mantega diz respeito à autorização de compra de ações de empresas pela CaixaPar (o banco de investimento da Caixa criado pela MP 443). O ministro da Fazenda explicou que a redação desse artigo não ficou adequada, pois a intenção do governo era de restringir a ações de empresas da área de construção civil. “Do jeito que ficou deu a entender que podia comprar ações de qualquer empresa.” Ele pediu desculpas porque, segundo ele, às vezes os ministros não têm tempo de ler mais detidamente o texto das MPs por causa da pressa.

E a compra dos papéis será em pequena quantidade. “Não será a compra do controle acionário”, disse. “A intenção é que a Caixa contribua para dar capital de giro para as empresas da construção civil, de tal forma que elas mantenham os empreendimentos em execução. Se para isso bastar comprar apenas debêntures dessas empresas, não há problema. Pode ser”, afirmou.

Fonte: Jornal o Estado de São Paulo

O mundo vive uma ‘Obamania’, mas poucos conhecem suas idéias

WASHINGTON, 31 Out 2008 (AFP) – A ‘Obamania’ invadiu o mundo e, em nível internacional, o candidato democrata Barack Obama parece ser o preferido para vencer as eleições para a presidência dos Estados Unidos, mas esta popularidade não implica que suas idéias sejam realmente conhecidas.

Obama é o candidato favorito de 42% das cidades do mundo, enquanto apenas 12% votariam em seu adversário republicano John McCain se tivessem a oportunidade de fazê-lo, segundo uma ampla pesquisa da BBC realizada em 22 países com uma amostragem de 22.500 pessoas.

Na Europa, o primeiro negro com possibilidades de virar presidente americano é particularmente popular, com 80% de opiniões favoráveis na França e Alemanha.

Mas para alguns especialistas entrevistados pela AFP, existe uma defasagem enorme entre a imagem que o democrata projeta e a realidade de seu programa.

“O atual presidente, George W. Bush, terminou encarnando o pior dos Estados Unidos: filho da pior rusticidade européia, embriagado pela religião e adepto das armas, enquanto Obama personifica o que há de bom nos Estados Unidos, um filho da Europa, jovem e cheio de esperança, no coração de uma cidade multi-racial. Mas estas duas visões têm uma grande cota de fantasia”, observa Max Wolff, professor da Universidade New School de Nova York.

Nos Estados Unidos como na Europa, Obama aparece como aquele que pode proporcionar a mudança. Mas em dois assuntos de peso como a economia ou a política externa, não se pode esperar uma mudança de 180 graus, ainda segundo Wolff.

“Obama conta entre seus conselheiros financeiros com Austan Dean Golsbee, da Universidade de Chicago, conhecida por ter o programa neoliberal mais ortodoxo da terra; e Paul Volcker, artesão da política monetária de (Ronald) Reagan, um falcão em termos de inflação”, acrescentou.

“Na política externa, também se vê ‘novos rostos”, afirma o especialista, ao citar na equipe democrata o companheiro de chapa de Obama, Joe Biden, “um dos partidários da invasão no Iraque em 2003”, e Zbigniew Brzezinski, conselheiro de Segurança na presidência de Jimmy Carter, “considerado um dos responsáveis pelos talibãs”.

Matéria completa: http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/

Mitos e fatos sobre a eleição de 2008

Escrito por José Roberto de Toledo

Mito 1 – PMDB é o grande vencedor da eleição municipal

Fato – O PMDB é um dos principais vencedores na eleição municipal. Entre mortos e feridos, o partido cresceu em número de prefeituras, em eleitorado a governar e conquistou cidades importantes, como o Rio de Janeiro. Tudo isso deve ajudar os peemedebistas em 2010 a elegerem mais deputados federais e estaduais, e, talvez, senadores e governadores.

A eleição não mudou o fato de o PMDB ser uma confederação de partidos regionais. Tampouco supriu a carência de uma liderança nacional ou produziu um presidenciável óbvio. O partido segue no papel de aliado indispensável do presidente, seja ele quem for. Parece impossível, mas é muito mais difícil governar sem o PMDB do que com ele. O PMDB ganhou, mas seu crescimento não transformou-o em um polo de poder, como são o PT e o PSDB. O partido pode até ganhar o Oscar, mas ainda como ator coadjuvante.

Mito 2 – Lula perdeu a eleição

Fato – O partido do presidente ganhou 1/3 a mais de prefeituras
, aumentou sua votação e viu crescer seu eleitorado a governar. Outros partidos da base governista, como PMDB e PSB, também tiveram um crescimento significativo. Mais prefeitos e vereadores significa ter uma máquina de poder mais capilarizada, um instrumento para eleger mais aliados daqui a dois anos. De quebra, esse crescimento se deu em cima do encolhimento dos adversários: PSDB, DEM e PPS. Como efeito colateral, as principais lideranças petistas que poderiam disputar com ele a hegemonia no partido ou a precedência para indicar seu sucessor foram derrotadas na eleição e perderam cacife.

Mito 3 – Lula é o grande vencedor da eleição municipal

Fato – O 2º turno mostrou que a capacidade de transferência de popularidade do presidente é limitada. Seus candidatos foram derrotados em São Paulo, em Porto Alegre, em Salvador, entre outras grandes cidades. Para piorar, a aliança de Lula com o principal aliado, o PMDB, saiu trincada das eleições na Bahia e no Rio Grande do Sul, onde houve confronto direto com o PT, em Belo Horizonte, onde estiveram em lados opostos do palanque, e em São Paulo, onde Orestes Quércia (PMDB) emplacou a vice de Gilberto Kassab (DEM). De quebra, o crescimento eleitoral do PMDB vai se traduzir em exigências de mais contrapartidas por parte do aliado, seja em cargos e verbas federais, seja em espaço na eleição de 2010.

Mito 4 – Serra é o grande vencedor da eleição municipal

Fato – O PSDB rachou em São Paulo. Embora mantenham o maior número de prefeituras no Estado, os tucanos perderam em várias das principais cidades: São Paulo, Campinas, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Osasco, Ribeirão Preto, entre outras. A reeleição de seu ex-vice Kassab foi uma aposta do governador José Serra que deu certo. Mas não agrega nenhum voto além dos que ele já tinha na cidade tendo em vista a eleição de presidente da República em 2010. O PSDB segue muito concentrado em São Paulo, Minas Gerais e no Ceará, o que é problemático para uma campanha nacional. Seus aliados estratégicos, DEM e PPS, saíram enfraquecidos do pleito municipal.

A melhor notícia sobre a eleição municipal para Serra ele próprio explicitou quando Kassab lhe dedicou a vitória: os resultados mostraram que o PT não conseguiu conquistar a hegemonia de poder que pretendia. O PT viu sua rejeição crescer em centros importantes como São Paulo e Porto Alegre. E, mais importante, ainda não foi capaz de produzir um sucessor carismático para Lula. Serra sai como favorito a 2010 mais por falta de adversário do que por mérito próprio.

Mito 5 – O DEM está se reciclando e se modernizando

Fato – O DEM está encolhendo. O partido perdeu quase três centenas de prefeituras, que lhe farão falta em 2010. Tornou-se apenas o quinto partido em municípios no Nordeste, Norte e Centro-Oeste. É o sexto no Sul. Sua melhor situação é no Sudeste, mesma região onde os tucanos mantêm seu principal reduto. O encolhimento municipal deve lhe custar deputados federais e estaduais em 2010. O DEM ganhou a prefeitura de São Paulo, mas perdeu a do Rio de Janeiro. Kassab é apontado como o símbolo da renovação do partido, tanto quanto Cesar Maia o foi quando elegeu-se prefeito do Rio.

Mito 6 – 2008 foi a eleição da reeleição

Fato – 2008 foi a eleição da reeleição: 2 em cada 3 prefeitos candidatos à reeleição voltaram ao cargo, tanto em metrópoles quanto nas pequenas cidades, tanto de oposição quanto da situação (em relação ao governo federal). Essa permanência pode ser atribuída a um mix da boa situação econômica geral, o que estimula o sentimento de “time que está ganhando não se mexe”, com a boa avaliação da maioria dos prefeitos onde há medição pública.

Fonte: http://blogeleicoes2008.blog.terra.com.br/

Governo de José Serra: Mais cinco rodovias paulistas são privatizadas

SÃO PAULO – Em leilão da 2ª etapa do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo realizado nessa quarta-feira (29), trechos de cinco rodovias – Raposo Tavares, Marechal Rondon Oeste e Leste, Ayrton Senna/Carvalho Pinto e Dom Pedro I – que totalizam 1,7 mil quilômetros, foram passadas para as mãos da iniciativa privada. As informações são do governo paulista.

As concessões vão gerar investimentos de R$ 8 bilhões e possibilitar a duplicação de 369 quilômetros de vias, a construção de 83 passarelas, 290 trevos e 564 quilômetros de faixas adicionais e acostamentos.

Entre as obras previstas, está o prolongamento do Anel Viário de Campinas, entre a Via Anhanguera e o aeroporto de Viracopos, orçado em R$ 161 milhões, e a duplicação de 51,3 quilômetros da Rodovia do Açúcar, no trecho entre Salto (SP) e Piracicaba (SP), orçada em R$ 192,7 milhões. As concessionárias vencedoras também serão responsáveis por 916 quilômetros de rodovias vicinais que não terão cobrança de pedágio.

Os consórcios serão obrigados a instalar telefones de emergência e câmeras de monitoramento; construir bases de SAU (Sistema de Auxílio ao Usuário); manter mecânicos treinados à disposição dos motoristas, equipe de paramédicos para primeiros socorros, serviços de remoção com guinchos. Há exigência ainda da construção de bases da Polícia Militar Rodoviária.

O consórcio Invepar-OAS foi o vencedor da licitação da rodovia Raposo Tavares. O consórcio propôs deságio de 24,78% sobre a tarifa quilométrica atual das rodovias concedidas no estado. O trecho da rodovia abrange a região compreendida pelos municípios de Presidente Prudente, Marília, Assis e Bauru, com extensão de aproximadamente 450 quilômetros, além de 390 quilômetros de estradas vicinais. O investimento previsto para esse trecho é de R$ 1,803 bilhão.

Com deságio de 46,7% sobre a atual tarifa quilométrica das rodovias paulistas concedidas, o Consórcio BR Vias SP foi o vencedor do leilão do trecho Oeste da Rodovia Marechal Rondon. O corredor Marechal Rondon Oeste tem extensão de aproximadamente 420 quilômetros e receberá investimento de R$ 1,3 bilhão da concessionária vencedora.

Fonte: http://jbonline.terra.com.br/

Justiça de Cuiabá aplica Lei Maria da Penha para proteger um homem

A Justiça de Cuiabá determinou, de maneira inédita, que um homem que vem sofrendo constantes ameaças e agressões por parte da ex-companheira após o fim do relacionamento seja protegido pela Lei Maria da Penha, criada originalmente com o objetivo de proteger a mulher da violência doméstica praticada pelo homem. As informações são da assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

A vítima entrou na justiça alegando que vem sofrendo agressões físicas, psicológicas e financeiras por parte da ex-mulher e apresentou vários documentos para sustentar sua acusação, tais como o pedido de exame de corpo de delito, a nota fiscal de conserto de veículo avariado pela ex-companheira e diversos e-mails difamatórios e intimidatórios enviados pela ré.

Por analogia, Mário Roberto Kono, do Juizado Especial Criminal Unificado de Cuiabá, reconheceu a necessidade de aplicar a Lei Maria da Penha. Segundo o juiz, embora aconteça em número consideravelmente menor, existem casos em que o homem é a vítima de violência doméstica, “por sentimentos de posse e de fúria que levam a violência física, psicológica, moral e financeira.”

“Por algumas vezes me deparei com casos em que o homem era vítima do descontrole emocional de uma mulher que não media esforços em praticar todo o tipo de agressão possível. Já fui obrigado a decretar a custódia preventiva de mulheres ‘à beira de um ataque de nervos’, que chegaram a tentar contra a vida de seu antigo companheiro, por pura e simplesmente não concordar com o fim de um relacionamento amoroso”, disse o juiz.

Na decisão, o magistrado enfatizou que o homem não deve se envergonhar em buscar socorro junto ao Poder Judiciário para fazer por um fim às agressões da qual vem sendo vítima. “É sim, ato de sensatez, já que não procura o homem/vítima se utilizar de atos também violentos como demonstração de força ou de vingança, e compete à Justiça fazer o seu papel de buscar uma solução para os conflitos.”

