Todos os posts de dialogospoliticos

Marcos Holanda é o novo presidente do BNB

A primeira grande definição dos cargos de segundo escalão do governo Dilma Rousseff já foi acertada: o professor de economia Marcos Holanda vai assumir a presidência do Banco do Nordeste (BNB), informa a edição deste sábado (18) do jornal O Globo.

A escolha técnica da presidente Dilma Rousseff foi indicação do senador Eunício Oliveira (PMDB) e substituirá Nelson de Souza, que era da cota do Partidos dos Trabalhadores. Marcos Holanda já foi secretário na época do governo Lúcio Alcântara.

O nome de Holanda foi apresentado à presidente Dilma junto com outros indicados: o ex-secretário de Finanças de Fortaleza, Aloisio Carvalho, o ex-secretário da Controladoria e Transparência da Prefeitura de Fortaleza, Marlon Cambraia, e o ex-governador do Estado, Lúcio Alcântara, indicação política de Eunício Oliveira.

(Ceará News 7 e O Globo)

Corredor Expresso da Bezerra de Menezes, em Fortaleza, começa a operar neste sábado

Tem início neste sábado a implantação da 1ª etapa do Corredor Expresso Fortaleza, que vai modificar 26 linhas de ônibus da Avenida Bezerra de Menezes. Para marcar o começo das operações, o prefeito Roberto Cláudio e secretários municipais visitam o local às 9h, seguindo em ônibus a partir do novo terminal do Antônio Bezerra. Nesta primeira fase, serão utilizados os abrigos instalados no corredor para embarque e desembarque.
De acordo com a Prefeitura, o objetivo de Roberto Cláudio é conhecer a nova operação dos ônibus que passam a transitar pelo corredor, que possui 8,2 quilômetros (km) de extensão e vai beneficiar mais de 130 mil passageiros. Os cearenses que utilizam o transporte público no local, aliás, precisam estar atentos às modificações de fluxo, tendo em vista que a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) alertou para a alteração de itinerários, criação de novas linhas e absorção de linhas por outras já existentes.
Agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) irão realizar fiscalização para evitar que os veículos de passeio adentrem as faixas 1 e 2 do corredor, além de orientar os pedestres a utilizarem a faixa para chegar aos abrigos instalados no local.
(Diário do Nordeste)

Receita Federal divulga calendário de restituições do Imposto de Renda 2015

Brasília. As restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 começam a ser pagas no dia 15 de junho. O Ato Declaratório da Receita Federal com o calendário foi publicado ontem (17), no Diário Oficial da União. Como em todos os anos, serão sete lotes regulares ao longo de 2015.

Os recursos são programados para o dia 15 de cada mês, até dezembro. Nos meses em que a data cair em um fim de semana ou feriado, o pagamento será feito no primeiro dia útil subsequente. É o caso de agosto, quando o dinheiro será liberado no dia 17. Em setembro e novembro, no dia 16.

O valor a restituir será colocado pela Receita à disposição do contribuinte na agência bancária indicada na declaração do Imposto de Renda.

Prioridade

As restituições terão prioridade de pagamento pela ordem de entrega. Também terão prioridade no recebimento o contribuinte com idade igual ou superior a 60 anos, a pessoa com necessidades especiais e com doença grave.

O prazo para a entrega da declaração começou em março e termina no dia 30 de abril. A multa por atraso de entrega é estipulada em 1% ao mês-calendário, até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. Um passo a passo com cada etapa da entrega está disponível na página da Receita. Basta o usuário clicar em cada ponto da figura para obter mais detalhes.

A Receita Federal postou uma série de 11 vídeos no site Youtube para tirar dúvidas sobre o preenchimento e a entrega do Imposto de Renda. Chamada de TV Receita Responde, a série tem como objetivo explicar de forma simples os principais assuntos relacionados à declaração do IRPF.

Saiba mais

Calendário:

1º lote, em 15 de junho de 2015;
2º lote, em 15 de julho de 2015;
3º lote, em 17 de agosto de 2015;
4º lote, em 15 de setembro de 2015;
5º lote, em 15 de outubro de 2015;
6º lote, em 16 de novembro de 2015; e
7º lote, em 15 de dezembro de 2015.

(Diário do Nordeste)

Ceará é o segundo em tentativas de golpe pela internet; Bahia lidera no Nordeste

Em 2014, a Região Nordeste foi a campeã do País em índice de tentativas de fraudes pela Internet. Neste ranking, o Ceará aparece em segundo, superado apenas pela Bahia. O índice de tentativas de golpes virtuais no Ceará saltou de 8,08%, em 2013, para 9,16% no ano passado. Os dados são do Mapa de Fraude no Brasil 2014, da ClearSale, empresa especializada em soluções antifraudes para transações comerciais de diversos segmentos.

O Nordeste havia registrado um índice de 6,09% de fraudes em 2013. Em 2014, a quantidade de ataques saltou para 7,18%, na região. Conforme o estudo, o número representa que a cada R$ 100 movimentados no comércio eletrônico da região, R$ 7,18 são tentativas de fraudes, causando prejuízos aos empresários que atuam no setor e às pessoas, que são vítimas dos falsários.

Conforme o gerente de Inteligência da ClearSale, Omar Jarouche, as regiões Norte e Nordeste foram as principais responsáveis pelo aumento de golpes. “As tentativas de fraude, analisando a média brasileira, apresentaram leve crescimento de 2013 para 2014. Se no ano retrasado a cada R$ 100 em compras, R$ 3,70 eram em tentativas de fraude, no último período o valor subiu para R$ 3,98. E esse aumento pode ser apontado, entre outras causas, pelo comportamento das regiões Norte e Nordeste. A primeira passou de 5,71%, para 6,48%; enquanto a segunda foi de 6,09% para 7,18%”, disse Jarouche.

Tipos de crimes

Em geral, os crimes são cometidos com a utilização de cartões de crédito clonados. Softwares maliciosos, na maioria dos casos, costumam utilizar os dados das vítimas diversas vezes até conseguirem finalizar a compra, nas fraudes registradas.

“Existem três tipos de golpe, que podem variar de caso a caso. O primeiro, o mais comum, é a falsidade ideológica com cartão de crédito. Ocorre quando existe um uso indevido, isto é, sem o consentimento do titular do cartão. Frequentemente são utilizados dados roubados para a compra. Muitas vezes profissionais utilizam dados e cartões de terceiros para adquirir produtos ou serviços sem pagar por eles. Todos os dados desse relatório consideram somente este tipo de fraude. A segunda maneira é o “phishing”, ação feita por hackers, que agem para adquirir informações pessoais sigilosas, como senhas e dados bancários, através de mensagens e e-mails falsos. A terceira ocorre por meio de páginas falsas na internet, seja de um banco ou uma loja virtual, onde são oferecidos produtos com preços atrativos ou promocionais. As ofertas normalmente são enviadas por e-mail e o site é praticamente idêntico ao da loja verdadeira, o que faz com que as pessoas efetuem falsas compras”, diz.

Vale destacar que em todos os nove estados do Nordeste foi registrado aumento nas fraudes em relação ao ano de 2013. A Bahia continua como o maior índice da Região, fechando 2014 com 9,39% de fraudes, ante 8,20% percebidos no ano anterior. O Ceará permanece no segundo lugar, com 9,16%.

Segmentos

Entre os segmentos com maior procura dos fraudadores, o de aparelhos celulares terminou o ano em primeiro, com 18,09% dos casos. Completam a lista produtos de informática, com 8,16% das ocorrências; aparelhos e jogos de videogame, registrando 7,10% das ações; itens automotivos, com 6,81%; e produtos de beleza, com 6,42% das fraudes. Segundo Jarouche, a recente alta da oferta de crédito via cartões de crédito, e o acesso crescente à internet, e de dispositivos com conexão à rede, como smartphones, pode ser explicada, entre outras coisas, a manutenção do Nordeste como região mais vulnerável. “Desde 2013, Ceará e Bahia se revezam entre as primeiras posições entre os menos seguros”, afirma.

(Levi de Freitas – Diário do Nordeste)

Saúde pública clama por socorro no interior do Ceará

Iguatu. Os hospitais polos regionais no Interior do Ceará enfrentam dificuldades financeiras para se manter em funcionamento. A crise vem se agravando a cada mês ante a falta de repasses de recursos suficientes pelo governo estadual e federal.

O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, solicitou oficialmente que o governo do Estado que assuma a gestão da unidade. A proposta, apresentada por meio de ofício, foi entregue, recentemente, ao secretário de Saúde do Estado, Carlile Lavor, que ainda não se pronunciou.

Na prática, o gestor municipal apresentou duas propostas: o Estado assumir a gestão administrativa e financeira do Hospital Regional de Iguatu Dr. Manoel Batista de Oliveira ou ampliar o repasse de verba mensal para a instituição. “Estamos aguardando uma resposta da Secretaria da Saúde do Estado”, disse Alcântara.

Na próxima segunda-feira está prevista a realização de uma audiência na Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública, com a participação da promotora Isabel Porto, do prefeito Aderilo Alcântara, assessores e representantes da Secretaria da Saúde do Estado. A audiência foi motivada pelo Ministério Público Estadual (MPE) da comarca de Iguatu.

A crise financeira, as reclamações da população sobre a falta de médicos e dos próprios prefeitos da região Centro-Sul que encaminham pacientes para o hospital polo de Iguatu já motivaram audiências no Ministério Público Estadual. Na semana passada, foi realizada a mais recente audiência com a presença de alguns prefeitos e secretários de Saúde dos municípios, sob a coordenação do promotor de Justiça, Flávio Pinheiro de Souza. Os gestores municipais reafirmaram a impossibilidade de ampliar o repasse de verba para o Hospital de Iguatu.

“A saúde está um caos, não se consegue a transferência de pacientes para o hospital regional de Juazeiro, que está lotado, e há uma fila de mais de 40 pacientes esperando por cirurgia traumatológica. Chegamos a uma situação insustentável”, disse Alcântara. O prefeito lembrou que solicitou da Sesa, em 2014, recursos mensais de R$ 70 mil para a contratação de um anestesista e de um traumatologista, mas não foi atendido.

