Casal gay cearense ganha guarda de bebê deixado em caixa de papelão

download-1
Foto meramente ilustrativa

Os ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiram por unanimidade, dar a guarda de uma criança a um casal homossexual residente no Ceará. Em liminar, o ministro relator Ricardo Villas Bôas Cueva já havia reconhecido o pedido, agora confirmado pelo colegiado. O acórdão, que também afasta a possibilidade de abrigar a criança em orfanato, segue o entendimento defendido pelo Ministério Público Federal de que é preciso observar ‘o princípio do melhor interesse do menor’ – que já se encontrava sob os cuidados do casal desde seu nascimento, com autorização da mãe biológica.

A decisão põe fim a um processo iniciado no ano passado. Na época, o bebê, com apenas 17 dias de vida, fora deixado em caixa de papelão em frente à residência de um familiar do casal, que procurou a Justiça do Ceará para pedir a guarda da criança.

A 3ª Vara da Infância e Juventude de Fortaleza negou o pedido, argumentando que os dois não figuravam no cadastro de adotantes, determinando ainda a busca da criança para acolhimento em orfanato. Inconformados, os cônjuges entraram com um recurso no Tribunal de Justiça do Ceará, obtendo liminar favorável. Após a derrubada da liminar, o caso foi parar no STJ, que agora reconheceu o direito da guarda.

Em seu parecer, o subprocurador-geral da República Antonio Carlos Alpino Bigonha cita decisão monocrática do relator, Ricardo Villas Bôas Cueva. Segundo o documento, uma recente visita feita por uma psicóloga atestou a boa estrutura do lar. “O relacionamento do casal é estável, estão juntos há 12 anos, ambos estão empregados e explicitam o desejo genuíno na adoção”, detalha o magistrado. Villas Bôas Cueva faz menção à jurisprudência do próprio STJ no sentido de reconhecer o valor jurídico do afeto nesses casos.

“A dimensão socioafetiva da família ganha espaço na doutrina e na jurisprudência em detrimento das relações de consanguinidade”, segue o ministro. “Afere-se dos autos que o menor foi recebido em ambiente familiar amoroso e acolhedor, quando então recém-nascido, não havendo riscos físicos ou psíquicos ao menor neste período, quando se solidificaram laços afetivos.”

Além disso, na opinião do magistrado, “a permanência em orfanato acarretaria risco de trauma psicológico”.

Saiba mais

Nesse sentido, a Terceira Turma da Corte Superior já fixou o entendimento de que, na ausência de perigo de violência física ou psicológica contra a criança, a busca e apreensão com acolhimento institucional representa ‘afronta ao melhor interesse do menor’. Segundo dados do processo, após terem recebido o bebê, o casal informou o fato à Polícia Civil e contratou um investigador particular para saber a origem genética e o histórico familiar da criança.

Após encontrar a mãe biológica, o casal descobriu “ter sido eleito por ela para cuidar da criança em virtude da falta de condições financeiras dela”. Por isso, segundo afirmam, buscaram formalizar a situação de guarda da criança. “Desde então o menor vem recebendo afeto e todos os cuidados necessários para seu bem-estar psíquico e físico, havendo interesse concreto na adoção da criança que acolheram imediatamente. Por tal motivo, ingressaram com o pedido formal de adoção”, relata Villas Bôas.

(O Povo Online)

 

Anúncios

Azul terá rotas de BH a Jericoacoara e Fortaleza

dialogos-politicos
Praia de Jericoacoara

Via Panrotas

Fortaleza contará com operação diária, a partir de 15 de dezembro, de aeronaves Airbus A320neo. Jericoacoara, por sua vez, receberá o primeiro voo da Azul na mesma data que Fortaleza – 15 de dezembro -, dando início às operações sazonais, até 4 de fevereiro, três vezes por semana, às terças e quintas-feiras, além do domingo. A nova rota ainda terá conectividade em Confins, com rápidas ligações para Buenos Aires, São Paulo (CGH, GRU e VCP), Rio de Janeiro (Santos Dumont), Brasília, Vitória, Salvador e outros.

Confira abaixo a programação completa dos novos voos da Azul ao Nordeste.

BH-Jericoacoara (CE)
Alta temporada – 15/12/2017 a 04/02/2018
Voo Origem Horário de saída Destino Horário de chegada Frequênca
6974 Belo Horizonte 12h40 Jericoacoara 14h35 Terça e quinta
6975 Jericoacoara 15h05 Belo Horizonte 19h Terça e quinta
6988 Belo Horizonte 13h45 Jericoacoara 15h40 Domingo
8731 Jericoacoara 16H10 Belo Horizonte 20h05 Domingo

 

BH-Fortaleza
A partir de 15/12/2017
Voo Origem Horário de saída Destino Horário de chegada Frequênca
5133 Belo Horizonte 23h30 Fortaleza 01h23 Segunda a domingo
5122 Fortaleza 07h15 Belo Horizonte 11h10 Segunda a sábado
4170 Fortaleza 07h10 Belo Horizonte 11h05 Domingo

Itaú é condenado a reintegrar bancário demitido durante tratamento de câncer

justica

 

O Itaú foi condenado a reintegrar um bancário demitido durante tratamento de câncer, pagar os salários do período compreendido entre as datas da dispensa e da efetiva reintegração, além de indenizá-lo por danos morais, conforme sentença mantida na íntegra pela Terceira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região – AM/RR (TRT11). A condenação, confirmada por unanimidade de votos, totalizou o valor de R$ 100 mil.

