Estudantes de Fortaleza ficam no topo do IME, 2º vestibular mais difícil do país

ime

Dois cearenses estão nos primeiros lugares do resultado preliminar Instituto Militar de Engenharia do Concurso de Admissão aos Cursos de Formação e Graduação do IME CA/CFG 2016/17. A divulgação foi feita nesta terça-feira (6), no site oficial do instituto.

Jonathans Schaffer Torres está na primeira colocação com uma média total de 8,28. Na segunda colocação, está o também aluno de Fortaleza Vinicius Saraiva Campos, com 8,26 de média. A lista segue com um estudante de São José dos Campos.

Na quarta e quinta colocação também são de alunos da capital cearense. Pedro Henrique Ferreira Cavalcante, com a média de 7,89, e Nickolas Batista Mendonça Machado, 7,86. Fechando o “TOP 10” ainda estão alunos de Brasília, São José dos Campos e Rio de Janeiro.

Além disso, outros dois fortalezenses também completam a lista. No total: são seis estudantes de Fortaleza, dois de São José dos Campos, um de Brasília e um do Rio de Janeiro.

(Lyvia Rocha, Tribuna do Ceará)

Sesc abre inscrições para Colônia de Férias em Fortaleza

ae7f5598_1
Colônia de Férias do Sesc é destinado para crianças de 5 a 12 anos (Foto: Divulgação/Sesc)

O Sistema Fecomércio-CE, por meio do Sesc, está com inscrições abertas para o projeto Brincando nas Férias, que acontece de 9 a 13 de janeiro de 2017, na Escola Educar Sesc Fortaleza, das 8 às 17h.

As inscrições podem ser feitas no Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) na Unidade Fortaleza do Sesc, das 8 às 18h, de segunda a sexta.

Destinado a crianças de 5 a 12 anos, o projeto tem a proposta de incentivar as crianças a praticar brincadeiras lúdicas, de forma educativa, desenvolvendo a autonomia e a responsabilidade delas. Para essa edição, o tema trabalhado será “Amigos da Natureza”.

Na programação, haverá gincana cultural, espetáculos teatrais, oficinas de arte, artesanato, contação de histórias e show de mágica. Todas as atividades são voltadas para o tema.

No ato da matrícula, o interessado deve levar uma foto 3×4 da criança, preencher um termo de compromisso e uma ficha. Se houver desistência, a criança a ser chamada será a primeira da lista de espera.

Programação

Dia 9

8h – Recepção das crianças pelos monitores
8h20 – Exibição de  vídeo sobre o proojeto
8h30 – Apresentação da equipe ao tema proposto
9h30 – Lanche
10h – Gincana Cultural
11h – Show de Palhaço
12h – Almoço
13h – Repouso
14h – Pequenos e Grandes Jogos
15h30 – Lanche
16h – Gincana Cultural
17h – Entrega das crianças aos pais.

Dia 10

8h – Recepção das crianças por equipe
8h30 – Gincana Cultural
9h30 – Lanche
10h – Oficinas de Arte

* Brinquedos de Sucata

* Confecção de Bonecos de Meia

* Oficina de Culinária ( Brigadeiro)

* Oficina de Pintura em Tela

11h – Show Palhaços
12h – Almoço
13h – Repouso
14h – Espetáculo Teatral
15h30 – Lanche
16h- Gincana Cultural
17h – Entrega das crianças aos pais.

Dia 11

8h – Recepção das crianças por equipe
8h30 – Gincana Cultural
9h30 – Lanche
10h – Show de Mágica
11h – Oficinas de Arte

* Brinquedos de Sucata

*Confecção de Bonecos de Meia

* Oficina de Culinária ( Din-Din)

* Oficina de Pintura em Tela

12h – Almoço
13h – Repouso
14h – Pequenos e Grandes Jogos
15h – lanche
15h30 – Teatro de Bonecos
16h30 – Gincana Cultural
17h – Entrega das crianças aos pais

Dia 12

8h – Recepção das Crianças por equipe
8h30 – Pequenos e Grandes Jogos
9h30 – Lanche
10h – Apresentação Teatral
11h – Gincana Cultural
12h – Almoço
13h – Repouso
14h – Gincana Cultural
15h30 – Lanche
16h – Pequenos e Grandes Jogos
17h – Entrega das crianças aos pais

Dia 13

8h – Recepção das crianças por equipe
8h30 – Brinquedos Infláveis ( Grupo 03 e 04 )
8h30 – Sarau Musical ( Grupo 01 e 02)
9h30 – Lanche
10h – Brinquedos Infláveis ( Grupo 01 e 02)
10h – Sarau Musical ( 03 e 04)
12h – Almoço
13h – Repouso
14h – Brinquedos Infláveis ( Grupo 03 e 04)
14h – Contação de Historia ( Grupo 01 e 02)
15h – Lanche
15h30 – Brinquedos Infláveis ( Grupo 01 e 02)
15h30 – Sarau Musical ( 03 e 04)
16h30 – Gincana Cultural
17h – Entrega dos alunos aos pais

Serviço:

Brincando nas Férias Sesc

Inscrições: A partir do dia 5/12, das 8h às 18h, de seg a sex, no SAC na Unidade Fortaleza (R. Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro). Vagas limitadas!

Valores: R$ 90,00 (comerciário e dependente de servidor), R$ 120,00 (conveniado) e R$ 160,00 (usuário).

Atividades
Local: Escola Educar Sesc Fortaleza (Rua José Jatahy, 813 – Farias Brito)
Período: 9 a 13/1
Horário: 8h às 17h
Informações: 9.9979 8513

(G1 Ceará)

Ceará: Comissão aprova multa de até R$ 37 mil por racismo, homofobia ou transfobia

imagem-justica-lgbt-2015-001

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou projeto que estabelece “diretrizes para o reconhecimento de uma política de combate à discriminação” no Ceará. Segundo o texto, de Zé Ailton Brasil (PP), a medida busca combater racismo, homofobia, transfobia ou qualquer discriminação por raça, crença, orientação sexual ou identidade de gênero no Estado.

A medida ainda estabelece uma série de penalidades para estabelecimentos comerciais ou entidades que promovam atos discriminatórios, incluindo multas entre mil Ufirce (cerca de R$ 3,7 mil) e 10.000 Ufirce (cerca de R$ 37 mil). Também estão previstas a suspensão do alvará de funcionamento por até trinta dias bem como a interdição do estabelecimento.

Entre atos considerados discriminatórios, a medida lista “constranger ou intimidar” pessoas por razão de raça, crença, orientação sexual ou identidade de gênero, bem como as “expor ao ridículo”. É vedada também a restrição do acesso a ambientes ou serviços por conta desses mesmos fatores.

Discriminação diária

Segundo Zé Ailton Brasil – eleito neste ano prefeito do Crato -, garantias fundamentais de igualdade previstas na Constituição vêm sendo “rotineiramente” violadas pelo preconceito no Ceará. A medida, no entanto, transfere ao Executivo a competência de estabelecer o cumprimento e fiscalização das medidas.

“É preciso coragem para encarar os desafios de frente, para expressarmos que a violência não faz parte do nosso Estado”, diz o deputado, citando relatório da Polícia Federal expondo crescimento dos crimes de ódio no Brasil. A garantia de viver sem ser discriminado é uma das primeiras listadas na Constituição, citada como um dos princípios fundamentais do País.

Em abril deste ano, um grupo de jovens realizou um “beijaço LGBT” em protesto após dois jovens serem expulsos de um shopping de Fortaleza por causa de um beijo. Casos do tipo, infelizmente, não são novidade no Ceará, sendo recorrentes relatos de transexuais ou homossexuais expulsos ou discriminados de estabelecimentos por exercerem um direito constitucional inalienável.

(O Povo)

Fortaleza pode sediar mais uma edição do UFC em março de 2017

ufc-em-fortaleza
Evento ter lotação máxima, como nas outras edições realizadas em Fortaleza. Foto: UFC/Divulgação

Fortaleza está muito próxima de ser oficializada como a sede da edição que o UFC agendou para 11 de março, no Brasil. As negociações com a Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte) estão bem adiantadas para que o evento seja realizado no ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), que tem ambiente climatizado e capacidade para receber até 20 mil espectadores.

Essa seria a segunda vez que a maior organização de MMA do mundo realizaria um evento na capital cearense. A primeira vez foi no dia 8 de junho de 2013, quando o ginásio Paulo Sarasate recebeu o evento intitulado TUF Brasil Finale 2, trazendo como luta principal o duelo Fabrício Werdum x Rodrigo Minotauro, além das finais da 2ª temporada do reality show The Ultimate Fighter – Brasil.

As negociações estão bem adiantadas e a oficialização da escolha, por meio do UFC, pode ocorrer nos próximos dias. O blog Clube da Luta, do Portal Esportes O POVO, indica que o contrato para o fechamento do acordo encontra-se em fase final de elaboração.

(O Povo)

Feira apresenta universo HQ e retrata personagens cearenses em Fortaleza

wesley123
Cantor Wesley Safadão é retratado em homenagem durante feira (Foto: Divulgação/FLQ)

Fortaleza recebe no próximo domingo (11) a Feira Livre de Quadrinhos. O evento, que ocorre trimestralmente, é uma oportunidade de reunir amantes e entusiastas da 9º arte. Segundo a organização, o evento será realizado de 13 às 17 horas, na Praça Luiza Távora (conhecida como pracinha da Ceart), no Bairro Aldeota. O evento é gratuito.

Dentro da programação, a expectativa é receber fãs de diversos tipos de HQs, seja da Marvel e DC ou até mangás, europeus, além da produção local. A feira espera que essa seja uma oportunidade para o público trocar, comprar e vender materiais – novos ou usados.

O evento, que chega ao segundo ano, é organizado por um grupo de fãs deste universo: Elisandro Pinho, Douglas Rodrigues, Rildon Oliver, Italo Bruno, Hugo Da S. Pinheiro, Kbça Rhm, Isac Luan, Jackson Matos, e outros.

Os organizadores ainda ressaltam que não existe fim lucrativo. “Qualquer pessoa pode comercializar seu produto”. Vários materiais relacionados ao mercado nerd podem ser encontrados: action figures, revistas, como canecas, mouse pads e diversas “traquitanas”.

Novidade na edição
O evento também traz uma novidade: uma homenagem aos talentos cearenses. Um grupo de ilustradores foi convidado para retratar personagens conhecidos. São eles: Falcão, Renato Aragão, Raimundinha, Patativa do Assaré, Maria da Penha, a galera Das Garras da Patrulha e alguns apresentadores locais.

Dez nomes levam seus lápis e suas interpretações de super-heróis cearenses com humor. Vão participar Fernando Lima, Walber Feijó, JJ Marreiro, Brendda Costa Lima, Adriano Sapão, Nycolas Di, Valber Benevides, Nádia Lopes, Everton Veras, Nicole A. Rodrigues (Nick, talento descoberto pela organização da Feira Livre de Quadrinhos) e o artista plástico Alex Ferreira.

(G1 Ceará)

BB amplia PEAI e incentivo à aposentadoria vira caça às bruxas

34c5b-bb4

Se o clima já era tenso entre os funcionários do Banco do Brasil, piorou ainda mais na tarde da terça-feira (6) quando os trabalhadores foram surpreendidos com uma nova alteração no Programa Extraordinário de Incentivo a Aposentadoria (PEAI). Na toada de desrespeito, a direção da instituição financeira ampliou o público-alvo do PEAI, que passa a ser estendido aos funcionários que tenham mais de cinco anos de contribuição ao PrevMais – plano de complemento à aposentadoria ligado ao Economus.

Até então só poderia aderir quem atendesse às seguintes premissas: estar aposentado ou ter condições de requerer o benefício pelo INSS até 31 de dezembro ou as condições dos fundos de pensão como a Previ e o Economus (nesse caso o prazo mínimo de contribuição era de 15 anos).

“Foi criado um verdadeiro ‘caça às bruxas’, com alguns gestores assediando moralmente subordinados. Não está sendo respeitado um momento tão delicado para a vida de uma pessoa, pois uma decisão como essa mexerá com seu futuro e de seus familiares. Além disso, esse divisionismo só interessa ao banco que sairá fortalecido para abrir novos pacotes de maldades”, critica a dirigente sindical Adriana Ferreira, do Sindicato dos Bancários de São Paulo.

O prazo para aderir ao PEAI termina em 9 de dezembro. “Mesmo quem passou a integrar o público-alvo agora, tem de refletir e fazer consultas junto ao Economus. E caso decida permanecer no banco deve denunciar perseguições, pois tomaremos todas as medidas contra quem os assediar”, afirma Adriana. “É contra todos esses desrespeitos que os trabalhadores têm de participar das manifestações que serão realizadas em defesa dos direitos e contra o desmonte do BB.”

Após contato do Sindicato, a direção do BB informou nesta terça que a mudança foi provocada devido a alguns funcionários terem solicitado a inclusão no PEAI.

O PEAI foi anunciado pelo banco em 20 de novembro e o objetivo é atingir 18 mil funcionários. Na mesma data foi também divulgado o fechamento de mais de 400 agências e diversos departamentos.

Fonte: Seeb SP

Justiça proíbe Bradesco de promover demissão em massa após aquisição do HSBC

fonok_15

O Banco Bradesco está proibido de dispensar os seus empregados coletivamente (dispensa em massa) em razão da aquisição do HSBC e a absorção destes profissionais (incluindo os prestadores de serviços terceirizados, contratados por empresa interposta, e os que atuam pessoalmente ainda que sob o rótulo de pessoa jurídica ou como autônomos) sem prévia negociação com o sindicato profissional.

O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), em decisão do desembargador relator Cássio Colombo Filho, atendeu pedido do Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR), em ação civil pública proposta em 2015. Foi concedida a liminar de tutela de urgência antecipatória. No caso de descumprimento da decisão, o banco deverá pagar multa de R$ 20 mil por empregado dispensado, em favor de entidade assistencial indicada pelo MPT. A decisão vale para os estabelecimentos de todo o país.

Histórico

Em novembro de 2014, o MPT-PR foi informado pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Maringá e Região de que o HSBC estaria promovendo dispensas em massa desde o início daquele ano, em várias agências pelo Brasil. Em razão disto, foram instaurados um inquérito civil e um procedimento de mediação na Procuradoria Regional do Trabalho no Paraná. Com a notícia de que as demissões pararam de ser realizadas, o pedido de mediação foi arquivado. No entanto, em maio de 2015, em função de informações sobre o encerramento das atividades do HSBC no Brasil, as mediações continuaram, assim como as investigações.

Mesmo com as notícias veiculadas pelo banco de que não haveria dispensa coletiva, o MPT concluiu que a dispensa em massa era um risco real para os trabalhadores. Tendo isso em vista, chamou representantes dos bancos HSBC e Bradesco para audiência administrativa específica para tratar da manutenção dos postos de trabalho.

O Bradesco não compareceu à audiência e o HSBC limitou-se a afirmar que o tema “dispensa em massa” teria sido objeto de mediação arquivada por acordo entre o banco e as entidades sindicais da categoria. Para o MPT, a conduta dos bancos demonstra manifesto desinteresse em efetivamente negociar a manutenção dos atuais postos de trabalho dos empregados do HSBC, “pois o Banco Bradesco sequer compareceu à audiência administrativa, sustentando que a transação não foi concluída, e o HSBC alegou já estar solucionada a questão nos termos da mediação passada.

No entanto, fatos novos (venda de ativos da instituição) ensejaram receio da categoria acerca da ocorrência de dispensa em massa. Diante desse caso, o MPT propôs a ação civil pública com o objetivo de garantir os direitos dos empregados dos bancos.

Pedidos

Na ação, o MPT também pediu que o Bradesco fosse condenado a:

– pagar ou manter o pagamento de vale alimentação, auxílio alimentação ou benefício equivalente para cada trabalhador demitido pelo período de cinco anos, a partir do mês da dispensa;

– oferecer cursos de qualificação profissional a todos os trabalhadores dispensados, cujas vagas devem ser suficientes ao número de dispensados;

– garantir a todos os empregados dispensados serviços especializados de busca de postos de trabalho, a contar da data dispensa;

– assegurar a manutenção do seguro saúde ou crie benefício equivalente, pelo prazo de cinco anos, para cada trabalhador demitido, extensivo aos seus familiares;

– garantir a compensação financeira para todos os trabalhadores dispensados, correspondente ao pagamento do valor equivalente a um salário bruto para cada ano de serviço prestado em favor do HSBC, de acordo com o valor vigente na data da dispensa, a ser pago até o 10º dia útil contado da data da dispensa; e

– manter o direito de preferência dos empregados dispensados no caso de recontratação para os mesmos ou para novos postos de trabalho.

Os pedidos não foram ainda analisados na decisão proferida pelo desembargador.

ACP: nº 01518-87. 2015.5.09.0013

Fonte: Portal MPT

Mercado encolhe, mas Caixa cresce e vira segundo maior banco do país

agencia-caixa-energia-solar

Os ativos totais do sistema financeiro nacional encolheram cerca de 3% em termos reais, descontada a inflação, no primeiro trimestre de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. A exceção entre os grandes bancos foi a Caixa, que ampliou seus ativos em 5% acima da inflação no período, para R$ 1,24 trilhão.

O desempenho fez com que a instituição ultrapassasse o Itaú-Unibanco (R$ 1,20 trilhão) e assumisse a posição de segundo maior banco do país, atrás apenas do Banco do Brasil, com R$ 1,44 trilhão.

Os cálculos têm como base o levantamento do Banco Central que reúne dados de cerca de 1.500 instituições financeiras, como bancos, cooperativas de crédito, corretoras, distribuidoras de valores e empresas de leasing.

O Bradesco, com R$ 924 bilhões em ativos, também subiu uma posição no ranking do BC e ultrapassou o BNDES, com R$ 922 bilhões.

Um dos motivos para a queda nos ativos em termos reais foi o encolhimento de 6% no estoque de crédito do sistema financeiro, também considerando a inflação do período. A carteira de empréstimos representa 40% dos ativos.

Já as provisões contra calotes, que impactam negativamente o ativo dos bancos, cresceu 13%, por causa do aumento da inadimplência.

Lucro

O lucro do sistema financeiro caiu 21% no primeiro trimestre do ano passado, segundo o levantamento do BC, para R$ 18,6 bilhões. Os números não consideram a inflação superior a 9% no período. Se os valores de 2015 fossem corrigidos, a retração seria ainda maior, de quase 30%.

No setor público, a queda foi de 45%, com os resultados do BB e da Caixa caindo mais de 50%. Nas instituições privadas, de 6,5%.

Com isso, a participação dos bancos estatais nos ganhos do sistema financeiro caiu de 38% para 27% no período.

Assim como ocorreu no primeiro trimestre de 2015, praticamente uma a cada quatro instituições registrou prejuízo nos três primeiros meses de 2016. O percentual daquelas que tiveram perdas passou de 23% para 24,5% do total.

O levantamento mostra ainda que o número de instituições financeiras no país caiu de 1.533 para 1.501 nesses 12 meses.

Fonte: Folha de S. Paulo

Grande Concerto leva músicas natalinas à Catedral de Fortaleza

sugest-o_concerto-de-natal-do-coral-da-catedral-nayana-melo-61-1024x683

A nona edição do Grande Concerto de Natal — Domingo de Luz reuniu público estimado pelos realizadores em cerca de 5,2 mil pessoas. O evento musical e religioso foi realizado na tarde de ontem, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, marcando o primeiro domingo do mês natalino.

Clássicos das canções natalinas, como “Glória” e “Noite Feliz” foram executadas por coral de 120 vozes, pelas crianças do coral Menino Jesus e pela orquestra sob regência do maestro Poty Fontenelle.

Os cânticos foram iniciados por volta das 17 horas de ontem, com a encenação da chegada da Sagrada Família à Igreja da Sé de Fortaleza, com Jesus nos braços de José e Maria.

Às 18 horas, o coral prestou homenagem a Nossa Senhora, com a apresentação de “Ave Maria”, de Charles Gonoud.

Além de propagar o espírito de Natal e promover a fé, o evento busca estimular a solidariedade. Foram arrecadadas latas de leite, que serão doadas para o Instituto da Primeira Infância (Iprede).

O Grande Concerto de Natal — Domingo de Luz teve orientação do padre Clairton Alexandrino, pároco da Catedral Metropolitana de Fortaleza.

(O Povo)

Rede de cinemas inaugura em Fortaleza segunda sala Mega do NE

projecao_sala_mega_via_sul

Sala tem transmissão de som de todas as direções (Foto: Divulgação/Centerplex Cinemas)

Imagine-se em uma experiência ainda mais enriquecedora de imersão no cinema, com tecnologia de ponta e transmissão de som de todas as direções, incluindo o teto, proporcionando mais nitidez, riqueza de detalhes e profundidade impressionantes. Tudo isso fazendo com que você se sinta dentro do filme. Esta é a ideia da sala Mega, aberta ao público desde quinta-feira (1º) pela rede Centerplex Cinemas no Shopping Via Sul, em Fortaleza.

Com capacidade para mais de 300 lugares, o novo espaço possui tecnologia de ponta e convida o público a entrar no novo mundo sonoro com Dolby Atmos. A sensação é de se transportar para dentro da história com um som que se move de forma arrebatadora e envolvente.

Além da Mega, a rede reformou as demais salas, adotou nova comunicação visual tanto na fachada como em todas as áreas internas da unidade. Também será aplicado o conceito Ingresso & Pipoca, já praticado em várias unidades da rede, com filas integradas, proporcionando mais rapidez na compra de produtos da bomboniere, além da instalação de terminais de autoatendimento.

Para entregar um novo conceito foram investidos cerca de R$ 1,8 milhão. Com a reforma e entrega da Mega, a rede Centerplex Cinemas completa o calendário de novidades para 2016 no Ceará. “Entregamos os espaços no Grand Shopping com o conceito inovador de fila integrada em agosto e reforma e ampliação de mais duas salas também entregues no North Shopping Maracanaú em abril. Temos no Ceará um público muito presente e crescente e que merece toda essa tecnologia que estamos proporcionando”, comenta Marcio Eli, CEO da Rede Centerplex.

Com 35 anos de história, a rede Centerplex Cinemas tornou-se uma das maiores exibidoras cinematográficas do Brasil. Hoje, são mais de 60 salas espalhadas pelos estados de São Paulo, Minas Gerais, Ceará, Alagoas e Pernambuco.

(Roberto Leite, G1 Ceará)

Fraudes em operações somam R$ 41 milhões do Banco do Nordeste, diz PF

 

whatsapp_image_2016-12-02_at_09-59-36
Bens adquiridos com recursos da feraude serão apreendidos e sequestrados (Foto: PF/Divulgação)

Esquema envolvendo recursos de cerca de R$ 41 milhões em empréstimos fraudulentos no Banco do Nordeste do Brasil (BNB) foi alvo de Operação Default deflagrada, na manhã desta sexta-feira (2), pela Polícia Federal no Ceará. De acordo com o delegado Cláudio Carvalho, responsável pelas investigações, o esquema de fraude envolvia o prefeito eleito do município de Limoeiro do Norte, empresários e funcionários do Banco.

As investigações foram iniciadas em outubro de 2014 e apuraram a prática de crime contra o Sistema Financeiro Nacional. O esquema consistia na criação de empresas que tomavam empréstimos no Banco do Nordeste, utilizando recursos do Fundo Constitucional do Nordeste, com burla aos normativos de compliance internos do Banco, e com o intuito de lesar o erário público federal.

“As empresas foram criadas com um propósito definido e logo em seguida elas mudavam a razão e o objeto social. Empresas  de serviços de motos, de combustíveis que, na verdade, obtiveram financiamento para a aquisição de máquinas pesadas. Empresas que não tinham qualquer experiência nesse ramo”, explica o delegado.

Ao identificar indícios de fraude nos financiamentos, o Banco do Nordeste promoveu auditoria interna e comprovou as irregularidades. A partir daí  foram abertas ações de execução das dívidas que esbarraram em algumas dificuldades. “Atualmente essas empresas não existem fisicamente e não têm patrimônio para que o Banco possa ser ressarcido, bens que deveriam ser executados para quitação dos empréstimos”, diz.

Com isso, foi determinada a apreensão dos bens que foram objeto de financiamentos e o sequestro de outros bens móveis e imóveis que, porventura, tenham sido adquiridos com parte dos recursos desviados. De acordo com o delegado Cláudio Carvalho, “existe uma diferença entre essas duas ações. Os bens que foram financiados, ou seja, as máquinas pesadas, devem ser apreendidos porque são considerados produtos do crime. Já os bens que foram adquiridos posteriormente com os recursos financiados e que foram desviados, são considerados proveito do crime e, por essa razão devem ser sequestrados”.

Neste sentido, a Polícia Federal expediu ofícios para os cartórios de registro de imóveis de Limoeiro do Norte, de Tabuleiro do Norte de Morada Nova e de Fortaleza para identificar imóveis que possam estar em nome de outras pessoas ligadas ao grupo investigado. Também foi expedido ofício de disponibilidade dos veículos do Detran do Ceará. “Nós temos imóveis e veículos que estão em nome de terceiros e precisamos identificar essas pessoas”, explica do delegado federal.