Em janeiro passado, prefeitos da região se encontraram com o secretário Carlile Lavor para mostrar as dificuldades que a unidade enfrenta e solicitar a ampliação de repasse de verba por parte do Estado. De lá para cá, mais duas audiências foram realizadas com o titular da Sesa.

Aprece

O prefeito de Piquet Carneiro (que integra a microrregião de Iguatu), e presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, confirmou que vem sofrendo cobranças de outras regiões sobre problemas semelhantes no setor de Saúde. “O governo precisa tratar todas as cidades e regiões com igualdade, sem privilégios”, defendeu. “Estou tentando uma audiência com o governador para tratar desse tema”.

Ainda em janeiro passado, prefeitos e secretários de Saúde de cidades que têm hospitais polos reuniram-se, na sede da (Aprece) com o secretário de Saúde do Estado. O esforço comum é a busca de solução para resolver a crise financeira que se agravou nas unidades hospitalares. As despesas são elevadas e as receitas escassas, numa conta que não fecha e traz enormes dificuldades para os gestores.

Há 36 hospitais polos no Ceará, segundo a Sesa. Dois na Capital e 34 no Interior. São unidades públicas municipais ou filantrópicas que recebem recursos do governo do Estado e das prefeituras para ampliar a assistência à população na própria microrregião. As unidades polos ficam em Cascavel, Caucaia, Maranguape, Maracanaú, Baturité, Aracoiaba, Canindé, Itapipoca, Aracati, Quixadá, Quixeramobim, Russas, Limoeiro do Norte, Sobral, Acaraú, Tianguá, Tauá, Crateús, Camocim, Icó, Iguatu, Brejo Santo, Crato, Várzea-Alegre, Juazeiro do Norte e Barbalha. Alguns municípios têm mais de uma unidade.

Foram construídos pelo governo do Estado para atender a macrorregiões, o Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, e o Hospital Regional Norte, em Sobral, além do de Quixeramobim. Há projeto também para construção de uma quarta unidade em Limoeiro do Norte.

Região Central

As duas maiores cidade do Centro do Estado, Quixadá e Quixeramobim, enfrentam realidades diferentes. Enquanto o prefeito de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, busca agilizar o início do funcionamento do Hospital Regional do Sertão Central, cujas obras foram concluídas no fim do ano passado, o prefeito de Quixadá, João Hudson Bezerra procura agilizar a ampliação do Hospital Municipal Eudásio Barroso. Os dois clamam da escassez de recursos mas não têm interesse em entregar a gestão dos seus hospitais ao Estado.

Desistência

O prefeito de Limoeiro do Norte, Paulo Duarte, depois de reuniões com o governo do Estado, desistiu de deixar o status de hospital polo regional para municipal e aguarda novas parcerias com a Secretaria de Saúde do Estado. O município investe cerca de R$ 700 mil por mês no Hospital Deoclécio Lima Verde.

A assessoria de Comunicação da Sesa informou que repassa por mês R$ 309 mil para o hospital de Iguatu, que atende a dez municípios (Acopiara, Cariús, Jucás, Catarina, Irapuan Pinheiro, Mombaça, Piquet Carneiro, Saboeiro, Quixelô e Iguatu). Já o Aderilo Alcântara afirma que recebe mensalmente R$ 400 mil do governo federal e a Prefeitura repassa para o hospital cerca de R$ 700 mil.

Mais informações
Hospital Regional de Iguatu
Fone: (88) 3510. 1250
Secretaria da Saúde do Estado
Av. Almirante Barroso, 600
Praia de Iracema
Fortaleza, Ceará
Fone: (85) 3110. 5220

(Honório Barbosa – Diário do Nordeste)

Bruno Sidrim: Cearense grava episódios como figurante da nova temporada de Game Of Thrones

Apesar de ter conseguido tirar fotos, Bruno afirmou que não dá pra ter muito contato com os atores e atrizes da série durante as gravações FOTO: ARQUIVO PESSOAL

O arquiteto cearense Bruno Sidrim estava de férias na Croácia em setembro de 2014 quando, andando pelas ruas da cidade de Dubrovnik, viu equipes de produção da sérieGame Of Thrones, da qual é fã, montando o cenário e resolveu perguntar sobre as vagas de extra. Depois de passar por um “teste”, conseguiu a vaga dos sonhos de muita gente e fez parte, durante cerca de 15 dias, do elenco de figurantes da produção encabeçada pela rede norte-amerciana HBO.

Durante o “teste” que, segundo ele, foi mais uma prova de figurino, a produtora perguntou se Bruno era forte mesmo e pediu que ele a levantasse no colo. Depois de ter feito o que a moça pediu, o arquitetoexperimentou a roupa e ganhou a vaga pela qual lutou por quase um dia inteiro em Dubrovnik. As gravações da quinta temporada já tinham passado por Sevilha, na Espanha, e por Belfast, no Reino Unido, causando uma verdadeira batalha entre moradores da região para fazer parte das gravações como extra.

O arquiteto disse não ter ficado com nada do que usou durante as gravações FOTO: ARQUIVO PESSOAL

“Eu participei de cenas com o TommenBaratheon (interpretado por Dean-Charles Chapman), Cersei Lannister (personagem de Lena Headeye) e Margery Tyrell (interpretada por Natalie Dormer), mas não não se pode ter muito contato com eles durante as gravações”, comentou o cearense fã de GoT que ganhou50 euros por dia para ficar à disposição da série.

O arquiteto disse que não ficou com nada do figurino que usou nas gravações. “É tudo numerado, catalogado, e fica fichado no seu nome; se some, eles sabem logo que você levou”, comentou ele sobre a organização do set de gravações.

Bruno apareceu no primeiro episódio da quinta temporada da saga, que começou no último domingo, e deve reaparecer no 10º capítulo, mas não garante que conseguirá se ver. “Nunca dá pra ter certeza, eles cortam muita coisa na edição”, pontuou.

Segundo ele, não é possível saber exatamente dos rumos da série, porque as gravações são bastante fragmentadas, mas quem, como ele, conhece o enredo, imagina o que esteja acontecendo na trama a partir do que viu no set.

Entre os amigos, o clima é de brincadeira a apoio ao trabalho. “Os amigos que curtem a serie, esses sim brincam muito com o fato, e gostam de tirar um sarro, mas também dão a maior força!” finalizou Bruno.

(Diário do Nordeste)

Depois dos Zumbis, Menina Fantasma toca o terror no metrô de Fortaleza

Silvio Santos está apostando tudo para quebrar a concorrência. Sucesso de seus programas, as tais pegadinhas assustadoras fazem tremendo sucesso. Uma das mas comentadas foi o terrível encontro de uma menina fantasma dentro do elevador. Um teste para nervos forte, corações a mil. Primeiro a luz apagava, quando acendia, lá estava aquela figura que provocava calafrios. Aí, o Seu Silvio colocou no ar uma outra pegadinha, dessa vez com um bando de zumbis, que em bando invadiam o metrô de Fortaleza. Aquela gritaria, muito susto e até indignação do secretário de Cidades do Ceará, Ivo Gomes, que não aprovou a tal filmagem.

Mas o dono do SBT não esmoreceu. E agora colocou a terrível Menina Fantasma para assombrar o metrô de Fortaleza. Em um vagão, poucas pessoas, geralmente uma só, claro, melhor assim. Aí, as luzes piscam e… susto! Lá está a Menina Fantasma, que é interpretada pela atriz Anna Lívia Padilha, 15 anos.

Confira aqui uma pequena mostra do que será exibido no domingo, 19.

(Eliana Souza, Estadão Online)

Terceirização não passa no Senado, afirma Renan Calheiros

Brasília – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que, na forma como se encontra, o Projeto de Lei 4.330 terá dificuldades para ser aprovado no Senado. A proposta regulamenta a prática da terceirização de mão de obra no país, liberando a subcontratação em qualquer segmento.

“Qualquer projeto que ameace os direitos sociais ou represente retrocesso nas relações de trabalho enfrentará grandes dificuldades no Senado. Aqui não passará”, afirmou Calheiros.

Renan garante que terceirização não passará no Senado

O senador defende que o projeto estabeleça limites às possibilidades de subcontratação. “Como poderia o PMDB votar uma medida que afeta os direitos sociais tendo sido a força propulsora da Constituinte de 1988, que produziu a Constituição cidadã e seu admirável artigo quinto?”, disse o parlamentar.

Apesar do questionamento do peemedebista, seus colegas de partido são os maiores apoiadores do PL na Câmara. Nesta semana, os deputados federais aprovaram o texto-base da proposta e começaram a analisar seus destaques — alterações pontuais que são votadas separadamente. A apreciação foi adiada para quarta-feira que vem, por falta de acordo entre os líderes no encaminhamento da votação.

A emenda mais polêmica proíbe que empresas possam terceirizar atividades principais, liberando a prática apenas em atividades de apoio, como ocorre hoje pelo entendimento da Justiça do Trabalho. A aprovação deste destaque frustraria os empresários, pois a liberação da terceirização em atividades-fim é considerada o principal avanço do PL para o setor. Na última terça-feira, os parlamentares aprovaram emenda que retirou as empresas públicas do projeto.

Ontem, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (P<CW-15>MDB-RJ), disse que os destaques serão votados na semana que vem com ou sem consenso. “Se a gente puder ter consenso, ótimo. Mas o voto resolve o dissenso. Não dá para achar que todas as matérias que vão ser votadas na Casa tenham que ser votadas por consenso. Se fosse assim não precisava ter o Parlamento. A gente tem que buscar combinar na medida do possível, e o voto resolve”, afirmou o deputado.

Para ele há um debate de “cunho ideológico” que está interferindo na votação. “Você tem um projeto que está sendo debatido há 11 anos e tem um debate de cunho ideológico que, de uma certa forma, contamina o processo e isso é natural”, declarou.

Processo paralelo tramita no STF

Enquanto os parlamentares se debruçam sobre o PL 4.330 no Congresso, uma batalha paralela é travada no Supremo Tribunal Federal (STF). Uma ação que tramita no tribunal trata da legalidade na terceirização das atividades-fim nas empresas. É um recurso da empresa produtora de celulose Cenibra, que foi condenada por terceirizar atividades de corte e plantio da madeira.

