Aço Cearense oferece vagas de emprego

A Aço Cearense Industrial, empresa do Grupo Aço Cearense localizada em Caucaia (CE), abre vagas de emprego para auxiliares de expedição, auxiliares de operação de máquina e auxiliares de estoque. 

Os candidatos devem possuir ensino fundamental e, se possível, experiência anterior na função pretendida. Além de salário compatível com o mercado, a empresa oferece ainda para os ocupantes das vagas: participação nos resultados – PR, plano de saúde Unimed Fortaleza, plano odontológico, transporte da empresa, refeição na empresa, cartão alimentação e seguro de vida em grupo. 

Os interessados devem enviar currículos com o título da vaga para seleção@acocearense.com.br ou entregar na matriz da empresa, que fica na Antiga Rod. BR 222, s/n.°, km 19, Caucaia. 

Redação O POVO Online 
Anúncios

O que os estrangeiros levariam de Fortaleza

Foto: Fabiane de Paula

A pergunta pareceu tentadora: o que você, estrangeiro, escolheria levar de Fortaleza para sua cidade depois da Copa do Mundo? Na mala dos tantos americanos, mexicanos, escoceses, chilenos consultados por O POVO, seria inevitável o excesso de bagagem. Como organizar a gente e a praia cearense em um único compartimento? O clima conserva no voo? Os frutos do mar vão junto com as meias? Se apertar, tem espaço pra coxinha aí?

A resposta unânime, dita entre um passeio na avenida Beira Mar, misturava a beleza da praia com a temperatura da água. Na lista do casal de escoceses Stephanie e Joe Herd, ambos 54 anos, teve espaço também para as pessoas – “todos estão sendo muito amigáveis”. Eles já trazem consigo memórias de Curitiba e ainda passam por Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro antes de retornar para casa. Já pensou naquela parte do Reino Unido a 30 graus o ano todo? O casal, pelo visto, sim – o clima de Fortaleza é do que sentirão mais falta.

O roteiro do trio americano Lino Facomir, 24, Ryan Vella, 24, e Matthew Vella, 28, seguiu o rumo Califórnia, Fortaleza, São Paulo e Rio. Aqui, deixaram os principais elogios para as pessoas. “Nos Estados Unidos, são mais privados. A abertura das pessoas daqui nos surpreendeu, foram ótimos e humildes”, ressaltou Lino. Ryan deu destaque também à comida na praia. “A comida fresca do mar é fantástica, com preços acessíveis e semelhantes às demais opções”.

Recém-chegados de Natal e Recife, mesmo com a experiência de apenas um dia na Capital cearense, os irmãos chilenos Sebastian e Cristian Díaz, 28, já haviam atestado: quanta diferença a água do mar. “Não só em Santiago, é gelada em todas as praias do Chile, gelada que dói o osso”, afirma Cristian. A namorada dele, Rosa Farías, 28, endossou o coro dos encantados pelo clima – aquele com sol – e emendou as pessoas, o peixe e o camarão.

Depois de adiantar a programação da Copa em um ano, o mexicano Victor Yepez, 31, se viu sem ingressos para ir ao Castelão no domingo. Mesmo assim, leva boas lembranças de Fortaleza. “Em Monterey, a temperatura pode ir de 40 graus no calor extremo a cinco graus, no mesmo dia. A praia daqui com este clima seria a melhor combinação que se poderia fazer”. Elogios também à Fan Fest. “Fui na de São Paulo e na de Recife e aqui foi a melhor. É na areia e a cerveja era mais barata”, argumentou.

De Victor, sobrou até um presente para O POVO: uma pequena garrafa de tequila de recordação. “Você morou aqui a vida inteira?”, questionou o americano Lino enquanto as respostas dos estrangeiros eram anotadas. “Que inveja”, completou. Na mala de todos, cabia uma Fortaleza. Ao menos a parte bonita, aquela conhecida e desbravada por eles, se bem dobrada e guardada, já tinha espaço na bagagem e na memória.

(Viviane Sobra, O Povo)

Boi Garantido é o campeão do Festival de Parintins de 2014

Diretoria do Garantido comemora o bi-campeonato

Diretoria do Garantido comemora o bi-campeonato (Divulgação/ Garantido)

O Boi-Bumbá Garantido conquista seu 29º título no Festival Folclórico de Parintins e se sagra bi-campeão em 2014, após derrotar o Boi Caprichoso por 14,5 pontos de diferença. Na somatória das duas noites, o Garantido levou vantagem com 838 pontos e o Caprichoso teve 823,5 pontos.

Depois da chuva torrencial que caiu sobre Parintins e atrasou em duas horas o início da última noite do festival, a terceira noite não foi pontuada pelos jurados, uma vez que alegorias foram danificadas e as performances dos bois foram suprimidas para resguardar a segurança dos brincantes.

A apuração ocorreu na manhã desta segunda-feira (30), no bumbódromo, com transmissão ao vivo pela TV A CRÍTICA. As notas dos seis jurados que vieram dos estados da Paraíba, Sergipe e Paraná foram computadas e anunciadas pela comissão, presidida pela Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC-AM). Os seis jurados avaliam o desempenho de 21 itens, divididos por bloco musical, bloco cênico/coreográfico e bloco artístico.

 

Os dois bois foram punidos por usar indevidamente fogos de artifício. Enquanto Caprichoso perdeu quatro pontos, o Garantido perdeu um, de acordo com decisão da comissão julgadora. Depois do anúncio, o presidente do Caprichoso, Joilto Azêdo, se retirou do local de apuração, indignado, dando como certa a derrota do seu boi por considerar a decisão injusta.

 

 

Garantido

Apostando no tema “Fé”, o bumbá Garantido emocionou toda a nação vermelha e branca durante suas três apresentações no Festival Folclórico de Parintins. Na primeira noite, intitulada “Amazônia, fé e celebração”, o boi da Baixa de São José abordou a fé desde o seu conceito básico. Tendo como subtema “Parintins de fé cabocla”, a segunda noite foi uma homenagem para o município de Parintins, passando pela a história dos Parintintins, tribo que deu origem ao nome da cidade. Com enredo falando sobre a Fé e a brasilidade do sincretismo religioso, o boi encerrou o festival destacando a diversidade cultural, seus sentimentos e patriotismo.

 

A apresentação fechou com chave de ouro as participações da Sinhazinha, Ana Luisa Faria, da Rainha do Folclore, Patrícia de Góes, e da Cunhã-poranga, Tatiane Barros, que se despedem da arena dando lugar às próximas gerações dos itens femininos no Boi Bumbá Garantido.

Caprichoso

O Caprichoso trouxe à arena do bumbódromo o tema “Táwapayêra”, que em tupi significa “Aldeia Mística”. Na primeira noite contou o enredo Reino das Encantarias “Reino das Encantarias”, que abordará a Amazônia a partir da sua mitologia e dos aspectos que fundaram o imaginário caboclo e indígena; “Aldeia Xamânica” foi o tema da segunda noite, quando o boi azul reverenciou o poder dos pajés; e  “Terra Brasilis” foi o enredo da última noite, que teve o sincretismo como o grande destaque.

Apesar do prejuízo que a chuva provocou no último dia, domingo, a diretoria do Caprichoso disse que a agremiação deu o seu melhor. “Nós apresentamos apenas 70% do que tínhamos preparado para essa noite. Mas tivemos problemas e a vida humana é mais importante de ser preservada”, admitiu o presidente do Bumbá Azul e Branco, Joilto Azêdo.

O Levantador de Toadas David Assayag entrou  no Bumbódromo representando o rei do Baião, Luiz Gonzaga, ao som da música “Asa Branca”.  Em seguida, a canção foi emendada nas toadas “Boi Brasileiro” e “O ritmo é de Boi”, empolgando os brincantes da nação azul e branca.

(Portal A Crítica)

DE VILÃO A HERÓI, JULIO CESAR DÁ LIÇÃO DE VIDA

247 – A partir deste sábado, o Brasil tem um novo herói: o goleiro Julio Cesar, que fez uma defesa fantástica no primeiro tempo e, na hora decisiva, defendeu dois pênaltis. Com os olhos cheios d´água, Julio Cesar desabafou ao fim da partida. “Só deus e minha família sabem o que eu passei quatro anos atrás”, afirmou.

Julio Cesar se referia ao jogo entre Brasil e Holanda, em 2 de julho de 2010. Naquele dia, derrotada por 2 a 1 para os holandeses, a seleção brasileira foi eliminada da Copa da África do Sul e o peso da derrota recaiu sobre os ombros do goleiro.

“Aquilo foi inesquecível. Eu nunca vi um atleta sentir tanto um baque de uma perda como ele sentiu. Ele pegou toda uma dor da população e transformou como se fosse uma coisa só dele, e não era, era uma dor compartilhada. Futebol são 11 contra 11, perdeu o grupo todo”, disse Marcelo Guerreiro, amigo pessoal do goleiro, que viveu com ele o drama da derrota.

Julio Cesar foi, literalmente, ao fundo do poço.  Perdeu a posição na Inter de Milão e foi transferido para o Queens Rangers, que caiu para a segunda divisão da liga inglesa. Depois, ficou praticamente sem clube para treinar.

Convocado para a seleção na Copa das Confederações do ano passado, Julio Cesar foi uma das escolhas mais contestadas de Felipão. Antes dos pênaltis, ele chegou a chorar em campo, até ser confortado pelo capitão Thiago Silva. “Você é o cara, você é o cara”, disse o capitão.

O resto da história é conhecido. Julio Cesar foi testado ao máximo. Pegou dois pênaltis, mas isso não deu conforto total à seleção, uma vez que William e Hulk desperdiçaram suas cobranças. Na última penalidade, o chileno Jara bateu na trave e o Brasil saiu de um dos maiores sufocos já vividos em Copa do Mundo.

Julio Cesar saiu de campo como o grande herói, prometendo ir mais longe. “Minha história na seleção ainda não acabou”, disse ele. “Ainda faltam três degraus”.

Mesmo que o Brasil não chegue à final, Julio Cesar deu a volta por cima. Merecida.

(Brasil 247)

Ceará deve receber n.º recorde de estrangeiros para jogo México e Holanda

O jogo Holanda e México no Castelão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, deve atrair um número recorde de turistas estrangeiros ao Ceará, 26 mil pessoas, segundo a Secretaria da Copa do Estado. O número o recorde anterior, de 23 mil estrangeiros durante Brasil e México no Castelão, em 17 de junho.

Além dos 26 estrangeiros, 18 mil turistas de outros estados brasileiros e 16.500 de outras cidades do Ceará devem chegar a Fortalezadomingo (29). Dos mais de 60 mil ingressos que foram colocados à, 26 mil foram comprados por estrangeiros, segundo a Secretaria de Turismo, especialmente mexicanos e holandeses; foram 7,2 mil ingresso vendidos a  mexicanos e 3,6 mil aos holandeses.

Americanos, chilenos e australianos adquiriram a soma de 82 mil ingressos e também devem comparecer em peso à capital cearense.

Entre sábado e domingo (dias 28 e 29), devem chegar ao Aeroporto Internacional Pinto Martins 158 voos, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Destes voos, cinco são internacionais: quatro regulares e diretos (Buenos Aires, Miami, e dois de Lisboa) – e um charter, vindo de Amsterdã com 256  passageiros.

Para o último jogo em Fortaleza, das quartas de final (cujos adversários ainda são desconhecidos), no dia quatro de julho, são esperados, até o momento, 47,4 mil turistas, sendo 19,8 mil estrangeiros e 27,6 mil brasileiros.

Meio bilhão na primeira fase
Os turistas que viajaram a Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo injetaram na economia do estado cerca de meio bilhão, segundo o secretário especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa. De acordo com o secretário, os principais gastos dos visitantes brasileiros e estrangeiros foram com hospedagem, comércio, serviços e passeios turísticos.

Entre os 167 mil visitantes que compraram ingressos para as quatro partidas da primeira fase na Arena Castelão, 94,5 mil eram estrangeiros e 72,5 mil de outros estados brasileiros. O Ceará recebeu 237,7 mil torcedores, uma média de 59,4 mil por jogo e ocupação de 93%. Se forem contabilizados os visitantes que viajaram à capital cearense sem ingressos para os jogos no Castelão, a estimativa é de que mais de 200 mil pessoas passaram pela cidade na primeira fase.

(G1 Ceará)

Efeito Copa: enquanto a Beira-Mar vive tempos de paz, a violência se alastra no outro lado de Fortaleza

Quem costuma caminhar pela avenida Beira-Mar, em Fortaleza, nota a diferença de cenário. Policiais estão por toda parte, principalmente em frente aos hotéis onde as seleções de futebol estão hospedadas. A sensação de segurança tem aumentado na região, mas os moradores de Fortaleza reclamam da falta de policiamento em outras áreas da cidade. É o caso do vigilante Antoniel Rodrigues, que considera a Beira Mar como uma região privilegiada. “Polícia aqui tem demais. No meu bairro (José Walter) por exemplo, faltam policiais. Quem mora por aqui é privilegiado porque a segurança foi reforçada, já quem mora em outras regiões, como eu, sofre diariamente com medo de andar nas ruas”, reclama.

A segurança no local foi reforçada devido à realização da Fifa Fan Fest no aterrinho da Praia de Iracema. O evento é gratuito e tem capacidade interna para 50 mil pessoas, além de telões instalados na parte externa, para atender a um público maior. A segurança é feita por meio de um efetivo que varia entre 300 e 400 policiais militares, 20 policiais civis, 85 guardas municipais e mais de três mil agentes de segurança privada e patrimonial, além de 12 câmeras de monitoramento em tempo real.

O comerciante Nilton Nascimento, que trabalha há 7 anos vendendo coco na orla de Fortaleza considera o aumento das vendas devido ao grande fluxo de turistas e fortalezenses no local. “Graças a Deus o movimento aumentou e as vendas também. Acho que a presença dos policiais deixa as pessoas mais seguras, eu mesmo me sinto. Já vi muitos assaltos nesses sete anos trabalhando aqui, mas desde que começou a Copa não vi nenhum”, comemora.

Reforço na segurança

Policiais estão espalhado na capital cearense. Você consegue vê-los? (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Um policial que trabalha na área e não quis se identificar aponta melhorias no reforço de policiais. Segundo ele, os casos registrados são de pequenos furtos. “Temos policiais fixos em frente aos hotéis e na Fan Fest, a cada duas ruas que cortam a Beira Mar há uma dupla de policiais, além das viaturas que fazem a ronda”, garante.

Policiais militares e o Exército se dividem nas ruas da capital cearense, gerando uma sensação de segurança e afugentando o medo já incrustado na mentalidade local. O cabeleireiro Tarcísio Neto e a estudante Gabrielle Souza são amigos e convergem na mesma opinião. “A gente vê bastante policiamento, mas saiu daqui [avenida Beira Mar] não tem. E ainda vi um furto lá dentro”, revela Gabrielle, apontando para o local onde acontece a Fan Fest.

O casal Luisa Marilac, desempregada, e Carlos Rocha, motorista, passeiam pela orla de Fortaleza com tranquilidade. É hora de aproveitar a quantidade de policiais disponíveis em cada esquina. “É mais maquiagem isso. Quando acabar a Copa, a violência vai ser a mesma. Agora, os estrangeiros não sentem medo, acham que a gente exagerava”.

Medo e diferença

Casal Luisa e Carlos caminha tranquilamente na orla de Fortaleza (FOTO: Hayanne Narlla/ Tribuna do Ceará)

Se para algumas pessoas, a sensação de paz reina na capital, para a universitária Joyce Ferreira não é bem assim. “O medo aumentou muito, porque a questão é que o policiamento é mais para o time que para a população”.

Já o gestor de frota Welingeson Sales, que viaja constantemente de Canindé para Fortaleza, sentiu a diferença visivelmente na última viagem. “Viemos pela BR e dá para ver a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Exército”, aponta. Porém, o gestor pondera que o aumento no efetivo da segurança pública é apenas em “lugares específicos”, não em toda a cidade.

Uma dupla de amigos moradores do lado sul da cidade reconhecem que além da orla, apenas o Castelão está com reforço policial. “Eu moro próximo do estádio e lá está lotado [de soldados], mas sei que é só durante a Copa”, expressa a estudante Ana Thaís de Vasconcelos. “Lá onde eu moro nem passa policial”, completa ,o também estudante Rafael Facundo.