Operação
Participam da operação 57 policiais federais, que deram cumprimento às medidas cautelares expedidas pela 15ª Vara Criminal da Subseção Judiciária de Limoeiro do Norte, nos municípios de Fortaleza, Limoeiro do Norte, Morada Nova e Tabuleiro do Norte, no Ceará, e Mossoró, no Rio Grande do Norte. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, cinco cinco mandados de sequestro, ofícios de indisponibilidade de bens aos Cartórios de Registro de Imóveis e Detran, e ainda 10 mandados de intimação.

(Verônica Prado – G1 Ceará)

 

Salário de profissionais de segurança do Ceará será equiparado à média do Nordeste

concurso-publico-para-policia-militar-1

Nessa quinta-feira (1) o governador Camilo Santana anunciou que vai enviar, nos próximos dias, Mensagem de Lei para a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará propondo a implantação da média salarial dos estados do Nordeste para os servidores da área de segurança pública do Ceará.

Entenda

Meses atrás, Camilo Santana determinou que a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) criasse comissão para conhecer de perto a realidade dos demais estados nordestinos. Posteriormente, o levantamento realizado no âmbito da Secretaria foi dialogado com as tropas e entidades de classe dos profissionais de segurança e, por fim, apresentado ao Gabinete do Governador, que preparou a Mensagem de Lei para ser enviada à Assembleia Legislativa nos próximos dias.

Investimentos em segurança

O anúncio da proposta de implementação da média salarial do Nordeste aos profissionais de segurança pública ocorre no mesmo dia em que o Governo do Ceará divulga o resultado preliminar do concurso que oferta 4.200 vagas para reforçar o efetivo da Polícia Militar. Os cargos estão distribuídos em três turmas, com previsão de convocação até o ano de 2018. O salário inicial de soldado é de R$ 3.134,58.

O resultado definitivo da prova objetiva da 1ª etapa – exame intelectual será divulgado no dia 19 de dezembro. Clique aqui para conferir o resultado preliminar completo, com a relação dos candidatos.

Já na última quarta-feira (31), o governador Camilo Santana anunciou o reforço de mais 255 policiais civis que compõem o segundo grupo de aprovados no último concurso para a corporação. Os 65 delegados, 85 inspetores e 105 escrivães serão nomeados e empossados na próxima segunda-feira (5), às 9 horas, no Centro de Eventos do Ceará. A primeira nomeação ocorreu em agosto deste ano, e o terceiro grupo deverá tomar posse no primeiro trimestre de 2017. No total, 703 candidatos aprovados no certame concluíram o Curso de Formação na Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP-CE).

(Rádio Verdes Mares)

Inep diz que não vai cancelar Enem 2016 e que investigações não estão concluídas

enem-gabarito-300x200
Foto: Agência Diário

Após declaração o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) de que houve vazamento nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma que o exame “foi realizado com segurança para mais de 5,8 milhões de estudantes nos dias 5 e 6 de novembro de 2016″. O Enem não será cancelado e a punição se restringirá aos envolvidos nos casos de tentativa de fraude, de acordo com o órgão.

Em nota, o Inep, autarquia do Ministério da Educação (MEC) responsável pela aplicação do Enem, diz que a investigação da Polícia Federal ainda está em curso e em caráter sigiloso. “Ao contrário do que informou o procurador Oscar Costa Filho, do Ministério Público do Ceará, o inquérito não foi concluído”, diz.

Segundo o Inep, os casos de tentativa de fraude identificados estão sob investigação e delimitarão a responsabilidade dos envolvidos. “Não há indicio de vazamento de gabarito oficial. Como é de conhecimento público, a Polícia Federal já efetuou prisões de envolvidos na tentativa de fraude e o Inep já os excluiu do exame”.

Nesta quinta-feira (1), o MPF divulgou nota na qual diz que as provas do primeiro e do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além da prova da redação, vazaram para pelo menos dois candidatos antes do início do teste.

Os dois candidatos foram presos, um em Minas Gerais e outro no Maranhão. Ambos receberam exatamente as mesmas fotografias com gabaritos das provas, porém, de intermediários diferentes, “deixando claro que a origem do vazamento é a mesma”

O Inep também afirma que as operações deflagradas no dia 6 de novembro são reflexo da ação conjunta com a Polícia Federal e que trabalham em parceria para garantir a segurança e a lisura do certame. A autarquia “reitera o empenho de colaborar com a Polícia Federal para apurar os fatos, garantindo que não haja prejuízo aos participantes do Enem 2016″.

Por meio da assessoria de imprensa, a PF diz que não irá se manifestar sobre o caso.

(Rádio Verdes Mares)

Oswaldo Montenegro se apresenta neste sábado (03), no Sesc Fortaleza

oswaldomontenegro

Isabel Costa, O Povo

A afetividade, a música e as histórias de Oswaldo Montenegro poderão ser vistas amanhã, 3, em show realizado na Unidade Fortaleza do Sesc. Famoso pela participação em festivais de música nas décadas de 1970 e 1980, ele é um dos artistas brasileiros mais respeitados pelo conjunto na obra. Na apresentação, Oswaldo comemora 40 anos de parceria com a flautista Madalena Salles.

“É uma relação de afeto e confiança infinitos. Além disso, temos a afinidade artística. Trabalhamos acreditando nas mesmas cosias e olhando a arte sob o mesmo ponto de vista. Trabalhar com ela já se inseriu de tal forma na minha arte, que é como se eu trabalhasse comigo mesmo. Não me lembro de trabalhar sem ela”, conta Oswaldo, em entrevista ao O POVO.

Além da música, o compositor tem outra paixão: o cinema. Já participou de dezenas de montagens e, recentemente, lançou o longa O Perfume da Memória. No enredo, duas mulheres têm expectativas diferentes em relação ao amor, e por iniciativa de uma delas, acabam se conhecendo. A união é perpassada por encontros, desencontros e segredos. A história se costura por “pequenas intervenções de duas musicistas tocando flauta e violoncelo, como se fossem o pensamento das protagonistas”, explica. O show de amanhã acontece dentro do projeto Estacionamento da Música. Ontem o projeto passou por Iguatu, e hoje chega a Juazeiro do Norte, às 21 horas, na Unidade Juazeiro do Sesc.

SERVIÇO

Oswaldo Montenegro

Quando: sábado, 3, às 21h

Onde: Unidade Fortaleza do Sesc (Rua Clarindo de Queiroz, 1740 – Centro)

Ingressos: R$ 20 (comerciário), R$ 30 (conveniado) e R$ 40 (usuário)

Outras informações: 0800 275 5250

Polícia Federal desarticula organização criminosa no Banco do Nordeste

vagas-concurso-policia-federal-2016

A Polícia Federal (PF) realiza na manhã desta sexta-feira, 2, uma operação contra um esquema criminoso instalado nas estruturas do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Intitulada de “Default”, a ação cumpre 13 mandados de busca e apreensão e cinco de sequestro, expedidos pela 15ª Vara Criminal da Subseção Judiciária de Limoeiro do Norte, no interior do Ceará.

De acordo com a PF, um procedimento foi instaurado em outubro de 2014 para apurar a prática de crime contra o Sistema Financeiro Nacional (SFN), além de uma organização criminosa que atuava no BNB, juntamente com empresários, para a obtenção irregular de financiamento com a utilização de recursos do Fundo Constitucional do Nordeste.

A PF cumpre ainda dez mandados de intimação. Participam da ação 57 policiais federais que estão dando cumprimento às medidas cautelares, nos Municípios de Fortaleza, Limoeiro do Norte, Morada Nova e Tabuleiro do Norte, no Ceará, e Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Mais detalhes sobre a operação serão dados em coletiva de imprensa no Auditório da Superintendência da Polícia Federal, no Bairro de Fátima, às 11h desta sexta.

(O Povo)

Abono salarial de 2014 pode ser sacado até 30 de dezembro

calendario-pis-pasep

Mais de 928 mil pessoas ainda não sacaram o abono salarial do ano-base 2014, que corresponde a um salário-mínimo (R$ 880). Os trabalhadores têm até 30 de dezembro para procurar uma agência bancária e retirar o benefício. Depois dessa data, o recurso volta para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

A maior parte dos trabalhadores que ainda não sacaram está nas Regiões Sudeste e Sul – quase um terço sendo do estado de São Paulo (354,19 mil). Em seguida, vem Rio de Janeiro (83,98 mil), Rio Grande do Sul (70,28 mil); Santa Catarina (61,57 mil) e Minas Gerais (59,83 mil).

O chefe de divisão do Seguro Desemprego e Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan, lembra que quem perder o prazo não terá mais como sacar o benefício.

“Até 30 de dezembro, esse dinheiro poderá ser sacado em qualquer agência da Caixa, no caso dos trabalhadores vinculados ao PIS, e no Banco do Brasil, no caso dos vinculados ao Pasep. Depois dessa data, o recurso volta para o FAT”, reforça.

Abono

Têm direito ao abono salarial ano-base 2014 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias naquele ano com remuneração mensal média de até dois salários-mínimos; e tenha seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício pelo portal trabalho.gov.br/abono-salarial, inserindo CPF ou número do PIS/Pasep e data de nascimento. A Central de Atendimento Alô Trabalho do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep.

Se, mesmo depois de verificar que tem direito ao abono, o trabalhador for informado na rede bancária que não tem direito ao benefício, a recomendação é pedir nova consulta ao atendente a partir do CPF e solicitar atualização dos dados cadastrais. Lembrando que o benefício é referente ao ano-base 2014.

Como sacar

  • PIS: para sacar o Abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode receber o abono em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 726 0207 da Caixa;
  • Pasep: os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 729 0001, do Banco do Brasil.

Fonte: Ministério do Trabalho

Infraero planeja demitir 4 mil funcionários em PDV

infraero

Barnardo Caram/AEstado

A Infraero planeja a demissão voluntária de pelo menos 4 mil funcionários. Com o programa de concessões adotado pelo governo, que deve repassar mais quatro aeroportos à iniciativa privada em 2016, a companhia perdeu participação no setor e está com quadros saturados.
O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, informou que já na primeira parcela da outorga dos novos aeroportos concedidos, o governo irá pagar os encargos rescisórios dos trabalhadores desligados. Segundo Padilha, os leilões dos aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre devem ser feitos entre maio e junho de 2016.
“O certo é que nós estamos com um quadro inchado e temos que desinchar esse quadro para viabilizar a companhia”, afirmou. Atualmente, a Infraero tem cerca de 12 mil funcionários. Aproximadamente 2,6 mil já aderiram ao primeiro programa de desligamento voluntário. Com a nova etapa do programa, é esperado que o número ultrapasse 4 mil.
De acordo com o ministro, a participação da Infraero nas novas concessões ainda está em discussão. A proporção certamente será menor que os 49% dos últimos leilões. Segundo Padilha, o número pode ficar em 15% ou até zero. No último caso, o governo apenas teria poder de participação nos aeroportos através das prerrogativas da Agência Nacional de Aviação Civil. Para os novos leilões, será exigido ainda que o operador tenha experiência na administração de aeroportos com fluxo de pelo menos 10 milhões de passageiros ao ano.
Padilha também revelou que há uma “queda de braço” entre o Ministério da Fazenda e o programa de aviação regional do governo. O motivo estaria na possibilidade de que os recursos que compõem o fundo para alimentar o programa sejam usados na contabilização do saldo de superávit primário do governo.
De acordo com o ministro, ficou decidido, após reunião com a presidente Dilma Rousseff na segunda-feira, que a regulamentação do programa será feita através de um decreto publicado até o fim deste ano. Padilha tem expectativa de que as operações comecem até o início de 2016.
A lei que criou o Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional, sancionada pela presidente em janeiro deste ano, tem o objetivo de estimular o segmento, aumentando o acesso da população ao transporte aéreo. A iniciativa prevê um subsídio às companhias aéreas para custear até 60 passageiros transportados em voos regionais.
A proposta prevê que os recursos para esse subsídio serão provenientes do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC). Neste ano, o fundo deve arrecadar mais de R$ 4,5 bilhões, segundo Padilha. Até o momento, sem a regulamentação de responsabilidade do Poder Executivo, nenhum real foi desembolsado pelo governo para o pagamento dos subsídios.
“É um dinheiro que só pode ser usado em investimento na aviação civil. Não pode ser usado na Educação, Saúde. Só na aviação civil”, explicou Padilha. “De outra parte, também pode ser usado para o resultado primário do Ministério da Fazenda. Esta é a queda de braço que se estabelece entre a implantação do programa e a necessidade do Ministério da Fazenda de ter números que sejam apresentáveis”, disse o ministro.
Inicialmente, o governo chegou a prever R$ 500 milhões neste ano para os subsídios da aviação regional. Em momento de aperto fiscal, o valor acabou contingenciado. Para o ano que vem, a SAC já tem uma expectativa mais modesta, de R$ 50 milhões, para que sejam atendidos pelo menos aeroportos da região amazônica, considerados prioritários.
O ministério da Fazenda ainda não se pronunciou sobre o tema.

Bradesco segue Itaú e BB e diz que vai reestruturar e fechar agências

neprofimedia-0048354596-501925758462b

Banco diz que há sobreposição de agências e superdimensionamento

O Bradesco pode fechar agências e também vai apostar na reestruturação voltada para bancos virtuais e atendimento por celular, como anteriormente decidiram o Itaú e, nesta semana, a direção do Banco do Brasil, com reestruturações que estão impactando duramente os funcionários.

Segundo a matéria do jornal Folha de São Paulo publicada ontem (24), em reunião com investidores, o presidente do banco Luís Carlos Trabuco afirmou que há uma “certa sobreposição” depois da aquisição do HSBC e superdimensionamento, para atual conjuntura econômica, que o banco pode fechar agências e transferi-las para postos de atendimento.

A matéria também destaca que até então o banco vinha descartando a possibilidade de fechar agências após a fusão do HSBC, que se concretizou em julho.

Hoje, segundo a matéria, 77% das transações do banco já são feitas por aplicativo no celular ou internet banking e que o Bradesco considera a preservação de agências físicas para a contratação de serviços mais complexos, como por exemplo, o crédito imobiliário.

Trabuco também afirmou que descarta voltar a operar a rede do Banco Postal. Em dezembro, vence o contrato do Banco do Brasil como correspondente bancário que opera nos postos dos Correios. O Bradesco foi o primeiro parceiro dos Correios no serviço, mas depois de 10 anos de convênio, preferiu montar rede de atendimento nos municípios mais rentáveis.

Segundo Gheorge Vitti, coordenador da COE- Comissão de Organização dos Empregados, comprova a falta de compromisso social do banco: “Quando o Bradesco tinha o banco Postal, fez o discurso da bancarização, que queria levar o banco onde a sociedade era desprovida. Discurso social falso, uma vez que, se revela nessa entrevista apenas o discurso comercial da sobreposição das agências e o desinteresse pelo Banco Postal”, afirma.

Os funcionários já mostravam sua preocupação ao escolher o emprego como mote de seu Dia Nacional de Luta, que aconteceu na semana passada: “Queremos que o banco dialogue com seus funcionários sobre todas estas transformações. O trabalhador não é mercadoria. O Bradesco deve demonstrar sua responsabilidade social, não só na propaganda, mas através da manutenção do emprego e de permitir o acesso ao Sistema Financeiro para a sociedade”, destaca Vitti.

Fonte: Contraf-CUT

Justiça do Maranhão suspende fechamento de agências do Banco do Brasil no estado

Por Agência Brasil

2015-11-10t132445z_1006880001_lynxnpeba90n9_rtroptp_3_negocios-seguros-bbseguridade-margensbanco-do-brasil
AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO (FOTO: REUTERS/PILAR OLIVARES)

Justiça do Maranhão suspendeu hoje (29/11), de forma liminar, o fechamento de agências do Banco do Brasil no estado, medida prevista no plano de reorganização institucional, anunciado no inicio do mês e com implementação prevista para 2017. A decisão é do juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, Douglas de Melo Martins, que acatou pedido feito pelo Procon do Maranhão, em ação civil pública ajuizada na última quarta-feira (24).

Na decisão, o magistrado afirma haver  “risco irreparável ou de difícil reparação” ao direito dos consumidores caso o Banco do Brasil coloque em prática a decisão de fechar agências no estado. “A plausibilidade jurídica das alegações do autor está demonstrada, pois a conduta do réu provoca um desequilíbrio no sistema de proteção ao consumidor, onerando-o demasiadamente”, diz trecho da decisão.

Procurado pela Agência Brasil, o banco ainda não se posicionou sobre a decisão. Com a reorganização, o Banco do Brasil reduziria de 118 para 105 agências e passaria a ter 51 postos de atendimento em vez dos 43 atuais. O banco possui 1.892 funcionários no Maranhão e 248 fazem parte do público potencial do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada, que prevê adesão voluntária. Atualmente, oferece 161 unidades de atendimento no estado, sendo 118 agências e 43 postos de atendimento. De acordo com a instituição, os clientes também contam ainda com 357 correspondentes bancários, 1.017 caixas eletrônicos BB e 261 terminais da rede Banco 24h no estado.

Danos aos consumidores

Para o juiz, os consumidores atingidos pelo fechamento da agência sofrerão “graves danos, decorrentes da diminuição na qualidade do serviço prestado, além de ficarem sujeitos a longos deslocamentos para que utilizem os serviços bancários contratados, o que, além do incômodo, gera risco para vida e segurança dos clientes, principalmente do interior do estado”

Na ação civil pública, o presidente do Procon no Maranhão e diretor dos Procons Nordeste, Duarte Júnior, sustenta que apesar de haver a livre iniciativa, a decisão do Banco do Brasil de fechar agências fere o direito do consumidor.

“Apresentamos as razões jurídicas também levando em consideração a realidade local. O Maranhão é o estado que tem o pior acesso à internet, com 9,8% das residências com acesso à rede mundial de computadores. É diferente, por exemplo, de Brasília, em que 65% das residências têm acesso à internet”, frisou Duarte Junior. “Não temos condições de permitir a troca do atendimento presencial por um pela internet ou eletrônico”, acrescentou o presidente do Procon.

Decisão

No despacho, o juiz Douglas de Melo Martins determina que seja mantido o pleno funcionamento de todas as atuais agências do banco no estado e que não ocorra mudanças das agências para postos de atendimento. Ele pede ainda que o banco apresente relatório com motivação, os impactos econômicos e a adequação das mudanças ao plano de negócios e à estratégia operacional da instituição.

Além disso, determina que o Banco do Brasil aponte quais serviços deixariam de ser prestados nos postos de atendimento e quais continuarão sendo oferecidos e informe quais providências estão sendo ou foram tomadas para não gerar impacto negativo aos consumidores.

Link: http://epocanegocios.globo.com/Empresa/noticia/2016/11/justica-do-maranhao-suspende-fechamento-de-agencias-do-banco-do-brasil-no-estado.html

Caso Johnny Moura: Agente penitenciário será julgado hoje por morte de modelo

f4pr97o
Modelo Johnny Moura Melo, assassinado em 27/12/2015. Foto: divulgação

O julgamento do agente penitenciário Renilson Garcia Araújo, acusado de matar o modelo Johnny Moura Melo, começou na manhã desta quarta-feira (30). A sessão teve início por volta de 9h30 no 4º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua e ocorre a portas fechadas. O crime ocorreu no dia 27 de dezembro de 2015, por volta das 5h30, após festa realizada em buffet no Bairro Dunas, na capital cearense.

O juiz Antonio Carlos Pinheiro Klein Filho, titular da 4ª Vara do Júri de Fortaleza, preside a sessão. À frente da acusação estão o promotor de Justiça Ythalo Frota Loureiro e o assistente de acusação, advogado João Marcelo Pedrosa. A defesa está à cargo dos advogados Antônio Delano Soares Cruz e Silvio Vieira da Silva.

A acusação sustenta a condenação do réu por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e sem possibilidade de defesa da vítima).

A tese da defesa é a de homicídio privilegiado, alegando que o crime foi motivado por violenta emoção, logo após injusta provocação da vítima. Defende também a desclassificação para homicídio simples.

Um total de 10 testemunhas foram intimadas para depor no julgamento. Destas, quatro foram arroladas pelo Ministério Público, cinco pela defesa e outra tanto pela acusação como pela defesa.

Segundo a denúncia apresentada pelo Ministério Público do Ceará, o acusado, que entrou no buffet com arma de fogo, teria se envolvido em uma briga com a vítima por este acreditar que Renilson estaria olhando para a sua namorada. Já do lado de fora do estabelecimento, Renilson se aproximou do veículo em que Johnny estava e atirou na cabeça do modelo, que não resistiu ao ferimento.

Cronologia do caso
Em 27 de dezembro de 2015, por volta das 5h30, o modelo Jhonny Moura foi morto pelo agente após festa realizada no buffet La Maison, na Avenida Engenheiro Luís Vieira, no Bairro Dunas, em Fortaleza.

“Quando ele estava saindo com a namorada houve uma confusão. Ai ele foi tomar satisfação. Ele deu um murro nesse rapaz. E começou aquela confusão. Seguranças chegaram e apartaram a briga. Depois o Johnny saiu e foi para o carro com a namorada e quando ela estava dando uma ré para ir embora, Johnny abaixou um pouquinho o vidro e quando ele fez isso apareceu uma pessoa que puxou sua cabeça e efetuou o tiro”, afirmou a delegada Socorro Portela, coordenadora da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e responsável pelo inquérito policial.

Já do lado de fora do estabelecimento, Renilson se aproximou do veículo em que Johnny estava e atirou na cabeça do modelo, que chegou a ser levado para o Hospital Instituto Dr. José Frota, no Centro de Fortaleza, mas não resistiu ao ferimento.

O agente penitenciário foi preso em flagrante no dia 29 de dezembro de 2015. Renilson Garcia Araújo foi detido em casa, no Bairro Antônio Bezerra, e não ofereceu resistência. Por ser agente penitenciário, ele tinha porte de arma, e entregou a pistola calibre 380 à polícia. “Ele confessou o crime. Disse que entrou na festa armado, mas não estava trabalhando, e que só olhou para a namorada do Johnny”, contou a delegada.

Em 21 de janeiro, durante audiência de custódia, a juíza Adriana da Cruz Dantas converteu a prisão em preventiva. No dia 23 de fevereiro, o juiz Antônio Carlos Pinheiro Klein Filho, titular da 4ª Vara do Júri, recebeu a denúncia contra o réu.

Em abril, testemunhas e o acusado foram ouvidos na 4ª Vara do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza. Na audiência, presidida pelo juiz auxiliar da Comarca de Fortaleza Edson Feitosa dos Santos Filho, foram ouvidas seis testemunhas de defesa e oito de acusação.

Em junho deste ano, o Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE) recorreu da decisão judicial que libertou o agente penitenciário Renilson Garcia Araújo Lima. O pedido de liberdade foi formulado pelo advogado Delano Cruz, que representa Renilson, ao apresentar suas alegações finais no encerramento da primeira fase da ação penal. Na ocasião, o juiz da 4ª Vara do Júri proferiu sentença pronunciando Renilson Garcia Araújo, para que fosse levado a julgamento pelo Tribunal do Júri, e determinou sua soltura.

(G1 Ceará)

Sest Senat oferta cursos em Fortaleza

ahbzfmxvy2fslw5ld3mtahjkcg4legvjbwfnzrjn9bscda
O Sest Senat está com inscrições abertas para o curso de manutenção em ar condicionado para veículos de transporte de passageiros, que acontece de 2 a 5 de janeiro de 2017, com carga horária de 32 horas/aula. O curso é gratuito para os trabalhadores do transporte com vinculo e custa R$ 1.500 para a comunidade em geral.
Os interessados devem ter noção em elétrica. Serão abordados temas como fundamentos de termodinâmica aplicada; aplicação prática de termodinâmica; sistema eletroeletrônico aplicado; Sistema Mecânico aplicado, dentre outros.  Documentos necessários para a inscrição: cópia do RG ou CPF; cópia do comprovante de residência atualizado; comprovante de escolaridade do Ensino Médio; comprovante de vínculo (Cópia CTPS – página da foto; página com dados pessoais e página do registro de Contrato de Trabalho).
Para os que estão em busca de emprego e de qualificação profissional, Sest Senat Fortaleza oferece cursos gratuitos na modalidade EAD (Ensino à Distância): português; redação técnica; administração de terminais portuários; administração de terminais rodoviários; CIPA: conceitos e implantação; como gerenciar Oficinais mecânicas; comunicação interpessoal e atendimento ao Cliente; Gestão de Pneus; Introdução a Legislação Trabalhista; Introdução às Rotinas Administrativas de uma Empresa de Transporte; qualidade no atendimento; qualidade nos Produtos e serviços; Alcoolismo; câncer de pele: Prevenção e tratamento; Osteoporose: o que você precisa saber?; planejamento familiar e contracepção; saúde da Mulher; Saúde do homem; saúde mental; Saúde Reprodutiva e sexualidade;- tabagismo; bolos decorados; noções de direito do consumidor; planejando a aposentadoria; A precificação no transporte rodoviário de cargas; conhecendo o código de trânsito brasileiro (CTB); cuidados especiais no Transporte de Escolares; custos operacionais do transporte de cargas;  introdução ao transporte marítimo; legislação de trânsito para o Transporte de cargas; mecânica descomplicada.
Serviço
Sest Senat Fortaleza
Rua Dona Leopoldina, 1050 – Centro
Tel: (85) 3304-4111
Redação O Povo Online

Ceará: Paralisação de agências em apoio aos bancários e repúdio ao Governo Temer pela reestruturação no BB

“Governo Temer fechou essa agência” dizia a faixa na entrada das cinco agências anunciadas para fechamento definitivo no desmonte do Banco do Brasil, em Fortaleza, dentro da proposta do governo golpista Temer. Nesta terça (29), estiveram paralisadas as agências Monsenhor Tabosa, Santos Dumont, Lagoa de Messejana, Aeroporto e Dnocs. Os dirigentes sindicais, na ocasião, aproveitaram para reunir os funcionários para debater o formato e o prejuízo que essa reestruturação do BB trará, bem como as saídas possíveis.