Com a decisão de Mário Roberto Kono, do Juizado Especial Criminal Unificado de Cuiabá, a ré deve se manter a uma distância mínima de 500 metros da vitima e está impedida de manter qualquer contato com o ex-marido, seja por telefonema, e-mail ou qualquer outro meio direto ou indireto. Se não cumprir a determinação, a ré pode ser enquadrada pelo crime de desobediência e até mesmo ser presa.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/

PPS de Roberto Freire na UTI

Roberto Freire, o ex-comunista que perseguiu tanto o presidente Lula, hoje vê seu partido desaparecer. Na reportagem do Estadão: “Pagamos um preço por romper com o governo Lula”, observou Bueno. “Toda oposição sofre sempre. Todos os governos se transformam em majoritários”, ponderou Freire. As perdas do PPS vêm ocorrendo ao longo dos últimos anos e não se restringem às prefeituras: em 2006, o partido elegeu 24 deputados e hoje conta com apenas 14. Roberto Freire espera reverter o quadro das eleições municipais, quando elegeu 57,1% menos prefeitos do que em 2004.

Fonte: Blog Desabafo Brasil

Fortaleza: Propagandas serão retiradas das ruas

Vitoriosos e derrotados terão que retirar a propaganda de campanha que fizeram nas ruas de Fortaleza

Os candidatos que não promoverem a retirada da propaganda relativa às eleições deste ano estão sujeitos ao pagamento de multa. A remoção da propaganda eleitoral terá de ser feita até o próximo dia 4 de novembro, data em que também termina o prazo para o encaminhamento ao juízo eleitoral das prestações de contas da campanha, conforme determinação do calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para as eleições deste ano.

As infrações sobre propaganda eleitoral não terminaram com a realização do pleito, pois a resolução do TSE, que dispõe sobre a propaganda eleitoral e as condutas vedadas aos agentes públicos em campanha determina a remoção da propaganda realizada até 30 dias após o pleito.

Fiscalização

A partir da próxima quarta-feira, dia cinco, volta a funcionar o esquema adotado para a fiscalização da propaganda durante a campanha, com a utilização de motoqueiros que vão fotografar e cadastrar as irregularidades encontradas. O juiz Emanuel Leite Albuquerque faz questão de esclarecer que aos infratores será estabelecida multa diária. O valor da multa vai depender da gravidade de cada caso, adverte.

Vários candidatos permanecem com propaganda afixada, principalmente cartazes. Em alguns pontos de Fortaleza, principalmente no Centro da cidade, é comum a afixação de cartazes de uma campanha eleitoral sobre o material de campanhas passadas. Agora será intensificada a fiscalização para a remoção da propaganda eleitoral, garante o juiz coordenador da propaganda.

O calendário do TSE para as eleições deste ano também estabelece o dia quatro de novembro, onde não houve segundo turno de votação, como data limite para o encaminhamento das prestações de contas da campanha.

Servidores dos cartórios eleitorais, na capital e interior, estão participando de um treinamento sobre análise das contas. Os servidores vão analisar a documentação apresentada e, de conformidade com o que determina a legislação, devem fornecer um parecer técnico, cabendo a decisão sobre a regularidade ou não das contas ao juiz eleitoral designado para a tarefa de julgar as contas da campanha. O calendário define ainda o dia 4 de novembro como data limite para o mesário que faltou à votação do dia cinco de outubro apresentar justificativa ao juiz eleitoral.

Fonte: Diário do Nordeste

Ex-jornalista da Globo denuncia operação pró-Serra 2010

No seu blog (http://www.rodrigovianna.com.br/), o ex-jornalista da Globo Rodrigo Viana diz que leitores e ouvintes mais atentos perceberam na demissão do âncora da CBN no Rio de Janeiro, Sidney Rezende, os preparativos para a cobertura das eleições 2010. ”A moto-serra dos tucanos vai passar sobre várias cabeças no jornalismo global”, diz Viana, referindo-se a demissão de profissionais que supostamente não concordariam com uma cobertura favorável à candidatura do governador de São Paulo, José Serra, à Presidência da República em 2010.

“CBN demite âncora independente – Operação 2010 já começou?”, questiona no título do comentário postado. Ele diz não conhecer o jornalista Sidney Rezende pessoalmente, mas que era considerado pelos colegas “como um jornalista que exercia sua independência, apesar de a CBN também estar sob os tentáculos de Ratzinger – o agente das sombras do jornalismo global, o homem que articula a candidatura Serra.” Rodrigo Viana afirmou que conversou com um âncora da CBN, que pediu para não ser identificado, que teve sua cabeça pedida pelo governador de São Paulo. Serra não teria gostado “de entrevista feita pelo âncora com um economista, questionando a forma como a Prefeitura de São Paulo – na época administrada por Serra – investia suas sobras de caixa.”  

“Esse outro âncora conseguiu preservar a cabeça sobre o pescoço. E segue fazendo bom jornalismo. Até quando?”, volta a questionar. O jornalista também coloca em evidência a demissão de Luiz Carlos Braga da Globo de Brasília e diz que a operação desencadeada lembra o que foi feito em 2006. “Há dois anos, às vésperas da eleição presidencial, a Globo livrou-se do comentarista Franklin Martins (ele conta os bastidores completos, numa bela entrevista à revista Caros Amigos) porque este não fechava com a linha oficial da emissora de sentar a pancada em Lula, e dar aquela mãozinha pros tucanos”, lembra Viana.

 Matéria completa: http://www.vermelho.org.br/base.asp?texto=45829

Funcionária vende linhas da Telefônica ao PCC, diz polícia

São Paulo – Funcionária da empresa Telemax, terceirizada que presta serviços à Telefônica, Tatiane Mello de Jesus, 27, foi presa ontem no trabalho sob acusação de desviar linhas telefônicas fixas para celulares de membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Segundo a promotora Sandra Reimberg, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) do ABC, Tatiane cobrava cerca de R$ 70 para desviar uma linha fixa para o telefone celular de membros do PCC e dava uma garantia de sete dias de uso –período que o sistema da Telefônica leva para fazer uma varredura e detectar a fraude.

Para aplicar o golpe, Tatiane usava uma senha da operadora e reativava linhas fixas que estavam paradas na região –prefixos 4654, 4655 e 4656.

Com o serviço de desvio de chamadas da própria operadora, ela as redirecionava para celulares de integrantes do PCC.

Foram descobertos até agora 40 números fixos que recebiam chamadas a cobrar e que são investigados como reabilitados por Tatiane. As 40 linhas foram repassadas para presos entre junho e outubro deste ano e causaram prejuízo de cerca de R$ 95 mil para a Telefônica.

No último ano, a Telefônica detectou 5.158 linhas com esse tipo de fraude e estima um prejuízo de R$ 890 mil no Estado. Empresa e Promotoria querem saber quantas delas foram desviadas por Tatiane.

Entre os clientes de Tatiane está Marcelo Rossinholi. Ele é o principal integrante do PCC no ABC. Da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau (611 km de SP), ele chefia as ações criminosas do grupo por celular.

Tatiane foi flagrada em escutas telefônicas ao negociar linhas com o presidiário Alexsandro Gerônimo. Acusado de integrar o PCC, ele está preso em Guarulhos (Grande SP) e era o principal intermediário das vendas das linhas. Ontem, a mulher dele, Samantha Cristine Gonçalves, foi presa ao mesmo tempo que Tatiane.

Tatiane é mulher de Wilson Fernando Batista, 26, preso na Penitenciária de Irapuru (631 km de São Paulo). Ela foi presa sob a acusação de furto qualificado (por abuso de confiança, já que ela usava uma senha da Telefônica para desviar as linhas), formação de quadrilha, associação para o tráfico e também por desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicação.

Fonte: Folha On Line

Polícia Federal prende autoridades ambientais do Ceará

Fortaleza – As principais autoridades da fiscalização ambiental no Ceará foram presas ontem pela Polícia Federal: o superintendente do Ibama no Estado, Raimundo Bonfim, o superintendente da Semace (Superintendência Estadual do Meio Ambiente), Herbert Vasconcelos, a secretária municipal de Meio Ambiente, Daniela Valente, e o chefe de fiscalização do Ibama em Aracati, Antônio Rebouças.

Além das prisões, a Operação Marambaia realizou ainda 14 mandados de busca e apreensão nos três órgãos públicos, nas residências dos envolvidos e em empresas, por determinação da Justiça Federal.

Os quatro tiveram a prisão temporária (de cinco dias) decretada sob a suspeita de prevaricação, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva e quebra do sigilo funcional.

Segundo o superintendente da PF no Estado, Aldair da Rocha, há provas de que o grupo formava um “conluio” envolvendo as três esferas de licenciamento ambiental no Ceará para conceder liberações irregulares e até para mentir quando argüidos pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual, em casos sob investigação.

As licenças se referiam a empreendimentos imobiliários no litoral (na Praia do Futuro, no Cumbuco, no Pecém e em Aracati) e no interior (em Guaramiranga e em Crateús).

Rocha não quis informar quais são esses empreendimentos –afirmou apenas que se trata tanto de empresas nacionais como estrangeiras. Os nomes não foram informados porque o processo está sob segredo de Justiça, segundo o superintendente da PF.

As investigações começaram em maio do ano passado, por indícios de irregularidades no escritório do Ibama em Aracati, área onde existem vários empreendimentos turísticos. Nas demais praias e em Guaramiranga, que é uma região de serra, também há resorts e outros empreendimentos residenciais em construção.

Por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, foi possível comprovar, segundo Rocha, que pelo menos dois dos envolvidos, Vasconcelos e Valente, mantém ligações com escritórios de consultoria arquitetônica, que intermediavam as negociações de irregularidades para a concessão de licenças.

Todos os envolvidos presos tiveram indicações políticas: o superintendente do Ibama e o chefe do escritório do órgão em Aracati são ligados ao PT, assim como a secretária de Meio Ambiente de Fortaleza. Já o superintendente da Semace é antigo aliado do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB).

Segundo Rocha, as licenças irregulares geraram danos ambientais, como degradação de dunas e assoreamento de rios, e os responsáveis também deverão responder por esses crimes.

Matéria completa: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u461944.shtml

Lula está em El Salvador para participar de Cúpula Ibero-Americana

Presidente teve café da manhã com Evo Morales.
Lula segue para Cuba ainda na quinta, onde se encontra com Raúl Castro.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou, na manhã desta quinta-feira (30), a San Salvador, capital de El Salvador. Lula viajou acompanhado de uma delegação brasileira para participar da Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado. 

O primeiro compromisso do presidente no país é um café da manhã com o presidente da Bolívia, Evo Moraes, às 8h (12h no horário de Brasília). Logo após, Lula participa da primeira sessão plenária de chefes de Estado e de Governo. Ainda de manhã, o presidente deve fazer discurso na cúpula.  

Por volta das 14h30, Lula viaja para Cuba, onde tem encontro marcado com o presidente Raúl Castro. 

Cúpula – A XVIII Cúpula Ibero-Americana foi inaugurada na noite de quarta-feira (29), em San Salvador, onde os chefes de Estado e de Governo da região analisarão a crise econômica mundial e discutirão como melhorar as perspectivas de trabalho para os jovens.

Vinte e dois países confirmaram presença no evento. O grande ausente será o presidente venezuelano, Hugo Chávez, que não viajou à Cúpula alegando razões de segurança.

A agenda formal da Cúpula, em torno da “Juventude e desenvolvimento”, será dominada pela gravidade da situação econômica mundial e os esforços que vêm sendo feitos para evitar um contágio das economias latino-americanas.

Ao final do encontro, os presidentes devem adotar uma declaração comum sobre a crise financeira internacional, que deve ser apresentada na conferência do G20 em Washington, no dia 15 de novembro.

A Cúpula também produzirá uma declaração e o Compromisso de San Salvador para a Juventude e o Desenvolvimento, com uma série de pontos destinados a melhorar a vida dos jovens, sua educação e sua integração no mercado de trabalho. 

Com informações da France  Presse

Fonte: Portal G1

Polícia desmantela rede que obrigava brasileiras a se prostituírem na Espanha

MADRI – Uma operação da polícia espanhola que terminou com 14 presos desmantelou uma organização que levava mulheres brasileiras para a Espanha e as obrigava a trabalhar como prostitutas. Segundo as autoridades, além dos detidos na Espanha, uma mulher foi presa em Natal, no Brasil, pela Polícia Federal brasileira. Amante de um dos espanhóis envolvidos no esquema, ela seria responsável por aliciar as brasileiras e é acusada de tráfico internacional de pessoas.

Além de crimes relacionados a prostituição, os outros integrantes da rede são acusados de crimes contra os direitos de cidadãos estrangeiros, contra os direitos dos trabalhadores, detenção ilegal, ameaças e porte ilegal de armas. O grupo começou a ser investigado em maio depois que duas vítimas fugiram de um clube na província de Gerona, na região da Catalunha, onde eram ameaçadas de morte para se prostituirem.