‘Eu moro próximo do estádio e lá está lotado de soldados, mas sei que é só durante a Copa’

Registro

O Tribuna do Ceará realizou o trajeto saindo do Aeroporto Internacional Pinto Martins, passando pela Arena Castelão e terminando na Fifa Fan Festa, da Avenida Beira Mar. O efetivo está bem distribuído pelas ruas, em praças e nos viadutos da BR-116.

Por enquanto, a sensação de tranquilidade toma conta da 7ª cidade mais violenta do mundo. Resta esperar o término da Copa para saber se o clima entre os fortalezenses continua de paz. Mas do outro lado da cidade, a realidade ainda é a mesma.

Números

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), durante os quatro jogos sediados em Fortaleza, foram realizadas 20 autuações em flagrantes, seis Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCOs) e 168 Boletins de Ocorrência (BOs). A maioria dos registros se refere à perda de documentos, objetos pessoais e furtos.

(Tribuna do Ceará)

Camilo Santana (governador), Zezinho (vice) e Mauro Filho (senador): está formada a chapa de Cid Gomes

Zezinho Albuquerque e Camilo Santana.

Chegou ao fim o imbróglio político sobre quem concorrerá ao Governo do Ceará apoio com o apoio da base de Cid Gomes. Em reunião realizada na manhã deste sábado (25), no Palácio da Abolição, o diretório cearense do Partido dos Trabalhadores aceitou os argumentos do governador e concordou com a indicação do deputado Camilo Santana (PT) para a disputa ao comando do Executivo estadual.

Pelo acordo, a chapa majoritária será composta pelo presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PROS), como candidato a vice-governador e pelo deputado estadual Mauro Filho (PROS) concorrendo ao Senado Federal. José Guimarães, que seguiu até então como pré-candidato do PT ao Senado, consentiu em abrir mão da vaga a pedido da presidente Dilma Rousseff.

O vice-governador Domingos Filho (PROS), que também pleiteou sua candidatura ao Governo, será indicado ao Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará.

Todas as negociações ocorreram um dia antes da oficialização das candidaturas do PT e do PROS, que ocorrerão neste domingo (29), durante a Convenção Estadual das duas legendas, providencialmente marcadas para o mesmo horário e o mesmo local, às 9h, no Ginásio da Faculdade Ari de Sá, no Centro de Fortaleza.

(Anderson Pires, Ceará 7)

Morre Luiz Cruz, idealizador da Biblioteca Circulante em Fortaleza

O idealizador da Biblioteca Circulante,Raimundo Luiz Cruz,morreu na madrugada deste sábado, 28, por volta das 2 horas. Ele estava em tratamento no Hospital Geral Doutor César Cals desde novembro do ano passado, quando foi submetido a uma cirurgia, mas teve complicações durante o procedimento e precisou ficar hospitalizado. As informações foram repassadas pela assessoria de imprensa do hospital.

Luiz Cruz chegou a ser transferido para tratamento domiciliar com acompanhamento dos profissionais do hospital. Entretanto, após contrair uma pneumonia, o fundador da Biblioteca Circulante voltou a ser internado. Ele estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com nota enviada pelo hospital, “por consequência de uma pneumologia, ele foi readmitido na Unidade de Terapia Intensiva no dia 20 de maio, onde recebeu todos os cuidados necessários. Respirava por ventilação mecânica e recebia medicação para manter a pressão arterial e todas as medidas necessárias para tratar a infecção. Na madrugada deste sábado, 28 de junho, entrou em choque, não resistindo aos procedimentos clínicos adotados e faleceu por disfunção de múltiplos órgãos”.

Biblioteca
A Biblioteca Circulante foi montada com o intuito de levar cultura para presídios, hospitais e escolas. Eram livros, revistas, almanaques e cartilhas que circulavam mensalmente.

(Isabel Costa, O Povo)

Camilo Santana, do PT, é o candidato da aliança costurada por Cid Gomes

O governador do Ceará, Cid Gomes (PROS), escolheu o petista Camilo Santana como candidato à sua sucessão. A escolha foi feita no início da tarde deste sábado, 28, após reunião com os principais líderes do diretório do PT cearense. O acordo foi referendado pela presidente Dilma Rousseff, que interveio para que o deputado federal José Guimarães (PT-CE) recuasse de sua pré-candidatura ao Senado. O anúncio oficial da chapa governista deverá ser feito logo mais, após o jogo Brasil e Chile.

Em 2010, Camilo Santana foi o deputado estadual mais votado do Ceará, recebendo 131.171 votos no Estado. Pertence à ala conhecida no Ceará como PT do Cid, pela afinidade com o governador. Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal do Ceará, Santana é servidor público federal concursado do Ibama, ocupando a função de analista ambiental e professor do Curso de Saneamento Ambiental do Instituto Centec em Juazeiro do Norte. Em 2006 ajudou a coordenar, no Cariri, a campanha vitoriosa do Governador Cid Gomes.

(Agência Estado)

Para turistas estrangeiros na Copa, o povo é o que há de melhor no Brasil

A Copa do Mundo começou há exatos 16 dias com algumas dúvidas sobre a capacidade do Brasil para sediar um evento esportivo desse porte. Na mídia nacional e internacional, ainda se questionava se ‘o Brasil estaria pronto’ para receber os 600 mil turistas estrangeiros esperados e realizar a chamada “Copa das Copas” prometida pelos governantes.

Os atrasos na entrega dos estádios e dos projetos de infraestrutura – muitos que ainda não ficaram prontos -, os problemas dos aeroportos e a ameaça de greves e protestos acabaram fazendo com que o Brasil ficasse em evidência mundo afora às vésperas do Mundial e chegaram até a ‘assustar’ alguns visitantes que estavam prestes a embarcar para o país.

Mas, passados os primeiros dias de euforia, o que os turistas de fora – popularmente chamados de ‘gringos’ – estão achando do Brasil? A BBC Brasil passou as duas últimas semanas ouvindo dezenas de estrangeiros que passaram pelas cidades-sede da Copa para saber quais eram as impressões deles sobre a organização do país para receber o Mundial, a infraestrutura, a hospitalidade dos brasileiros e tudo o que foge dos estereótipos conhecidos de “país do futebol, samba e carnaval”.

Nas duas primeiras semanas de Copa, ao menos as previsões mais pessimistas não se confirmaram. Não houve caos aéreo – apesar de alguns aeroportos terem apresentado problemas de atraso, como é comum em períodos de muita demanda -, não houve grandes greves, os protestos foram contidos – alguns com certa violência, que acabou em confronto entre policiais e manifestantes – e a organização dos jogos também foi considerada satisfatória.

“Falaram tanto que o Brasil era violento, que seríamos assaltados, que os estádios não estavam prontos e tudo mais, mas não tivemos nenhum problema, está tudo muito tranquilo até aqui”, relatou Neftalí Barría, um chileno que chegou ao Brasil no dia 10 de junho e passou por Cuiabá, Curitiba e São Paulo.

Mas nem tudo foram “flores” para os turistas que desembarcaram no Brasil neste mês de junho. Para outro chileno, por exemplo, a experiência no país já havia tido algumas intempéries, como um assalto a 25 companheiros em um albergue nos arredores da capital mato-grossense. O canadense Steven quase passou pela mesma experiência, mas foi mais esperto que os “ladrões” da Vila Madalena, bairro boêmio da zona oeste de São Paulo.

“Eles pegaram minha carteira, mas era minha carteira falsa”, explicou. Carteira falsa? “É, eu tenho essa carteira aqui com cartões de crédito vencidos e até carteira de motorista antiga para enganar os ladrões. Quando eles se deram conta, largaram na rua de novo. Sou mais esperto que eles”, festejou.

Um outro holandês relatou a falta de infraestrutura de algumas cidades e as obras que atrasaram e ainda estão em curso durante o Mundial.

Chilenos tiveram colegas roubados em Cuiabá, mas dizem que estão gostando do Brasil

“Fiquei impressionado com as obras que não ficaram prontas, muita coisa por fazer. Acho que a Fifa tinha que ter pressionado mais para as coisas saírem”, contou à BBC Siegfried Mulder.

“Os estádios não estão prontos. Estão funcionando, mas não estão prontos”, disse o sul-coreano Sangnin, que passou por Cuiabá, Porto Alegre e São Paulo indo aos jogos da Coreia.

Em 100% das respostas, o principal elogio era sempre o mesmo: “As pessoas são incríveis aqui.” A hospitalidade do povo brasileiro foi o que sobressaiu aos olhos de todos os estrangeiros que conversaram com a reportagem. Holandeses, croatas, chineses, uruguaios, ingleses, chilenos, mexicanos, alemães, coreanos, belgas, canadenses, americanos, todos, sem exceção, citaram “as pessoas” como o melhor do Brasil até agora.

“Os estádios são muito bonitos, mas acho que o mais especial é o povo. As pessoas são muito alegres, fantásticas, isso colore a Copa do Mundo”, disse o colombiano Elkin.

Entre as críticas, a mais recorrente foi com relação à língua, pelo fato de, principalmente os turistas que não falam português – ou pelo menos espanhol -, terem um pouco de dificuldade para se comunicarem no país.

Unanimidade

Seja em São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Manaus ou Cuiabá, em todas as regiões do país pelas quais os gringos passaram, não houve um que não destacasse o povo brasileiro com o a principal atração de cada lugar. A acolhida dos nativos foi o que chamou bastante a atenção, principalmente dos europeus, que se disseram “não acostumados” com tamanha simpatia.

“Os brasileiros são extremamente prestativos, sempre querendo ajudar. É incrível”, disse a irlandesa Enya. “Passei por Foz do Iguaçu, Curitiba, agora São Paulo. Em São Paulo, assim que desci do metrô e abri o mapa para procurar o hostel, já veio uma pessoa para me ajudar a achar, me explicar o que tinha que fazer. Fiquei impressionada, porque na Irlanda não é assim.”

“Nós ficamos muito surpresos, todos os brasileiros estão sendo incríveis com a gente, muito solidários, qualquer lugar que vamos eles perguntam ‘vocês precisam de ajuda?’, por enquanto não houve nenhum problema’, sentenciaram os amigos britânicos Sam e Adam.

Holandeses elogiam clima de “festa do futebol” e dizem que Brasil está se saindo bem na organização

A solicitude dos brasileiros é tanta que, segundo os torcedores de fora, falar português já nem se torna tão essencial.

“As pessoas aqui são muito simpáticas. A língua é um problema pequeno, um inglês bem simples é o suficiente, porque as pessoas fazem de tudo para ajudar”, contou o chinês Rocky.

Organização e protestos

Por causa da onde enorme de protestos durante a Copa das Confederações no ano passado, a expectativa por mais demonstrações grandes contra a Copa do Mundo cresceu para o período do Mundial

Nessas duas semanas de Copa, porém, ainda não aconteceu nenhum protesto na escala daqueles de 2013, o que minimizou o “medo” por parte dos torcedores de fora quanto a elas. Ainda assim, alguns deles disseram que foram capazes de “entender os motivos das insatisfações” após alguns dias no Brasil.

“Estamos conseguindo entender melhor por que as pessoas estavam reclamando dessa Copa, por que dos protestos e tudo mais”, pontuou o alemão Jan Menke, que veio para o Brasil com quatro amigos para curtir a Copa, mas sem ir aos estádios – “os ingressos estão muito caros”, explica ele.

“Conversando com as pessoas em todos os lugares, a gente começa a ter uma noção melhor sobre o que acontece no país. Porque nós somos apenas visitantes, estamos aqui de passagem, está tudo certo, mas as pessoas que vivem aqui têm inúmeros problemas”, prosseguiu. Ele e os amigos passaram por Curitiba, São Paulo e Rio.

A organização e infraestrutura das cidades-sede para essa Copa foram pontos bastantes questionados durante toda a conturbada preparação do Brasil para o Mundial por causa, princpalmente, dos atrasos. E alguns torcedores contaram à BBC que sentiram esses problemas na pele durante o torneio.

“O que eu criticaria um pouco seria a infraestrutura. Os estádios estão bons, mas as estradas estão ruins. Em Cuiabá, a única coisa que está pronta é o estádio. Há muitos desvios, muita coisa para fazer”, reclamou o chileno Raúl Castro, que está na caravana de mais de mil carros que veio de Santiago ao Brasil para acompanhar o Chile no Mundial. Viajando de carro de lá até aqui e passando por Cuiabá, Rio de Janeiro e São Paulo, ele relata problemas nas estradas e falta de sinalização.

Já o holandês Siegfried se disse impressionado principalmente com o Rio de Janeiro. Mas ao contrário da maioria dos turistas ouvidos pela BBC, que se mostraram encantados com a beleza da Cidade Maravilhosa, este separou algumas críticas para a futura sede da Olimpíada em 2016.

Para os venezuelanos, o melhor do Brasil são as pessoas: “Fantásticas”

“O Rio vai sediar os Jogos Olímpicos daqui dois anos e ninguém fala inglês – comércio, restaurantes, nada”, disse. “Eu achava que, além de São Paulo, o Rio também era uma metrópole. Mas não é. Você já foi ao Cristo Redentor? O que achou? É muito desorganizado!”, reclamou. Siegfried passou por Salvador, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo.

Mas, apesar de alguns problemas, a percepção da grande maioria dos turistas a respeito a Copa do Mundo no Brasil é de que ela está sendo uma “grande festa”. E, segundo eles, “os brasileiros sabem como fazer uma festa.”

“Tudo está bom para esse tempo de festa do futebol.É muito difícil organizar uma Copa, mas você pode ver que tudo está bem organizado, o estádio é bom, seguro, então o Brasil está provando que está pronto para isso”, sentenciou o holandês Oscar.

Via http://www.bbc.co.uk/

Fifa demite funcionária por ter tirado foto com Claudia Leitte

A foto a seguir foi o motivo da demissão de Ana Paula Moreira, controladora de acesso da Arena Corinthians. Fã de carteirinha de Claudia Leitte, Ana Paula contou em entrevista à coluna que, após ter postado esta foto com a cantora no Facebook, teve sua credencial suspensa por ordem da Fifa e demitida da empresa Top 3 Eventos, que a contratou para trabalhar durante todos os eventos da Copa na Arena Corinthians.

Foto: Reprodução de Internet

“Sou fã da Claudia e ela foi muito querida e carinhosa. A supervisora da área vip foi quem ofereceu uma foto. Me surpreendi porque nunca foi dito que era proibido tirar foto com artista. Não fiz a fã histérica, mas óbvio que não neguei. Quando procurei a empresa, só me disseram que a Fifa tinha suspendido minha credencial depois que descobriu a foto e que eu estava demitida”, contou ela, que até hoje não recebeu o dinheiro de sua rescisão. Procurada pela coluna, a Top 3 Eventos enviou o seguinte nota:

“Ela assinou um contrato e recebeu orientação de que não poderia expor a credencial de trabalho. E, é sabido por todos, que em nenhum trabalho deve-se abandonar o posto para tirar fotos ou incomodar convidados e clientes”. Até o fechamento desta edição, a Fifa não se manifestou.

Via http://blogs.odia.ig.com.br/

Carteira de estudante em Fortaleza tem validade até segunda-feira, dia 30/06

A validade das carteiras da de estudante que garante a meia passagem no transporte público em Fortaleza termina na segunda-feira (30). Os alunos que ainda solicitaram o novo documento devem fazê-lo até sexta-feira (27) na sede da Empresa de Transporte Público de Fortaleza (Etufor), na Avenida dos Expedicionários.

A orientação da Etufor é que os estudantes evitem deixar para última hora a renovação do documento, para evitar grandes filas e transtornos caso parte dos alunos não consiga a atualização do documento.

A Etufor diz que ainda não há uma confirmação sobre uma possível um novo adiamento da validade das carteiras de estudante. Para renovar a carteira, alunos de escolas públicas devem procurar a direção da unidade para tirar dúvidas sobre o procedimento. Os estudantes de escolas privadas devem acessar o site da Etufor, fazer a emissão do boleto bancário e fazer a biometria e entrega de documentos na sede da Etufor.

Quem nunca teve a carteira de estudante também de ir à sede da Etufor para solicitar o documento. Após a conclusão do pedido da carteira estudantil, a pessoa deve aguardar o período de confecção e emissão do documento, que leva cerca de 30 dias.

Protestos
A carteira dos estudantes de Fortaleza foi bloqueada duas vezes neste ano, o que levou os alunos a realizaram protestos na cidade no mês de maio. Durante os protestos, terminais de ônibus foram bloqueados, e alunos ocuparam o IFCE durante uma tarde, após confronto com a Polícia Militar.