Nesta semana, diversas ações estão sendo realizadas pelo Sindicato dos Bancários do Ceará em protesto contra a reestruturação do Banco do Brasil, ficando ao lado dos funcionários que serão atingidos pelas medidas apresentadas pelo Banco, assim como orientando-os como resguardar seus direitos.

Na segunda-feira (28) à noite, a reestruturação anunciada pelo Banco do Brasil, bem como suas implicações nas vidas dos funcionários foi o tema de reunião realizada pelo Sindicato, em sua sede. A maioria presente era público alvo do PEAI e CCP e aproveitou para tirar dúvidas e discutir questões com os diretores do Sindicato, que deram orientações de como garantir direitos. O BB possui 2.575 funcionários no Ceará e destes, 481 são público potencial para adesão voluntária ao plano de aposentadoria.

Desmonte caótico

O desmonte do Banco do Brasil a partir da proposta do governo golpista Temer, de reduzir a presença do Estado, ou seja, garantir o Estado Mínimo, vai desligando pessoas do BB e não mais contratando, o atendimento que é feito às pessoas, que no interior do Estado já é pequeno, vai piorar, pois as agências vão perder funcionários. O BB não terá mais atendimento humano, isso vai acabar. O cliente vai ter que se autoatender. Muitas pessoas idosas pedem ajuda no atendimento e isso, provavelmente, na grande maioria das agências, vai desaparecer.

E pior, as políticas de desmantelamento social do banco estão evidenciadas nos números dessa reestruturação, pois agências serão fechadas pelo País, com redução da presença física do trabalhador. A reestruturação prevê o fechamento de 402 agências, além de uma brutal redução no quadro de funcionários, com um Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), com extinção de 18 mil postos de trabalho.

Outro fator de receio é que as politicas sociais, que passam por dentro dos bancos públicos, como Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, tendem a diminuir. Os recursos públicos vão diminuir e isso está acontecendo ao mesmo tempo em que o governo golpistaTemer apresenta projeto de um orçamento menor, de redução de todos investimentos por 20 anos, e os bancos públicos terão reduzidos o seu papel social.

“Essa reestruturação, esse desmonte do BB está na contramão do que o País precisa. Vamos lutar pela valorização dos bancários, pela proteção do emprego, condições dignas de vida e de trabalho, e por um atendimento com respeito à população” , disse José Eduardo Marinho, diretor de Imprensa do Sindicato.

Ações do Sindicato na defesa dos direitos dos bancários do BB

• 28/11 –  Reunião na sede do Sindicato com funcionários público alvo do PEAI e CCP;

• 29/11 –  Dia Nacional de Luta com paralisação das cinco agências que serão fechadas;

• 30/11 –  Reunião no Sindicato com funcionários sobre Novo Plano de Funções e Movimentações (impactos, medidas judiciais e CCP);

• 01/12 –  Nova negociação dos Sindicatos com Diretoria de Pessoas do BB, em Brasília;

• 05/12 – Audiência pública solicitada pelo Sindicato, na Assembleia Legislativa do Ceará;

• 10/12 –  Reunião com funcionários e delegados sindicais na sede do Sindicato.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Botequim dos Bancários do Ceará comemora os 100 anos do Samba com show de Paulinho da Mocidade

banner_botequim

“Liberdade, Liberdade Abre as asas sobre nós”, “Como era verde meu Xingu”, “Sonhar não custa nada ou quase nada”… esses  e outros sambas-enredo interpretados por Paulinho Mocidade e Banda serão a atração principal do Botequim dos Bancários, que acontece na sexta-feira, dia 02/12, em homenagem aos 100 anos do Samba. O evento tem início às 18h30, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), com entrada gratuita.

A programação tem início com um pesquisador cearense fazendo um resgate da história do samba e, paralelamente, haverá uma exposição em homenagem aos 100 anos do Samba, no auditório do Sindicato.

O Quarteto Coisa Fina inicia a noitada, cujo encerramento será feito pela bateria do Bloco de pré-carnaval dos bancários De Magote Não tem Quem Derrote, que se apresentará em seguida ao convidado especial do dia, Paulinho Mocidade.

Paulinho Mocidade foi intérprete oficial da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, do Rio de Janeiro, tendo conquistado vários títulos por esta e pelas escolas Unidos da Tijuca, Império da Tijuca e foi tricampeão pela Imperatriz Leopoldinense, carioca. Também gravou a vinheta do “Globeleza” da Rede Globo  e  já está no sexto CD da carreira.

SORTEIOS

Está mantido o tradicional sorteio de vales-contas no valor de R$ 100,00 cada. Haverá também sorteio de duas mesas para o Show O Futuro Pertence a Jovem Guarda 2, com Renato e Seus Blues Caps, que acontecerá no dia 10/12, no Cresse  Clube, numa cortesia da AM Produções. Os sorteios serão feitos entre os bancários sindicalizados, que assinarem lista de presença na entrada do evento. Na ocasião, serão comemorados os aniversários dos bancários presentes ao Botequim.

Clique aqui para ver o vídeo  promocional

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Força-Tarefa ameaça abandonar a Lava-Jato se pacote anticorrupção for aprovado

lava-jato
Foto: Folha de S. Paulo

Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato repudiaram o que chamam de ataque feito pela Câmara contra as investigações e a independência dos promotores, procuradores e juízes.

O procurador Carlos dos Santos Lima chegou a dizer, durante uma entrevista coletiva realizada em Curitiba na tarde desta quarta-feira (30), que a força-tarefa da Lava Jato ameaça abandonar os trabalhos se a “proposta de intimidação de juízes e procuradores” for aprovada.

“Golpe mais forte efetuado contra a Lava Jato concretamente em toda a sua história”, afirmou o procurador do Ministério Público Federal (MPF) Deltan Dallagnol, que é o coordenador da força-tarefa.

 O texto-base do pacote que reúne um conjunto de medidas anticorrupção foi aprovado pela Câmara dos Deputados na noite de terça-feira (29), por 450 votos a 1 (e 3 abstenções).

Contudo, ao longo da madrugada desta quarta (30), os deputados aprovaram diversas modificações ao texto que saiu da comissão especial e incluíram temas polêmicos, como a punição de juízes e membros do MP por crime de responsabilidade.

Essa previsão havia sido incluída pelo relator do texto, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), mas retirada pelo próprio relator posteriormente. Depois da aprovação, o texto segue agora para o Senado.

“Se for aprovada, a proposta será o começo do fim da Lava Jato. A força-tarefa da Lava Jato reafirma seu compromisso de trabalhar enquanto for possível”, disse Deltan Dallagnol. “Não será possível continuar trabalhando na Lava Jato se a lei da intimidação for aprovada”.

Segundo Dellagnol, a Câmara enfraquece o combate à corrupção, e isso acontece no momento em que a Lava Jato chega perto de pessoas do poder. “O objetivo é estancar a sangria. Há evidente conflito de interesses entre o que a sociedade quer e o que o parlamento quer. Se instala a ditadura da corrupção.”

O procurador Carlos dos Santos Lima chegou a dizer que a força-tarefa da Lava Jato ameaça abandonar os trabalhos se a “proposta de intimidação de juízes e procuradores” for aprovada.

(G1 Ceará)

BB: Reorganização Institucional e Plano de Incentivo à Aposentadoria – Perguntas e Respostas

t20-6

Est. Organizacional

  • A.01 – Qual é o alcance da Reorganização Institucional?

As ações de reorganização são abrangentes e ocorrem em toda a Empresa, em Unidades Estratégicas, Táticas, de Apoio e de Negócios, com redimensionamento de quadros e adequação de pontos físicos.

  • A.02 – Quais foram as premissas adotadas na reorganização das estruturas no Banco?

Foram consideradas, principalmente, as oportunidades de centralização de processos, a adequação da amplitude de comando, a diminuição de sombreamentos entre áreas, a valorização da especialização e dos modelos de relacionamento, além da priorização de ações de menor complexidade e rápida implementação.

  • A.03 – O que significa amplitude de comando?

É equivalente ao número de funcionários a serem comandados por um superior hierárquico, avaliado a partir de critérios de complexidade e similaridade de tarefas executadas, o grau de controle requerido por essas tarefas e a proximidade geográfica.

  • A.04 – Quais Unidades Estratégicas serão encerradas?

A Unidade Gestão Previdenciária – UGP cujas atividades serão absorvidas pela Diretoria Governo; a Unidade Negócios Sociais – UNS cujas atividades serão migradas para DIGOV e DIREO e a Unidade Serviços de Infraestrutura – USI cujas atividades serão migradas para a DISEM (antes DISAT) e DISEC.

  • A.05 – Quais processos serão centralizados nas Unidades Estratégicas?

Serão centralizadas todas as áreas de apoio à gestão que atendem às respectivas unidades estratégicas. O modelo, que prevê a vinculação à UOP, trará agilidade e especialização no atendimento.

  • A.06 – O que muda na Rede CENOP?

Em alguns SERET, vinculados ao CENOP Valores, haverá adequação de quadros, para melhor relação do quantitativo de caixas executivos e volume de remessas (entrada e saída) na praça. O CENOP Serviços Brasília absorve as atividades de escrituração do Banco Múltiplo e Subsidiárias da COGER. A Rede PSO, vinculada ao CENOP Atendimento, passará por ajustes na configuração, abrangência, classificação e dotações. Além disso, absorve as atividades operacionais do malote dos CESUP.

  • A.07 – O que muda na Rede GECOI?

Na Rede GECOI haverá centralização das atividades e reorganização dos processos em 3 GECOI, com adequações no quadro de pessoal.

  • A.08 – O que muda na Rede GEPES?

As plataformas de Roraima, Sergipe, Rio Branco e Macapá serão extintas. Alguns processos serão centralizados em quatro praças com Gepes nível I (São Paulo, Brasília I e II, Belo Horizonte e Curitiba). Haverá também, adequação de quadros para qualificação dos recursos disponíveis para a condução dos processos, garantindo sua continuidade.

  • A.09 – As unidades de apoio vinculadas à DISEC e USI também serão reorganizadas?

Sim, haverá a extinção dos CESIN e absorção das atividades pelos CESUP.

  • A.10 – O que mudará na estrutura das unidades táticas?

Houve redução de 28 Superintendências Regionais de Varejo e 3 de Governo, levando-se em consideração a disposição geográfica da jurisdição, a quantidade máxima de agências por jurisdição, o limite de carteiras por jurisdição de agências por nível.

Na análise das Superintendências Regionais de Governo, foram considerados os aspectos de complexidade, representatividade do Estado e o resultado gerencial.

  • A.11 – Haverá dependências com vagas disponíveis nas unidades táticas, estratégicas e operacionais?

A estrutura organizacional não contempla a criação de novas dotações. No entanto, a depender das adesões ao Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada, podem surgir vagas que, no primeiro momento, serão destinadas às movimentações via TAO Especial, observando os grupos de funções criados para movimentações em lateralidade.

  • A.12 – É possível visualizar as mudanças ocorridas em cada tipo de unidade?

Sim. Nas abas referentes aos tipos de unidades, é possível visualizar as principais mudanças realizadas na estrutura.

  • A.13 – Qual é o objetivo da reorganização da Rede PSO?

A reorganização da Rede PSO visa ampliar o número de dependências atendidas por essa estrutura, que tem como escopo de atuação a absorção de atividades operacionais não centralizáveis (tesouraria e suporte operacional) de agências e Postos de Atendimento (PA).

  • A.14 – O que mudará na Rede PSO?

Atualmente, a Rede PSO atende 95 munícipios, sendo 1.364 agências e 561 PA. A partir da expansão do modelo, a Rede PSO passará atender a 281 municípios, 1.912 Agências (sendo 180 Agências Estilo), e 641 PA, em todo o país.

Além disso, as PSO passarão a ser classificadas em quatro níveis, de acordo com a quantidade de agências absorvidas:

1. PSO nível IV – de 03 a 05 agências;

2. PSO nível III – de 06 a 15 agências;

3. PSO nível II – de 16 a 30 agências;

4. PSO nível I – acima de 31 agências.

  • A.15 – Quais os benefícios envolvidos na reorganização da Rede PSO?

Além da ampliação de Unidades assistidas, a reorganização da Rede PSO propiciará uma gestão eficiente dos recursos nos períodos de picos e vales das Unidades assistidas pela PSO. Além disso, irá desonerar as agências absorvidas de atividades operacionais, proporcionando ainda maior especialização do atendimento de caixa, dos serviços de tesouraria e autoatendimento TAA, além das demais atividades administrativas e serviços de suporte.

  • A.16 – Para quando está previsto o movimento de expansão da Rede PSO?

O cronograma de criação de novas PSO encontra-se em fase final de elaboração e terá início até janeiro/2017.

  • A.17 – Como será composto o quadro das novas plataformas de suporte operacional?

O quadro das novas plataformas será dimensionado conforme a quantidade de dependências absorvidas, que será determinante, também para definição do nível da plataforma.

  • A.18 – O que passa a ser considerado para que uma dependência seja absorvida por uma PSO?

Foram considerados os seguintes critérios para acionamento de PSO:

– distância da dependência (agência ou PA) à sede da PSO, de um raio de até 20 Km;

– agências com quadro gerencial a partir de 3 (três) dotações;

– quantidade mínima de 3 (três) agências.

  • A.19 – Quais serão os impactos nas dependências com relação ao movimento de Fusão de Plataforma PSO?

Todas as agências atualmente absorvidas continuarão a contar com o mesmo serviço, sem qualquer prejuízo. A principal mudança é a ampliação da flexibilidade e do dinamismo da plataforma.

  • A.20 – Por que o Banco do Brasil está reorganizando sua Rede Física?

A rede de atendimento será reorganizada para adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes, com o aproveitamento de sinergias, otimização de estruturas e ampliação de serviços digitais. Buscou-se adaptar as características dos nossos pontos de atendimento às demandas de cada região, de acordo com o perfil dos clientes na praça de atuação.

  • A.21 – O que foi considerado para a Revisão da Rede de Atendimento?

A rede instalada do Banco do Brasil, o aumento da utilização dos canais digitais pelos clientes, o potencial para expansão dos modelos de relacionamento digitais, o comportamento do cliente, o posicionamento pretendido pelo BB e a localização das agências.

  • A.22 – Todas as agências nas praças com estruturas digitais serão reorganizadas?

Não. Foram mantidas sem alteração na estrutura física as agências Estilo, as agências inauguradas a partir de 2014 (que ainda estão em período de maturação) e as agências de maior porte, complexidade e demanda.

  • A.23 – Quais os movimentos de reorganização da rede?

Em praças de médio e grande porte, onde os clientes apresentam maior demanda por atendimento digital, haverá ampliação do modelo de Escritórios de Negócios e a rede de atendimento presencial será otimizada, por meio da desativação de algumas dependências e a transformação de outras em Postos de Atendimento-PA, em função do tamanho e da proximidade com outras agências.

Nas praças com até 100 mil habitantes, onde a incorporação dos Bancos BNC e Besc provocaram redundância nas estruturas de atendimento, as agências serão unificadas.

Finalmente, em praças de pequeno porte e, observado o potencial de negócios, haverá conversão de agências em PA.

  • A.24 – Quando ocorrerá a reorganização das agências?

As medidas para reorganização da rede de atendimento presencial ocorrerá a partir de janeiro de 2017, mas as ações para viabilizar a reorganização da rede devem começar imediatamente.

  • A.25 – Que procedimentos as agências devem adotar até a data agendada para reorganização da rede?

Devem ser realizados todos os procedimentos que envolvem o processo de migração de contas e desativação de agências (inclusive por unificação ou alteração para posto).

O processo está detalhado na IN 193.2 e, oportunamente, será disponibilizado um material com as informações consolidadas para todas as áreas envolvidas (Super, Disec, USI, Cesin, Cesup, etc). Para facilitar o processo para a Rede, várias atividades serão centralizadas.

Além disso, onde couber, serão designadas agências “madrinhas” que apoiarão o processo de desativação de agências.

  • A.26 – Por que as dotações das agências foram alteradas?

Os quadros das agências já foram ajustados considerando os movimentos de reorganização da rede: a migração dos clientes e respectivas dotações para as Unidades Digitais, a proximidade com outras agências e, em alguns casos, a possibilidade de migração dos clientes Varejo para outras agências, permitindo a otimização da estrutura. Além disso, o novo quadro já prevê a atualização dos critérios e parâmetros de dimensionamento de dotações.

  • A.27 – Quais clientes serão impactados pelo processo de Reorganização Institucional? Haverá migração da conta dos clientes?

Serão impactados aqueles clientes que estiverem em agências que estão envolvidas no processo de Reorganização Institucional, sendo que:

• Clientes Private, Estilo, Exclusivo e Personalizado (já encarteirados ou com perfil para encarteiramento) e para os clientes PEP – Pessoas Expostas Politicamente: Os números da agência e da conta corrente não serão alterados, haverá apenas a migração ou manutenção do MCI do cliente nos modelos de relacionamento digital.

• Clientes Varejo PF: Os números da nova agência mudam e o número da conta pode mudar, se, na agência para qual o cliente for transferido, houver o mesmo número de conta. O cliente pode consultar os números de agência e de conta a partir da data da migração, quando acessar os caixas eletrônicos, o portal bb.com.br na internet ou o aplicativo BB para celular.

• Clientes Varejo PJ: Em todos os casos, haverá alteração do número da agência, podendo haver alteração do número da conta.

  • A.28 – Qual será o papel das agências Madrinha e de Apoio?

A Agência “Madrinha” apoiará as agências a serem encerradas, nos procedimentos de desativação do ponto e na prestação de atendimento presencial aos clientes de alto valor.

A agência “Apoio” ficará responsável pelo relacionamento e atendimento aos clientes dos grupos negociais de varejo.

  • A.29 – O cliente só poderá ser atendido presencialmente pela sua agência madrinha ou pela sua agência de apoio?

Não. O cliente pode ser atendido em qualquer agência do Banco do Brasil e também pode acessar e movimentar sua conta pelo bb.com.br, na internet, celular ou tablet. Além disso, pode usar os terminais de autoatendimento do BB e do Banco 24Horas, sem pagar a mais por isso. É importante que os funcionários das agências orientarem o cliente a como baixar e utilizar o aplicativo BB no celular.

  • A.30 – Quando ocorrerá a transferência do cliente para a agência ou para o atendimento digital?

As medidas de reorganização das agências ocorrerão a partir de janeiro e os clientes receberão com antecedência mais informações por correspondência, pelos caixas eletrônicos, ao acessar a conta pela internet, entre outros canais. Terão à disposição também um hotsite na internet e central de atendimento exclusiva para obter informações sobre as mudanças. No entanto, é possível que alguns clientes queiram sanar suas dúvidas diretamente na agência, com você, mediante um atendimento pessoal e resolutivo.

  • A.31 – Um cliente veio a minha agência e quer saber o que acontecerá, onde posso pesquisar?

Para os clientes que ligarem ou forem à sua agencia, informe que a reorganização ocorrerá a partir de janeiro e os clientes receberão com antecedência mais informações, além disso é possível também sanar dúvidas pelo site bb.com.br/novoatendimento e pelos telefones 0800-729-5282 (Clientes PF) e 0800-729-5281 (Clientes PJ).

  • A.32 – Onde o cliente pode tirar suas dúvidas?

Além do atendimento pessoal ou telefônico prestado pelos funcionários nas agências, o cliente terá à disposição os seguintes canais:

Site: bb.com.br/novoatendimento

Ou nos seguintes telefones:

• Clientes Pessoa Física

0800 729 5282

• Clientes PJ

0800 729 5281

Atendimento das 8 às 22 horas, de segunda a sexta-feira

  • A.33 – É necessário que a agência faça algum procedimento para transferir a conta e serviços dos clientes para a nova agência? É preciso que o cliente compareça à nova agência?

O processo de transferência de conta, produtos e serviços, quando for o caso, será feito de forma automatizada pelo Banco, não sendo necessária nenhuma providência por parte das agências ou dos clientes.

Os números da nova agência e conta estarão disponíveis na data da migração e o cliente poderá consultá-los ao acessar os caixas eletrônicos, o portal bb.com.br na internet ou o aplicativo BB para celular.

  • A.34 – Como ficam: cartão, talonário de cheques, senhas, débitos automáticos, DDA?

Os talonários de cheques poderão ser utilizados normalmente, assim como os cartões, até a data de validade constante no plástico, sem a necessidade de troca imediata. Se o cliente desejar, poderá ser solicitado um cartão da nova dependência e poderá imprimir um novo talonário nos caixas eletrônicos.

As senhas (números e código de acesso) não terão nenhuma alteração, o cliente continua usando caixas eletrônicos, cartões, internet e mobile normalmente.

Os débitos automáticos autorizados, referentes a serviços prestados por concessionárias (contas de água, luz, telefone e etc.) e DDA, não terão nenhuma alteração.

  • A.35 – Mudam as condições que o cliente tinha na agência anterior? É preciso fazer algum procedimento para que o cliente possa acessar e movimentar a conta?

Não há nenhuma mudança em relação às condições contratadas pelo cliente na antiga agência.

Para acessar e movimentar a conta, o cliente continua utilizando suas senhas (números e código de acesso) já cadastradas. Inclusive, se o celular do cliente já é autorizado, poderá ser utilizado normalmente, sem a necessidade de autorizar novamente para transações.

  • A.36 – Como fica o recebimento de benefício do INSS e dos proventos dos clientes?

Não haverá alteração nos recebimentos de benefícios e proventos. Os clientes serão migrados em datas específicas e serão avisados da migração.

  • A.37 – Como ficam os produtos dos clientes que não possuem conta corrente, como por exemplo aqueles que só tem poupança, cartão de crédito, seguros?

Esses clientes serão migrados normalmente e irão para a agência madrinha ou de apoio que será a detentora do MCI.

PEAI

  • B.01 – Não tenho certeza se atendo aos critérios para adesão ao PEAI. Como posso saber se pertenço ao público-alvo do Plano?

Os critérios estão incluídos no Regulamento, quais sejam:

– aposentado por tempo de contribuição ou idade pelo INSS até 31/12/2016; ou

– com condições de se aposentar pelo plano de previdência complementar (Previ, Economus, Fusesc ou PrevBep) até 31/12/2016; ou

– que até 31.12.2016 detiverem os pré-requisitos e protocolarem pedido de aposentadoria por tempo de contribuição ou idade junto ao INSS. Esses funcionários somente serão desligados e receberão o valor correspondente ao incentivo do plano se for concedido o benefício de aposentadoria pelo INSS, ainda que em data posterior a 31/12/2016.

  • B.02 – Sou funcionário de Banco incorporado. Meu tempo de BNC, BESC ou BEP será considerado?

O tempo do contrato de trabalho sucedido pelo Banco (BESC, BEP e BNC) será considerado. Os sistemas do Banco, inclusive, já estão preparados para reconhecer essa informação.

Os funcionários egressos de Bancos incorporados que têm intenção de aderir ao PEAI deverão consultar suas respectivas entidades prestadoras de serviços de saúde e de previdência privada sobre a manutenção da assistência médica e permanência no Plano de Benefícios, respectivamente, bem como das prerrogativas asseguradas estatutariamente aos demissionários.

Os seguintes sites das Entidades podem ser consultados:

Fusesc (BESC) – http://www.fusesc.com.br
PREVBEP (PEB) – http://www.prevbep.com
Economus (BNC) – http://www.economus.com.br

  • B.03 – Fui funcionário do Banco, desliguei-me, prestei concurso e ingressei novamente na empresa. Posso aderir ao PEAI?

Sim. Desde que o tempo do contrato atual, exclusivamente, atenda às condições descritas no Regulamento do PEAI, você poderá fazer o registro da intenção pela adesão ao Plano.

  • B.04 – Tenho tempo de contribuição ao INSS anterior ao meu contrato com o Banco. Como faço para que também seja considerado?