Enquanto o processo não vai a plenário, 39 entidades já se cadastraram para figurar como “amicus curiae” no processo. Esta figura jurídica representa entidades que são interessadas no resultado da ação, por isso elas se habilitam para intervir no processo e fazer sustentações orais no curso do processo.

Várias entidades que representam empresas pediram para intervir no processo para argumentar a favor da terceirização. Do lado oposto, organizações sindicais e ligadas ao Direito do Trabalho solicitaram a entrada no processo para atuar contra a liberação.

A Procuradoria-Geral da República deu parecer contrário à liberação da subcontratação na atividade-fim pelas empresas. O órgão considera que este tipo de terceirização constitui uma fraude trabalhista.

(O Dia Online)

Rita Lee: tributo à rainha do rock brasileiro chega a Fortaleza

Rita Lee e Mel Lisboa

Baseada na obra homônima de Henrique Bartsch, o musicalRita Lee – Mora Ao Lado” mistura realidade e ficção para contar a trajetória da cantora desde a infância até os dias de hoje, passando, claro, por cerca de 40 sucessos que marcaram fases em formações como Teenager Singers, Tutti Frutti e Mutantes, além da carreira solo e as parcerias com Roberto de Carvalho.

Intérprete da estrela ruiva no espetáculo, Mel Lisboa declarou que foi o papel mais desafiador de sua carreira em três aspectos: a atriz precisou aprender a cantarprofissionalmente e tocar instrumentos, encarar a responsabilidade de representar uma personalidade tão popular, emblemática e importante para a música popular brasileira e ainda enveredar pelas várias nuances da sua vida privada, permeada de polêmicas e, ao mesmo tempo, ousadia. “O desafio está em fazer tudo isso junto”, diz.

Estreia em musicais

Fora a missão de encenar uma personagem tão complexa e rica de possibilidades, Mel conta que foi a sua estreia nesse gênero teatral. “Nunca tinha feito musicais. A preparação foi apenas de dois meses e meio. Foi muito intenso. Tive que parar tudo que estava fazendo para me dedicar integralmente. O convite surgiu há uns cinco anos atrás, quando ainda era um projeto embrionário. O Márcio Macena tinha a idéia de transformar o livro ‘Rita Lee Mora Ao Lado – Uma biografia alucinada da rainha do rock’ em musical e, quando pensou em alguém para fazer a Rita, pensou em mim e me fez o convite”, recorda a atriz.

A transformação na cantora também foi visual. Além de tingir as madeixas de ruivo, Mel precisou emagrecer quatro quilos. Aliás, sua caracterização como Rita Lee impressiona. Não só o público como a própria Mel Lisboa nunca imaginou ter tantas semelhanças físicas com a artista em sua juventude.

Com o aval de Rita

Aliás, o que a lenda viva do rock n’ roll, afastada do show bizz por opção própria, tem pensado da performance de sua sósia Brasil afora? A atriz admite que, a princípio, teve receio da reação de Rita, mas o reconhecimento e o aval da sua musa inspiradora lhe deram segurança para emendar mais um ano de turnê da peça. “Durante o processo, estive pessoalmente com ela apenas uma vez, quando fui ao lançamento do livro dela com o Laerte. Infelizmente, não consegui fazer um laboratório com ela. A Rita é bastante reclusa e eu não queria que ela se sentisse invadida. Mas ela foi nos assistir duas vezes e adorou!”, declara.

Disciplina

A dedicação foi tão exaustiva que Mel enfrentou um calo nas cordas vocais e, por isso, vive uma rotina de cuidados . “Meu aparelho vocal é frágil, mas aprendi a usá-lo da forma mais saudável. O calo foi resolvido depois de muito trabalho junto a minha fono, Silvia Pinho. Mas não tive que operar e me recuperei bem.Tento ser disciplinada o máximo que posso, faço exercícios vocais todos os dias”, revela ela, que precisou abrir mão de outros trabalhos.

“Eu tive que sair de uma novela que estava fazendo pois não daria para conciliar com os ensaios. A novela gravava no Rio e os ensaios em SP, era impossível. Na vida pessoal, minha família teve que ter paciência comigo pois eu só sabia ler, ouvir, ver e falar de Rita Lee durante algum tempo”.

Premiada pelo papel

Tanta entrega, felizmente, resultou em um espetáculo que é sucesso de público e de crítica. “Eu recebi dois prêmios por esse trabalho: o Arte Qualidade Brasil e o prêmio da Revista Quem. Estão rolando os convites, mas eu ainda estou avaliando. Pretendo começar outro trabalho apenas no segundo semesttre. Preciso descansar um pouco, ficar com meus filhos”, adianta ela, desconversando sobre uma possível continuação da história nos cinemas como aconteceu com outros importantes nomes da música brasileira como Legião Urbana, Tim Maia e Cazuza . “Existir, existe, mas ainda muito no plano das idéias. Rita Lee, por enquanto, só nos palcos”.

Serviço:
Rita Lee Mora Ao Lado
O musical está em cartaz, neste sábado (18), às 18h e 21h, e domingo (19), 19h, no Teatro RioMar (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu)
Ingressos:
R$ 120,00 (plateia alta)
R$ 140,00 (plateia baixa B)
R$: 140,00 (plateia baixa A)
Informações:  (85) 4003-1212 e http://www.teatroriomarfortaleza.com.br
(Diário do Nordeste)

Iphan abre processo seletivo com vagas para arqueólogo

Você que é Graduação em Arqueologia ou possui pós-graduação (stricto sensu) específica ou com área de concentração em Arqueologia reconhecida pela CAPES), e tem experiência superior a 5 anos, após a conclusão do curso, pode se inscrever para o Processo Seletivo que o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional está realizando.

São 48 vagas para o cargo de Arqueólogo, com remuneração de R$ 8.300,00, correspondente a jornada de 40h semanais.

Essas oportunidades estão distribuídas entre as cidades de Brasília, Rio Branco, Maceió, Manaus, Macapá, Salvador, Fortaleza, Vitória, São Luis, Campo Grande, Cuiabá, Belém, João Pessoa, Curitiba, Natal, Porto Velho, Porto Alegre, Florianópolis, Aracaju e Palmas.
Deseja garantir a participação? Então se inscreva mediante preenchimento da ficha disponível no site da organizadora Cetro Concursos (www.cetroconcursos.org.br), a partir das 8h do dia 23 de abril de 2015 até às 15h do dia 12 de maio de 2015. Lembrando a todos que a taxa de inscrição no valor de R$ 195,00, deve ser paga por meio de GRU.
As provas compostas de 50 questões Objetivas, e Avaliação Curricular, serão aplicadas na data provável de 14 de junho de 2015, nas seguintes capitais: Manaus, Belém, Teresina, Natal, Recife, Aracaju, Rio de Janeiro, Florianópolis, Brasília e Cuiabá.

Este Processo Seletivo é válido por dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final do certame, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período, por conveniência administrativa.

Para mais informações acesse o edital completo disponível aqui.

Redação O POVO Online 

‘Crack, É Possível Vencer’ inaugura atendimento telefônico à população

O programa Crack, É Possível Vencer atinge um ano de atuação em Fortaleza nesta sexta-feira (17). E para aproximar ainda mais o policiamento da população o programa conta agora com serviço de atendimento telefônico para os moradores das quatro áreas em que estão montadas as bases de operação: Genibaú, Vicente Pinzon e Conjunto São Miguel (dividido entre o Alagadiço Novo e Messejana).
O atendimento é realizado 24 horas e integra o projeto Ronda Maria da Penha, que está sendo executado pelos policiais do Crack, É Possível Vencer. O Tenente-Coronel Fernando Albano, Comandante do Comando de Policiamento Comunitário (CPCom), frisa que qualquer cidadão terá atendimento nas bases operacionais.

“Esse serviço telefônico é um canal direto e mais fácil entre o cidadão e a Polícia. Essas ligações irão facilitar o deslocamento das viaturas no combate ao tráfico de drogas, além de auxiliar no Ronda Maria da Penha. O cidadão que precisar falar com a Polícia sobre outros assuntos também pode ligar para esses números, que receberá o devido atendimento ou direcionamento para o outro órgão responsável”, ressalta o Tenente-Coronel Albano.
Crack, É Possível Vencer

Lançado em Fortaleza em abril de 2014 o programa Crack, É Possível Vencer tem a finalidade de prevenir o uso e promover a atenção integral ao usuário de drogas, voltando-se para o enfrentamento do tráfico de drogas em comunidades da Capital. Os demais eixos do programa – cuidado e prevenção – estão sendo implantados paulatinamente. Na diretriz de cuidado, são disponibilizados serviços de saúde e assistência social na abordagem ampla aos usuários de entorpecentes. No eixo de prevenção, vem sendo realizadas ações intersetoriais feitas pelo Governo Federal, Estadual e Municipal na prevenção do uso de drogas.
O Programa vem apresentando resultados positivos nas comunidades onde está instalado, com reduções nos Crimes Violentos Letais Intensionais (CVLIs), que englobam homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte superiores a 27,8%. No Alagadiço Novo e Messejana as ocorrências de mortes violentas reduziram, respectivamente, 81% e 35% em um ano.
No Genibaú, as ocorrências reduziram 25% em 2014, passando de 57 para 43. Todos os números foram comparados a 2013. A comunidade está situada na Área Integrada de Segurança 2 (AIS 2). Já o Vicente Pinzon, pertencente à AIS 3, a queda foi de 2%, de 50 para 49.
Ronda Maria da Penha

O Programa foi lançado no dia 11 de março de 2015 e vem sendo desenvolvido pelo Comando de Policiamento Comunitário (CPCom). O Ronda Maria da Penha é desenvolvido por meio do Grupo de Apoio de Vítimas de Violência (GAVV) e executado por policiais que atuam nas bases do Crack, é Possível Vencer. O projeto acontece por meio de visitas às vítimas das agressões domésticas, oferecendo-lhes assistência e o cumprimento das medidas protetivas. Cerca de 60 mulheres estão sendo beneficiadas nas três comunidades – São Miguel, Genibaú e Vicente.