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte investigava paralelamente brasileiras que iam para a Espanha com os custos pagos por donos de clubes espanhóis. Segundo as autoridades, as mulheres acreditavam que iam trabalhar em hotéis. Além das passagens de avião, elas recebiam também o dinheiro necessário para entrar no país, que variava de 500 a mil euros.

Ao chegar, seus passaportes eram retidos pelos acusados, que as ameaçavam de morte e exigiam que trabalhassem no clube até que pagassem o valor gasto com elas. A dívida podia chegar a 2.500 euros. Para quitá-la, elas precisavam trabalhar pelo menos seis meses. Elas eram obrigadas a estar no clube todos os dias. Para ter uma folga, precisavam pagar 300 euros, mesmo valor das multas aplicadas a cada vez que descumpriam uma norma do clube.

Fonte: http://oglobo.globo.com/

Cristo Redentor fica rosa no mês de combate ao câncer de mama

Depois de iluminar São Paulo, Brasília, Curitiba e Porto Alegre, o “Outubro Rosa” chega à cidade do Rio de Janeiro. Parte da campanha idealizada pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) consiste na iluminação de monumentos históricos do país em rosa – cor oficial do câncer de mama.

Na noite desta terça-feira (28), foi a vez do Cristo Redentor se iluminar para a campanha. O site da federação informa que são registrados 660 novos casos de câncer de mama por ano. Destes, mais de 400 terminam em morte.

Por este motivo, a campanha visa com essa iniciativa chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce e do acesso de qualidade ao tratamento.

Fonte: Portal G1

Microsoft estuda oferta de aluguel de PCs no Brasil

SÃO PAULO – A Microsoft está negociando com operadoras móveis brasileiras a oferta de PCs rodando Windows e internet no modelo de locação. 

Uma pesquisa feita pela empresa em parceria com a Pyramid Research, com quase 1,3 mil brasileiros, revelou que 88% se sentem muito atraidos por uma oferta combinada de computador e banda larga.

O estudo, apresentado durante a Futurecom 2008, apontou ainda que 66% das pessoas que pretendem comprar um computador em até 24 meses repensariam a compra se tivessem acesso a uma oferta com banda larga.Segundo Julio Ramos, diretor de soluções móveis da Microsoft, o modelo de aluguel de computador já é oferecido em outros países, como o México. 

O preço, as condições de pagamento e o modelo de negócio ainda estão sendo negociados pela empresa com os possíveis parceiros. “A proposta é flexível. O pacote pode ser adaptado para cada operadora”, explica Ramos. 

A Microsoft já tem uma parceria com a Telefônica para a oferta de Postos de Trabalho Informatizados a pequenas empresas no Brasil. O pacote inclui computador, banda larga e manutenção e conquistou 30 mil clientes em 2007 – segundo Antonio Carlos Valente, presidente da Telefônica, o número deve crescer 2,5 vezes em 2008.

Fonte: http://info.abril.com.br/

Cúpula Ibero-Americana de San Salvador será das mais movimentadas

San Salvador, 29 out (EFE).- Dezenove dos chefes de Estado e do Governo de 22 países ibero-americanos participarão da 18ª Cúpula Ibero-Americana, de 29 a 31 de outubro, em San Salvador, o que a tornará uma das mais movimentadas.

Só descartaram sua participação por diferentes motivos os presidentes venezuelano, Hugo Chávez; uruguaio, Tabaré Vázquez; cubano, Raúl Castro, e português, Aníbal Cavaco Silva -que será representado pelo primeiro-ministro José Sócrates, cujo país sediará a próxima reunião anual.

Dos 19 governantes, só faltam confirmar o horário de chegada o boliviano Evo Morales, esperado hoje pela organização, e o nicaragüense Daniel Ortega, que deve desembarcar amanhã na capital salvadorenha.

A cúpula também ressalta a numerosa participação de representantes de organismos internacionais, um total de 16, e de países alheios à comunidade ibero-americana como a Itália, na qualidade de convidada especial.

Chávez, assíduo a este tipo de reuniões desde que chegou ao poder em 1999, alegou para não viajar a El Salvador por não ter garantida sua segurança, alegando temor de sofrer um atentado.

Essa pode ser uma das razões da ampla participação de delegados de organismos como Banco Mundial, Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), ONU, Organização dos Estados Americanos (OEA), Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), União Européia e Parlamento Europeu.

Outro motivo pode ser -caso prospere uma proposta- a futura incorporação de outros países, com a categoria de “observador associado”, e o convite de organismos internacionais com a categoria de “observador consultivo”.

Fonte: Portal G1

Encontro Nacional de Formação da Contraf/CUT homenageará Celso Furtado

A Contraf/CUT realizará, nos dias 25 e 26 de novembro, seu Encontro Nacional de Formação – Homenagem a Celso Furtado. O evento acontecerá na sede da confederação e contará com a participação da ministra da Casa Civil Dilma Roussef e do presidente nacional da CUT Arthur Henrique, além de outras personalidades.

O objetivo do coletivo nacional de formação com a realização do evento é debater temas que vão além da própria área, tratando de problemas e questões atuais e para as quais os sindicalistas precisam estar preparados. “Por isso, optamos por homenagear o economista Celso Furtado, pois sua obra dialoga diretamente com a questão do desenvolvimento, que é central no país hoje”, explica Deise Recoaro, secretária de Formação da Contraf/CUT.

O público alvo do evento são dirigentes, militantes e assessores sindicais de todo país. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: contrafcut@contrafcut.org.br .

Veja a programação completa do encontro:

Primeiro Dia
09:00 Abertura
10:00
Exibição do documentário:
O Longo Amanhecer – Cinebiografia de Celso Furtado.(73min.)

11:30
Depoimento de Rosa Freire d’Aguiar Furtado – Centro Celso Furtado.

13:00 Almoço

14:30
Desenvolvimento sustentável – Arilson Favareto UFABC.
Desenvolvimento sob a perspectiva da mulher – Nalu Faria SOF.
Economia solidária e desenvolvimento – Gilmar Carneiro ECOSOL

19:00
Cultural: Debate e apresentação de Fernando Anitelli acompanhado do violinista Galdino Octopus, do grupo O Teatro Mágico

Segundo Dia
09:00
Desenvolvimento Econômico e o papel do Estado – Ministra Dilma Rousseff (a confirmar)
Estratégia da CUT para o desenvolvimento e soberania – Artur Henrique
O papel dos Bancos para o desenvolvimento: a visão da Contraf – Carlos Cordeiro

12:30 Encerramento

Fonte: Contraf/CUT

Fortaleza: 500 vagas para concurso da Guarda Municipal

Prefeitura de Fortaleza está estudando o melhor momento para a publicação do edital que já foi analisado pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e encontra-se na Comissão de Seleção do Imparh

Está previsto para ser divulgado ainda neste mês o edital do concurso público que vai preencher 500 vagas de Guarda Municipal na Prefeitura de Fortaleza.

As oportunidades serão para Guarda de 2ª Classe, abrangendo tanto candidatos do sexo masculino quanto do sexo feminino, sem reserva . Vinte e cinco das vagas são destinadas a pessoas com deficiência .

O edital do concurso já foi analisado pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e encontra-se na Comissão de Seleção do Instituto Municipal de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (Imparh). O Imparh e o Gabinente da Prefeita estão estudando o melhor momento para a publicação.

A taxa de inscrição será de R$ 65,00 e a remuneração de R$ 1.215,74, podendo chegar a R$ 1.834,16, de acordo com as gratificações. Os novos guardas municipais serão admitidos apenas em 2009.

Atribuições

A Guarda Municipal de Fortaleza é um instrumento de segurança urbana e difusão de cidadania, com a missão de proteção preventiva e ostensiva dos bens públicos municipais, do patrimônio histórico do município e da segurança de autoridades. O órgão exerce suas funções com o poder de polícia da administração pública municipal.

Último concurso

No último concurso para a função, realizado em 2007, a prova contava com 50 questões, sendo 30 de Conhecimento Gerais e 20 de Conhecimentos Específicos (Direito Constitucional, Direito Penal, Legislação Municipal e Legislação Específica).

+ Informações

Taxa de inscrição
R$ 65,00

Remuneração
de R$ 1.215,74 a R$ 1.834,16

Nível
Médio

Cargos
Guarda de 2ª classe

Vagas
500 (25 para portadores de deficiência)

Edital
Em breve

Fonte: Diário do Nordeste

CUT: Bancários garantem aumento real e melhor PLR

Em entrevista ao Portal do Mundo do Trabalho, Vagner Freitas, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) e membro da executiva nacional cutista faz uma análise da greve dos bancários e do “heroísmo” da categoria no enfrentamento ao “conluio dos banqueiros com a Justiça do Trabalho”. Além de conseguir reajuste real de 3% para a maioria da categoria, a greve conquistou aumento do piso salarial e melhorias na PLR. Apesar do fantasma da crise e da aliança do PSTU com os banqueiros, bancários mantiveram-se unidos e construíram a vitória.

Qual a sua avaliação da recente greve?

Os bancários e as bancárias foram heróicos. Normalmente eu não utilizo a expressão vitoriosa em campanha salarial, pois na maioria das vezes tem um caráter ufanista. Na relação capital e trabalho o que você tem é melhores campanhas para o trabalhador em determinados anos ou para o capital em outros, mas que no geral não significam vitórias ou derrotas. Neste caso é diferente. Considero que a campanha de 2008 foi uma vitória para a categoria porque enfrentou uma das maiores crises do setor financeiro do mundo inteiro, de cunho internacional, mas que já chegava nos bancos no Brasil com muita intensidade. Nós tivemos a delicadeza de, no decorrer da campanha salarial, não estabelecer nenhum tipo de comentário que pudesse ser desairoso para a saúde do sistema. Alguns irresponsáveis do PSTU chegaram a divulgar ao longo da nossa campanha a possibilidade de bancos grandes quebrarem, numa aliança extraordinária com o patrão. Primeiro, porque esse tipo de informação desarticula o trabalhador de determinado banco de continuar no movimento e também porque é um argumento espetacular para que ele não conceda nenhum benefício, pois diante da ameaça de quebra, a prioridade do sistema passa a ser outra.

O fantasma da crise foi usado pelos banqueiros?

Nós tivemos um enfrentamento contra essa crise. O tempo todo dissemos que é verdade que ela existe, mas também é fato que a crise para alguns bancos grandes é possibilidade de crescimento, pois vai ter uma concentração ainda maior. Grande parte da categoria, mais de 90%, está concentrada em oito bancos: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Banco Real, Santander, Unibanco e o HSBC. São bancos com boa situação nacional e internacional, são grandes empresas mundiais ou nacionais que têm condições para absorver qualquer impacto. Foi uma campanha difícil, onde muitos nos aconselhavam a tirar o pé do acelerador, pela dificuldade de conjuntura. Mas nós dissemos que não, pois os bancários são ousados, precisam percorrer sua trajetória, com responsabilidade com a conjuntura, mas sem que ela arrefeça a sua luta por melhores condições de salário e de trabalho.

Como a categoria avalia a greve?

Para mais de metade da categoria, 57% da categoria, foi a melhor campanha em saldo econômico dos últimos dez anos. Porque nós tivemos 10% de reajuste, ou seja 3% de aumento real, com variação de 33% sobre a inflação, algo que não tínhamos obtido nem quando a situação econômica estava mais favorável. Para outra parcela da categoria, houve aumento real de 1%, acompanhada de uma mudança extraordinariamente importante na regra básica da Participação nos Lucros e/ou Resultados, que nós deslocamos de 80 para 90% do salário do trabalhador o que ele vai receber. Também deslocamos o teto salarial do máximo de 2 para 2,2 salários, o que também permite que ele tenha uma PLR na regra básica muito melhor do que a dos últimos anos. E até mais favorável para esse trabalhador que não pegou os 10%, apenas os 8,15%, numa compensação para demonstrar a relação de respeito e compromisso que nós temos com a categoria toda. Fizemos uma inflexão este ano por conta da dificuldade conjuntural da campanha, onde fomos vitoriosos pois valorizamos os índices, os pisos, os trabalhadores com renda mais baixa, que é uma característica do sindicalismo, mais a valorização da PLR, também beneficiando os trabalhadores que recebem acima de R$ 2.500,00.

Afora a manipulação do risco da crise, quais os principais problemas enfrentados na condução do movimento?

Os bancos contaram o tempo todo com a manipulação de informações sobre a crise, mas também com uma aliança que foi muito prejudicial entre banqueiros e Justiça do Trabalho.

Matéria completa: http://www.contrafcut.org.br/noticias.asp?CodNoticia=15005

Caso Alstom: US$ 430 milhões em propinas

A propina paga pela Alstom, multinacional franco-suíça acusada de conquistar licitações mundo afora – inclusive de tucanos e autoridades do governo paulista desde o governo Mário Covas – por meio de pagamento de subornos, pode ultrapassar US$ 430 milhões de acordo com a Justiça suíça, em reportagem publicada hoje pela Folha de S.Paulo.

