Reginaldo Manzotti diz que decisão de deixar Evangelizar Dom Bosco foi “de comum acordo”

Em nota divulgada à imprensa nesta terça-feira (25), o padre Reginaldo Manzotti falou sobre o fim da parceria com a rádio Dom Bosco FM na realização do evento Evangelizar Dom Bosco, que acontece todos os anos e atrai milhares de cristãos.

A partir de agora, Manzotti estará ao lado do Sistema Jangadeiro de Comunicação, que realizará o evento “Evangelizar é preciso”. Atualmente o programa de rádio já é transmitido através da Rede Jangadeiro. 

“Todos  temos os nossos carismas, assim tanto nós, Evangelizar é Preciso, como a Evangelizar Dom Bosco, seguem realizando seus eventos na busca da evangelização, propagar a Boa Nova, a Palavra de Deus. De comum acordo, a partir de 2014, as instituições realizarão seus eventos independentes, engrandecendo ainda mais as festividades religiosas de Fortaleza. Afinal, Deus age através da união do Povo (Salmo 133)”, disse o padre Manzotti por meio de nota.

Via http://www.cearanews7.com.br

5ª Edição da Campanha Fortaleza Liquida inicia nesta quinta (27/03)

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) anunciou a realização da 5ª edição da Campanha Fortaleza Liquida, que começa na quinta-feira (27) e segue até 6 de abril. A campanha é um dos maiores festivais de promoções na cidade, segundo a CDL.

O Bairro Centro deve receber decoração especial para o evento, com sinalização específica, portais, banners, tenda, urna, além de uma equipe treinada para atendimento ao público que busca maiores informações sobre a Fortaleza Liquida.

A cada R$ 25,00 em compras, o consumidor terá direito a um cupom para concorrer aos prêmios. Se o pagamento for com cartão de crédito, na maquineta da Rede, terá direito a cupons em dobro. O sorteio acontece no dia 11 de abril, às 19h, na sede da CDL de Fortaleza. Serão sorteados cinco Toyotas Etios, cinco caminhões de prêmios e uma motocicleta Harley Davidson.

Eventos anteriores
Nos últimos quatro anos as vendas foram da ordem de R$ 801 mil, com 22 milhões de cupons distribuídos. Foram 11.331 pontos de venda participantes e mais de 11 mil profissionais participaram de curso preparatório para a campanha.

(G1 Ceará)

Cid Gomes concedeu entrevista para revista e jornal anunciando saída do Governo do Ceará

Cid Gomes passou cerca de duas horas, do feriado de terça–feira, gravando entrevista para jornalistas de São Paulo e Brasília.

Cid disse para os jornalistas que vai deixar sim o Governo do Ceará. Pediu apenas para segurar até quinta-feira a publicação para evitar comentários. A revista circula no final de semana.

No jornal paulista, a notícia sai na edição de sábado. Cid é amigo dos jornalistas e pode até pedir para não publicar a matéria, caso mude de opinião.

(Roberto Moreira, via Diário do Nordeste)

Baixa no Governo Cid Gomes: Cel. Werisleik desiste de candidatura para apoiar Agenor Neto

Cel. Werisleik Matias

Baixa. O Cel. Werisleik Matias estava pronto para disparar sua campanha para deputado estadual. Estava tudo engatilhado.

Hoje, o Cel. Werisleik decidiu por uma manobra política surpreendente. Desembarcou da candidatura e vai apoiar o ex-prefeito de Iguatu, Agenor Neto, vice-presidente do PMDB no Ceará para a Assembleia Legislativa.

A notícia repercutiu no Abolição e caiu como uma bomba. Werisleik era homem de 20 mil votos, a maioria entre PMs.

(Roberto Moreira, Via Diário do Nordeste)

Cid quer Veveu Arruda ou Camilo Santana como candidatos a Governador do Ceará

Camilo Santana

Aos poucos a estratégia do governador Cid Gomes vai sendo revelada.

Cid quer amarrar o PT ao seu projeto de forma completa. Ele quer o PROS e os petistas juntos.

Hoje, em Brasília, o Comando do PT deixou vazar que Cid apresentou dois nomes para disputar o governo: Veveu Arruda, prefeito de Sobral, e o deputado estadual Camilo Santana.

(Roberto Moreira, Via Diário do Nordeste)

Luizianne Lins reserva vaga para disputar cadeira federal

Ex-prefeita em pose com Dilma Rousseff.

No prazo final de inscrição de candidatos do PT a cargos proporcionais – prazo acabou segunda-feira, um nome aparece: a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins.

Ela está na lista dos que querem vaga de deputado federal. Ao lado do deputado federal Eudes Xavier, seu companheiro da ala contrária à manutenção da aliança política com os Ferreira Gomes, e do vereador Acrísio Sena,  de ala favorável a essa parceria com Cid Gomes (Pros).

Atualmente, Luizianne integra o conselho administrativo do BNDES.

(Blog do Eliomar de Lima)

Cearense morre em incêndio no Japão

Um incêndio destruiu quatro imóveis na madrugada desta quarta-feira em Konan (Shiga), no Japão. O fogo começou na casa onde mora uma família brasileira. Os corpos da cearense e do filho dela foram encontrados nos escombros, Patrícia Viana, de 31 anos, e do filho, de 7 anos.

Segunda informações da polícia, o marido da brasileira não estava em casa no horário da ocorrência.

As casas atingidas pelo fogo tinham sido alugadas por intermédio de uma empresa.

De acordo com amigos e vizinhos dos brasileiros, o esposo de Patrícia aguarda a liberação do exame de DNA que foi solicitado pela polícia para a liberação dos corpos. Um vizinho informou que somente Patrícia e o filho estavam na residência de dois andares. Como o fogo começou no térreo os dois não conseguiram deixar a residência. O Consulado do Brasil no Japão já foi informado sobre o acidente.

(Roberto Moreira, Via Diário do Nordeste)

Aumento de empresas de telemarketing no Nordeste vira disputa sindical

Câmara de Caruaru/ Divulgação

Impulsionadas por incentivos fiscais, buscando escapar da concorrência e atraídas também por menor custo e maior disponibilidade de mão de obra, as empresas de call center rumam para o Nordeste do Brasil. Pernambuco já é considerado a maior central de atendimento da América Latina, e emprega milhares de trabalhadores. Neste cenário, crescem os conflitos trabalhistas na região por maiores salários e melhores condições de trabalho.

Um exemplo é a multinacional Contax, empresa que mais faturou no País em 2012 e a segunda maior geradora de empregos no setor, segundo dados do site Callcenter. A empresa continua a crescer para o Nordeste, com expansão em Salvador, Recife e Fortaleza, além de nova unidade em João Pessoa.

Conhecido por ser um dos maiores contratantes do País e por seu caráter de primeiro emprego, o setor de telemarketing depende do capital humano e é reconhecidamente uma função que acumula estresse para trabalhadores.

Mas o problema é que, no Nordeste, a rotatividade de funcionários é menor do que em São Paulo, por exemplo. Isso porque os profissionais encontram menos opções de trabalho, principalmente em municípios menores, e se veem obrigados a encarar condições precárias de trabalho. Há um número grande de jovens ociosos em algumas cidades, que é o perfil de trabalhadores buscados pelas empresas.

O resultado são greves organizadas pelos trabalhadores, que podem exigir a atuação do Ministério Público do Trabalho (MPT). “O trabalhador está mais comprometido com um trabalho que, literalmente, arranca seu couro”, diz a geógrafa Marina Castro, que elabora uma tese sobre o trabalho no segmento na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo.

A mais recente, em fevereiro, reuniu 4 mil trabalhadores da Provider em todo o Estado de Pernambuco. Antes, já havia acontecido uma paralisação de 1,4 mil funcionários da empresa em Caruaru, no interior do Estado. Ambas resultaram em um termo de ajustamento de conduta (TAC) entre a empresa e o MPT. Em agosto de 2013, 8 mil trabalhadores da Contax paralisaram as atividades no Estado. 

Marina aponta que o maior porcentual de postos de trabalho, em torno de 78%, ainda se concentram no Sudeste, principalmente nas capitais, apesar de novas unidades serem construídas no interior dos Estados. Mas, enquanto o Sul do País perde participação, o Nordeste ganha.

Condições precárias e exploração são problemas

Entre as demandas recentes dos funcionários da Provider, figura mobiliário adequado no ambiente de trabalho e fim do assédio moral contra os funcionários

Mas o aumento de salário também é um dos principais objetivos dos trabalhadores. A Provider já foi conhecida por pagar o menor salário do País, o que estimulou a greve em Caruaru.

Em nota, o grupo Provider culpa a situação econômica vivida pelo País e sérias restrições de crédito para a otimização de custos e revisão de investimentos. “O setor é intensivo em capital de giro de curto prazo, e isso faz com que as empresas tenham que se adequar a esta realidade”, informa, no posicionamento. 

A empresa, que já está presente em 16 Estados do País e também em países como Chile e Angola, contabiliza cerca de 10 mil empregos em todas as suas áreas de atuação.

O procurador Rogério Sitônio, do Ministério Público do Trabalho (MPT) de Pernambuco, aponta que foi firmado um segundo termo de ajustamento de conduta com a Provider em caráter preventivo, enquanto outras denúncias são apuradas. 

Sitônio diz que as denúncias relacionadas às empresas de telemarketing aumentaram no Estado a partir de 2012. “Nosso objetivo é que as empresas continuem oferecendo empregos, mas de maneira adequada. Nós, em conjunto com o Ministério do Trabalho, avançamos na fiscalização”.

 

A greve na Contax, em agosto, também foi motivada por baixos salários. Em 2011, a CSU Cardsystem praticava salários abaixo do mínimo na região, quando deveriam ser proporcionais aos de uma jornada de oito horas.

Em Caruaru, o salário médio do setor atinge R$ 500, de acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), compilados pela geógrafa Marina Castro. Em São Paulo, o valor sobe para R$ 780. “É uma diferença grande”, diz a pesquisadora.

Variação do porcentual de PAs por região do País

Região Percentual de posições de atendimento (PAs)
  2001 2011
Sudeste 71% 78,1%
Nordeste 5,3% 16%
Sul 16,4% 3,4%
Centro-Oeste 4,6% 2%
Norte 2,7% 0,5%
Fonte: IDC (2011)

 

Thiago Santos, presidente do Sindicato dos Operadores de Telemarketing e Trabalhadores nas Empresas de Telemarketing de Pernambuco (Sintelmarketing), lembra que as companhias já têm benefícios ao se instalarem no Estado, como incentivos fiscais e custos menores com transporte. “Como se não bastasse, elas também acabam pagando um salário bem mais baixo”.

Trabalhadores buscam se fortalecer

Enquanto os sindicatos da atividade buscam criar uma federação nacional de trabalhadores, os sindicatos na região ainda se articulam para defender trabalhadores e, inclusive, para representá-los.

É o caso do Sintelmarketing, de Pernambuco. Com menos de cinco anos de atuação, somente em março deste ano conseguiu ganhar uma ação que garante seu direito de representar os trabalhadores no Estado – mas ainda cabe recurso. O sindicato de São Paulo está organizado há 20 anos no País. 

Getty Images

Trabalhadores pedem melhores condições de trabalho, como mobiliário e fim do assédio moral

Havia uma pressão para que o sindicato dos funcionários do setor de telecomunicações representassem a categoria. “É uma briga de Davi contra Golias, mas estamos recebendo apoio, principalmente do Ministério Público”, diz Santos, do Sintelmarketing.  

Por conta desta disputa sindical, o Sintelmarketing, de Pernambuco, não conseguiu até hoje realizar acordos coletivos para o ramo de atividade. “Hoje, os salários são arbitrados pelas empresas. Temos de recorrer à Justiça”.

Santos aponta que a maior parte das empresas pagam pouco mais do que um salário mínimo aos atendentes. “Acreditamos que é uma discriminação com o trabalhador da região”.

Mas o representante do Sintelmarketing verifica que os trabalhadores têm obtido avanços e decisões favoráveis. “Do jeito que está hoje, a exploração é desenfreada”, conclui o sindicalista.

Marco Aurélio de Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telemarketing (Sintratel), de São Paulo, viajou para o Nordeste nas últimas semanas para verificar a possibilidade de criar filiais nos Estados e organizar a atividade de forma nacional, e proteger 1,2 milhão de trabalhadores que trabalham no segmento no Brasil.

E também: Anatel: cancelar serviços de telefonia, internet e TV será automático 

Depois do Ceará, Aurélio busca organizar trabalhadores em Pernambuco, Bahia e também no Rio de Janeiro. “Recebi um contato do Piauí para representar 10 mil trabalhadores. Temos a impressão de que a exploração no segmento é maior na região”. 

 

Regulamentação ainda está pendente

Pelas especificidades do ramo de atividade, os empregados buscam seu reconhecimento como categoria de trabalho. Hoje, eles são vistos como atendentes, e tramitam projetos de lei com este objetivo na Câmara de Deputados.

Para Thiago Santos, do Sintelmarketing, a regulamentação ajudaria a inibir a maquiagem do serviço feito por funcionários de telemarketing, o que pode desobrigar a empresa de cumprir a norma regulamentadora para o ramo de atividade.

Via IG

Nordeste brasileiro teve pior seca dos últimos 50 anos em 2013

Segundo o relatório Declaração sobre o Estado do Clima, divulgado nesta segunda (24) pela Organização Metereológica Mundial (WMO, na sigl em inglês), o Nordeste do Brasil viveu em 2013 a pior seca dos últimos 50 anos. O relatório traz detalhes sobre chuvas, inundações, secas, ciclones tropicais, as camadas polares e o nível do mar em cada região do planeta.

O relatório mostra que 2013 foi o sexto ano mais quente desde início dos registros, em 1961. A temperatura média da superfície do oceano e da Terra em 2013 foi de 14,5°C, marca que é 0,50°C maior que a média registrada entre 1961 e 1990, e 0,03°Cs maior que à média da década mais recente (2001-2010). De acordo com a WMO, cada década é mais quente que a anterior, sendo que a última registrada. Treze dos 14 anos mais quentes registrados ocorreram todos no século XXI.

No Brasil o calor provocou seca no Nordeste, ao mesmo tempo em que muitos estados sofreram com chuvas fortes no final do ano. O relatório aponta, por exemplo, o Município de Aimorés (MG), com precipitação média quatro vezes maior do que a normalmente registrada no Sudeste do Brasil para o mês de dezembro.

Ações da CNM e entidades estaduais
No ano passado, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) realizou várias reuniões e mobilizações com os gestores, principalmente os do semiárido, os mais afetados pela seca. O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, e os representantes das entidades estaduais cobraram por diversas vezes do governo federal, alternativas para amenizar os efeitos causados pela falta de chuva na região.

A Carta do Nordeste, uma maneira de oficializar os problemas que a seca provocou na região, foi entregue aos ministérios das Relações Institucionais, e da Casa Civil. A carta dizia: “Os presidentes das entidades pedem a desburocratização, ações emergenciais e estruturantes, em parceria com os Municípios, para que estes passem de meros expectadores a agentes ativos desse processo e possam devolver, ao Nordeste e à sua brava gente, opções de vida, trabalho e a oportunidade de contribuir com o desenvolvimento da Nação”.

No entanto, mesmo com os inúmeros apelos da CNM e dos gestores, apenas medidas paliativas foram feitas pelo governo, como construção de barragens e pequenos sistemas de abastecimento de água, na tentativa de acalmar os ânimos dos prefeitos.

A Agência de Noticias da CNM noticiou em 2013 vários Municípios que decretaram Situação de Emergência ou Estado de Calamidade por conta de eventos climáticos.

Via http://www.capitalteresina.com.br

A prova de redação da CEF: cuidado com as armadilhas do edital

Olá, pessoal,

Lendo muitos comentários de alunos de todo o Brasil e também acompanhando as perguntas que são feitas em sala de aula, percebi que muitos alunos NÃO leram a retificação que o edital da CEF fez e quem não lê edital pode cair em armadilhas!!!! É lamentável como muitos candidatos NÃO estão sequer lendo o edital de um concurso e olha que esse edital da CEF foi retificado várias vezes, mas para ajudar a quem não leu, vou colocar uma das retificações para você clicar no próprio site do Cespe: (sugiro que deem uma prioridade na leitura dos itens: 9.7.3 e 9.7.3.1, assim não precisarão ler tudo) 😉

http://www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_nm/arquivos/ED_3_CAIXA_2014_NM___RETIFICA____O.PDF

Em outras palavras, eles mudaram o primeiro edital que dizia que seria um texto dissertativo de até 30 linhas com temas de conhecimento específico (atendimento e conhecimentos bancários), inclusive eu até postei sobre isso na parte de MATERIAIS AVULSOS (cujo título é: Edital da Caixa 2014: será que dá pistas?). Nessa parte, comentei tudo o que foi dito pelo edital anterior e as novas alterações (sugiro que dê uma lida aprofundada, assim entenderão melhor o NOVO edital) e para quem ainda está se respaldando no que o item 9.1 do edital dizia, também NÃO leu a nova retificação que a banca fez, a saber: ?onde se lê: Prova Discursiva (NPD), leia-se: Prova de Redação (NPR)?, também retificado e publico aqui:

http://www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_nm/arquivos/ED_4_CAIXA_2014_NM___RETIFICA____O_N__VEL_M__DIO.PDF

Então, podem perceber que esse edital é totalmente diferente dos cobrados em concursos anteriores da banca Cespe, em que sempre sinaliza que será uma dissertação. Logo, é meu dever explicar cada texto que foi sinalizado pela banca, ok? Por isso tive de falar da descrição, da narração e vou falar até mesmo do texto instrucional, pois repito, ESTÁ NO EDITAL, MEU POVOOOO!!!! J Seria perigoso ficarmos focados apenas na discussão do texto dissertativo, embora seja o mais comum em provas.