(G1 Ceará)

Aprovada lei que torna preferenciais assentos de ônibus em Fortaleza

 

A Câmara Municipal dos Vereadores de Fortaleza aprovou nesta quarta-feira (25) a lei que torna todos os assentos do transporte público preferenciais para grávidas, mulheres com criança de colo, obesos, idosos e pessoas com deficiência física. Atualmente, os ônibus e topics de Fortaleza reservam uma parte dos assentos como preferenciais.

De acordo com o projeto do vereador Carlos Dutra, as empresas terão 30 dias a partir da publicação da lei para se adequar e tornar todos os assentos preferenciais, que deve ocorrer após a aprovação do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. As mensagens de reserva de parte dos assentos terão de ser removidas, e devem ser afixadas novas mensagens alertando a totalidade das vagas como preferenciais.

(G1 Ceará)

Secretário adjunto do Governo Cid mostra prestígio e faz sua empresa faturar mais de R$ 1,3 bilhão

O secretário adjunto de Infraestrutura do Estado, Otacílio Borges, cujo filho, Marcos Borges, e a mulher são donos da PB Construções Ltda, faturou cerca de R$ 1,3 bilhões em licitações de obras do Governo Cid. Somente com os dois lotes da mais importante obra hídrica do Ceará- Cinturão das Águas, com parte do financiamento tendo sido repassado pelo Governo Dilma, a PB Construções irá faturar mais de R$ 700 milhões.

O nome do secretário adjunto, empresário e gestor público, consta na lista de “fichas-sujas”, entregue pelo Tribunal de Contas da União (TCU), na última terça-feira (24), ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Agora, ele aguarda  ser demitido pelo governador Cid Gomes, além de ser intimado pelo Ministério Público Federal e Estadual para dar esclarecimentos sobre o suposto tráfico de influência dele dentro do Governo do Estado, que levou a empresa de sua família a se beneficiar com tantas obras e a faturar tanto durante os últimos oito anos de administração Cid.

Sem tradição no ramo das empreiteiras brasileiras, a construtora PB tem fama no País. As grandes – Andrade Gutierrez, OAS, Camargo Correa, Queiroz Galvão e Odebrecht – sabiam que para participar de licitações no Ceará eram obrigadas a sentar e conversar com a PB.   A justificativa: o cargo ocupado por Otacílio Borges, mas principalmente a força política de seu filho, Marcos Borges, considerado um homem poderoso no Governo do Estado.

Apesar de ser pequena, a PB Construções não parou de ganhar obras nos últimos oito anos no Ceará. A PB Construções é responsável por duas obras públicas em andamento: construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) – Oeste, orçada em R$ R$ 171.430.593,96. Essas obras estão sendo gerenciadas pela Cagece.

O prestígio de Otacílio Borges que foi presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura(CREA), antes de assumir o cargo no Governo Cid, ultrapassou as fronteiras cearenses. A PB ganhou obra e executou o serviço de substituição da Adutora Perizes , vinculada ao Governo do Maranhão no valor de R$ 106.887.593,60.  Numa prova de forte vinculação política da PB com a família Sarney.

E os negócios da PB Construções não pararam de expandir, graças a Otacílio e a força de seu filho Marcos Borges. A empresa já concluiu pelo menos oito outras obras públicas no Ceará. Uma das mais simbólicas realizadas foi  a Barragem do Rio Maranguapinho  orçada em R$ 85 milhões. Outra também que foi de sua responsabilidade e que gerou uma expectativa positiva na região norte do Ceará foi a urbanização da margem do Acaraú executada por  mais R$ 3,5 milhões.

O MP Federal e Estadual devem convocar nos próximos dias o secretário adjunto Otacilio Borges, sua mulher e seu filho Marcos Borges para darem explicações sobre como conseguiram esse sucesso empresarial. Há suspeitas de irregularidades sendo investigadas. Mas, nada está por enquanto vindo a público para não atrapalhar as investigações.

O secretário adjunto Otacílio Borges quando questionado sobre o êxito da PB Construções sustenta que ela nunca se beneficiou do fato dele ocupar um alto cargo no Governo Cid. Tanto ressaltou que seu filho, Marcos Borges, não é um homem poderoso e nem temido dentro do Governo do Ceará.  “ Tudo é folclore, a empresa de minha família trabalha dura, e tenta vencer e nunca cometeu nenhum erro.”

Numa prova de que é uma empresa séria, o secretario adjunto Otacilio Borges e seu filho Marcos Borges procuraram o pré-candidato do PR, Roberto Pessoa, para apresentar antecipadamente suas explicações, quando souberam que o ex-prefeito de Maracanaú se preparava para fazer denúncias envolvendo a PB Construções.

(Luciano Augusto, via http://www.cearanews7.com.br)

Veja a lista de fichas sujas do Ceará apresentada pelo Tribunal de Contas da União

O Tribunal de Contas da União (TCU) apresentou nesta semana a lista com nomes considerados fichas sujas em todo o país.

O documento foi entregue pelo presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, destacando que as irregularidades apontadas podem levar à inelegibilidade.

A relação tem sido usada como principal recurso para os tribunais eleitorais negarem o registro de candidatos, com base na Lei da Ficha Limpa.

Confira abaixo a relação de responsáveis no Ceará com contas julgadas irregulares pelo TCU:

ABNER ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
ADERSON JOSE PINHO MAGALHAES
ADLER PRIMEIRO DAMASCENO GIRÃO
ALDENOR FAÇANHA JÚNIOR
ANA MARIA DUARTE DE FIGUEIREDO ARRAIS
ANDREA FROTA SAMPAIO
ANDRE MONTENEGRO DE HOLANDA
ANTENOR MANOEL NASPOLINI
ANTHONY EVANS VASCONCELOS SANTIAGO
ANTONIA ANTUNES DE SOUSA
ANTONIA BEZERRA LIMA CARLOS
ANTONIO ALCY ARAUJO
ANTÔNIO ALMEIDA MACHADO
ANTÔNIO CLIDENOR GENUÍNO DE MEDEIROS
ANTÔNIO DE ALBUQUERQUE SOUSA FILHO
ANTÔNIO DE PÁDUA ARCANJO
ANTONIO EDSON DE AMORIM ALVES
ANTONIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO JOÃO ALVES FERNANDES TÁVORA
ANTÔNIO LUCIANO LOBO DE MESQUITA
ANTÔNIO MAURO BARBOSA DE OLIVEIRA
ANTÔNIO PEREIRA DE SENA
ARCELINO TAVARES FILHO
ARMANDO QUARESMA TRIGUEIRO
ARNOLDO CARDOSO DA SILVA
AURINEIDE BEZERRA DE SOUSA PONTES
BALTAZAR PEREIRA DA SILVA JUNIOR
BYRON COSTA DE QUEIROZ
CARLOS ALBERTO DA CRUZ
CARLOS AUGUSTO MATOS PIRES
CARLOS ROBERTO AGUIAR
CARLOS ROBERTO DE AGUIAR
CARLSON PAULA CABRAL
CÉSAR MARQUES DE CARVALHO
CHARLES AGUIAR RODRIGUES
CÍCERO ANTÔNIO ALBUQUERQUE
CORNÉLIO PEREIRA MUNIZ DE BARROS
CRISTIAN MARCEL OLIVEIRA DE CARLI
CRISTIANO ALVES CAVALCANTE
DAGOBERTO DINIZ SOUZA
DIMITRIO SÉRGIO DA SILVEIRA
EDMUNDO DE SÁ FILHO
EDUARDO FLORENTINO RIBEIRO
EDVALDO ALMEIDA SILVEIRA
ÊNIO BRAGA DE CARVALHO
ERNANI DE ALMEIDA JACÓ
ERNANI JOSÉ VARELA DE MELO
FERNANDO ANTÔNIO VIEIRA DA SILVA
FERNANDO LIMA LOPES
FERNANDO MOREIRA PONTES
FLÁVIO CÉSAR BRUNO TEIXEIRA
FRANCIJAIME PINHEIRO COSTA
FRANCISCA SANDRA FARIAS
FRANCISCO AFONSO MACHADO BOTELHO
FRANCISCO ANTÔNIO DE MENEZES CRISTINO
FRANCISCO ARISTIDES FERREIRA
FRANCISCO CÂNDIDO SILVA
FRANCISCO CARLOS UCHÔA SALES
FRANCISCO CHARLES BRAVO DE ALENCAR
FRANCISCO DARIO MARTINS
FRANCISCO DAS CHAGAS SILVEIRA FILHO
FRANCISCO DOS SANTOS RUFINO
FRANCISCO EDÍLSON TEIXEIRA
FRANCISCO EDNALDO BESSA
FRANCISCO ERNESTO LINS CAVALCANTE
FRANCISCO FELIPE DE ALMEIDA
FRANCISCO FONTENELE VIANA
FRANCISCO ISLAU NUNES SILVA
FRANCISCO JOAQUIM  SAMPAIO
FRANCISCO JOSÉ MAGALHÃES SILVEIRA
FRANCISCO JUNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO ODERNES VASCONCELOS
FRANCISCO ODORINO FILHO
FRANCISCO SANFORD FROTA
FRANCISCO SOUTO VASCONCELOS
GABRIEL DE MESQUITA FACUNDO
GEORGE SATANDER SÁ FREIRE
GILBERTO MOITA
GILSON LINARD DE LIMA
GLICÉRIO MOURA JÚNIOR
GRIJALVA PARENTE DA COSTA
HENRIQUE ANTONIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE MAURO DE AZEVEDO PORTO
HENRIQUE MONTEIRO CARVALHO
HUMBERTO RODRIGUES PAZ
IRAN HOLANDA NOGUEIRA
ISABELA LOPES MARTIN
JACQUELINE GURGEL MOTA
JAIME MARQUES NOGUEIRA
JAIME VERAS SILVA FILHO
JANE MARY ALVES LOPES
JAN KEULY PESSOA AQUINO
JAYMIRTON DIÓGENES CAVALCANTE
JEFFERSON CAVALCANTE ALBUQUERQUE
JOÃO ANTONIO DESIDERIO DE OLIVEIRA
JOÃO BATISTA DE ALMEIDA
JOÃO EUFRASIO NOGUEIRA
JOÃO HILARIO COELHO CORREIA
JOÃO MATEUS FILHO
JOÃO MOTA MATOS
JOAO TARCISO ROCHA
JOAQUIM ALVES DO NASCIMENTO
JOAQUIM GOMES GARCEZ NETO
JOSÉ ADAILSON BARBOSA LANDIM
JOSÉ ANTONIO SOBRINHO
JOSÉ ARI RAMOS FILHO
JOSÉ BENEDITO SILVEIRA
JOSÉ DA ROCHA FORTE
JOSÉ DEODORO DE OLIVEIRA
JOSÉ DE OLIVEIRA BANDEIRA
JOSÉ DO CARMO DA SILVA MARINHO
JOSÉ ELIONILTON CABRAL FEITOSA
JOSÉ FERREIRA LOPES
JOSÉ FRANCISCO DOS SANTOS RUFINO
JOSÉ GABRIEL BEZERRA FILHO
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ HELÂNIO DE OLIVEIRA FACUNDO
JOSÉ LOURENÇO ARRAIS
JOSÉ LUIZ RIBEIRO REIS
JOSÉ MARDÔNIO DA COSTA
JOSE MARIA CRUZ
JOSÉ NILSON FARIAS SOUSA
JOSÉ RONALD CAVALCANTE SOARES
JOSÉ SÉRGIO PINHEIRO DIÓGENES
JOSÉ TÁVORA PINHEIRO
JOSÉ VERALDÊNIO LEITE
JOSÉ VIDAL DOS SANTOS
JOSÉ VIRGÍLIO LIMA PIRES
JOSÉ WANDERLEY ALVES COSTA
JOSÉ WILLIAM OSTERNO AGUIAR
JOSÉ WILSON ALVES CHAVES
LAÍS MARIA ROSSAS FREIRE
LÚCIA DE FÁTIMA SOUSA BOYADJIAN
LUCIANO MEDEIROS BERTINI
LUIS ANTÔNIO DE FARIAS
LUIS SERGIO DOS SANTOS
LUIZ ALVES DE FREITAS
LUIZ BERNARDO DA SILVA FILHO
LUIZ GASTÃO BITTENCOURT DA SILVA
LUIZ XIMENES FILHO
MAIARD DE ANDRADE
MANOEL MORAES LOPES
MANOEL  NELSON  SILVEIRA
MANOEL UBIRATAN CAVALCANTE PINHEIRO
MANUEL GOMES NETO
MARCELO PELAGIO DA COSTA BONFIM
MARCOS FIRMEZA DE MIRANDA
MARIA CARMÉLIA PEREIRA D’ALENCAR
MARIA DAS GRAÇAS BARBOSA
MARIA DAS GRAÇAS CORDEIRO DE PAIVA
MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO DIÓGENES
MARIA DE FÁTIMA FEITOSA GONÇALVES
MARIA DE FÁTIMA FERREIRA DE OLIVEIRA
MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA
MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA MENDES
MARIA DERIZELES BRAGA NOGUEIRA
MARIA DO CARMO PIERRE BARRETO
MARIA IONE DE SOUSA
MARIA IRANEDE VERAS ROSA
MARIA IRISMAN ALVES CIDADE
MARIA LIOZA DA SILVA
MARIA MILENE FREITAS RALSTON
MARIA SUZANA MOREIRA GIRARD
MÁRIO HÉLDER DE OLIVEIRA CARVALHO
MARTA MARIA DE CARVALHO LEDDY
MILENE FREITAS SAENZ CAPOVILLA
MOACELIO MORAES MELO
MOACIR FARIAS MARTINS
MUNIL DA SILVA TAQUES
NILO ALBERTO LOPES BARSI
ORLANDO LOURENÇO DE SOUSA
OSMUNDO EVANGELISTA REBOUÇAS
OTACÍLIO BORGES FILHO
PAULO ANDRE DE ANDRADE GOMES
PAULO CÉSAR SARQUIS QUEIROZ
PAULO MÁRCIO MARTINS DE OLIVEIRA
PAULO NAZARENO SOARES ROSA
PAULO NEY MARTINS
PEARL ARTHUR JULES ANTONIUS
PEDRO DOMINGOS DE SOUSA
PEDRO GERVÁSIO MOREIRA MARTINS
PEDRO TEIXEIRA CIDADE
PERBOYRE SILVA DIOGENES
RAIMUNDO ACINÉSIO BEZERRA
RAIMUNDO ANDRADE MORAIS
RAIMUNDO JACKSON PEREIRA DE SOUZA
RAIMUNDO NONATO CARNEIRO SOBRINHO
RAIMUNDO RODRIGUES DE SOUSA
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
RENÉ TEIXEIRA BARREIRA
RIGOBERTO BEZERRA DE QUEIROZ
ROBERTO CLÁUDIO FROTA BEZERRA
ROSLENE BITÚ ALENCAR
SANCHO RODRIGUES
SANCHO RODRIGUES OLIVEIRA
SIMÃO MARTINS DE SOUSA TORRES
TERESA CRISTINA DE ANDRADE RIBEIRO
TERTULIANO CÂNDIDO DE ARAUJO
TICIANA BEZERRA CASTRO
UBIRATAN FERREIRA LIMA
VALDIR PARENTE MACHADO
VICENTE ANTENOR FERREIRA GOMES FILHO
VICENTE FÉLIX DE SOUZA
VICENTE GONÇALVES DE PAULA FILHO
VIRGÍLIO PAULINO SOARES
WILDSON LOBO SANFORD FROTA
YARA GUERRA SILVA

Via http://www.cearanews7.com.br/

Cid Gomes tem dois secretários fichas sujas que deverão ser demitidos de seus cargos

Renê Barreira

A relação do Tribunal de Contas da União (TCU), entregue nesta semana ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os nomes de gestores públicos fichas sujas, traz dois secretários do governador Cid Gomes: Renê Barreira, secretário da Ciência e Tecnologia, e Otacílio Borges, secretário adjunto da Secretaria de Infraestrutura.

O governador Cid Gomes com a revelação da inclusão dois dois nomes de seus auxiliares na lista dos fichas sujas deve agora demiti-los de seus cargos seguindo a Constituição brasileira e cearense que proíbe que quem tem contas desaprovadas ocupe cargo público.

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou em abril de 2012 a Lei da Ficha Limpa para cargos públicos estaduais. Com isso, os secretários citados não poderiam estar ocupando os referidos cargos.