O Tribunal Federal Penal em Bellinzona estima o pagamento de US$ 60 mi anuais, entre 1998 e 2003, com suborno disfarçado como “pagamento de consultorias” – forma pela qual pagou o suborno aos tucanos e autoridades paulistas –  mas muitas empresas nunca prestaram serviço a multi e, na verdade, eram fachada para lavagem de dinheiro.

Uma das três investigações em curso no Ministério Público suíço é sobre o uso de bancos daquele país para a transferência de propinas ao Brasil. Aqui, a Alstom é investigada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal paulista e pela Polícia Federal, respondendo por nada menos do que 12 inquéritos por contratos irregulares, a maioria no Metrô paulistano e na Companhia Paulsita de Trens Metropolitanos (CPTM), com o tucanato paulista envolvido até o pescoço nesses subornos.

Políticos e autoridades do PSDB teriam recebido US$13,5 milhões em troca de favorecimento em contrato com estatais durante os governos de Mário Covas, Geraldo Alckmin e José Serra. Como noticiou o jornal norte-americano The Wall Street Journal, aqui no Brasil esses pagamentos teriam ocorrido até junho deste ano!!! Mas aqui, no âmbito do governo tucano, não se apura nada porque a dupla de governadores Geraldo Alckmin e José Serra jamais permitiu.

O principal acusado de coordenar as propinas dos tucanos é o executivo Bruno Kaelim, preso em agosto durante uma operação na Suíça e libertado no último dia 10, depois de afastado o risco de destruição de provas. Lá fora, a Alstom continua negando as acusações e um de seus executivos declarou à agência France Press, na maior cara de pau, que “a decisão do Tribunal Penal Federal, que nos é favorável, considera injustificado associar pagamentos feitos pela Alstom a consultores a corrupção ou tentativa corrupção.”

Fonte: http://www.zedirceu.com.br/

Campanha Salarial dos Bancários 2008

Acordos com a Fenaban, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal serão assinados nesta quinta-feira (30/10)

São Paulo – As assinaturas das Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) de todos os bancários e os aditivos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal acontecem nesta quinta-feira, dia 30, em São Paulo (Veja tabelas abaixo).
Após dez dias da formalização, os trabalhadores receberão a primeira parcela (50%) da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). No Banco do Brasil, além do crédito da PLR semestral também será pago o bônus de 200 anos aos bancários.

As diferenças nos salários e demais verbas serão depositadas com no crédito de novembro.

Aprovação – Os funcionários de bancos privados, da Nossa Caixa e do BB decidiram em assembléias realizadas no dia 22, encerrar a greve e aceitar as propostas apresentadas. Já os empregados da Caixa encerraram o movimento na assembléia realizada no dia 24.

O presidente do Sindicato, Luiz Cláudio Marcolino, destaca que as conquistas que serão ratificadas nesta quinta são fruto da garra dos bancários durante a greve. “Foram mais de duas semanas de uma batalha desigual. Os banqueiros usaram vários artifícios para tentar acabar com o movimento – a violência policial, o abuso dos interditos proibitórios, os contingenciamentos, o assédio moral, até caríssimos helicópteros –, mas os bancários foram muito mais fortes que tudo isso. E os resultados são, entre outros avanços sociais, o aumento real pelo quinto ano seguido e melhora na PLR”, avalia.

Proposta aprovada –
O reajuste salarial varia entre 10% e 8,15%, o que significa aumento real entre 2,66% e 1%. A Participação nos Lucros e Resultados (PLR) também será maior: a regra básica (80% do salário mais R$ 878) foi alterada para 90% do salário mais R$ 966. Além disso, os bancos que distribuírem menos de 5% do lucro líquido passam a pagar PLR de 2,2 salários – até o ano passado o limite era de 2 salários.

“Há tempos queríamos alterar esse modelo que já está ultrapassado e essa é a primeira mudança importante da regra básica desde 1997”, diz Marcolino, ressaltando que a conquista fará parte da Convenção Coletiva de Trabalho, “ou seja, ninguém tira esse aumento dos trabalhadores”. A regra da parcela adicional – conquista de 2006 – continua igual e, de acordo com o crescimento do lucro, pode atingir o teto de R$ 1.980.

 

Proposta Fenaban Aprovada

Item

Valor – em R$

Reajusta salarial

10% até 2.500
8,15 acima de 2.500

PLR*

90% + 966

Adicional à PLR**

1.320 até 1.980

Piso – Portaria

706,23

Piso – Escritório

1.013,64

Piso – Caixa

1.416,51

Piso – Tesoureiro

1.416,51

Gratificação de Função

55%

Auxílio-Refeição

15,92

Cesta-Alimentação

272,93

Auxílio-Creche/Babá

196,18

Requalificação Profissional

784,24

13ª Cesta-Alimentação

272,93

*O teto da PLR é de R$ 6.301. Se distribuir menos que 5% do lucro, paga 2,2 salários com teto de R$ 13.862.
** Pagamento da parcela adicional está vinculado ao crescimento do lucro líquido do banco de 2007 para 2008

Elaboração: DIEESE Subseção SESE/Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região

Específica Caixa Federal

Aplicação de 10% em todas as referências salariais do PCS das carreiras administrativas e profissionais, mantendo os percentuais entre as referências salariais. Dessa forma, o piso da tabela do PCS (Referência 201) passará de R$ 1.244 para R$ 1.369.
Será iniciada negociação para a construção de proposta para o PCC. O projeto será discutido até 30 de junho de 2009, a implantação começa no segundo semestre de 2009 e finalizada até dezembro de 2009.

O valor descontado relativo ao dia 30 de setembro será devolvido aos bancários até o dia 20/11. O banco afirmou que a paralisação do dia 23, terá o mesmo tratamento dado aos demais dias de greve pela proposta da Fenaban, ou seja, compensação. No entanto, a compensação seria feita até o aé 16/12.

Específica Banco do Brasil

PLR – Veja exemplos abaixo

O BB manterá o modelo utilizado nos semestres anteriores. Apesar de o pagamento continuar sendo semestral, o acordo a ser assinado terá validade de um ano.
Módulo Fixo –

O modelo prevê pagamento de 4% do lucro líquido, distribuídos de forma linear, o que garante o valor de R$ 1.916,54, além do valor fixo de R$ 483,00 (a metade do valor fixo da Fenaban).
Ainda no módulo fixo, será garantido o valor de 45% do VP do E6 para os escriturários, o que significa R$ 614,93. Para os caixas executivos, 45% do VP do E6 mais comissão de caixa, totalizando R$ 886,61. Para os demais cargos, 45% do VR.

 

Módulo bônus – Para os demais cargos comissionados, será pago um valor a título de bônus conforme a função, de forma que o montante totalize os percentuais divulgados pelo banco, que variam de 1,70 até 3,0 VRs. Esse complemento está condicionado ao cumprimento do ATB no semestre, havendo pagamento de valores proporcionais em tabela a ser divulgada para aqueles que não cumpriram integralmente o ATB.

Bônus 200 anos

O banco distribuirá o valor de R$ 120 milhões, divididos de forma linear entre os funcionários, o que dará em torno de R$ 1.300.

Plano Odontológico

O BB concordou em implantar o Plano Odontológico da Cassi até 30 de junho de 2009, sem ônus para os funcionários. O custo da implantação será arcado pelo banco.
Para os procedimentos que não forem cobertos pelo plano da Cassi, continuará existindo o financiamento pelo PAS.

 

Isonomia

PAS – Auxílios e adiantamentos. Pela proposta do BB, os funcionários terão direito a todos os benefícios previstos, garantindo a isonomia entre antigos e novo.
Ausências legais – Todos os funcionários passam a ter direitos iguais, acabando com as discriminações entre pós e pré-98. Exceto para licença-prêmio, férias de 35 dias após 20 anos de trabalho e acumular ou vender os 5 dias de bônus anuais. Esses pontos continuam sendo reivindicados pelos bancários.

 

Mesas temáticas

O BB concorda com a instalação de mesas temáticas para tratar de assuntos definidos em comum acordo entre as partes, dentre os quais terceirização, assédio moral, PCCS (lateralidade, remuneração etc.). Nos próximos 15 dias, será instalada a mesa que tratará dos assuntos referentes à incorporação do Besc.

Alguns exemplos de PLR – em R$

Cargo

45%

4% LL

Fixo Fenaban

Total

Escriturário

614,93

1.916,54

483

3.014,47

Caixa

886,61

1.916,54

483

3.286,15

Asneg

1.074,47

1.916,54

483

3.474,01

Ger. Seg. II

3.388,10

1.916,54

483

5.787,55*

* Valor sem Bonus
Elaboração: DIEESE Subseção SESE/Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região

Fonte: SEEB/SP

A aposta no Brasil

“Não vamos criar uma crise onde não existe”, diz Belini

Por Alberto Alerigi Jr.
SÃO PAULO (Reuters) – O presidente da Fiat na América Latina, Cledorvino Belini, minimizou nesta segunda-feira o impacto da crise financeira internacional no Brasil, afirmando que o mercado local continua forte.

Segundo o executivo, a montadora líder em vendas no Brasil manterá investimentos de 5 bilhões de reais previstos para ocorrente entre 2008 e 2010.

Evitando fazer projeções para 2009, Belini afirmou durante coletiva a jornalistas no Salão do Automóvel que os fundamentos da economia continuam fortes e citou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que indicaram manutenção do desemprego em 7,6 por cento e crescimento da massa salarial em 6,4 por cento.

Ao ser questionado se a Fiat manterá os investimentos no país apesar da crise financeira, o executivo afirmou que a previsão de desembolsos está mantida.

“Não vamos criar uma crise onde não existe. Existe um momento pontual de problema de crédito”, afirmou.

“Vivemos um momento atípico de restrição de crédito, mas estamos vendo medidas do governo para normalizar essa questão e acreditamos que é passageiro. Essa crise tem mais de um ano e durante esse ano a indústria automotiva cresceu 26 por cento e este mês estamos com venda média diária 5,5 por cento maior que a média diária do ano passado inteiro”, afirmou Belini.

Ele afirmou que a Fiat se preparava no início do ano para que o mercado interno do Brasil registrasse um aumento de 30 por cento das vendas, mas agora a expectativa é de uma expansão de 20 por cento. Apesar disso, ele afirmou que o arrefecimento pode ser bom para indústria, que trabalha com pouca folga para atender à demanda.

“Vinte por cento é um ótimo número. Vinte por cento sobre uma base de 27 por cento do ano passado significa que Brasil cresceu 55 por cento em dois anos. São poucos os países do mundo que têm essa marca”, disse Belini.  Continuação…

Fonte: http://br.reuters.com/article/topNews/idBRSPE49Q0D220081027

 

 

As três ondas da crise

O mundo passará por três grandes ondas no mercado financeiro, antes de assentar e começar a analisar as conequências sobre a economia real:

1. A crise bancária provocada pelo subprime. Bancos Centrais do mundo inteiro já encetaram ofensivas para contê-la.

2. Crise dos “hedge funds”, os fundos especulativos. A extraordinária desalavancagem (venda de ativos para resgate) ocorrida globalmente é a principal razão para essas quedas expressivas das bolsas, para as violentas oscilações cambiais (que não poupou nem o yen do Japão). É processo ainda em curso.

3. O default de países. Essa será a terceira onda. Na América Latina, são candidatos a Argentina (pelo conjunto da obra), Venezuela e Bolívia (pela queda do petróleo e pela falta de previsão quando os ventos iam a favor), e Chile (dependente do cobre).

Depois é que a recessão mundial entrará definitivamente nas análises.

Repare que, por conta do nervosismo atual, até notícias sem nenhuma novidade (como dados de recessão em países europeus ou nos EUA) caem como uma bomba sobre os mercados. Mas tudo por conta dos nervos expostos por essas ondas iniciais.

Fonte: http://projetobr.com.br/web/blog/5

CBN DEMITE ÂNCORA INDEPENDENTE: OPERAÇÃO 2010 JÁ COMEÇOU

O jornalista Sidney Rezende (foto) foi demitido da rádio CBN, que pertence às Organizações (?) Globo. Não conheço Sidney Rezende pessoalmente. Mas, ele era tido por colegas e ouvintes como um jornalista que exercia sua independência, apesar de a CBN também estar sob os tentáculos de Ratzinger – o agente das sombras do jornalismo global, o homem que articula a candidatura Serra.

Os leitores e ouvintes mais atentos percebem, na demissão de Siney, preparativos para a cobertura (?) das eleições 2010. A moto-serra dos tucanos vai passar sobre várias cabeças no jornalismo global.