Antes do registro da manifestação de intenção pela adesão ao PEAI, será necessária a inclusão dos tempos complementares no aplicativo ARH (3.Funcionário – 41.Tempos Complementares) e a devida comprovação, conforme procedimentos listados na IN 380.

Após a inclusão dos Tempos Complementares no ARH, caso o funcionário não seja reconhecido como público-alvo do Plano, deverá solicitar a inclusão como público-alvo por meio do “Fale com a Gestão de Pessoas”

Efetuada a inclusão, o funcionário poderá efetuar a adesão no aplicativo pessoal.

  • B.05 – Mesmo que eu não atenda às condições para recebimento do benefício de previdência complementar (PREVI, Economus, Fusesc e Prevbep), poderei solicitar adesão ao PEAI?

Conforme regulamento, pode participar do PEAI o funcionário com condições de se aposentar pelo plano de previdência complementar (Previ, Economus, Fusesc ou PrevBep) até 31/12/2016 ou que até 31/12/2016 esteja aposentado por tempo de contribuição ou idade pelo INSS ou detiver os pré-requisitos e protocolar pedido de aposentadoria por tempo de contribuição ou idade junto ao INSS até 31/12/2016.

  • B.06 – Estou no QS Aposentável. Posso aderir ao PEAI?

Sim. A adesão é permitida e possibilitada sem o registro de retorno do QS, de forma a não comprometer a remuneração para fins rescisórios. O desligamento ocorrerá nas datas previstas no regulamento do Plano e o saldo remanescente de ausências será indenizado juntamente com as verbas rescisórias.

  • B.07 – Tem uma ação disciplinar aberta na unidade e eu fui relacionado como envolvido. Posso fazer registro de manifestação de intenção pela adesão ao PEAI?

Sim. Atendido o disposto no item 1.2.3 e subitens do Regulamento do PEAI, que assim dispõem:

“1.2.3. O funcionário que responde a ação disciplinar poderá manifestar o interesse em aderir ao PEAI, observado que:

1.2.3.1 se a ação disciplinar estiver enquadrada como ilícito ou comportamental, o desligamento somente poderá ocorrer ao término da apuração;

1.2.3.2. caso o funcionário solicite desligamento antes do final da apuração da ação disciplinar, terá sua adesão cancelada, não fazendo jus às indenizações previstas no PEAI;

1.2.3.3. na hipótese de a ação disciplinar concluir pela ocorrência de justa causa, o funcionário estará excluído do PEAI, sem prejuízo das sanções disciplinares cabíveis e sem direito ao recebimento das indenizações previstas neste Plano.”

  • B.08 – Executivos do Banco são público-alvo do PEAI?

Não, conforme previsto no regulamento do PEAI.

  • B.09 – Tenho um período intercontratual no Banco por afastamento sem proventos, como, por exemplo, licença-interesse. Durante este período, efetuei as contribuições para o INSS. Como faço para resolver?

Entregue ao seu gerente os comprovantes de recolhimento de contribuição para INSS e solicite que o período seja incluído como se você tivesse contribuído antes da posse no Banco, de acordo com o contido na IN 380.

Por exemplo: um funcionário tomou posse no Banco em 02/01/1980, afastou-se em licença-interesse de 01/01/2012 a 31/12/2012 e contribuiu para o INSS durante todo o período. O administrador deverá informar no ARH, como tempo complementar, o período de 01/01/1979 a 31/12/1979. Após a inclusão dos Tempos Complementares no ARH, caso o funcionário não seja reconhecido como público-alvo do Plano, solicite a inclusão como público-alvo por meio do “Fale com a Gestão de Pessoas”.

Efetuada a inclusão, o funcionário poderá efetuar a adesão no aplicativo pessoal.

  • B.10 – Estou afastado do BB, como posso acessar o regulamento?

Funcionários afastados podem consultar o regulamento do plano através da Caixa Postal Privativa e Segura. Acesse sua conta em bb.com.br.

  • B.11 – Estou em licença-interesse. Posso retornar e aderir?

O funcionário impossibilitado de acessar o aplicativo Pessoal poderá solicitar a inscrição pessoalmente em uma dependência do Banco, preferencialmente em sua dependência de lotação ou agência de relacionamento, dentro da vigência do período de manifestação de intenção pela adesão ao PEAI, mediante assinatura de documento de solicitação de adesão.

  • B.12 – Como deve proceder o funcionário em licença-prêmio que está no QS-Aposentável com término antes da data de início de desligamento e não possui mais saldo de abono, férias ou folgas, e deseja aderir ao PEAI, como deve proceder?

O funcionário deve retornar ao trabalho e aguardar o prazo de desligamento, lembrando que é necessário realizar a adesão ao PEAI, conforme o regulamento do QS Aposentadoria, na IN 380-1.

  • B.13 – Estou cedido ou em situação de afastamento (férias, licença-prêmio, licença-maternidade, etc), sem acesso aos sistemas do Banco. Como posso fazer o registro de intenção pela adesão ao PEAI?

As inscrições para funcionários que estão em situação de afastamento deverão ser solicitadas em qualquer dependência do Banco, dentro do período de adesões, mediante assinatura de documento de solicitação de adesão, modelo constante da IN 379.

  • B.14 – Posso excluir a manifestação de intenção pela adesão, após registro no SisBB?

A divulgação do Programa está sendo feita de forma antecipada para subsidiar uma decisão consciente e responsável quando for aberto o período para manifestação de intenção pela adesão ao PEAI. Durante o prazo de manifestação, entre 13h30 do dia 22/11 e 23h59h do dia 09/12, é possível a exclusão do registro no sistema.

  • B.15 – Se eu excluir, no sistema, o registro de manifestação de intenção pela adesão ao PEAI, posso inclui-lo novamente?

Durante o prazo de manifestação é possível a exclusão do registro e a nova inclusão. No entanto, a data agendada anteriormente pode não estar mais disponível, uma vez que haverá limite de adesões por data.

  • B.16 – Perdi o prazo de manifestação de intenção pela adesão ao PEAI. É possível requerer a adesão de outra forma?

Serão consideradas apenas as manifestações registradas no período divulgado para adesões.

  • B.17 – Solicitei o registro da intenção pela adesão ao PEAI em minha agência de relacionamento, por não estar com acesso aos sistemas do Banco. Receberei retorno dessa solicitação?

Sim. No momento da solicitação de adesão na agência de relacionamento, mediante assinatura do documento de solicitação de Adesão, dentro do período definido no regulamento, será confirmada a sua adesão.

  • B.18 – Sou funcionário egresso de Banco incorporado e não aderi ao regulamento de pessoal do Banco, mas atendo aos critérios para adesão ao PEAI. Posso manifestar minha intenção pela adesão ao Plano sem aderir ao regulamento de pessoal do BB?

Sim. A não adesão ao regulamento do Banco não impede a adesão ao PEAI, desde que você atenda aos critérios do Plano.

  • B.19 – Está previsto o pagamento das contribuições ao INSS pelo Banco, até a aposentadoria, em caso de adesão ao PEAI?

Não haverá pagamento das referidas contribuições pelo Banco, após o desligamento.

  • B.20 – Haverá comissões de conciliação prévia para quem aderir ao PEAI?

Sim. O funcionário poderá acionar as Comissões de Conciliação Prévia (CCP) se entender que há pendência não resolvida em relação ao contrato de trabalho.

As CCP abrangem qualquer tipo de matéria relacionada ao contrato de trabalho extinto, inclusive as relativas às 7ª e 8ª horas. A CCP é um instrumento facilitador da conciliação entre o funcionário aposentado e o BB, ocorrendo também com a presença de representante do sindicato.

  • B.21 – Fui nomeado na minha função atual antes de 08/11/2016 e só tomei posse após essa data. No desligamento, será considerada minha função atual para fins de cálculo dos incentivos?

Será considerada a sua função efetiva no dia 08/11/2016, conforme o regulamento do plano.

  • B.22 – No dia 08/11/2016 eu estava adido/em colaboração/substituição em função diferente daquela exercida na unidade onde estou lotado. Será considerada a função que eu estava exercendo em 08/11/2016 para cálculo dos incentivos?

Será considerada a sua função efetiva em 08/11/2016 e não a função em adição / em colaboração / em substituição, conforme o regulamento do plano.

  • B.23 – Tomei posse na função atual no dia 08/11/2016 e faço parte do público-alvo do PEAI. Minha função atual será considerada para fins de cálculo da rescisão?

Sim. Será considerada a função efetiva no dia 08/11/2016, conforme o regulamento do plano.

  • B.24 – Como fica o recebimento da PLR do 2º semestre/2016 se eu me desligar antes do pagamento?

Desde que sejam atendidas as condições para recebimento da PLR, você receberá sua parcela à época do pagamento coletivo, conforme normativos do assunto.

  • B.25 – Como fica o recebimento do PDG do 2º semestre/2016 se eu me desligar antes do pagamento?

Desde que sejam atendidas as condições para recebimento do PDG, você receberá sua parcela à época do pagamento coletivo.

  • B.26 – Estive em situação de afastamento (abono, licença-saúde, licença-maternidade) no dia 08/11/2016. Isso vai impactar o cálculo das verbas rescisórias?

A situação de afastamento na referida data não gera impacto no cálculo das verbas rescisórias.

  • B.27 – Nos casos de bolsa de graduação da UniBB (curso em andamento ou concluído, com período de carência vigente), vou precisar ressarcir o Banco se fizer adesão ao PEAI?

Somente deverão ser reembolsados ao Banco os valores referentes a Bolsas em situação irregular ou em regularização, conforme IN 105-1.

  • B.28 – Retornei de cessão, estou recebendo VCP e sou público-alvo do PEAI. Caso faça adesão ao Plano, receberei indenização de VCP?

Não. Neste caso, o VCP será pago somente até o último dia de efetivo exercício.

  • B.29 – No ano passado, tive um afastamento longo por licença-saúde. Esse tempo de afastamento impactará o cálculo do prêmio em pecúnia?

Para esse cálculo, será considerado o tempo de efetivo exercício. Tempo de efetivo exercício é o tempo trabalhado pelo funcionário, inclusive as: faltas abonadas previstas na instrução normativa sobre Ausências e Afastamento de Pessoal – Faltas Abonadas; licenças-saúde motivadas por acidente do trabalho, moléstias infecto-contagiosas, parasitárias e doação de órgãos; férias, licença-prêmio, licença-maternidade, licença-adoção e treinamento pós-graduação; disponibilidades com contagem de tempo assegurada para aquisição de abono assiduidade. São deduzidas as ausências não previstas anteriormente, por exemplo: faltas não abonadas, licença sem proventos (licença-interesse e outras) e licença-saúde.

As faltas que oneram o tempo de efetivo exercício podem ser consultadas pelo funcionário no histórico de ausências, contido no aplicativo Pessoal, opção 31-05, no campo inferior direito “Faltas no Banco”.

  • B.30 – Sobre o valor das indenizações incidirão encargos/tributos?

Não incidirão encargos/tributos (IR, INSS, FGTS) sobre o valor das indenizações.

  • B.31 – Estou sem acesso aos sistemas do Banco (cedido ou em situação de afastamento – férias, licença-prêmio, licença-maternidade, etc.) e faço parte do público do PEAI. Como poderei consultar o cálculo das verbas?

Para os funcionários em situação de afastamento ou cedidos, a consulta deve ser feita pelo administrador da dependência em que o funcionário efetuou a solicitação de adesão.

  • B.32 – Fui transferido recentemente e recebi a vantagem de remoção. Devo ressarcir o Banco?

Os funcionários que aderirem ao plano estão desobrigados de devolver eventual vantagem de remoção, no caso de comissionamentos ocorridos nos últimos 365 dias.

  • B.33 – Se eu aderir ao PEAI, receberei a multa de 40% no FGTS?

O plano não contempla alterações nos procedimentos normais do fundo de garantia. Não haverá pagamento de multa. Trata-se de desligamento (aposentadoria) a pedido do funcionário.

  • B.34 – Poderei sacar o saldo do FGTS, se eu fizer adesão ao PEAI?

O saque do FGTS ocorre mediante apresentação de carta de concessão de aposentadoria do INSS, ou seja, somente para situações de desligamento 809 – Aposentadoria INSS.

  • B.35 – O Banco fará o pagamento de indenizações mensais, após o desligamento?

Após o desligamento, não haverá pagamentos pelo BB de indenizações mensais, como INSS e Vale Refeição\Alimentação.

  • B.36 – Tenho Bolsa dos programas da UniBB em andamento. O que acontece após o desligamento?

A Bolsa será cancelada, sem ônus ao funcionário. Cabe ao funcionário decidir se continuará com o curso, arcando com os respectivos custos.

  • B.37 – O valor das indenizações e das verbas rescisórias será calculado com base na remuneração devida em 08/11/2016?

A indenização de 12 salários-base e prêmio em pecúnia de até 3 salários-base serão calculados com base na remuneração do cargo efetivo do funcionário em 08/11/2016.

A base de cálculo dos direitos legais e regulamentares devidos na demissão a pedido por aposentadoria (verbas rescisórias) é calculada com base na remuneração devida quando da data do desligamento, conforme critérios previstos nos normativos. Portanto, os valores apresentados na simulação, para essas verbas, poderão ser alterados quando da rescisão contratual.

  • B.38 – A partir de qual data serão realizados os desligamentos?

Os desligamentos estão previstos para ocorrerem a partir de 01/12/2016.

  • B.39 – Posso escolher a data de desligamento?

No momento da adesão, o funcionário deverá escolher uma data de desligamento que esteja disponível no sistema de agendamento, dentro do cronograma de desligamento dos funcionários optantes pelo PEAI. O agendamento poderá ser alterado a critério exclusivo do Banco do Brasil, considerando o impacto nas unidades.

  • B.40 – Já fiz o EPS neste ano, precisarei fazer também o exame demissional?

Caso o EPS tenha sido realizado, com obtenção do ASO de apto, num prazo inferior a 135 dias da data da Homologação, não é necessária a realização de exame demissional.

  • B.41 – Do que se trata o Termo de Adesão ao PEAI, constante do item 1.2.1.3 do Regulamento?

Trata-se de um termo constante na IN 379, que deverá ser impresso e assinado pelo requerente, após a adesão, com posterior entrega ao administrador de sua unidade para registro no sistema. Tal procedimento está descrito no referido normativo.

  • B.42 – Tenho saldo de férias, licença-prêmio, abonos e folgas. Preciso utilizá-lo antes de sair?

Não. Não é necessária a utilização antes do desligamento. Os saldos serão convertidos em espécie, por se tratar de verbas indenizatórias, a serem pagas conforme previsto nas IN 379 e 380, em parcela única, com as demais verbas do PEAI.

  • B.43 – Tenho saldo de férias e quero utilizá-lo antes do desligamento. É possível?

Somente as férias em período fatal deverão ser utilizadas. Os funcionários que não estão em período fatal, mas já tiveram as férias comunicadas pela Empresa, poderão renegociar a utilização para retorno até 01/12/2016. Nesses casos, o funcionário deverá deixar toda a documentação providenciada e de posse do administrador. O desligamento será marcado para o fim do período de ausência.

  • B.44 – Recebi a solicitação de adesão de um funcionário em situação de afastamento. Como devo proceder?

A solicitação de adesão de funcionários em situação de afastamento poderá ser apresentada em qualquer unidade do Banco. Os procedimentos da unidade estão incluídos na IN 379-2.

  • B.45 – Como faço para acessar as Comissões de Conciliação Prévia?

Primeiramente será necessário verificar se seu sindicato aderiu ao ACT/CCP (acesse aqui a lista de sindicatos aderentes à CCP).

Se sim, basta protocolar o termo de reivindicação (modelo) no Sindicato da base territorial de sua última dependência de lotação. Após análise desta reivindicação pelo Banco, caso haja proposta, o Sindicato entrará em contato para agendar data e horário para a reunião de conciliação.

  • B.46 – Como devo proceder se meu sindicato não aderiu ao ACT/CCP?

Verifique, junto ao sindicato, se há perspectiva de adesão ao ACT/CCP ou solicite a previsão de realização de Assembleia para deliberar sobre o assunto. A adesão do sindicato é condição para acesso à CCP.

  • B.47 – Quais matérias podem ser pleiteadas no âmbito da CCP?

Pode ser pleiteada qualquer matéria referente ao contrato de trabalho extinto, inclusive 7ª e 8ª horas.

Lembrando que as reivindicações serão avaliadas caso a caso e de acordo com a realidade do contexto de cada funcionário, por isso é importante que juntamente com a reivindicação sejam apresentados documentos, testemunhas e/ou demais elementos que auxiliem na comprovação dos pedidos e subsidiem a análise que será realizada pelo Banco.

  • B.48 – Qual o prazo para análise da minha demanda?

O prazo regulamentar previsto no ACT/CCP é de 30 dias (contados da data de protocolo do termo de reivindicação na Gepes pelo sindicato). Em casos excepcionais este prazo poderá ser prorrogado por igual período mediante anuência de todas as partes.

  • B.49 – Caso eu faça um acordo com o Banco em CCP, em quanto tempo será feito o pagamento?

O prazo para pagamento é de até 15 dias úteis após assinatura do acordo.

  • B.50 – Haverá incidência de algum desconto/imposto sobre o valor do acordo?

Depende da natureza da verba/matéria objeto do acordo. Acordos sobre verbas que possuam natureza remuneratória podem ter incidência de IRPF, INSS (salvo para aqueles que já recolhem pelo teto) e/ou pensão alimentícia (apenas para aqueles que tenham este desconto determinado pela justiça e nos limites da decisão que pode abranger ou não as matérias transacionadas).

  • B.51 – Como faço para ter acesso a um acordo judicial?

Os optantes pelo PEAI que sejam titulares de processos passíveis de acordo serão contatados oportunamente pelo Banco para verificar o interesse em iniciar o processo de negociação do acordo, mas nada impede que você desde já demonstre seu interesse, informando-o à Gepes jurisdicionante.

  • B.52 – Como funciona o processo de negociação?

O processo será avaliado pelas áreas jurídicas e administrativas do Banco e, se passível de acordo e havendo interesse de ambas as partes (Banco e ex-funcionário), serão iniciadas as negociações. Nesta fase, considerando tratar-se de acordo judicial, é importante a participação/assistência do seu advogado.

Chegando-se a um acordo que atenda aos interesses de ambas as partes, os termos do acordo serão submetidos à Justiça do Trabalho para homologação.

  • B.53 – Qual o prazo previsto para análise e negociação do acordo?

Não há um prazo definido, pois o acordo dependerá de homologação pela Justiça do Trabalho.

  • B.54 – Caso eu faça um acordo judicial com o Banco, em quanto tempo será feito o pagamento?

O pagamento será realizado em até 15 dias úteis após a homologação do acordo pela Justiça do Trabalho.

  • B.55 – Haverá incidência de algum desconto/imposto sobre o valor do acordo?

Assim como nas CCP, depende da natureza da verba/matéria objeto do acordo. Acordos sobre verbas que possuam natureza remuneratória podem ter incidência de IRPF e INSS e/ou pensão alimentícia (apenas para aqueles que tenham este desconto determinado pela justiça e nos limites da decisão que pode abranger ou não as matérias transacionadas).

Além disso, é importante que você tenha em mente que como se trata de um processo judicial, ainda que seja resolvido mediante acordo, serão devidos também os honorários ao seu advogado.

Plano de Funções

  • C.01 – O que é o Plano de Funções?

O Plano de Funções, implantado em 28 de janeiro de 2013, é o conjunto de funções acionáveis na Organização e está detalhado na IN 917-1.

  • C.02 – O que mudou no Plano de Funções?

Um novo público de assessores de unidades estratégicas, táticas e Gepes (confira a lista na resposta da próxima pergunta) pode optar por funções com jornada de trabalho de 6 horas diárias.

  • C.03 – Quem pode optar pelas Funções de Confiança de 6h?

Fazem parte do público-alvo:

Unidades Estratégicas
Assessor UE
Assessor UE Trainee
Assessor de TI UE
Assessor Empresarial
Assessor Empresarial de TI
Assessor Empresarial Máster
Assessor Empresarial Máster de TI
Secretário

Unidades Táticas
Assessor UT

Unidades Operacionais de Apoio aos Negócios e à Gestão – Rede Gepes
Assessor de Relações do Trabalho das Gepes (exceto os que trabalham exclusivamente com preposição trabalhista)

  • C.04 – Há consequências para o funcionário que não optar pela nova jornada?

Não. Trata-se de uma escolha, portanto, é um ato voluntário que pode ser feito a qualquer momento.
Para ciência sobre as mudanças no Plano de Funções, o funcionário deverá acessar as respectivas informações no aplicativo Pessoal 31-28-01.

  • C.05 – Caso eu faça a opção pela nova jornada e passe a trabalhar em jornada de 6h/d, poderei continuar na dependência atual?

A escolha do funcionário pela jornada de 6 horas não prevê mudança de dependência.

No contexto da Reorganização Institucional e em caso de excesso na função na dependência do funcionário, pode haver necessidade de movimentação em lateralidade.

É importante esclarecer que essa movimentação não tem qualquer relação com a escolha da jornada de 6 horas, ela somente acontecerá caso haja necessidade advinda da estrutura organizacional.

  • C.06 – Até quando o funcionário precisa se decidir?

A opção é uma decisão voluntária do funcionário, podendo ocorrer a qualquer tempo. A opção pela jornada de 6 horas ficará disponível por tempo indeterminado.

  • C.07 – Haverá alteração de remuneração para os funcionários que optarem pela jornada diária de 6 horas?

Sim. O valor de referência da função passará a ser 83,75% daquele relativo à jornada de 8 horas.

Mesmo com a jornada reduzida em duas horas, houve valorização de 12% na hora trabalhada, pois o percentual proporcional à redução das duas horas seria 75% do valor de referência.

Para conferir como fica sua remuneração, acesse o SisBB, no Pessoal 31-28.

  • C.08 – O que muda no TAO, com a implementação das mudanças no Plano de Funções?

No contexto da Reorganização Institucional, o sistema TAO estará provisoriamente suspenso.

Concorrências diferenciadas para as funções com jornada de 8h e de 6h poderão ser registradas no TAO Especial (detalhes na aba Estrutura Organizacional – Movimentações), a ser implementado a partir de 1/12/2016, de acordo com regras específicas que foram desenvolvidas para auxiliar no ajuste dos quadros das dependências (detalhes na aba Estrutura Organizacional – TAO Especial).

  • C.09 – Nas concorrências, haverá diferença de pontuação entre as Funções de Confiança de 8 horas e as de 6 horas, em relação aos itens de função atual e exercidas?

O sistema TAO estará provisoriamente suspenso, considerando o momento de Reorganização Institucional. As concorrências passam a ser registradas via TAO Especial, que manterá condição de igualdade de pontuação nas oportunidades para as Funções de Confiança, independentemente se a jornada de trabalho é de 6 ou 8 horas. O sistema TAO, quando restabelecido, manterá as condições de igualdade.

A opção pela jornada de 6h não prejudica os funcionários em futuras concorrências, pois permanecem inalteradas as atribuições, as obrigações e as responsabilidades, ou seja, na jornada de 8 ou de 6 horas a função é a mesma.

  • C.10 – Sou público-alvo, mas não irei optar pelas 6 horas, a minha função de 8 horas será extinta?

Apenas as funções de Assessor Empresarial Máster e Assessor Empresarial Máster de TI serão extintas e não terão mais provimento no caso de vacância.

  • C.11 – Exerço função do público-alvo das mudanças no Plano de Funções, porém não fiz opção pela jornada de 6h. Ao concorrer nas oportunidades de 6h do TAO, será considerada a opção pelas 6h?

Não, pois a opção não ocorre pelo TAO. No entanto, todos podem concorrer nas oportunidades de 6h, lembrando que as concorrências devem ser registradas no TAO Especial, enquanto este estiver vigente. Importante destacar que o ato de inscrição numa oportunidade caracteriza o interesse do funcionário de ser nomeado naquela função/jornada para a qual está concorrendo, concordando com todas as suas características, inclusive a jornada de trabalho.

  • C.12 – No caso de movimentação decorrente de ajuste na estrutura, o funcionário que exerce uma Função de Confiança do público-alvo das mudanças no Plano de Funções poderá manter a jornada de 8h, mesmo que a vaga seja de 6h?

Sim. Neste caso, a nomeação poderá ocorrer mantendo a jornada de 8h, de acordo com procedimentos específicos a serem definidos no âmbito de cada estrutura.

  • C.13 – O funcionário terá como verificar sua remuneração na Função de Confiança com jornada de 6 horas diárias, antes de fazer sua opção?

Sim. Basta utilizar o simulador de folha de pagamento, no aplicativo SisBB – Pessoal 31-28, onde é possível obter uma prévia do espelho mensal no caso de opção pela jornada de 6 horas diárias.

  • C.14 – Como ficam os prazos mínimos de permanência na função para optantes pela jornada de 6 horas diárias?

As nomeações decorrentes de opção à jornada de 6 horas diárias, em mesma unidade, não adicionam novos prazos – institucional e de relacionamento – para concorrências futuras.