Veja a lista completa do TCU

Via

Chapa de oposição: Eunício se reúne com Tasso e Pessoa

O pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Eunício Oliveira, se reúne às 14h desta sexta-feira (26/06), com o ex-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, e o ex-senador Tasso Jereissati para discutir novos pontos da aliança com o PSDB, PR, DEM e PPS. A chapa de oposição, como antecipou nessa quinta-feira (26) o Ceará Agora, está pronta com Eunício (Governador), Roberto (Vice) e Tasso (Senador), mas precisa ser oficializada em convenção.

Eunício, Roberto e Pessoa discutem um discurso uniforme de oposição e a entrada dos partidos que estão na coligação nacional do PSDB na aliança liderada pelo PMDB no Ceará. O grupo de oposição formará o palanque do presidenciável Aécio Neves e poderá incluir, ainda, o Solidariedade, PTdoB, PHS, PSC e PPL. Tasso dirá para Eunício e Roberto que, no campo político e pré-eleitoral, somente o convite para vice do candidato Aécio Neves o tira da corrida ao Senado.

A pré-candidatura de Eunício ao Governo ganhou força nos últimos 10 dias após o comunicado ao Ministro da Articulação Política, Aloizio Mercadante, de que o PMDB do Ceará abriria o palanque para o tucano Aécio Neves. Os petistas ainda nutrem esperanças de Eunício apoiar a presidente Dilma na disputa pela reeleição. Entre os aliados do PMDB, essa possibilidade se esvaziou com a aproximação de Eunício do palanque de Aécio Neves.

O sinal dado pelo senador Eunício Oliveira em direção ao PSDB animou o ex-governador Tasso Jereissati e o ex-prefeito Roberto Pessoa. Ambos começaram a conversar no final do ano passado e, nos primeiros meses de 2014, mantiveram um diálogo que se transformou em compromisso de aliança.

Nas primeiras reuniões foi aberta a janela para apoio ao nome de Eunício desde que o PMDB cearense entrasse na base partidária do tucano Aécio. O tempo passou, Eunício rompeu com os irmãos Ferreira Gomes e decidiu se aproximar de Tasso e Roberto para compor a aliança de oposição. Essa coligação ganha ajustes nesta sexta-feira na reunião entre Eunício, Tasso e Roberto.

(Marcella de Freitas, Ceará Agora)

Fotos de candidatos (Leônidas ou Izolda) de Cid já foram para a gráfica em São Paulo

A pouco menos de 48 horas para o início das convenções que definirão os candidatos que disputarão as próximas eleições no Ceará, não tem mais volta a candidatura do deputado federal José Guimarães na disputa ao Senado. O material de campanha do petista já foi enviado para a gráfica em São Paulo.

O ex-secretário de Portos, Leônidas Cristino, também já teria enviado foto para impressão de material na capital paulista, o que aumenta a possibilidade de ser ungido como escolhido pelo governador Cid Gomes para disputar o Palácio do Abolição.A novidade da manhã desta sexta-feira, 27, é que o secretário de Saúde Ciro Gomes teria feito uma inconfidência e revelado que também há fotos da ex-secretária Izolda Cela em São Paulo.

Devido o apoio do governador Cid Gomes à candidatura de Guimarães ao Senado, o atual senador Inácio Arruda entraria na disputa como vice, o que desagrada. mas não há saída. Em uma conversa na noite de quarta, Ciro tentou demover o ex-presidente Lula a retirar a candidatura de Guimarães. Lula reagiu. Disse que se o nome de Guimarães atrapalhava o PROS cearense, o PT iria lançar a candidatura de Luizianne Lins ao Governo. Na mesma hora, Ciro recuou e engoliu sem mais reclamar a candidatura de Guimarães.

Caso o nome de Leônidas seja definido, o vice-governador, Domingos Filho (PROS), que também aparece na lista de candidatos ao Governo do Estado, pode ser indicado para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas do Municípios (TCM). Quanto a Zezinho Albuquerque, ele permaneceria como presidente da Assembleia Legislativa do Estado. E o quinto candidato, Mauro Filho, é cotado para ser nomeado ministro na vaga que os irmãos Cid e Ciro terão no segundo mandato da presidente Dilma.

O anúncio oficial pode ser feito neste sábado (28), após a partida entre Brasil e Chile, marcada para às 13 horas. Dependendo do resultado do jogo o anúncio só será mesmo no domingo (29).

Via http://www.cearanews7.com.br

Faça o teste gratuito de HIV na FIFA Fan Fest Fortaleza nesta quinta-feira (26)

Governo do Estado do Ceará

Prevenir, com zero infecção por HIV, zero discriminação e zero morte relacionada à Aids. Esse é o placar proposto pela campanha Proteja o Gol convocado pelo Programa das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) e pelo Ministério da Saúde nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo e que é realizada em Fortaleza pelas Secretaria da Saúde do Estado e pela Secretaria Municipal de Saúde da capital. Durante a campanha, nesse período do mundial de futebol, estão sendo distribuídos 220 mil preservativos e realizados testes rápidos para HIV durante a FIFA Fan Fest no Aterro da Praia de Iracema.  Foram realizados nos dias 18, 22, 25 e serão feitos também nesta quinta-feira (26). Local: vizinho ao Posto Médico Avançado, que fica na Avenida Historiador Raimundo Girão com a Avenida Rui Barbosa.

Com foco na prevenção e no diagnóstico precoce de HIV, a campanha Proteja o Gol em Fortaleza selecionou 20 voluntários entre estudantes de medicina e enfermagem da Unifor e da Faculdade Christus para a mobilização de torcedores e do público da Fan Fest. São distribuídas senhas aos interessados, das 12 às 16 horas, na sala de apoio das coordenações de controle da Aids do Estado e de Fortaleza, na arena montada no Aterro da Praia de Iracema.

A testagem rápida para HIV é feita a partir da coleta de uma pequena quantidade de sangue da ponta do dedo. Os exames, colocados em um dispositivo de testagem, dão o resultado minutos depois. Dependendo do diagnóstico, os encaminhamentos para os serviços de atendimento em doenças sexualmente transmissíveis já são feitos na hora. O resultado do teste rápido tem a mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição em laboratório.

A sala de apoio da campanha também conta com enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais que ficam à disposição do público para orientações e esclarecimento de dúvidas sobre HIV, Aids e outros doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). A aids é uma doença causada pelo vírus HIV e que é transmitida através da troca de secreções (sangue, esperma, secreção vaginal e leite materno) entre uma pessoa infectada e uma pessoa sadia, em situações como relações sexuais desprotegidas ou transfusões de sangue. Por isso, hábitos simples como o uso do preservativo durante o sexo e a utilização de seringas e agulhas descartáveis são a melhor forma para evitar a transmissão do vírus.

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá /  ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)
Twitter: @SaudeCeara
http://www.facebook.com/SaudeCeara

Comércio de Fortaleza comemora volta dos mexicanos: ‘Bons de gorjeta’

A classificação do México para as oitavas de final da Copa do Mundo não foi festejada apenas pelos jogadores e os torcedores do país. Os comerciantes de Fortaleza (CE) também comemoram o retorno da Tri (de Tricolor) à cidade, onde o técnico Miguel Herrera já comandou a equipe na primeira fase, no empate em 0 a 0 com o Brasil , no último dia 17, e enfrentará a Holanda no domingo, no Castelão.

– Esse jogo vai ser muito bom, porque os mexicanos já deram um movimento muito no comércio de Fortaleza no primeiro jogo, sem causar problema algum. Naqueles dias que eles estiveram aqui meu faturamento aumentou 80%. O melhor ainda é que eles são bons de gorjeta, dão até dez reais, ao contrário dos italianos, que pechincham tudo – conta o taxista Lázaro Barros, de 47 anos e há 15 rodando na praça.

A capital cearense já recebeu quatro partidas do Mundial. Foram elas: Uruguai 1×3 Costa Rica ,Brasil 0x0 México Alemanha 2×2 Gana Grécia 2×1 Costa do Marfim . Segundo o Ministério do Esporte, 94,5 mil estrangeiros estiveram no município para estes duelos, sendo 19.282 ingressos comprados pelos Estados Unidos , 14.525 pela Alemanha e 14.078 pelo México . Vale lembrar que a contabilização é feita pelo país de onde o torcedor adquiriu o bilhete, não necesariamente a nacionalidade do cliente. Dessa maneira, mexicanos residentes no território americano, o que é muito comum, são computados nos números dos Estados Unidos .

Para as duas próximas fases, a Secretaria de Turismo do Estado do Ceará estima que mais sete mil “mexicanos” e cinco mil “americanos” desembarcarão na capital, para a alegria do mercado local.

– Os mexicanos gastam mais que todos que passaram por aqui. Comeram muito peixe, camarão e enlouqueceram com a caipirinha. Tive até que adiar o fechamento para 2h30 ao invés das 23h30 de sempre. Espero que eles venham aqui de novo e que não estejam lisos depois de tudo o que já consumiram (risos) – brinca Flamarion Albuquerque, gerente de um restaurante ao lado ao hotel onde a delegação do México se hospdeu e aonde voltará agora, muito provavelmente com animação dos fanáticos pela vizinhança.

Taxista Lázaro Barros elogia as gorjetas dos mexicanos (Foto: Caio Carrieri)

Os famosos ambulantes do calçadão da Avenida Beira-Mar, onde fica a hospedaria e pela qual circulam diversos turistas, também aproveitam para faturar.

– Aumentei as minhas vendas em 40% e cheguei a vender 100 tapiocas em um dia só – comemora Antônio Nobre, de 43 anos, comerciante que cobra R$ 6 a unidade do produto.

Via http://www.espbr.com

Feira das Profissões da UFC tem inscrição prorrogada para cadastro de voluntários

Os alunos interessados em ser voluntários na 6ª Feira das Profissões da Universidade Federal do Ceará (UFC) podem se inscrever até o dia 11 de julho, no site da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd). Caso o estudante já tenha efetivado a inscrição e deseje mudar o dia ou o turno de participação, deve ser feito um novo cadastro. 

A Feira das Profissões acontece entre os dias 10 e 12 de setembro, no Campus do Pici, em Fortaleza, será realizado o evento. Ao final, os estudantes receberão certificados com carga horária de 32h para serem utilizadas como atividades complementares.

Também podem realizar a inscrição no site da Prograd as instituições de ensino que desejarem visitar a ação. Ao finalizar o processo, as escolas serão automaticamente aceitas. 

O evento é destinado para alunos do ensino médio de escolas públicas e privadas, mas é aberta para todo o público, e tem o objetivo de aproximar a Universidade dos alunos do ensino médio, auxiliando-os no processo de escolha do curso superior.

Redação O POVO Online

Túnel inaugurado há 18 dias em frente ao Castelão segue em obras

Inaugurado em 7 de junho, uma semana antes do primeiro jogo da Copa do Mundo que Fortaleza receberia (Uruguai x Costa Rica), o Túnel Demócrito Dummar, em frente ao Castelão e uma das principais obras do entorno do estádio, ainda segue em obras passados 18 dias da solenidade de entrega.

Na manhã desta quarta-feira, um dia após Fortaleza abrigar a vitória da Grécia por 2 a 1 sobre a Costa do Marfim, pelo Grupo C do Mundial, uma das pistas estava parcialmente interditada para que operários completassem o revestimento da parede interna. A placa que fica na entrada do túnel também tem letras faltando.

O Túnel Demócrito Dummar tem 440 metros de extensão e passa por baixo de uma rotatória construída em frente ao Castelão. Custou R$ 38,4 milhões, liga as avenidas Paulino Rocha e Silas Munguba e é uma das principais obras de mobilidade urbana de Fortaleza consideradas como legado da Copa.

As reformas no entorno do Castelão incluem também as revitalizações das avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro, duas das principais vias de acesso ao estádio e Aeroporto Internacional de Fortaleza, e custaram R$ 86,5 milhões. O prazo inicial, porém, era de conclusão em junho de 2013, antes da Copa das Confederações.

Após receber quatro partidas pela fase de grupos da Copa do Mundo, o Castelão será o palco de Holanda x México, neste domingo, às 13h, pelas oitavas de final.

(IG Economia)

Fortaleza: Festa holandesa começa às 7h de domingo, na Praia de Iracema

A festa holandesa promovida por torcidas organizadas da seleção em Fortaleza vai começar às 7h do domingo (29), no calçadão da Praia de Iracema, no espigão da Avenida Rui Barbosa. A festa é promovida pelas torcidas Ons Oranje e KNVB Clube Laranja e é articulada entre os integrantes das torcidas, o consulado da Holanda e a Federação Holandesa de Futebol, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopafor).

A festa já foi realizada em outras cidades brasileiras onde a Holanda jogou na Copa, como Salvador e São Paulo. O festival conta com bandas e culinárias holandesas e milhares de torcedores fantasiados.

Às 10h, os torcedores irão de ônibus em linhas especiais ao Castelão para assistir ao jogo contra o México, que começa às 13h. A linha sai de um ponto próximo ao local da festa, que deve ser definido e divulgado pela Prefeitura deFortaleza nesta quinta-feira (26).

“É a primeira vez que a praça da festa não é a uma curta distância do estádio, mas nos foram garantidos ônibus suficientes, especialmente para os fãs da Holanda. O espaço é adequado e com uma paisagem belíssima”, disse Gijs de Jong, componente da torcida organizada KNVB.

(G1 Ceará)

O que é um Trojan ou Cavalo de Troia?

Henrique Duarte, via http://www.techtudo.com.br

Um Trojan, ou Cavalo de Troia, é um programa que se oculta dentro de outro, legítimo, com a finalidade de abrir uma porta para que o hacker mal intencionado tenha acesso ao computador infectado.

A origem do nome remota a história da Guerra de Troia, quando os gregos, simulando uma redenção, ofereceram o Cavalo de Troia como presente ao rei da cidade rival, Troia. Após ser aceito, soldados gregos saíram de seu interior e abriram os portões da fortaleza, permitindo que os outros soldados entrassem e destruíssem a cidade, que está atualmente em território turco.

Em uma alusão à história acima, o Cavalo de Troia se passa por um programa ordinário mas, na verdade, abre portas para que o hacker descubra senhas ou invada sua máquina – um verdadeiro presente de grego. Suas duas principais variantes são o keylogger, geralmente utilizado para descobrir senhas, e o rootkit (também chamado de backdoor), que abre portas da sua máquina, facilitando a invasão e o roubo de dados.

Essas malícias estão presentes em diversos programas, sendo importante a cautela na hora de instalar algo de origem duvidosa. Podem se escondider, ironicamente, em programas que prometem limpar computadores de ameaças ou em protetores de telas aparentemente inofensivos.

Além do cuidado ao instalar esses programas que possuem origens suspeitas com instaladores desconhecidos ou enviados por mensagens de spam, é sempre indispensável possuir um antivírus atualizado. Boas opções são o KasperskyAvast e o Ad-aware.

Veja lista de jogadores nascidos no Estado do Ceará que poderiam ter ido a uma Copa

Osvaldo foi convocado por Felipão, mas ficou fora da Copa – Foto: Lancenet

Craques que brilharam por Ceará e Fortaleza entre as décadas de 1960 e 1970 ou por outros times mais recentemente, Mirandinha e Jardel no auge, Osvaldo em 2014… Na história do Brasil em Mundiais, muitos cearenses tiveram destaque em seus clubes e poderiam ter jogado uma Copa.

Destes, parte nem sequer foi cotada para a Canarinho, outros chegaram bem perto de estar num Mundial. Numa licença futebolística,O POVO listou cearenses, com ou sem passagem na seleção, que poderiam ter disputado uma Copa. Por merecimento, emergência ou fruto do acaso. Obviamente, a maioria relacionada sofreu com outros craques de suas épocas. Mas a Copa do Mundo também é para celebrar o romantismo boleiro. Onde o “se” desenterra boas lembranças e deixa a imaginação liberada. Um cearense ainda há de estar lá um dia.

RAFFAEL E OSVALDO/2014
Desde que chegou ao Borussia Monchengladbach, em 2013, Raffael deslanchou. Foi eleito o melhor meia do 1º turno do Campeonato Alemão na última temporada. Apesar disso, não despertou interesse do técnico Luiz Felipe Scolari para vestir a camisa da seleção brasileira. Filho do ex-lateral direito Caetano, o fortalezense bem que merecia ter sido testado.