Mudando de assunto…

Um aluno meu fez uma pergunta interessante: ?professor, quando a banca mudou o nome, prova discursiva para prova de redação, muda muita na coisa na hora de escrever??. Muda sim, meu caro, a prova discursiva é mais complexa no sentido de cobrar temas de caráter específico.

Vamos a um exemplo:

(Prova de Polícia Civil/RN AGENTE SUBSTITUTO/ CESPE 2008)

É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

Brasil. Constituição Federal de 1988, art. 227, caput

 

Considerando que o preceito constitucional acima transcrito tem caráter unicamente motivador, redija um texto dissertativo acerca do seguinte tema.

ASPECTOS CRIMINAIS DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

Ao elaborar o texto, esclareça, necessariamente, as seguintes indagações.

< Qual a distinção entre criança e adolescente?

< O adolescente apreendido em flagrante de ato infracional poderá ser conduzido ou transportado em compartimento fechado de veículo policial?

< Em regra, comparecendo ao distrito policial qualquer dos pais ou responsável, o adolescente apreendido em flagrante de ato infracional deverá ser liberado pela autoridade policial?

                Comentando o tema:

Essa prova é sim uma dissertação, porém o candidato não deveria opinar, criticar ou muito menos solucionar o problema, mas simplesmente esclarecer, explicar o que a banca pediu, sendo, pois, a famosa prova discursiva. Em suma, ela quer que o candidato mostre um conhecimento específico do assunto tratado. Vale ressaltar que a prova que coloquei como exemplo foi para nível médio, mesmo assim o candidato deveria ter um conhecimento muito profundo acerca das leis, da questão penal em si. Provas discursivasrecorrem a um modelo mais expositivo em que o aluno tem de meramente explicar, informar, definir com base nos tópicos solicitados pela banca. Análises de casos também são consideradas provas discursivas 😉

          Agora vamos a uma prova de redação:

Seria oportuno citar um edital que explicita a cobrança por esse tipo de prova: TRF 1ª região FCC (ITEM VIII) DA PROVA DE REDAÇÃO: 1. Para os cargos de Analista Judiciário (todas as áreas/especialidades), a Prova de Redação será aplicada juntamente com as provas objetivas para todos os candidatos inscritos.

Veja a prova solicitada: (Analista Judiciário/Área Judiciária)

Para os destinos de uma sociedade, é indiferente conceber a máquina como um engenho a serviço do homem, ou o homem como um apêndice da máquina?

Redija uma dissertação em que você, apresentando argumentos claros e consistentes, defenda seu ponto de vista sobre a questão acima proposta.

Comentários:

Você pode perceber que esse texto dissertativo seria feito em uma perspectiva mais crítica, opinativa, em que o candidato não iria apenas informar, mas defender um ponto de vista em relação ao que as máquinas representam para os humanos, se elas estariam para beneficiar a sociedade ou se estamos extremamente dependente delas, daí você assumiu um ponto de vista e iria argumentar, provar o que pensa.

Sendo assim, podemos dizer que as provas de redação diferem das discursivas no sentido de que podem explorar atualidades, questões que preocupam o Brasil e o mundo. São provas em que o candidato tem uma liberdade para se posicionar e defender o que acredita e caso deseje pode ainda apontar soluções, medidas, ao final do texto. Acho que você se lembrou de que esse modelo era o mais usual na época de colégio, não é? O professor pedia para você discutir um fato atual naquele período.

                Traduzindo para uma prova da CEF:

             Então, se o edital da CEF disse que a prova será de redação, poderíamos focar nossas leituras em assuntos da atualidade, a saber: governo Dilma, economia do Brasil, consumismo,  Copa do Mundo, mobilidade urbana; correto? Em parte, sim, mas a prova poderia cobrar um assunto de atualidade e ainda mesclando com o conhecimento específico, daí seria uma excelente oportunidade de a banca saber se o candidato está por dentro das atualidades e ainda se estudou realmente os conhecimentos específicos que foram apontados no edital. Se a banca Cespe já fez isso? Sim, eu provo para você agora:

(MPU/2010 prova de técnico administrativo/nível médio)

Os atrasos na criação e na aprovação de projetos de infraestrutura e a falta de planejamento para a Copa do Mundo de 2014 estão preocupando os membros do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva. Segundo um dos representantes regionais dessa organização, esses atrasos podem gerar prejuízos de tempo e de dinheiro, visto que as obras e os serviços tenderão a ficar mais caros.

Internet: (com adaptações).

Considerando que o fragmento de texto acima tem caráter unicamente motivador, redija um texto dissertativo acerca do seguinte tema.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO (ESTRATÉGICO, TÁTICO E OPERACIONAL) PARA O SUCESSO DA REALIZAÇÃO DA COPA DO MUNDO DE 2014 NO BRASIL

                Comentários:

        Vejam como essa prova foi refinada, não bastaria o candidato saber falar apenas de Copa do Mundo, mas discutir a importância do planejamento para um evento de tão grande porte e fechando para a questão mais específica, o candidato deveria traçar os tipos planejamento que foram citados. Enfim, algo que caberia plenamente em uma prova de redação para a CEF.

Bom, o recado foi dado… quem manda é o edital!!! Então, vamos seguir, não é?

Prof. Dionísio, via http://www.euvoupassar.com.br

Dicas finais para redação da Caixa: o texto instrucional e muito mais

Saudações, meus caros!!!!

            Encerrando nossa conversa para o concurso da Caixa, venho deixar minhas últimas dicas e como prometido, falar um pouco do texto instrucional, já que os anteriores (descritivo, narrativo e expositivo-argumentativo) detalhei nos artigos que aqui deixei.

            Bem, inicialmente é preciso fazer você entender que não precisa ter medo de certos termos que aparecem em uma prova de redação, assim se aparecer o nome instrucional (ou até injuntivo) não é nada de outro mundo, basta você saber que os textos dessa natureza têm um propósito de ensinar, de dar orientações ao leitor. Alguns exemplos dos textos injuntivos: a receita, a bula, as cartilhas e também os manuais de instrução. Então, vamos ver algumas características desses textos:

– Uso da linguagem apelativa com verbos no imperativo (faça; deposite; procure);

– Uso de interação com o leitor (pronomes que indicam conversa são oportunos): você, suas, seu;

– Perguntas lançadas para que o leitor se sinta mais próximo: (você sabe economizar?)

         Enfim, você percebeu que esse tipo de texto tem como objetivo dar ordem com a intenção de instruir o leitor a fazer algo. Pensando em uma realidade de concurso da Caixa, que tal um exemplo de prova? Vamos a um tema que criei para meus alunos:

Primeiro, o texto motivador:

É fundamental que você perceba a importância de poupar para equilibrar suas finanças pessoais. Na teoria, a estratégia é simples: poupar é acumular valores no presente para utilizá-los no futuro. Porém, para colocar isso em prática, é preciso alterar hábitos do seu dia a dia.

Poupar exige redução nos gastos pessoais e familiares. E reduzir despesas, pode significar desde um simples cuidado para evitar desperdícios até o esforço de conter gastos. A matemática não falha: você precisa gastar menos do que ganha para conseguir poupar e acumular o suficiente para um investimento.

Avaliar o objetivo das despesas, fixar metas a curto e longo prazos, com persistência, são passos fundamentais para que você alcance os objetivos que o motivaram a poupar. Tenha em mente que investir é empregar o dinheiro poupado em aplicações que rendem juros ou outra forma de remuneração, ou correção. O investimento é tão importante quanto a poupança.

Há inúmeras alternativas no mercado, que podem nos levar a simplificar o processo de decisão, apoiando-se em opiniões e dicas nem sempre técnicas. Procure se informar com profissionais qualificados e tenha em mente que, quem investe bem, pode atingir mais rapidamente os objetivos, com menor esforço.

http://www11.caixa.gov.br/portal/public/investidor/investidor/aprenda/financas_pessoais/poupar

Agora vamos ao tema:

Na qualidade de bancário, elabore uma cartilha didática com a intenção de instruir as pessoas acerca da necessidade de poupar dinheiro. Em um texto instrucional, ensine como deve se proceder para a política de poupar.

 Comentários:

Você viu que o texto motivador foi tirado do próprio site da Caixa, correto? Pois bem, o texto motivador nada mais é do que uma inspiração para criar o tema, mas quem realmente manda, orienta o que deve ser feito é o tema, por isso esteja atento ao que ele pede. No caso da atividade que criei, solicitei que o aluno elaborasse uma cartilha, sendo, pois, instrucional já que o aluno deveria ensinar a como poupar. Veja um texto criado como exemplo:

Diante de um mercado cada vez mais consumista, em que gastamos muitas vezes com o que é supérfluo, e por conta disso contraímos dívidas, surge a necessidade de poupar dinheiro. Vale ressaltar que existem muitas formas para poupar, mas a principal regra é não contrair dívidas.

Pode parecer óbvio dizer isso, mas tal dica requer disciplina, sendo assim procure controlar seus gastos, afinal não faz sentido alguém gastar mais do que ganha. Então, seria interessante, de início, reduzir a quantidade de cartões de crédito. Pode até parecer vantagem ter vários, mas quando as contas chegam até você, não há nada de lucrativo em tal posse. Então, se quer manter o cartão de crédito, utilize apenas um, e mesmo com ele, moderação no uso, prefira pagar suas contas à vista, isso controla mais seus gastos.

Outra importante dica para poupar, faça um orçamento mensal, separe o que pode ser evitado em termos de gastos e isso envolve toda a família, estimule os outros a terem também essa educação financeira. Essa atividade pode envolver até mesmo as crianças, que saberão como valorizar cada centavo recebido.

Por último, com esse controle mensal, você pode reservar uma pequena parcela do que ganhar e pode guardar na poupança. Não se preocupe com rentabilidade, a questão não é essa, mas é o estímulo para guardar dinheiro. E outra dica, com o décimo terceiro salário, você poderá guardar um pouco mais de dinheiro. Enfim, são medidas que podem ser difíceis no começo, mas com o hábito, você irá realmente sentir prazer em poupar, e não mais gastar. Chega de preocupações no final do mês com suas contas, a partir de agora você é um poupador!

Comentários:

Viu como é simples? A dica aí seria manter as características que citei e mudar de parágrafo conforme você fosse mudando de assunto, colocando uma nova dica para poupar. Enfim, não tenha medo de certos termos que aparecem em provas de redação, muitas vezes eles não são nada complexos. Lembro que um aluno me perguntou, uma vez, o que seria um texto em prosa, pois ele havia feito uma prova e no tema estava explícita essa informação. Quando expliquei a ele que era tão somente um texto organizado em linhas e parágrafos (concursos trabalham, geralmente, em torno de 20 a 30 linhas) ele ficou surpreso e disse que nunca imaginava que seria isso. Em suma, sua prova de redação sempre é um texto em prosa, afinal, não querem analisar poemas e estrofes, não é verdade? Então, na prova da Caixa, eles irão solicitar a prosa também, resta saber em que tipologia textual, sabemos que a preferida é a expositiva-argumentativa, visto que nela o candidato irá informar e também manifestar um ponto de vista, defender com argumentos e com base em geralmente algo atual.

Falando em atualidades, no artigo anterior deixei para vocês um tema que criei abordando conhecimentos específicos, no caso, conhecimentos bancários, você leu? Era aquele que pedia para falar do Minha Casa Minha Vida… pois hoje vou colocar aqui mais temas que criei, dessa vez tratando de atualidades. Vejam só:

Texto motivador:

A Lei nº 12.846/2013, alcunhada ?Lei Anticorrupção?, entrou em vigor em 29 de janeiro deste ano e irá afetar, sobremaneira, o conteúdo dos Códigos de Conduta das empresas. 

De acordo com a nova lei, a responsabilidade administrativa e civil das empresas pela prática de atos lesivos à administração pública será objetiva, isto é, independente da apuração de culpa. (…)A Lei cria, ainda, o CNEP ? Cadastro Nacional de Empresas Punidas, uma espécie de SERASA/SPC ou ficha corrida dos infratores condenados.

Adaptado de: http://www.administradores.com.br/noticias/administracao-e-negocios/a-nova-lei-anticorrupcao-e-seus-impactos-nos-codigos-de-conduta-das-empresas/84280/

Considerando que o texto acima tem caráter unicamente motivador, redija texto dissertativo em prosa abordando o tema a seguir:

 LEI ANTICORRUPÇÃO E OS REFLEXOS PARA A SOCIEDADE

Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos:

  • responsabilidade administrativa e civil das empresas pela prática de atos lesivos à administração pública;
  • empresas envolvidas em fraudes: sanções previstas pela nova lei;
  • Cadastro Nacional de Empresas Punidas (Cnep): objetivos gerais.

E que tal mais este tema que também criei???

Texto motivador:

“O Brasil era o queridinho dos investidores há apenas quatro anos, mas para muitos agora se tornou pária”, diz o FT.

A soma teria sido varrida dos ativos do país no período, à medida que o Brasil tentava recuperar o nível de crescimento dos anos seguintes ao início da crise mundial, de 2008 e 2009. Segundo a revista, perdas de investimentos ocorreram em todos os emergentes, mas no Brasil a destruição de valores ocorreu numa “escala sem precedentes”.

(http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/01/investidores-perderam-us-284-bilhoes-no-brasil-em-3-anos-diz-jornal.html)

Considerando que o texto acima tem caráter unicamente motivador, redija texto dissertativo abordando os seguintes aspectos:

  • economia atual do Brasil;
  • Real: 20 anos completados em 2014, o que a moeda representou e representa para o país;
  • desafios da equipe econômica para o desenvolvimento do país.

                 Comentários:

                Você percebeu que os dois temas lidos são muito atuais, afinal tratam de questões pertinentes ao que aconteceu este ano em nosso país, sendo assim em temas dessa natureza vale a capacidade de argumentação, de mostrar o conhecimento que tem acerca do assunto, logo a leitura será a grande aliada para o texto ganhar forma. Mas ainda dá tempo de se informar, eis alguns assuntos que você pode pesquisar nesses dias:

  1. Governo Dilma: o que a equipe econômica vem fazendo;
  2. Brasil no cenário mundial, o que falta para sermos desenvolvidos?
  3. Eleições 2014: como conscientizar o eleitor brasileiro?
  4. Política: por uma ética em torno de nossos políticos (crítica aí ao Mensalão);
  5. Sociedade de consumo X sociedade marginalizada: ?rolezinhos? nos shoppings devem ser proibidos?
  6. Copa do Mundo: os desafios em torno do evento;
  7. Viver em rede: as redes sociais X o isolamento das pessoas;
  8. A necessidade de planejar o futuro: consciência social;
  9. 20 anos do Plano Real;
  10. A mulher na economia do país;
  11. Mobilidade urbana e problemas enfrentados.

 E para fechar…

Concluindo nosso papo, vamos a perguntas mais gerais:

Pergunta: Colocar ou não título?

Resposta: Só coloque se estiver sendo solicitado, do contrário não coloque. Em caso de título, coloque na linha 1, centralizado e diga o essencial, títulos são muito resumidos. Só lembrando que Cespe não costuma pedir título em suas provas…

Pergunta: Se a prova tiver tópicos, devo seguir a ordem do que mandaram?

Resposta: Sim, esses aspectos devem seguir sim o roteiro que já deram, pegando o exemplo anterior:

  • economia atual do Brasil;
  • Real: 20 anos completados em 2014, o que a moeda representou e representa para o país;
  • desafios da equipe econômica para o desenvolvimento do país.

 Nessa prova, o aluno iria começar falando em um 1º parágrafo da economia atual do nosso país, depois poderia quebrar em 2 parágrafos o tópico 2: um falando do passado, do contexto do país antigamente, quando o plano Real foi criado eum 3º parágrafo falando do plano Real de hoje. Por último, fecharia apresentando que desafios a equipe econômica do governo Dilma tem a enfrentar. Em suma, eis a vantagem da prova Cespe, ela dá uma prévia de como será a estrutura de sua redação, o problema é que todos esses tópicos devem ser bem aprofundados…

Pergunta: se cair o texto expositivo-argumentativo pode misturar informação e opinião?

Resposta: Com certeza, afinal você deverá apresentar as informações acerca do assunto tratado, mas não ficará restrito a elas, deverá também mostrar um posicionamento (um ponto de vista) e argumentar, fazer o leitor acreditar em seus argumentos. Como exemplo, não adiantaria falar apenas do Plano Real, no tema anterior, mas provar o que ele fez de positivo para o país, como melhorou a economia. Mas lembre-se: não precisa se incluir em seu texto para mostrar esse seu ponto de vista, nada de: EU ACHO QUE O PLANO REAL MELHOROU MUITO NOSSO PAÍS… (quem colocou um absurdo desses na redação provavelmente não leu meu artigo anterior) 😉

Pergunta: posso escrever com letra de forma?

Resposta: sem problemas, basta que faça as diferenças do tamanho das iniciais de nomes próprios, de início de parágrafo. O edital é claro, deve ter uma letra legível, e só!

É hora de dar… 

Bem, como diziam os Teletubbies, ?é hora de dar tchau, é hora de dar tchau?. Espero que minhas dicas tenham sido proveitosas para vocês. Leiam todos os artigos que fiz e aprendam tudo o que foi dito até aqui, certo? Um grande abraço a todos vocês e agora é aprovação, é trabalhar na Caixa, e não se esqueça: a ?vida pede mais que um banco?… J

 Professor Dionisio.

 Via http://www.euvoupassar.com.br/

Veja dicas para otimizar o tempo ao resolver provas como a da Caixa

Lia Salgado, via G1

A coluna de hoje é dedicada aos quase 2 milhões de candidatos que vão fazer prova para a Caixa Econômica Federal no próximo dia 30. E também a todos os outros candidatos de todos os outros concursos que têm, no dia da prova, a única chance de conquistar a sua vaga.