 

Na sessão de julgamento, em que o reclamado pretendia a improcedência da ação, enquanto o reclamante buscava aumentar o valor indenizatório por danos morais fixado em R$ 30 mil, a decisão colegiada rejeitou os recursos das partes e manteve todos os termos da sentença de origem.

 

De acordo com a desembargadora relatora Ormy da Conceição Dias Bentes, a dispensa imotivada de empregado portador de doença grave autoriza presumir, em tese, seu caráter discriminatório e arbitrário, cabendo ao empregador produzir prova da existência de outros motivos lícitos para a prática do ato. Entretanto, ela entendeu que o banco não conseguiu afastar a presunção da Súmula 443 do Tribunal Superior do Trabalho (TST), pois não fez prova da ausência de discriminação na demissão sem justa causa do funcionário.

 

“Nas hipóteses em que o empregado encontra-se acometido por enfermidade grave, o empregador tem o dever de assumir uma postura condizente com os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana e de valorização do trabalho”, argumentou em seu voto.

 

Leia mais no site do TRT11.

 

Fonte: TRT11

Tecnologia no setor bancário aumenta lucro, causa demissões e não reduz tarifa

Ivone: "Estamos atentos para que as transformações sejam realizadas com a participação de trabalhadores e sua representação"
Ivone: “Estamos atentos para que as transformações sejam realizadas com a participação de trabalhadores e sua representação” – Foto: JUCA VARELLA/ SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE SÃO PAULO

por Conceição Lemes, no Viomundo

Do Viomundo – A tecnologia avança vorazmente no setor financeiro.

Dados da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban):

* Em 2016, 57% das transações financeiras no Brasil foram realizadas por meios digitais (celular e internet) e apenas 8% nas agências físicas.

* As transações com celular saltaram de 4,7 bilhões, em 2014, para 21,9 bilhões, em 2016. Ou seja, quintuplicaram.

* O mobile banking já representa um terço das transações bancárias. O número de contas correntes com essa ferramenta passou de 2 milhões, em 2011, para 42 milhões, em 2016.

* Em 2016, as transações bancárias com mobile banking somaram 21,9 bilhões; alta de 96% em relação a 2015.

Se para os clientes essas inovações tecnológicas facilitam a vida, para os bancários representam impacto profundo nas relações de trabalho. Algumas funções importantes do setor, como caixa e escriturário, estão perdendo espaço.

Resultado: o chamado desemprego tecnológico.

Daí esta entrevista com Ivone Silva, a nova presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, eleita em abril de 2017.

Formada em Ciências Sociais, com MBA em Finanças, Ivone estava, desde 2014, à frente da secretaria geral do Sindicato, auxiliando na coordenação das campanhas nacionais unificadas dos bancários.

No dia a dia, cada vez mais as pessoas usam celular e internet nas transações bancárias. O avanço da tecnologia está afetando muito o setor financeiro no Brasil? 

Diria que é um dos setores mais afetados, pois é o que mais investe. Estimamos que  os bancos aplicam algo em torno de R$ 20 bilhões por ano em tecnologia.

Para você ter uma ideia desse avanço, há oito anos a internet respondia por 30% das transações bancárias, o celular sequer as fazia e a agência física era responsável por 18%.

Em 2016, o quadro já era o oposto, como mostram os dados da Fenaban: 57% das transações financeiras no Brasil se deram por meios digitais (celular e internet). Apenas 8% foram em agências físicas!

Quais são as inovações tecnológicas?

Por exemplo, a inteligência artificial, que são megacomputadores capazes de cruzar volumes de dados antes inimagináveis; a digitalização do atendimento aos clientes e das áreas de apoio; novos modelos de trabalho,  como o Home office, que é o trabalho em casa, feito pelo bancário.

Como o sindicato acompanha essas mudanças?

Estamos atentos, atuando em diversas frentes para fazer com que essas transformações sejam realizadas com a participação dos trabalhadores e sua representação.

Por exemplo, mantemos um centro de pesquisa na nossa Faculdade 28 de Agosto, com o objetivo de estudar e gerar conhecimento sobre as transformações tecnológicas nos bancos e, com isso, fornecer subsídios para nossas ações.

Aliás, esse tema está se tornando cada vez mais relevante nas nossas negociações coletivas.

Em 2013, por exemplo, a categoria conquistou uma cláusula na Convenção Coletiva que proíbe que os gestores façam cobrança de metas e resultados por mensagens no telefone particular dos trabalhadores e trabalhadoras.

Na campanha de 2016, conquistamos a criação de um grupo de trabalho conjunto entre os bancários e a Fenaban para estudar e criar formas de realocar e requalificar os bancários afetados pelas transformações tecnológicas.

Esse tema ainda será debatido em cada banco. É uma oportunidade para o movimento sindical conseguir regular esse processo e minimizar os prejuízos para a categoria.

Apesar do alto investimento, esse avanço tecnológico representa menos custos para os bancos?

Sem dúvida. O setor financeiro é o mais rentável do Brasil. Aqui, os bancos aumentam, a cada mês, seus lucros bilionários.

E o investimento de R$ 20 bilhões por ano, que eu mencionei no início, só acontece porque os bancos vão reduzir seus custos com locação de imóveis, segurança, papéis, arquivos, luz, impressão e, principalmente, mão de obra.

Em sua apresentação institucional, o Bradesco, por exemplo, diz que o custo médio de uma transação no celular corresponde a apenas 3% do custo médio de uma transação nas agências.

Essa vantagem está sendo repassada para os bancários?

Não. E esse é o nosso principal questionamento.

Não somos contrários à tecnologia, mas ela não pode ficar a serviço apenas dos banqueiros.