Pinzon –, onde o projeto piloto é desenvolvido. A tendência é que o projeto esteja presente em toda a capital. Após as visitas, são feitos relatórios sobre as situações observadas. A partir do contato inicial, se define a frequência das visitas.
Serviço

Base de São Miguel: (85) 9206.0401
Base Vicente Pizón: (85) 9206.0430
Base Genibau: (85) 9227.0483
Policial Fiscal que atende as três áreas: (85) 9170.0056

(Governo do Estado do Ceará)

Inscrições abertas para Laboratório de Criação em Audiovisual em Fortaleza

Estão abertas as inscrições para a 3ª edição dos Laboratórios de Criação, realizado em Fortaleza pelo Porto Iracema das Artes. O Laboratório de Audiovisual – Cinema é coordenado pelos cineastas Karim Aïnouz, Sérgio Machado e Marcelo Gomes e tem como objetivo desenvolver roteiros para longa-metragem, em qualquer gênero (ficção, documentário, animação e experimental), abordando os aspectos de escrita cinematográfica: estrutura dramática, trama e subtrama, criação de personagens e formatação de roteiro. As inscrições vão até o dia 30 de abril.

As atividades terão duração de sete meses, de junho a dezembro de 2015. Os alunos receberão orientação dos três diretores, que conduzirão a qualificação dos projetos, por meio de consultorias individuais. Além disso, outros profissionais do mercado cinematográfico irão a Fortaleza dar oficinas, palestras, workshops e outras atividades, contribuindo para o processo de formação na escrita e técnica da linguagem audiovisual dos alunos, que estarão ainda em conexão com as demais linguagens e cursos da Escola Porto Iracema das Artes.

Inscrições
Para participar do Laboratório de Audiovisual, o proponente deve ser nativo ou residente da região nordeste do país há, pelo menos, dois anos. Este ano, serão escolhidos seis projetos de longa-metragem, sendo quatro oriundos do Ceará e dois de outros estados do Nordeste, em regime de residência artística no Porto Iracema das Artes. Interessados devem preencher uma ficha de inscrição gratuitamente no site do Porto Iracema até o dia 30 de abril. Consulte o regulamento para saber mais sobre o processo de inscrição.

O Laboratório oferece ajuda de custo mensal para dois representantes de cada projeto oriundo do Ceará (R$ 800) e para um representante de cada projeto de residência oriundo da região Nordeste (R$ 1.800) para participação presencial em atividades que resultarão no desenvolvimento dos roteiros e para as despesas de estadia.

Porto Iracema oferece oportunidades também para música, artes visuais, pesquisa teatral e dança
O Porto Iracema oferece oportunidades também em outras linguagens artísticas. A novidade desta edição é que além das quatro linguagens já trabalhadas nos Laboratórios anteriores (Audiovisual/Cinema, Música, Artes Visuais e Pesquisa Teatral), o Porto lança o Laboratório de Dança.

No total, serão escolhidos até 26 projetos nas cinco modalidades. Os Laboratórios de Criação são espaços de experimentação, investigação e desenvolvimento de projetos nos diversos segmentos culturais, que aglutinarão novos talentos e profissionais que já se encontram no mercado e que demandam atualizações técnica e conceitual.

Para mais informações, acesse o site do Porto Iracema das Artes.

Fortaleza, Natal e Recife disputam posição de hub da Tam

O Grupo Latam Airlines anunciou uma saudável disputa que começa hoje no Nordeste, entre as cidades de Fortaleza, Natal e Recife. A empresa quer fazer de um desses aeroportos seu hub doméstico e internacional na região. a hoje, 17 de abril, um estudo para desenvolver o primeiro hub (centro de conexões de voos) doméstico e internacional do Nordeste do Brasil. O Grupo iniciou análises de viabilidade para a iniciativa, que considera três cidades: Fortaleza, Natal e Recife. O principal objetivo, segundo a Latam, é ampliar a atuação das empresas do grupo em voos entre a América do Sul e a Europa, considerando a posição geográfica estratégica do Nordeste.

Hoje, a oferta da aviação nacional está mais concentrada no Sudeste, no Sul e em Brasília e a Tam espera facilitar as conexões Centro-Norte. O projeto traz oportunidades de novos voos, destinos, rotas e conexões para toda a área ao norte do Distrito Federal, especialmente as regiões Norte e Nordeste.

“O projeto ampliará a capilaridade das operações das empresas do grupo no Brasil, na América do Sul e no mercado internacional, aumentando principalmente os destinos atendidos na Europa. Também reforçará a liderança do grupo na América Latina, incrementará a conectividade oferecida aos clientes e otimizará a cobertura do fluxo de passageiros e de carga de/para o Brasil com outros mercados”, afirma Claudia Sender, presidente executiva da Tam S.A. e da Tam Linhas Aéreas.

“As operações do novo hub serão realizadas com a frota que o Grupo Latam já tem contratada, sendo que não será necessário haver encomendas adicionais de aeronaves”, informa a empresa.

Os critérios para a definição das cidades foram, segundo a Tam, localização geográfica, infraestrutura aeroportuária e seu potencial de desenvolvimento, e ainda, que ofereça uma melhor experiência ao cliente. Fatores como competitividade de custos, atrelada a uma infraestrutura adequada, serão determinantes para a concretização desse projeto. Curiosamente, Salvador está fora do páreo.

Serão realizados contatos com as autoridades para viabilizar os requisitos necessários que permitirão a escolha de uma das três capitais. A presidente executiva da Tam S.A. destaca que alguns fatores, como a existência de infraestrutura adequada e a competitividade de custos, vão nortear esta definição e serão determinantes para a concretização desse projeto, pois trarão as bases necessárias para o sucesso da iniciativa.

A previsão é que essa definição seja realizada até o final de 2015, para que logo em seguida tenha início a implementação do hub. A estimativa é que o início das operações ocorra em dezembro de 2016.

O plano presume que o hub opere destinos na Europa e também voos internacionais na América do Sul, além das operações dentro do Brasil. Esses destinos serão definidos ao longo do processo de implementação.

O Grupo Latam já definiu o aeroporto de Guarulhos como o seu principal hub internacional, e o novo hub no Nordeste vai complementar de maneira estratégica os objetivos do grupo, dentro de seu papel de liderança na América Latina.

“Acreditamos fortemente no potencial da região, por sua posição geográfica privilegiada e sua vocação para o turismo. Vários países têm explorado de maneira exitosa oportunidades semelhantes, criando destinos e gerando riqueza e desenvolvimento, por meio da criação de grandes hubs, como acontece em nações do Oriente Médio e América Central. Em alguns casos, os hubs foram desenvolvidos a tal ponto que países hoje têm mais passageiros que habitantes”, comenta Sender.

“Estamos muito empenhados na viabilização dessa iniciativa, cientes do enorme fortalecimento de conectividade e do desenvolvimento econômico que o projeto trará para a região Nordeste do Brasil”, diz Claudia.

A primeira etapa dos trabalhos será a definição da cidade onde o hub estará sediado. Esse processo terá início imediato, com os contatos com as autoridades do Ceará, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte e das respectivas capitais dos três Estados. “O processo de definição da cidade que sediará o novo hub será realizado de forma transparente e com critérios claros”, finaliza a companhia.

Via http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/2015/04/fortaleza-natal-e-recife-disputam-posicao-de-hub-da-tam_113161.html

Paula Toller apresenta turnê “Transbordada” na barraca Santa Praia, em Fortaleza

Não existem planos para uma volta do Kid Abelha e ponto. Esse assunto parece fora de discussão para o trio que segue tocando trabalhos individuais. No caso de Paula Toller, 52, os mais de 30 anos como frontgirl do grupo carioca vêm sendo substituídos por uma promissora carreira solo, que chega hoje a Fortaleza. Na bagagem, a bela loura traz as canções de Transbordada, quarto disco da lavra particular. Produzido pelo ex-Mutante e amigo de longa data Liminha, o álbum vem mais caloroso e agitado que seus antecessores. “É um show para cantar e dançar, bem animado”, adianta Paula, por email, sobre o clima que deve tomar conta da Barraca Santa Praia, onde acontece o show amanhã.

O POVO – Como será este show em Fortaleza. O que pode adiantar do repertório?

Paula Toller – Vou cantar músicas do disco novo, como Calmaí, Transbordada, Já chegou a hora e Tímidos românticos. E vou alternar com grandes sucessos de toda minha trajetória como Fixação, Nada Sei, Oito anos, Derretendo Satélites e Deus (apareça na televisão). É um show para cantar e dançar, bem animado!

OP – Seus três discos solo trazem sonoridades bem diferentes. Este novo é mais solar e dançante. Como você vê essa mudança de rumo?

Paula – Transbordada é um disco que soma todas as Paulas anteriores. A cantora sofisticada e madura dos discos solo e a líder de banda de rock, mais moleque. É o disco do meu momento, um pop clássico com experimentações.

OP – Transbordada conta com o ex-mutante Liminha e com Hélio Flandres, da nova geração do rock nacional. Você acaba representando uma geração de “meio de campo”. Essa ponte foi proposital?

Paula – A minha geração foi explosiva. É chamada “geração de ouro” do rock brasileiro. No meu DNA também estão os Mutantes, mas o Liminha produziu os maiores sucessos do Kid. Então, temos uma história muito rica e conseguimos ir além, compor juntos e foi maravilhoso. Hélio é o sangue novo do disco, convidei-o porque admiro sua voz e suas composições, e também para dar visibilidade aos bons da nova geração.

OP – Você é de uma geração em que o rock funcionou como voz da juventude num período político conturbado. Qual o papel do rock atualmente?

Paula – Como artista, não me sinto obrigada a falar sobre nenhum assunto. Mas, também não temo a patrulha quando desejo opinar sobre qualquer coisa. Acho importante que a música, além de pop, chiclete, tenha uma mensagem interessante escrita de uma forma única. O papel do rock é ser livre.

OP – O suporte físico sofre constantes crises e a música de consumo rápido vem tomando o espaço que antes era do rock nacional e da MPB. Diante desse cenário, o que te leva a lançar um trabalho inédito?

Paula – O suporte foi diminuindo, diminuindo, até que sumiu. Essa carreira é assim, tem altos e baixos, mas eu não trocaria por nenhuma outra mais estável. Tenho fé que esse trabalho é especial e poderoso. Por isso tive a coragem de lançar, inclusive bancando tudo do meu próprio bolso.

OP – Transbordada sai 10 anos
depois do último disco de inéditas do Kid. Do que sente falta em tocar numa banda?