Na CBN, conheço um outro âncora (não darei nome porque ele me pediu sigilo) que teve a cabeça pedida pelo governador paulista. Serra não gostou de entrevista feita pelo âncora com um economista, questionando a forma como a Prefeitura de São Paulo (que tinha estado sob comando serrista) investia suas sobras de caixa. Esse outr âncra conseguiu preservar a cabeça sobre o pescoço. E segue fazendo bom jornalismo. Até quando?

A operação desencadeada agora (aliás, a demissão de Luiz Carlos Braga, veterano jornalista da Globo em Brasília teria algo a ver com isso?), lembra muito a “operação 2006”.

Há dois anos, às vésperas da eleição presidencial, a Globo livrou-se do comentarista Franklin Martins (ele conta os bastidores completos, numa bela entrevista à revista “Caros Amigos” – procure o texto no site da revista) porque este não fechava com a linha oficial da emissora de “sentar a pancada” em Lula, e dar aquela “mãozinha” pros tucanos. Depois, foram limados também jornalistas que se indispuseram com a emissora, durante a cobertura da eleição (entre eles, inclui-se o responsável por este quase-blog, além de Luiz Carlos Azenha, Carlos Dornelles e o editor de política Marco Aurélio Mello).

Sobre a saída de Sidney Rezende, veja o que diz o leitor Stanley Burburinho, em comentário postado no blog do próprio Sidney:

“As Organizações Globo estão demitindo todos os jornalistas moderados, isentos. Será um tiro no pé se a Lucia Hippolito assumir o lugar do Sidney. Primeiro porque ela é de São Paulo, agora mora no Rio e sempre morou na zona sul e não conhece o subúrbio, zona norte, oeste, etc. ao contrário do Sidney que morou em Bangú. Segundo porque todos sabem que as opiniões dela não são isentas, sempre com viés partidário tucano. Sempre pequei pesado com o Sidney, mas com respeito por saber da imparcialidade dele e ele sempre me respondeu educadamente. No dia do debate entre o Gabeira e o Paes, percebi que havia alguma coisa estranha no ar. A D. Hippolito ficava o tempo todo de cabeça baixa, não encarava o Sidney e não gostou nada do Gabeira desconhecer por completo a Multi-Rio. Com as demissões do Sidney e da Roxane Ré, outra moderada, está parecendo que a Mariza Tavares, apesar de ser acionista da CBN, trabalha para a concorrência. Graças a Deus que as Organizações Globo estão em franca derrocada depois que resolveu escancarar de que lado estão no espectro ideológico. Sidney, não esquente. Afinal, você é/foi professor da PUC-Rio e os seus três patrões, sempre tiveram condições para estudar, mas nenhum deles têm curso superior. Nunca fizeram nada na vida. Sou chato, mas justo.”

Fonte: http://www.rodrigovianna.com.br/

Com Lula no poder, oposição perde 910 prefeituras

DEM é partido mais ‘desidratado’ da era petista e deixou de controlar 532 municípios em relação a 2000, quando ainda se chamava PFL.

O período de poder do presidente Luiz Inácio Lula da Silva representou uma desidratação municipal dos partidos de oposição. Em relação ao mapa eleitoral municipal de 2000, quando o tucano Fernando Henrique Cardoso ainda era o presidente, PSDB, DEM e PPS, atualmente as principais legendas da oposição, já encolheram em 910 prefeituras. A maior redução aconteceu com o DEM, que deve comandar a partir do próximo ano 532 cidades a menos do que fazia em 2000, quando ainda se chamava PFL.

Esses números apontam claramente a volatilidade da política nacional, onde grande parte dos políticos se alia automaticamente aos principais núcleos de poder do País, independentemente de ideologia.

Assim, o PMDB, que se manteve na base de sustentação do governo federal durante as gestões de Fernando Henrique e de Lula, conseguiu preservar nos últimos anos sua condição de partido com o maior número de prefeituras. Enquanto era aliado de Fernando Henrique em 2000, os peemedebistas conquistaram a gestão de 1.257 cidades.

Na eleição seguinte, em 2004, houve uma queda por conta da demora do partido em aderir completamente ao novo governo petista. O PMDB perdeu 200 prefeituras, mas mesmo assim ainda venceu em 1.057 cidades. Agora, completamente afinado com o governo Lula, o partido voltou a se fortalecer, com vitórias em 1.203 municípios.

 

DECLÍNIO

Para a oposição, ao contrário, o afastamento do Palácio do Planalto significou a redução de sua capilaridade municipal. Em 2000, quando ocupava a Vice-Presidência da República e era o segundo partido mais forte do governo Fernando Henrique, o então PFL ganhou em 1.028 cidades. Quatro anos depois, caiu para 790. Desde então, já com o nome novo e um discurso muito forte de oposição ao governo federal, a queda foi mais drástica ainda, com a vitória em apenas 496 cidades, embora tenha vencido em São Paulo – a maior de todas. Um desempenho pior, por exemplo, que o modesto e governista PP, que ganhou em 549 municípios.

O comando nacional do DEM atribui também essa queda à suposta cooptação feita pelo governo federal sobre os quadros do partido. Segundo o presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), somente a adoção do princípio da fidelidade partidária – que puniu os infiéis com a perda de mandato – foi capaz de frear a sangria nos quadros do partido.

Entre os tucanos, a queda foi menos sensível até por conta dos importantes governos regionais controlados pelo partido, como São Paulo e Minas Gerais, e pela expectativa de poder para a sucessão presidencial de 2010. Afinal, o partido tem hoje nos governadores de São Paulo, José Serra, e de Minas, Aécio Neves, dois nomes com grande potencial político para disputar a sucessão de Lula. Mesmo assim, os tucanos perderam 204 cidades desde 2000.

PPS

Menor dos três partidos de oposição, o PPS também sentiu na pele os efeitos de ser ou não aliado do governo. Em 2000, tinha 166 prefeituras. Embora tivesse candidato à Presidência em 2002, com Ciro Gomes, sua direção mantinha boa relação com o governo Fernando Henrique.

Com a vitória de Lula, o PPS se juntou à base aliada, ganhando o Ministério da Integração Nacional, entregue justamente a Ciro, e outros cargos importantes. Assim, saltou em 2004 para 306 prefeituras. Mas o PPS rompeu com o governo nesse mesmo ano e Ciro acabou se mudando para o governista PSB. Na oposição, o PPS voltou a encolher, caindo agora para 132 prefeituras.

Fonte: Blog do Favre

Organizações Globo se rendem ao poder da Record

RIO – A Record confirmou anteontem a venda dos direitos das Olimpíadas de Londres de 2012 para a Globosat e, discretamente, soltou fogos de alegria. A festa só vai acontecer mesmo quando a transação tiver o OK do Comitê Olímpico Internacional (COI), que vai garantir o negócio de aproximadamente US$ 22 milhões. É a primeira vez que a Record comanda um esquema desse porte. No passado, era o canal que comprava da Globo os direitos do Campeonato Brasileiro e Paulista. Velhos tempos aqueles.

Uma fonte da direção da Record garante que a venda vai ser positiva para os dois lados. Mas é claro que a exclusividade para a TV aberta nas mãos da Record vai mexer com o mercado publicitário brasileiro e até com a liderança nos índices de audiência.

– Vamos gozar da mesma audiência que a TV Globo conquistou durante as Olimpíadas de Pequim, que não foi pequena. Mas temos uma outra grande vantagem. O fuso horário de Londres está a nosso favor: serão apenas de três a quatro horas à frente do Brasil. Veremos os jogos às 20h ou 22h, e não de madrugada, como aconteceu este ano – explica um executivo da emissora.

Em média, o Ibope da TV Globo durante os Jogos Olímpicos foi de 15 pontos. A grande festa de abertura registrou 19 pontos, com 23% de participação.

– Vamos ter uma outra relação com o mercado publicitário e com os telespectadores. Na hora dos jogos, todo mundo vai querer ver os representantes do Brasil, a performance do atleta, de maneira individual ou coletivamente. Tudo atrai o público.

A Record, que também tem os direitos da transmissão dos jogos para as outras mídias, como internet – já vendidos por US$ 7 milhões para o Portal Terra – rádio e telefonia, sabe que vai conquistar outros parceiros com a aproximação da data do evento.

Ao calcular seu investimento de US$ 60 milhões firmado em 22 de maio de 2007, o canal vê que já abateu praticamente 50% desse valor com a Globosat (leiam-se canais SporTV) e com o Terra, sem falar nas várias cotas de patrocínio que serão firmadas a partir do ano que vem. O executivo da Record explica que há uma hierarquia na seleção de patrocínios. Têm prioridade, por exemplo, os que anunciaram nas olimpíadas anteriores.

Depois da contratação do jornalista Maurício Torres, que deixou a TV Globo, a Record começa a selecionar outros profissionais com experiência em assuntos esportivos. A equipe do departamento, que fica em São Paulo, tem 40 pessoas e vai crescer bastante. Além de Londres, a emissora tem também nas mãos os direitos dos Jogos Olímpicos de Inverno, de Vancouver, em 2010, e dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, em 2011. Assim, os três maiores eventos esportivos dos próximos anos serão exibidos pelo canal.

– Os contratos com Vancouver e Londres foram assinados num pacote só – afirma o representante da Record, que tentou, mas não conseguiu, os direitos da transmissão da Copa do Mundo.

Sobre a presença da torcida, o executivo afirma:

– Se já apareceram muitos brasileiros em Pequim, imagina nas Olimpíadas de Londres.

A estratégia da emissora, que tem como slogan “A caminho da liderança”, começou em 2004, ao dar início aos investimentos em dramaturgia (com o remake de um sucesso da Globo, a novela A escrava Isaura), na compra de filmes e de programas esportivos. A assinatura com os estúdios da Universal e a compra de séries de sucesso, como House e Seinfeld , fizeram parte desse movimento, que incluiu a aquisição dos estúdios de Renato Aragão, no Rio.

A ampliação da área, de 40 mil para 200 mil metros quadrados, em Vargem Grande e a construção de mais cinco estúdios, no total de oito, também mudaram o mercado da teledramaturgia brasileira. Foram abertas novas vagas em todas as áreas de produção, gerando maior competitividade.

Fonte: http://jbonline.terra.com.br/

Polêmica: Fortaleza poderá ganhar mais 122 anos

FORTALEZA – Pesquisadores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Fundação Núcleo de Tecnologia Industrial do Ceará (Nutec) lançaram uma polêmica: Fortaleza teria sido fundada por portugueses em 25 de julho de 1604 e não em 13 de abril de 1726, como constam os registros oficiais.

A nova tese veio depois que escavações próximas à foz do rio Ceará identificaram que ruinas de construções antigas tinham óleo de baleia na composição. O produto era usado ‘de forma muito primitiva, quando não havia alternativa, para impermeabilizar as paredes’ explica o historiador Adauto Leitão. Além disso eles também apontam outros indicativos, como por exemplo a data de construção de igrejas e monumentos, alguns, como a Igreja Matriz de Messejana que este ano completou 401 anos.

– Também existem documentos na biblioteca de Lisboa e Madrid, que nós já consultamos, que mostram que tudo começou ali no Forte de Santiago e não no Forte de Nossa Senhora de Assunção, como todo mundo aprende – explica Leitão.

– É uma vergonha descobrir a história da nossa terra fora dela – completa, em desabafo, o pesquisador Adauto Leitão.

A tese já foi tema de debate na Câmara Municipal e já foi aprovada pelos vereadores. Na próxima quarta-feira o projeto de lei volta ao plenário e se aprovado segue para sanção da prefeita.

– É uma coisa fundamentada na ciência, não tem como não levarmos isso adiante – comenta o autor do projeto de lei, vereador Idalmir Feitosa, do PSDB.

Ele admitiu que nunca havia prestado atenção, mas os anais da Câmara já contam que a instituição tem mais de 300 anos. – Como é que a filha foi existir antes da mãe? Uma câmara realmente não pode existir sem a cidade antes – concluiu.

Até hoje, oficialmente, Fortaleza tem 282 anos.

Fonte: Jornal do Brasil

Pessoas com aids deveriam começar tratamento mais cedo, diz estudo

Washington, 26 out (EFE) – As pessoas infectadas com o vírus da aids deveriam iniciar o tratamento com coquetéis muito mais rapidamente do que o indicado pelas normas atuais, afirmou hoje um grupo de pesquisadores.

“Os dados mostram, de maneira muito clara, que o risco de morte parece ser mais alto se espera-se que o tratamento seja iniciado”, segundo Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, que financiou parte do estudo.