O ponta Osvaldo até chamou a atenção de Felipão. Revelado pelo Fortaleza e com passagem pelo Ceará, o cearense teve boas atuações pelo São Paulo em 2012 e 2013, foi convocado para dois amistosos e era cotado para disputa da Copa das Confederações. Sem manter sequência e com concorrência forte, não vingou. 

DUDU CEARENSE E JÔNATAS/2010
Na trajetória do Brasil rumo à Copa de 2006, Dudu Cearense frequentou a seleção. Foi campeão da Copa América, em 2004. Nas eliminatórias para o Mundial da Alemanha, o volante esteve em listas do técnico Carlos Alberto Parreira. Dunga chegou a convocá-lo no pós-2006, mas perdeu destaque.

Outro cearense que chegou a ser convocado pelo treinador antes da Copa do Mundo de 2010 foi o volante Jônatas, então jogador do Flamengo. Ele esteve em um amistoso, contra a Noruega, mas não atuou. À época, o volante era destaque do rubro-negro. Foi para o Espanyol, voltou para o Brasil, mas nunca mais para a seleção. 

IARLEY/2006
Ídolo de Ceará e Ferroviário, Iarley explodiu tardiamente no futebol nacional e internacional. Jogou a Libertadores pelo Paysandu, atuou pelo Boca Juniors, até alcançar o ápice no Internacional. No Colorado, foi campeão de tudo em 2006, sendo decisivo no título Mundial contra o Barcelona. Não fosse a concorrência “estelar” da época, poderia sonhar em atuar pelo Brasil, ao menos uma vez, numa Copa.

ADRIANO/1998
Outra cria das bases do Ferroviário, o zagueiro Adriano se destacou pelo Sport. Em 1995, foi convocado por Zagallo para dois jogos. Já havia atuado na seleção sub-20, onde conquistou o Torneio Internacional de Toulon, contra a França. Foi apontado como uma renovação para a zaga pós-tetra. Jogou por Celta de Vigo (ESP) e Fluminense. Acabou esquecido na montagem da equipe para a Copa de 1998.

JARDEL/2002
O talento de Jardel na área – revelado no Ferroviário e ídolo de Grêmio e Porto – rendeu-lhe convocações, nos anos 1990 e 2000. Jogou sete vezes pelo Brasil e marcou um gol. Esteve cotado para a Copa da Coreia do Sul/Japão, por causa dos problemas físicos dos principais astros do setor, Ronaldo e Rivaldo. Havia uma carência goleadora do grupo de 2002, bastante questionado até as vésperas do início do Mundial. 

MIRANDINHA/1990
No final da década de 1980, o centroavante Mirandinha fez sucesso em grandes clubes brasileiros e na Inglaterra (Newcastle). O que rendeu a ele oportunidades na seleção brasileira. Era nome possível na lista para a Copa de 1990, mas acabou ficando de fora do elenco comandado por Sebastião Lazaroni na disputa do Mundial da Itália. Na época da convocação para o evento Fifa, o cearense estava no Palmeiras.

ALGUNS CASOS HISTÓRICOS
No início da década de 1960, voando alto na seleção cearense e no Fortaleza, Mozarzinho teria sido cogitado na seleção brasileira. Contudo, segundo aponta o pesquisador Saraiva Júnior, a disputa de posição com Pelé acabou por descredenciar o polêmico atacante. Não fosse o Rei, então, poderia até ter registrado um cearense entre os bicampeões mundiais de 1962. O aracatiense Babá, que brilhou no Flamengo entre 1954 e 1962, também foi apontado como candidato a um dos jogadores do “dream team” nacional. Ele vestiu a amarelinha em 1961, numa partida amistosa contra o Paraguai. Para o Mundial de 1974, o lateral direito Louro poderia estufar o peito para buscar um lugarzinho. Ele foi eleito pela Revista Placar o melhor da posição no Campeonato Brasileiro de 1974, quando atuava pelo Fortaleza.

NENHUM CEARENSE COTADO/1994
Não houve jogadores cearenses entre as convocações da seleção brasileira que antecederam a Copa do Mundo de 1994,nos Estados Unidos.

(André Victor Rodrigues, O Povo)

Rio deve superar projeção de 400 mil turistas na Copa

A chegada de estrangeiros e brasileiros de outros estados ao Rio de Janeiro desde o início da Copa do Mundo tem movimentado os principais pontos turísticos da cidade. Para o secretário Especial de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, com o avanço das seleções sul-americanas na competição é possível que seja ultrapassada, a projeção inicial de 400 mil turistas estrangeiros feita pela secretaria.

“Estamos observando que milhares de sul-americanos, mesmo sem ingressos estão vindo curtir e sentir o clima da Copa na cidade”, disse.

A Fifa Fan Fest, na orla de Copacabana, na zona sul do Rio, tem sido um grande ponto de encontro dos torcedores brasileiros e estrangeiros durante os jogos do Mundial. Segundo a Empresa de Turismo do Município do Rio (Riotur), entre a terça-feira (17) e segunda-feira (23), mais de 258 mil pessoas estiveram no local. Se levar em consideração o período desde o início do Mundial, o número sobe para 378 mil pessoas. Além disso, 2,6 mil jornalistas transmitiram para diversos países a animação dos visitantes naquela faixa da praia.

O Cristo Redentor, um dos mais importantes pontos turísticos do Rio, recebeu entre os domingos 15 e 22, 80 mil visitantes, o que representou um crescimento em relação a semana anterior quando foram ao local 50 mil pessoas.

Já o Pão de Açúcar, outro conhecido cartão-postal da cidade, que em períodos de movimentação normal de turistas recebe 3 mil visitantes por dia, na primeira semana da Copa foi visitado por 5 mil pessoas diariamente. Na segunda semana subiu para 8 mil turistas.

De acordo com a Riotur, foi grande também a procura pelos postos fixos de informações turísticas da empresa espalhados pela cidade. Na primeira semana da Copa foram atendidos 15,8 mil (75,5% de estrangeiros). Na semana seguinte aumentou para 17,1 mil atendimentos (87,4% estrangeiros). Nos 17 postos temporários, houve 18,7 mil atendimentos entre os dias 17 e 23 de junho e no período anterior foram18,5 mil. Os pontos mais procurados têm sido no metrô, Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim, Maracanã, Ipanema e estações do BRT (Bus Rapid Transit).

Para o presidente da Rio Eventos, Leonardo Maciel o clima festivo que o turista encontrou no Rio desde o começo da Copa está favorecendo o aumento de visitantes na cidade. Ele lembrou que por causa do Mundial, muitos chegaram de motorhome. Isso levou a Prefeitura a transformar o Terreirão do Samba, local de shows, no centro do Rio, em área de estacionamento desses veículos com serviços de banheiro e alimentação disponíveis.

“Isto foi muito legal e certamente as previsões do número de turistas vão superar. A cidade está cheia de visitantes e em cada evento a gente aprende como melhor receber. Acho que é um legado intangível. A gente melhorar a cada vez, porque isto sem dúvida, é uma fonte de renda para o Rio de Janeiro”, explicou.

Maciel explicou que desde a Copa das Confederações houve uma intensificação na sinalização de turistas estrangeiros. Além disso, a mobilidade também ficou favorecida com a inauguração da Transcarioca, via de ligação entre a Ilha do Governador, na zona norte, onde está localizado o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim.

“A pessoa que chega ao Aeroporto do Galeão pode usar uma linha direta de metrô para a estação de Vicente de Carvalho. Tem uma série de medidas que a Prefeitura adotou justamente pela demanda do público que viria para a Copa do Mundo, ou seja, um turismo internacional acentuado, e também nacional de pessoas que não conhecem o Rio e vêm para cá não somente para assistir aos jogos no Maracanã. Os turitas vão a Fan Fest, ao Cristo, Pão de Açúcar, a praia, ao Parque Madureira. A cidade está sendo bem explorada”, disse.

(Agência Brasil)

Fifa investigará Neymar pelo uso de sunga da grife Blue Man

Neymar com a sunga da grife Blue Man, com as cores da bandeira do Brasil, após a partida da seleção contra Camarões

A Fifa vai analisar a exposição da sunga por Neymar durante o jogo entre Brasil e Camarões. A entidade observa se o atleta quebrou regras de marketing da Copa do Mundo. A sunga de Neymar ficou aparente quando ele arrumava o uniforme durante o intervalo do jogo e após a partida, quando ele tirou a camisa da Seleção Brasileira.

A peça, que custa R$ 191, é da marca Blue Man. De acordo com nota divulgada pela empresa, a sunga foi enviada de presente para todos jogadores da Seleção Brasileira e não há contrato publicitário com Neymar.

Mas como a roupa é de uma marca diferente do uniforme padrão da CBF, pode configurar quebra das regras de marketing. O fato de não ter uma marca exposta pode amenizar a situação. A CBF é responsável por garantir que os jogadores cumpram as determinações do Mundial. Portanto, a entidade pode ser advertida pela Fifa.

( A Tarde)

STF rejeita tese de Joaquim Barbosa e permite trabalho externo de Dirceu

foto: montagem brasil 247

Por um placar de 9 a 1, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira (25) derrubar decisão individual do ministro Joaquim Barbosa, presidente da Corte, antigo relator do caso, e conceder autorização de trabalho externo para o ex-ministro José Dirceu, que está preso há dois meses no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

O plenário também resolveu que o novo relator do processo, ministro Luís Roberto Barroso, com base nos mesmos argumentos, poderá decidir sozinho em relação aos recursos de outros condenados que já estavam trabalhando e tiveram autorização revogada, como o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

Barbosa havia negado pedido de outros sete condenados para deixar a cadeia durante o dia para trabalhar sob o argumento de que a lei exige o cumprimento de pelo menos um sexto da pena para conceder o benefício, o que não era o caso.

No entanto, a maioria dos magistrados entendeu que a decisão de Barbosa contrariava jurisprudência criada pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) há 15 anos, que definiu que a regra só serve para presos em regime fechado (penas acima de oito anos) e não no regime semiaberto.

Varas de Execuções Penais de todo o país têm seguido essa jurisprudência e eventual mudança teria impacto em todo o sistema prisional.

Condenado a 7 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa, Dirceu cumpre a pena no presídio da Papuda, nos arredores de Brasília, desde novembro passado.

No caso de Dirceu, que pleiteia trabalho na biblioteca do escritório do advogado José Gerardo Grossi, que já foi ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e é um dos mais renomados criminalistas de Brasília, Barbosa considerou ainda que o local não seria adequado porque dificultaria a fiscalização do cumprimento do trabalho externo, além de considerar a proposta um “arranjo entre amigos”.

Pelo trabalho, Dirceu vai receber R$ 2.100.

O plenário discordou mais uma vez e entendeu que não considerava adequado desqualificar a oferta de trabalho. O relator, porém, propôs que, no futuro, se discuta a conveniência de presos trabalharem em escritórios de advocacia, considerados invioláveis pelo código da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o que colocaria em xeque o monitoramento das atividades pelo preso.

“Não vejo fundamento legítimo que justifique dar tratamento desigual aos condenados na ação penal 470 [conhecida como mensalão] ou, pior, promover um retrocesso geral no item e restringir as perspectivas já limitadas dos apenados pelo sistema”, disse Barroso.

A Corte, no entanto, por maioria, debateu a questão da exigência sobre o cumprimento de um sexto da pena e discordou de Barbosa sob o argumento de que já há jurisprudência contrária.

Barbosa também tinha rejeitado o pedido sob alegação de que a concessão de trabalho externo seria desnecessário porque ele já exerce tarefas internas na biblioteca do presídio e na faxina. Para o novo relator, no entanto, o trabalho interno “não preenche exigências da lei de Execuções Penais quanto à jornada ou à remuneração”.

Barroso foi seguido pelos ministros Dias Toffoli, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski. O único a votar contra foi o ministro Celso de Mello.

Barbosa, que renunciou à relatoria, não participou do julgamento após ficar“impedido” ao entrar com uma representação criminal contra o advogado de Genoino, Luiz Fernando Pacheco. Barbosa e Pacheco protagonizaram um bate-boca há duas semanas no plenário que resultou na expulsão do advogado.

Além de deixar o processo, Barbosa já anunciou que irá se aposentar até o final deste mês.

Ainda não há previsão de quando Dirceu começará a trabalhar. A decisão Supremo precisará ser comunicada à Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, o que pode acontecer nos próximos dias, para que a Vara informe o presídio sobre a autorização de trabalho.

(Política, Uol)

Turistas gastaram R$ 500 milhões em Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo

Os turistas que viajaram a Fortaleza na primeira fase da Copa do Mundo injetaram, de forma direta, cerca de R$ 500 milhões na economia da cidade. Os números foram apresentados nesta quarta-feira (25.06) em entrevista coletiva no Centro Aberto de Mídia (CAM). Segundo o secretário especial da Copa do Ceará (Secopa), Ferruccio Feitosa, os principais gastos dos visitantes brasileiros e estrangeiros foram com hospedagem, comércio, serviços e passeios turísticos.

Entre os 167 mil visitantes que compraram ingressos para as quatro partidas da primeira fase na Arena Castelão, 94,5 mil eram estrangeiros e 72,5 mil de outros estados do País. No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo e ocupação de 93%. Se forem contabilizados os visitantes que viajaram à capital cearense sem ingressos para os jogos no Castelão, a estimativa é de que mais de 200 mil pessoas passaram pela cidade na primeira fase.

Próximas partidas

Para os jogos das oitavas e quartas-de-final no Castelão, segundo o secretário Ferruccio Feitosa, 91,8 mil turistas compraram ingressos. A partida entre Holanda e México, no próximo domingo (29.06), terá 28,4 mil estrangeiros e 16 mil visitantes de outros estados. A expectativa é de que 7 mil mexicanos e 1,5 mil holandeses compareçam à partida. Já o duelo das quartas-de-final prevê 19,8 mil turistas de outros países e 27,6 mil brasileiros. As duas partidas devem ter público de mais de 60 mil pessoas cada.

Fan Fest

Já a arena da Fan Fest, no aterro da Praia de Iracema, registrou 357 mil pessoas na fase inicial da Copa (média de 25,5 mil por dia). O pico de público foi registrado no dia da partida entre Brasil e México, em 17 de junho, quando 44 mil pessoas passaram pelo espaço. Já no último sábado (21.06), quando Alemanha e Gana se enfrentavam na Arena Castelão, a Fan Fest registrou 38 mil torcedores. Foram 357 atendimentos médicos no posto de saúde da Praia de Iracema, com 49 remoções para hospitais da cidade.

“Os números mostram que vale a pena sediar uma Copa do Mundo. Sempre enxergamos o evento como uma oportunidade de apresentar Fortaleza para o Brasil e para o mundo. Estamos vendo aqui uma verdadeira confraternização, onde pessoas de vários países estão se encontrando e celebrando a paz por meio do futebol”, disse Feitosa. “Estamos realizando em Fortaleza a ‘Copa das Copas’ na sede das sedes”, afirmou a secretária extraordinária da Copa de Fortaleza (Secopafor), Patrícia Macedo.

 

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images# No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo

No total, o estádio recebeu 237,7 mil torcedores – média de 59,4 mil por jogo

 

 

Transporte

Mais de 183 mil pessoas utilizaram os 300 ônibus especiais para se deslocar ao Castelão na primeira fase do Mundial – média de 45 mil por partida. No total, foram 40 mil torcedores no duelo entre Uruguai e Costa Rica, 45 mil em Brasil e México, 50 mil em Gana e Alemanha e outras 48 mil no jogo entre Grécia e Costa do Marfim.  Além deles, 12 mil torcedores com mobilidade reduzida foram transportados até a porta do estádio por meio dos micro-ônibus especiais.

Resíduos sólidos

Os 100 catadores de materiais recicláveis que trabalham em Fortaleza durante a Copa recolheram 22,5 toneladas de resíduos no entorno do Castelão e na área da Fan Fest, na Praia de Iracema. A expectativa é de que mais de 30 toneladas sejam coletadas até o fim do Mundial.

Números da Copa em Fortaleza

Torcedores no Castelão
237,7 mil (167 mil turistas)
Média: 59,4 mil por jogo
Ocupação: 93%

Próximos 2 jogos
120 mil pessoas (91,8 mil turistas)

Fan Fest
357 mil pessoas
Média: 25,5 mil por dia

Atendimentos médicos
Fan Fest: 357, com 49 remoções
Castelão: 79 atendimentos, com duas remoções

Transporte – ônibus extras para o Castelão
183 mil pessoas
Média: 45 mil por jogo

Resíduos
22,5 toneladas recolhidas  no Castelão e Fan Fest

Segurança
16 prisões em flagrante nas áreas de concentração de torcedores

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

TAGS:

 

Festival exibe filmes sobre futebol em cinema de Fortaleza

Fortaleza recebe um especial de filmes de futebol, no cinema Dragão do Mar, a partir desta quarta-feira, 25, às 18 horas, com exibição do curta “Gaúchos Canarinhos”. Progrmação segue até sexta-feira, 27, e faz parte do CINEfoot, festival de cinema da América Latina exclusivamente dedicado aos filmes sobre o esporte.