  • C.15 – Há previsão de acionamento das CCV para os funcionários que optarem pela jornada de 6 horas?

Sim. Os funcionários poderão acionar as Comissões de Conciliação Voluntária (CCV), após a celebração de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) específico.

A CCV é um instrumento facilitador, que busca uma solução consensual entre o BB e o funcionário sobre eventuais conflitos trabalhistas relativos à 7ª e à 8ª horas.

Serão iniciadas tratativas para firmar esse ACT específico com as entidades sindicais e, tão logo concluídas as negociações, novas informações sobre pré-requisitos e prazos serão divulgadas aqui no hotsite e na IN-385.

  • C.16 – A jornada de 6 horas já contempla os 15 minutos de intervalo?

Não. O intervalo destinado a descanso/alimentação, previsto na legislação, não está computado na jornada, de acordo com a IN 361-1.

  • C.17 – Ao optar pela nova jornada, quem irá escolher o meu horário de trabalho?

O horário de trabalho do funcionário continuará sendo designado pelo superior imediato, de acordo com a necessidade do trabalho, observando-se a IN 361.

  • C.18 – Sou funcionário com jornada de 8 horas e faço parte do público-alvo. O que devo fazer para optar pela nova jornada?

Os interessados deverão acessar o aplicativo Pessoal no SisBB e seguir os passos abaixo:

1 – Pessoal 31-28-1: ciência em relação às mudanças no Plano de Funções;
2 – Pessoal 31-28-2: consulta ao Termo de Opção à nova jornada;
3 – Pessoal 31-28-3: consulta à simulação da remuneração;
4 – Pessoal 31-28-4: registro da opção;
5 – Pessoal 31-28-5: impressão do Termo de Opção para assinatura e entrega ao gestor.

Tão logo seja efetuada a posse pelo gestor, o funcionário passará a exercer a jornada de 6 horas, em horário a ser definido pelo próprio gestor.

Mesmo no contexto da Reorganização Institucional, os funcionários optantes pelas 6 horas podem tomar posse na nova jornada.

  • C.19 – Após o registro da opção pela jornada de 6 horas diárias no sistema, será possível a reversão dessa opção?

Não. Após o registro da opção no sistema não será possível o cancelamento desta opção.

  • C.20 – Há procedimentos específicos para funcionários lotados nas situações 506 –Colaboração e 510 – Adição e queiram optar pela jornada de 6 horas?

Não há procedimentos a serem adotados para funcionários lotados nas situações 506 – Colaboraç

  • C.20 – Há procedimentos específicos para funcionários lotados nas situações 506 –Colaboração e 510 – Adição e queiram optar pela jornada de 6 horas?

Não há procedimentos a serem adotados para funcionários lotados nas situações 506 – Colaboração e 510 – Adição, com atuação em funções do público-alvo, por se tratar de movimentação transitória.

A renovação de Colaboração e de Adição ou os registros de novas movimentações transitórias, a partir do dia 21/11/2016, ocorrerão em Funções de Confiança com jornada de 6h/d, quando for do público-alvo da nova jornada.

No retorno, caso a função exercida na unidade de origem faça parte do público-alvo, o funcionário poderá optar pela jornada de 6 horas diárias.

  • C.21 – Os funcionários oriundos de bancos incorporados que não optaram pelo regulamento de pessoal do BB são impactados pelas mudanças no Plano de Funções?

Não, pois tais funcionários são regidos pelo regulamento de pessoal da empresa de origem. O Plano de Funções impacta somente os funcionários que ocupam funções no BB.

  • C.22 – As mudanças do Plano de Funções geram algum impacto no Plano de Carreira e Remuneração (PCR)?

O PCR prevê a progressão da remuneração do funcionário por antiguidade e também por mérito, que leva em consideração o período de exercício de funções (de Confiança ou Gratificadas), conforme especificado na IN 362-1 – Plano de Carreira e Remuneração.

A pontuação do funcionário no PCR, especificamente no que diz respeito à promoção por mérito, leva em consideração faixas de remuneração baseadas nos Valores de Referência – VR de cada função, conforme previsto também na IN 362-1. Algumas movimentações decorrentes da mudança no Plano de Funções podem provocar alterações do VR da função exercida, podendo mudar, da mesma forma, o valor de pontuação diária por mérito.

  • C.23 – Haverá impactos nos valores de PLR para os funcionários que optarem pela jornada de 6 horas?

Sim. Conforme previsto na Cláusula Nona do último Acordo Coletivo de Trabalho sobre Participação nos Lucros ou Resultados – PLR 2016 e 2017, para comissionados, o salário paradigma (base de cálculo da PLR) corresponde ao Valor de Referência – VR da função exercida.

Para aqueles que optarem, o valor de referência da função passará a ser 83,75% daquele relativo à jornada de 8 horas, com reflexo sobre o salário paradigma

  • C.24 – Como se dará a conversão em espécie de folgas, licença-prêmio e abonos assiduidade de anos anteriores para o funcionário que tomar posse na Função de Confiança de 6 horas?

O BB possibilitará ao funcionário, em até 30 (trinta) dias, a partir da data de opção, a conversão em espécie, do saldo – total ou parcial – de abonos assiduidade de anos anteriores, folgas (exceto as da justiça eleitoral) e licença-prêmio, com base na remuneração atual, considerada a média das ocorrências dos últimos quatro meses, contados a partir do segundo mês anterior ao do último dia de efetivo trabalho, conforme IN 375-1.

  • C.25 – Os normativos serão ajustados para espelhar as mudanças decorrentes do Plano de Funções?

Sim. As INs 917, 363, 369, 371, 385 e 105 serão ajustadas até o final do dia 21/11/2016, quando estarão disponíveis para consulta. Importante ressaltar que as informações sobre as mudanças constam deste hotsite Reorganização Institucional.

  • C.26 – Estou ausente do meu local de trabalho. Posso optar pela nova jornada de 6 horas?

A opção poderá ser feita no retorno ao trabalho, caso seja do seu interesse e sua função seja público-alvo. Lembrando que pode ser feita a qualquer momento, não havendo prazo determinado para opção à jornada de 6 horas diárias. Entretanto o prazo para realização das horas extras por até seis meses passa a contar a partir do dia 23/11/2016, dia seguinte ao início da disponibilização da opção no Pessoal 31-28.

  • C.27 – Estou atualmente cedido ou em licença interesse. Posso optar pela nova jornada de 6 horas?

Não. O funcionário cedido ou em licença interesse está com o contrato de trabalho temporariamente suspenso com o Banco. Os procedimentos para nomeação e posse nas Funções de Confiança de 6 horas diárias deverão ser adotados somente no momento de retorno para o Banco, na forma dos normativos vigentes.

  • C.28 – O funcionário cedido para uma empresa do Conglomerado BB, em um cargo/função com mesmo nome ou valor de remuneração similar ao de funções do Banco, que tenha interesse em optar pela nova jornada, pode fazer a opção?

Não, pois o funcionário cedido está com o contrato de trabalho temporariamente suspenso com o Banco, não ocupando uma função própria do Plano de Funções BB.

  • C.29 – Entreguei o termo de posse assinado para uma função de confiança com jornada de 6 horas diárias. Já posso começar a fazer a nova jornada?

Ainda não. O funcionário deve aguardar a efetivação da posse no sistema, que só pode ser comandada antes do início da jornada de trabalho. O gestor irá acompanhar este processo e informar ao funcionário o dia e também o novo horário de trabalho que passam a vigorar na nova jornada.

  • C.30 – Como fica a situação do Assessor de Relações do Trabalho com atuação exclusiva de preposto trabalhista?

No dia 21/11/2016, os funcionários ocupantes da função Assessor de Relações do Trabalho, com atuação exclusiva como preposto trabalhista, nas Gepes Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas, Salvador, Goiânia e Recife foram nomeados automaticamente em nova FC Coordenador de Processos do Trabalho, com jornada de 8 horas diárias. Esta nomeação não gerará nova contagem dos prazos de impedimento.

O gestor concluirá os procedimentos de registro e impressão do Termo de Posse, para assinatura do funcionário e devolução do Termo ao seu superior hierárquico.

  • C.31 – Como se dará a implantação das mudanças no Plano de Funções para os funcionários lotados em Projetos Estratégicos?

As mudanças no Plano também incidem sobre as funções acionadas em Projetos Estratégicos que componham o público-alvo para opção pela jornada de 6 horas diárias.

Ao retornar do Projeto Estratégico para a dependência de origem, no caso de término da designação ou encerramento do Projeto, o funcionário será nomeado na função de origem, caso ainda não tenha feito a opção à jornada de 6 horas diárias (se cabível). Se já tiver feito a opção no Projeto, será nomeado na FC correspondente à sua função de origem, ocupada antes da designação para o Projeto, porém no novo código de pagamento correspondente à jornada de 6h/d.

  • C.32 – O funcionário que está recebendo Vantagem em Caráter Pessoal (VCP), no cargo de escriturário, é público-alvo das mudanças no Plano de Funções?

Não. O funcionário que está recebendo Vantagem em Caráter Pessoal (VCP) e exerce o cargo de escriturário não é público-alvo para opção pela jornada de 6 horas diárias, não cabendo providências.

Durante o período de VCP, o funcionário fica sujeito à jornada da função efetiva exercida antes do período de VCP (conforme IN 365-1-5.3).

  • C.33 – Após optar pela nova jornada, posso manter o nível de contribuição para efeito de previdência privada?

O funcionário deverá consultar o Estatuto e o Regulamento do seu Plano e entrar em contato com sua entidade de previdência complementar para verificar a possibilidade, os procedimentos e os prazos de manutenção do seu nível de contribuição.

  • C.34 – Como ficam as dotações das dependências em relação à opção pela jornada de 6 horas diárias?

Não há alteração nos quadros das dependências por conta da opção pela jornada de 6 horas.

Vale destacar que outras frentes da Reorganização Institucional podem ocasionar ajustes nos quadros das unidades, sem qualquer correlação, entretanto, com a mudança da jornada para o respectivo público-alvo.

  • C.35 – A mudança no Plano de Funções causa algum impacto no vale-alimentação/refeição?

Não. Não há nenhuma alteração no valor do vale-alimentação e/ou refeição para quem integra o público-alvo da jornada de 6 horas, decorrente da mudança no Plano de Funções.

  • C.36 – Com a opção à nova jornada, como fica o décimo terceiro salário?

A base para o décimo terceiro salário é a remuneração do mês de dezembro. Assim, caso a opção seja efetuada em novembro ou dezembro/2016, a base de cálculo será a nova remuneração para a função de 6h, sendo recalculado o valor pago em novembro/2016 e efetuados os acertos na folha de dezembro/2016 ou janeiro/2017, conforme a opção e o início do exercício na jornada de 6h. Vale lembrar que as horas extras realizadas em dezembro também compõem a base de cálculo para o décimo terceiro salário, sendo pagas na folha de janeiro, de acordo com a IN 363-1, seção 1.4.

Movimentações

  • D.01 – O que acontecerá com os funcionários ocupantes de função em excesso no quadro da dependência?

A partir das movimentações do TAO Especial e também dos desligamentos do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), poderão surgir oportunidades para realocação e regularização de excessos no quadro. O VCP, se necessário, somente será acionado em fevereiro.

  • D.02 – Quais são os pré-requisitos para inscrição nas oportunidades do TAO Especial?

O TAO Especial apresentará novo pré-requisito para inscrição referente ao Grupo de Funções (GF). Será possível concorrer em oportunidades para a mesma função exercida ou para um Grupo de Funções ao qual a sua função pertence e que são consideradas laterais neste processo. O GF da sua função pode ser consultado no hotsite. Os demais pré-requisitos serão mantidos. Também serão permitidas concorrências para outros Grupos de Funções que não caracterizem ascensão profissional.

  • D.03 – O que é Grupo de Funções?

O conceito de Grupo de Funções (GF) foi criado especificamente para o TAO Especial, permitindo maior mobilidade entre funções nas movimentações em lateralidade no processo de reorganização. Até então, era considerada movimentação lateral a nomeação entre funções de mesmo Valor de Referência (VR). Com o GF, foi ampliado o conceito de movimentação lateral considerando outros parâmetros como: nível de referência organizacional, remuneração, local de acionamento, jornada de trabalho e histórico de movimentações internas. Dessa forma, é possível concorrer para uma quantidade maior de funções na lateralidade.

  • D.04 – Quando poderei registrar minhas concorrências no TAO Especial?

O TAO Especial estará disponível para inscrição a partir do dia 1/12/2016, no SisBB – Pessoal – 43.28.11.

  • D.05 – Onde poderei consultar as vagas disponíveis?

Será disponibilizado neste hotsite e na intranet Dipes, a partir de 1/12/2016, um Mapa de Vagas que possibilitará a pesquisa por localidade, cargo ou função.

  • D.06 – Em quantas oportunidades e dependências poderei me inscrever no TAO Especial?

Os funcionários poderão se inscrever em até 50 oportunidades e, em cada oportunidade, até 50 prefixos. As inscrições anteriores foram canceladas para não impactar a quantidade prevista para o TAO Especial.

  • D.07 – Funcionários com impedimentos dos indicadores institucional e de relacionamento com cliente poderão concorrer no TAO Especial?

Sim. Serão flexibilizados os prazos destes impedimentos para inscrição no TAO Especial para os funcionários com mais 90 dias de Banco.

  • D.08 – Nos casos de Unidades Estratégicas que ocorrer a migração de atividades para outra unidade, como será a movimentação de pessoal?

Para as movimentações a serem realizadas em Unidades Estratégicas que tiveram migração de processos será elaborado plano específico, considerando a característica de cada área.

  • D.09 – As nomeações no período de reorganização institucional irão gerar novo prazo de impedimento para concorrência?

Não. As movimentações via TAO Especial serão realizadas sem gerar novo impedimento para concorrência. Eventuais impedimentos existentes anteriormente ao TAO Especial, porém, voltarão a ser considerados quando retornar o sistema TAO.

  • D.10 – Estarei em férias ou afastado por qualquer motivo (situação diferente de 100 – força de trabalho real). Como poderei me inscrever no TAO Especial?

Permanece admitida a inscrição de funcionário que se encontre afastado por qualquer motivo, exceto licença interesse, em concorrências no TAO Especial. O funcionário poderá encaminhar, via email à sua Gepes Regional, o formulário “Solicitação de Inscrição de Funcionário em Situação diferente de 100”, preenchido e assinado, conforme disposto na IN 371.

  • D.11 – Como será a lista de classificação no TAO Especial?

A lista do TAO Especial classificará prioritariamente os funcionários que estão exercendo função em excesso nas dependências de lotação. Para este público, a classificação obedecerá a pontuação obtida no TAO Especial. Demais inscritos serão ordenados na sequência, de acordo com a pontuação.

  • D.12 – O pré-requisito da Certificação do Gestor permanecerá para inscrição nas oportunidades de gerente geral de UN Varejo, Estilo e Governo?

Sim, para os gestores certificados, o pré-requisito será mantido. No TAO Especial, porém, as movimentações ocorrerão somente no mesmo grupo da função exercida (lateralidade) ou em grupos anteriores.

  • D.13 – Solicitei o cancelamento de uma nomeação há menos de 365 dias e estou impedido de concorrer no sistema TAO. Poderei concorrer no TAO Especial?

Sim. Este impedimento não será considerado para inscrição nas concorrências do TAO Especial.

  • D.14 – Poderei solicitar o cancelamento de nomeação feita pelo TAO Especial e ficar sem impedimento para novas concorrências?

Sim, é possível solicitar o cancelamento de nomeação ao longo da reorganização institucional sem gerar impedimento.

  • D.15 – Minha função não está em excesso no quadro da dependência. Poderei concorrer no TAO Especial?

Sim. A partir de 1/12, o TAO Especial estará disponível para inscrição de todos os funcionários do Banco. No entanto, os funcionários que estiverem em função com excesso no quadro terão classificação prioritária no TAO Especial.

  • D.16 – As nomeações feitas pelo TAO Especial poderão ter o benefício das vantagens na nomeação (ajuda de custo e mudança)?

Sim. Serão mantidas as regras de concessão atuais. O benefício de vantagens é devido para nomeações de funcionários que efetuem mudança de residência, em município diferente daquele em que estão lotados e/ou residindo, exceto município limítrofe ou município pertencente à mesma região metropolitana, conforme disposto nos normativos vigentes.

  • D.17 – Tomei posse há menos de 365 dias e me foram concedidas as vantagens na nomeação. Se eu me movimentar novamente pelo TAO Especial será necessária a devolução das vantagens?

Não será exigida a devolução de vantagens de nomeação neste caso. No entanto a flexibilização desta regra acontecerá apenas na primeira nomeação com vantagem durante a reorganização.

  • D.18 – Eu já estava nomeado antes da reorganização, mas ainda não tomei posse. Neste caso, a nomeação será mantida ou cancelada?

A manutenção ou o cancelamento de nomeação serão analisados pontualmente pela Diretoria Gestão de Pessoas, em conjunto com a unidade estratégica subordinante. Será avaliada a viabilidade da posse ou o eventual cancelamento da nomeação, considerando o ajuste de dotações decorrente das mudanças na estrutura organizacional.

  • D.19 – Como ficará a movimentação de gerente de relacionamento, tendo em vista os fatores de remuneração Básica e Avançada?

Ficam mantidas as regras de remuneração pelo fator competência, conforme disposto na IN 363. Uma vez aplicada, a Competência Avançada será mantida enquanto o funcionário permanecer ininterruptamente no mesmo código de pagamento, independentemente da dependência.

  • D.20 – Passei por um processo de ajuste na estrutura organizacional e já foi encerrado o meu período de recebimento de VCP. Posso me inscrever no TAO Especial e ser priorizado?

Sim. As regras serão mantidas e o funcionário poderá se inscrever e ser priorizado mediante solicitação à Gepes jurisdicionante, conforme procedimentos previstos na IN 369-2. Neste caso, para a inscrição, será considerada a última função exercida pelo funcionário no momento do ajuste da estrutura organizacional, em comparação aos pré-requisitos do Grupo de Funções (GF).

  • D.21 – Quando poderei concorrer no TAO visando à ascensão?

O retorno das oportunidades permanentes do TAO poderá ocorrer de forma gradual, a depender da regularização dos quadros, com ampla divulgação e obedecidos os critérios anteriormente vigentes ao TAO Especial.

  • D.22 – Sou qualificado no Programa Ascensão Profissional para Gestores em Primeira Investidura. Poderei ser priorizado no TAO Especial?

Não. O TAO Especial foi implementado para as movimentações em lateralidade. Tão logo sejam restabelecidas as concorrências no sistema TAO, o que acontecerá gradualmente, o funcionário poderá se inscrever nas oportunidades de sua qualificação.

  • D.23 – Tenho impedimento ODI e não consigo me inscrever no sistema TAO. Eu conseguirei concorrer no TAO Especial, caso necessite mudar de dependência?

O funcionário com impedimento ODI poderá concorrer mediante solicitação à Gepes jurisdicionante, a fim de que possa ser analisada a situação e liberado o impedimento, desde que sejam respeitadas as regras de concorrência do TAO Especial e da sanção do ODI.

  • D.24 – Caso eu não seja realocado no período de reorganização institucional e minha dependência permaneça com excesso na função que exerço, o que acontecerá?

A partir de fevereiro/2017, os comitês das dependências, em conjunto com as unidades subordinantes, poderão iniciar os procedimentos para a concessão de Vantagem de Caráter Pessoal (VCP).

  • D.25 – No caso de dispensa de função, o funcionário terá direito à Vantagem de Caráter Pessoal (VCP)? Por quanto tempo?

Sim. É devida a VCP na dispensa de função por redução na dotação correspondente na dependência – por 120 dias, pelo valor da função efetiva, conforme previsto na IN 365.

  • D.26 – Em caso de redução ou extinção da dotação de caixa e/ou escriturário em minha dependência, os funcionários poderão ser removidos?

Sim. As movimentações ocorrerão por meio do SACR, a partir de 1/12.

  • D.27 – O Banco poderá me remover para outra cidade sem a minha anuência?

Durante esta reorganização institucional, as remoções para outra cidade ocorrerão apenas a pedido do funcionário.

  • D.28 – Sou funcionário de bancos incorporados (BNC, BESC ou BEP). Poderei ser removido?

Sim. As regras de remoção são aplicadas igualmente a todos os funcionários, independentemente de serem de bancos incorporados ou não, bem como de terem aderido ou não ao Regulamento de Pessoal do BB.

  • D.29 – Caso eu seja removido, será iniciada uma nova contagem de tempo?

Não. As remoções de funcionários oriundos de dependências com ajuste de dotação não irão ocasionar nova contagem de tempo.

  • D.30 – Caso eu seja caixa executivo e minha dependência tenha passado por ajustes na estrutura e eu venha a ser removido para outra, terei a garantia de continuar trabalhando como caixa no novo prefixo?

Não necessariamente, pois uma nova investidura como caixa ficará a cargo do gestor da nova dependência, mediante a existência de vagas.

  • D.31 – O Banco poderá me remover dentro da mesma cidade?

As remoções dentro da mesma cidade podem ocorrer de forma compulsória, ficando o processamento da remoção e a comunicação às unidades de origem e de destino, bem como ao funcionário removido, sob responsabilidade da Gepes Regional.

  • D.32 – Remoções para outra cidade implicarão pagamento de vantagens de remoção?

Caso a dependência de origem do funcionário removido tenha excesso de caixa e/ou escriturário, serão pagas as vantagens previstas no Acordo Coletivo vigente. Caso o funcionário removido não esteja em dependência com excesso de caixa e/ou escriturário, não serão concedidas vantagens de remoção.

  • D.33 – Haverá flexibilização da trava de remoção para concorrências no Sistema Automático de Concorrência à Remoção (SACR)?

Sim. Todos aqueles que já tiverem 90 dias de posse no Banco e/ou na atual dependência poderão concorrer em todas as oportunidades do SACR.

  • D.34 – Poderei concorrer para qualquer praça, mesmo que não exista excesso na cidade de destino?

Sim. Quando houver a liberação do SACR, a concorrência poderá ser registrada para qualquer praça, independentemente da existência de excesso na cidade de destino. No entanto, a remoção será efetivada somente para dependências que disponham de vagas de caixa e/ou escriturário.

  • D.35 – Poderei concorrer no SACR para quantos prefixos distintos?

As concorrências foram ampliadas de 10 para 50 prefixos em cada oportunidade.

  • D.36 – Todos terão vantagens de remoção ou somente aqueles que estão em excesso?

Somente os funcionários lotados em dependência com excesso de caixa e/ou escriturário terão vantagens de remoção, caso sejam removidos para outra cidade que não seja limítrofe.

  • D.37 – Qual o valor das vantagens de remoção?

O funcionário removido de dependência com excesso de caixa e/ou escriturário receberá o valor referente a 30 Verbas Hospedagem, o equivalente a R$ 2.460,00. Além disso, serão pagas as despesas de deslocamento e alimentação, bem como a mudança, se necessário.

  • D.38 – Tenho filhos em idade escolar. Caso eu seja removido para outra cidade, terei vantagens adicionais de remoção?

Sim. Caso o funcionário removido tenha filhos em idade escolar, ele receberá mais 30 Verbas Hospedagem, o equivalente a R$ 2.460,00.

  • D.39 – Caso a função que eu exerço esteja em excesso na minha dependência, terei prioridade para concorrência na Remoção Automática?

Sim. O próprio Sistema Automático de Concorrência à Remoção (SACR) prioriza o funcionário que esteja lotado em unidade com excesso de caixas ou escriturários.

  • D.40 – Funcionários lotados em unidades com excessos no quadro poderão ser removidos, dentro da mesma cidade, para outras dependências sem vagas?

Os funcionários poderão ser distribuídos dentro da mesma cidade, buscando a melhor alocação, a critério das áreas gestoras e da Gepes Regional.

  • D.41 – Sou caixa executivo e fui dispensado da gratificação. Eu terei VCP?

Não. A Vantagem de Caráter Pessoal (VCP) é devida somente para Funções de Confiança e Gratificada, não se aplicando ao caixa executivo.

  • D.42 – As remoções excepcionais serão suspensas?

Não. As remoções excepcionais poderão ocorrer, conforme previsto na IN 368.

  • D.43 – As permutas de caixa e escriturário serão suspensas?

Não. As permutas de caixa e escriturários continuam ocorrendo, de acordo com a IN 368-1.

  • D.44 – Estou em férias, licença-saúde ou utilizando abonos. Posso ser removido?

Sim. As ausências citadas não são impeditivas à sua remoção (a pedido ou compulsória). Somente a posse fica condicionada ao retorno do funcionário.

  • D.45 – Caso eu seja removido, qual o prazo para tomar posse na nova dependência?

O funcionário removido deverá tomar posse no destino até 60 dias após o despacho da remoção, salvo entendimento entre os administradores das duas dependências envolvidas, conforme previsto na IN 368-1.