Paula Toller – O fato de ter meu nome nos cartazes não quer dizer que esteja sozinha. Meus músicos são artistas de alto nível que contribuem muito com ideias, só que nesse formato a liderança é clara.

SERVIÇO

Paula Toller – Transbordada

Quando: amanhã, 18, às 22 horas.

Onde: Barraca Santa Praia (Av. Zezé Diogo, 3345 – Praia do Futuro)

Quanto: R$ 40 (pista/meia), R$ 80 (pista/inteira), R$ 60 (front stage/meia) e R$ 120 (front stage/inteira).

Telefone: 3261 0665.

(Marcos Sampaio, O Povo)

Cineclube itinerante leva mostra de cinema mudo a bairros de Fortaleza

Cine Corno é realizado há um ano e meio na Praça dos Leões, no Centro de Fortaleza (Foto: Divulgação)

O cineclube cearense “Cine Corno” leva há um ano e meio cultura audiovisual brasileira aos transeuntes da Praça dos Leões, no Centro de Fortaleza. A partir deste fim de semana, a iniciativa realiza uma mostra itinerante de cinema mudo por três bairros da cidade. O primeiro a receber a mostra é o bairro Titanzinho nesta sexta-feira (17).

As sessões, que começam sempre às 18h30, são gratuitas e buscam construir um espaço alternativo de interação entre os filmes e os espectadores na rua, sem os rigores das salas de projeção dos centros comerciais. “Nosso objetivo é atingir um público que, em geral, não tem acesso a esses filmes nos cinemas de shoppings ou que não tem o costume de participar de cineclubes, estimulando reflexões e discussões sobre essas obras”, conta a produtora cultural Renata Cavalcante, uma das idealizadoras do projeto.

Na mostra, serão exibidos filmes nacionais de temática popular com performances ao vivo de músicos convidados como alternativa às trilhas sonoras. “A ideia é possibilitar a construção de uma relação com o filme mediante o ‘ver filmes juntos’ com os debates, a música, e até o karaokê”, ressalta Renata.

Na primeira sessão da mostra, o músico cearense Vitor Colares se apresentará interagindo com a exibição do média-metragem “Jangadeiros” (1942), de Orson Welles, no bairro Tintanzinho. Os próximos bairros que recebem a mostra serão Benfica e Serrinha. Confira a programação das exibições abaixo.

Cine Corno
O Cine Corno realiza exibições de filmes e documentários nacionais estruturados em mostras temáticas, com debates, discotecagem e karaokê nas terceiras sextas-feiras de cada mês em frente ao Restaurante e Bar Cultural Lions, localizado na Praça dos Leões, no Centro de Fortaleza. O nome “Cine Corno” referencia o espaço do bar e seu imaginário, revelando o diálogo com o popular, o deboche, o humor cearense.

Programação
Dia: 17 de abril
Horário: 18h30
Local: Titanzinho – Avenida Leite Barbosa, no primeiro quebramar.
Filme: Jangadeiros (Orson Welles)
Músico convidado: Vitor Colares

Dia: 15 de maio
Horário: 18h30
Local: Benfica – Avenida da Universidade, nº 2853
Filme: Aitaré da Praia (Gentil Roiz e Ary Severo)
Músico convidado: Guto Rafael

Dia: 19 de junho
Horário: 18h30
Local: Serrinha – Rua Leão XIII, nº. 370
Filme: A Filha do Advogado (J. Soares)

(G1 Ceará)

Polícia Federal investiga 28 casos de tráfico humano em Fortaleza

Propostas sedutoras de melhoria de vida perpetuam como estratégia de aliciamento para o tráfico de pessoas. As tecnologias têm facilitado a abordagem da vítima por traficantes. Para Guilherme Calmon, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a insuficiência de políticas públicas eficazes e a defasagem da legislação contra o tráfico no Brasil são fatores que colaboram para a sensação de impunidade. Dos 374 inquéritos investigados atualmente pela Polícia Federal, pelo menos 28 tiveram origem em Fortaleza.

A Capital sedia até hoje o 5º Simpósio Internacional para o Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, evento que teve início ontem no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 7ª Região. O prefeito Roberto Cláudio (Pros) participou da abertura e admitiu que Fortaleza não dispõe de mecanismos específicos para lidar com o tráfico.

RC espera que o simpósio “possa expor melhor um problema que, muitas vezes, está escondido debaixo do tapete, e que, ao mesmo tempo, possa engajar os três poderes (executivo, legislativo e judiciário) em ações de prevenção e combate”.

A coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP) da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), Lívia Xerez, comentou que existem muitas portas de entrada para o tráfico, mas que, em tempos de Internet, as redes sociais têm mostrado seu poder de sedução.

“Elas (as redes) estão, sim, aliciando nossas crianças e adolescentes com ofertas de (trabalho como) modelo, dançarino, jogador de futebol”. Portanto, para a coordenadora, o tráfico, hoje, “é um crime multifacetado que pode atingir, inclusive, pessoas de altos níveis intelectuais, como estudantes de mestrado que podem ser seduzidos por propostas de intercâmbio acadêmico”.

Legislação

Guilherme Calmon afirmou, também, que a legislação que trata sobre o tráfico de pessoas não acompanhou os avanços tecnológicos dos últimos anos. Ele citou que as denúncias do crime na Internet são inseridas na mesma lei que rege o tráfico “tradicional” e que o problema é algo que deve ser estudado “para o futuro”. “Existe um projeto de lei tramitando no Congresso sobre um possível novo Código Penal e ele prevê os crimes cibernéticos. Mas, por enquanto, não há previsão de aprovação”, lamentou.

Juliana Pacheco, chefe da Delegacia de Defesa Institucional da Polícia

Federal em Fortaleza, informou que investigações sobre o tráfico de pessoas na Internet são feitas, geralmente, após o recebimento de denúncias. E concordou que a falta de legislação específica dificulta o trabalho. “Só não dificulta mais porque a gente consegue tipificar no artigo 231 do Código Penal, que configura o tráfico independente de onde ele esteja sendo agenciado”, explicou.

Para Calmon, as penas para o crime ainda são muito baixas se comparadas às aplicadas pelo tráfico de drogas. “Vale mais a pena traficar uma pessoa do que traficar drogas, porque o tráfico de drogas tem pena de até 15 anos. O de pessoas, até seis, oito anos”, exemplificou. “Nossos policiais ainda não têm preparo técnico suficiente para lidar com esse trabalho”, admitiu.

Levantamento

Dados do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) indicam que quadrilhas traficam e exploram 2,4 milhões de pessoas no mundo, com lucros que alcançam US$ 32 milhões ao ano. Além disso, 49% das vítimas são mulheres e 53% dos casos são de exploração sexual.

(Luana Severo, O Povo)

Travesti de 15 anos é executada por dívida de drogas na periferia de Fortaleza

Uma adolescente de 15 anos foi morta com vários disparos, na noite da última quinta-feira (16), no bairro Vila Velha. De acordo com a Polícia, dois homens armados em uma moto encontraram a travesti caminhando pela Avenida Major Assis, onde ela seguia para Praia de Iracema a um ponto de prostituição.

Segundo o delegado da Divisão de Homicídios, Cleófilo Rodrigues, a motivação do crime seria dívida de droga. Conhecida como “Bruna Quércia” e identificada como Francisco Otávio de Oliveira Costa,de 15 anos, já estava recebendo ameaças de morte pelo fato de ser usuária de drogas e estar devendo a traficantes da área.

Equipes do Ronda do Quarteirão e da Divisão de Homicídios estiveram presentes no local. A Polícia ainda realizou buscas de suspeitos na região, mas ninguém foi capturado. O caso segue sendo investigado.

Segundo caso de assassinato contra travestis
No mês de março, uma travesti foi executada com disparos de arma de fogo  quando estava na Avenida Juscelino Kubitschek, no bairro Passaré. A vítima, identificada como Francisco Robson Caetano Elias, de 21 anos de idade, mais conhecida como Bianca foi morta na presença de amigos.
De acordo com a Polícia, Bianca estava na avenida junto com outros travestis, em um ponto de prostituição, quando, por volta das 16h, dois homens em um veículo Gol, de cor  preta, passaram e efetuaram vários disparos. A vítima teve morte imediata.
(Diário do Nordeste)

Governo do Ceará gastou mais de R$ 8 bilhões com pessoal em 2014

O Governo do Estado do Ceará contratou, no decorrer do ano de 2014, um total de 5.193 novos servidores, elevando o custo da folha de pagamento de pessoal em R$ 108.944.098,77. Segundo próprio Governo, em documento encaminhado para a Assembleia Legislativa (prestação de contas do ano passado), “Comparando-se o valor da despesas com pessoal do exercício de 2014, com a do exercício de 2013 houve um acréscimo dd 9,84%”.