Precisamos, sim, de transações seguras, com redução do valor das taxas e melhor serviço para a população. Mas precisamos também de melhores condições de trabalho para a categoria.

Outra questão relevante é que as novas tecnologias do setor financeiro não atingem a população mais pobre e aquela que vive longe dos centros urbanos, gerando ainda mais exclusão financeira.

Como a digitalização está influenciando nos postos de trabalho?

A estratégia dos bancos é ter o máximo de transações possíveis nos meios digitais e a automatização dos processos internos.

Entre 2012 e 2015, 78% dos postos de trabalho fechados nos bancos privados  concentravam-se em apenas duas ocupações: caixa e escriturário, setores que estão perdendo espaço devido às novas tecnologias.

Entre janeiro de 2012 a abril de 2017, os bancos fecharam 44.830 postos de trabalho, o que equivale a uma redução de quase 10% da categoria.

E, aí, o problema: não vemos geração de emprego em outras áreas que possa compensar a redução devido às novas tecnologias.

Por isso, é preciso estudar esse processo e difundir para a categoria o conhecimento.

Isso vai criar condições para atuarmos estrategicamente, debatendo e negociando com os bancos formas de preservação do emprego, de realocação de trabalhadores atingidos por tais inovações.

Temos de pensar também na regulação das condições de trabalho no banco digital, seja junto ao Banco Central e poder legislativo. Essas novas tecnologias financeiras geram novos tipos de fraude e podem ferir o sigilo bancário e as normas de segurança previstas para as agências.

E na saúde dos bancários?

A ampliação da tecnologia bancária pode aumentar os casos de doenças mentais e ocupacionais.

Mudanças na jornada, intensidade do trabalho e nas competências exigidas também têm preocupado os bancários e o sindicato.

Por exemplo, nas chamadas agências digitais atende-se muito mais clientes por bancário do que nas agências tradicionais.

Isso pode gerar uma série de problemas de saúde na categoria, como já observamos nos últimos anos. Tivemos grande quantidade de afastamentos por transtornos mentais, como depressão e ansiedade.

Por isso, precisamos ter livre acesso a todos os locais de trabalho, inclusive agências digitais, para apurar informações e atuar diretamente em defesa dos direitos dos trabalhadores.

Considerando o aumento progressivo do uso de celular e internet na transações bancárias, como fazer greve hoje em dia? 

Primeiro, a greve é um instrumento legítimo de pressão dos trabalhadores. Segundo, de fato, a nova onda tecnológica no setor financeiro coloca a necessidade de repensarmos estratégias.

Por conta disso, os sindicatos já têm modificado sua atuação, seja através da ampliação de sua relação com a categoria por meio de redes sociais, ou com estratégias de paralisação focadas cada vez mais nos centros administrativos e centros tecnológicos das instituições financeiras.

Mesmo com essas mudanças, as campanhas salariais da categoria bancária nos últimos anos têm sido vitoriosas, com ganhos reais de salário, elevação em outros benefícios e conquistas de cláusulas sociais.

E a crescente presença dos correspondentes bancários na prestação de serviços?

Inicialmente eles foram imaginados como alternativa de atendimento em localidades onde não havia agências bancárias.

Ao longo do tempo, o seu propósito foi sendo modificado.  Hoje, há milhares de correspondentes bancários nos grandes centros.

Mais um exemplo do modus operandi dos bancos em que apenas eles se beneficiam.  para reduzir custos, já que os trabalhadores desses estabelecimentos em geral são comerciários com salário próximo ao mínimo e jornada de 44 horas semanais.

Fazem o mesmo trabalho dos bancários, mas não têm os mesmos direitos porque não fazem parte da nossa Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Além disso, os estabelecimentos que prestam esses serviços não têm as obrigações de segurança previstas para as agências bancárias.

Portanto, os bancos, através dos correspondentes colocam em risco a vida de clientes e trabalhadores.

Qual a expectativa para os próximos anos?

Há uma ligação entre as inovações tecnológicas e a reforma trabalhista, já que, muitas vezes, a implementação de novos modelos de trabalho esbarrava na proteção da legislação.

Esse era um entrave que os bancos queriam resolver. E teoricamente, conseguiram. Com o home office, por exemplo, o bancário faz o seu trabalho em casa.

Pois bem, a reforma trabalhista eliminou essa modalidade das normas de controle de jornada de trabalho. Assim, jogou para o trabalhador a responsabilidade por questões de saúde e segurança do trabalho.

Não tenho dúvida de que o motivo de tudo isso é a precarização das relações de trabalho.

Mas vamos manter nossa luta. Os trabalhadores sempre tiveram de se mobilizar para conquistar seus direitos e isso não vai mudar.

Na campanha do ano passado o nosso lema foi: “Só a luta te garante”. E é isso que temos de fazer.

A propósito. Na semana passada, entregamos à Fenaban um termo de compromisso para evitar o desmonte trabalhista.

Queremos a manutenção das conquistas históricas da nossa categoria. Afinal, do jeito que a tecnologia vem sendo implementada acabará gerando maior desigualdade social.

Ceará: Dia do Bancário será comemorado com arraiá fora de época, dia 25, no SINTRAFI-CE

oconvite-botequim-agosto-de-2017

Forró pé de serra e muita animação, além de brincadeiras, comidas típicas e quadrilha improvisada. Tudo isso está programado para o dia 25 de agosto, quando acontece o  Botequim dos Bancários, em comemoração ao Dia do Bancário a partir das 19h, na sede do Sindicato.