Os resultados da pesquisa foram apresentados hoje em Washington durante uma conferência sobre doenças infecciosas, e indicam que as pessoas que adiam o tratamento até que seu sistema imunológico esteja muito enfraquecido têm o dobro de risco de morrer em poucos anos em comparação com as que iniciam mais cedo.Muitos médic

os consideram que é melhor que se evite, tanto quanto for possível, os efeitos dos remédios contra o HIV.

O HIV, que infecta a cada ano mais de 56 mil pessoas nos Estados Unidos, destrói as células no sistema imunológico, deixando o indivíduo mais vulnerável a doenças.

Fonte: Portal G1

Planos de saúde podem subir até o final de 2008

Até o final deste ano, alguns usuários de planos de saúde coletivos já poderão sentir os efeitos da crise financeira internacional no bolso. O motivo seria a alta nos custos das operadoras por conta do aumento na cotação do dólar.

“A crise, especialmente a alta do dólar frente ao real, pode impactar nos preços dos insumos médicos, o que aumenta os gastos das operadoras e seguradoras de saúde, causando, conseqüentemente, um reajuste de preços para o consumidor”, analisa a diretora do departamento de benefícios da SMB Seguros, Cecília Bononi.

A especialista afirma, também, que é muito cedo para prever um percentual para tal aumento, contudo acredita que as empresas não devem fazer quaisquer movimentos na tentativa de não repassar tais altas nos custos para o consumidor. “Elas não têm como não repassar”, diz.

Reajustes
O fato de os planos de saúde coletivos não terem seus preços reajustados pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), mas fixados pela própria empresa seguradora, é o que pode fazer com que os usuários de algumas empresas deste tipo de plano sintam os efeitos da crise antes dos consumidores dos planos individuais.

“Nos planos coletivos, os reajustes dependem dos contratos das empresas com as operadoras, então algumas podem repassar tanto agora como somente no ano que vem”, explica Bononi.

Já no caso dos planos individuais, reajustados anualmente pela ANS, os usuários só irão perceber o impacto da crise no ano que vem, caso o cenário internacional não apresente mudanças.

Fonte: http://www.maracaju.news.com.br/

Função da pílula anticoncepcional vai além da prevenção

Benefícios incluem proteção contra câncer, mas ela pode alterar libido e engordar

Quem usa todo santo mês alguma pílula anticoncepcional entre as várias disponíveis no mercado sabe quanto é prática e, provavelmente, não consegue imaginar a vida sem ela.

Não é à toa que mais de 100 milhões de mulheres no mundo inteiro (e cerca de 15% das brasileiras em idade fértil) recorrem à dita-cuja em algum momento.

Mas, apesar de sua popularidade e fama, há aspectos pouco conhecidos sobre o método que desvendamos agora.

O risco de engravidar é maior que parece
Se você toma a pílula religiosamente no mesmo horário todos os dias, sua chance de engravidar é de apenas 0,1%.

Trocando em miúdos, significa que, para cada mil mulheres que usam a medicação por um ano, uma engravida. Mas, cá entre nós, se manter a disciplina fosse tão fácil, ninguém faltaria à ginástica, certo?

Sem seguir um padrão militar — por exemplo, você toma de madrugada num dia e simplesmente se esquece do anticoncepcional em outro —, a eficácia cai para 92%.

“As pílulas atuais têm concentrações de hormônios cada vez menores. Assim, sua eficácia diminui quando são ingeridas em horários irregulares”, reforça o ginecologista Marco Antônio Lenci, do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. 

Protege a saúde e alivia a TPM
Sim! O anticoncepcional oral reduz o risco de câncer de ovário em 50%, segundo a Sociedade Americana de Câncer.

Outra vantagem é que, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer, nos Estados Unidos, seu uso por quatro anos reduz o risco de desenvolver câncer no endométrio pela metade.

Em paralelo, o método também deixa seu ciclo mais regular, um avanço para quem vive na imprevisibilidade.

“Como você passa a ter sempre a mesma quantidade de hormônios no organismo, alivia a TPM. E, como bloqueia a produção de hormônios masculinos pelo ovário, também vale como tratamento para acne e excesso de pêlos”, explica a dra. Lucila.

Não é para qualquer mulher
É preciso saber que há, sim, riscos. Aí vão alguns: o estrogênio presente no comprimido aumenta a probabilidade de desenvolver coágulos sanguíneos, que podem circular até o pulmão e ser fatal.

Por isso, emprestar a pílula da amiga é perigosíssimo. Só o médico tem condições de indicar quem pode ou não usá-la. 

Veja o caso das fumantes, não importando se acabam um maço por dia ou dão apenas algumas baforadas por semana. Acontece que o fumo está associado ao surgimento de coágulos.

“Eles, por sua vez, podem levar a situações como embolia pulmonar, infarto do miocárdio e derrame”, esclarece o dr. Marco Antônio Lenci.

Pode alterar a libido
Enquanto algumas mulheres viram um furacão sexual, já que não precisam se preocupar com a gravidez, outras comparam o anticoncepcional a um balde de água fria.

“Ele impossibilita o pico de testosterona na época da ovulação, reduz a quantidade de estrogênio e ainda diminui a lubrificação vaginal”, diz o dr. Marco Antônio Lenci. Não precisa dizer quanto isso afeta o desejo de muitas mulheres. 

Fonte: http://www.abril.com.br/

Vivo é condenada a readmitir funcionário com deficiência física

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que a empresa de telefonia Vivo S/A devolva o emprego a um portador de deficiência física, que foi demitido e alegou que a empresa não contratou outro empregado nas mesmas condições para substituí-lo.

Segundo a lei nº 8.213/91, empresas com cem ou mais funcionários devem reservar uma cota mínima de seus cargos para portadores de deficiência ou reabilitados. Caso eles sejam demitidos, deve ser contratado um substituto em condições semelhantes.

Primeiramente, o empregado demitido entrou com uma ação trabalhista na 25ª Vara do Trabalho de Porto Alegre (RS) contra a Celular CRT S/A, antiga razão social da Vivo S/A. O juiz determinou que ele fosse reintegrado ao antigo cargo, com a mesma função, local e horário de trabalho, e que os salários desde a sua demissão fossem pagos. 

No entanto, o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) absolveu a Vivo da obrigação de reintegrá-lo e condenou-a somente ao pagamento de salários, férias, depósitos de FGTS e outras verbas.

O funcionário recorreu, e o TST restabeleceu a primeira sentença. Para a ministra Rosa Maria Weber, redatora do caso, a Vivo não provou que contratou outro empregado nas mesmas condições. “A efetiva igualdade de oportunidade e de tratamento para trabalhadores portadores de deficiência exige atuação positiva do legislador, superando qualquer concepção meramente formal de igualdade, de modo a eliminar os obstáculos, sejam físicos, econômicos, sociais ou culturais, que impedem a sua concretização, pois se trata de situação em que a prevalência do princípio da igualdade exige o tratamento desigual dos desiguais”, disse a ministra.

Fonte: Portal da Imprensa

Lucro do Grupo Santander Brasil sobe 1,3% no ano, para R$ 2,23 bi

SÃO PAULO – O lucro líquido do Grupo Santander Brasil, que engloba os resultados dos bancos Santander e Real, avançou 1,3% entre janeiro e setembro deste ano, para R$ 2,23 bilhões, frente aos R$ 2,20 bilhões somados um ano antes. A carteira de crédito total do grupo somou R$ 130,48 bilhões, com crescimento de 25,5% ante os R$ 103,9 bilhões registrados no fim de setembro de 2007.

O crédito para pessoa física chegou a um volume de R$ 57,25 bilhões, o que implica alta de 23% perante os R$ 46,53 bilhões do nono mês do calendário anterior. As operações de crédito para pessoa jurídica aumentaram 28,9%, para R$ 67,65 bilhões.

“Os destaques da carteira de crédito de pessoa física foram os segmentos de cartões de crédito, que teve alta de 42,3% (R$ 6,22 bilhões); financiamento imobiliário, com crescimento de 32,3% (R$ 4,18 bilhões); CDC+Leasing, num incremento 23,7% (R$ 23,71 bilhões); e crédito consignado, que subiu 11% (R$ 6,59 bilhões)”, comentou a instituição em nota.

O grupo avisou ainda que já comprou dez carteiras de bancos menores e está em processo de encerrar a aquisição de outras seis, depois das medidas do Banco Central (BC) de liberação do compulsório. Em estudo, está a obtenção de mais 11 carteiras, todas elas, segundo o Santander Brasil, com ótima qualidade dos ativos. O investimento total nessas operações é calculado entre R$ 2 bilhões e R$ 2,5 bilhões.

“Para melhor entendimento da evolução patrimonial e resultados, tendo em vista a incorporação do Banco Real, estamos divulgando as informações financeiras ´pro forma”, considerando a consolidação do Banco Real nos respectivos períodos dos primeiros nove meses de 2008 e 2007″, alertou a instituição em nota.

Fonte: O Globo On Line

TSE quer ampliar presença da internet para eleições de 2010

No balanço do segundo turno das eleições, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, anunciou mudanças para 2010, como liberar o uso da internet, inclusive para doações de campanha, e criar o registro eleitoral eletrônico, no qual os futuros candidatos informem suas pendências judiciais. Em coletiva, na manhã desta terça-feira, o ministro afirmou que as eleições brasileiras são “paradigma para o mundo”.

– Em rigor, temos muito pouco a aprender com a experiência eleitoral de outros países – disse.

Ele citou como exemplo a arrecadação do candidato democrata à presidência dos EUA, Barack Obama, que conseguiu acumular recursos expressivos por meio de pequenas doações.

– Enquanto não sai o financiamento público de campanha, que se impõe, a internet poderia fiscalizar e dar mais transparência às doações. Nesse ponto, os norte-americanos tem a nos ensinar – concordou.

Britto disse, ainda, que a informatização facilitaria a divulgação dos candidatos com a ficha-suja.

– Não é para fazer da vida pregressa uma condição de elegibilidade, mas significa facilitar o acesso a essas informações – concluiu.

Fonte: Correio do Brasil

Ministério do Trabalho abre inscrição para 1.822 vagas

São vagas para administrador, economista e agente administrativo

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) abriu as inscrições para concurso público com 1.822 vagas efetivas. O processo seletivo visa substituir postos de trabalho terceirizados irregulares. São 186 vagas para administrador, oito para economista e 1.628 para agente administrativo (nível médio).

Os salários iniciais para administrador e economista são de R$ 1.949,12. Para agente, a remuneração é de R$ 1.814,95.

Com exceção das vagas para economista, que serão lotadas na sede do MTE, em Brasília, os cargos de administrador e agente administrativo terão postos nos 27 Estados do país.

A inscrição tem de ser feita pelo site do Cespe (Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade), até as 23h59 de 19 de novembro (horário oficial de Brasília). As taxas são de R$ 40 (cargo de nível superior) e R$ 35 (nível médio). Pode pedir isenção de taxa o candidato que estiver inscrito no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal) e for membro de família de baixa renda (ter ganho familiar mensal per capita de até meio salário mínimo; ou possuir renda familiar mensal de até três salários mínimos). Os pedidos têm de ser feitos nesta terça (28) e na quarta (29), pelo site do Cespe.

As provas objetivas, com 120 itens, serão aplicadas no dia 21 de dezembro, de manhã para os cargos de nível superior e à tarde para os de nível médio. A duração será de três horas e 30 minutos. Os locais e o horário de realização dos exames devem ser divulgados em 10 ou 11 de dezembro. O concurso público será realizado em todas as capitais do país.

As informações foram fornecidas pelo Cespe. É recomendável confirmar datas e horários

Fonte: Tribuna do Norte

PMDB governará maior fatia do eleitorado

César Felício, VALOR

O PMDB irá governar a partir de janeiro o destino de 28, 6 milhões de eleitores, por meio de seus 1.202 prefeitos eleitos no primeiro e no segundo turno este mês. A base municipal do partido cresceu 54% em termos eleitorais nos últimos quatro anos. Em 2004, a sigla havia conseguido o governo de 17,7 milhões de eleitores, ou 14% do total nacional. Agora, ficou com 21,8%

O crescimento do PMDB se deu em municípios de qualquer faixa de eleitorado, segundo levantamento feito pelo Valor, mas seu resultado mais vistoso ocorreu nas metrópoles. O partido conquistou três das nove cidades brasileiras com mais de um milhão de eleitores. A última vez que o partido havia vencido numa cidade deste porte foi em 2000, quando reelegeu o prefeito de Fortaleza, Juraci Magalhães.

A expansão pemedebista destaca duas lideranças: a do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, e a do ministro da Integração Nacional, o baiano Geddel Vieira Lima. Ambos são os principais artífices das vitórias da sigla no Rio e em Salvador, as principais cidades governadas pela sigla, onde os eleitos Eduardo Paes e João Henrique não entraram na disputa como favoritos. Cabral e Geddel tornam-se protagonistas nas negociações da sigla para compor a chapa presidencial de 2010, seja com o PT, seja com a oposição ao governo federal.