A despesa total com pessoal no ano passado somou R$ 8.801.136.99,03, correspondente a 53,34% da Receita Corrente Líquida. Veja os números oficiais de gastos do Executivo, do Legislativo, do Judiciário e do Ministério Público:

TABELA 43

DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL EM RELAÇÃO À RECEITA CORRENTE LÍQUIDA – RCL, CONFORME LEI COMPLEMENTAR N° 101, DE 04.05.00

DESPESA COM PESSOAL PODER EXECUTIVO PODER                    PODERL            MINISTÉRIO         LEGISLATIVO           JUDICIÁRIO      PÚBLICO                  TOTAL
 
DESPESA BRUTA COM PESSOAL (I) 7.217.787.703,42 411.253.647,18 885.119.243,92 286.976.403,51 8.801.136.998,03
PESSOAL ATIVO 5.287.293.465,91 327.474.920,78 768.158.100,32 251.663.284,34 6.634.589.771,35
PESSOAL INATIVO 1.559.411.926.19 74.518.623.18 116.961.143.60 34.400.900,36 1.785.292.593,33
– Tesouro 826.517.101,48 1.204.406,62 0,00 0,00 827.721.508,10
– Servidor 328.627.425,07 38.297.576,35 54.837.758,15 12.666.876,90 434.429.636,47
– Patronal 404.267.399,64 35.016.640,21 62.123.385,45 21.734.023,46 523.141.448,76
OUTRAS DESPESAS DE PESSOAL DECORRENTES DE CONTRATOS DE TERCEIRIZACÃO (art. 18, § 1° da LRF) 371.082.311,32 9.260.103,22 0,00 912.218,81 381.254.633,35
DESPESAS NÃO COMPUTADAS (art. 19.§ 1° da LRF) (II) 860.171.903,78 74.828.721,26 125.697.404,40 49.368.411,27 1.110.066.440,71
Indenizações por Demissão e Incentivos à Demissão Voluntária 0.00 0.00 0,00 0,00 0,00
Decorrentes de Decisão Judicial 69.632.067,76 0,00 0.00 11.626,60 69.643.694,36
Despesas de Exercidos Anteriores 57.645.011,31 1.514.504,70 22.428.531,90 14.955.884,31 96.543.932,22
Inativos e Pensionistas com Recursos Vinculados 732.894.824,71 73.314.216,56 103.268.872,50 34.400.900,36 943.878.814,13
DESPESA TOTAL COM PESSOAL PARA FINS DE APURAÇÃO DO LIMITE • DTP (III) = (I -II) 6.357.615.799,64 336.424.925,92 759.421.839,52 237.607.992,24 7.691.070.557,32
RECEITA CORRENTE LIQUIDA • RCL 14.418.477.503,79 14.418.477.503,79 14.418.477.503 79 14.418.477.503 79 14.418.477.503,79
% DA DESPESA TOTAL COM PESSOAL PARA FINS DE APURAÇÃO DO LIMITE • DTP sobre a RCL(11111‘1100) 44,0948,60 2,333,40 5527 6,00 1,652,00 53,3460,00
LIMITE MÁXIMO (Incisos I, II e UI, art. 20 da LRF)
IMITE PRUDENCIAL (Parágrafo Único, art. 22 da LRF: 99% do Limite Máximo) 46,17 3,23 5,70 1,90 57,00
LIMITE DE ALERTA (Inciso II do §1° do art. 59 da LRF: 90% do Limite Mááitno) 43,74 3,06 5,40 1,80 54,00

(Blog do Edson Silva, Diário do Nordeste)

Caso Verônica Bolina: Travesti fica desfigurada após prisão; Defensoria diz haver indício de tortura

A travesti Verônica Bolina acusa policiais militares e civis de agredi-la quando foi presa em São Paulo, de acordo com nota divulgada por órgão da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania. Verônica foi detida na sexta-feira (10) por suspeita de tentar matar uma vizinha idosa. Depois, no domingo (12) arrancou a dentadas a orelha de um carcereiro dentro de um distrito policial.

O G1 teve acesso a fotografias feitas pela Defensoria Pública que mostram Verônica com o rosto inchado e desfigurado,  além de lesões e hematomas na barriga e nas costas. Gravações nas quais a travesti isenta os policiais de tortura são questionadas pela Defensoria(ouça e leia mais abaixo).

Para o núcelo especializado de combate à discriminação da Defensoria Pública, há indícios de tortura, maus-tratos, excessos, abusos, exposição indevida da imagem, coação e constrangimento ilegal envolvendo a prisão e contenção de Verônica.

“Há suspeita de tortura em virtude de como o rosto de Verônica ficou desfigurado”, diz a defensora pública Juliana Belloque. “É difícil acreditar que para conter uma presa ela tenha que ficar com o rosto espancado”.

A denúncia de agressão foi feita, inicialmente, ao Centro de Cidadania Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT), vinculado à Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo. Campanha na internet #SomostodasVerônica pede respeito às travestis.

Travesti fica desfigurada após prisão; Defensoria diz haver indício de tortura  (Foto: Foto: Reprodução/Facebook; Divulgação/Defensoria Pública)
Travesti fica desfigurada após prisão; Defensoria diz haver indício de tortura (Foto: Foto: Reprodução/Facebook; Divulgação/Defensoria Pública)

Nota divulgada pelo Centro de Cidadania informa que Charleston Alves Francisco, de 25 anos, que usa o nome social de Verônica Bolina, relatou “ter sofrido agressão em vários momentos por parte de policiais militares e de “preto”, fazendo referência aos agentes do Grupo de Operações Estratégicas (GOE), ocorridas no momento de sua prisão” e “durante o episódio em que atacou o carcereiro da Polícia Civil por conta de uma troca de cela e no Hospital do Mandaqui quando do atendimento médico”.

Verônica foi presa na sexta-feira (10) por suspeita de tentativa de assassinato a uma vizinha idosa. No domingo (12), a travesti supostamente se envolveu em confusão com outros presos e foi acusada de arrancar a dentadas a orelha de um carcereiro.

A equipe de reportagem não conseguiu falar com Verônica, que permanece detida no 2º Distrito Policial, Bom Retiro, a espera de uma vaga no sistema prisional. Segundo a nota do Centro, agora, Verônica está numa “cela individual e tem garantido o uso de suas roupas femininas e peruca de uso próprio, respeitando a sua identidade de gênero”.

O Centro informou ainda que “intermediou o encontro de Verônica com sua mãe, Marli Ferreira Alves Francisco” e que está dando “assessoria jurídica e psicológica” à família da travesti.

Conduta dos policiais
A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que a Corregedoria da Polícia Civil instaurou procedimento para apurar a conduta dos policiais envolvidos na contenção de Verônica e vazamento de fotos envolvendo o caso.

Segundo o delegado Luiz Roberto Hellmeister, titular do 2º DP (Bom Retiro), Verônica foi indiciada por tentar matar uma senhora de 73 anos, resistência e tentativa de evasão, entre outros crimes.

Ela foi ouvida na tarde desta quarta-feira. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, os policiais que ouviram o depoimento afirmam que ela confirmou que, quando estava detida em uma cela, expôs a genitália e começou a se masturbar, o que provocou a revolta dos outros presos.

De acordo com a versão da polícia, para conter a situação, um carcereiro entrou na cela para retirá-la, quando Verônica o atacou com uma mordida na orelha. O delegado esclarece que Verônica se machucou durante esses confrontos.

O delegado apontou, ainda em nota divulgada pela secretaria, que Verônica, por causa da sua condição sexual, pode solicitar uma sala separada do restante dos presos, mas que não houve esse pedido. Verônica permanece na delegacia de maneira provisória, até a destinação para uma unidade da Secretaria de Administração Penitenciária.

Sobre a queixa de que o cabelo de Verônica teria sido cortado, o delegado esclarece que ela já tinha cabelos curtos quando chegou à delegacia, pois costumava usar peruca antes de ser presa”, diz a nota.

Gravações questionadas
A defensora pública Juliana Belloque também quer saber como foram gravados os dois arquivos de áudios (ouça ao lado)no qual Verônica diz que não foi torturada e isenta os policiais de qualquer agressão.

A gravação foi feita durante visita da Coordenadora de Políticas para a Diversidade Sexual do Estado de São Paulo, Heloisa Alves. O orgão é vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do governo estadual.

“Eles reagiram dentro de suas leis” e era direito deles agirem “para contê-la”, diz Verônica em uma das gravações. Em redes sociais e grupos de WhatsApp também circula áudio no qual Heloísa Alves afirma que divulga as gravações para ajudar a esclarecer dúvidas. O G1 tenta falar com Heloísa, mas não obteve retorno.

Na quarta-feira (15), outras defensoras públicas foram ao 2º DP conversar com Verônica, que, reiterou o que havia dito no áudio divulgado na internet. Na ocasião, um delegado e um carcereiro estavam presentes no mesmo ambiente onde a travesti era ouvida pela Defensoria Pública.

Não foi permitido contato reservado das defensoras com a presa, permanecendo o delegado e o carcereiro ao lado durante a entrevista, afirmando que a ela que ‘deveria falar a verdade, sem aumentar nem diminuir”
Juliana Belloque, defensora pública

“Não foi permitido contato reservado das defensoras com a presa, permanecendo o delegado e o carcereiro ao lado durante a entrevista, afirmando que a ela que ‘deveria falar a verdade, sem aumentar nem diminuir’, bem como sabia que diante dela ter arrancado a orelha de um agente ‘teria ficado barato’”, disse Juliana.

Para a defensora, o áudio disponibilizado na web e as declarações de Verônica à Defensoria Pública foram feitos na delegacia onde ela foi agredida anteriormente e sob a presença de policiais, o que sugere constrangimento.

“Tal cenário evidencia uma situação de constrangimento nas declarações dela, num ambiente que, em tese, sofreu agressões e maus-tratos”, disse Juliana. “A presença dos policiais foi ostensiva e intimidatória”.

No pedido feito pela Defensoria Pública à 1ª Vara do Júri da Capital está solicitação para que Veronica seja ouvida novamente pelas defensoras no Fórum da Barra Funda, na presença de um juiz.

“Verônica precisa dar suas declarações num ambiente longe de onde houve aquela confusão até para que não fique constrangida ou intimidada”, disse Juliana.

#SomostodasVerônica
A divulgação de fotos de Verônica Bolino detida, com os cabelos raspados, rosto desfigurado e com os seios à mostra indignou organizações de direitos LGBT, que criaram o movimento #SomostodasVerônica nas redes sociais. Uma página sobre o tema foi criada no Facebook e os organizadores afirmam que ela teve “a dignidade jogada fora”.

“Verônica apareceu numa foto. Seus cabelos estavam raspados, seu rosto desfigurado, sua roupa arrancada, sua dignidade jogada fora. Disseram que Veronica roubou alguma coisa. Ou que ela foi presa porque mordeu um policial. O motivo não importa, as fotos que mostram Verônica neste estado mostra que ela não foi tratada como cidadã, como pessoa. Ela foi tratada como um objeto que não gostamos, amassamos, rasgamos e jogamos fora sem muita importância. Verônica é mulher trans. Veronica é negra. Veronica é chamada de traveco Tysson e todo mundo ri”, diz uma das frases da campanha.

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) aderiu à campanha e divulgou longo texto em defesa de Verônica, contra a transfobia e em defesa dos direitos humanos. Para o deputado, ela foi exposta pela polícia, quem a deveria defender.

Ele colocou sua equipe à disposição da família de Verônica e levará a história à Comissão de Direitos Humanos da Câmara à CPI da Violência contra Jovens Negros e Pobres, à Comissão Permanente Mista de Combate à Violência contra a Mulher e também à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República para averiguar se, de fato, houve ou não tortura.