Claro que todos desejam a aprovação como resultado – afinal, prova é prova e é ali que tudo se decide -, mas o mais importante nesse dia é o candidato sair com a certeza de que conseguiu fazer o melhor, considerando o conhecimento que possui. Nesse caso, mesmo que a pontuação seja insuficiente, a sensação não é tão ruim. Talvez seja preciso mais tempo de estudo, ou mais foco na preparação, mas isso pode ser resolvido e não fica um gosto amargo de fracasso.

Alguns cuidados simples podem ajudar o candidato a ter o melhor desempenho ou, pelo menos, a não ser prejudicado por bobagens no dia da prova. Veja as dicas abaixo.

Estratégia
Em concurso público, nem sempre vence quem sabe mais. A prova é igual para todos e o tempo para fazê-la, também. Mas se o candidato se deixar conduzir pelas questões, em vez de assumir o controle, pode pôr tudo a perder.

Por isso, na semana anterior à prova, o candidato deve definir a ordem de matérias (ou grupo de matérias) a serem resolvidas, e o tempo máximo que poderá levar em cada uma. Isso evita atitudes desastrosas tais como fazer uma pontuação excelente numa disciplina, mas ser eliminado por não obter o mínimo em outra, ou ficar horas preso a algumas questões difíceis e depois descobrir que não há mais tempo para questões que o candidato saberia resolver.

Começar pela disciplina em que o candidato tem mais conhecimento pode aumentar a autoconfiança para o resto da prova. Além disso, os momentos iniciais são os mais tensos, porque acontece um pico de adrenalina que se dissipa em alguns minutos. Assim, se a pessoa começar a prova por uma matéria muito difícil, pode ter a falsa sensação de que não vai conseguir um bom resultado, e o ânimo abatido pode comprometer o desempenho.

Se em algum momento o candidato perceber que está muito nervoso, algumas respirações lentas e profundas (lembrando de exalar também) ajudam a recuperar o equilíbrio. Se preciso, ir ao banheiro e lavar o rosto também ajuda a afastar o estresse. O candidato pode aproveitar esse momento “fora de cena” para respirar serenamente e buscar pensamentos construtivos, mesmo que soem falsos naquele momento.

Uma boa estratégia é dividir a prova em dois ou três momentos. No primeiro, o candidato deve ler atentamente cada questão (na ordem preestabelecida) e resolvê-la, se possível. Se houver dúvidas, é importante anotar ao lado do enunciado informações que possam ser úteis para quando retornar àquela questão, e já eliminar alternativas absurdas, para ganhar tempo.

Depois de responder todas as questões que sabe de imediato, o candidato deve retornar à primeira matéria escolhida, para o segundo exame das questões não resolvidas. Muitas vezes algumas coisas se tornam claras nesse momento e o candidato pode garantir mais alguns pontos. Perguntas muito trabalhosas também devem ser deixadas para essa hora.

O terceiro momento deve ser dedicado a “cavar” algum ponto extra e a tomar as últimas decisões, porque o que o candidato sabia já estará feito.

Vale lembrar que o tempo destinado a cada disciplina será o somatório dos três momentos anteriores e que alguns minutos do tempo total devem ser “guardados” para o que for mais necessário no final.

No caso de haver prova discursiva, ela pode ser feita logo depois da primeira rodada, para que o candidato tenha tempo suficiente para fazer o rascunho e passar a limpo. Mas, se começar a gastar muito tempo sem conseguir desenvolver essa etapa, pode ir para a segunda rodada nas questões e depois voltar para a redação. O importante é não deixar o tempo passar sem estar produzindo e garantindo pontos.

Recomendo que o candidato não fique revisando o que já fez com segurança porque, além de perder o tempo que estava tentando aproveitar, corre o risco de apagar uma marcação correta e trocar por uma errada, por causa de cansaço e confusão – acontece muitas vezes com os candidatos.

Cerca de 30 minutos devem ser reservados para a marcação do cartão-resposta, que deve ser feito com calma e atenção, uma questão por vez.

Caixa
No caso do concurso para a Caixa – e em outros organizados pelo Cespe/UnB -, as questões não têm alternativas, mas itens para julgamento de certo e errado. Neste caso, se não for possível decidir no primeiro momento, as informações que o candidato lembre a respeito da afirmação devem ser anotadas ao lado da questão, para facilitar a decisão posterior.

Se você ainda não conhece esse estilo de prova Cespe, vá à página da instituição e baixe provas anteriores para não ser surpreendido na hora do seu concurso. Observe que em algumas situações a banca faz prova de múltipla escolha, mas não é esse o caso da prova para a Caixa.

As disciplinas também não devem vir isoladas, mas em grupos. Conhecimentos básicos: português (14 itens com peso 2), matemática, raciocínio lógico, atualidades, ética e legislação (juntas, 36 itens com peso 1) e conhecimentos específicos (atendimento e conhecimentos bancários juntas, com 70 itens e peso 2). Dessa forma, são três grupos de disciplinas, sendo que a parte de conhecimentos específicos vai fazer muita diferença na classificação do candidato, já que vale 140 pontos no total. Cuidado também com português, porque apesar de serem apenas 14 itens, tem peso 2.

É preciso reservar tempo para a redação (pelo menos uma hora).

É importante lembrar que nesse concurso cada marcação incorreta conta um ponto negativo (ou dois, nos itens com peso 2).  Assim, é preciso muita cautela na hora de chutar alguma resposta, para não reduzir muito a pontuação das questões corretas. Por outro lado, deixar muitas questões em branco pode fazer com que o candidato faça poucos pontos no total. Nesse tipo de prova, mais do que em qualquer outra, as decisões precisam considerar uma boa estratégia.

Além do conteúdo
Outros aspectos devem ser observados além da prova em si, como se preparar para o ambiente do local do concurso, prevenir-se contra atrasos, sede, fome, etc.

O candidato deve verificar antecipadamente no edital os documentos que deve levar e o material permitido para a prova. Por mais certeza que se tenha, nunca é demais confirmar o local e o horário, lembrando de checar as orientações em caso de horário de verão.

Um kit de emergência pode ser muito útil: analgésico, água e algo para comer (barra de cereais, fruta, biscoito, entre outros).

As roupas para o dia da prova devem ser confortáveis e versáteis em relação à temperatura. Nada de roupas apertadas ou que impeçam o livre movimento.

Além disso, não é possível garantir a temperatura na sala de aula e, se algumas ficam muito geladas, outras não dispõem de ar-condicionado e o calor pode ser um fator de desgaste. Portanto, melhor estar preparado para qualquer situação.

Chegar cedo ao local é garantia de não perder a prova por atraso, mas também é a possibilidade de entrar logo na sala e escolher um bom lugar para se sentar – se não forem previamente marcados.

É interessante observar se no local bate sol, se há ventilador, e evitar as carteiras próximas à porta, onde o ruído de candidatos saindo para ir ao banheiro e quando terminam a prova pode prejudicar a concentração.

Beber água durante a prova e comer algo garante que o corpo não desvie a atenção do cérebro para outras necessidades, além de mantê-lo em boas condições de trabalho até o fim.

Desejo a todos uma excelente prova!

Lia Salgado, colunista do G1, é fiscal de rendas do município do Rio de Janeiro, consultora em concursos públicos e autora do livro “Como vencer a maratona dos concursos públicos”

Saiba onde comprar nos Estados Unidos sem ter que pagar taxas (Tax Free)

Quando a gente fala em comprinhas por aqui há sempre muitas dúvidas. Onde vale mais a pena comprar nos Estados Unidos? Quanto vou pagar de taxas/impostos na cidade que eu vou visitar? O que são as taxas de venda que vem na minha nota? Posso recuperar o imposto pago? Este post vem para complementar a série sobre compras que a gente juntou aqui neste Guia de Compras  e vai te dar algumas informações úteis e responder essas perguntas.

A taxa (imposto) de vendas (sales tax ) é provavelmente uma das coisas mais chatinhas pra quem vem do Brasil e não está acostumado com o sistema americano, pois o preço lindo que você vê na etiqueta, vai ganhar um acréscimo no final da notinha que muita gente, principalmente na hora de pagar no dinheiro, está despreparada. Como cada estado é independente para cobrar o valor que achar melhor e isso também as vezes é acrescido de taxas locais na cidade, gera muita confusão nos turistas. O que pouca gente sabe é que além de ter estados onde não há cobrança de taxas de venda em nenhum produto, há também os que não cobram taxas em determinados produtos, como roupas e sapatos. Isso quer dizer que um produto que custa US$1,000.00, em Nova York ele vai custar na verdade US$1,084.80 , na Flórida US$1,066.00 e em Delaware os mesmos US$1,000.00.

Se você vai combinar a sua viagem com comprinhas, dê uma lista neste post para descobrir onde é melhor comprar. Então vamos começar pela melhor parte? No ínicio do post tem um mapinha que fiz com códigos em cores para vocês visualizarem os Estados.

Estados Onde Não Há Taxas de Venda em Nenhum Produto

Cinco estados americanos não tem taxas de vendas. Infelizmente a maioria deles é pouco visitada pelos brasileiros e eu não acho que vale a pena marcar  uma passagem para o Alaska para fazer comprinhas (apesar de estar na minha lista pra conhecer!), mas dessa lista, Delaware é a mais acessível! Para quem vai para Nova York, Delaware fica há pouco mais de 2 horas de Manhattan e se você vai combinar a viagem com uma visitinha a Philadelphia, Baltimore ou DC por exemplo, ele fica no caminho. Os estados que não tem taxas de venda.

  • Alaska (Tem taxa de vendas local, em torno de 1.6%)
  • Delaware
  • Montana
  • New Hampshire
  • Oregon

Estados Onde Não Há Taxas em Roupas e Calçados

Além dos 5 estados que não tem taxas de vendas, há mais sete estados que não cobram taxas de vendas para itens como roupas e calçados. Em alguns, como Nova York e Massachussets há um limite bem baixo para a isenção de taxa de vendas, mas ainda assim é bom saber. Lembre-se que em alguns casos, não haverá taxas de venda estadual, mas haverá taxa de vendas local nesses produtos.

  • Pennsylvania – A Philadelphia é bem conhecida como destino histórico, mas também para comprar roupas e sapatos, pois a cidade também não tem taxas. Fica bem pertinho de Nova York e pode ser uma boa escapada de trem para fazer comprinhas.
  • Minnesota – é onde fica o maior shopping dos Estados Unidos: O Mall of America que tem mais de 540 lojas.
  • Massachussets – não há taxas de vendas para roupas e sapatos até US$175.00.
  • New Jersey
  • New York – Até US$110.00
  • Vermont
  • Rodhe Island

Estados Onde há o Reembolso das Taxas de Vendas

Dois estados americanos implementaram um sistema de reembolso de taxas de vendas para turistas internacionais. Lembre-se que o que vai ser reembolso é geralmente a taxa de vendas do estado, não o total que as vezes inclui a taxa de vendas local da cidade.

Lousiana

Para pedir o seu reembolso de Taxas de Vendas na Lousiana (New Orleans e etc…) preste atenção nestes detalhes na hora de fazer as compras:

  • É preciso levar o passaporte com visto americano e comprovante de viagem em menos de 90 dias na hora de fazer as compras.
  • Verifique se o comerciante é membro da Louisiana Tax Free Shopping – LTPS (compras isentas de imposto) nesta lista. Mostre ao comerciante o seu passaporte e solicite um documento comprovante para reembolso do imposto. Guarde todos os comprovantes e recibos de vendas.
  • Para ser reembolsado, entregue os seus comprovantes no LTFS Refund Center localizado no Aeroporto Internacional de New Orleans, ou no Downtown Refund Center no Riverwalk Marketplace, ou ainda no Capital One National Bank em Lafayette e Shreveport.

Texas

Texas tem um programa de devolução de parte dos impostos para turistas.  Aqui você encontra uma lista em PDF com todas as lojas participantes do programa.

Para receber o dinheiro das taxas de volta em dinheiro ou cartão, você precisa ter pago no minímo 10 doláres de taxas e seguir os seguintes passos:

  • Vá a um dos postos de atendimento – eles tem 13 locais na cidade além de um no aeroporto.
  • Leve os recibos de compras e as compras junto para inspeção.
  • Passaporte / Visto / I-94
  • Informações sobre seu voo de ida e volta

Consulte o site Tax Free Texas para maiores informações.

Taxas de Vendas por Estado

Esta tabela tem uma média por estado combinada com a taxa média das cidades no estado. Isso quer dizer que pode variar um pouquinho de cidade para cidade.

Estado %
Alabama 8.45%
Alaska 1.69%
Arizona 9.16%
Arkansas 8.61%
California 8.38%
Colorado 7.39%
Connecticut 6.35%
D.C. 6.00%
Delaware Não   Há
Florida 6.62%
Georgia 6.99%
Hawaii 4.35%
Idaho 6.02%
Ilinois 8.13%
Indianapolis 7.00%
Iowa 6.82%
Kansas 8.25%
Kentucky 6.00%
Lousiana 8.87%
Maine 5.00%
Maryland 6.00%
Massachussets 6.25%
Michigan 6.00%
Minnesota 7.16%
Mississipi 7.00%
Missouri 7.46%
Montana Não   Há
Nebraska 6.78%
Nevada 7.93%
New Hampshire Não   Há
New Jersey 6.97%
New Mexico 7.26%
New York 8.48%
North Carolina 6.87%
North Dakota 6.52%
Ohio 6.80%
Okland 8.67%
Oregon Não   Há
Pennsylvania 6.34%
Rodhe Island 7.00%
South Carolina 7.08%
South Dakota 5.82%
Tennessee 9.44%
Texas 8.14%
Utah 6.67%
Vermont 6.14%
Virginia 5.00%
Washing 8.86%
West Virginia 6.04%
Wisconsin 5.43%
Wyoming 5.34%

Taxas de Vendas por Estado em Ordem Crescente

Esta tabela mostra os Estados com as menores taxas até os que tem as maiores taxas. Ela tem uma média por estado combinada com a taxa média das cidades no estado. Isso quer dizer que pode variar um pouquinho de cidade para cidade.

Estado %
Delaware Não   Há
Montana Não   Há
New Hampshire Não   Há
Oregon Não   Há
Alaska 1.69%
Hawaii 4.35%
Maine 5.00%
Virginia 5.00%
Wyoming 5.34%
Wisconsin 5.43%
South Dakota 5.82%
Kentucky 6.00%
Maryland 6.00%
Michigan 6.00%
D.C. 6.00%
Idaho 6.02%
West Virginia 6.04%
Vermont 6.14%
Massachussets 6.25%
Pennsylvania 6.34%
Connecticut 6.35%
North Dakota 6.52%
Florida 6.62%
Utah 6.67%
Nebraska 6.78%
Ohio 6.80%
Iowa 6.82%
North Carolina 6.87%
New Jersey 6.97%
Georgia 6.99%
Indianapolis 7.00%
Mississipi 7.00%
Rodhe Island 7.00%
South Carolina 7.08%
Minnesota 7.16%
New Mexico 7.26%
Colorado 7.39%
Missouri 7.46%
Nevada 7.93%
Ilinois 8.13%
Texas 8.14%
Kansas 8.25%
California 8.38%
Alabama 8.45%
New York 8.48%
Arkansas 8.61%
Okland 8.67%
Washing 8.86%
Lousiana 8.87%
Arizona 9.16%
Tennessee 9.44%

Com essas informações você pode então planejar a sua viagem e descobrir onde vale mais a pena fazer comprinhas!

Dicas Úteis

  • No mês de Agosto vários estados oferecem Tax-Free Weekend, normalmente em roupas e artigos de papelaria(escolares), porque é a época de volta as aulas.
  • Na Macy’s em qualquer estado que você for visitar, basta apresentar seu passaporte no Centro de Atendimento ao Visitante para receber seu cartão de 10% de desconto que é mais que a taxa de vendas.

Veja mais sobre Compras neste guia que a gente preparou com todos os posts que publicamos até hoje.

Via http://www.aprendizdeviajante.com

Projeto que legaliza prostituição está parado na Câmara dos Deputados

O projeto de lei que propõe a regulamentação dos profissionais de sexo no Brasil está parado na Câmara dos Deputados e, apesar de ser tratado como prioridade para votação antes da Copa do Mundo ainda nem começou a ser apreciado pelas comissões — que dirá pelo plenário da Casa.

As comissões da Câmara fazem as primeiras análises dos projetos de lei. Só depois de passarem pelo crivo das comissões os projetos podem ser apreciados pelo plenário.

Pelo ritmo da tramitação, são pequenas as chances de que o projeto seja votado antes da Copa, que começa em junho. Assim, o objetivo de ter uma lei para coibir os casos de exploração sexual durante o Mundial vai ficar comprometido.

A proposta foi apresentada pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) em 2012. O texto considera como profissional do sexo qualquer pessoa com mais de 18 anos que queira, por livre e espontânea vontade, oferecer serviços sexuais em troca de remuneração.

Segundo o deputado, há expectativas de que o projeto tramite de forma rápida. Mas, ele admite que não há consenso na Câmara para votar o texto antes da Copa.

— A Copa se aproxima e o Congresso, mais uma vez, se divide em quedas de braço partidárias que só servem para prejudicar os trabalhos legislativos. Há de se considerar também a influência das bancadas fundamentalistas em barrar projetos que não são de seu interesse.

Leia mais notícias no R7

Pelo projeto, não seria permitido a ninguém se apropriar de mais 50% do rendimento dos profissionais, negar pagamento ou forçar alguém a se prostituir. Todas essas práticas seriam consideradas crime de exploração sexual, com penas previstas no Código Penal.

Na justificativa do projeto, Jean Wyllys defende que regularizar a prostituição é a melhor forma de proteger os profissionais e combater crimes.

— A regularização da profissão do sexo constitui instrumento eficaz ao combate à exploração sexual, pois possibilitará a fiscalização em casas de prostituição e o controle do Estado sobre o serviço.