Como atrações teremos Os Januários, a quadrilha junina Rei do Cangaço e a cantora Rose de Salles, com xote tradicional, baião e o verdadeiro forró pé de serra. Além de comidas típicas e bebidas a preço de custo, os bancários que se cadastrarem na entrada da festa concorrem ainda ao sorteio dos vales-conta, realizado entre as duas apresentações.

Bancários e bancárias não podem ficar de fora dessa comemoração.

Venha e traga seus amigos e familiares!

video promocional
(SINTRAFI-CE)

Tire suas dúvidas sobre a Campanha Nacional dos Bancários 2017

nenhum20direito20a20menos2x

A Campanha Nacional dos Bancários em 2017 é uma campanha com características diferentes de todas as já realizadas até hoje. Isso porque, em 2016, o Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), firmou um acordo de dois anos com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

“O ineditismo pode gerar algumas dúvidas na categoria, que podem e devem ser esclarecidas pelos dirigentes sindicais. Nosso papel é contribuir para que os bancários tenham total consciência dos rumos da campanha deste e ano e da importância que foi a realização do acordo que valerá até 2018”, disse Roberto von der Osten, presidente da Contraf-CUT e um dos coordenadores do Comando Nacional dos Bancários.

Depois de uma longa greve de 31 dias, o acordo assinado no ano passado definiu o reajuste salarial de 8% mais abono de R$ 3,5 mil para 2016. No vale-alimentação a correção foi de 15% e, no vale-refeição e auxílio creche/babá, de 10%. Para 2017, o reajuste vai repor integralmente a inflação (INPC/IBGE) e garantir mais 1% de aumento real nos salários e em todas as verbas.

O presidente da Contraf-CUT ressalta que o acordo de dois anos foi um acerto da categoria. “Estamos em uma conjuntura socioeconômica e política muito difícil para a classe trabalhadora. Vemos ataques quase que diários aos direitos sociais e trabalhistas. No ano passado conseguimos prever essa situação e optamos por realizar um acordo que, mesmo nesta crise, garante para este aumento real para todos os bancários do país”, disse. “O governo Temer já anunciou que os bancários da Caixa (Econômica Federal) e do BB (Banco do Brasil) serão, possivelmente, os únicos funcionários públicos federais que terão reajuste acima da inflação em 2017, por causa de acordo firmado no ano passado”, completou o dirigente sindical.

Eixos da campanha

Com o acordo de dois anos, os bancários não entregarão uma minuta de reivindicações da categoria para a Fenaban. “Nossa Convenção Coletiva será renovada automaticamente. Os bancários receberão salários e vales referentes a setembro já reajustados, o mesmo acontecerá com a PLR e demais verbas, que serão pagas na data acertada com o reajuste”, explicou von der Osten. “Por não termos que brigar pelo reajuste, conseguiremos fazer uma campanha em defesa do emprego e de direitos. Por isso, já estamos negociando com os bancos em cima da nova legislação trabalhista. Nosso intuito é evitar a redução de postos de trabalho, a precarização do emprego e a redução dos direitos da categoria”, afirmou.

O presidente da Contraf-CUT disse ainda que, neste ano, os debates serão aprofundados nas mesas permanentes de negociação sobre Saúde do Trabalhador, Igualdade de Oportunidades, Segurança Bancária e Prevenção de Conflitos. “São temas tão importantes quanto os definidos nas chamadas cláusulas econômicas. Muitos dos direitos que hoje constam na nossa Convenção, foram conquistados a partir de negociações realizadas nas mesas permanentes, que existem desde nossa primeira CCT Nacional”, explicou.

Defesa da democracia e dos direitos

Desde quando assumiu a presidência da República, mesmo no período em que exercia o cargo interinamente, Michel Temer tratou de acelerar um processo de mudanças na atuação política e na legislação do país. Ambas causam diversos impactos na vida dos trabalhadores e da população que mais necessita de auxílio do governo. Aprovou um “teto de gastos” do governo que, na prática, reduz drasticamente os investimentos em saúde, educação, infraestrutura e transportes, entre outras políticas sociais. Algumas das consequências desta medida já podem ser vistas nos cortes promovidos em programas governamentais como o Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, Ciência Sem Fronteiras, Fies, ProUni, entre outros.

Outro feito do governo Temer foi a aprovação da Lei das Terceirizações (Lei 13.429/2017), que regulamentou a contratação de trabalhadores terceirizados até mesmo para as atividades-fim em empresas públicas e privadas.

Temer também aprovou a nova Lei Trabalhista (Lei 13.467/2017), que promove alterações na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) e retira diversos direitos dos trabalhadores em benefício da classe empresarial.

O próximo passo, é a aprovação da reforma da Previdência, que, como proposta pelo governo, será, na verdade, o desmonte da Previdência Social.“Temer joga muito sujo. Libera recursos federais para os deputados e senadores para que estes aprovem tudo o que o governo quiser. Mas, vamos continuar pressionando. Estes caras foram colocados em seus mandatos com votos do povo. Estamos mostrando para os eleitores quem é que está votando contra seus interesses. Em 2018, temos que tirar todo o lixo que está no Congresso”, disse o presidente da Contraf-CUT.

Para o presidente da Contraf-CUT, Temer não tem legitimidade para fazer as mudanças que está fazendo. “Esse presidente chegou ao poder depois de um golpe, que derrubou uma presidenta eleita com mais de 54 milhões de votos, sem que houvesse qualquer irregularidade que justificasse a sua derrubada. Ele não tem legitimidade para fazer qualquer coisa. Ainda mais provocar mudanças profundas no país, que prejudicam somente a classe trabalhadora e aquelas pessoas que mais necessitam de auxilio governamental. Vamos lutar até o fim para derrubá-lo e para que sejam realizadas eleições diretas para substituí-lo. Mais do que isso, vamos lutar para que sejam revertidas as meditas tomadas e revogadas as leis promulgadas em seu exercício, que beneficiam apenas a classe empresarial”, afirmou.