  • D.46 – Estou lotado em unidade com excesso no quadro. Poderei ser removido somente para outra agência ou também para a rede de apoio?

Funcionários lotados em unidades com excessos no quadro poderão ser removidos para qualquer outra dependência que disponha de vaga de caixa e/ou escriturário, independentemente de ser na rede de agências ou na rede de apoio.

  • D.47 – Onde posso consultar as vagas disponíveis para remoção?

A consulta das vagas estará disponível a partir de 1/12, por meio do aplicativo Pessoal 31-52 – Vagas Posto Efetivo por UF – e do Mapa de Vagas, tanto neste hotsite como na Intranet Dipes.

  • D.48 – Onde faço o registro das minhas intenções de concorrência à remoção para o cargo de escriturário?

O registro das intenções de remoção se dá por meio do aplicativo Pessoal 31-51 Cadastro de Remoção e estará disponível a partir de 1/12.

  • D.49 – Estou em férias e gostaria de concorrer no SACR. Como proceder?

O funcionário deve encaminhar e-mail à sua Gepes Regional, informando os prefixos para os quais deseja concorrer e solicitando a inclusão da concorrência no sistema, após o dia 1/12.

  • D.50 – Eu já estava removido, mas com posse pendente. A dependência para a qual eu fui removido teve o quadro reduzido. Nesse caso, a remoção será mantida ou cancelada?

Nesse caso, a manutenção ou o cancelamento serão analisados pontualmente pela Gepes Regional em conjunto com as áreas gestoras das dependências envolvidas, com orientação da Diretoria Gestão de Pessoas.

  • D.51 – Sou delegado sindical. Poderei ser removido?

Não. Conforme consta no ACT 2015/2016, o representante Sindical de Base não poderá ser removido do seu local de trabalho, durante a vigência do mandato, salvo em comum acordo entre ele e o Banco, com anuência do sindicato ao qual esteja vinculado, à exceção dos representantes sindicais lotados na PSO, que poderão ser removidos dentro do prefixo da PSO ao qual estão vinculados, no interesse da Empresa.

Movimentações pelo TAO Especial podem ocorrer a qualquer tempo mediante inscrição do funcionário.

  • D.52 – Sou Representante do Comitê de Ética. Poderei ser removido?

Sim. O representante do Comitê de Ética pode ser removido compulsoriamente na mesma praça, ou a pedido para outra cidade da mesma UF, sem a perda de mandato. Já a remoção a pedido para outra UF implica renúncia ao mandato e, consequentemente, perda das garantias previstas na IN 734-1. Em relação ao TAO Especial, este público segue as mesmas regras dos demais funcionários

  • D.53 – A dotação de caixa e escriturário da minha agência foi reduzida. Existe impacto no número de Aprendizes e Jovens Aprendizes?

Existe, no entanto não haverá desligamento de Aprendizes ou Jovens Aprendizes por motivo de redução de caixas executivos e escriturários. Os aprendizes poderão ser remanejados para outra dependência. O remanejamento estará sob responsabilidade da Gepes jurisdicionante, conforme previsto na IN 704-1.

  • D.54 – Tivemos ajuste de dotação e a Aprendiz ou a Jovem Aprendiz de nossa agência encontra-se gestante. Podemos proceder o seu desligamento de imediato? Ou somente ao final do contrato?

Havendo possibilidade, os aprendizes deverão ser remanejados para outra dependência. As aprendizes gestantes têm direito à estabilidade provisória e, no caso de desligamento, serão indenizadas pecuniariamente até 5 meses após o parto. A presente orientação aplica-se tanto às agências como aos Postos de Atendimento.

  • D.55 – O orientador do nosso Aprendiz e Jovem Aprendiz se aposentou. Quem pode substitui-lo?

A substituição pode ser feita por funcionário lotado no mesmo prefixo do aprendiz, que detenha função de confiança ou gratificada.

Observação: a operacionalização referente às situações que envolvem Aprendizes e Jovens Aprendizes é realizada pela Gepes jurisdicionante.

  • D.56 – Qual é o normativo que trata sobre Aprendiz e Jovem Aprendiz?

A IN 704 Programa Aprendiz Banco do Brasil, que é baseada no Manual de Aprendizagem do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

  • D.57 – A nossa agência é a única da cidade e foi transformada em PA. Podemos manter os Aprendizes e os Jovens Aprendizes?

Sim, o aprendiz deverá ser mantido até o final do contrato.

  • D.58 – A nossa agência teve ajuste de dotação. Dispomos, no entanto, de outras dependências na mesma cidade. Podemos remanejar os Aprendizes e os Jovens Aprendizes? Qual o procedimento?

Sim, é possível remanejar o aprendiz ou o jovem aprendiz. Observar instruções contidas na IN 704-2, item 6.

  • D.59 – Qual é o normativo que regulamenta a questão dos estagiários?

A IN 404-1 Programa de Estágio – Instrução Normativa e a IN 404-2 Programa de Estágio – Procedimentos.

  • D.60 – A nossa agência foi encerrada. Podemos transferir o estagiário para outra cidade?

Sim, o estagiário poderá ser transferido para outra cidade mediante a sua concordância.

Em caso de Posto de Atendimento, o estagiário poderá ser mantido no PA até o encerramento do respectivo contrato.

  • D.61 – A dotação de nossa agência foi reduzida. O número de estagiários também diminuirá?

Não. O número de funcionários da agência não está relacionado à quantidade de estagiários. Neste caso, a agência poderá permanecer com o estagiário normalmente até o final do contrato. Não existe exigência legal que determine o número de estagiários de uma dependência.

  • D.62 – Existe algum óbice para que a dependência dispense o estagiário?

Não. O encerramento do estágio pode ocorrer a qualquer momento, por qualquer um dos envolvidos, não cabendo indenização por nenhuma das partes.

  • D.63 – O estagiário pode ser desligado com saldo de recesso?

Não. A concessão do recesso é obrigatória para todos os estagiários, proporcionalmente ao período estagiado. Existe, no entanto, uma exceção: no caso de desligamento antecipado e o saldo de recesso inferior a 10 dias, o estagiário poderá ser desligado – verificar IN 404-1.8.5.3.

  • D.64 – A nossa dependência teve ajuste de dotação e o estagiário encontra-se usufruindo o recesso. Podemos desligá-lo de imediato ou somente após o término do recesso?

O desligamento deverá ocorrer somente após a utilização de todo o saldo de recesso em andamento.

  • D.65 – O orientador de nosso estagiário se aposentou ou foi transferido para outra dependência. Quem poderá substitui-lo?

Outro funcionário poderá substituir o orientador, desde que possua a mesma formação do curso em andamento ou tenha os conhecimentos técnicos para orientar o estagiário. Solicite ao agente de integração o aditivo ao Termo de Compromisso de Estágio e, após a entrega do documento assinado pelas partes envolvidas, altere o supervisor no sistema ARH 31.21.08.

  • D.66 – Existe uma vaga de estagiário em nossa dependência. Podemos realizar a contratação?

Não. Neste momento, o Programa de Estágio está sendo reformulado e a contratação não está autorizada. Tão logo os trabalhos estejam concluídos, será dada ampla divulgação ao tema.

  • D.67 – O contrato do estagiário de nossa dependência está sendo encerrado. Podemos realizar a renovação?

Não. Neste momento, a renovação não está autorizada, uma vez que o Programa de Estágio passa por reformulação. Tão logo os trabalhos estejam concluídos, será dada ampla divulgação ao tema.

  • D.68 – Caso haja alguma alteração nas condições do estágio (horário, supervisor etc.), é necessário providenciar ajustes no Termo de Compromisso de Estágio (TCE)?

O TCE é um documento legal, portanto, todas as alterações realizadas que impliquem modificação em seu teor necessitam de aditivo. Os casos descritos na IN 404-1 são: curso, horário, supervisor e dependência de estágio.

  • D.69 – Em caso de migração de equipe para outra unidade, envolvendo função público-alvo das mudanças do Plano de Funções, a nomeação será em função de 6h?

No caso de movimentação decorrente de ajuste na estrutura, o funcionário que exerce uma Função de Confiança do público-alvo das mudanças no Plano de Funções e não optar por jornada de 6h, poderá manter a jornada de 8h, mesmo que a vaga seja de 6h. A nomeação será tratada como reestruturação e poderá ocorrer mantendo a jornada de 8h, de acordo com procedimentos específicos a serem definidos no âmbito de cada estrutura.

  • D.70 – Sou assistente de negócios em UN (códigos 4940 e 4942) e ainda não optei pela jornada de 6 horas (códigos 7010 e 7011). Em minha dependência houve redução de dotação de assistente (códigos 7010 e 7011). Em casos de concorrência no TAO Especial para assistente, poderei ser nomeado no mesmo código (4940 e 4942) ou serei nomeado no código de 6h (7010 e 7011)?

Sim, os funcionários que exercem as funções de assistente com código 4940 e 4942 serão nomeados no mesmo código de função. Este procedimento já ocorre desde a implementação do Plano de Funções (2013) e o Sistema TAO já era adaptado para esta movimentação. No TAO Especial a referida sistemática será mantida.

  • D.71 – Sou Assistente de Negócios e ainda não optei pela jornada de 6 horas. Continuo sendo público- alvo para aderir à jornada de 6 horas?

Sim. A opção pela jornada de 6 horas é voluntária e pode ser realizada pelo funcionário a qualquer tempo.

  • D.72 – Quando será atualizada a simulação de valores para opção pela Função Gratificada no Pessoal 31-28?

Os valores serão atualizados nos próximos dias. Favor acompanhar no sistema a partir de amanhã.

  • D.73 – Sou Assistente de Negócios e já optei pela jornada de 6 horas. Os códigos 4940 e 4942 (jornada de 8h) constam no mesmo Grupo de Função. Posso concorrer para esses códigos?

Neste caso, como a comissão de assistente com jornada de 8h (códigos 4940 e 4942) foi extinta quando da implantação do Plano de Funções (2013), somente os funcionários que ainda exercem as referidas comissões extintas podem se movimentar nesses códigos de funções.

  • D.74 – No quadro da minha dependência existem assistentes com jornada de 6 horas (códigos 7010 e 7011) e de 8 horas (códigos 4940 e 4942) que ainda não optaram pela jornada de 6 horas. Houve redução na dotação de assistentes de negócios (códigos 7010 e 7011). Todos os assistentes da dependência estão na mesma situação?

Sim. Os assistentes de cada dependência estão na mesma situação, independente de estarem com jornada de 6h ou 8h. Assim, nos casos em que houve redução da dotação de assistente (códigos 7010 e 7011), tanto os funcionários de 6h ou 8h poderão ser priorizados no TAO Especial e serem realocados até que a quantidade de assistentes esteja regularizada.

Processos e Despesas

  • E.01 – Como a revisão de processos ajuda na reorganização institucional?

A revisão dos processos busca simplificar atividades diárias das dependências, contribuindo para ganhos em produtividade e favorecendo o foco em negócios.

  • E.02 – Quais foram os critérios adotados para a seleção dos processos?

A seleção dos processos foi baseada nas sugestões registradas pelos funcionários nos Fóruns da DIRED e DISAP, nos feedbacks dos estágios dos Diretores na rede de agências, em visitas realizadas às dependências, em atendimentos no SAC, nas bases de volumes de transações realizadas por tipo e canal utilizado e no conteúdo de pesquisa realizada sobre maiores demandas de atendimento.

  • E.03 – Que processos foram revistos e quais os resultados esperados?

Os processos foram revistos com o objetivo de melhorar as atividades que são executadas nas nossas agências e reduzir o fluxo diário de atendimento que não está relacionado à realização de negócios, e portanto pode ser feito pelo próprio cliente utilizando os canais de autoatendimento. A medida permite que o trabalho das nossas agências fique focado na realização de negócios com os clientes.

Os processos que foram priorizados para revisão são:

– Abertura de Conta Corrente;
– Atendimentos de Cartões;
– Atendimentos de Senha;
– ROI;
– Triagem no Pré-Atendimento;
– Atualização Cadastral;
– Revisão de Scripts de Atendimento e Comunicação com Clientes;
– Revisão de Alçadas.

  • E.04 – Qual a revisão feita no processo de abertura de conta corrente?

A Conta Fácil, lançada em novembro para utilização na plataforma e no celular, simplifica bastante o processo de atendimento, permitindo que o cliente seja atendido em cerca de 8 minutos no canal de sua preferência. Nos casos em que o cliente optar pela conta corrente completa, será disponibilizada em março de 2017 funcionalidade para abertura por meio do aplicativo do Banco pelo celular, sem necessidade de deferimento da conta pela agência.

  • E.05 – Qual a revisão feita no processo de cartões?

Em relação ao volume de cartões atualmente direcionado para entrega nas agências, estão sendo modificadas as regras de envio, para que os plásticos sejam encaminhados preferencialmente para o endereço de residência do cliente. Além disso, estão em fase de criação alternativas de autoatendimento pelo cliente (internet, TAA e mobile) para os casos de solicitações de cartão (2ª via, adicional), alterações de limites, dia do débito da fatura e débito em conta.

  • E.06 – Em relação a senhas, qual a revisão realizada?

Os procedimentos de alteração de senhas e cancelamento do código de acesso também foram revistos. Até o final de dezembro, os clientes poderão realizar o cancelamento do código de acesso pela internet, não sendo mais obrigatória a solicitação exclusiva nas agências. Também será possível alterar a senha de 6 e de 8 dígitos utilizando o site do BB na internet ou os terminais de auto atendimento. Nos casos em que o cliente solicitar as alterações de senha nas agências, foi modificada a alçada para que o duplo check possa ser realizado por outro escriturário. Os procedimentos de prova de vida do INSS também estão sendo aprimorados, para que seja realizada nos terminais de auto atendimento, com uso da biometria, inclusive para beneficiários que não são correntistas.

  • E.07 – O processo ROI também foi priorizado. Qual a revisão pretendida?

A abertura de contestação de débitos pelo sistema ROI está sendo revista, para que os pedidos de contestação possam ser abertos pelo celular, internet ou CABB. Com a revisão deste processo, previsto para ser implementado até o final do próximo semestre, será possível tratar o recebimento, acompanhamento e encerramento da contestação e das operações envolvidas na fraude externa.

  • E.08 – O processo de triagem no pré-atendimento também passou revisão. Qual o objetivo?

É fundamental a triagem adequada dos clientes no pré-atendimento, em especial para apresentação dos canais alternativos e indução dos clientes para esses canais. Há ainda ações em andamento para simplificar o processo de triagem, previstas para dezembro deste ano. Um exemplo é a emissão de senha de atendimento via mobile.

  • E.09 – Qual a revisão no processo de atualização cadastral?

O Cadastro-E permite que a atualização cadastral seja efetuada pelo próprio cliente, via canais digitais, sem a necessidade de deferimentos ou confirmações por parte da agência, nos casos de atualizações de endereço, dados profissionais e bens/patrimônio. O cadastramento de instrumentos e mandatos passará a ser efetuado pelo CENOP, com base na digitalização dos documentos feita na agência.

  • E.10 – A comunicação com clientes também passa por revisão?

As mensagens enviadas pelo celular e internet que encaminham os clientes para as agências foram revistas. Desde o início de novembro, foram alteradas mais de 200 mil mensagens que encaminham clientes às agências para solução de problemas nas agências que podem ser solucionados em canais de autoatendimento. Também foram revistos os scripts da CABB e SAC, canais nos quais é oferecida prioritariamente a opção de solução do problema através dos canais de auto atendimento.

  • E.11 – Qual o objetivo da revisão de alçadas e quais as ações previstas?

As alçadas estão sendo revistas com objetivo de permitir maior autonomia à Rede ou de possibilitar o uso, pelo cliente, de canais alternativos. Dentre as ações, destacam-se: redução da alçada para despacho do BB Resolve, possibilidade de redução da alçada para CDC e de clientes cadastrarem débito automático sem a utilização de código de barras. As alterações estão em piloto até o final de dezembro.

  • E.12 – Quais despesas foram revistas no BB?

Foram analisados os gastos nos principais pacotes de despesas administrativas e desenvolvidos planos de ação para potencializar oportunidades, eliminar desperdícios e reduzir gastos desnecessários. As despesas foram agrupadas nos seguintes pacotes:

– deslocamentos;
– serviço de terceiros;
– locação e condomínio;
– transporte de valores;
– energia, gás e água;
– segurança;
– telecomunicações;
– treinamentos;
– manutenção de imóveis.

  • E.13 – Quais são os resultados previstos e alcançados com a gestão dessas despesas?

A meta é reduzir em R$ 300 milhões/ano.

Via http://www.bancariosbarbacena.org.br

Ceará sedia Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa

af5f074cf5219d6cf1d1f0871fbb7809_l

Com entrada gratuita, o festival contará com exibição de filmes de longa e curta metragens de vários cineastas dos países lusófonos, além da realização de debates após as mostras para discutir aspectos da produção cinematográfica e o potencial de mercado dos países de língua portuguesa.

Em Redenção, o evento acontecerá na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira/UNILAB, no dia 29 de novembro, a partir das 17h. Já nos dias 1º e 2 de dezembro, o festival segue em Fortaleza, onde terá como palco principal o Cineteatro São Luiz, mas também contará com atividades no Centro Cultural do Banco do Nordeste (CCBNB) e na Vila das Artes. Na noite de lançamento, no dia 1º, o festival presta homenagem ao ator Jesuíta Barbosa, protagonista do filme Jonas, no Cineteatro São Luiz. Programação abaixo.

Nesta edição de lançamento, o FESTin-Ceará objetiva promover a exibição de filmes de curta e longa-metragem em caráter não competitivo, fomentando a interculturalidade e o intercâmbio cultural entre os países de língua portuguesa. Com duração de três dias, o festival se transformará no principal palco de exibição de filmes oriundos dos países da CPLP (Comunidade os Países de Língua Portuguesa), que recentemente passou a integrar nove nações: Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

O Festival se mostra como importante ferramenta de difusão do cinema dos países de língua portuguesa, apresentando as produções locais de filmes de diferentes formatos. Com mostras e atividades voltadas a um vasto público, desde o infantil aos amantes do cinema experimental, o FESTin amplia a cooperação entre os territórios e o intercâmbio entre os artistas, diretores e realizadores de cinema.

Sobre o FESTin

Depois de celebrar Moçambique (2010), Portugal (2011), Angola (2013), Cabo Verde (2014) e Timor Leste (2015), na sua 7ª edição o FESTin homenageou todos os membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Realizada em maio deste ano, em Lisboa, o festival contou com uma programação de setenta e quatro filmes entre mostras competitivas, infantis, homenagens e de inclusão social, com exibição de filmes de 8 países. Uma das novidades desta edição foi a atribuição do Prémio da Crítica de Melhor Filme para longa-metragem de ficção por um Júri de Imprensa, constituído especificamente por jornalistas. Entre os eventos paralelos, o FESTin apresentou a mesa-redonda e Oficina “Cinema, Educação e Comunicação Comunitária”, além da mesa-redonda “O Cinema como Forma de Fomentar o Turismo”.

O FESTin-CE é uma realização da Quitanda das Artes e da Padrão Actual – Comunicação Social. Co-realização Cinema São Jorge e Cineteatro São Luiz. Apoio Cultural Banco do Nordeste. Apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – SECULT eComunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Parceria: TVC, Unilab e Vila das Artes.

Serviço

FESTin-Ceará – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa acontece dia 29 de novembro, em Redenção, e 1 e 2 de dezembro, em Fortaleza. Gratuito.

Onde: Redenção: UNILAB/ Fortaleza: Cineteatro São Luiz, CCBNB e Vila das Artes
Horário: 9h às 21h
Informações: (85) 98896-2778 – Clébio Viriato – Diretor Executivo

Programação

Fonte: Assessoria da Secult

Artistas reclamam de atraso no pagamento de Edital da Prefeitura de Fortaleza

midia-indoor-wap-tv-carteira-vazia-salario-pagamento-inadimplencia-inadimplente-dinheiro-juros-debito-devedor-dever-devendo-credito-trabalho-emprego-desemprego-desempregado-1297179570762_615x300
Artistas de Fortaleza reclamam da imprevisibilidade do pagamento do Edital das Artes 2016, da Prefeitura de Fortaleza. Mesmo após trâmites burocráticos, eles temem que a verba não seja paga neste ano. O edital acumula o valor de R$ 3,8 milhões e contemplou 194 projetos nas linguagens de dança, humor, teatro, artes visuais, fotografia, audiovisual, circo, cultura popular e artesanato.
Nelson Albuquerque, integrante do grupo Pavilhão da Magnólia, é um dos contemplados e afirma que todos os processos foram lentos. “O lançamento do edital demorou bastante. Fizemos a ocupação em outubro de 2015 e o certame só foi lançado em junho de 2016. Com as eleições, demorou o processo de inscrição, abertura de conta, assinatura de convênios e agora está todo mundo aguardando para ser pago”, conta.
Ele explica que o atraso se dá devido a execução dos projetos. “Só tem como executar com a verba, e já estamos no final do ano. Ainda assim a gente teme que fique para o ano que vem, o que pode gerar um trâmite burocrático muito mais complexo”, explica.
A artista visual Maíra Ortis, 36, também contemplada no certame, afirma que já assinou convênios e realizou abertura de conta. Ela explica que a previsão dada em princípio foi de pagamento no dia 9 de dezembro. No entanto, relata que em ligações foi informada de que não haveria liberação de verba neste ano.
“Este é um edital que só foi lançado porque os artistas fizeram a maior pressão e chegaram ao cúmulo de ter que ocupar a  Secretaria (da Cultura). Isso é uma vergonha, o edital é um direito, eu não estou pedindo um favor, é obrigação da administração pública financiar e manter a cultura”, reclama a artista. De acordo com ela, a categoria realizará um fórum de discussão no dia 5 de dezembro.
Secultfor
Por meio de nota, a Secultfor informou que o resultado final do Edital das Artes 2016 foi divulgado no último dia 27. A partir de então, os 194 projetos selecionados assinaram os termos de convênio com a Secretaria da Cultura. Os termos foram publicados nas edições dos dias 21 e 22 de novembro do Diário Oficial do Município.
“Desde o dia 25 deste mês, todos os processos encontram-se na Secretaria de Finanças para validação dos empenhos. A finalização do processo e o cronograma de pagamentos fica a cargo da Secretaria de Finanças”, informaram. Nenhuma data para previsão de pagamento foi estimada pela pasta.
O POVO Online entrou em contato com a Secretaria das Finanças do Município, mas até o momento não recebeu nenhum retorno.
Redação O POVO Online 

Clubes cearenses decretam luto oficial pela tragédia com Chapecoense

Os times cearenses Ceará, Ferroviário, Fortaleza, Horizonte e Icasa decretaram luto oficial de três dias diante da tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense, na madrugada desta terça-feira (29), em La Ceja, na Colômbia.

Assim como diversos clubes pelo mundo, o Fortaleza ressaltou por meio de nota que todos estão sofrendo com o que aconteceu.

“O Fortaleza Esporte Clube vem por meio desta em nome de sua Diretoria, funcionários e torcida demonstrar nosso mais profundo pesar aos atletas, dirigentes, profissionais da Associação Chapecoense de Futebol e da imprensa. Que todos os membros da delegação encontrem paz ao lado do pai celestial. Neste momento de tanta dor, a Nação Tricolor se solidariza com as famílias das vítimas”, declarou o clube.

Além da declaração, o clube anunciou que devido a tragédia a apresentação do novo técnico do clube deve ser adiada. “Em luto, o Fortaleza informa que a apresentação do novo executivo César Sampaio e os debates entre os candidatos da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo foram adiados ainda sem novas datas”, concluiu.

Por meio da sua assessoria de imprensa, o Ceará Sporting Club também confirmou o luto. “O Ceará Sporting Club lamenta profundamente a tragédia com o avião envolvendo a delegação da Associação Chapecoense de Futebol e demais membros da crônica esportiva que os acompanhava. Nossa solidariedade aos familiares e amigos”, ressaltou.

Além de Ceará e Fortaleza, outros times cearenses também se manifestaram sobre a tragédia envolvendo o clube de Santa Catarina. Por meio das redes sociais, Ferroviário, Horizonte e Icasa declararam luto e desejaram força aos amigos e familiares.

Gilmar dal Pozzo

Nesta segunda-feira (28), o Ceará anunciou que o novo técnico para a temporada 2017 do clube será o treinador Gilmar Dal Pozzo. O técnico foi o comandante da Chapecoense no dia 11 de setembro de 2012 substituindo Itamar Schülle. Conseguiu levar a equipe ao vice-campeonato Brasileiro de 2013 Série B.

O Acidente

Pelo menos 75 pessoas morreram e seis foram resgatadas com vida após o acidente de avião em um voo fretado que transportava a equipe da Chapecoense, na madrugada desta terça-feira (29). A aeronave, da companhia boliviana LaMia, tinha 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros entre membros da equipe e jornalistas, e nove membros da tripulação.