O resultado eleitoral ainda revitaliza o presidente regional do PMDB paulista, o ex-governador Orestes Quércia. Derrotado nas quatro últimas eleições majoritárias que disputou, Quércia indicou a nova vice-prefeita de São Paulo, Alda Marco Antônio e conta com a promessa de apoio do governador tucano José Serra para concorrer ao Senado em 2010.

Em termos de população governada, o PT praticamente estagnou. Em 2004, havia conquistado a administração de municípios que somavam 19,6 milhões de eleitores. Agora, irá administrar o destinos de 19,9 milhões de votantes. O partido não teve grande êxito nas metrópoles: ao decidir não concorrer em Belo Horizonte, colaborou para reduzir de três para duas as cidades com mais de 1 milhão de eleitores que governa. Não conseguiu recuperar cidades que anteriormente administrou, como São Paulo, Porto Alegre e Belém e não conquistou capitais novas, como Salvador.

Mas os petistas conseguiram um desempenho expressivo entre as grandes cidades , que oscilam entre 200 mil eleitores – o limite para o segundo turno – e 1 milhão de votantes. Nesta faixa, a sigla pulou de 12 para 18 prefeitos eleitos, seu melhor resultado em cidades deste porte.

Entre os seus líderes regionais, o que se tornou melhor sucedido foi o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, um dos responsáveis, ao lado do governador tucano Aécio Neves, pela eleição de Márcio Lacerda (PSB) em Belo Horizonte. Pimentel comprou uma briga com o partido e conseguiu expandir a sigla em Minas Gerais. O embate interno derrotou os ministros do Desenvolvimento Social, Patrus Ananias, e da secretaria geral da Presidência, Luiz Dulci. A vitória de Lacerda, contudo, foi um empreendimento conjunto entre Pimentel e o governador tucano Aécio Neves, que, com a vitória de Custódio Mattos (PSDB) em Juiz de Fora (MG), manteve o controle sobre sua própria sucessão.

Também fortalecidos ficam os prefeitos João Paulo, do Recife, que elegeu no primeiro turno o sucessor João da Costa e a prefeita Luizianne Lins, de Fortaleza, que se reelegeu também no primeiro turno. Mas ambos terão dificuldade de concorrer ao governo estadual em 2010, já que os governadores Eduardo Campos (PE) e Cid Gomes (CE), ambos do PSB, devem tentar a reeleição e podem contar com o apoio do PT, em função do papel estratégico do PSB no jogo de alianças para a eleição presidencial em 2010.

Os tucanos foram suplantados pelo PMDB e pelo PT em número de cidades governadas com mais de 200 mil eleitores. Deixaram claro nesta eleição o peso que possui a seção paulista do partido. Sem a titularidade da Prefeitura de São Paulo, recuou de 21% para 14,1% o percentual de eleitorado governado pela sigla.

Em relação a outras grandes cidades, o avanço tucano foi modesto: além de capitais que já controlava, como Curitiba e Teresina, ganhou apenas em São Luís, com João Castelo .

No caso do DEM, o partido tornou-se uma sociedade em que o prefeito Gilberto Kassab é o acionista majoritário. Sozinho, governa 51% do eleitorado de 15,8 milhões conquistado pelo partido. Partido que mais se fragilizou entre as grandes siglas, ao eleger apenas 495 prefeitos, de acordo com a Justiça Eleitoral. este ano, levantamento do DEM minimiza o recuo partidário. Mostra que o recuo em relação a 2004 – quando ganhou a administração sobre 15,1 milhões de eleitores, quase o mesmo número conquistado agora e sem uma prefeitura do porte de São Paulo para desequilibrar o resultado – é ilusório.

Na verdade, segundo avalia levantamento da sigla, houve um êxodo de prefeitos do partido para a base governista que antecedeu o período eleitoral e fez com que a base de 792 prefeitos eleitos em 2004 há muito já tivesse desaparecido. Nas contas do partido, o DEM entrou no processo eleitoral com apenas 538 prefeitos. Já havia evaporado cerca de um terço da antiga base municipal pefelista, cooptados pelos partidos governistas, sobretudo o PMDB na Bahia.

Matéria completa: Blog do Favre

Edinho Silva: PT precisa dialogar mais com a classe média

SÃO PAULO – A eleição para prefeito na capital paulista mostrou que o PT precisa melhorar seu diálogo com a classe média, segundo avaliação do presidente do diretório estadual do partido e prefeito de Araraquara (SP), Edinho Silva. “Essas eleições mostraram que temos esse desafio a superar. Setores da classe média ainda tem resistência ao PT”, disse.

Segundo Edinho, uma das dificuldades para a candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, foi o fato de seu adversário no segundo turno, Gilberto Kassab (DEM), estar à frente da Prefeitura. “A reeleição está institucionalizada”, apontou. Para ele, a possibilidade de reeleger um governante transforma a sua recondução ao cargo após o primeiro mandato em uma “avaliação” de seu governo, o que dificulta o trabalho de seus oponentes.

O fato de Kassab ser aliado do governador do Estado, José Serra (PSDB), também pesou contra a campanha de Marta, de acordo com o prefeito de Araraquara. “Nós enfrentamos a máquina da Prefeitura e do governo do Estado”, ressaltou. Além disso, ele acredita que a campanha do prefeito possuía uma “tática eleitoral extremamente bem construída” e uma política de comunicação bem-sucedida. Neste contexto, o presidente do diretório estadual do PT acredita que Kassab conseguiu algo que o PT não alcançou: construir um diálogo com a classe média, através de projetos como o Cidade Limpa.

Apesar de não ter levado a Prefeitura da capital, Edinho fez um balanço positivo da eleição para o PT em São Paulo. Ele chamou atenção para o resultado que o partido obteve na Grande São Paulo, com um total de onze prefeitos eleitos. “Nada substitui a capital”, reconheceu. Ainda assim, ele acredita que o PT saiu fortalecido no Estado. “É impossível você avaliar o cenário de 2010 sem entender que um dos pólos da eleição com certeza vai ser o PT.”

Ele evitou, entretanto, especular sobre possíveis candidatos ao governo do Estado. “O importante agora é fazermos um balanço, que eu penso que é um balanço positivo, um balanço que sinaliza para o futuro, para unificarmos o PT em prol de uma proposta”, disse. Para Silva, a idéia é fazer um “bom diagnóstico do Estado de São Paulo, inclusive da capital” e formular uma proposta de governo que contemple as diversas regiões de São Paulo.

Fonte: Blog do Favre

Juventude: Diversidade sexual na escola

Gênero e diversidade são sempre desafios para serem debatidos entre os jovens e requerem novas construções possíveis

Mais de cem jovens debateram, no último sábado (25/10), no Seminário da Prainha, em Fortaleza/CE, questões envolvendo comportamento, sexualidade e políticas públicas. O evento ´Juventude e Educação — gênero e diversidade sexual nas escolas´, foi promovido pelo Instituto de Juventude Contemporânea, organização não-governamental (ONG) que já possui nove anos de atividades em prol da juventude em estudos e ações.

Conforme Camila Brandão, uma das fundadoras, coordenadora do IJC e da pesquisa ´Retratos de uma Fortaleza Jovem´ (www.retratosdafortalezajovem.org.br), o evento intentou apresentar os resultados desta pesquisa e, debater com os jovens as questões de gênero e diversidade.

Além do IJC, integraram a mesa representante do Grupo de Apoio Asa Branca (Grab), que atua diretamente no segmento gay HSH (homens que fazem sexo com homens) e o Projovem Urbano, projeto de educação para jovens do Governo Federal, executado pela Prefeitura de Fortaleza.

Conforme Paulo Roberto Sousa Silva, coordenador do Projovem Urbano, a temática gênero e diversidade é sempre um desafio para ser debatido entre os jovens e requer das cabeças pensantes novas construções da sexualidade, sobretudo para implantar novos programas de políticas públicas.

Curiosidade

Uma das curiosidades no tocante à diversidade e gêneros se referem à sigla GLS, que após várias alterações resultou em LGBTT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), as lésbicas encabeçando a sigla para tentar modificar o padrão masculino e machista que predominou e ainda predomina. Homens assumem sem tanto temor suas preferências sexuais entre si. Já as mulheres, naturalmente discriminadas, são ainda mais quando fazem opção sexual pelo lesbianismo. Se forem pobres e negras, a situação dessas mulheres é ainda mais séria, pelo preconceito.

A diversidade na sexualidade e os gêneros constituem uma realidade também entre os jovens que deve ser tratada de forma clara e transparente.

No tocante à pesquisa realizada pelo IJC, Camila Brandão esclarece ser a única realizada para conhecer o perfil dos jovens da cidade. Foi feita no fim de 2006 e lançada no ano passado, abarcando áreas como educação, trabalho e segurança e saúde.

O que é ser jovem hoje? Foi outra questão levada aos 1.734 jovens, entre 16 e 29 anos, já que nunca são ouvidos.

Fonte: Diário do Nordeste

Petista Antonio Gomide vence em Anápolis (GO)

O vereador Roberto Antonio Gomide (PT), 48 anos, é o novo prefeito eleito de Anápolis (GO). Com 100% dos votos apurados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gomide somou 122.245 votos, ou 75,63% dos votos válidos. Ele obteve, proporcionalmente, um dos maiores porcentuais entre os candidatos das 30 cidades quem disputam em 2º turno das eleições municipais, ficando bem à frente da candidata Onaide Santillo (PMDB), que somou 39.394 votos, ou 24,37% dos votos válidos. Votos brancos somaram 3.364 votos (1,91%) e os nulos, 6.230 (3,64%).

Roberto Gomide iniciou a campanha com apenas 3% das intenções de votos. Mas, com o resultado, inicia um processo de cura das feridas abertas com o PMDB, partido da base do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nestas eleições.

Hoje, Gomide cumpre o terceiro mandato de vereador da cidade, distante 50 quilômetros de Goiânia. Porém, ele anunciou que vai buscar, pedir e bater em portas para receber apoio ao seu projeto de desenvolvimento. “Vamos buscar ajuda em Brasília sim”, disse tão logo foi confirmada sua eleição. “Vamos arregaçar as mangas e recuperar o tempo perdido”, disse.

Anápolis é uma cidade de contrastes, cercada pela Base Aérea da Força Aérea Brasileira (FAB), a Ferrovia Norte-Sul, o maior pólo de medicamentos genéricos do País, uma montadora de veículos e o maior porto seco da região Centro-Oeste. Um em cada três anapolinos vive na linha da pobreza, dezenas de bairros não têm asfalto, redes de saneamento básico, hospitais, urbanização, escolas nem creches. “A cidade apresenta vigoroso crescimento econômico, mas precisa de planejamento, recursos financeiros e qualidade de vida”, afirma Gomide.

Fonte: Portal G1

Marília Campos (PT) é reeleita prefeita de Contagem-MG

Candidata do PT teve 56,88% dos votos válidos.
Ela bateu Ademir Lucas, do PSDB, que teve 43,12%.

A candidata Marília Campos, do PT, foi reeleita prefeita de Contagem (MG) neste domingo (26), nas apurações do segundo turno. Ela teve 56,88% dos votos válidos, o equivalente a 174 mil votos.

Ademir Lucas, do PSDB, teve 43,12% dos votos (132 mil), segundo dados do TSE .

Primeiro turno – No primeiro turno, a candidata à reeleição, Marília Campos (PT), liderou a apuração com 43,87% dos votos válidos (132.154), contra 37,39% (112.630) do tucano Ademir Lucas. O terceiro mais votado foi Carlin (PC do B), que recebeu 33.684 votos (11,18%). Paulo Mattos (PTB) obteve 9.351 (3,10%) e Sancler (PMDB), 6.049 (2,01%).

Fonte: Portal G1

Jairo Jorge, do PT, é eleito prefeito de Canoas (RS)

Petista derrotou atual vice-prefeito com 52,63% dos votos válidos. Diferença para Jurandir Maciel, do PTB, foi de quase 10 mil votos.

O petista Jairo Jorge foi eleito prefeito da cidade gaúcha de Canoas. Ele derrotou, em votação de segundo turno, o atual vice-prefeito da cidade, Jurandir Maciel, do PTB.

Jorge teve 98.736 votos, o equivalente a 52,63% do total de votos válidos. A diferença para seu adversário foi de pouco menos de 10 mil votos: Jurandir foi escolhido por 88.851 eleitores, ou 47,37%.

 Primeiro turno – No primeiro turno, o petista Jairo Jorge liderou a apuração com 84.268 votos (46,51% dos válidos), contra 67.867 (37,46%) de Jurandir Maciel (PTB).