Defesa dos bancos públicos

Outra linha da Campanha Nacional dos Bancários em 2017 é a defesa das empresas públicas e especificamente dos bancos públicos.

O governo Temer está promovendo um verdadeiro desmonte nos bancos públicos, com redução do quadro de pessoal, fechamento de agências e a mudança na forma de atuação. “Os bancos públicos estão perdendo o caráter público. Estão deixando de investir no desenvolvimento social e econômico do país e passaram a estar preocupados com o lucro. A intenção é fazer com que se tornem desnecessários para a sociedade e possam ser privatizados sem que ninguém reclame”, explicou o presidente da Contraf-CUT.

O governo reduziu o capital que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tinha disponível para financiamentos e alterou a taxa de juros ao criar a Taxa de Longo Prazo (TLP), que é calculada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) mais a taxa de juros real prefixada com base no rendimento das Notas do Tesouro Nacional – Série B, para substituir a Taxa de Juros de Longo Prazo, que é calculada pela meta de inflação, mais prêmio de risco. Na prática, o governo tirou o subsídio dado ao investimento no setor produtivo.

Com a Caixa e o BB, está reduzindo o quadro de pessoal, principalmente pela utilização de planos de demissão voluntária e incentivo à aposentadoria, sem a recomposição por meio de convocação de aprovados em concurso público. Agências consideradas não lucrativas estão sendo fechadas e os trabalhadores remanejados para outras unidades, acarretando perdas na remuneração, longos deslocamentos para o trabalho, separação das famílias. Cidades onde havia apenas uma agência de um dos bancos públicos estão ficando sem banco e a população tendo que se deslocar a outros municípios para contar com os serviços de uma agência bancária.

A Caixa perdeu capacidade de financiamento habitacional. O governo pretende descentralizar o controle dos recursos do FGTS, que eram utilizados pelo banco para financiamento de políticas sociais, como a construção de moradias e a garantia de renda mínima, entre outras. O Banco do Brasil, perdeu o poder de financiamento rural, mudanças na remuneração da LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) tirou a atratividade do investimento e reduziu o volume de recursos do banco.

“Tudo isso mostra que nossa campanha em defesa dos bancos públicos não é uma reivindicação apenas corporativista, para preservar o emprego da categoria. É uma campanha em defesa do caráter público dos bancos, de sua capacidade de contribuir com o desenvolvimento social e econômico do país”, concluiu o presidente da Contraf-CUT.

(Contraf-CUT)

Saiba como guardar perfumes e manter a qualidade deles

como-montar-perfumaria

Você já se perguntou se existe uma forma correta para guardar os perfumes? Embora seja prático, e costumeiro, ter os frascos sempre à mão em uma prateleira ou na bancada da penteadeira, os vidros devem ser mantidos em local fechado para manter a qualidade da fragrância.

O lugar de armazenamento dos frascos influencia na manutenção da durabilidade e integridade da fragrância. É o que aponta Luciana Parra, avaliadora olfativa da Natura. Apesar da exuberância de algumas embalagens – perfeitas para decoração – o ideal é guardá-los na própria caixa. “O cartucho, essa caixinha que protege o perfume nas gôndolas e no transporte, também ajuda a proteger o perfume em casa”, indica a especialista.

“O ideal seria guardar o perfume em armário fechado longe de variação de temperatura, umidade e luz. A indicação é guardar nas caixas e tirar somente quando for usar. Mas, geralmente, as caixas são as primeiras a irem pro lixo”, explica Ana Ester Isiodoro. Sócia da SOS Organização, a expert pondera que o correto é ter um local específico dentro do closet ou armário.

641460

REGRA PARA TODOS

Florais, cítricos, frutais, amadeirados: todos, segundo Luciana Parra, devem ser mantidos longe do calor, luz e umidade. A profissional garante que não há diferenciação entre os tipos de perfume ou colônia no momento de guardá-los. É importante também manter a embalagem limpa. Passar um pano no vidro pode evitar umidade e mofo. A limpeza da tampa e do spray, por exemplo, são importantes para retirar o acúmulo de produto, que pode oxidar o material.

É o cuidado ao armazenar que vai definir a validade do produto. Mesmo com a data estabelecida pelo fabricante, o zelo com as embalagens pode evitar a oxidação e estender o prazo estimado. Para garantir o uso com qualidade, é importante apurar o olfato para perceber possíveis alterações no cheiro.

DETALHE

O álcool é o responsável pela evolução da fragrância. Por ser volátil, o que se prolonga na composição são as moléculas mais densas, como pode ser percebido no processo de o escurecimento dos perfumes mais antigos. Nesse caso, as concentrações já foram modificadas.

(Rebeca Soares, via O Povo Online)

Modelo cearense pode ser primeira Angel trans da Victoria’s Secret

1487576216

Em 2015, listamos 13 modelos que estavam mudando o mundo da moda. Em primeiro lugar estava Valentina Sampaio, a new face trans que estava arrasando. De lá pra cá, a vida profissional da cearense de 21 anos deslanchou.

Valentina virou porta-voz da L’Oréal Paris. No Brasil, ela é a primeira transexual a representar a marca internacional, entrando para um time que já tem modelos e atrizes como Grazi Massafera, Juliana Paes, Isabeli Fontana, Taís Araújo, Sophia Abrahão, Emanuela de Paula e Ágatha Moreira.