A aeronave deveria ter pousado em Medellín às 21h33 (0h33 pelo horário de Brasília), mas perdeu contato com a torre de controle quando sobrevoava o município de La Ceja. O avião, que havia feito escala no aeroporto de Viru Viru, em Santa Cruz (Bolívia), relatou “falhas elétricas”.

De acordo com a lista de passageiros divulgada pela companhia aérea boliviana Lamia, pelo menos quatro jogadores e um ex-técnico de futebol já tiveram passagem pelos principais times do CearáLucas Gomes (atacante: jogou no Icasa em 2014), William Thiego (zagueiro: atuou no Ceará em 2012), Josimar Tavares (volante: jogou no Fortaleza em 2008) e Everton Kempes (atacante: atuou no Ceará em 2010) estavam no avião no momento do acidente.

(Tribuna do Ceará)

Ex-jogador Mario Sergio e jornalistas da Fox, Rede Globo e RBS morrem no acidente na Colômbia

noticia_701374_img1_mariosergio
Mario Sergio: ele ajudou no título de 2001 e no vice de 2004 (foto: Franklin de Freitas)

Entidades representativas da imprensa nacional e catarinense lamentaram a morte dos jornalistas que estavam no voo que levava a delegação da Chapecoense até Medellín para a final da Copa Sul-Americana. O avião sofreu acidente quando se aproximava da cidade colombiana, matando ao menos 70 pessoas.

Dos 22 jornalistas presentes no voo, rumo à cobertura da partida, apenas um sobreviveu: Rafael Henzel Valmorbida, narrador da Rádio Oeste Capital, de Chapecó. A lista de mortos tem representantes da TV Globo, RBS, Fox Sports e rádios locais de Santa Catarina. Um deles é Mário Sérgio, ex-jogador e ex-treinador, que era comentarista da Fox.

“Profundamente consternadas, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revista (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) lamentam a tragédia que vitimou 20 profissionais de comunicação, jornalistas e técnicos que acompanhavam a delegação da Chapecoense no avião que caiu na Colômbia na madrugada desta terça”, afirmaram as entidades.

“Manifestamos pesar e ampla solidariedade aos familiares dos profissionais vitimados no cumprimento de suas atividade, bem como aos demais passageiros e tripulantes do voo. Neste momento de luto, as associações se unem também à dor de todos os brasileiros”, declaram.

A Associação Catarinense de Imprensa (ACI) destacou a importância dos jornalistas na ascensão da Chapecoense no futebol brasileiros nos últimos dois anos. “O clube de Chapecó notabilizou-se no Brasil pela determinação com que galgou posições no cenário esportivo nacional, chegando, com muito mérito, à elite do futebol brasileiro. Essa jornada foi construída pela dedicação de dirigentes, jogadores, apoiadores e patrocinadores.”

“Parcela essencial desse retumbante sucesso deve-se aos profissionais de imprensa que, com fidelidade jornalística, registraram para o mundo e para a História a edificante trajetória da Associação Chapecoense de Futebol.”

A Fox Sports, que transmitia a Sul-Americana, levava seis profissionais ao todo para a cobertura do primeiro jogo da final. Além de Mário Sérgio, tinha Victorino Chermont, Rodrigo Santana Gonçalves, Davair Paschoalon (Deva Pascovicci) e Lilacio Pereira Júnior, Paulo Clement.

Da Globo, estavam no voo Guilherme Marques, Ari de Araújo Junior e Guilherme Lars, além de Laion Machado Espíndola, do GloboEsporte.com. Do Grupo RBS, de Santa Catarina, os jornalistas Djalma Araújo Neto e André Luis Goulart Podiacki.

Além disso, havia oito radialistas: Renan Carlos Agnolin, Fernando Schardong, Edson Luiz Ebelliny, Gelson Galliotto, Douglas Dorneles, Jacir Biavitti e Ivan Carlos Agnoletto, além de Rafael Henzel, que sobreviveu ao acidente.

(Estadão Conteúdo)

CBF defende que título seja dividido e que Chape dispute a Libertadores em 2017

vila-chape

A CBF sugeriu para a Conmebol que o título da Copa Sul-Americana seja dividido entre Atlético Nacional de Medellín e Chapecoense. Desta forma, o clube catarinense teria uma vaga na Copa Libertadores de 2017. A Conmebol vê a ideia com simpatia, mas não pretende tomar decisão sobre isso tão cedo.

Funcionários da Conmebol reunidos em Montevidéu disseram ao GloboEsporte.com que não receberam nenhum pedido do Atlético Nacional de Medellín sobre o assunto.
A CBF vai se reunir nesta tarde para definir o que fazer com o jogo entre Chapecoense e Atlético-MG.
Via Globo Esporte

Atlético Nacional da Colômbia solicita título da Copa Sul-Americana ao time da Chapecoense-SC

cyba19cxeaeqw8

A diretoria do Atlético Nacional de Medellin, rival da Chapecoense na final da Copa Sul-Americana, teria sugerido à Conmebol que declarasse a equipe catarinense campeã da competição continental. A informação é da rádio Primero de Marzo, do Paraguai.

A primeira partida seria disputada nesta quarta-feira (30), no Estádio Atanasio Girardot. Em nota, a Conmebol anunciou, depois do acidente aéreo, o cancelamento da decisão da competição. A entidade, no entanto, ainda não se manifestou oficialmente sobre a entrega do título à Chapecoense.

O avião em que embarcou a delegação do time catarinense, jornalistas e convidados caiu na região de Antioquia, na Colômbia, nesta madrugada. A aeronave estava a caminho do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín, onde a equipe enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana deste ano.

(Estadão Conteúdo)

Mundo do futebol envia pêsames ao Chapecoense após queda de avião

acidente
Avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (Foto: Luis Benavides/AP)

O mundo do futebol ficou de luto nesta terça-feira (30), quando times, jogadores e torcedores de todo o planeta enviaram homenagens e expressaram apoio ao time brasileiro Chapecoense após acidente aéreo na Colômbia que matou 75 pessoas, entre elas vários jogadores.

O pequeno clube da cidade de Chapecó, em Santa Catarina, estava prestes a disputar o maior jogo de sua história, a partida de ida da final da Copa Sul-Americana, na quarta-feira, quando seu avião caiu em uma área rural montanhosa nos arredores da cidade colombiana de Medellín.

Uma das primeiras mensagens veio dos rivais da decisão, o Atletico Nacional de Medellín.

“O Nacional lamenta profundamente e expressa sua solidariedade com o @ChapecoenseReal no acidente e aguarda informações das autoridades”, tuitou o time da casa logo depois de o desastre ser noticiado.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse no Twitter: “Neste momento difícil, nossos pensamentos estão com as vítimas, suas famílias e seus amigos”.

Rivais dos dois times tuitaram seu apoio. Flamengo e Santos, no Brasil, e Club Junior e Millionarios, na Colômbia, foram alguns dos que enviaram seus pêsames, muitos deles acompanhados pela hashtag #ForçaChape.

O acidente comoveu clubes de outras regiões. O inglês Arsenal disse: “Pensando em vocês, @ChapecoenseReal” e o Barcelona tuitou: “Todo nosso apoio e solidariedade estão com as vítimas e as famílias afetadas pela tragédia do @ChapecoenseReal na Colômbia”.

O capitão da seleção da Inglaterra, Wayne Rooney, escreveu em seu tuíte: “Notícia triste ao acordar hoje. Os pensamentos estão com o @ChapecoenseReal e suas famílias e seus amigos”.

Os jogadores do Real Madrid fizeram um minuto de silêncio antes de treinar na manhã desta terça-feira, e futebolistas de todo o mundo compartilharam suas condolências.

Neymar simplesmente tuitou o escudo do time catarinense, e o goleiro do Porto, Iker Casillas, disse “boa sorte e sejam fortes!”.

O São Paulo cancelou os planos de apresentar Rogério Ceni como seu novo técnico nesta terça-feira, e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) suspendeu a partida de volta da final da Copa do Brasil entre o Grêmio e o Atlético Mineiro na noite de quarta-feira.

(Globo Esporte)

Avião da Chapecoense cai, e autoridades informam: 75 mortos e 6 sobreviventes

Por GloboEspoprte.com – Medellín, Colômbia
aviao
Avião da Chapecoense destruído (Foto: Policia Antioquia)

Uma tragédia no futebol mundial e especialmente brasileiro. O avião que transportava a delegação da Chapecoense para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional fez um pouso forçado na madrugada desta terça-feira na região de Antióquia, em gravíssimo acidente na Colômbia. Segundo informações do chefe da Polícia de Antioquia, José Acevedo, 75 pessoas morreram. O goleiro Follmann, o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel Valmorbida estão entre os sobreviventes confirmados, assim como a aeromoça Ximena Suárez e Erwin Tumiri, membro da tripulação. Horas depois surgiu a informação – confirmada – de que o zagueiro Neto foi resgatado com vida. O goleiro Danilo, resgatado com vida, foi a óbito pouco depois. Então, no momento, são 75 mortos e seis sobreviventes.

Info QUEDA AVIAO Chapecoense D (Foto: infoesporte)

De acordo com a rede de “TV Caracol”, a aeronave sobrevoava as cidades colombianas de La Ceja e Abejorral quando perdeu contato com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova.

A delegação da Chape saiu de Guarulhos para Bolívia em voo comercial com 72 passageiros e nove tripulantes. Após escala técnica, deixou Santa Cruz de La Sierra em direção a Medellín. Quando sobrevoava a região de Antióquia perdeu contato com o aeroporto, que confirmou o acidente. A causa do acidente teria sido uma pane elétrica. Ainda de acordo com a imprensa local, o piloto teria liberado combustível para evitar explosão após o pouso forçado.

Alan Ruschel Chapecoense (Foto: Efe)Lateral Alan Ruschel é resgatado com vida e levado para hospital colombiano  (Foto: Efe)

A Chapecoense viajaria diretamente para Medellín em um voo fretado, o que foi desautorizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Assim sendo, a delegação do time catarinense foi forçada a mudar seus planos e embarcar primeiro para São Paulo. De lá, pegou o voo para a cidade colombiana.

O local da queda do avião é de difícil acesso. Além disso, o mau tempo na região metropolitana de Medellín, além da baixa temperatura – 5º C durante a madrugada, atrapalhou ainda mais o resgate. Dois helicópteros da força aérea do país sobrevoam a área para auxiliar no trabalho das equipes de resgate.

De acordo com informações fornecidas pelo aeroporto José Maria Córdova, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 21h33 locais (0h33 de Brasília) e caiu às 22h15 (01h15 de Brasília).

“O Comitê Operativo de Emergência do aeroporto José Maria Córdova informa que às 10 horas da noite uma aeronave com matrícula CP2933 proveniente de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, da empresa Lamia Corporation, com matrícula boliviana se declarou em emergência entre o município de Ceja e La Union, a aeronave se declarou com falhas elétricas, segundo foi informado a Torre de Controle da Aeronáutica”.

Devido ao difícil acesso e às condições climáticas de baixa visibilidade, está sendo difícil o trabalho de resgate dos feridos. Autoridades locais pedem aos moradores da região que possuam camionetes 4×4 que auxiliem na busca das vítimas. Residentes dos arredores dizem não ter ouvido estrondos de queda.

Resgate Chapecoense (Foto: Teleantioquia)Resgate dos sobreviventes da queda do avião em Medellín (Foto: Teleantioquia)

Em nota oficial, a Conmebol suspendeu todas as atividades envolvendo a Confederação, inclusive a partida, duelo de ida pela final da Sul-Americana, que estava marcada para quarta-feira às 21h45 (de Brasília) em Medellín.

“A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que há sido notificada por autoridades colombianas que o avião em que viajava a delegação do Atlético Chapecoense do Brasil sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e à espera de informações oficiais. A família Conmebol lamenta enormemente o ocorrido. Todas as atividades da Confederação ficam suspensas até novo aviso.”

Confira a lista dos jogadores que viajaram para a Colômbia

Jogadores
Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Comissão técnica
Treinador – Caio Júnior
Auxiliar técnico – Duca
Preparador Físico – Anderson Paixão
Preparador de Goleiros – Boião
Fisiologista – Cezinha
Médico – Dr. Marcio
Fisioterapeuta – Rafael Gobbato
Analista de Desempenho – Pipe Grohs

Via http://globoesporte.globo.com

Réveillon de Fortaleza terá Cláudia Leitte, O Rappa e Jorge & Mateus ; confira lista de atrações

image

A Prefeitura de Fortaleza divulgou na tarde desta segunda-feira (28) as atrações da festa do réveillon 2017 da capital, no Aterro da Praia de Iracema. Jorge & Mateus, Cláudia Leitte, O Rappa, Simone e Simaria, Luís Marcelo e Gabriel, Beto Barbosa, Ítalo e Reno, Waldonys, Solteirões do Forró, Forró Real, bandas Patrulha e Acaiaca as principais atrações.

“Fortaleza hoje tem a segunda maior festa do Brasil, ficando atrás só do Rio de Janeiro. São artistas importantes, conhecidos nacionalmente. São atrações que podem trazer cada vez mais turistas, dando destaque especial para os artistas da terra, tanto que 2/3 dos artistas são locais”, disse o secretário do Turismo, Érick Vasconcelos. A estimativa é de ocupação de 100% dos hotéis no período, segundo o secretário.

Um milhão de pessoas são esperadas para a festa no Aterro, segundo informações divulgadas pela Prefeitura de Fortaleza antes da coletiva desta tarde.

Confira lista

Claudia Leitte
Jorge e Matheus
O Rappa
Simone e Simaria – Coleguinhas
Luis Marcelo e Gabriel
Beto Barbosa
Italo e Renno
Waldonys
Paulo José e banda
Solteirões do Forró
Forró Real
Banda Patrulha
Banda Kaiada

Redação O POVO Online

Juventude em Ação: Viçosa do Ceará festeja sucesso do programa da SPD

juventude_em_ac3a7c3a3o
Iniciativa preventiva contemplou estudantes do ensino médio no município serrano

A terça-feira, 29 deste mês, promete ser um dia festivo e inesquecível para 850 estudantes do ensino médio do município de Viçosa do Ceará, localizado na macrorregião Serra da Ibiapaba. Os jovens serão os protagonistas da programação de encerramento do programa de prevenção às drogas Juventude em Ação (JA), uma iniciativa da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD). O roteiro incluirá apresentações artístico-culturais, mostra de trabalhos variados sobre prevenção às drogas, sorteio de prêmios e a entrega de troféus às equipes de alunos vencedoras da gincana cultural do JA.

As atividades acontecerão na Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Deputado José Maria Melo, pela manhã; e na Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Doutor Júlio de Carvalho, no período da tarde. A coordenação dos eventos ficará à cargo da equipe do Sistema Integrado de Prevenção (SIP) / JA da SPD, que tem à frente a psicóloga Miriam Barreto.

O programa Juventude em Ação é desenvolvido em escolas públicas da rede estadual. O público-alvo são estudantes do ensino médio. Na primeira fase, foram beneficiados 11.592 estudantes distribuídos em 19 escolas de sete municípios cearenses. A segunda fase segue até o final de 2016, alcançando 16 municípios e favorecendo cerca de 16 mil alunos de 23 escolas.

O Juventude em Ação envolve um conjunto de atividades educativas. Inicia com a aplicação do jogo retrô ‘Na trilha da Prevenção’ e culmina com a realização de gincana cultural entre os estudantes das escolas de ensino médio selecionadas em cada município. A implementação do programa envolve, ainda, oficinas de capacitação e rodas de terapia comunitária que proporcionam a expansão dos benefícios para além das escolas, alcançando as comunidades circunvizinhas.

Com a efetivação do JA nas escolas, a SPD objetiva a diminuição da iniciação e do uso contínuo de drogas lícitas e ilícitas entre os estudantes, bem como contribuir para a conscientização sobre direitos e deveres na vida cotidiana na direção de ações proativas e cidadãs. O JA proporciona, ainda, o fortalecimento das competências, potencialidades e habilidades para a vida por parte dos jovens e a cooperação entre famílias, lideranças comunitárias e escolas na ampliação de vínculos saudáveis e de relações de entre-ajuda.

A secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Mirian Sobreira, enfatiza que a aceitação positiva do Juventude em Ação por parte dos jovens deve-se à linguagem direta, descontraída e acessível do programa, permitindo que os conhecimentos sobre drogas sejam elaborados de forma reflexiva, crítica e solidária, entrelaçados com a vida cotidiana. Os jovens deixam de ser meros ouvintes e se tornam protagonmistas no aprendizado e na difusão de conhecimentos sobre prevenção ás drogas na busca de uma vida saudável.

Fernando Brito – Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br Este endere%C3%A7o de e-mail est%C3%A1 protegido contra spambots. Voc%C3%AA deve habilitar o JavaScript para visualiz%C3%A1-lo. “>

Heineken abre inscrições para estágio em Fortaleza e mais 12 cidades

estagio-11

A Heineken Brasil vai contratar 37 novos estagiários em 12 cidades, incluindo em Fortaleza. As inscrições estão abertas, até o dia 9 de janeiro de 2017, para estudantes que irão se graduar entre julho de 2018 a março de 2019, nos cursos de administração, economia, engenharias, ciências contábeis, direito, química, farmácia e biologia.

As vagas são para as áreas de finanças, jurídico, recursos humanos, supply chain e vendas para as seguintes cidades: Araraquara (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Gravataí (RS), Jacareí (SP), Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Os interessados devem se cadastrar pelo site. Após a inscrição, os candidatos serão encaminhados para as etapas online que consistem em testes de fit cultural, lógica e inglês. Os aprovados são chamados para dinâmicas e entrevistas.

O processo seletivo acontecerá entre os meses de novembro e fevereiro e os aprovados deverão iniciar sua jornada na empresa em março.

Os estagiários passarão por integração e treinamentos para colaborar com o trabalho das diferentes marcas e áreas da companhia, adquirindo diversas experiências. Além disso, irão elaborar um projeto ao longo do estágio, com o objetivo de colocar em prática o conhecimento adquirido na graduação.

(Simões Filho Online)

Hospitais do Ceará e de mais dez estados já podem emitir certidão de óbito

3656c4c097339a465f91295901bd2eef

Seguindo proposta elaborada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), hospitais do Ceará e de mais dez unidades da federação já podem emitir certidão de óbito. A medida torna mais fácil a obtenção do documento que, até então, só era emitido por cartórios.

De acordo com as novas regras, o registro pode ser feito por postos cartoriais instalados tanto em hospitais públicos como privados. A expectativa é que a medida, além de desburocratizar o processo para a obtenção do documento, contribua para o combate a fraudes que são feitas a partir do uso do nome de pessoas que já morreram.

O serviço já está disponível em unidades de saúde do Rio de Janeiro, Goiás, Acre, Pará, Bahia, Ceará, Ceará, Roraima, Minas Gerais, Santa Catarina e Distrito Federal.

Segundo o CNJ, o registro de óbito deve ser feito de imediato, antes do sepultamento. A emissão do documento é gratuita.

Agência Brasil

Fortaleza: Centro de Línguas do Imparh oferta mil vagas para novos alunos

imparh
(FOTO: Divulgação)

A Prefeitura de Fortaleza realiza seleção pública de novos alunos para o semestre 2017.1 do Centro de Línguas do Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh).

No total, são ofertadas 1.005 novas vagas divididas em sete idiomas: Português, Inglês, Espanhol, Italiano, Francês, Japonês e Alemão.

As inscrições poderão ser feitas exclusivamente pela internet, a partir das 10h de 30 de novembro de 2016 até as 23h59 do dia 3 de janeiro de 2017, noCanal de Concursos e Seleções da Prefeitura.

Os interessados em participar da seleção devem ter concluído ou estar cursando, no mínimo, o 9º ano do Ensino Fundamental e ter idade mínima de 14 anos. O certame reserva 50% das vagas para estudantes regularmente matriculados em escolas públicas.

“Com 43 anos de atuação, o Centro de Línguas do Imparh é sinônimo de tradição de ensino na nossa cidade. Atualmente, contamos com cerca de 3 mil alunos matriculados em um dos sete idiomas ofertados. Estudar no Centro de Línguas é uma excelente oportunidade para aqueles que querem se qualificar para o mercado de trabalho ou conhecer uma nova língua. Oferecemos turmas nos três turnos, de segunda a sábado”, destaca o presidente do Imparh, André Ramos.

Inscrição

Para se inscrever na seleção de novos alunos, os candidatos devem preencher formulário eletrônico e pagar a taxa de inscrição de R$ 70. O boleto de pagamento, ainda que gerado no último dia de inscrição, deverá ser pago obrigatoriamente até a data do vencimento, observado o horário da cidade de Fortaleza. Na inscrição, o candidato terá de indicar seus próprios RG e CPF.

Os candidatos que querem concorrer nas vagas voltadas para estudantes de escolas públicas devem apresentar declaração que comprove sua matrícula regular na rede pública de ensino, junto a uma cópia do documento de identidade e o comprovante de inscrição, na Diretoria de Concursos e Seleções (Dices) do Imparh. O período para entrega da documentação será de 26 de dezembro de 2016 a 06 de janeiro de 2017, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

(Rosana Romão, Tribuna do Ceará)

Ceará sedia a 13ª Oficina para Inclusão Digital e Participação Social

oficina-para-inclusc3a3o-digital-e-participac3a7c3a3o-social

O futuro da política de inclusão digital; formação dos educadores sociais; cidades digitais; recondicionamento e reciclagem de eletrônicos. Esses são alguns dos temas que serão debatidos na A 13ª Oficina para Inclusão Digital e Participação Social (OID e PS), que começa hoje e prossegue até a próxima quarta-feira, 30, no Sesc Iparana, em Caucaia.

Trata-se de um fórum permanente de debates que tem o objetivo de discutir e oferecer políticas públicas que promovem o acesso às tecnologias digitais no Brasil. A programação da OID e OS conta com mesas plenárias, palestras, oficinas, debates, exposições, telecentro e outras atividades que possibilitam intercâmbio entre pessoas. A expectativa é que a OID conte com a participação de mais de 500 pessoas de todo o País.

O secretário Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), Josbertini Clementino, destaca a importância do evento. Segundo ele, o Ceará é o único Estado que tem uma política pública de inclusão social, com o Cinturão Digital, e isso facilita a interiorização. Observa ainda que no início deste ano foi instalado em Maracanaú, um Centro de Recondicionamento de Computadores (CRC), numa parceria do Ministério da Ciência e Tecnologia com o Instituto para o Desenvolvimento Tecnológico e Social (Idear), que inclusive é um dos premiados da 13ª edição da Oficina para Inclusão Digital.

Clementino acredita que o evento, que vai contar com a participação de especialistas, autoridades e entidades da sociedade civil que atuam nessa área, deve fomentar outras parcerias, entendimentos e disseminação de conhecimento. Com inscrições gratuitas e direito a certificado de participação, o evento é aberto a todos os interessados que buscam maiores informações ou que desejam aprimorar seus conhecimentos práticos na área.

Além das mesas plenária haverá celebração dos dez anos dos Centros de Recondicionamentos de Computadores (CRCs). Os CRCs, bem como os Programas de Telecentros e a Rede Nacional de Apoio à Inclusão Digital, estão dentre as principais políticas do governo federal ligadas às proposições da OID. Nessa edição da OID, os CRCs premiados serão o Centro Marista de Inclusão Digital (Cmid) – de Porto Alegre –, que é o primeiro CRC criado, e o Idear, de Fortaleza, que é o mais novo CRC.

A cada oficina realizada, é produzido um documento final (síntese de debates) que tem o propósito de dialogar amplamente com a sociedade e com as diferentes esferas de governo. Ao retornar para os estados, é compromisso de cada participante, no ato da inscrição, realizar uma ação para multiplicar os conhecimentos adquiridos.

A OID e PS é um evento que acontece desde 2001 e que completa 13 anos com a edição 2016, no Ceará. A primeira edição da Oficina para Inclusão Digital e Participação Social aconteceu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF), em maio de 2001. Inicialmente organizada pelo Governo Federal, a OID e PS hoje conta com a coordenação de movimentos sociais, que buscam reunir tanto a sociedade civil quanto empresas públicas e privadas, gestores públicos e pessoas engajadas com ações de inclusão digital.

SERVIÇO
13ª Oficina para Inclusão Digital e Participação Social (OID E PS)
Data: 28 a 30 de novembro
Local: Sesc Iparana
Horário: a partir das 8h30
Inscrições: http://www.oid.org.br

Redação O POVO Online

Fortaleza recebe Seminário de Avaliação da Seca de 2010-2016 no Semiárido Brasileiro

aprece-associacao-dos-municipios-do-estado-do-ceara_capturar-780x415

O semiárido brasileiro vem atravessando, desde 2010, uma das secas plurianuais mais severas de que se tem notícia. Apesar da secular experiência nacional de políticas públicas para o enfrentamento das secas do Nordeste, os impactos econômicos, sociais e ambientais ainda se fazem sentir fortemente. Além de queda na produção agropecuária e de impactos negativos em outras atividades econômicas, há séria crise no abastecimento de água, com muitos reservatórios já secos ou em situação crítica.