Se aprovada, a lei vai receber o nome de Gabriela Leite, prostituta idealizadora da grife Daspu, que vende roupas inspiradas no mundo da prostituição. Gabriela morreu de câncer em outubro do ano passado e ficou conhecida por lutar pelos direitos das garotas de programa.

Polêmica

Nem todos os parlamentares pensam como o autor da proposta, contudo. Boa parte dos deputados na Câmara acredita, aliás, que regularizar a prostituição vai incentivar a exploração sexual por meio de cafetões.

Esse é o entendimento do deputado Francisco Eurico (PSB-PE), que chegou a assinar um relatório pela rejeição do projeto na CDH (Comissão dos Direitos Humanos).

Em junho do ano passado, Eurico foi escolhido relator do projeto na comissão e votou pelo arquivamento da proposta. Para ele, um ser humano não pode ser tratado como mercadoria e regularizar a prostituição aumentaria até o tráfico de pessoas.

— O simples fato de a pessoa ser tratada como mercadoria já é uma condição incompatível com a dignidade humana, preceito fundamental dos direitos humanos. A legalização da prostituição favorece mais os cafetões e promove a expansão da indústria do sexo. A legalização acaba também por estimular o tráfico de pessoas.

Comissão

Apesar da posição do deputado, o relatório não tem valor, porque a presidência da Câmara decidiu criar uma comissão especial para apreciar o projeto. O colegiado será composto por 20 deputados das comissões de Justiça, Direitos Humanos, Família e Trabalho, além dos suplentes.

A autorização para criar a comissão foi assinada pelo presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), em setembro do ano passado. Mas os líderes partidários ainda nem indicaram quais deputados devem integrar o colegiado e, por isso, a comissão não foi instalada.

Esse não é o primeiro projeto que visa a regularizar a prostituição que tramita na Casa. Em 2004, o então deputado Eduardo Valverde (PT-RO) apresentou uma proposta, mas, depois, mudou de ideia — ele mesmo solicitou a retirada do texto.

Em 2003, Fernando Gabeira (PV-RJ) também tentou aprovar a legalização dos profissionais do sexo. Mas, quatro anos depois, o projeto foi arquivado pela Mesa Diretora da Câmara após ser rejeitado pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

(Carolina Martins, R7 Brasília)

Bandidos explodem caixa eletrônico do Banco do Brasil em Itaiçaba

Um grupo formado por 15 homens invadiu a cidade de Itaiçaba e explodiu o caixa eletrônico do Banco do Brasil na madrugada desta terça-feira (25). De acordo com a Polícia, o bando fazia uso de explosivos e deixou a agência na Rua Coronel João Barbosa totalmente danificada. A ação aconteceu por volta das 0h40. 
 
Segundo populares, os homens estavam divididos em motos e em três carros, uma Hillux de cor preta, um Ford K vermelho e um Voyage de cor preta. Conforme o Comando de Policiamento do Interior (CPI), uma parte do grupo foi para a frente do unidade policial que só contava com a presença de 3 policiais e a outra para a agência.
 
Após a explosão, o grupo fugiu com uma quantia não identificada. Os policiais acionaram reforços das cidades vizinhas e continuam em diligências para identificar os suspeitos. 
 
Bando arrombou caixa eletrônico na Reitoria da UFC
 
No último domingo (23), um grupo de cerca de 6 homens rendeu um vigilante e arrombou um caixa eletrônico do banco Santander na Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), no bairro Benfica. As câmeras do circuito interno de segurança tiveram as lentes pixadas e tapadas com folhas de papel. A quantia levada não foi revelada pela gerência da agência bancária. 
(Diário do Nordeste)

 

‘O Leão acordou’: Godofredo Pepey leva prêmio de US$ 50 mil por melhor performance no UFC Natal

Foto: AOL

O cearense Godofredo Pepey já provou que deve continuar no UFC após o incrível nocaute aplicado em Noad Lahat, neste domingo, no UFC Natal. A sua atuação agradou tanto que o atleta foi premiado com o prêmio de Performance da Noite. Além dele, Dan Henderson também foi agraciado. A melhor luta do evento também envolveu o veterano norte-americano. O combate entre Hendo e Shogun foi escolhido como a luta da noite.

Pepey, que chegou a ser cogitado como possível demitido do UFC, agora será agraciado com a premiação de 50 mil dólares. “Eu venho praticando essa joelhada há um bom tempo, mas não consegui encaixá-la nas minhas últimas lutas por causa do meu nervosismo. Eu não estava com o psicológico bom. Agora estou de volta. O leão acordou”.

Choque de ‘mitos’

Na principal atração da noite de domingo, em Natal, o público recebeu de pé os dois mitos Maurício Shogun Rua e o norte-americano Dan Henderson no Ginásio Nélio Dias, no UFC Fight Night Combate.

Após perder os dois primeiros rounds e quase ser nocauteado, o americano conseguiu por à lona o brasileiro no 3º assalto.

Após um início de bastante estudo, Maurício Shogun tomou a iniciativa do combate. Em um contragolpe, Hendo acertou o brasileiro que pareceu sentir. Shogun, porém, revidou e conseguiu quase nocautear o norte-americano, que acabou sendo salvo pelo gongo.

No segundo assalto, a situação voltou a ser a mesma. Com Shogun à frente das ações. O brasileiro soltou uma bomba de direita que derrubou o adversário. Contudo, Shogun não deu sequência nos golpes e Herb Dean acabou pondo a luta para cima de novo.

Sem tempo para mais nada, Hendo voltou para o terceiro round com o mesmo jogo, sempre esperando Maurício Shogun atacar. Em um desses contra-ataques o americano acertou Maurício Shogun em cheio e com um forte ground and pound, foi a vez de Herb Dean paralisar o combate. Era o fim de o segundo capítulo de um confronto épico entre duas lendas.

“Eu senti a mão dele, mas ele também sentiu a minha. Quero agradecer muito o Shogun por essa oportunidade. No começo fui paciente mas fizemos uma luta parecida com a primeira”, falou Henderson após a vitória.

Wand x Sonnen em Sampa

A grande final da terceira edição do TUF Brasil será realizada na cidade de São Paulo, no dia 31 de maio, no Ginásio do Ibirapuera. A informação foi confirmada pela representante do UFC no Brasil, Grace Tourinho, na coletiva de imprensa do UFC Natal. A luta principal do evento contará com os técnicos do TUF, Wanderlei Silva e Chael Sonnen.

Enviado a Natal (RN)

Ilo Santiago Jr.
Subeditor*

(Diário do Nordeste)

Cid Gomes deve renunciar ao Governo do Ceará

O governador Cid Gomes assumiu nesta segunda-feira (24) a possibilidade de renunciar ao cargo. Segundo ele, a renúncia é para permitir que o irmão Ciro Gomes possa se candidatar nas eleições de 2014 para o Poder Legislativo.

De acordo com Cid, a decisão da possível renúncia será tomada em coletivo, para que Ciro possa se candidatar. “Não pode ser ao Governo do Estado, mas poderá ser uma candidatura ao Legislativo. Isso será avaliado no devido momento. Temos vários partidos nessa avaliação e com eles vamos compartilhar essas definições”, disse o governador.

Objetivos
Para Cid, as principais prioridades nas eleições de 2014 são a reeleição de Dilma e a continuação do projeto político de seu governo. 
Outro ponto debatido é que Cid não tem planos de ser candidato e que seu objetivo é trabalhar no Banco Interamericano Mundial (BIM). “Estou necessitando de uma pausa na minha militância política”, disse. Porém, ele não deverá se afastar da vida pública. 

Renúncia
Conforme a Lei Eleitoral, Cid Gomes tem até o dia 5 de abril para renunciar ao cargo no Executivo, se tiver interesse em disputar as eleições de 2014 ou permitir que parentes em primeiro grau disputem cargo majoritário, mesmo no Legislativo, como no caso do Senado.

(Portal Cnews)

TCM Ceará identifica 33 Câmaras e 17 Prefeituras em situação irregular com a Lei da Transparência

O presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará (TCM), Conselheiro Francisco Aguiar, encaminhou ao Governador Cid Gomes a relação dos municípios inadimplentes com a Lei da Transparência, conforme levantamento concluído na última sexta-feira (21/03). As informações colhidas pela Diretoria de Fiscalização (DIRFI) indicam que, naquela data, 17 Prefeituras Municipais e 33 Câmaras Municipais estavam em situação irregular quanto ao cumprimento da Lei Complementar 131/2009.

Além do ofício enviado ao Governador, o presidente do TCM também endereçou expediente à Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado e à Secretaria da Fazenda para adoção das medidas que forem consideradas cabíveis.

As Prefeituras Municipais identificadas em situação irregular são: Abaiara, Acarape, Aiuaba, Banabuiú, Catunda, Guaramiranga, Independência, Jijoca de Jericoacoara, Limoeiro do Norte, Madalena, Miraíma, Pires Ferreira, Potengi, Potiretama, Redenção, São João do Jaguaribe e Umari.

Com relação às Câmaras Municipais, o mesmo quadro de inadimplência foi constatado em Abaiara, Acarape, Aiuaba, Altaneira, Antonina do Norte, Barro, Caridade, Catunda, Chorozinho, Eusébio, Farias Brito, Fortaleza, Frecheirinha, Granjeiro, Irauçuba, Itapajé, Itarema, Itatira, Lavras da Mangabeira, Madalena, Monsenhor Tabosa, Nova Olinda, Ocara, Orós, Parambu, Potengi, Quixelô, Saboeiro, Santa Quitéria, Tauá, Varjota, Várzea Alegre e Viçosa do Ceará.

A Lei Complementar nº 131/2009, mais conhecida como a Lei da Transparência, determina que os entes são obrigados a divulgar na internet, em tempo real, informações detalhadas sobre a execução orçamentária e financeira, por meio do Portal da Transparência. O descumprimento da lei impõe aos municípios sanções que vão desde a suspensão de repasses de recursos voluntários, impedimento na assinatura de convênios, bem como a instauração de provocação para apuração de responsabilidade.

Maiores informações podem ser obtidas no seguinte endereço: http://www.tcm.ce.gov.br/site/institucional/noticias/2013/materia11.php#.Uy5Cs848Kaw.

Via Blog do Roberto Moreira

Caixa Econômica libera cartão de confirmação com locais de prova do concurso

O cartão de confirmação, com os locais de prova do concurso para a Caixa Econômica Federal já está disponível no site do organizador, o Cespe/UnB. Em ambas as seleções (níveis médio e superior), há um total de 1.176.607 candidatos, sendo 1.156.737 para técnico bancário (de nível médio) e 19.870 para médico do trabalho e engenheiro (de superior). Os estados que receberam mais inscrições para técnico foram: São Paulo, com 208.486; Minas Gerais, com 116.206; Bahia, com 90.322; e Rio de Janeiro, com 85.207. Os números foram informados pela Assessoria de Imprensa do banco na última sexta-feira, dia de março. A relação completa com a quantidade de inscritos em cada estado deverá ser divulgada em breve.

A avaliação dos participantes será no dia 30 de março. Para o nível médio, haverá exame objetivo e redação, aplicadas das 15h às 19h30. Serão propostas 120 questões, sendo 14 de Língua Portuguesa, 36 de Conhecimentos Básicos (Raciocínio Lógico, Matemática, Atualidades, Ética e Legislação Específica) e 70 de Conhecimentos Específicos (Atendimento e Conhecimentos Bancários). Para a área de Tecnologia da Informação, na parte específica será cobrada a disciplina de Tecnologia da Informação em vez de Atendimento.

Já para o superior, haverá provas objetivas e discursivas, das 8h às 13h. O teste será composto por 120 questões, sendo 70 de Conhecimentos Básicos e 50 de Específicos, além de duas discursivas, que cobrará conteúdos específicos. Em seguida, ainda serão realizadas as etapas de avaliação de títulos e exame médico admissional. Os gabaritos serão publicados no dia 1º de abril e estarão disponíveis na FOLHA DIRIGIDA Online. O resultado final de ambas as seleções sairá dia 14 de maio. Os selecionados serão contratados sob o regime celetista. Os prazos de validade são de um ano, podendo ser prorrogados por igual período. 

Serviço
Cartão técnico bancário: www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_nm
Cartão superior: www.cespe.unb.br/concursos/caixa_14_ns

Cearenses Rony Jason e Godofredo Pepey vencem no UFC Natal

Godofredo Pepey conecta joelhada voadora em Noad Lahat. (Foto: Agência Getty Images)

Godofredo Pepey e Rony Jason “lavaram a alma” cearense na noite de ontem, no UFC Fight Night Combate, em Natal (RN), no Ginásio Nélio Dias. Ambos venceram seus combates no evento do Ultimate. Pepey nocauteou de forma espetacular o israelense Noad Lahat, enquanto Jason, com nocaute técnico, superou o norte-americano Steven Siler.

Pepey foi o primeiro a entrar no octógono. Pressionado pelas duas derrotas anteriores – para Felipe Sertanejo e Sam Sicilia -, o fortalezense tinha de vencer para continuar em dia com a organização. E foi isso que aconteceu. Só que de forma surpreendente contra o israelense que nunca havia perdido na carreira e estreava no UFC. Com uma joelhada voadora digna de cinema, o cearense acertou em cheio o queixo do oponente, que apagou imediatamente e só foi “acordar” minutos depois.

Após a vitória, o cearense desabafou e lembrou o passado de dificuldades. “Passei fome quando saí de Fortaleza. Poucas pessoas sabem o que passei na vida. Como eu disse, rapadura é doce mas não é mole, não”, contou para jornalistas ainda no Ginásio Nélio Dias. “Essa vitória veio no momento certo. Eu precisava muito. Logo agora que vou ser pai”, revelou o atleta.

O lutador ressaltou que treinou muito para o combate e que nas duas derrotas anteriores estava muito bem, mas o fator psicológico atrapalhou. “Fui acompanhado com o psicólogo e isso me ajudou bastante. Essa vitória era para ter saído antes. Desejo que o Lahat se recupere como eu também me recuperei e tenha outra chance”, comentou.

Dia de sorrir

Rony Jason também abriu uma série de lutas, só que no card principal. Ele esperou o melhor momento para finalizar por nocaute técnico o americano Steven Siler. Com uma sequência de socos, ele derrubou o adversário, que caiu ainda consciente. Só que o árbitro entendeu que o americano não tinha mais condições de lutar. Jason não se intimidou com um certo clima de polêmica no ar e deixou o octógono ovacionado pelos potiguares.

Antes de entrar na sala de imprensa, Rony Jason desabafou à reportagem: “um dia a gente chora e no outro a gente ri. Hoje foi meu dia”. Sempre bem-humorado, o lutador já começou a coletiva arrancando risos dos jornalistas. “Não vai ser dessa vez que vou ser demitido”, brincou.

O lutador quixadaense precisava da vitória para reencontrar o caminho em busca do Top 10 dos penas. Após perder para Jeremy Stephens, Rony voltou a saber o que é vitória ontem. O cearense disse que estaria pronto para lutar pelo cinturão agora mesmo. “Respeito muito o José Aldo, mas prometi que um dia ia pegar o cinturão do UFC e jogar no chão de Quixadá, na minha terra”, revelou.

Shogun nocauteado

Na luta principal (meio-pesados), o americano Dan Henderson nocauteou o brasileiro Maurício Shogun no 3º round com um cruzado que acertou em cheio o nariz do adversário.

(Com a colaboração de Juliano de Medeiros)

Adversário de Diego Brandão é expulso do UFC

O adversário do cearense Diego Brandão, Will Chope, foi demitido do UFC ainda na madruga de sábado para domingo e a luta foi cancelada. O atleta foi expulso da Força Aérea americana em 2009, após ter agredido e ameaçado com uma faca a sua esposa, de acordo com matéria bombástica do Bleach Report, que teve acesso aos documentos oficiais da entidade militar.

Chope teria agredido sua esposa repetidas vezes depois de descobrir um suposto caso de infidelidade. Nas primeiras vezes em que isso aconteceu, em junho e outubro, foi punido apenas administrativamente por seu comandante de unidade. Em novembro daquele ano, mesmo tendo sido alertado para não encostar mais em sua mulher, Chope voltou a agredi-la, desta vez com ainda mais violência.

Promessas

O norte-americano recebeu sentença de cinco meses de confinamento e foi exonerado da Força Aérea. Após ter recorrido – afirmando que poderia se reabilitar e que já havia se separado -, o tribunal negou o pedido.

No Facebook, Will lamentou o cancelamento da luta. “Minha luta foi cancelada por um erro de cinco anos atrás. Me desculpo verdadeiramente com meus fãs. Vou falar com minha ex-esposa ao telefone e ela vai me apoiar. Vamos fazer uma nota oficial assim que eu voltar aos Estados Unidos, na quarta-feira”, disse.

Enviado a Natal (RN)

Ilo Santiago Jr.
Subeditor*

Torcida em polvorosa
Natal das Artes Marciais Mistas

Público potiguar compareceu em peso ao Ginásio Nélio Dias neste domingo. Ainda fora da praça esportiva, torcedores locais exibiam camisas em alusão ao cearense Rony Jason. No octógono, a ring girl Camila Oliveira era a atração entre um round e outro dos combates. Foi ocasião também para ovacionar o nocaute avassalador do fortalezense Godofredo Pepey sobre o israelense Noad Lahat

(Diário do Nordeste)

Saiba o que abre e o que fecha em Fortaleza no feriado do dia 25 de março

Muita gente se surpreendeu com a informação de que haverá feriado no dia 25 de março. O dia livre presta homenagem à Data Magna do Ceará – data em que foi abolida a escravidão no Estado, em 1884 –  e tem origem na emenda constitucional de autoria do deputado Lula Morais, aprovada em 1º de dezembro de 2011. Em 2012, o feriado caiu no fim de semana.

Postos de saúde

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS), os postos de saúde não abrem na terça-feira (25). A única exceção é para o Centro de Saúde da Família Paulo Marcelo, na Rua 25 de Março, no Centro, que abre somente para vacinação. As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) funcionam normalmente para atender quadros de urgência e emergência.