O filme que abre a edição do evento em Fortaleza, “Gaúchos Canarinhos”,  conta a história de um criador e de sua maior criação: a camisa amarela da seleção brasileira de futebol, criada pelo gaúcho Aldyr Schlee. A peça foi ganhando significado com as conquistas do futebol brasileiro mundo afora, principalmente após a Copa do Mundo de 1970.

Além de Fortaleza, outras cidades-sede da Copa do Mundo 2014 terão exibições especiais. A programação completa pode ser acessada no site do festival, através do link.

Serviço
CINEfoot em Fortaleza
Local: Cinema Dragão do Mar, rua Dragão do Mar, 81, na Praia de Iracema
Horário: A partir das 18 horas
Programação: 
Quarta-feira, 25

– GAÚCHOS CANARINHOS (RS)
Dir. Renê Goya Filho (15 min)
– DOSSIÊ 50: COMÍCIO A FAVOR DOS NÁUFRAGOS (RJ)
Dir. Geneton Moraes Neto (81 min)
Quinta-feira, 26
– EL OTRO SUPERCLASSICO (SP)
Dir. Santiago Dulce (7 min)
– LOOKING FOR RIO (França)
Dir. Emmanuel Besnard e Gilles Perez (66 min)
Sexta-feira, 27
– LOUCOS DE FUTEBOL (CE)
Dir. Halder Gomes (22 min)
– JOÃO (RJ)
Dir. André Iki Siqueira e Beto Macedo (90 min)

Redação O POVO Online

Neymar vence ação, e Justiça suspende venda de Playboy com suposto affair

http://imguol.com/c/esporte/2014/06/10/patricia-jordane-1402442681423_615x300.jpg

O atacante Neymar ganhou na Justiça uma ação que movia contra a revista Playboy, que usava seu nome na edição de junho. A 3ª Vara Cível da Capital determinou a suspensão da venda da publicação.

Em nota publicada em seu site, Neymar diz que a publicação masculina divulga “uma mentira sobre a vida pessoal” do atacante e utiliza indevidamente o seu nome, sem autorização NR Sports, empresa detentora dos direitos de exploração da imagem, nome e seus atributos.

Com isso, a Editora Abril terá de retirar das bancas os exemplares da publicação que estão à disposição. Além disso, a Playboy não poderá veicular a campanha publicitária com a capa da publicação que traz a frase “a morena que encantou Neymar”.

Caso a decisão judicial não seja cumprida, a editora poderá ser multada no valor de R$ 10 mil por dia.

A capa da revista Playboy de junho deste ano traz a morena Patrícia Jordane. Ela afirma ter tido um relacionamento com Neymar na virada do ano de 2012 para 2013.

A morena, em entrevista ao UOL Esporte, chegou a afirmar que Bruna Marquezine havia sido traída por Neymar no início do relacionamento. Segundo Patrícia, os dois tiveram um caso até o Carnaval de 2013, quando o jogador assumiu a relação com a atriz.

(Copa do Mundo, Portal Uol)

Castelão encerra primeira fase com média de 59 mil torcedores por jogo

Em quatro jogos disputados na primeira fase da Copa do Mundo, a Arena Castelão, em Fortaleza, recebeu público total de 237.737 mil pessoas – média de 59.434 mil por partida. O duelo com mais torcedores no estádio ocorreu em 17 de junho, quando Brasil e México empataram por 0 x 0 diante de 60.342 torcedores. Em segundo lugar aparece o jogo Alemanha e Gana, com 59.621 pessoas. A partida realizada nesta terça-feira (24.06) entre Grécia e Costa do Marfim registrou 59.095, enquanto a derrota do Uruguai para a Costa Rica foi acompanhada por 58.679 espectadores. 

Com capacidade para 63.903 pessoas, o Castelão teve ocupação média de 93% na primeira fase. Do total de público presente, segundo informações da Secretaria Especial da Copa no Ceará (Secopa), 168 mil estão entre turistas nacionais e estrangeiros. “O estádio é confortável e bem localizado, com fácil acesso. A visão também é boa de qualquer lugar”, afirmou o turista capixaba Fernando Melo, que acompanhou a partida entre Alemanha e Gana, no sábado (21.06) e voltou para assistir Grécia e Costa do Marfim, nesta terça-feira.

Grécia x Costa do Marfim

Segundo a Secretaria de Turismo do Ceará (Setur), pelo menos 31,9 mil turistas acompanharam a partida entre Grécia e Costa do Marfim no Castelão. Destes, 12,7 mil foram visitantes de outros estados e 19,2 mil estrangeiros. Além deles, mais de 27 mil ingressos foram vendidos para moradores da capital cearense e da região metropolitana.

Entre os estrangeiros presentes nesta terça-feira, a maioria foi de norte-americanos, com 5,6 mil bilhetes comprados. Os ingleses apareceram em segundo (1,6 mil), seguidos por alemães (1,3 mil), australianos (1,2 mil) e canadenses (1 mil). Os paulistas, com três mil ingressos adquiridos, lideraram entre os visitantes brasileiros.

Jogos e público na primeira fase em Fortaleza

Brasil 0 x 0 México (17.06) – 60.342
Alemanha 2 x 2 Gana (21.06) – 59.621
Grécia 2 x 1 Costa do Marfim (24.06) – 59.095
Uruguai 1 x 3 Costa Rica (14.06) – 58.679

Total: 237.737
Média: 59.434
Ocupação: 93%

Thiago Cafardo, do Portal da Copa em Fortaleza

Via http://www.copa2014.gov.br

iPhone 6 entra em produção em julho, diz Bloomberg

O próximo iPhone, que deve ser lançado em duas versões com tamanhos de tela diferentes, pode entrar em produção no próximo mês, segundo informações do site Bloomberg.

iPhone 6 deve chegar em versões com 4,7 polegadas e 5,5 polegadas, maiores que o atual iPhone 5s com tela de 4 polegadas. 

No entanto, ainda há divergências sobre o lançamento de ambos os modelos. Para a Bloomberg, fontes afirmaram que os aparelhos chegam juntos em meados de setembro, mas possíveis atrasos na produção da versão com tela maior podem fazer com que o lançamento do iPhone 6 de 5,5 polegadas fique para o final do ano.

Ambos os modelos trarão uma tecnologia de toque embutida na tela permitindo a construção de um aparelho mais fino — algo que foi introduzido já no iPhone 5. Além de um design mais arredondado nas beiradas. 

Além do iPhone 6, rumores sobre o relógio iWatch também ganharam força e sugerem que o dispositivo entrará em produção no mesmo período para lançamento comercial em outubro deste ano.

O primeiro relógio da Apple deve trazer uma tela retangular de 2,5 polegadas com sensores para monitorar os batimentos cardíacos do usuário. Será necessário o uso de um iPhone para parear os dispositivos e receber e enviar mensagens e conteúdos de voz entre outros usuários. 

Via http://info.abril.com.br

Jogo do Brasil X Camarões teve recorde de ligações e envio de fotos

A partida entre Brasil e Camarões no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, na segunda-feira (23) teve recorde no envio de fotos pelas redes de telefonia móvel, de acordo com pesquisa do SindiTelebrasil, entidade que representa as operadoras de telefonia que atuam no país.

Durante a partida da seleção foram feitas 181 mil ligações e 1,57 milhão de comunicações de dados, incluindo e-mails, envio de imagens e mensagens multimídia. Esse tráfego equivale a cerca de 1,6 milhão de fotos, com tamanho médio de 0,55 MB, e foi 10% a mais que o recorde anterior, na partida entre Argentina e Bósnia, no dia 15 de junho, no Maracanã. Na ocasião foram feitas 1,42 milhão de comunicações de dados, de acordo com a entidade.

Na rede de telefonia móvel, o maior volume de dados trafegados ficou concentrado na tecnologia 3G. Para medir o tráfego, o SindiTelebrasil considerou um período de sete horas, começando três horas antes da partida e se encerrando duas horas depois do jogo.

Nesse período, a entidade aponta que o tráfego de dados foi equivalente a 725 mil comunicações de dados pela tecnologia 3G e 318 mil pela tecnologia 4G, que representou cerca de 20% do tráfego total de dados. Pela rede WiFi das prestadoras também foi verificado tráfego intenso, de 532 mil comunicações de dados.

Também nesta partida foi batido recorde de maior período de pico de envio de dados, que começou às 15h e se estendeu até 18h. Os dados mostram que a rede suportou um volume intenso de conexões por três horas ininterruptas, bem acima da média dos demais jogos, de uma hora de duração do pico.

A rede para chamadas telefônicas superou em chamadas as partidas anteriores, cujo recorde havia sido de 154 mil ligações, no Maracanã. O período com o maior número de ligações ocorreu entre 15h e 16h e voltou a crescer no fim da partida.

Ao todo, 4.738 antenas fazem parte da infraestrutura interna instalada pelas prestadoras nas arenas. Para a instalação da infraestrutura de telefonia móvel e de banda larga, as prestadoras fizeram uma parceria para a implantação de um projeto único, com investimentos de R$ 226 milhões e infraestrutura compartilhada. Especialmente no Mané Garrincha, foram instaladas 614 antenas em todo o estádio, ligadas por 17 quilômetros de fibras ópticas.

Além da cobertura “indoor”, que permanecerá instalada nos estádios depois da Copa, as empresas de telefonia também investiram R$ 1,3 bilhão nas cidades que sediam os jogos, ampliando em 28%, em média, a infraestrutura que ficará de legado para a população. Nas 12 cidades, entre 2013 e 2014, foram instaladas mais de 15 mil novas antenas de 3G e 4G. Os clientes das prestadoras contam ainda com aproximadamente 120 mil pontos de WiFi nas 12 cidades. Essa infraestrutura de telefonia móvel vem sendo reforçada por mais de 10 mil quilômetros de fibras ópticas. Em Brasília, desde o ano passado foram instaladas 1.195 novas antenas e a cidade conta com 1,7 mil pontos de WiFi.

(G1 SP)

Castelão, em Fortaleza, tem média de 44.422 turistas por jogo


Jornal de Luzilândia
Não é novidade que Fortaleza foi ‘invadida’ por estrangeiros para os jogos da Copa. E a grande presença de turistas na Arena Castelão para os jogos tem sido um dos destaques da capital cearense durante o Mundial. Com 74,6% dos ingressos adquiridos por turistas a cada jogo, o estádio pode se orgulhar da média de 44.422 torcedores estrangeiros por partida, que seria capaz de lotar seis dos 12 estádios da Copa.

Arena das Dunas, em Natal; Arena Pernambuco, em Recife; Arena Amazônia, em Manaus; Arena Pantanal, em Cuiabá; Arena da Baixada, em Curitiba; e o estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, são os estádios. Ao todo, 133.266 dos 178.642 torcedores que estiveram presentes nos jogos em Fortaleza foram turistas.

Segundo levantamento do Ministério do Esporte, com o duelo entre Alemanha e Gana, que ocorreu no último sábado (21) e contou com grande presença de germânicos nas arquibancadas do Castelão, o número de turistas estrangeiros cresceu ainda mais em relação aos turistas brasileiros – 42% para estrangeiros e 32,6% para brasileiros -, enquanto os fortalezenses ficaram com 25,4% dos ingressos.

“Copa do Mundo é o maior exemplo de que o Brasil precisa pensar grande. Tem razão da Fifa quando exige padrão de qualidade. Sem dúvidas, a Copa eleva nossa autoestima. Em Fortaleza, fiquei muito impressionado com o que vi de beleza e organização de evento. A economia, então, absolutamente aquecida. Nosso país precisava dessa lição para pensarmos maior. O Brasil é visto pelos estrangeiros como um país extraordinário. Foi o que presenciei em Fortaleza durante o jogo de Alemanha e Gana” – disse Nixonn Freitas Pinheiro, filho do procurador Miguel Dias Pinheiro no seu retorno a Teresina.

“Fortaleza vive um clima cosmopolita e já podemos considerar a Copa um sucesso total. Temos belezas naturais e culturais que encantam os visitantes e ainda fomos agraciados com ótimos jogos, que chamam a atenção da mídia e dos turistas para Fortaleza e o Ceará”, destaca Ferruccio Feitosa, secretário Especial da Copa 2014 no Ceará.

Belo Horizonte, Natal, Cuiabá e Fortaleza têm hoje jogos da Copa

Depois da classificação, nessa segunda-feira (23),  do Brasil, México, da Holanda e do Chile, o torcedor terá hoje mais quatro jogos. As partidas do mesmo grupo ocorrem no mesmo horário.

Às 13h (horário de Brasília), a surpresa do torneio até o momento, a Costa Rica, enfrenta a já eliminada seleção da Inglaterra, em Belo Horizonte. Classificado, o time da América Central precisa apenas de um empate para garantir o primeiro lugar do Grupo D. No outro jogo, Itália e Uruguai vão disputar a segunda vaga, também às 13h, na Arena das Dunas, em Natal. Os uruguaios depositam muita esperança no futebol de Suárez, autor dos dois gols contra a Inglaterra, para avançar. Os italianos, por sua vez, precisam se recuperar após a derrota para a Costa Rica e, para isso, esperam um bom jogo do atacante Balotelli. Os dois times têm 3 pontos, mas a Itália fica com a vaga com apenas um empate, por levar vantagem no saldo de gols.

Pelo Grupo C, a Colômbia, já classificada, joga contra o Japão, em Cuiabá, às 17h (horário de Brasília). Um empate dá aos colombianos o primeiro lugar do grupo. Os japoneses têm uma conta mais complicada a fazer. Eles precisam vencer e torcer para que a Costa do Marfim não ganhe da Grécia no outro jogo do grupo, também às 17h, no Castelão, em Fortaleza. Em caso de empate entre africanos e gregos, o saldo de gols será o critério de desempate. Caso a Grécia saia vencedora e o Japão também, o saldo de gols novamente será determinante para definir quem se classifica entre os dois times.

Se a Costa do Marfim quiser descomplicar o grupo, basta vencer seu jogo e garantirá a segunda vaga. Em caso de derrota ou empate, fica dependendo do resultado entre Colômbia e Japão. Uma vitória da Colômbia classifica os marfinenses, caso não percam seu jogo. Eles apostam novamente em Drogba, que tem entrado no decorrer das partidas, para passar de fase. Os gregos ainda não marcaram gols na competição e se quiserem classificar terão que melhorar muito seu desempenho contra os africanos, principalmente porque têm o pior saldo de gols entre os quatro times do grupo.

(Marcelo Brandão, Agência Brasil)

Incêndios na zona sul e oeste de SP deixam uma pessoa morta e 19 famílias desabrigadas

Incêndios ocorreram na madrugada desta segunda Reprodução/Rede Record

Dois incêndios ocorridos na madrugada desta segunda-feira (23) deixaram 19 famílias desabrigadas e uma pessoa morta em São Paulo. Um dos casos ocorreu na zona oeste e o outro na zona sul, segundo o Corpo de Bombeiros.

Um homem de 42 anos morreu após o fogo atingir o piso inferior de sua casa no jardim Maria Duarte, zona sul. Apesar de o resgate agir rápido, a vítima morreu carbonizada. Os bombeiros suspeitam que uma ponta de cigarro ou um fogão aceso tenha provocado o incêndio.

No bairro do Jaguaré, zona oeste, 40 barracos de uma comunidade foram destruídos depois das labaredas queimarem uma área de 800 m².

De acordo com os bombeiros, as causas do incêndio, que demorou uma hora para ser controlado, ainda são desconhecidas. Uma criança teve que ser levada ao hospital porque inalou fumaça. As 19 famílias desabrigadas foram cadastradas pela Defesa Civil.

(R7 com SP no Ar)

Lula convence Luizianne a se candidatar a deputada pelo Ceará

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins e o ex-presidente Lula (Foto: Divulgação)

A ex-prefeita de Fortaleza Luizianne Lins (PT) tentou ganhar a vaga de candidata ao Senado até a semana passada.