No entanto, há muitas lições a aprender que podem contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas nos nossos Estados e no Governo Federal, inclusive levando em conta cenários futuros de mudanças climáticas. Dessa forma, será realizado em Fortaleza-CE, entre os dias 30 de novembro, 1º e 2 de dezembro, o Seminário de Avaliação da Seca de 2010-2016 no Semiárido Brasileiro, que tem objetivo de documentar aspectos climáticos, impactos, respostas e lições para subsidiar futuras estratégias de adaptação aos impactos das secas no contexto de mudanças climáticas e crescente pressão antrópica e contribuir para o aperfeiçoamento da Política Nacional sobre Secas.

O Centro Administrativo do Banco do Nordeste, no Bairro Passaré, será o local do Seminário, que é uma realização do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social supervisionada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), e do Governo do Estado do Ceará, através da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O evento tem apoio do Banco Mundial, Banco do Nordeste, Agência Nacional das Águas (ANA), Ministério do Meio Ambiente e Ministério da Integração.

O evento reunirá representantes de várias instituições federais, estaduais e internacionais, com a participação direta dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais e Espírito Santo. De acordo com Antônio Rocha Magalhães, do CGEE, o Seminário de Avaliação servirá como um registro do mais prolongado período de seca, pois, nos sete anos entre 2010 a 2016, seis foram de estiagem no semiárido nordestino. A exceção foi o ano de 2011. “Isso é um fato histórico e tentaremos evitar o que aconteceu no passado, quando as ações eram somente de reação à Seca. Acreditamos que a política de enfrentamento e convivência com a estiagem deve permanecer em anos com boas chuvas também”.

Documentação histórica

Durante a abertura do Seminário, o CGEE lança, em parceria com o Banco Mundial, o livro “Secas no Brasil – Política e Gestão Proativas”, que traz uma documentação de dados, análises e imagens da atual estiagem no semiárido. Também será lançada uma versão em inglês, publicada nos Estados Unidos.

Fará parte da programação do evento uma Exposição de Fotografias sobre a Seca no Nordeste, com imagens feitas pelos fotógrafos Dorte Verner (Banco Mundial), Juliana Lima de Oliveira (Funceme), Leandro Castro (Funceme), Bruno Zaranza (Funceme) e Giullian Nicola Lima dos Reis (Funceme). As fotos são registros de viagens de campo ao Sertão do Ceará nos anos de 2015 e 2016, e de missões recentes do Banco Mundial no semiárido brasileiro.

Serviço:

Seminário de Avaliação da Seca de 2010-2016 no Semiárido Brasileiro

Data: 30 de Novembro, 1º e 2 de dezembro de 2016
Local: Centro Administrativo do Banco do Nordeste (Auditório), Fortaleza-CE – Bairro Passaré
Horários: 9h às 19h30
Fontes: CGEE e Funceme

28.11.2016

Guto Castro Neto
Assessor de Comunicação
FUNCEME – Fundação Cearense
de Meteorologia e Recursos Hídricos

Morre Luciano de Mello, dono das lojas Cecomil

01
Luciano de Mello Nogueira (à direita) com os filhos Felipe e Luís – Foto: divulgação

O corpo do empresário Luciano de Mello Nogueira, 59 anos, dono da rede de lojas Cecomil, será cremado hoje pela manhã no Crematório Parque da Saudade, em Caucaia. Luciano de Mello morreu na tarde deste sábado, em São Paulo, e foi velado na Ethernus, em Fortaleza.

O presidente da Câmara Setorial de Tecnologia da Informação e Comunicação (CSTIC) do Ceará, Márcio Braga, lamenta a morte do empresário. “É uma grande, uma enorme perda para o Ceará. Uma pessoa de espírito empreendedor que com seu trabalho construiu a sua história, um caminho que é parte ativa e transformadora da própria história da tecnologia da informação no nosso Estado e na nossa Região”, destaca.

A trajetória do empresário, nascido em Bebedouro-São Paulo, e que morava em Fortaleza há 20 anos, revela um perfil empreendedor. Trabalhou em uma cervejaria, foi taxista e vendendor de produtos eletrônicos sempre procurando alternativas de crescimento e desenvolvimento econômico e social.

A oportunidade de montar o próprio negócio veio com a compra da Cecomil Informática, hoje uma rede de nove lojas em Fortaleza que gera empregos e contribui para o desenvolvimento do Ceará.

A Cecomil é a mais tradicional empresa de produtos de tecnologia do mercado. São 12 unidades de negócio, além das nove lojas, conta com quiosques (em Fortaleza e Maracanaú), uma divisão de atendimento corporativo (ContactCenter).

Luciano de Mello Nogueira deixa a esposa Francilene Pinto (Neia), a filha Luciana, os filhos Luís Antônio e Felipe, e dois netos. Ele lutava contra um câncer e morreu no Hospital Albert Einstein, onde fazia tratamento.

(O Povo)

SEEB-CE faz reunião nesta segunda-feira, dia 28 para discutir sobre a restruturação do Banco do Brasil

banco-do-brasil-original

A reestruturação anunciada pelo Banco do Brasil será o tema de reunião nesta segunda-feira, dia 28/11, às 18 horas, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará com funcionários que são público alvo do PEAI e CCPa. Você pode vir tirar dúvidas e discutir as questões com diretores do Sindicato.  Na terça feira, dia 29/11, será  Dia nacional de luta com Paralisação/Retardamento das agências que serão fechadas.

Segundo anúncio do Banco do Brasil, o fechamento das agências e o remanejamento dos clientes serão iniciados em  janeiro seguindo até fevereiro de 2017. No Ceará, sete agências serão fechadas e três unidades serão transformadas em postos de atendimento. O BB possui 2.575 funcionários no Ceará e 481 são público potencial do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada, que prevê adesão voluntária.
Calendário das ações do Sindicato na defesa dos direitos dos bancários do BB

• 28 de novembro –  Reunião na sede do Sindicato com funcionários público alvo do PEAI e CCP, às 18 horas. (Rua 24 de Maio, 1289, Centro)

• 29 de novembro –  Dia nacional de luta com Paralisação/Retardamento das agências que serão fechadas

• 30 de novembro –  Reunião na sede do Sindicato com funcionários sobre Novo Plano de Funções e Movimentações (impactos, medidas judiciais e CCV)

• 01 de dezembro –  Nova negociação dos Sindicatos com Diretoria de Pessoas do BB, em Brasília

• 05 de dezembro – Audiência Pública na Assembleia Legislativad o Ceará

10 de dezembro – Reunião na sede do Sindicato com funcionários e Delegdos Sinducais
A reestruturação prevê o fechamento de 402 agências, além de uma brutal redução no quadro de funcionários que, por meio de um Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), pretende extinguir 18 mil postos de trabalho. E os trabalhadores souberam do processo pela imprensa.

Os dirigentes se reuniram imediatamente com a direção do BB e deixaram claro que esse fechamento de agências, a redução de estrutura de unidades e a saída de pessoal, sem que haja reposição, irá precarizar o atendimento e piorar as condições de trabalho, o que pode provocar, inclusive, aumento de adoecimento de funcionários.

Agências a serem fechadas em Fortaleza

• Av. Monsenhor Tabosa (3471)
• Av. Santos Sumont (3647)
• Ministério da Saúde (4438)
• Dnocs (4440), Ministério da Fazenda (4441)
• Aeroporto (4465) e
• Lagoa de Messejana (5049).

Viram PABs

• Fórum Clóvis Beviláqua
• Assembleia Legislativa do Estado
• Novo Oriente

(SINTRAFI-CE)

Polícia Federal vai para cima do braço-direito de Geddel na Bahia

caetite-leonardo-americo-aecio-neves-foto-site-brumado-noticias-72
Senador Aécio Neves (PSDB) e Leonardo Américo Silveira de Oliveira (assessor de Geddel Vieira de Lima) – Foto: divulgação

O subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo, Leonardo Américo Silveira de Oliveira, assessor do ex-secretário de Governo Geddel Vieira de Lima, foi alvo da Operação Vigilante, da Polícia Federal, nesta sexta-feira, 25. Leonardo Américo Silveira de Oliveira foi alvo de mandado de busca e apreensão e de condução coercitiva – quando o investigado é levado para depor e liberado.

O assessor de Geddel não foi localizado pela PF. Ele deve se apresentar na segunda-feira, 28, na Superintendência da PF em Salvador. A Operação Vigilante investiga um esquema de desvios de recursos destinados ao transporte escolar na (BA). O prejuízo estimado ao Erário é de, pelo menos, R$ 3 milhões.

Geddel Vieira Lima deixou o governo nesta sexta-feira, em meio à polêmica das obras do empreendimento de alto padrão La Vue Ladeira da Barra, em Salvador, onde Geddel possui apartamento. A unidade foi pivô também da saída de Marcelo Calero do Ministério da Cultura.

Calero deixou o cargo na sexta passada acusando Geddel de pressioná-lo para que o Iphan – submetido à Cultura – liberasse a construção do edifício. De acordo com o parecer do Ministério Público Federal, a excessiva altura do prédio de luxo apontada pelo projeto comprometeria a visibilidade de pelo menos três bens históricos tombados na capital baiana – a Igreja de Santo Antônio, o Outeiro de Santo Antônio e o Forte de Santa Maria.

Leonardo Américo Silveira de Oliveira é ligado à empresa Serbem Serviços e Locações, que presta serviço de transporte escolar em Malhada de Pedras, município a cerca de 560 quilômetros de Salvador.

Segundo nota do Ministério da Transparência, durante as investigações, foram identificadas fraudes em licitação, com direcionamento, para contratação de empresa vinculada a gestores municipais; superfaturamento mediante adulteração de quilometragem de linhas percorridas; e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar. Em alguns casos, a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida.

Participam da ação cerca de 90 pessoas, entre policiais e auditores da CGU. Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, oito conduções coercitivas, três medidas cautelares e 15 mandados de busca e apreensão, nos municípios baianos de Malhada de Pedras, Salvador, Alagoinhas, Itagibá e São José do Jacuípe.

Os envolvidos devem responder pelos crimes de responsabilidade, fraudes em licitação, organização criminosa, além de atos de improbidade. O nome da Operação faz referência a dois aspectos: primeiro, deriva do nome da empresa utilizada pela organização criminosa, que em tupi, significa vigilante; segundo, uma alusão a órgãos de controle, que estão vigilantes quanto aos desvios de recursos públicos.

 (O Povo)

Exoneração de Geddel sai em edição extra do Diário Oficial

e894dbbcafeaceddb79761f4a5067046
A demissão de Geddel (foto) foi motivada pelas declarações do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil
Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência Brasil

A exoneração de Geddel Vieira Lima da Secretaria de Governo foi publicada nesta tarde em edição extra do Diário Oficial da União. Mais cedo, ex-ministro enviou ao presidente Michel Temer uma carta de demissão. O nome do substituto de Geddel ainda não foi divulgado pelo Palácio do Planalto.

Na carta, Geddel diz que deixa o cargo por causa do sofrimento que a família vem enfrentando. “Avolumaram-se as críticas sobre mim. Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece sabe ser esse o limite da dor que suporto. É hora de sair”, diz.

Nessa quinta-feira (24), o jornal Folha de S.Paulo revelou que o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, prestou depoimento à Polícia Federal informando que Temer o teria “enquadrado” a encontrar uma saída para as divergências com Geddel, o que o presidente nega. Após pedir demissão na última sexta-feira (18), Calero deu entrevista alegando que sofreu pressão por parte de Geddel para liberar a construção de um edifício de alto padrão em Salvador. O empreendimento foi embargado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por estar localizado em área tombada como Patrimônio Cultural da União.

31199938636_31e9348798

Mesmo com a saída do cargo, o ex-ministro vai continuar sendo investigado pela Comissão de Ética Pública da Presidência, que abriu processo para apurar a conduta de Geddel.

Edição: Juliana Andrade

Casa Cor Ceará promove ação Black Friday e colabora com o Iprede

whatsapp-image-2016-11-24-at-12-37-20-300x300

A Casa Cor Ceará participa da Black Friday. O visitante que doar uma lata de leite em pó ganha 50% de desconto no ingresso da mostra.

O leite arrecadado serão doado ao Iprede. A promoção é válida das 17 horas às 19 horas e apenas para o dia 25 de novembro, sexta-feira.

A 18º edição da Casa Cor celebra os 290 anos de Fortaleza é realizada na Casa Barão de Camocim, localizada em frente à praça Clóvis Beviláqua, no centro de Fortaleza. O evento desde ano marca os 30 anos de criação do evento.

SERVIÇO

Casa Cor Ceará
De 3 novembro a 13 de dezembro
Horário: 17h às 22h, de terça a domingo, incluindo feriados
Local: Rua General Sampaio, 1632, Centro
Special Sale: 12 e 13 de dezembro
Valores entrada: Passaporte: R$ 80 – (entrada com valor único para todos os dias do evento)
Ingresso: R$ 40  (inteira) e R$ 20(meia)

(O Povo)

IBGE mostra que casamentos homoafetivos crescem; Ceará é o 3º do País

certidao-de-casamento-para-homossexuais

O número de casamentos entre homens cresceu 1.025% entre 2014 e 2015 no Ceará, passando de 19 para 213. Houve também aumento de 380% no total de uniões entre mulheres (de 25 para 120). Em 2015, o Estado figurou o terceiro lugar no total de registros no Brasil. Acesso à informação e efetivação de políticas públicas podem explicar esses resultados.

Os dados foram divulgados ontem pela pesquisa Estatística do Registro Civil 2015, elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Informações sobre óbitos, nascimentos, casamentos e divórcios também fazem parte do estudo. Os números foram retirados de cartórios de Registro Civil, Varas de Famílias, Foros, Varas Cíveis e tabelionatos de notas.

pesquisa-ibge

“Eu acho que esse aumento representa um empoderamento. No Ceará, as políticas públicas ajudam”, avalia o turismólogo Leonardo Sindeaux, 36, que se casou em 2015. Para ele, a união é importante pela segurança legal que proporciona aos casais. “Ter uma coordenadoria na Prefeitura e no Governo voltada para os homossexuais, além da própria parada gay, leva muita informação e ajuda a criar consciência política nas pessoas”, avalia Leonardo.

O professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC), Martinho Tota, endossa a ideia de que um maior número de casamentos entre homossexuais é reflexo de mais direitos adquiridos. “A partir do momento que um governo implementa determinadas políticas públicas de informação e direito à uma população, isso tem consequências diretas no comportamento e nas decisões das pessoas”, analisa.

O especialista destaca que, atualmente, a maior bandeira da população LGBT é a igualdade de direitos. “Não se quer privilégio, mas igualdade”, defende.

(O Povo)

Ceará tem 14 cidades com risco de surto de dengue, chikungunya e zika

zika-480x330

O Ceará tem 46 cidades em situação de alerta ou risco de surto de dengue, chikungunya e zika. Destes, 14 municípios estão em risco e 32 em alerta. Os dados são do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) de 2016, realizado pelo Ministério da Saúde, em conjunto com os municípios. Outros 68 municípios cearenses estão em situação satisfatória, entre eles, a capital Fortaleza.

A cidade de Missão Velha, na Região do Cariri, registrou o maior Índice de Infestação Predial (IIP) entre as cidades brasileiras pesquisadas, com índice de 29,6. No Ceará, depois de Missão Velha, os municípios com índices de risco mais alto, em ordem de criticidade, foram: Mauriti,Capistrano, Canindé, Baturité, São Luís do Curu, Varjota, Farias Brito, Irauçuba,Aracoiaba, Jaguaretama, Ipaumirim, Coreaú e Marco.

O LIRAa considerou cidades com mais de 2 mil imóveis, e foi realizado, a partir da adesão voluntária de municípios, nos meses de outubro e novembro. O ministro Ricardo Barros, no entanto, vai propor que a participação, no levantamento, dos municípios com mais de 2000 imóveis seja obrigatória, a partir de 2017.

Das 22 capitais que o Ministério da Saúde recebeu informações sobre o LIRAa, apenas Cuiabá (MT) está em situação de alto risco.

Nove capitais estão em alerta: Aracaju, Salvador, Rio Branco, Belém, Boa Vista, Vitória, Goiânia, Recife e Manaus; e, além Fortaleza, outras 11 estão satisfatórias: São Luis, Palmas, João Pessoa, Teresina, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Macapá, Florianópolis, Campo Grande e Brasília.

O Ministério da Saúde não recebeu informação sobre Maceió, Porto Velho e Curitiba. As cidades de Natal e Porto Alegre adotam outro tipo de metodologia.

Pesquisa
Dos 3.704 municípios brasileiros que estavam aptos a participar, 62,6% (2.284) participaram da edição deste ano – um aumento de 27,3% em relação ao número de municípios participantes em 2015.

Os dados foram apresentados pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, que divulgou ainda a nova campanha para combate ao mosquito transmissor das três doenças. Ele ressaltou que a expectativa é de estabilidade nos casos de dengue e zika, mas que pode ocorrer aumento de casos de chikungunya, por ser uma doença nova e com muitas pessoas ainda suscetíveis.

(G1 Ceará)

No Ceará, grupo explode banco em Jaguaribara; ataque é o 64º em 2016

exploso-banco-do-barsil-jaguaribara

Bandidos explodiram na madrugada desta sexta-feira (25), uma agência bancária da cidade de Jaguaribara, na Região Jaguaribana do Estado. Esse é o 64º caso de ataque a banco no estado em 2016, segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará.

De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes estavam em dois grupos. Um deles entrou no banco e tentou saquear o cofre, mas não conseguiu. Os outros homens foram até o destacamento da polícia e atiraram para cima, impedindo que os policiamentos saíssem. Ninguém ficou ferido.

Veículos queimados
A polícia disse que dois carros queimados já foram encontrados. Um sobre a ponte do Rio Jaguaribe e outro na CE-269, que dá acesso à cidade de Jaguaretama.

A polícia disse ainda que, segundo testemunhas, os homens fugiram em quatro motos. Até a manhã desta sexta-feira, ninguém foi preso. As buscas na região continuam.

(G1 Ceará)

Exposição Bestiário Nordestino reúne gravuras fantásticas de 19 artistas nordestinos

A pesquisa-viagem “Oco do Mundo” durou 14 dias. Os artistas Rafael Limaverde e Marquinhos Abu se aventuraram por dez cidades, percorreram 2300 quilômetros, pesquisando sobre a gravura no sertão. Eles fazem agora as vezes de curadores. A exposição “Bestiário Nordestino” será aberta amanhã na Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.


A curadoria da exposição foi feita pelos artistas locais Rafael Limaverde e Marquinhos Abu (Foto: Divulgação)

A mostra lança um olhar sobre o grotesco do mundo, com seu lado fantástico e absurdo. Para Rafael Limaverde, haverá sempre algo em nós de animalidade, de delirante, de monstros que compõe nossos pesadelos e medos. “Não se sabe muito bem sua origem, mas nos chegam pelas oralidades medievas, indígenas e africanas. Desse residual o nordeste então cria e recria seu próprio bestiário”, afirma Rafael.

A exposição, contemplada no Edital Temporada de Arte Cearense 2016, fica disponível para visitação até 30 de dezembro, de terça-feira a domingo, de 14 às 21 horas.

As 40 obras foram feitas pelos artistas Abraão Batista (Juazeiro/CE), Adriano Brito (Crato/CE), Guto Bitu (Crato/CE), Carlos Henrique (Crato/CE), Carlus Campos (Fortaleza/CE), Francisco de Almeida (Fortaleza/CE), J.Borges (Bezerros/PE), José Costa Leite (Condado/PB), Lourenço Gouveia (Recife/PE), Maurício Castro (Recife/PE), Nilo (Juazeiro do Norte/CE), Roberto Galvão (Fortaleza/CE), Rafael Limaverde (Fortaleza/CE), Sebastião de Paula (Fortaleza/CE), Stênio Diniz (Juazeiro/CE), Damásio Paulo (Juazeiro/CE), Antônio Lino (Juazeiro/CE), Walderêdo Gonçalves (Juazeiro/CE) e Justino P. Bandeira (Juazeiro/CE).

Serviço

Abertura – Exposição Bestiário Nordestino
Quando: 25 de novembro às 19h
Onde: Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Programação de abertura

22h de Totonho e Os Cabra com show “Coco Ostentação”

Atividade gratuita e aberta ao público

Redação O POVO Online

Delegações de 27 países da América Latina e Caribe debatem trabalho infantil em Fortaleza

Atualmente, existem 12,5 milhões de crianças e adolescentes trabalhadores na América Latina e no Caribe. Em Fortaleza, representantes de 27 países da região se reúnem a partir de segunda-feira (28) para discutir o papel da educação no combate à exploração dos jovens. Programa do governo do Ceará será apresentado como experiência de sucesso que pode ser reproduzida em outras nações.

 

OIT atua como Secretaria Técnica de iniciativa regional que busca acabar com o trabalho infantil na América Latina e no Caribe. Imagem: OIT

 

Na próxima segunda-feira (28), às 9h, cerca de 80 representantes de 27 delegações de países da América Latina e do Caribe se reunirão no Seara Hotel, em Fortaleza (CE), para a abertura de uma reunião anual cujo tema para 2016 é o papel da educação no combate ao trabalho infantil.

Atualmente, existem 12,5 milhões de crianças e adolescentes trabalhadores na região, dos quais 9 milhões trabalham nas piores formas de trabalho infantil, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Entre as autoridades confirmadas para a cerimônia de abertura, estão o diretor da OIT no Brasil, Peter Poschen; a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela; a secretária de Inspeção do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, Maria Teresa Pacheco Jensen; e a secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Maria do Carmo de Carvalho.

O evento acontecerá entre 28 de novembro e 2 de dezembro, no âmbito da Iniciativa Regional América Latina e Caribe Livres do Trabalho Infantil (IR), com o objetivo de fortalecer a resposta dos países da região contra o trabalho infantil através da identificação de ações conjuntas prioritárias com a área da educação.

A experiência do Programa Estadual Aprendiz na Escola, realizado pela Secretaria de Educação (SEDUC) do Governo do Ceará, será apresentada durante a reunião como um modelo de boa prática a ser replicado por outros países. Além disso, o procurador do Trabalho do Ministério Público do Trabalho do Ceará (MPT/CE), Antonio de Oliveira Lima, falará sobre o papel da escola no combate ao trabalho infantil.

A IR é um mecanismo de cooperação horizontal criado e gerido por governos de 27 países da América Latina e do Caribe, com a participação ativa das organizações de empregadores e de trabalhadores e com a atuação da OIT como Secretaria Técnica.

Durante a reunião, as delegações também discutirão um plano de trabalho para o próximo ano, além de definir um projeto de transição escola-trabalho voltado para países do Caribe e validar um novo marco para acelerar as políticas para a redução do trabalho infantil na região.

Programa Aprendiz na Escola

O Programa Estadual Aprendiz na Escola será apresentada às delegações internacionais na terça-feira (29), a partir das 14h30, pelo secretário de Educação Idilvan Alencar. No fim da tarde, os participantes do evento visitarão a Escola de Ensino Fundamental e Médio Walter de Sá Cavalcante para conhecer a iniciativa.

Criado em 2014, o programa oferece a jovens da 3ª série do Ensino Médio das escolas da rede pública estadual a oportunidade de qualificação e inserção profissional ainda dentro do ambiente escolar. Cerca de 2 mil estudantes em todo o Ceará já foram beneficiados com a qualificação profissional e mais de mil foram inseridos no mercado de trabalho.

“O diferencial do Aprendiz na Escola é que ele alia a aprendizagem à inserção do aluno no mercado de trabalho por meio da educação. O aluno passa três anos construindo saberes, desenvolvendo competências e habilidades para se tornar apto a entrar no mercado de trabalho”, afirma o secretário de Educação, Idilvan Alencar.

O programa é desenvolvido em escolas regulares de nove municípios cearenses. Atualmente, existem 14 turmas para os cursos de Operador de Loja e Varejo e Serviços Administrativos, com uma carga horária de 29 horas semanais. Além das disciplinas obrigatórias, os participantes têm acesso a aulas voltados ao mercado de trabalho e atuam como aprendizes nas empresas durante o contraturno. O contrato de aprendizagem é assinado por um ano e os jovens recebem todos os benefícios previstos pela legislação trabalhista.

“Do ponto de vista da empresa, além do caráter social, ela cumpre a cota prevista pela Lei da Aprendizagem com as contratações”, destaca Alencar. A SEDUC acompanha o desenvolvimento dos alunos durante todo o processo para garantir a formação qualificada dos participantes sem prejudicar a aprendizagem na escola.

Serviço:

Abertura da Reunião Anual da Iniciativa Regional América Latina e Caribe Livres de Trabalho Infantil
Data: 28/11/2016, às 9h
Local: Seara Hotel, Av. Beira Mar, 3080 – Meireles, Fortaleza (CE)

Informações para a imprensa
Ana Paula Canestrelli – Oficial de Comunicação da OIT
Tel: (61) 2106-4625
E-mail: canestrelli@ilo.org

Via https://nacoesunidas.org

Você sempre bem informado(a)