No início deste ano, a top entrou mais uma vez na história da indústria da moda se tornando a primeira transgênero a ser capa da Vogue Paris. “Este mês, estamos orgulhosos de celebrar a beleza transgênero com modelos como Valentina Sampaio, que está posando para sua primeira capa da Vogue. Estamos mudando a cara da moda e desconstruindo o preconceito”, anunciou em março a editora-chefe da Vogue Paris, Emmanuelle Alt.

Agora, a cearense pode quebrar mais uma grande barreira da indústria da moda e realizar o sonho de toda modelo: se tornar uma “Angel” da Victoria’s Secret. O nome de Valentina é um dos mais cotados para atravessar a passarela no próximo desfile da famosa marca. Caso isso realmente aconteça, ela será a primeira modelo trans desfilando pela Victoria’s Secret.

(Por Bruna Sabarense – Via http://www.metropoles.com)

 

Ato em defesa da Caixa e dos empregados será quarta-feira, 16/8, na Praça do Ferreira

Banner-2

O Sindicato dos Bancários do Ceará faz grande ato em defesa da Caixa e dos seus empregados, dia 16 de agosto, a partir das 9 horas, na agência da Praça do Ferreira. A manifestação é contra o desmonte imposto pelo governo ilegítimo de Temer com fechamento de unidades, descomissionamentos, ataque ao plano de Saúde Caixa, regulamentação da terceirização dentro das unidades da Caixa, o perigo de venda da Lotex (loteria) e entrega principalmente do FGTS para os bancos privados.

Tudo isso faz parte de um projeto do golpista Temer para enfraquecer o banco público, principal responsável pelas politicas públicas do governo e que teve papel fundamental na saída do Brasil da grande crise econômica mundial de 2008. Como instituição financeira, a partir da Caixa foi que nos conseguimos baixar as taxas de juros e fomentar a economia e, se continuar como está hoje, vamos perder um importante instrumento de politica financeira porque não teremos mais aquele banco pujante, como a Caixa.

Uma questão muito importante também é a demissão de empregados e a não contratação de pessoas para repor essas vagas dentro das unidades. Isso acarreta em mais acúmulo de trabalho para quem fica e também piora no atendimento à população brasileira.

Sindicato convoca

Todos empregados e a população que estão preocupados com o desmonte das empresas públicas são convocados para participar dessa atividade porque entendemos que a partir dessas empresas públicas nós podemos promover o desenvolvimento do País. Sem esses instrumentos, nós ficaremos reféns das instituições financeiras privadas que não têm compromisso algum para levar o desenvolvimento em cada canto do Brasil.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Fortaleza: 15ª Mostra Brasileira de Teatro Transcendental acontece nos dias 23 a 27/08

new-logo

Ultrapassar limites através da arte. Isso é o que propõe a 15ª Mostra Brasileira de Teatro Transcendental, que acontece entre os dias 23 a 27 de agosto. Este ano, com uma novidade: será realizada em dois espaços: Cineteatro São Luiz (23 e 24/08) e no Teatro Riomar Fortaleza (25 a 27/08).

Solidariedade
O evento não tem um cunho apenas artístico, mas, sim, uma veia social importante. Mesmo sendo aberto ao público, a organização sugere que as pessoas troquem os ingressos por pelos menos 2 quilos de alimentos não-perecíveis. Estes serão doados para as seguintes instituições de caridade: Igreja Batista Central, Pequeno Cotolengo Dom Orione, Instituto Povo do Mar, Instituto Beatriz e Lauro Fiuza e Área Pastoral Nossa Senhora do Brasil.

Essa “troca de ingressos” já está ocorrendo em quiosques montados nos shoppings Riomar Fortaleza, Riomar Kennedy, Aldeota, Benfica, e nas sedes do Grupo Espírita Paulo e Estevão (GEPE) – sedes Piedade e Água Fria.

Nacional
Após este ato de solidariedade na troca de ingressos por alimentos, chega a hora de acompanhar os espetáculos. E olha que não foi fácil selecionar aqueles que vão se apresentar. Segundo a organização do evento, mais de 100 espetáculos se inscreveram, desses, apenas 6 foram escolhidos, oriundos do Ceará, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Espetáculos
Em 2017, a Mostra, que é promovida pela Associação Estação da Luz, contará com os seguintes espetáculos: “A Bagagem (CE)”, “Os Cavaleiros (CE)”, “De Repente Fim do Mundo (CE)”, “Bumm (MG)”, “Zeca e O Mundo (CE)” e “Cléo – A Ópetra (RJ)”, todos levando ao público mensagens de paz, amor e solidariedade. Vale ressaltar que o evento não possui fins lucrativos e que ao longo desses 15 anos já arrecadou mais de 141,8 toneladas de alimentos, beneficiando mais de 82 entidades sociais.

 (Portal Terra)

M. Dias Branco abre seleção para 20 vagas de trainees

486ed122d21b45f59bd199279726e809

A empresa M. Dias Branco abre seleção para trainees. Ao todo, são ofertadas 20 vagas para áreas corporativas. Os trainees trabalharão em Fortaleza e precisarão de flexibilidade para viagens durante e após o programa.

As inscrições são feitas na plataforma online e seguem até dia 31 de agosto. Os interessados devem ter bacharelado com formação entre dezembro de 2014 e janeiro de 2017. Desejável pós-graduação concluída ou cursando (matrícula até junho de 2017). Ter conhecimento em inglês, com nível intermediário.

As áreas ofertadas são: Pesquisa e Desenvolvimento, Logística, Comercial, Marketing, Administrativa, T.I, Controladoria e Gestão de Pessoas. Para mais informações, acesse o link.