“Verônica Bolino, torturada, humilhada e exposta pela Polícia Civil de São Paulo, a mesma que deveria proteger seus direitos e sua vida. Quando duas discriminações se chocam, como é o caso de Piu [travesti morta] e de Verônica, ambas trans negras, esse grupo é colocado em uma das mais vulneráveis situações da nossa pirâmide social!”, escreveu o parlamentar.

“Uma pesquisa sobre os direitos das trans negras no Brasil, publicada pela ONG internacional Global Rights, corroba a realidade dessa população, impactada desproporcionalmente por diversas formas de violência física e sexual. Os dados da pesquisa foram apresentados durante uma audiência temática sobre os direitos das pessoas trans negra no Brasil diante na Comissão Inter-Americana de Direitos Humanos”, diz Wyllys em sua página no Facebook.

O deputado também lembra que tem um projeto de lei que garante “o direito de toda pessoa ao reconhecimento de sua identidade de gênero, protegendo estas pessoas de diversas situações que criam constrangimento, problemas, negação de direitos fundamentais, constante e desnecessária humilhação, quando não de um ataque às suas integridades físicas”.

(Kleber Tomaz e Cíntia Acayaba, Do G1 São Paulo)

A crise continua na Editora Abril: Revista Veja demite mais quarenta empregados

A crise da mídia impressa chegou à revista Veja, que, nesta quinta-feira, anunciou um processo de reestruturação que deve cortar 40 empregos.
Tradicionalmente poupada nos cortes feitos pela Abril, desta vez Veja não escapou do ‘passaralho’, nome dado nas redações aos processos de demissão em massa.
Estão sendo encerrados os suplementos Veja BH e Veja Brasília. Em São Paulo, onde funciona o centro de decisão da publicação mais politicamente engajada do País, sempre alinhada ao PSDB, estão sendo cortadas as vagas de editores com maiores salários e mais tempo de casa.
O ‘passaralho’ de Veja se insere no processo de derrocada da mídia impressa, em tempos de universalização da internet, das redes sociais e de equipamentos como tablets e smartphones.
Na última semana, o Estado de S. Paulo anunciou 120 demissões (suspensas pelo Tribunal Regional do Trabalho) e a Folha promoveu 50 demissões.
Leia, abaixo, reportagem do Portal Imprensa sobre os cortes de Veja: 
Editora Abril encerra “Veja Brasília” e “Veja BH” no impresso; cortes podem chegar a 40
Danúbia Paraizo, do Portal Imprensa
A Editora Abril anunciou nesta quinta-feira (16/4) um processo de reestruturação na revista Veja, sua principal publicação. IMPRENSA apurou que a empresa jornalística encerrou as atividades da Veja Brasília e Veja BH no impresso. A última edição das revistas vai circular no próximo sábado (18/4).

Com a mudança, a expectativa é de que pelo menos 40 profissionais tenham sido desligados da publicação, o que não foi confirmado pela editora.

Em nota, a Abril apenas divulga o fim das edições, que passam a ser veiculadas exclusivamente no digital “com conteúdo focado nos roteiros culturais e nos serviços do Comer & Beber, os mais requisitados pelos leitores”.

Ainda no comunicado, a Abril anunciou o lançamento do novo site da revista Veja, que tem como objetivo intensificar “a união entre as equipes das edições online e off-line”. Como justificativa para o novo projeto, a empresa explica que o “processo está associado à desaceleração econômica que impacta a publicidade e a mídia de maneira geral”, e que “está alinhado às transformações do mercado e às exigências dos leitores”.

Via Brasil 247

TRF isenta Roberto Smith e João Alves de fraudes no BNB

Acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de crime de gestão fraudulenta, que teria gerado prejuízos da ordem de R$ 1,5 bilhão ao Banco do Nordeste, o ex-presidente da instituição, o economista Roberto Smith, foi excluído de processo na Justiça Federal, que apura irregularidades no órgão. Em decisão proferida ontem, o Tribunal Regional Federal, da 5ª Região (TRF-5) reconheceu não haver qualquer indício de participação de Smith em irregularidades no banco.

A Quarta Turma do (TRF5) acatou provimento ao habeas corpus impetrado pelo escritório Valmir Pontes, Alcimor Rocha Sociedade de Advogados em defesa de Smith. O mesmo ocorreu, dias atrás, em relação à idêntica medida constitucional impetrada em favor de João Alves Melo, ex-presidente do Comitê de Auditoria do BNB.

Sem fundamento

De acordo com o escritório de advocacia, o TRF reconheceu que não havia, na denúncia ofertada pelo MPF, qualquer indício de participação dos dois acusados nas supostas ilegalidades apontadas. Conforme explicou, não continha na denúncia subsídios suficientes que permitissem a individualização das condutas dos denunciados, razão esta que impediu a continuidade da ação criminal.

De acordo ainda com o escritório de advocacia, não cabe mais recursos nesse processo de ação criminal, de nº 0000348-98.2014.4.05.8110, quanto a participação dos dois acusados. Outros 13 servidores do BNB, no entanto, continuam a ser investigados na ação.

Objeto da ação

O processo trata de supostas irregularidades referentes à recuperação de crédito e má gestão de recursos do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste (FNE). Segundo o MPF, os prejuízos chegariam a R$ 1,5 bilhão. Em parecer de janeiro deste ano, o procurador da República, Fernando Ferreira, havia refutado o argumento da defesa.

“Recebo com muita alegria esta notícia. Estou muito satisfeito com a decisão da Justiça”, respondeu Roberto Smith, na tarde de ontem. Questionado se pretende voltar a atuar no setor publico, disse que “meu nome está à disposição. Vamos aguardar”.

João Alves Melo falou que sempre esteve tranquilo em relação a esse processo, já que, como presidente do comitê de auditoria do BNB, não tinha poder de gestão e nem operacional no banco, e que as decisões do comitê eram sempre colegiadas.

(Carlos Eugênio, Diário do Nordeste)

Ex-deputados Idemar Citó e Rogério Aguiar garantem aposentadoria de R$ 20,9 mil

Ex-deputado Idemar Citó

Atos da Mesa Diretora da Assembleia, ontem conhecidos, oficializam as aposentadorias dos ex-deputados Idemar Citó e Rogério Aguiar, pelo Sistema de Previdência Parlamentar, garantindo a cada um deles, mensalmente, a importância de R$ 20.983,58.

Os dois deputados não concorreram a  novos mandatos, nas eleições do ano passado. Eles concluíram os últimos mandatos em 31 de janeiro deste ano. As aposentadorias, segundo os respectivos atos já garantem os proventos mensais a partir de 10 de março passado. O Tribunal de Contas do Estado, porém, ainda terá que fazer o registro das referidas aposentadorias, após examinar a legalidade de ambos os processos.

ATO DELIBERATIVO Nº767 A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADODO CEARÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art.19, XVIII, b, da Resolução nº389, de 11 de dezembro de 1996 (Regimento Interno); pelo Art.19, Parágrafo único da Lei Complementar nº13, de 20 de Julho de 1999, na redação que lhe foi dada pelo Art.6º. da Lei Complementar nº32, de 30 de dezembro de 2002, c/c os dispositivos contidos na Lei Complementar nº. 138, de 06 de junho de 2014, e com o §4º do Art.16, da Resolução nº429, de 14 de novembro de 1999; Considerando os termos do §2º. do Art.330 da Constituição do Estado do Ceará e o disposto nos Arts.4º, 8º, e inciso I do Art.10; e alíneas “a”e “b” e §4º. do Art.13, e §4º do Art.16, da Resolução nº429, de 14/11/1999; Tendo em vista o que consta do Processo nº02783/2015, protocolizado em 10/03/2015, RESOLVE aposentar IDEMAR LOIOLA CITÓ, ex-Deputado Estadual, segurado do SISTEMA DE PREVIDÊNCIA PARLAMENTAR DOS DEPUTADOS E EX-DEPUTADOS ESTADUAIS DO ESTADO DO CEARÁ, a partir de 10 de março de 2015, com proventos mensais integrais, no valor de R20.983,58 (VINTE MIL, NOVECENTOS E OITENTA E TRÊS REAIS E CINQUENTA E OITO CENTAVOS). PAÇO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, ao 1º de abril de 2015.

*** *** ***

ATO DELIBERATIVO Nº768 A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Art.19, XVIII, b, da Resolução nº389, de 11 de dezembro de 1996 (Regimento Interno); pelo Art.19, Parágrafo único da Lei Complementar nº13, de 20 de Julho de 1999, na redação que lhe foi dada pelo Art.6º. da Lei Complementar nº32, de 30 de dezembro de 2002, c/c os dispositivos contidos na Lei Complementar nº138, de 06 de junho de 2014, e com o §4º do Art.16, da Resolução nº429, de 14 de novembro de 1999; Considerando os termos do §2º. do Art.330 da Constituição do Estado do Ceará e o disposto nos Arts.4º, 8º, e inciso I do Art.10; e alíneas “a” e “b” e §4º. do Art.13, e §4º do Art.16, da Resolução nº429, de 14/11/1999; Tendo em vista o que consta do Processo nº02786/2015, protocolizado em 10/03/2015, RESOLVE aposentar FRANCISCO ROGÉRIO OSTERNO AGUIAR , ex-Deputado Estadual, segurado do SISTEMA DE PREVIDÊNCIA PARLAMENTAR DOS DEPUTADOS E EXDEPUTADOS ESTADUAIS DO ESTADO DO CEARÁ, a partir de 10 de março de 2015, com proventos mensais integrais, no valor de R20.983,58 (VINTE MIL, NOVECENTOS E OITENTA E TRÊS REAIS E CINQUENTA E OITO CENTAVOS). PAÇO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ, em Fortaleza, ao 1º de abril de 2015.

(Edson Silva, Diário do Nordeste)

Banco do Brasil: Resultado do Concurso é divulgado pela Cesgranrio

Concurso-Banco-do-Brasil-2014-2015-Banco-do-Brasil-abre-concurso-para-escriturário

Saíram nesta quinta-feira(16), os resultados do concurso realizado pelo Banco do Brasil em 2015. A seleção de pessoal irá formar cadastro de reserva em 2.499 postos da carreira inicial de Escriturário, para lotação em dependências situadas nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. O resultado da prova objetiva e as notas preliminares na redação podem ser consultados no site da Cesgranrio.