Postos de combustíveis

Os postos de combustíveis abrem normalmente, confirmou o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos). Os únicos postos que fecham são os mesmos que optam por fechar nos dias de domingo.

Centro

Já o comércio do Centro da cidade irá fechar por completo nesta terça, segundo Maia Júnior, diretor da Associação dos Empresários do Centro de Fortaleza (Ascefort).

Shoppings

Ainda segundo Maia Júnior, o Sindicato do Comércio Varejista e Lojista de Fortaleza (Sindilojas) informou que as lojas dos shoppings também irão fechar no feriado. A praça de alimentação e o cinema abrem para entreter os visitantes no feriado.

(Diário do Nordeste)

Brasil teve média de oito ataques a bancos por dia em 2013

Boa Viagem/CE – Ataque Banco do Brasil 02.09.13

O número de assaltos e tentativas de roubos em agências e postos bancários chegou a 2.944 ocorrências em todo o País — uma média de oito assaltos a agências por dia, segundo dados da Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro) divulgados nesta sexta-feira (21).  

6 ª Pesquisa Nacional de Ataques a Bancosaponta que entre os 27 Estados, São Paulo é o que apresentou o maior número de ocorrências (768), porque detém o maior número de estabelecimentos bancários. O aumento foi 56% em relação ao ano de 2012. Na segunda posição aparece Minas Gerais com 314 ataques e aumento de 4,32%. Em nove Estados houve recuo com ênfase para Mato Grosso (-76,22%) e um total de 44 casos.  

O número de arrombamentos foi 2.085, o equivalente a um aumento de 18,26%. A maior evolução das ocorrências foi na região Nordeste (43,54%), com destaque para os Estados do Piauí (235,29%), Rio Grande do Norte (203,45%) e Paraíba (141,67%).  

Mortes aumentaram 

A pesquisa indica aumento gradativo nos ataques que resultaram em mortes. Em 2011, ocorreram 49 mortes, número que passou para 57, em 2012, e 65 em 2013. A maioria das vítimas foi atacada e morta quando deixava as agências, crime chamado de saidinha de banco, um total de 49% dos casos (32 mortes). Em São Paulo ocorreram 17 mortes, no Rio de Janeiro (11), na Bahia (7); no Ceará (6), em Minas Gerais (6) e no Rio Grande do Sul (5).

Dirigente de associação de trabalhadores em segurança bancária, Ademir Wiederkehr observou que em cidades onde há leis que colocam as instituições financeiras como responsáveis por investimentos em segurança, houve uma baixa na criminalidade. Outro dirigente, José Boaventura Santos defende a ampliação da regra para dar maior proteção a funcionários e clientes.

A pesquisa foi feita em conjunto pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, Confederação Nacional dos Vigilantes e Federação dos Vigilantes do Paraná, com apoio do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.  

(R7)

Celso Freitas é condenado a pagar multa de quase R$ 600 mil para a Globo

Celso Freitas terá de pagar multa de aproximadamente R$ 600 mil para a Globo. Na quinta-feira (20), o Superior Tribunal de Justiça confirmou a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro a favor da emissora carioca e negou o pedido de anulação de multa do apresentador.

Em 2004, Celso Freitas trocou a Globo pela Record e deixou a emissora carioca quando ainda faltava um mês para o cumprimento do contrato. A Globo entrou na Justiça contra o apresentador para exigir a multa rescisória e o processo se arrasta nos tribunais desde então. 

A decisão da última quinta (20) foi unânime e o valor já foi depositado em juízo. O apresentador do “Domingo Espetacular” ainda pode recorrer da decisão e tentar novamente anular a multa. 

(IG Gente)

Para onde vai a contribuição de iluminação pública em Fortaleza?

Não está no Portal da Transparência do Município. O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) não tem detalhado. O Ministério Público Estadual não solicitou até agora. A Prefeitura de Fortaleza só informou sobre 2013. O POVO buscou dados detalhados sobre como foram gastos os R$ 989,6 milhões arrecadados durante dez anos em Contribuição de Iluminação Pública (CIP). Há esclarecimentos e dúvidas.

Conforme a Secretaria de Finanças (Sefin) foram arrecadados R$ 112,4 milhões com a CIP em 2013 – o que corresponde a cerca de metade da arrecadação com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Mas o que foi feito com esse dinheiro, que é vinculado ao custeio de serviços ligados a iluminação da Cidade?

O titular da Coordenadoria Especial de Iluminação Pública, Alfredo Nelson Serejo, revelou que foram pagos, no ano, R$ 41,7 milhões para a Citéluz, então empresa contratada para cuidar da iluminação pública em Fortaleza – desde 2001. Esse pagamento tem a ver com investimentos em melhorias, ampliação e manutenção do parque de iluminação pública.

O que mais levou investimentos foi a iluminação de avenidas – 20 no total, consumindo R$ 8,2 milhões, informou Alfredo. Foram aplicados R$ 6,5 milhões em outras vias. Os conjuntos de ruas de um mesmo bairro – quadriláteros -, receberam R$ 5,8 milhões; praças, R$ 3,1 milhões; a recomposição do parque de iluminação pública recebeu R$ 2,2 milhões. Soma-se a isso a manutenção de 182.513 pontos de iluminação.

Restam cerca de R$ 70,7 milhões. O secretário de Conservação e Serviços Públicos, João Pupo, esclarece que há despesas com a Coelce, como a conta de luz da Cidade e a taxa de administração. A empresa tem a função de cobrar a CIP em seus boletos e repassar os recursos ao Município. Foram pagos à Coelce R$ 46,5 milhões.

Restaram R$ 24,2 milhões a serem destinados. Até o fechamento desta edição, a Prefeitura não deu retorno sobre a destinação do recurso, que pode, ser executado no exercício seguinte do que foi arrecadado, ou seja, este ano.

Dúvidas

O POVO buscou também detalhamento sobre os gastos em iluminação pública em outros nove anos anteriores. Nem os dados atuais nem os anteriores estão no Portal da Transparência do Município. O Tribunal de Contas do Município (TCM) confirma que ainda está desenvolvendo mecanismos para incluir o detalhamento dos gastos da CIP nas informações disponíveis. 

“No tocante às despesas realizadas, cuja totalidade também está disponível no Portal da Transparência e através dos Dados Abertos (informações da forma como recebidas dos jurisdicionados), não há, ainda, a exata identificação de despesa por fonte do recurso utilizado. Essa informação, que é recebida por meio do Sistema de Informações Municipais, está sendo trabalhada pelo TCM e será plenamente disponibilizada no Portal”, informou, em nota, o TCM.

O Tribunal informa que realiza fiscalizações in loco e solicita comumente dados quando há dúvidas sobre a relação fonte de receita/despesa no seu aspecto legal.

O procurador Promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, Ricardo Rocha, acompanha os processos licitatórios para contratar a empresa de iluminação pública desde 2012. Ele explica que o Ministério Público Estadual ainda não solicitou dados sobre os gastos no setor. Isso porque o foco da atividade, no memento, é o processo licitatório.

O POVO entrou em contato com a empresa Citéluz pelo 0800, mas não houve retorno. No site da empresa, não há endereço nem outro número de telefone. 

Saiba mais 

Aldeota às claras e Mondubim às escuras. Foi essa a constatação do O POVO publicada em 2013, para a qual foram percorridos 11 bairros de Fortaleza: Barra do Ceará, Montese, Henrique Jorge, Bom Jardim, Maraponga, José Walter, Centro, Aldeota, Messejana, Mondubim e Praia de Iracema.

A matéria apontava falhas na iluminação pública, mostrando relação entre as áreas mais violentas e as mais escuras.

Ouvida na ocasião, a pesquisadora Glaucíria Mota Brasil, da Universidade Estadual do Ceará (Uece), constatava que Fortaleza não é uma cidade bem iluminada. Mesmo com todos os postes funcionando, para ela, as luzes amareladas são ineficientes.

Ela também apontava a relação entre violência e iluminação ruim, defendendo que as luzes inibem a ação de bandidos, tendo em vista os grandes riscos à noite.

O sociólogo e pesquisador da Universidade Federal do Ceará (UFC), Marcos Silva, também ressaltava a importância de a iluminação está inclusa nas demandas de políticas de segurança. “Não se deve achar normal ter medo de se movimentar na cidade à noite”, dizia.

 (Andreh Jonathas, O Povo Online)

Protestos pró-militares e antifascistas transcorrem sem conflitos no Centro de Fortaleza

FOTOS DIVULGAÇÃO/FACEBOOK Marcha da Família com Deus pede volta dos militares ao poder e Marcha antifascista quer protestar contra “articulação golpista” Bate-pronto (0)PREFEITURA NAS COMUNIDADES Prefeitura realiza a 6ª edição do “Abraça Fortaleza” (0) Erramos (0)

Participantes da Marcha da Família com Deus e da Marcha Antifascista estão concentrados no Centro da Capital, próximo da Fortaleza de Nossa Senhora de Assunção, sede do Comando da 10ª Região Militar. Cerca de 100 pessoas participam da Marcha da Família com Deus. 

Já a Marcha Antifascista reúne cerca de 70 pessoas, a maior parte jovens, que partiram do Passeio Público, por volta das 16h, e seguiram pela rua Major Facundo. Ao chegarem na rua Castro e Silva, em frente à Catedral Metropolitana, eles foram impedidos de passar por cerca de 30 homens do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). Não houve conflito. Segundo o Gate, a barreira de policiais tem o objetivo de evitar confronto entre participantes das duas marchas. 

O clima é tranquilo, apesar da movimentação intensa no local e das palavras de ordem ditas por manifestantes de ambas as marchas. Comerciantes da feira que ocorre no entorno do Mercado Central reclamam das manifestações, pois segundo eles, estão assustando os clientes e prejudicando as vendas.

Redação O POVO Online, com informações do repórter Bruno Pontes

Bandeiras e lençóis brancos unem população contra a violência em Fortaleza

REPRODUÇÃO INSTAGRAM LUCIANA OTOCH

Uma manifestação que convida a população de Fortaleza a colocar bandeiras e lençóis brancos nas janelas dos apartamentos e das casas vem ganhando força nas redes sociais. Além de pedir paz e segurança na Capital, o protesto, organizado pela página Fortaleza Apavorada, no Facebook, visa chamar a atenção do Brasil para a situação de insegurança na capital cearense. A ideia é aproveitar a repercussão da reportagem sobre a violência em Fortaleza que será exibida no Fantástico, da Rede Globo, do próximo domingo, 23.

O programa da Rede Globo apresentou, no último domingo, 16, reportagem acerca da cidade mais violenta do mundo, Honduras. Anunciou que no domingo irá abordar as três cidades mais violentas do Brasil, entre as quais, uma das sede da Copa do Mundo deste ano: Fortaleza.

Até as 17h20min desta sexta-feira, 21, a postagem com o convite no Facebook teve 3.354 compartilhamentos. No Facebook e no Instagram, usuários compartilham imagens de prédios que já ganharam panos brancos nas varandas. “Divulguem aos integrantes de suas listas de destinatários. Vamos nos mobilizar para mudar essa realidade”, diz ainda o convite.

VIOLÊNCIA
Manchete do jornal O POVO desta sexta-feira traz a ”insuportável escalada da violência” em Fortaleza. Traz o caso do estudante da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC), Mardônio Freire Júnior, 19, morto durante assalto no bairro Henrique Jorge, quando voltava para casa dirigindo seu carro, na noite da última quarta-feira, 19 . Ele havia saído para comprar uma passagem de ônibus para a cidade de Ibiapina, onde a família mora, quando foi abordado por dois adolescentes e um homem adulto. 

Outros dois latrocínios foram registrados em Fortaleza e Caucaia, na Região metropolitana, nesta semana. Na segunda-feira, 17, o delegado Lucas Craveiro, 33, foi assassinado a tiros, durante assalto, quando saía de uma lanchonete localizada na avenida Washington Soares. 

Na terça-feira, 18, um comerciante de 76 anos foi morto com um tiro no peito no bairro Taquara, em Caucaia.

Na manhã da última quinta-feira, 20, o Lar Torres de Melo, equipamento que presta assistência a idosos há mais de um século, foi assaltado por quatro homens. Os assaltantes renderam o vigilante e levaram o dinheiro da aposentadoria dos idosos. 

Redação O POVO Online

Violência é nacional, mas em Fortaleza virou absurdo, diz ACC

Da Coluna Vertical, no O POVO deste sábado (22):

O presidente da Associação Comercial do Ceará (ACC), João Porto Guimarães, está revoltado com a situação a que chegou a violência no Estado e, em especial, em Fortaleza. Reconhece que o problema é nacional, mas observa que a Capital vem registrando estatísticas absurdas e uma população sem sentir, pelo menos, a sensação de segurança.

João Porto reconhece também que houve investimentos, acentuando, no entanto, que falta ação enérgica para enfrentar tal quadro. João Porto chega a apelar ao governador Cid Gomes por mudança na cúpula do aparelho de Segurança Pública e Defesa Social.

Leite Elegê é retirado de circulação por suspeita de intoxicação

Via Mundo do Marketing

A Elegê foi obrigada a suspender as vendas de leites desnatados no município do Rio de Janeiro após suspeitas de intoxicação de pessoas que tomaram o produto. O Procon Carioca registrou mais de 10 reclamações de pessoas que passaram mal e obrigou a BRF a retirar três lotes da bebida, que totalizam mais de 4 mil litros. Os códigos dos produtos sob suspeita de estarem estragados são CDSA 16:533, CDNZ23:553 e CDVP06:093. A empresa informou que não houve queixas em outros estados, mas investiga se há produtos impróprios para o consumo em todos os mercados.

A marca alegou em nota que a “impropriedade se trata de uma quebra da cadeia de proteína que gera sabor e cor alterada no produto, o que não causa danos à saúde ou à integridade física dos consumidores”. A BRF informou ainda que a alteração “não possui relação com o crescimento microbiológico e/ou adição de químicos”. No Reclame Aqui, havia 54 queixas de consumidores de diversos estados registradas desde 3 de fevereiro até o fim da tarde desta quinta-feira, dia 20 de março.

Semana passada, o Ministério da Agricultura e o Ministério Público do Rio Grande do Sul já haviam denunciado a contaminação do leite das marcas Parmalat e Líder, da fabricante LBR, com formol. A substância cancerígena seria usada para mascarar a diluição do produto com água. Na tarde dessa quinta-feira, dia 20, a LBR apresentou à imprensa 13 laudos de testes feitos pela empresa e pelo Ministério da Agricultura, todos com resultados negativos para a presença da substância Formaldeído. A companhia continua disponibilizando o recall do leite UHT integral das marcas Parmalat e Líder. Para realizar a troca dos produtos os consumidores devem entrar em contato com o Serviço de Atendimento aos Consumidores, pelo telefone 0800 011 2222 ou pelo e-mail sac@lbr-lacteosbrasil.com.br.

leite,parmalat,elegê,procon,BRF

Morre em São Paulo o humorista Canarinho, de “A Praça é Nossa”

Morreu nesta sexta-feira (21), em São Paulo, o humorista Canarinho, aos 86 anos, integrante do programa “A Praça é Nossa”, no SBT. Internado desde o dia 16 de março, ele teve um infarto agudo do miocárdio. O corpo será velado no Velório Municipal de Mogi das Cruzes, a partir das 22 horas de hoje. O corpo está previsto para ser cremado na Vila Alpina. A cerimônia será aberta ao público.

Aloísio Ferreira Gomes, o Canarinho, começou sua carreira como cantor, trabalhou como apresentador e também reúne vários filmes no currículo.

O humorista estava afastado do programa há algum tempo, para cuidar da saúde. E, desde o dia 16 de março, internado no hospital Santana, de Mogi das Cruzes.

Carlos Alberto de Nóbrega ficou abalado com a morte do amigo e prefere não falar com a imprensa neste momento, segundo informou a assessoria do apresentador. 

Carlos Alberto tinha um apreço pelo amigo, conforme manifestou no especial de Natal, da “A Praça é Nossa” de 2011.”Se o Golias foi meu grande amigo do trabalho, Canarinho foi meu grande amigo da sacanagem (risos). O Canarinho é o único que conseguia encher o saco do meu pai, sem irritá-lo. Você faz parte da minha vida”, afirmou ele.

Canarinho e Manoel de Nóbrega se conheceram na TV Paulista, no programa “Praça da Alegria” e se tornaram amigos.

Nascido na Bahia, Canarinho iniciou sua carreira aos 17 anos, com passagens pelo rádio, cinema e televisão. Em 1987, Canarinho passou a integrar o humorístico “A Praça É Nossa”, do SBT, onde completaria 27 anos na emissora.

Participou do “Sítio do Picapau Amarelo”, no qual interpretou Garnizé. Além disso, Canarinho participou das novelas “Meu Pedacinho de Chão”, de Benedito Ruy Barbosa, que será reexibida em 100 capítulos na Globo em abril, e “Sinha Moça”. Além de redator das atrações “Programa Show Canarinho”, “Domingo é Dia”.

No cinema, participou de “Nos Tempos da Vaselina” (1979), “As Testemunhas Não Condenam” (1962), “A Desforra” (1967), “Sábado Alucinante” (1970), “Diabólicos Herdeiros” (1971), “Jerônimo” (1972), entre outros.

“Lamentamos a perda do humorista e deixamos nossos sentimentos aos familiares, amigos, admiradores e colegas de trabalho de Canarinho”, disse o SBT em nota.  

Canarinho era casado com Rosa, com quem tem um filho, além de outros três do primeiro casamento.

Famosos comentam

A morte de Canarinho foi sentida também por amigos e colegas de trabalhos. Muito emocionado, Carlos Koppa, “o loirão do orelhão”, disse ao UOL que “embora esperasse”, “está sofrendo muito”. “Está sendo uma cacetada, visitava ele toda a semana e sabia que ele estava piorando”. Chorando, o ator desabafou: “Trabalhamos juntos, imagina o que estou passando?”.