Nedy (PMDB) recebeu 27.195 votos (15,01%) e Paulo Sergio (PSOL), 1.839 (1,02%). 

Jairo Jorge (PT) foi candidato a prefeito em 1985, mas perdeu. Foi vereador de Canoas de 1989 a 1992. Em 2003 foi secretário adjunto da Secretaria Especial do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Previdência da República. Em 2004, foi ministro interino da Educação.

Fonte: Portal G1

Carlito Merss (PT) é eleito em Joinville/SC com 62,15%

SÃO PAULO – O candidato Carlito Merss, do PT, venceu neste domingo, 26, a disputa pela Prefeitura de Joinville (SC). Com a apuração encerrada, ele obteve 62,15% dos votos válidos, derrotando Darci de Matos, do DEM, que conquistou 37,85%.

No primeiro turno, Matos, da coligação Joinville Cidadã (PSL-PSDC-PSDB-PHS-PTdoB-DEM) teve 23,96% dos votos contra 36,14% de Carlito, da coligação Joinville de Toda Sua Gente (PT-PR). A saúde foi a prioridade da campanha dos dois candidatos.  

A vitória de Merss ficará na história da maior cidade catarinense. Ele é o primeiro prefeito a se eleger pelo partido dos trabalhares no maior pólo industrial e econômico do Estado. “Enche-me de orgulho esta vitória e tenho muita gratidão ao povo desta cidade tão rica e importante para nosso estado”, declarou Carlito Merss, tão logo teve a certeza da vitória.  

Natural de Porto União, no planalto norte catarinense, tem 53 anos e é formado em Economia pela Universidade da Região de Joinville (Univille) e está filiado ao PT desde 1983.  

Em 1992, Carlito elegeu-se vereador. Na Câmara de Joinville, foi presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apurou irregularidades na Fundação Cultural do município. Em 1994, Carlito foi deputado estadual e em 1998, foi eleito deputado federal, com 53.608 votos.  

Deputado federal, ele foi candidato a prefeito da cidade em 1988, 1996, 2000, quando perdeu, no segundo turno, para o atual governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), e em 2004, quando não conseguiu impedir a reeleição do atual prefeito Marco Tebaldi (PSDB).

Desafios – Carlito Merss classificou o atendimento atual da saúde como caótico e quer acabar com as longas filas de espera para consultas. Ele disse que essa será sua primeira ação como prefeito. 

Outro problema de Joinville, apontado como um desafio por Carlito, é acabar com o turno intermediário nas escolas públicas. Hoje, por falta de estrutura, as escolas da rede municipal têm três turnos para atender a um número maior de crianças: o primeiro começa às 7h, o segundo, às 10h, e o terceiro, às 13h.  

Joinville tem hoje 487 mil habitantes – mais do que a capital Florianópolis – e 340 mil eleitores. A partir da década de 1950 viveu um período de grande expansão da atividade industrial, chegando a ser chamada de a “Manchester Catarinense”, uma alusão à cidade inglesa, que foi um dos berços da revolução industrial. 

Derrota de Silveira – O resultado negativo nas urnas de Matos pode significar uma derrota pessoal do atual governador do Estado, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), segundo o historiador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Waldir Rampinelli.  

“O Luiz Henrique é de lá (Joinville), foi prefeito de lá e apostou muito na cidade. Se o Darci não vencer é uma derrota acachapante para o governador”, analisou Rampinelli. A vitória de Carlito Mers representa uma vitória também da senadora Ideli Salvati, que apóia o candidato e “quer ser governadora”, aponta o historiador.

Fonte: Estadao.com

ITAÚ antecipa resultados, vê novas compras de carteiras

SÃO PAULO (Reuters) – O Itaú fechou o terceiro trimestre do ano com um lucro líquido de 1,8 bilhão de reais e está analisando novas aquisições de carteiras de crédito de outras instituições, informou o banco nesta segunda-feira. Assim como tem sido feito por seus principais concorrentes, o Itaú deu detalhes sobre as operações de derivativos cambiais, que tem gerado efeitos negativos sobre as contas de algumas empresas no país, mas ressaltou que a crise financeira global não está afetando o banco.

“Estamos confortáveis com a evolução do (mercado de) crédito”, foco da crise, disse à Reuters Silvio de Carvalho, diretor de controladoria do Itaú.

O Itaú BBA, unidade de banco de investimento da instituição, tinha em 24 de outubro operações de derivativos com 96 clientes. A exposição total do banco nesses produtos, a uma taxa de câmbio de 2,30 reais por dólar para liquidação no vencimento, era de 2,4 bilhões de reais.

“O valor total dessa exposição representa menos de 1,5 por cento da carteira de crédito e menos que 0,6 por cento dos ativos do conglomerado”, afirmou o banco em fato relevante.

Carvalho afirmou que o Itaú pode adquirir outras carteiras de crédito de instituições financeiras, mas preferiu não dar detalhes sobre eventuais negociações, dizendo apenas que elas podem ser anunciadas em breve.

“Estamos analisando outras oportunidades… Estamos analisando outras carteiras”, disse ele. “Pode ser (anunciado) em breve.”

O banco resolveu antecipar a divulgação de seu resultado trimestral, assim como fez o Unibanco, na sexta-feira. Inicialmente, o Itaú planejava divulgar seu balanço em 4 de novembro.

Segundo Carvalho, a antecipação deve-se ao “comportamento do mercado de capitais que tem acontecido nas últimas semanas, com tudo acontecendo muito rápido”.

Matéria completa: O Globo.com

Eleições 2008: Candidatos do PT somam maior votação no 2º turno

O PT foi o partido que mais recebeu votos no 2º turno, seus 15 candidatos obtiveram uma votação de 5,168 milhões. (Veja gráficos). Os 12 candidatos do PMDB totalizaram 4,460 milhões de votos, a segunda maior marca. Em terceiro ficou o DEM, apesar de ter disputado o 2º turno em apenas duas cidades.

Maior “lavada” do 2º turno ocorreu em Anápolis/Go: 51 pontos de vantagem. O candidato do PT, Antonio Gomide, recebeu 75,63% dos votos válidos, 51,3 pontos percentuais a mais do que Onaide Santillo (PMDB), e estabeleceu a maior vantagem proporcional entre as 30 cidades com 2º turno. Foram 82,8 mil votos a mais do que adversário.

PT e PMDB ganham, juntos, na maioria das cidades com 2º turno

Eis o balanço final do 2º turno por partidos, nas 30 cidades onde o eleitor voltou às urnas:

O PT ganhou em 8 das 15 cidades onde disputou o 2º turno (53%): Anápolis (GO), Contagem (MG), Petrópolis (RJ), Canoas (RS), Joinville (SC), Guarulhos (SP), Mauá (SP), São Bernardo do Campo (SP).

O PMDB ganhou em 8 das 12 cidades onde disputou o 2º turno (67%): Salvador (BA), Montes Claros (MG), Campina Grande (PB), Campos (RJ), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RJ), Florianópolis (SC), Bauru (SP).

O PSDB ganhou em 4 das 10 cidades onde disputou o 2º turno (40%): São Luís (MA), Juiz de Fora (MG), Cuiabá (MT) e Ponta Grossa (PR).

O PTB ganhou em 3 das 4 cidades onde disputou o 2º turno (75%): Manaus (AM), Belém (PA) e Santo André (SP).

O PSB ganhou em 2 das 6 cidades onde disputou o 2º turno (33%): Belo Horizonte (MG) e São José do Rio Preto (SP).

O PP ganhou em 2 das 3 cidades onde disputou o 2º turno (67%): Londrina (PR) e Pelotas (RS).

O PDT ganhou em 1 das 2 cidades onde disputou o 2º turno (50%): Macapá (AP).

O DEM ganhou em 1 das 2 cidades onde disputou o 2º turno (50%): São Paulo (SP).

O PR ganhou em 1 das 2 cidades onde disputou o 2º turno (50%): Vila Velha (ES).

O PC do B não ganhou na cidade onde disputou o 2º turno.
O PV não ganhou na cidade onde disputou o 2º turno.
O PPS não ganhou nas duas cidades onde disputou o 2º turno.

Em SC, PMDB ganha na capital e PT vence em Joiville

Dário Berger (PMDB) bateu Esperidião Amin (PP) em Florianópolis, mais um prefeito de capital reeleito. Em Joinville, Carlito Mers (PT) ganhou a eleição de Darci de Matos (DEM).

Fonte: Blog Os Amigos do Presidente Lula

Ministro Geddel oferece vitória de prefeito de Salvador ao presidente

Maior beneficiado da postura do presidente Lula na eleição em Salvador, o ministro Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) “ofereceu” a vitória ao petista, em telefonema logo após a divulgação dos resultados.

“Ele é o grande vencedor”, afirmou o ministro, que tenta capitalizar politicamente a aproximação com Lula, presidente com popularidade recorde na Bahia.

O segundo turno entre PMDB e PT na Bahia fez Lula ficar fisicamente distante da disputa –ele não gravou para nenhum dos dois candidatos nem subiu em palanque.

Mas nos bastidores até petistas reconhecem que a preferência do Planalto era pela vitória do PMDB, partido com o qual Lula pretende compor a aliança para fazer o seu sucessor em 2010. Pelo apoio do PMDB, Lula fez uma série de concessões nestas eleições, em detrimento do próprio partido, o PT.

Ontem, João Henrique afirmou que, por intermédio de Geddel, pretende reforçar a parceria com o governo federal, principalmente no que diz respeito aos investimentos na capital.

Mal avaliado no início de sua gestão, o peemedebista reverteu os índices de rejeição usando um instrumento que sempre acompanhou a sua carreira. Em pouco mais de três anos, gastou R$ 61,5 milhões em publicidade, praticamente o mesmo desembolsado pelo seu antecessor, Antonio Imbassahy (PSDB), em oito anos de administração (R$ 62,2 milhões).

Fonte: Folha On Line

2º Turno: PT e PMDB vencem na maioria das cidades, como no 1º turno

O PT e o PMDB dominaram as vitórias nas 30 cidades com mais de 200 mil eleitores onde houve segundo turno das eleições municipais. Cada partido conquistou oito prefeituras no pleito realizado neste domingo (26/10).

No estado de São Paulo, o PT elegeu os prefeitos de São Bernardo do Campo, Guarulhos e Mauá. Em São Bernardo, cidade de Lula, o eleito foi o ex-ministro da Previdência Social Luiz Marinho, que contou com engajamento pessoal do presidente em sua campanha, pedindo votos em comícios e caminhadas.

O PT também ganhou em Anápolis (GO), Contagem (MG), Petrópolis (RJ), Canoas (RS), e Joinville (SC).

Entre as cidades mais importantes onde o PMDB ganhou estão Porto Alegre e Salvador, em confronto direto com o PT, e o Rio de Janeiro, segundo maior colégio eleitoral do país. Em Florianópolis, reelegeu-se Dário Berger, derrotando o ex-governador Esperidião Amin (PP). O PMDB concorreu em 12 cidades.

Os peemedebistas ainda levaram em Campos (RJ), com a ex-governadora Rosinha Matheus; Montes Claros (MG); Campina Grande (PB); e Bauru (SP).

Outros partidos

O PSDB concorreu em 10 cidades e venceu em quatro, sendo duas capitais. Em Cuiabá, foi reeleito o prefeito Wilson Santos e, em São Luís, o vitorioso foi o ex-governador João Castelo. Os tucanos também administrarão Juiz de Fora (MG) e Ponta Grossa (PR).

Já o PSB foi para o segundo turno em seis cidades, vencendo em duas. Em Belo Horizonte (MG), terceiro maior colégio eleitoral do país, o eleito foi Márcio Lacerda, apoiado pelo governador Aécio Neves (PSDB) e pelo prefeito Fernando Pimentel (PT). Em São José do Rio Preto (SP), o vencedor foi Valdomiro Lopes, que concorreu diretamente com o PT.

O PTB disputou a prefeitura em quatro cidades e saiu vitorioso de três, sendo duas capitais. Em Belém (PA), foi reeleito Duciomar Costa. Em Manaus (AM), o ex-governador Amazonino Mendes foi o escolhido. O outro petebista eleito foi Aidan Ravin, em Santo André (SP), tradicional reduto eleitoral do PT paulista.

O PP competiu em três cidades e ganhou em duas: Londrina (PR) e Pelotas (RS).

O PDT ficou na disputa em dois locais, mas só conseguiu vencer em Macapá (AP), com o candidato Roberto Góes.

O PR levou em Vila Velha (ES) e perdeu em Cuiabá (MT).

O DEM, um dos maiores derrotados nas eleições municipais deste ano, reequilibrou sua força política com a eleição de Gilberto Kassab em São Paulo. No município catarinense de Joinville, o DEM foi derrotado pelo deputado petista Carlito Merss.

Informações: Agência Brasil