(Tribuna do Ceará)

Fortaleza: XV Caminhada com Maria acontece nesta terça (15/08)

tema-web-405x405

Acontecerá no dia 15 de agosto, na Solenidade da Assunção de Nossa Senhora,  padroeira de Fortaleza, a XV CAMINHADA COM MARIA. “ Maria caminha conosco no Caminho que é Jesus”  é o tema deste ano.

Em sua décima quinta edição, o evento tem a cada ano reunido uma multidão de fiéis no dia da padroeira municipal e milhares de voluntários.

Entenda:
Com o tema “ Maria caminha conosco no Caminho que é Jesus”  será realizada no próximo dia 15 de agosto, em Fortaleza, a Caminhada com Maria, que em 2017, chega a sua VX Edição. A Caminhada terá início às 12 horas, com a realização de uma missa no Santuário Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha.

Após a celebração, os participantes seguirão em caminhada onde se encontrarão com fiéis na ponte do Rio Ceará. De lá, os devotos seguem pela Avenida Leste Oeste até a Catedral Metropolitana, no Centro de Fortaleza, onde acontecerá a coroação de Nossa Senhora Assunção.

Toda a infraestrutura está sendo montada e a expectativa é de que o evento reúna aproximadamente 2 milhões de fiéis, sendo  meio milhão em peregrinação partindo do Interior do Estado. Durante o trajeto de 14 quilômetros haverá dez pontos de apoio espalhados no roteiro de peregrinação, com o trabalho aproximadamente de 2 mil voluntários. Toda a celebração será transmitida pelas rádios FM Dom Bosco 96,1 e Shalom AM 690.

Patrimônio Imaterial
A Caminhada com Maria foi declarada no dia 5 de junho de 2015, patrimônio cultural imaterial do Brasil por sanção da Presidente da República ao Decreto de Lei do Congresso Nacional. A Lei Nº 13.330 tem como objetivo, “reconhecer a importância da Caminhada com Maria, como forma de expressão do patrimônio histórico-cultural-religioso brasileiro”.

Segurança
A XV Caminhada com Maria conta com apoio da Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar e Civil, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, ETUFOR, Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), Guarda de Honra do Exército, AGEFIS- Prefeitura de Fortaleza, dentre outros.

Livro e vídeo
Você pode baixar o livro das orações para acompanhar a Caminhada e vídeo com as palavra de dom José Antonio na entrevista coletiva (09/08/2017)

Retrospectiva
 2003 – Caminhamos com Maria, em seu Caminho que é Jesus. – 150 anos da Arquidiocese de Fortaleza e Ano do Rosário proclamado pelo Papa João Paulo II.
2004 – Caminhamos com Maria, modelo insuperável da contemplação de Cristo. – 150 anos do dogma da Imaculada Conceição e 100 da coroação de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil.
2005 – Com Maria seguimos Jesus Eucaristia. – Ano da Eucaristia proclamado pelo Papa João Paulo II.
2006 – Com Maria somos discípulos e missionários de Jesus Cristo. – rumo à V Conferência do Episcopado Latino-Americano e do Caribe. Ela foi convocada pelo Papa João Paulo II e confirmada pelo Papa Bento XVI para realizar-se em Aparecida – Cidade Santuário Mariano Nacional do Brasil, dos dias 13 a 31 de maio de 2007.
2007 – Com Maria, discípula e missionária de Jesus, a serviço da vida. – das conclusões da V Conferência já realizada em Aparecida.
2008 – Caminhamos com Maria, Mãe dos discípulos de Jesus Cristo. – na celebração do Ano Paulino proposto pelo Papa Bento XVI.
2009 – Caminhamos com Maria na fidelidade de Cristo. – na celebração do Ano Sacerdotal estatuído pelo Papa Bento XVI.
2010 – Caminhamos com Maria: Fica conosco, Senhor! – na sintonia com o Congresso Eucarístico Nacional por ocasião dos 50 anos de Brasília, Capital Federal.
2011 – Caminhamos com Maria, acolhendo Jesus a Palavra de Deus.  – marcada pela Exortação Apostólica Verbum Domini do Santo Padre Bento XVI sobre a Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja.
2012 – Com Maria no Caminho da Fé – em sintonia com o momento eclesial que estaremos vivendo: o ANO DA FÉ proclamado pelo Papa Bento XVI em sua Carta Apostólica Porta Fidei – A PORTA DA FÉ (cf. At 14,27), e que se iniciará no próximo dia 11 de outubro e irá até o dia 24 de novembro de 2013.
2013 – Com Maria no Caminho da Fé e o lema “Feliz aquela que acreditou… (Lc 1, 45)”  em sintonia com o Ano da Fé, nas comemorações dos 50 anos do Concílio Vaticano II.
2014 – Com Maria no caminho da Esperança  – Em sintonia com o ANO DA ESPERANÇA no triênio de comemoração do Centenário Jubilar da Arquidiocese de Fortaleza.
2015 – Caminhamos com Maria, na Caridade de Cristo – Em sintonia com o ANO DA CARIDADE, no triênio de comemoração do Centenário Jubilar da Arquidiocese de Fortaleza.
2016 – Caminhamos com Maria, Mãe da Misericórdia – Está em sintonia com o ANO DA MISERICÓRDIA instituído pelo Papa Francisco.