Ensaiou até uma reaproximação com o governador Cid Gomes (Pros), obrigando a ambos a sublimar divergências passadas.

Num último esforço, conversou em São Paulo com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele a convenceu a disputar a Câmara e deixar a vaga de senador para o petista José Guimarães.

Via http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/felipe-patury

Vitória do Chile levará caravana de mil veículos de São Paulo a Fortaleza

Torcida vermelha e branca presente em grande número para Chile x Austrália na Arena Pantanal (Foto: EFE)

Depois de percorrer mais de sete mil quilômetros entre Santiago e São Paulo, a caravana com mais de mil veículos chilenos que acompanha os jogos do Chile na Copa do Mundo se prepara para cair na estrada novamente.

Desta vez, a aventura poderá levá-los a cruzar o Brasil, num percurso de mais de três mil quilômetros — ou quatro dias — até Fortaleza.

A próxima etapa da Caravana Santiago — Brasil 2014 será decidida na Arena Corinthians nesta segunda-feira (23), quando o Chile disputa com a Holanda o primeiro lugar do grupo B.

Em caso de derrota, o comboio com mais de três mil chilenos segue para Belo Horizonte para ver “La Roja” jogar as oitavas de final. Mas, se vencer, seu destino será o Nordeste do Brasil.

Eles não contam com condições ideais de conforto e higiene, mas por enquanto não reclamam. Viajando pelo Brasil de carro desde o país vizinho, os participantes da caravana já conquistaram muitos brasileiros e transformam todos os lugares por onde passam em uma grande festa.

Uma multidão de barracas espalhadas pelo chão, toalhas e roupas penduradas em todo o lugar, banheiros improvisados, música alta, bastante bebida e muita diversão — o cenário da caravana chilena lembra o de jogos universitários, quando estudantes vivem um “universo paralelo”, dormindo em barracas ou sacos de dormir, à base de muita bebida, em uma grande festa que dura os quatro ou cinco dias de um feriado.

Mas para esses chilenos, a festa já durou muito mais e, se depender deles, só terminará no dia 13 de julho, com o Chile na final.

Veja como chegar à Arena Corinthians de transporte público para jogo entre Holanda e Chile   Sem feriado, prefeitura amplia rodízio e tenta evitar caos; veja todas as alterações da cidade nesta segundaSete mil km percorridos

Tudo teve início no dia 7 de junho, quando milhares de chilenos de todas as partes do país se juntaram em comboio, atravessaram a Argentina e entraram no Brasil por Foz do Iguaçu.

De lá, foram a Cuiabá (onde o Chile estreou na Copa contra a Austrália no dia 13), Rio de Janeiro (para o jogo do dia 18, contra a Espanha) e agora estão em São Paulo, somando por enquanto mais de sete mil quilômetros percorridos. O jovem Gonzalo Salinas, de 25 anos, veio com outros dois chilenos na “caravana” do amigo Michel Díaz, o motorista do grupo.

— É uma experiência única. Conhecemos muita gente, o Brasil é um país maravilhoso. Está sendo uma grande festa. Aliás, onde é a festa hoje aqui em São Paulo?

Jovens, adultos e até crianças viajam em carros, vans, trailers e ônibus. Uma ambulância acompanha o grupo para eventuais emergências. Em cada cidade onde o Chile joga há um lugar reservado para eles, literalmente, montarem acampamento com toda a segurança de que precisam.

Os organizadores da Caravana mobilizaram esforços junto às prefeituras e conseguiram a liberação de espaços para abrigar a multidão chilena, que é vigiada de perto pela Polícia Militar.

Em Cuiabá, os torcedores chilenos ficaram no Estádio Municipal da cidade. No Rio de Janeiro, conseguiram um espaço em Itumbiara, mais distante do centro da cidade. E em São Paulo, eles começaram a chegar no último domingo, onde estão “hospedados” no Sambódromo do Anhembi, como conta Rúben Castro. 

— Aqui temos tudo, só falta o samba.

Um dos “cinquentões” da Caravana, Castro trouxe seu filho e alguns amigos para a viagem.

Samba eles realmente não tinham, mas a música chilena chamava a atenção no carro ao lado, de um grupo mais jovem, que assava seu churrasco e esquentava a noite paulistana com vinho chileno. Cerveja também tinha de sobra: a única coisa em falta, segundo Gonzalo, eram “mujeres”.

— É o único problema dessa caravana. Tem muito homem.

Jogos

Pagando 55 mil pesos chilenos para utilizar os acampamentos da Caravana — o equivalente a R$ 220 —, muitos torcedores se aventuraram na viagem sem ingressos para os jogos. Eles estão tentando a sorte às vésperas das partidas.

A estratégia tem sido ir ao estádio um dia antes ou chegar no dia da partida com bastante antecedência para tentar obter uma entrada.

Herman Molina foi um dos sortudos que conseguiu comprar em cima da hora ingressos para os jogos contra a Espanha, no Maracanã, e contra a Holanda, nesta segunda-feira, na Arena Corinthians. Ele pagou R$ 2 mil pelo primeiro e R$ 1,5 mil pelo segundo.

— Foi um preço OK. Achei barato. 500 mil pesos chilenos só no Maracanã e aqui ainda paguei menos.

Outros participantes da Caravana, porém, acharam muito caro os valores pedidos pelos ingressos e preferem aproveitar a Copa sem estar nas arquibancadas. Na hora do jogo, eles se aproximam do estádio para curtir o “clima” do lado de fora e depois assistem à partida em outro lugar nos arredores ou na fan fest.

“Rock stars”

Sempre embalados pelo canto que já ficou famoso nas ruas brasileiras — ‘Chi-chi-chi-lê-lê-ê, Viva Chile’ —, os chilenos fazem sucesso por onde passam.

No último domingo (22), enquanto Chile e Holanda treinavam na Arena Corinthians, do lado de fora os torcedores sul-americanos se tornaram a “atração” para muitos brasileiros, que posavam para fotos ao lado deles e prometiam sua torcida para o jogo desta segunda, como conta Herman.

— Os brasileiros nos adoram. No Rio de Janeiro, estávamos no metrô e todos pediam para tirar fotos. Até perdemos a estação que tínhamos que descer para atender a todo mundo. Somos como um ‘rockstar’ aqui.

A “química” entre chilenos e brasileiros tem ajudado a vencer dificuldades como estradas com pistas de má qualidade e falta de sinalização. Muitos participantes da caravana viajam sem GPS nem mapas, dependendo apenas de placas para se localizarem. Mas, segundo Neftalí Barría, eles contam com a solidariedade dos brasileiros dispostos a ajudar.

— Se falava muito antes que o Brasil é perigoso, que vocês vão ser roubados, que a Copa vai ser um desastre. Mas até agora, nada disso aconteceu. Está tudo maravilhoso, o Brasil é um país lindo, com um povo fantástico. Não tivemos nenhum problema.

Se estão cansados?

— Um pouco, mas não há cansaço para torcer por La Roja.

A declaração foi dada por Rúben Castro.

(BBC Brasil)

Trabalhadores da construção civil de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú entram em greve nesta segunda

Trabalhadores da construção civil entraram em greve na manhã desta segunda-feira (23) em Fortaleza, Maracanaú e Caucaia. De acordo com Nestor Bezerra, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF), 18 passeatas estão previstas para acontecer nesta segunda.

Segundo ele, cerca de 10 mil trabalhadorescruzaram os braços por tempo indeterminado em protesto por melhoria salarial, aumento no benefício do plano de saúde, melhores condições de trabalho, aumento nos auxílios da cesta básica, combustível e creche.

A decisão foi tomada em assembleia com a presença de mais de 2 mil trabalhadores no dia 11 de junho. Um protesto de cerca de 300 trabalhadores está previsto para acontecer na manhã desta segunda (23) no Centro de Maracanaú.

Reivindicações

Os trabalhadores pedem plano de saúde, 15% de aumento nos salários, cesta básica de R$ 120, auxílio combustível, auxílio creche e 5% de participação de mulheres nos canteiros de obras, aumento para 40% na cláusula de participação dos lucros e melhores condições de trabalho. O sindicato patronal, por outro lado, ofereceu 6,5% de aumento nos salários e cesta básica de R$ 69,50.

Trânsito complicado

O trânsito ficou bastante complicado na manhã desta segunda-feira (23) na Aldeota, Meireles e Guararapes devido aos protestos. Cerca de 50 trabalhadores passaram pela Av. Dom Luis, Praça Portugal, Av. Desembargador Moreira e Rogaciano Leite, fechando uma faixa e complicando o trânsito na região.

Redação Web do Diário do Nordeste entrou em contato com a assessoria de comunicação do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil) para falar sobre a greve dos trabalhadores e aguarda o posicionamento da entidade.

(Diário do Nordeste)

Prejuízo em loja da Mercedes-Benz depredada em SP pode chegar a R$ 2 milhões

São Paulo – O grupo de concessionária Caltabiano estima um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões com o ataque a loja da Mercedes-Benz na Marginal Pinheiros durante uma manifestação do Movimento Passe Livre (MPL) na noite desta quinta-feira, 19. A concessionária tinha sido inaugurada há apenas uma semana.

“É terrível isso que aconteceu e mostra que não há educação no Brasil. É muito errado destruir o patrimônio dos outros. Isso para mim não é manifestação”, disse um vigia que chegava para trabalhar na concessionária na manhã desta sexta-feira, 20.

Ao todo 12 carros foram danificados, entre eles um CLS 63 AMG, modelo que custa R$ 599.900. O carro mais barato entre os que foram atacados custa R$ 53.400.

Nesta manhã, os vidros estavam por toda parte e no chão era possível ver os objetos utilizados pelos adeptos da tática Black Block para quebrar os carros. Eles aproveitaram uma caçamba de entulho que estava na frente da concessionária para pegar pedaços de madeira, ferro e pedregulhos.

Impressionado com o rastro de destruição, o empresário Nadir Koehler, de 44 anos, tirava foto da frente da concessionária. “Fiquei indignado com isso tudo. Sou do Piauí e não estou acostumado com essas cenas”, disse Koehler. Ele veio a São Paulo buscar um carro da marca Land Rover da loja que fica ao lado. “É um absurdo”, completou.

Responsáveis pela loja da Mercedes-Benz vão registrar o boletim de ocorrência no início da tarde desta sexta-feira no 14°DP (Pinheiros). Segundo funcionários, os carros ainda não foram retirados do local porque a seguradora da loja ainda não fez o laudo.

Duas outras concessionárias do mesmo grupo tiveram o vidro da frente danificado. Uma da Land Rover, ao lado da loja da Mercedes e uma da marca Mini Copper na Avenida Rebouças, também na zona oeste.

 (Estadão)

Cidades-sede da Copa apresentam artesanato brasileiro a turistas

Nove das 12 cidades-sede da Copa recebem show-rooms que apresentam o artesanato brasileiro aos turistas que circulam pelo país durante o Mundial. As lojas estão instaladas em locais de grande movimento de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. 

Batizado de Brasil Original, o projeto do Sebrae (Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa) pretende melhorar a percepção de valor do artesanato nacional. O Sebrae espera receber 300 mil pessoas e vender ao menos R$ 2 milhões.

As lojas Brasil Original recebem itens produzidos em 20 Estados, entre eles Amazonas, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, e contemplam diversos tipos do artesanato, como tapeçarias, rendas, cestas, cerâmica e fibras naturais.

Os artesãos estão sendo preparados desde 2012 pelo Sebrae e foram selecionados para o projeto conforme demonstrassem nível alto de maturidade em gestão.

A mostra e comercialização das peças também aconteceu durante a Copa das Confederações, em 2013. Mais de 125 mil pessoas visitaram as cinco lojas montadas em Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte, Salvador e Rio de Janeiro em 2013. Ao todo, 22 mil itens foram comercializados, somando R$ 714 mil em negócios.

Confira os endereços e até quando funcionam as lojas Brasil Original:

Belo Horizonte: Shopping Pátio Savassi – avenida do Contorno, 6061 – Até 13/7

Brasília: ParkShopping – SAI/SO Área 6580, Guará – Até 30/6     

Fortaleza: Shopping Iguatemi – avenida Washington Soares, 85 – Até 14/7

Manaus: Amazonas Shopping – avenida Djalma Batista, 482 – Até 27/6

Natal: praça da Árvore – avenida Senador Salgado Filho – Até 31/7

Porto Alegre: Barra Shopping Sul – avenida Diário de Notícias, 300 – Até 15/7

Rio de Janeiro: Shopping Rio Sul – rua Lauro Muller, 116 – Até 15/7

Salvador: Barra Shopping – avenida Centenário, 2992 – Até 13/7

São Paulo: Shopping Light – rua Coronel Xavier de Toledo, 23 – Até 13/7

(Com Agência Sebrae)

Festa alemã em Fortaleza vai durar 72 horas com mil litros de chopp por dia

Gerente do único restaurante típico alemão em Fortaleza, Ângelo Máximo promete fazer uma festa “para alemão nenhum botar” defeito durante os próximos três dias, começando no sábado, dia do jogo Alemanha e Gana na Arena Castelão. “Vamos ter mil litros de chopp e esperamos 500 pessoas por dia. Bebida não vai faltar”, diz Ângelo.

Para a festa da Alemanha em Fortaleza, a Rua Frederico Borges, no trecho entre as avenidas Dom Luís e Pereira Valente, será bloqueado para o tráfego de veículos. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) inicia o bloqueio no trecho ao meio-dia deste sábado (21), véspera do jogo da seleção em Fortaleza.

“A festa vai começar meio-dia com muita cerveja. Quem tiver condições psicológicas fica pra assistir ao jogo, senão dorme por aqui mesmo, teremos uma megaestrutura para isso”, diz o gerente.

O restaurante O Alemão terá um telão de LED, tendas e espaço para as crianças brincarem, além de cerveja e chopp importados da Alemanha. O cardápio será linguiça, também típica do país europeu. “Vai vir muita gente, então não teremos condições de atender um cardápio especial para todos, por isso vamos servir a linguiça alemã”, explica.

A festa começa ao meio-dia de sábado e se estender até as 19 de segunda-feira. “Serão três dias de muita festa, com bandas da Alemanha. Só acaba na segunda, vamos emendar com o jogo do Brasil”, diz Ângelo.

(G1 Ceará)

COPA INJETARÁ R$ 30 BILHÕES NA ECONOMIA DO BRASIL

Agência Brasil – A Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 vai gerar cerca de 1 milhão de empregos no país, o que equivalente a mais de 15% dos 4,8 milhões de empregos formais criados ao longo do governo da presidenta Dilma Rousseff. Além da geração de postos de trabalho, a Copa do Mundo, deve propiciar a injeção de R$ 30 bilhões na economia brasileira.

Os dados fazem parte de um levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a pedido do Ministério do Turismo. O estudo tem como parâmetro uma comparação entre a projeção dos impactos gerados pela Copa do Mundo e as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e tem como referência o período de janeiro de 2011 a março de 2014.

Durante visita ao Centro Aberto de Mídia João Saldanha, no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vicente Neto, avaliou o resultado da pesquisa. Para ele, trata-se de um número “extremamente significativo que nós estamos comemorando neste momento. É um legado humano extraordinário”, disse.

Segundo o levantamento, do total de vagas relacionadas à Copa, 710 mil são fixas e 200 mil são temporárias (todos com carteira assinada). Só na cadeia do turismo, foram gerados 50 mil novos empregos em função do evento esportivo.

Vicente Neto ressaltou, durante a entrevista, a taxa de ocupação da rede hoteleira nas 12 cidades-sede na primeira semana do Mundial, que ficou 45% acima do esperado, de acordo com autoridades do setor. Até o dia 11 de junho, foram registradas 340 mil diárias, 100 mil a mais que o previsto pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil. “Os números estão superando as expectativas”, disse o presidente da Embratur.

Na avaliação de Vicente Neto, a expectativa da Embratur é de que a realização de grandes eventos, como a Copa, ajudem a projetar o Brasil como destino turístico de destaque no cenário internacional, impulsionando a geração de emprego e renda no país.

O presidente da Embratur lembrou que o Brasil tem se destacado no cenário mundial de realização de eventos e subiu dez posições no ranking da International Congress and Convention Association (ICCA) de 2003 a 2013, ao saltar da 19ª para a 9ª posição entre os países do mundo que mais recebem congressos e convenções associativas.

“O total de eventos realizados no Brasil neste período saltou de 62 para 315, e o número de cidades que sediaram esses encontros aumentou de 22 para 54. Essa evolução é resultado da política de descentralização na captação de eventos internacionais”, disse.

