RIO DE JANEIRO — O Corpo de Bombeiros informou agora há pouco que o incêndio que atingiu a Cidade do Samba, na zona portuária do Rio de Janeiro, já foi controlado. Neste momento, soldados fazem apenas o trabalho de rescaldo e de inspeção dos barracões para confirmar que todos os focos de incêndio foram eliminados.

Segundo o relações públicas do Corpo de Bombeiros, coronel Alexandre Rocha, após o trabalho de verificação, a Defesa Civil vai iniciar uma vistoria para avaliar as estruturas dos prédios. Por causa das chamas, o barracão da escola Acadêmicos do Grande Rio, por exemplo, desabou parcialmente.

“Foi um incêndio de grandes proporções, difícil por conta do material existente nesses galpões. São alegorias, adereços, carros de plástico, de isopor e papelão. Enfim, material que produz grande quantidade de fogo e de fumaça. As chamas evoluem de maneira muito rápida”, disse.

O coronel Rocha informou também que o Corpo de Bombeiros não registrou nenhuma vítima e que apenas uma pessoa foi atendida por inalação de fumaça.

O responsável pela 4ª Delegacia de Polícia, na Central do Brasil, Daniel Mayr, disse que não há indícios de que o incêndio tenha sido criminoso. O delegado afirmou, no entanto, que será aberto um inquérito policial e que será feita uma perícia no local assim que os prédios forem liberados pela Defesa Civil.

O incêndio começou por volta das 7h da manhã desta segunda-feira (7) e atingiu o barracão cultural da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), além dos barracões da União da Ilha do Governador, da Portela e da Acadêmicos do Grande Rio, o mais afetado de todos.

(Portal DCI)