Pontos de apoio na Caminhada com Maria
1º – Santuário Nossa Senhora da Assunção situado na Avenida Dom Aloísio Lorscheider, 960, Conjunto Nova Assunção, Vila Velha.
2º – Na Praça Percide Benício, localizada na Avenida Coronel Carvalho, em frente ao Campo do Ferroviário.
3º – Na ponte do Rio Ceará que está na coordenação da Paróquia São Pedro, Barra do Ceará;
4º – Na Avenida Leste-Oeste com rua Francisco Calaça que está na coordenação da paróquia do Cristo Redentor;
5º – Na Av. Leste–Oeste com av. Pasteur que está sob a responsabilidade da paróquia do Carlito Pamplona;
6º – Na Av. Leste-Oeste com rua Francisco Cordeiro sob a responsabilidade da paróquia Nossa Senhora das Graças;
7º – Na Av. Leste-Oeste com rua Jacinto Matos sob a responsabilidade da paróquia Senhor do Bonfim;
8º –  Na Av. Leste-Oeste na altura da Praça Marcílio Dias – sob a coordenação da paróquia de São Francisco, conhecida também como Nossa senhora dos Navegantes;
9º  – Na Av. Leste- Oeste, bairro Moura Brasil-  sob a coordenação da Igreja Santa Edwirges;
10º – Catedral Metropolitana de Fortaleza.

Percurso da Caminhada Com Maria 
– Av. Dom Aloísio Lorscheider – Santuário Nossa Sra. da Assunção
– Av. Benu Marcondes
– Av. Mozart Pinheiro Lucena
– Av. Desembargador Hermes Paraíba
– Av. Coronel Carvalho
– Av. Radialista José Lima Verde
– Rua Estevão de Campos
– Rua Peri
– Av. Leste-Oeste
– Av. Alberto Nepomuceno
– Catedral Metropolitana de Fortaleza.

A Equipe Coordenadora do evento solicita que os participantes desta caminhada venham com roupas leves, tragam consigo água e procurem evitar usar joias, celulares ou objetos de valor etc… ao contrário, tragam suas faixas, cartazes ou bandeiras. Os idosos, hipertensos ou diabéticos lembrem de levar seus remédios e estejam devidamente alimentados.

Serviço:
Evento: XV Caminhada com Maria.
Quando: 15 de agosto de 2017.
Horário: Santa Missa às 12 horas e às 14 horas – Saída
Local: Santuário Nossa Senhora da Assunção
Endereço: Av. Dom Aloísio Lorscheider, 960 – Conjunto Nova Assunção – Vila Velha, Fortaleza – CE
Concentração: Ponte da Barra do Ceará
Chegada: Catedral Metropolitana de Fortaleza
Contato:  Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza
Telefone: (85) 3388 -8703 ou (85) 9 9921-6742 – Marta Andrade

Via http://www.arquidiocesedefortaleza.org.br

Veja o que abre e o que fecha em Fortaleza no feriado de Nossa Sra. da Assunção

banner-assuncao

O feriado do dia de Nossa Senhora da Assunção, padroeira de Fortaleza, é celebrado nesta terça-feira (15). Por isso, alguns serviços como comércio e bancos não irão funcionar durante a data. Outros terão horários alterados.

No restante do estado, os estabelecimentos e serviços funcionam normalmente. Confira a lista completa do que abre e o que fecha em Fortaleza neste feriado:

Bancos

Conforme a Associação de Bancos do Ceará (Abance), as agências bancárias não serão abertas durante o feriado em Fortaleza.

Lojas

De acordo com o Sindicato do Comércio e Lojista de Fortaleza, o comércio de Fortaleza não funcionará durante o feriado.

Supermercados

Os supermercados terão expediente normal durante o feriado em Fortaleza, segundo informou a Associação Cearense de Supermercados (Acesu).

Postos de combustível

De acordo com o Sindipostos, os postos de combustível, funcionam normalmente na Capital Cearense.

Posto de saúde

Os postos Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), durante o feriado os postos de saúde não terão atendimento. A exceção são os postos Paulo Marcelo, que fica no Centro e o posto de Messejana, que estarão com funcionalidade apenas as salas de vacinação, no período de 8h às 16h30.

Cagece

No feriado as lojas de atendimento da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) não funcionam. Os atendimentos ocorre por regime de plantão. Serviços podem ser consultados por meio do telefone 0800.275.0195.

Coelce

O órgão funciona em regime de plantão, na Capital. Para procurar serviços, deve se ligar para o número 0800.285.0196.

Shoppings

As lojas e quiosques dos shoppings North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei, Via Sul Shopping, Shopping Parangaba e RioMar estarão fechadas. Nos estabelecimentos funcionarão apenas praça de alimentação e cinemas, a partir das 10h no RioMar e às 11h nos demais.

(G1 Ceará)

Vanessa da Mata faz show em Fortaleza, dia 13 de outubro, no RioMar

vanbessa-da-mata-caixinha-de-mc3basica-divulgac3a7c3a3o-624x416
Vanessa da Mata gravou o DVD “Caixinha de Música” em maio deste ano (Foto: Marcos Hermes)

A cantora mato-grossense Vanessa da Mata faz show em Fortaleza no dia 13 de outubro deste ano. Ela lança o DVD “Caixinha de Música” no Teatro RioMar Fortaleza. O DVD foi gravado pela cantora e compositora na casa Natura Musical, em São Paulo, com direção musical do guitarrista Maurício Pacheco. Ainda não há informações sobre valores e início das vendas.

Além de músicas de autoria própria e sucessos da carreira, Vanessa aproveitou para gravar a música “Impossível acreditar que perdi você”, balada do mineiro Márcio Greyck. Na próxima sexta-feira, 4, Vanessa da Mata lança a inédita “Gente Feliz”, uma parceria com o grupo BaianaSystem.

 (O Povo)