Copa do Mundo gera 1 milhão de empregos no Brasil

A Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 está gerando cerca de 1 milhão de empregos no País e deve somar cerca de R$ 30 bilhões à economia brasileira, segundo dados de um estudo realizado, a pedido do Ministério do Turismo, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

O levantamento faz a comparação entre a projeção dos impactos gerados pela Copa do Mundo e as informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) sobre o histórico de janeiro de 2011 a março de 2014.

Mercado de trabalho

O número de postos de trabalho criados pelo Mundial equivale a mais de 15% dos 4,8 milhões de empregos formais registrados ao longo do governo da presidenta Dilma Rousseff.

“É um número extremamente significativo que nós estamos comemorando neste momento. É um legado humano extraordinário”, ressaltou o presidente da Embratur, Vicente Neto, durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (19) no Centro Aberto de Mídia João Saldanha, no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Do total de vagas de emprego relacionadas à Copa, 710 mil são fixas e 200 mil são temporárias (todas com carteira assinada), segundo o presidente da Embratur. “São números significativos para qualquer comparação”, afirmou.

Só na cadeia do turismo, foram gerados 50 mil novos empregos em função do evento esportivo, legado que o presidente da Embratur considera bastante significativo.

A taxa de ocupação da rede hoteleira nas 12 cidades-sede na primeira semana do Mundial está 45% acima do esperado, de acordo com autoridades do setor. Até o dia 11 de junho, foram registradas 340 mil diárias, 100 mil a mais que o previsto pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB).

De acordo com Vicente Neto, a expectativa é que a realização de grandes eventos, como a Copa, ajudem a projetar o Brasil como destino turístico de destaque no cenário internacional, impulsionando a geração de emprego e renda no País. Entre os principais impactos positivos esperados pela Copa estão os gastos de turistas durante o evento.

Confira entrevista com o presidente da Embratur sobre os investimentos feitos no setor de Turismo para o Mundial de 2014:

  • Qual a estimativa do total de empregos gerados pela Copa no setor do turismo?

O total geral de novos postos de trabalho com a Copa chega perto de 1 milhão. Desse total, 710 mil são empregos fixos e outros 200 mil são postos temporários.

Diretamente na cadeia do turismo, foram injetados 50 mil trabalhadores. Isso significa que a Copa do Mundo representa mais de 15% da geração dos empregos ao longo do governo da Presidenta Dilma Rousseff.

  • De que maneira grandes eventos como a Copa podem impulsionar o setor de turismo no Brasil?

A Copa do Mundo põe o setor de Turismo num novo patamar. Só com este evento estamos criando cerca de 1 milhão de postos de trabalho diretos, fora os indiretos.

Adicione a isso os cerca de R$ 30 bilhões que, segundo pesquisa da FIPE, serão injetados em nossa economia. Apenas no setor de Turismo estimamos movimentar R$ 6,7 bilhões, com gastos dos 3,7 milhões de turistas nacionais e estrangeiros que irão circular pelo País durante o evento.

É importante ressaltar que esses novos empregos são, em grande parte, de maior qualificação profissional. Isso porque estamos seguindo a determinação da Presidenta Dilma de implementar o Pronatec Turismo, uma vertente do Pronatec, o maior programa de formação de mão de obra técnica da história do Brasil.

  • Quais são os principais investimentos feitos em qualificação profissional no setor turístico relacionados ao Mundial?

Foram R$ 16,3 milhões no Pronatec Turismo, que treinoumais de 160 mil brasileiros para receber bem os turistas nacionais e de outros países. Somente em cursos de idiomas foram quase 30 mil matrículas.

Mas quando eu me refiro à formação de mão de obra, não é só a vinda do Pronatec, não é só curso de línguas. A cadeia inteira está sendo beneficiada. O Sistema S fez cursos para a formação de artesãos, houve cursos em todas as cidades-sede com taxistas, motoristas de ônibus, entre outros.

  • Que impacto a Copa deverá ter na atração de turistas estrangeiros ao Brasil?

Com a Embratur, realizamos uma ação internacional forte chamada Goal to Brazil. Nós fomos a 14 países e agora estamos colhendo o resultado de nossa circulação da promoção com a vinda de turistas bem informados sobre o País.

São cerca de 600 mil turistas de outros países que virão ao Brasil durante a Copa. Nós fizemos, por exemplo, dois eventos promocionais fortes nesse período na Colômbia, que é o quinto comprador de ingressos estrangeiros.

  • Como a experiência da Copa vai ajudar na promoção do Brasil como destino turístico?

Nós vamos levar o caso de sucesso da Copa do Mundo no Brasil para um calendário de feiras no segundo semestre, mostrando como esse caso de sucesso pode influenciar o fechamento de negócios.

Agora, vamos fazer, em conjunto com a Apex [Agência Brasileira de Promoção de Exportações], o que é também uma novidade. Vamos maximizar o esforço brasileiro de venda lá fora, da imagem e de produtos, de uma forma só.

Ranking de eventos

Na coletiva, Vicente Neto ressaltou que o Brasil tem se destacado no cenário mundial de realização de eventos. O País subiu 10 posições no ranking da International Congress and Convention Association (ICCA) de 2003 a 2013, saltando da 19ª para a 9ª posição entre os países do mundo que mais recebem congressos e convenções associativas.

O total de eventos realizados no Brasil neste período saltou de 62 para 315, e o número de cidades que sediaram esses encontros aumentou de 22 para 54. Essa evolução é resultado da política de descentralização na captação de eventos internacionais.

Além do presidente da Embratur, participaram do evento os professores Pedro Trengrouse, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e Lamartine da Costa, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e da University of East London.

Eles discutiram os aspectos positivos e perspectivas críticas sobre a realização de megaeventos. “Se há um consenso entre os pesquisadores é que os megaeventos estão pagando pelo próprio sucesso”, afirmou Lamartine da Costa.

Fonte: Ministério do Esporte

Dado Dolabella é condenado por injúria e dano por ter xingado ex-mulher Viviane Sarahyba

O ator Dado Dolabella foi condenado a 2 meses e 15 dias de prisão pelos crimes de injúria e dano, por ter xingado a ex-mulher Viviane Sarahyba e escrito palavras ofensivas na lataria do carro dela. O crime ocorreu nos dias 26 e 29 de dezembro de 2010 em frente à casa onde Viviane vivia, no Itanhangá, na zona sul do Rio. A condenação foi decidida pela juíza Ana Paula Laviola de Freitas, do 3º Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, no Rio de Janeiro. Cabe recurso em segunda instância.

Segundo o advogado Marcos Crissiúma, que representa Viviane, como Dado é réu primário a pena foi substituída por restrição de fins de semana. Nessas ocasiões o ator terá de frequentar reuniões em entidades com atividades educativas. Ele também não poderá deixar a cidade do Rio sem autorização da Justiça.

Pelo crime de dano, o ator foi condenado ainda a pagar indenização de R$ 600 à ex-mulher. “Dado se aproveitou de ocasiões em que foi devolver o filho do casal a Viviane. Ele não disse apenas dois xingamentos, mas vários. Queremos que seja condenado por mais de dois crimes de injúria, e por isso vamos recorrer”, disse Crissiúma. O advogado de Dado não foi localizado pela reportagem.

Polêmicas

A vida de Dado Dolabella é marcada por polêmicas. A última ocorreu no mês passado. Um produtor da Record acusou Dado de tê-lo agredido nos bastidores de gravação da novela “Vitória”, na Ilha de Curaçao, no Caribe. O ator negou e disse que foi apenas um incidente do trabalho. Por conta da confusão, Dado foi afastado da trama e seu contrato com a Record foi rescindido.

A polêmica de maior repercussão na vida do ator aconteceu em 2008. Sua então namorada, Luana Piovani, o acusou de agressão. A atriz comemorava a estreia da peça “Pássaros da Noite” quando começou a discutir com Dado. Durante a briga, a atriz caiu no chão e alegou ter levado um tapa do namorado, o que sempre foi negado por ele. Quando sua camareira tentou ajudá-la, apartando a briga, foi empurrada e também caiu. Na queda, machucou os punhos e precisou imobilizar os dois braços. A camareira também entrou com processo contra o ator.

(Estadão)

Em 12 jogos da Copa, torcedores enviaram 7 milhões de fotos

Pico de envio de imagens foi antes do início dos jogos. FOTO: AP

Mariana Sallowicz

Os torcedores presentes nos estádios fizeram em torno de 1 milhão de ligações de celular e enviaram mais de 7 milhões de fotos nas 12 primeiras partidas realizadas nas arenas que sediam a Copa do Mundo, segundo balanço divulgado pelo SindiTelebrasil (sindicato das empresas de telefonia). Quase 611 mil pessoas foram a esses jogos.

Embora os serviços de tecnologia tenham funcionado com ressalvas na abertura do Mundial, no dia 12, a associação afirmou, em nota, que “as redes de telefonia celular e de banda larga móvel instaladas pelas prestadoras nas arenas estrearam bem nos primeiros jogos da Copa do Mundo”.

Reportagem do Estado mostrou que os sinais 3G e 4G eram intermitentes, no Itaquerão, assim como a internet oferecida aos jornalistas, tanto por cabo quanto por Wi-Fi.

O maior número de ligações dessas partidas foi registrado na disputa entre Argentina e Bósnia Herzegovina, realizada no último domingo, no Maracanã (Rio). Os quase 75 mil torcedores – maior público dos 12 primeiros jogos – fizeram 154.729 chamadas.

O confronto entre Brasil e Croácia teve o segundo maior número de ligações, com 134.905 chamadas. Já na partida da seleção contra o México, anteontem, o número caiu para 128 mil. O levantamento considera o período de sete horas, com início três horas antes e término duas horas depois do jogo.

De acordo com o sindicato, os torcedores fizeram 7,6 milhões de comunicações de dados nos 12 jogos, incluindo envio de e-mail, imagens e mensagens multimídia. Esse tráfego de dados equivale ao envio das mais de 7 milhões de fotos, com tamanho médio de 0,55 MB (megabyte).

Pico
O tráfego de dados apresentou seu pico um pouco antes do início dos jogos e se manteve em níveis elevados até o início do segundo tempo. Em relação às ligações, o maior volume ocorreu antes das partidas.

Segundo o SindiTelebrasil, nos estádios onde as administradoras autorizaram as prestadoras a instalarem o Wi-Fi gratuito, houve migração de parte do tráfego de voz para aplicativos de mensagens instantâneas. “A rede do Wi-Fi, nas arenas onde foi instalada, também reforçou a capacidade de transmissão de dados, que trafegavam inicialmente apenas pelas redes de 3G e 4G”, diz o SindiTelebrasil. Os estádios com Wi-Fi gratuito são Arena Fonte Nova (Salvador), Arena Pantanal (Cuiabá), Arena Amazônia (Manaus), Estádio Nacional (Brasília), Estádio Beira-Rio (Porto Alegre), e Maracanã (Rio).

As operadoras de telefonia instalaram 4.738 antenas nas arenas. As empresas fizeram parceria para a instalação da infraestrutura de telefonia móvel e banda larga, com investimentos de R$ 226 milhões. Além do valor gasto na cobertura dos estádios, as empresas investiram mais R$ 1,3 bilhão nas cidades que sediam os jogos.

(Estadão)

Banco do Nordeste terá mais uma agência em Fortaleza (CE)

FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

O Banco do Nordeste vai iniciar a reforma do prédio do posto de atendimento bancário no BNB Clube (Sede Aldeota) a partir da próxima segunda-feira (23). A instalação será transformada em uma nova agência.

O posto estará fechado para reforma até 29 de agosto. Nesse período, o atendimento aos clientes será realizado pela agência Fortaleza Aldeota, localizada na Avenida Santos Dumont Nº 2866. 

O Banco do Nordeste atende atualmente 1990 municípios, por meio de 261 agências, em 11 estados brasileiros. No Ceará, são 43 unidades em funcionamento.

Fonte: Banco do Nordeste

Governo Brasileiro cria canal 138 para receber denúncias contra o racismo

Rio de Janeiro – A ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Luiza Bairros anunciou nesta sexta-feira (20), em entrevista coletiva, às 12h, no Centro Aberto de Mídia João Saldanha (CAM), a criação de um novo canal para recebimento e encaminhamento de denúncias sobre o crime de racismo.

O Disque Igualdade Racial ou Disque Racismo, deverá ser efetivado nos próximos meses e funcionará em todo País por meio do número 138. “O enfrentamento ao racismo e seus efeitos na vida das pessoas passou a fazer parte da agenda governamental a partir de 2003, quando foi criada a Seppir. Desde então temos desenvolvido um conjunto de iniciativas, de agendas que se traduzem em planos e programas para segmentos da população negra no Brasil”, disse a ministra.

“Dentro do governo já existia a Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, que acolhe da parte da sociedade denúncias de discriminação que são encaminhadas para os poderes de justiça, para que eles deem seguimento a essas denúncias. Para agilizar essas denúncias é que criamos o Disque Igualdade Racial, por meio do número 138. Neste canal, o Estado brasileiro dará uma resposta e uma distribuição mais ágil para a justiça”, completou ela. A ouvidoria já recebeu, desde 2011, 1.545 denúncias de racismo.

A criação do Disque Racismo é mais uma ofensiva do governo brasileiro, que foi pioneiro no mundo na idéia de criar uma Secretaria no primeiro escalão da administração federal, com status de Ministério, para tratar do assunto. Por ter sido o primeiro governo do mundo a institucionalizar a discussão de políticas de igualdade racial, o Brasil é referência internacional na área.

Nos últimos meses, a SEPPIR tem mantido contato com entidades ligadas ao futebol, aos árbitros e às torcidas organizadas para prevenir e conscientizar sobre o racismo, difundindo que tal prática é considerada crime imprescritível e inafiançável no País, com pena prevista de 1 a 5 anos de prisão e multa pela Lei 7.716/89.

Na coletiva, a ministra acompanhou o ex-árbitro de futebol Márcio Chagas da Silva, que foi vítima de racismo no início de março passado, quando apitava um jogo do Campeonato Gaúcho, em Porto Alegre. “Sofri muito com os xingamentos durante partidas, tive o carro depredado com pontapés na porta e bananas jogadas. Não fui só eu, também sofreram colegas em campo, como os jogadores Tinga, Arouca e Daniel Alves”, afirmou Márcio.

“Quase desisti do futebol em 5 de março, mas estava de cabeça quente. Conversei com minha família e resolvi ir até o fim daquele campeonato. Continuo no futebol, mas como comentarista esportivo. As pessoas se transformam quando a bola rola”, disse o ex-árbitro, que se aposentou recentemente. “Trazer à tona essas ocorrências é fazer com que as pessoas saibam o quanto é forte o racismo no futebol”, completou.

No Brasil, o futebol é reconhecido por toda a sociedade como lugar de excelência. A diversidade racial tem sido elemento determinante da excelência no futebol. Mas, a exemplo do futebol, o País pode fazer da diversidade racial um fator de excelência em todas as áreas da vida social. Para Luiza Bairros, a Copa no Brasil é uma oportunidade – “O Brasil está num lugar privilegiado para protagonizar esta campanha contra o racismo, também no futebol. São exemplos fortes e que nos colocam numa posição política confortável para propor que esta Copa seja a copa contra o racismo”.

O entendimento de autoridades do setor é que o racismo ainda presente no futebol é um reflexo das manifestações de discriminação que afetam a população negra. 50,7% dos brasileiros são negros ou pardos. “Só quem é negro sabe como machuca e como dói ser vítima de discriminação racial. Como se sente violado e violentado. Só quem passa por isso sabe o que é”, concluiu Márcio Chagas.

Em 2010, o Congresso Nacional aprovou o Estatuto da Igualdade Racial e nos últimos anos aprovou também leis que criam cotas para negros em universidades federais, nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e no serviço público. “Queremos que a discriminação não mais atue”, finalizou Luiza Bairros.

A Lei de Cotas nas universidades federais, instituída em 2012, ampliou a presença da população negra no ensino superior gratuito do País. Segundo levantamento feito pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da UERJ, o número de vagas reservadas para negros, pardos e indígenas subiu 225% entre 2012 e 2014: eram 13.392 vagas separadas para esse grupo naquele ano, e agora são 43.613 vagas reservadas. Para a ministra, “estamos pautando processos de mudança no Brasil. E este amadurecimento pode ocorrer também na Copa do Mundo”.

Centro Aberto de Mídia