O apresentador Celso Portioli usou seu perfil do Twitter para comentar. “Muti triste, meus sentimentos à familia”, escreveu ele. O humorista Zé Américo também lamentou: “Que pena, mais um grande expoente do humor e um mestre na vida se foi. Quando eu era criança o Canarinho tinha um fliperama perto de casa eu como eu não saía de lá ele queria saber se eu estava na escola. Quando eu ia imaginar que iria conhecer, trabalhar e ficar amigo dele?”, relembrou.

*Colaboração de José Carlos Nery, via Uol

Cérebro de Bellini é doado para que médicos estudem impacto de cabeçadas

O cérebro do ex-jogador da seleção brasileira Bellini foi doado para que seu médico, o neurologista Ricardo Nitrini, faça estudos de possíveis danos causados por cabeçadas na bola durante a carreira. Ele morreu na última quinta-feira, aos 83 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos.

De acordo com a família do jogador, o capitão sofria de Alzheimer há 18 anos, sendo que dez deles viveu muito bem.  Mas o longo tempo em que viveu com a doença pode ter como causa o impacto das testadas na bola, o que causará uma análise de seu médico.

“A partir da Copa de 2006, quando assistimos a primeira fase, voltamos para o Brasil, e ai ele apresentou maiores dificuldades com relação a doença, que foi se agravando”, falou a ex-mulher de Bellini, Giselda.

O cérebro do jogador já foi retirado nesta madrugada e não estava no corpo durante o velório realizado no Salão Nobre do estádio do Morumbi, zona sul da capital paulista.

O primeiro a levantar a taça

Nascido em Itapira em 1930, o capitão da seleção em 1958 imortalizou o gesto de levantar o troféu após conquista em campo. “Não foi nada programado”, disse, posteriormente. “Os fotógrafos pediram que eu levantasse a taça.”

Esse foi o primeiro Mundial do zagueiro, que voltaria a ser campeão com a seleção no Mundial de 1962, no Chile; nesta Copa, ele foi reserva. O capitão era o titular da zaga Mauro Ramos de Oliveira.

Bellini disputou sua última Copa em 1966, quando jogou as duas primeiras partidas da seleção que acabaria eliminada com uma derrota para Portugal.

Nos clubes, Bellini fez história como zagueiro do Vasco entre 1952 e 1962, conquistando três Campeonatos Cariocas (1952, 1956 e 1958) e um Torneio Rio-São Paulo (1958). Depois, foi para o São Paulo, onde atuou por 1962 e 1968 e substituiu Mauro Ramos como ídolo da defesa são-paulina. Ele se aposentou no Atlético Paranaense, em 1969.

Em virtude do Mal de Alzheimer, Bellini se distanciou dos amigos de Itapira. Seus últimos anos de vida foram em uma residência em São Paulo.

“Já tinha muito tempo que o Bellini enfrentava essa doença. Era uma pena, porque era um ouro de pessoa. Ele se afastou porque já não conhecia mais as pessoas”, relembra Flávio Boretti, ex-presidente do Itapirense e amigo de Bellini.

(Vanderlei Lima, Uol)

Concurso da Caixa tem provas no dia 30; veja dicas para montar uma boa redação

A redação do Concurso da Caixa Econômica Federal, que acontece no dia 30, vale 20 pontos. Uma boa pontuação nessa etapa pode garantir a sua classificação e a sua nomeação em um dos concursos mais disputados dos últimos anos. A seguir daremos algumas dicas para ajudar você a elaborar uma boa redação, mesmo na hora do nervosismo.

A Caixa Econômica Federal aplica na próxima semana, dia 30, as provas objetivas do concurso para Técnico Bancário em 2014, que teve mais de 1,8 milhão de inscritos. Uma das etapas de avaliação do concurso corresponde a aplicação de prova dissertativa (redação) sobre um tema específico, divulgado somente no momento da prova, lembrando ainda que só serão corrigidas as redações dos melhores classificados na prova objetiva, conforme indica o edital das vagas por município. Pensando nisso, elaboramos algumas dicas que poderão ser úteis para que você tenha êxito na etapa discursiva.

Você será julgado pela apresentação e estruturação do seu texto, bem como o desenvolvimento devido do tema. Este conjunto de habilidades, chamado domínio de conteúdo, totalizará a nota da sua prova de redação, conforme cita o edital de abertura do concurso.

A prova será do tipo dissertativo, ou seja, você terá que expor a sua opinião sobre o assunto sugerido pela banca. Na verdade esta é a etapa mais simples, já que todos temos uma opinião sobre algo. E não deixe o nervosismo tomar conta pensando se a sua opinião está certa ou errada, já que não existe opinião certa ou errada. Existe apenas opinião. Existe mais um aspecto para lhe tranquilizar: a banca nunca vai julgar a sua opinião, e sim o modo com que você defende ela. É aí que entra a próxima dica:

Argumente. Tenha pelo menos três argumentos contundentes para defender o seu ponto de vista no desenvolver do texto. Não vale tentar enganar os jurados, eles saberão perceber se você entende ou não do que está escrevendo. Com esses três argumentos você consegue fazer todo o desenvolvimento do texto, e se bem defendidos podem acrescentar alguns pontinhos na média da redação.

Conheça o tema. Sim, essa dica é absurda, já que o tema só é divulgado na hora da prova, mas o que eu quero dizer com “entenda” é: mantenha-se atualizado sobre os assuntos do mundo para que você entenda um pouco de tudo. Leia os jornais e revistas, ou procure pelo menos ficar por dentro das novidades, já que normalmente são assuntos que estão em pauta na mídia, na política ou na internet que são pedidos na redação. Ou seja, simplesmente mantenha-se atento ao que acontece no mundo e as suas chances de se dar bem aumentam consideravelmente.

Interprete: Leia com atenção o enunciado. Leia e entenda o que está sendo pedido. Não basta sair escrevendo o que você quiser. É necessário seguir as instruções dadas pela banca organizadora, para chegar ao texto que eles esperam ler de um candidato que entende a própria língua.

Use a língua culta: Não se assuste; eu não estou dizendo pra você escrever de modo pomposo e retrógrado. Usar a língua culta não é isso. O bom uso da língua culta é a linguagem que você usa pra escrever os seus trabalhos escolares ou da faculdade. Que se faz entendível sem gírias, neologismos e abreviações. Não é difícil se algum dia você já leu um jornal. Cuidado para não usar um texto rebuscado; isto não é linguagem culta e sim linguagem velha.

O mesmo vale para neologismos: não use palavras que acabaram de ser inventadas se ainda não estão no dicionário. Se você não tem certeza de que a palavra realmente existe, não a use. E cuidado, muito cuidado para não usar aquela linguagem da internet: o Internetês (para mostrar para vocês como um neologismo pode cair mal num texto).

Não fuja do tema proposto: Aqui está a importância de se entender bem o enunciado da redação; para saber exatamente de que tema tratar e se manter nele. Muitos candidatos se perdem na argumentação e acabam desviando o assunto do texto para outros lados. Cuidado, a fuga do tema pode acabar com a sua pontuação. Comece a escrever o texto seguindo a direção estabelecida pelo enunciado e termine o texto com uma conclusão a respeito do tema.

Cuidado com Propriedade Vocabular: Esse item diz respeito ao bom uso da Linguagem culta na construção do texto, a riqueza com que o candidato utiliza as palavras para descrever algo ou uma situação. Ter uma boa propriedade vocabular é utilizar a palavra certa para descrever algo de modo preciso, é ter um bom domínio do vocabulário da nossa língua.

Uso das grafias: Mais uma modalidade para se ter cuidado. Existem duas formas de grafias em vigor atualmente. A que era a norma comum até o dia 31 de dezembro de 2008 e a que se tornou oficial desde o dia 1º de janeiro de 2009. Você poderá usar qualquer uma delas sem perda de pontos; mas apenas uma delas. Se você usar a grafia de 2008, que ainda é a mais usada, atenha-se a ela. Na verdade é até recomendado que você use a norma mais antiga, pois ela ainda é a mais usada nos dias de hoje, e você deve estar mais habituado a ela. Além do mais as novas normas ortográficas só se tornam obrigatórias a partir do dia 1º de janeiro de 2016.

Não ultrapasse o número de linhas especificado: Não escreva mais do que as 30 linhas que são pedidas no enunciado. Simplesmente porque isso não é pedido, e desconta pontos. Sim, a contagem de linhas conta na nota final da redação, tanto para mais, quanto para menos; ou seja, se você escrever poucas linhas isso também será julgado pela banca examinadora e pode diminuir a sua pontuação final. Este item entra na contagem de pontos como (TL) Total de Linhas efetivamente escritas. E convenhamos, 30 linhas são mais do que o suficiente para se desenvolver um assunto, não?

Não assine a redação: Não sinalize o texto de nenhuma maneira que identifique a sua autoria sobre ele. Deste ato depende a credibilidade da correção da redação, já que se as provas forem identificadas pode haver alguma parcialidade se um texto cai nas mãos de um examinador que lhe seja conhecido. É uma questão de segurança; da sua própria segurança de uma correção justa. Mas uma rubrica vale? Não, não vale!

Observe a Coerência: Você sabe o que é coerência não é? É uma conjunção de ideias que forma um todo lógico. No caso do texto, é um conjunto de ideias e argumentações que formam um texto lógico, que leve o raciocínio do leitor para algum ponto que tenha lógica e sentido, que seja compreensível do ponto de vista semântico.

Escreva um texto coeso. Isso se torna fácil porque você já conhece e sabe o que significa a palavra coesão, não é? Escrever um texto coeso, e escrever um texto em que uma ideia se ligue a outra, formando um fluxo lógico e compreensível, com continuidade. Num texto coeso uma ideia vai completando a outra, de maneira que a leitura se torna facilitada.

Entenda o que é Morfologia antes de escrever: A morfologia nada mais é do que o estudo da estrutura e da formação das palavras, e o modo com que elas são classificadas. As palavras são analisadas em seu aspecto isolado, e não no seu sentido quando integrado à frase ou a um período. Agrupamos a Morfologia em dez classes gramaticais, que são: Substantivo, Artigo, Adjetivo, Numeral, Pronome, Verbo, Advérbio, Preposição, Conjunção e Interjeição.

Saiba o que é Sintaxe: a Sintaxe estuda a disposição das palavras nas frases, e das frases no discurso, assim como as relações lógicas entre si. Para que se possa mandar uma mensagem compreensível, um interlocutor deve usar uma serie de palavras que estejam relacionadas entre si, para que a mensagem faça o maior sentido possível para aquele que a recebe. O seja, a Sintaxe é o manuseio satisfatório das possibilidades que existem para combinar as palavras e orações.

Certo, mas e a Morfossintaxe? Bom, agora que já vimos o que é morfologia e o que é sintaxe fica simples, não? Lá vem a explicação: a morfossintaxe é a analise simultânea de uma mesma palavra em seu aspecto morfológico e sintático, ou seja, analisamos a forma da palavra e a função dela dentro de uma oração.

Ortografia, que é o nosso último item, quase não precisa explicar. É simples: Ortografia na verdade o nome da palavra já diz muito sobre ela. Vamos pensar no seguinte: Orto é um termo de composição que provém do grego: orthos e que exprime a ideia de direito, reto, exato. Agora pense: o que significa grafia? Grafia é um elemento de composição de origem grega com o significado de ação de escrever. Ou seja, ortografia é escrever de modo correto. Nada mais do que isso. Admita! Essa foi a mais fácil.

Com essa pequena base de conhecimentos e noções você já consegue fazer uma boa redação, além disso, você também tem se preparando há algum tempo não é? Se você ficou com alguma dúvida, você pode encontrar mais algumas dicas onde abordamos os temas de “palavras complicadas que são cobradas nas redações dos concursos” e “dicas para montar um bom texto“.

O Ache Concursos deseja boa sorte a todos os candidatos.

Leia mais: http://www.acheconcursos.com.br/noticia/concurso-da-caixa-tem-provas-no-dia-30-veja-dicas-para-montar-sua-redacao-1543#ixzz2weP2eR7h

 

 

Caixa divulga horários e locais de provas de concurso para níveis médio e superior

A Caixa Econômica Federal divulgou os horários e locais de provas para o concurso público a ser realizado no dia 30 de março. A seleção contará com duas etapas, sendo a primeira para os cargos de nível superior com aplicação das provas a partir das 8h e a segunda para os candidatos de nível médio, às 15h. A recomendação é que o candidato chegue ao local com antecedência mínima de 30 minutos, com documento de identidade original e caneta esferográfica azul ou preta.

As aplicações das provas irão acontecer em várias cidades brasileiras. Para consultar os locais e a quantidade de inscritos, o candidato deve acessar o site do Cespe/UnB, banca organizadora do concurso.

O concurso oferta move mil vagas em todo o país, para cargos de nível médio e superior. Para o nível médio, os cargos são para técnico bancário. Já para o nível superior são disponibilizadas as áreas de Engenharia Agrônoma, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica e Medicina do Trabalho. Os salários vão de R$ 2.025 a R$ 8.041, com jornada de 30 e 40 horas semanais, respectivamente.

Clique aqui para o edital de nível superior e aqui para o de nível médio. 

O concurso registrou 1. 921. 723 inscrições até o dia 21 de fevereiro. São 1. 887. 376 candidatos para o cargo de técnico bancário novo (nível médio) e 34. 347 para os cargos de nível superior. As informações são da assessoria de imprensa do órgão. O número final deve ser divulgado na próxima semana.

Do total das inscrições, 32. 987 candidatos se declararam portadores de deficiência, sendo 32. 650 para nível médio e 337 para nível superior.

Concurso

O concurso oferece 9 vagas e formação de cadastro de reserva para os cargos de técnico bancário novo, engenheiro agrônomo, civil, elétrico e mecânico e para médico do trabalho. Os concursos são para todo o país. O provimento das vagas estará sujeito ao planejamento estratégico e às necessidades da Caixa.

O salário para técnico bancário novo é de R$ 2. 025,00 para jornada de trabalho de 6 horas diárias, caracterizando 30 horas semanais. O candidato deve ter nível médio.

Serão duas etapas: provas objetivas e provas discursivas e exames médicos admissionais.

São 9 vagas e formação de cadastro de reserva para os cargos de nível superior. O salário para engenheiro agrônomo, civil, elétrico e mecânico é de R$ 8. 041,00 para jornada de 8 horas diárias e 40 semanais. Para médico do trabalho é de R$ 4. 021,00 para jornada de 4 horas diárias e 20 horas semanais.

O concurso terá provas objetivas, provas discursivas, avaliação de títulos e exames médicos admissionais.

Ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados no concurso público de 2012 para o cargo de técnico bancário novo até o término de sua vigência, ou seja, 14 de junho de 2014, ou até o esgotamento do cadastro de reserva no polo/macropolo de opção, prevalecendo o que ocorrer primeiro. 

O candidato será submetido à investigação social e (ou) funcional, de caráter eliminatório, no decorrer de todo o concurso público, desde a inscrição até o ato de admissão.

As provas objetivas, a prova discursiva e a avaliação de títulos serão realizadas nas 26 capitais das unidades da Federação e no Distrito Federal.

O concurso público terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.

Fonte: Redação com G1 e O Concurseiro

Site divulga nomes dos finalistas do TUF Brasil 3

A terceira temporada do TUF Brasil nem bem começou e, ao que tudo indica, os nomes dos quatro finalistas já vazaram. De acordo com o site Notícias da TV, assinado pelo colunista Daniel Castro, os quatro vencedores já são conhecidos.

Publicada nesta sexta-feira (21), a matéria aponta Antonio Carlos Junior, o ‘Cara de Sapato’, e Vitor Miranda como os finalistas entre os pesos-pesados. Já na divisão dos médios (84 kg), os vencedores seriam Marcio ‘Lyoto’ Alexandre e Warlley Alves Andrade.

Com exceção do experiente Vitor Miranda, que já morou nos EUA e conta com 34 anos de idade, os demais finalistas pouco passam da linha dos 20 anos e apontam uma grande possibilidade de renovação para o evento.

Agendado para o dia 31 de maio, o evento que contará com o embate entre os finalistas do programa global ainda terá o confronto entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen, treinadores do reality show global.

(Via http://esportes.r7.com/mais-esportes)

Laís Souza está tetraplégica, alguém tem que pagar por isso, e não é você

Esporte machuca. Alguns matam ou aleijam. É o caso do esqui. Michael Schumacher vegeta em Grenoble. Os defensores do tal “espírito esportivo” não contam isso para os jovens praticantes. Muito pelo contrário: o papo é sempre de superar, ir além dos limites, e todo aquele bla-bla-bla pra vender tênis e energético.

Nossa esquiadora Laís Souza está tetraplégica. Lesionou a terceira vértebra. Não mexe pernas nem braços. Treinava para participar dos jogos olímpicos de inverno quando caiu. O seguro pagou a operação e o tratamento. Mas não vai pagar mais nada. Porque o seguro de vida ou invalidez contratado pelo Comitê Olímpico Brasileiro, e pela Confederação Brasileira de Desportos na Neve, só cobre acidentes que aconteçam durante as competições, e não durante o treinamento.

Muita gente se recusa a aceitar o que aconteceu com Laís. A imprensa dá voltas sem fim para falar do caso. Compreensível. É uma jovem simpática e batalhadora. O pai é metalúrgico, a mãe trabalha em uma loja de sapatos. Mas reportagens falando da “rápida recuperação” de Laís, que ela já tem sensações nesse ou aquele pedaço do corpo, são um desserviço. Li um artigo que começa dizendo que ela já “come sozinha”. Dá a impressão que ela leva o garfo à boca. Nada disso. Só quer dizer que ela já se alimenta pela boca, e não via sonda gástrica.

Esse discurso atrapalha Laís mais que ajuda. Pior ainda as pautas sobre tratamentos experimentais milagrosos. A realidade é: Laís não vai ser curada. Jamais voltará a andar ou mexer os braços. Viverá uma vida dificílima e limitadíssima, completamente dependente dos outros. Se daqui a 30 anos um gênio criar um tratamento capaz de reverter sua lesão, ótimo, mas não está no horizonte da ciência.

O que ajudará Laís é dinheiro, muito dinheiro. Agora o Comitê Olímpico Brasileiro  iniciou uma campanha pedindo auxílio financeiro para o futuro de Laís. Famosos apoiam, Luciano Huck, Rubinho etc. (divulgando, não sabemos se doando). O objetivo, explica a nota do COB, é “ajudá-la a se autofinanciar…. desde contratar um professor de inglês, como custear parte de uma bolsa de estudo em uma Universidade no Brasil, conseguir um coaching para prepará-la para dar palestras sobre suas experiências, até criar uma fundação ou instituto para a Laís. Da mesma forma, a campanha visa a compra de equipamentos para a mobilidade e o conforto da Laís, itens não previstos na cobertura dos seguros contratados pelo COB.”

Em português claro: não vai ter grana do COB ou do poder público para as cadeiras de roda de Laís. Para as sondas, equipamentos, remédios, enfermeiros e acompanhantes. A previsão é ela continuar no hospital em Miami por mais uns três meses. Depois, se vire. Tem ideia quanto custa ser tetraplégico? Vou chutar baixo uns R$ 15 mil por mês, R$ 180 mil por ano. Laís tem 25 anos. Sua próxima década vai custar uns dois R$ 2 milhões de reais.

O  Comitê Olímpico está transferindo a responsabilidade para nós. O Brasil investe bilhões em estádios para Copa, e outros tantos bilhões para a Olimpíada do Rio em 2016, e deixa uma moça tetraplégica dependendo de vaquinhas na internet…

O COB tem obrigação de assumir Laís. Os patrocinadores do COB, como Bradesco, Nike, Correios, Skol e outros, têm obrigação de assumir Laís.  Os políticos do Brasil, que usam esses megaeventos esportivos para estimular o ufanismo babaca (e pingar uma grana para os empresários amigos), têm obrigação de assumir Laís. Alguém vendeu as maravilhas do esporte para Laís, alguém estimulou seu sonho olímpico. São esses que devem se responsabilizar por sua paralisia. Não você ou eu.

Mas enquanto eles não fazem nada, se você pode fazer algo por Laís, faça:

Bradesco
Agência: 0548-7
Conta corrente: 0110490-0
Laís da Silva Souza

(Por André Forastieri, Via http://noticias.r7.com/blogs/andre-forastieri/2014/03/20/lais-souza-esta-tetraplegica-alguem-tem-que-pagar-por-isso-e-nao-e-voce/

Ceará é 4º estado em números mortes causadas por ataques a bancos

O Estado do Ceará é o 4º em ataques a agências e postos bancários resultados em morte, segundo Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos. O Estado teve seis mortes durante as ações criminosas no ano de 2013 e ficou atrás somente de São Paulo, com 17 mortes, Rio de Janeiro, com 11 e Bahia com sete.

A pesquisa aponta, ainda, que dentre as regiões de todo o país que cresceram em números de ocorrências de assaltos e tentativas de roubos em agências e postos bancários, a Região Nordeste foi a que registrou maior avanço, com 43,54%, com destaque para os estados do Piauí (235,29%), do Rio Grande do Norte (203,45%) e da Paraíba (141,67%).

Números crescem 16,36% em todo o país

A nível nacional, os números cresceram 16,36% em 2013, chegando a 2.944 ocorrências em todo o país. 2.085 foram casos de arrombamentos, que aumentaram 18,26%. A maioria das vítimas foi atacada e morta quando deixava as agências, crime chamado de saidinha de banco, um total de 49% dos casos (32 mortes). São Paulo é que o que apresentou o maior número de ocorrências (768), porque que detém o maior número de estabelecimentos bancários. O aumento foi 56% ante 2012. Na segunda posição  aparece Minas Gerais com 314 ataques e aumento de 4,32%. Em nove estados, houve recuo, com destaque para Mato Grosso (-76,22%) e um total de 44 casos.

11 casos de roubo a banco foram registrados no Ceará em 2014

Em janeiro, foram 6 casos, quatro deles nas agências do Bradesco de Tejeçuoca, Redenção, Senador Sá, Guaramiranga. As outras duas ações foram nas agências do Banco do Brasil dos municípios de Novo Oriente e Jardim.

Em fevereiro, quatro ataques foram contabilizados, dois nas agências do Bradesco de Altaneira e Aratuba, no Banco do Brasil em Alto Santo e Banco Santander em Pajuçara, Maracanaú. O último caso foi registrado há uma semana, no Banco Santander em Paramoti.

(Diário do Nordeste)

Banco do Nordeste deve publicar edital de novo concurso em abril

O Banco do Nordeste definiu, nesta sexta (21), por meio de publicação em diário oficial, a contratação da Fundação Getúlio Vargas (FGV) como organizadora para novo concurso público para o cargo de analista bancário. Segundo responsáveis pelo setor de recursos humanos do órgão, a publicação do edital deverá ocorrer ainda em abril. A expectativa é de que o concurso seja  para formar cadastro reserva de pessoal e as localidades abrangidas ainda serão definidas.

Para concorrer ao cargo basta possuir ensino médio e os vencimentos iniciais são de R$ 2.858, com jornada de trabalho de 30 horas semanais. Os aprovados poderão participar de plano assistencial de saúde e plano de previdência complementar, de forma contributiva.

As atribuições do cargo são as seguintes: atuar em projetos e processos típicos de uma organização de desenvolvimento regional, em termos de concepção, desenvolvimento, implementação, operacionalização e monitoração, nos níveis operacionais, tático e estratégico do BNB, bem como realizar atividades operacionais, executando as rotinas  e os processos de serviços da unidade de atuação, dentro dos padrões de qualidade, produtividade e tempestividade estabelecidos pelo BNB, para atendimento de clientes internos e externos, além de auxiliar o especialista técnico e o especialista bancário na execução de suas atividades.

O último concurso para o cargo ocorreu em 2010 e foi organizado pela Associação Cearense de Estudos e Pesquisas (ACEP).  A seleção contou apenas com prova objetiva, composta de 80 questões, versando sobre língua portuguesa (20 questões), matemática (16), conhecimentos gerais (14) e  conhecimentos bancários (30). Língua portuguesa  contou com peso dois; matemática e conhecimentos gerais, com peso um, e conhecimentos bancários, com peso três.

As oportunidades foram para os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.  

As contratações serão feitas de acordo com o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

(Fernando César Alves, Via http://jcconcursos.uol.com.br)

Casal que estava junto há 45 anos morre com intervalo de 10 minutos

Naomi e Tom se casaram em 1969 e morreram no mesmo dia Foto: Reprodução/Fred Hunter’s Funeral Service /

Naomi Shirley, de 75 anos, e Tom Shirley, de 83, estavam casados há 45 anos e decidiram continuar juntos até o fim de suas vidas. Ela estava a caminho do hospital, para encontrar o marido, que tinha acabado de falecer, quando sofreu um ataque cardíaco. Os dois morreram com um intervalo de apenas 10 minutos, no último domingo, em Weston, na Flórida.

Naomi não chegou a saber da morte do marido. Os médicos haviam pedido que ela fosse ao hospital se despedir, pois seu estado de saúde havia piorado. Ele estava hospitalizado na Cleveland Clinic desde a noite de sábado, devido a dores no peito. “Meu pai morreu sem saber que minha mãe estava indo visitá-lo e ela morreu 10 minutos depois… Então nenhum dos dois soube que o outro morreu. Agora eles estão juntos, olhando por todos nós”, disse um dos filhos do casal, Tom Shirley Junior, à emissora norte-americana NBC6.

Os dois se conheceram há mais de quatro décadas em uma drogaria, onde Naomi trabalhava. Eles se casaram em 1969 e criaram quatro crianças. “Minha mãe adorava pescar e a vida no campo, e ele era guarda florestal. Foi isso que os atraiu. Os dois gostavam das mesmas coisas”, disse Tom. “Eu tenho que ficar agradecida porque ela não está em algum lugar chorando e chateada porque o pai não está mais aqui. Eles eram a vida um do outro”, disse a filha Melanie Davis.

(Extra Online)

Delegada Eliane Barbosa morre em Fortaleza aos 57 anos

Delegada Eliane Barbosa – Foto: Reprodução Internet

A delegada da Polícia Civil do Ceará, Eliane Barbosa, de 57 anos, morreu na madrugada desta sexta-feira (21) em Fortaleza. O velório será na tarde desta sexta-feira (21), na funerária Alvorada.

De acordo com informações do órgão, a delegada passou no mal no banheiro de casa após ter um enfarto. Eliane Barbosa chegou a ser socorrida para o hospital, mas não resistiu. Atualmente, a delegada era titutar da 5° Distrito Policial, no Bairro Parangaba.

O corpo de Eliane Barbosa foi levado para a sede da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). O velório da delegada será na tarde desta sexta-feira (21). A assessoria da Polícia Civil informou que repassará o local e horário ainda neste manhã.

(G1 Ceará)

Caso Patrícia Acioli: Tenente-coronel pega 36 anos de prisão pelo assassinato da juíza

Rio – Após cerca de 18 horas de julgamento, o tenente-coronel da PM, Cláudio Luiz da Silva Oliveira, foi condenado na madrugada desta sexta-feira, a 36 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato da juíza Patrícia Acioli, em agosto de 2011. Ele era acusado de homicídio triplamente qualificado. A sentença atende a expectativa da família que esperava que o ex-comandante do 7º BPM (São Gonçalo), na época do crime, pegasse a pena máxima.

Tenente-coronel Cláudio Luiz chegou visivelmente abatido ao julgamento

Foto:  Severino Silva / Agência O Dia

Segundo o Ministério Público, os 11 policiais denunciados queriam se vingar da juíza porque ela costumava condenar PMs por desvios de conduta. Em depoimento, José Carlos Guimarães, chefe da Divisão de Homicídios do Rio na época do crime, disse não ter dúvidas de que o oficial foi realmente o mandante da morte de Patrícia.

O oficial chegou ao Fórum de Niterói algemado, magro e bem abatido. Ele é o sétimo PM julgado e condenado. Os outros seis são: Carlos Adílio Maciel dos Santos, Jefferson de Araújo Miranda, Júnior Cézar de Medeiros, Sérgio Costa Júnior e Daniel Santos Benitez Lopes. Mais quatro réus serão julgados no dia 3 de abril.

(Marcelo Victor, O Dia Online)

As 11 coisas que você não pode fazer no Facebook

(Foto: Reprodução)

Como todas as comunidades, físicas ou virtuais, o Facebook tem suas regras de convivência. Elas nunca ficam muito claras e a maioria dos usuários jamais chegou a procurar a página onde os termos são descritos em detalhes, que podem ser conferidos clicando aqui. Abaixo está um resumo das principais regras da rede:

Violência e ameaças –  O Facebook se compromete a remover qualquer conteúdo que indique que alguma pessoa esteja em risco de sofrer violência. Organizações terroristas também são vetadas, assim como posts que promovam atos de vandalismo, roubo, ou que causem danos financeiros a outras pessoas.

Autoflagelação – O Facebook remove conteúdo que encoraje a automutilação, distúrbios alimentares ou o uso de drogas pesadas. Pessoas com tendências suicidas poderão receber auxílio de agências de prevenção.

Bullying e assédio – Comportamento abusivo direcionado a pessoas específicas, como envio de solicitações de amizade repetidamente, ou mensagens indesejadas são consideradas assédio, e o Facebook não aceita.

Discurso de ódio – A empresa faz distinção em discursos sérios e humor e encoraja discussões de ideias, mas não tolera que grupos ou indivíduo ataquem pessoas baseado em “raça, etnia, nacionalidade, religião, gênero, orientação sexual, deficiência ou doença”.

Conteúdo gráfico – O Facebook não veta imagens violentas indiscriminadamente: existe uma subjetividade. A rede social permite a divulgação de material como decapitações, desde que seja com intuito de condená-lo. Para fins sádicos ou glorificação da violência, não é permitido.

Nudez e pornografia – Material pornográfico é proibido. Para a nudez existem limites: fotos de amamentação são permitidas, assim como esculturas e “conteúdo de importância pessoal” como um todo.

Identidade e privacidade – A empresa pede que usuários não divulguem informações pessoais de outros sem a devida permissão. Além disso, a criação de “fakes” com intuito de se passar por outra pessoa ou organização é proibida.

Propriedade intelectual – O Facebook não permite uso e divulgação de material protegido por direitos autorais na rede se o usuário não tiver permissão para isso.

Produtos controlados – Não é permitido vender produtos regulamentados como armas, álcool e tabaco. Posts promovendo estes conteúdos devem obedecer a legislação local.

Phishing e spam – O Facebook tenta evitar estas práticas e solicita que não se entre em contato com outras pessoas com fins comerciais sem permissão.

Segurança – A rede social também não tolera fraude ou enganação, bem como “tentativas de comprometimento de sua privacidade ou segurança”.

Como denunciar conteúdo?

Para marcar um post para análise, acesse a timeline da página ou usuário que postou o material que você considera impróprio e encontre o post em questão. Em seguida, pressione a setinha cinza e clique em “Denunciar/Marcar como spam”. O post será escondido; então, pressione “Denunciar” para concluir o processo e selecione o tipo de reclamação que tem a fazer.

Confira um exemplo:

Reprodução


Como funciona a remoção de conteúdo?

O Facebook diz que todas as denúncias são analisadas manualmente pela equipe. Segundo a empresa, a exclusão acontece apenas em caso de violação dos termos e mediante ordem judicial.

As denúncias são classificadas de acordo com o tipo e entram em uma fila de análise da equipe. Alguns casos, como conteúdo suicida e usuários menores de 13 anos (proibidos de criar contas) acabam passando na frente. No primeiro caso, a rede pode sugerir o encaminhamento para instituições de ajuda.

Depois de fazer uma denúncia, o usuário pode conferir a o status da análise no painel de suporte. Clique aqui para conferir o seu. O Facebook também diz que não adianta denunciar o mesmo conteúdo várias vezes; se ele não for considerado impróprio, ele não será removido.

(Revista Olhar Digital)

 

Anatel começa a mapear celulares piratas; aparelhos serão bloqueados

Usuários brasileiros com smartphones não homologados devem começar a procurar alternativas a partir desta segunda-feira (17). Começou a funcionar o Siga, um sistema feito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em parceria com as operadoras de telefonia móvel do país, para identificar e bloquear produtos cuja venda não é autorizada em território nacional.

Nesta primeira fase do projeto, que deve durar cerca de seis meses, ainda não serão feitos bloqueios de aparelhos. O passo inicial é a identificação deles para a criação de um banco de dados com os códigos IMEI de cada gadget. Depois de realizar este mapeamento completo, será feita uma análise de rede. Os alvos para bloqueios são os produtos com IMEIs clonados, alterados ou não homologados, que afetem a qualidade da rede.

Entretanto, não são somente celulares que podem ser atingidos pela medida. Todos os aparelhos que utilizam chips de operadoras de telefonia móvel para acesso à rede, como tablets e máquinas de cartões de crédito, também serão identificados e, caso estejam fora das regras, podem ser bloqueados. Aparelhos homologados, mas em versões do exterior que não sejam as mesmas das vendidas no Brasil, são outros que podem entrar na mira.

Segundo a Anatel, a proibição da utilização de aparelhos não homologados já existe desde 1997, mas agora ela será repaginada por conta do advento dos chips, que tem três objetivos básicos. O intuito é aumentar a qualidade da rede, evitar problemas de saúde causados por gadgets de baixa qualidade e evitar a reutilização de aparelhos roubados. OiClaroTim e Vivo fazem parte do projeto.

Como funciona o Siga

A cada ligação ou acesso à Internet de um celular, a operadora precisa autenticar a conexão, identificando os aparelhos pelos seus IMEIs. Um banco será criado com estes dados e, futuramente, comparados a base de IMEIs de aparelhos homologados. Quem não estiver na lista corre o risco de ser bloqueado.

A lista de produtos não homologados é referente não só aos gadgets importados ilegalmente ou modelos falsos, como também os aparelhos comprados por turistas brasileiros no exterior. A Anatel ainda não explicou como funcionará exatamente o sistema de bloqueio e se será possível incluir aparelhos de fora na lista, mas o SindiTelebrasil explicou que,nesses casos, o usuário será encaminhado para um atendimento diferenciado pela operadora. Ainda assim, vale manter a ressalva quanto a compra de modelos de smartphones vendidos no exterior, como o iPhone dos EUA, cujo modelo não é registrado no Brasil.

(Thiago Barros, Tech Tudo)

Comida do futuro poderá ser impressa em 3D

Imprimir comida pode soar estranho, mas não para Kyle von Hasseln, que nesta semana apresentou em Austin, nos Estados Unidos, uma impressora 3D que produz balas, colares de chocolate e adornos comestíveis para bolos de noiva.

Chef Jet e sua versão mais sofisticada Chef Jet Pro estarão disponíveis no mercado no final deste ano, segundo explicou em entrevista à Agência Efe Von Hasseln, que apresentou o protótipo no festival multidisciplinar de tecnologia, música e cinema South by Southwest (SXSW) realizado em Austin.

“Este é nosso protótipo”, explicou Von Hasseln, diretor criativo da empresa 3D Systems, junto à impressora 3D instalada no interior de uma caminhonete preta nas imediações do Centro de Convenções de Austin.

A máquina será comercializada por entre R$ 4 mil e R$ 10 mil, dependendo da quantidade de cores em que se possa imprimir.

“Utilizamos este protótipo na Sugar Lab, uma confeitaria de Los Angeles onde fazemos todos os tipos de confeitos divertidos, inclusive chocolates e balas”, explicou o arquiteto, que cursou também estudos de biologia.

A poucos metros do caminhão expositor, uma pequena mesa contém balas muticoloridas de figuras geométricas fabricadas a base de açúcar e água.

O processo para imprimir os doces começa com a elaboração por computador de um modelo tridimensional do objeto que se quer imprimir.

Um programa informático divide esse modelo em camadas, que servem de padrões para a impressora, começando com a camada inferior. A máquina distribui uma camada fina de açúcar que é polvilhada com água.

Esse processo é repetido várias milhares de vezes até que sejam completadas todas as camadas e se obtenha uma réplica real de açúcar lustrado do modelo desenhado por computador.

“Para que o povo possa entendê-lo, colocamos como exemplo do que ocorre quando se acrescenta água ao açúcar e deixa a mistura em um recipiente toda a noite”, assinalou Von Hasseln.

“O que se encontra de manhã é uma espécie de rocha dura, açúcar cristalizado que é muito difícil de limpar e esse é basicamente o processo que utilizamos para imprimir balas”, acrescentou o empresário, que indicou que o jato de água da impressão permite também acrescentar cor e sabor.

O empreendedor acredita que, em geral, a vantagem da impressão 3D é que permite fazer objetos muito personalizados com uma geometria que seria quase impossível de fazer à mão.

“Nós podemos, por exemplo, imprimir em três dimensões um colar de chocolate e conseguir que cada uma das conexões no colar seja flexível”, explicou.

Von Hasseln pensa que um produto como o que fabrica sua empresa possa ser especialmente interessante para os doceiros.

“É um espaço, o da confeitaria, no qual são esperados objetos de design, objetos que embelezam uma celebração”, afirmou.

Como exemplo, Von Hasseln mostrou um adorno de açúcar geométrico feito em sua confeitaria de Los Angeles para um casamento e que imitava um detalhe dos pratos nos quais foi servido o banquete.

Iniciativas como a de Von Hasseln geram entusiasmo, mas também ceticismo.

“Faz com que nos afastemos ainda mais da origem dos alimentos”, disse Nicole Vickey, uma especialista no setor alimentício da empresa Dinner Elf em um vídeo produzido pelo site de empreendedores Tech Ranch Austin.

“Um dos grandes problemas que temos neste país (…) é que estamos muito desligados de como se produz a comida, de onde vem, e isto acrescenta outra camada de tecnologia que faz com que pareça que a comida se produz de forma mágica”, afirmou.

Seja como for, a iniciativa gerou interesse. A empresa de Von Hasseln assinou recentemente um acordo com o fabricante de chocolates Hersheys para explorar “oportunidades inovadoras para o uso da tecnologia 3D”.

Entre os interessados na tecnologia está também a agência espacial americana, Nasa, que assinou um contrato por US$ 125 mil com a Systems & Materials Research para desenvolver uma impressora de pizzas que possa ser transportada nos veículos espaciais.

Por sua assinatura, a Natural Machines espera lançar neste ano a impressora 3D Foodini, capaz de imprimir raviolis prontos para cozinhar. 

(EFE)

Vírus no Facebook usa falso vídeo de avião desaparecido em novo golpe

O sumiço do avião da Malaysian Airlines durante o voo MH370 no início de março segue sem solução. Além dos jornais, o caso também repercutiu nas redes sociais com grande circulação de posts sobre o assunto, incluindo um novo vírus no Facebook. Falsos posts foram detectados pela Kaspersky Labpromovendo um suposto vídeo da aeronave que teria sido encontrada no Triângulo das Bermudas. 

Segundo Fabio Assolini, analista sênior de segurança da empresa, tem circulado uma mensagem contendo um suposto vídeo sobre a descoberta do avião desaparecido e seus passageiros. No entanto, quando o usuário clica no link, ele é redirecionado para uma página que lhe pede, como condição para assistir o vídeo, o compartilhamento da mensagem no mural do Facebook e a instalação de um plug-in.

Vídeo sobre descoberta do avião desaparecido é vírus. (Foto: Reprodução/Facebook)
Vídeo sobre descoberta do avião desaparecido é vírus. (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab)

 

O software, por sua vez, faz o download de um programa classificado como Adware, que interrompe a experiência online do usuário e exibe automaticamente anúncios, gerando lucro para seus autores.

Assolini demonstra preocupação com a circulação do vírus por conta da grande repercussão e curiosidade que o caso tem gerado. “Por enquanto, a mensagem só foi detectada no Facebook e em inglês. No entanto, acreditamos que nos próximos dias ela estará em outras redes sociais e outras línguas como o espanhol e português”, disse. 

“Além disso, é claro que outros tipos de malware, tais como trojans bancários estão se espalhando por meio deste tipo de ataque, já que o tema tem despertado interesse mundial”, completou.

Não é novidade o fato dos cibercriminosos agirem se aproveitando de notícias de grande interesse mundial, como tragédias e acidentes. O mesmo aconteceu com a notícia da morte de Osama Bin Laden em 2011 e com o nascimento do bebê real britânico. Diante disso, a Kaspersky Lab alertou aos usuários para que não clicarem em links ou imagens de notícias suspeitos, especialmente em redes sociais, já que há grande de risco de esses links disseminarem malware ou algum software indesejado.

(Milena Pereira, Via Tech Tudo)

Confira como desbloquear o celular para outras operadoras

Anatel determinou, em 2010, que todas as operadoras de celulares são obrigadas a desbloquear um aparelho a qualquer momento e de forma gratuita, deixando o usuário livre para usar chip da empresa de sua preferência. Quem deseja desbloquear um dispositivo, o mais recomendável é realizar o procedimento via operadora: por meio de uma loja ou pelo atendimento telefônico. Porém, quem quiser fazer sozinho, basta seguir o passo a passo abaixo. Atenção: embora o procedimento seja relativamente seguro, o TechTudo não se responsabiliza por danos causados ao seu aparelho.

Passo 1. Faça o download e instale o WorldUnlock Codes Calculator. Este programa é uma calculadora que gera um código de desbloqueio;

Download do WorldUnlock Codes Calculator (Foto: Reprodução)Download do WorldUnlock Codes Calculator (Foto: Reprodução)

 

Passo 2. Digite *#06# no seu celular para aparecer automaticamente o número de série (IMEI) do seu aparelho;

Número de série do aparelho (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)
Número de série do aparelho (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)

 

Passo 3. No WorldUnlock Codes Calculator, selecione a fabricante e o modelo de seu dispositivo. Insira também o IMEI, selecione o seu país e sua operadora;

Insira as informações solicitadas para conseguir o código de desbloqueio (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)Insira as informações solicitadas para conseguir o código de desbloqueio (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)

 

Vale ressaltar que este programa pode não funcionar para o seu modelo do celular.

Passo 4. Clique em “Calculate”;

Calculando o código de desbloqueio (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)Calculando o código de desbloqueio (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)

 

Após selecionar “Calculate”, aparecerá  um código no lado direito da tela.

Código de desbloqueio (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)
Código de desbloqueio (Foto: Reprodução/Lívia Dâmaso)

 

Passo 5. Desligue o celular, tire o chip da operadora e ligue novamente;

Passo 6. Digite o código obtido.

Pronto! Seu celular já está desbloqueado.

Importante: se ocorrer algum erro durante o procedimento, não tente usar os códigos mais do que cinco vezes. Caso contrário, poderá travar o seu celular.

(Lívia Dâmaso, via Tech Tudo)

Skype lança cartões pré-pagos com crédito para ligações no Brasil

Skype, famoso programa de bate-papo e chamadas de voz e vídeo da Microsoft, anunciou mais uma recente novidade: o lançamento dos cartões pré-pagos do Skype. A nova opção facilita o pagamento de créditos para o usuário que deseja entrar em contato com pessoas do Brasil e do mundo. 

A aquisição do cartão em lojas físicas abastece a conta do serviço VoIP de maneira pré-paga, sem que seja necessário cadastrar um cartão de crédito bancário na conta do usuário, por exemplo.

A compra de crédito Skype pelo cartão pode ser feita em lojas de varejo nacionais (incluindo a Livraria Saraiva, a Livraria Cultura e a rede de lojas de vídeo 100% Vídeo). Para efetuar o pagamento, não é preciso realizar cadastro.

Os cartões Skype, vendidos a R$ 27,00, tem como benefícios: tarifas de baixo custo da Skype (para ligar para números de telefone e enviar SMS via Skype) e a possibilidade de usar o Skype Wi-Fi em pontos de acesso no país e no mundo.

(Milena Pereira, Tech Tudo)

Motorola apresenta o Moto 360, seu relógio inteligente com Android Wear

Moto 360, da Motorola, é um relógio inteligente que aposta em um design clássico e notificações sutis (Foto: Divulgação/Motorola)

Motorola anunciou a sua próxima aposta para o mercado de relógios inteligentes: o Moto 360. Com design clássico e arredondado, o aparelho apresenta uma aparência bastante similar a relógios comuns do mercado e menos futurista do que concorrentes como o Samsung Gear 2 e Gear Fit. Com o smartwatch rodando o também recém-apresentado Android Wear, o usuário poderá obter notificações rápidas sem precisar tirar o smartphone do bolso e até usar os comandos de voz presentes no Moto X.

De acordo com a Motorola, a ideia por trás do Moto 360 foi manter a aparência “clássica e elegante” mantida há séculos nos relógios comuns. O novo smartwatch da companhia chega equipado com o Android Wear, nova versão para dispositivos wearables (ou “vestíveis”, em tradução livre). Com o ele, os usuários poderão ter acesso a informações de seus smartphones apenas com o chacoalhar dos pulsos. 

O Moto 360 deve apostar ainda em notificações mais sutis que os concorrentes, segundo post da Motorola em seu blog. Nele será possível visualizar chamadas perdidas, mensagens do Hangouts, navegação GPS, compromissos do calendários, informações do Google Now, entre outros recursos. Outra funcionalidade que também deve chamar bastante atenção dos usuários é a o recurso de comandos de voz partir do “Ok, Google Now”, como no Moto X, com o qual os usuários poderão fazer perguntas e descobrir, entre outras coisas, o placar de um jogo. 

Ainda não há muitas informações sobre as especificações técnicas do Moto 360 e nem sobre quanto o aparelho custará, porém seu lançamento deve ocorrer a partir de junho em mercados selecionados pela empresa. O relógio inteligente deve chegar às lojas com, pelo menos, duas opções de pulseira: uma metálica e outra de couro. A Motorola não divulgou também se o aparelho será compatível com todos os dispositivos Android ou apenas com os smartphones da companhia.

(Tech Tudo)

Odair Marco Faria: Empresário brasileiro é encontrado morto na costa argentina

O corpo do empresário brasileiro Odair Marco Faria foi encontrado nas margens do Rio da Prata, próximo ao município de Punta Lara, na província argentina de Buenos Aires, segundo informações divulgadas pela polícia argentina nesta quarta-feira (19).

Faria desapareceu durante um cruzeiro no navio italiano Costa Fascinosa, que vinha de São Paulo. A esposa do empresário, Maria Cristina, denunciou o desaparecimento logo que desembarcou em Buenos Aires. A polícia não soube informar ainda como ele caiu no mar.

O corpo foi encontrado por integrantes da Guarda-Marinha na segunda-feira (17) à noite. As autoridades argentinas investigam se ele caiu ao mar por acidente, se foi suicídio ou homicídio.

*Com Agência Brasil

Anvisa proíbe venda de mais uma marca de whey protein

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) voltou a punir fabricantes de whey protein, como são conhecidos os suplementos proteicos extraídos do soro de leite e usados por atletas. Desta vez, o órgão proibiu a distribuição e comercialização de um lote do 100% 3 Whey Protein Top Fuel, fabricada pela empresa Vulgo Suplementos em Belo Horizonte.

De acordo com a Anvisa, um teste demonstrou que o suplemento contém uma quantidade de carboidrato superior à declarada em seu rótulo. Essa diferença excede o limite imposto pela agência, que tolera uma diferença de até 20% entre as informações nutricionais presentes na embalagem do produto e a sua real composição.

A proibição das vendas do suplemento é válida somente para o lote testado – que é o 857, com data de fabricação de dezembro de 2012 e válido até dezembro de 2014. A decisão da Anvisa foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

Punições — No último mês, a Anvisa suspendeu a comercialização de vinte lotes de whey protein de catorze fabricantes diferentes. Os suplementos também haviam apresentado uma diferença maior do que de 20% entre a quantidade de carboidratos declarada no rótulo e a presente na composição do produto.

(Veja Online)

Marina e Eduardo Campos são o velho se fingindo de novo na política

Será que Marina e Eduardo Campos imaginam que vão conseguir alguma coisa com frases ocas destinadas a ganhar algum eco no noticiário?

Será que eles não aprenderam nada com o Papa Francisco, que conquistou o coração do mundo com a estratégia oposta e correta – falar coisas honestas, reais, profundas ?

As frases que ficam para as pessoas são aquelas que pertencem à categoria franciscana, por mais que Marina, Eduardo Campos – e Aécio também – se iludam com a repercussão de suas tolices grandiloquentes.

No final de semana, Marina e Campos capricharam. Marina afirmou que o governo Dilma é  “a denúncia mais contundente do fracasso do sistema político”.

Campos foi para o campo das frutas, e disse que Dilma distribui cargos como quem distribui bananas, ou algo do gênero.

A quem eles querem comover, exceto editores ansiosos por declarações “bombásticas” contra Dilma?

Se os dois têm alguma pretensão, o combate real é no campo das ideias.

Francisco fez isso. Desde a primeira hora condenou o mal maior do mundo moderno, a desigualdade.

Alguém tem dúvida de que este é, ainda mais que no mundo, o maior mal brasileiro?

Então o que Marina e Eduardo Campos têm a dizer sobre isso? Ou eles temem descontentar a mídia se tocarem num ponto que é um anátema para ela?

Que proposta eles têm a respeito do sistema tributário, um dos pilares da desigualdade, como mostrou tão bem um levantamento da BBC na semana passada?

Ou Marina, amiga do Itaú, com um pendência bilionária na Receita, não pode falar nisso?

São os pobres, conforme o estudo da BBC, quem mais contribui para as receitas públicas.

O peso maior da arrecadação brasileira, e isso é uma barbaridade, repousa nos tributos indiretos, que não distingue ricos e pobres. Eis aí um fator poderoso de iniquidade.

Marina: o que você diz? Campos: e você? Aproveitemos a oportunidade e façamos a pergunta a mais um candidato: e você, Aécio?

Você, atiladamente, pode perguntar: e a Dilma, o que tem a dizer?

Resposta: nada. Lamentavelmente, nada. Nem nisso e nem em outros assuntos que deveriam estar na plataforma eleitoral dos candidatos, a regulamentação da mídia.

É uma pena, e isso mostra quanto tem sido limitado o voo do PT se você pensa em reformar, verdadeiramente, o Brasil e derrubar os muros que perpetuam privilégios e estimulam a desigualdade.

Agora: Dilma está no poder, e com boa vantagem das pesquisas. Mesmo sem uma plataforma que entusiasme, ela é ampla favorita.

O que desafia a compreensão é os que estão na rabeira não aproveitarem o vazio que Dilma deixa ao não adotar um discurso francamente antidesigualdade, como o de Francisco. Em Nova York, para ficar num só caso, Bill de Blasio fez isso e se elegeu prefeito.

O Brasil precisa, desesperadamente, de um fato novo na política que livre a sociedade de coisas como as chantagens como a que neste exato momento o Blocão vem impondo ao governo.

Mas Marina, Campos – e Aécio, com sua guerra às notícias na internet que narram coisas como sua recusa a fazer o bafômetro – são a pior combinação possível. São o velho se fingindo de novo.

(Kiko Nogueira, Diário do Centro do Mundo)

Assassinato de brasileira gera repulsa unânime na Espanha

O assassinato da brasileira Andina Pereira de Brito, de 35 anos, gerou repulsa unânime na cidade de Mungia, no País Basco, na Espanha, onde ela morava e foi achada morta.

Ela morreu nesta segunda-feira, supostamente estrangulada em casa pelo seu ex-namorado. Ele foi detido poucas horas depois e é o principal suspeito do crime.

De acordo com o irmão da vítima, Fábio de Brito, que mora em Redenção (PA), Andina e o homem estiveram juntos por dois anos, mas tinham terminado na semana passada e ele não aceitava o fato.

“Ele invadiu o apartamento e matou a minha irmã. Ela tinha marcas de mão no pescoço”, disse Fábio em entrevista por telefone à Agência Efe.

O homem, um espanhol de 35 anos, se negou a falar perante o juiz, que ordenou sua prisão provisória. O juiz solicitou a mudança do caso para um juizado especializado em violência de gênero, segundo fontes judiciais.

O ex-namorado tem antecedentes por maus tratos e denúncias por violência em um relacionamento anterior. Andina, no entanto, não tinha apresentado qualquer denúncias contra ele.

Segundo Fábio, a irmã mantinha contato constante com o Brasil, ligava para casa semanalmente e falava com os irmãos todos os dias por um aplicativo de mensagens por celular.

As amigas relatam que ela vivia com medo do ex-namorado, que a proibia falar com as pessoas e a vigiava. Algumas delas afirmaram que era possível ‘prever’ um final trágico.

Andina deixou dois filhos, uma menina de 11 anos, que encontrou o corpo da mãe; e um menino de 15 anos. Eles estavam na Espanha desde outubro de 2012. A família da mulher está tentando trazer as crianças, que estão em um abrigo, de volta ao Brasil. Na escola da menina, os colegas fizeram uma concentração silenciosa de cinco minutos no pátio.

A prefeitura de Mungia realizou nesta manhã uma reunião extraordinária, em que aprovou por unanimidade uma declaração de condenação, e cobriu com um pano lilás uma escultura com a letra “M” de Mungia, de grandes dimensões, localizada perto da Câmara Municipal.

Saiba Mais: efe