A imagem do cartão-resposta de cada candidato está disponivel para consulta desde o dia 9 de abril. Como ocorre sempre, o BB organiza concursos por região e a oferta de vagas nessa seleção é para agências situadas somente nestes estados. A abertura de um novo concurso para outros estados do país está prevista para o segundo semestre de 2015.

Os candidatos poderão pedir revisão da nota de redação através de formulário específico no site da Banca Examinadora, Cesgranrio, apenas nos dias 16 e 17 de abril. Serão aceitos recursos contra a nota de redação apenas para aqueles que tiveram nota inferior a 65 pontos. O resultado final da seleção, após análise dos recursos, sairá no dia 4 de maio de 2015. Veja o edital de abertura do concurso.

A seleção externa de pessoal somou 535.000 inscritos para carreira que tem salário inicial de R$ 2.227,26 por jornada de trabalho de 30 horas semanais, mais possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados, vale-transporte, auxílio-creche, ajuda alimentação/refeição, auxílio a filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica (plano de saúde) e previdência privada.

Do total de vagas abertas, 5% serão destinadas às pessoas com deficiência e 20% para negros e pardos.

Segundo a assessoria do banco, em comparação com o concurso anterior para a mesma região, foram 58% a mais de participantes nessa nova seleção. Jovens solteiros com até 25 anos de idade são 51% dos inscritos. Apesar de o concurso ser para nível médio de escolaridade, foi observado que a grande maioria (66%) já está cursando ou concluiu o nível superior de escolaridade, inclusive com especialização, mestrado e doutorado. Além disso, 33% dos inscritos informaram possuir domínio de outro idioma. A maioria, 61% dos inscritos, já está empregada.

A validade da seleção será de 1 ano a contar da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério do Banco do Brasil.

Via http://www.acheconcursos.com.br

Projeto quer incluir Brejo Santo na Região Metropolitana do Cariri

O projeto de lei complementar nº 03/15, de autoria do deputado Welington Landim (Pros), quer alterar as leis complementares 78 e 82, que tratam da criação da Região Metropolitana do Cariri (RMC). O parlamentar quer acrescentar à Região Metropolitana o município de Brejo Santo à RCM. Landim justifica a proposta, afirmando “a relevância econômica do município para a região”. A RCM atualmente é composta pelos municípios de Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Jardim, Missão velha, Caririaçu, Farias Brito, Nova Olinda, e Santana do Cariri.

Com 47.645 habitantes e uma área territorial de 663.428 km², o município de Brejo Santo (510 Km de Fortaleza|) tem sua economia baseada na agricultura, sendo um dos maiores produtores de feijão e milho do estado do Ceará. Conta com projetos de fruticultura irrigada (uva, banana e coco), uma pecuária, com um grande número de projetos e produção de leite em regime intensivo (pastejo irrigado), contando com um dos maiores rebanhos de gado Nelore do estado do Ceará.

A sede do município é cortada pela rodovia federal BR-116 e se tornou a cidade-centro da vigésima região administrativa do estado, Cariri Oriental, e polo de desenvolvimento do sul do Ceará. O setor terciário teve um impulso nas últimas décadas, tornado a cidade um centro comercial e de profissionais liberais para toda a região. O município é um dos três maiores centros comerciais da região, ao lado de Juazeiro do Norte e Crato.

(Ceará Agora)

Caixa Cultural Fortaleza apresenta exposição ‘A Magia de Miró’

A CAIXA Cultural Fortaleza realiza, entre 29 de abril a 21 de junho, a exposição A Magia de Miró, que reúne os desenhos e gravuras sobre o universo onírico do pintor surrealista Joan Miró, morto em 1983. Serão 69 obras do artista espanhol e 23 fotografias em preto e branco tiradas por Alfredo Melgar – que também responde pela curadoria da exposição – onde Miró aparece como personagem principal.

As ilustrações da mostra correspondem a diferentes épocas, entre 1962 e 1983, e remetem ao processo criativo de Miró, que pintou e desenhou sobre qualquer superfície que permitisse exibir sua criatividade e conhecimento. O resultado é o traço colorido e inconfundível do gênio e ícone do surrealismo, que buscava a máxima intensidade com o mínimo de esforço e, assim, explicava a presença relevante dos espaços vazios em suas telas.

Alguns dos desenhos expostos são esboços ou notas, peças únicas, muitas delas realizadas em papel, com desenhos em várias superfícies, como lixa e papelão, feitos com lápis e giz de cera ao longo dos últimos cinco anos de sua vida.

Nas fotografias feitas por Alfredo Melgar, conde de Villamonte e fotógrafo em Paris, Miró aparece em diversos momentos de criação e de descontração em seu ateliê, revelando um plano mais íntimo e pessoal do catalão. A mostra já passou pelas Caixas Culturais de São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Recife e Salvador.

Joan Miró: Nascido em Barcelona, em abril de 1893, é um dos mais renomados artistas da história da arte moderna. Miró estudou com Francisco Galí, que o apresentou às escolas de arte moderna de Paris, transmitiu-lhe sua paixão pelos afrescos de influência bizantina das igrejas da Catalunha e o introduziu à fantástica arquitetura de Antonio Gaudí. Em suas pinturas e desenhos, tentou descobrir signos que representassem conceitos da natureza num sentido poético e transcendental.

Alfredo Melgar: Alfredo Melgar Alexandre nasceu em Madri, em 1944. Foi médico e professor da Cruz Vermelha, atuou como voluntário dos campos de refugiados do Oriente Médio e viajou pela América, África, Ásia e Europa trabalhando, alternadamente, como médico e fotógrafo. De volta à Espanha, em 1980, fundou a editora e galeria de arte Alfredo Melgar, produzindo portfólios de pintura, música e poesia. De 2003 a 2008 foi presidente da Associação Espanhola de Gestores do Patrimônio Cultural (AEGPC). Hoje, Melgar vive em Madrid, realizando trabalhos de edição, produção e direção de exposições e eventos culturais.

Serviço:
Exposição: “A Magia de Miró”
Local: CAIXA Cultural Fortaleza (Galerias 1 e 2, no 2º andar)
Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema
Data: 29 de abril a 21 de junho de 2015 (Abertura e visita guiada para convidados e imprensa, no dia 28, às 19 horas)
Horário: de terça-feira a sábado, das 10h às 20h e aos domingos das 10h às 19h
Classificação indicativa: Livre

(Ceará News 7)

Ceará deve receber 87 mil turistas no feriadão de Tiradentes

O Ceará deve receber 87,4 mil turistas no feriado de Tiradentes, em 21 de abril, de acordo com estudo do Ministério do Turismo divulgado nesta quinta-feira (16). Mais de 87 mil viagens terão como destino cidades do estado, revela levantamento. Esta será a segunda maior movimentação financeira da região Nordeste.

O turismo deve gerar uma movimentação econômica extra de R$ 125,7 milhões, de acordo com projeção do Ministério do Turismo. “As viagens domésticas representam cerca de 90% da economia da indústria de viagens e turismo no país. Os feriados são uma oportunidade para o setor gerar negócios, empregos e renda para as cidades”, afirma o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo José Francisco Lopes.

O impacto econômico dos seis feriados nacionais no Ceará é estimado em R$ 841,2 milhões. As folgas prolongadas – geradas pelo calendário de 2015 – vão motivar 585,3 mil viagens para o estado, com destaque para o feriado de 12 de outubro, que deverá registrar a maior movimentação financeira (R$ 155,4 milhões) e de viagens (108,1 mil).

Três milhões de turistas em 2015
Fortaleza já recebeu cerca de três milhões de turistas em 2015, com permanência média de 6 dias e gasto per capita diário de R$ 308,39, segundo a Secretaria de Turismo de Fortaleza. O aumento do turismo foi um dos principais fatores para o aumento do PIB da cidade, segundo a secretaria.

Em 2014, a renda gerada pelo turismo ultrapassou os R$ 10,87 bilhões, representando 19,85% do PIB da capital cearense. No período de 2011 a 2014, a receita turística cresceu 35,3%, passando de R$ 4,59 bilhões para R$ 6,21 bilhões.

(G1 Ceará)

Após chamar depressivos de ‘covardes’, jornalista Luiz Carlos Prates, do SBT, é demitido

O comentarista Luiz Carlos Prates é o mesmo que atribuiu à popularização dos automóveis o aumento nos acidentes de trânsito, afirmando que hoje em dia “qualquer miserável tem um carro”

Por Redação

O SBT Santa Catarina confirmou a demissão do jornalista Luiz Carlos Prates, que exercia a função de comentarista no programa “SBT Meio Dia”. As informações são do Portal Imprensa. Ao falar sobre o caso do piloto Andreas Lubitz, apontado como responsável pela queda do avião Germanwings, nos alpes franceses, Prates chamou pessoas depressivas de “covardes existenciais”, dizendo que elas deveriam ser “execradas” e seriam dignas de “desprezo”.

Em nota, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) repudiou o comentário, argumentando que a postura do jornalista é “irresponsável” e causou um “dano inestimável ao tratar com desdém a pessoa deprimida e ainda incentivar que outros a tratem de forma grosseira”.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo o nome de Luiz Carlos Prates. Em 2010, quando trabalhava na RBS TV, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul, ele colocou a popularização do acesso aos automóveis como responsável pelo aumento nos acidentes de trânsito, chegando a declarar que, atualmente, “qualquer miserável tem um carro”.

Assista ao vídeo:

(Revista Fórum)

Pesquisa faz estudo sobre pós-morte e tem resultados surpreendentes

O mistério do pós-morte é uma das grandes incógnitas da história da humanidade. O que acontece depois que morremos? Essa questão levou o cientista Sam Parnia, da Universidade de Southampton, a coordenar um estudo sobre consciência no momento exato após a morte. E o resultado é surpreendente.

Realizada com 2 mil casos de infarto em 15 hospitais de Reino Unido, Estados Unidos e Áustria, a pesquisa aponta que 9% dos dos 39% de sobreviventes tiveram uma “experiência de quase morte” (EQM). Ou seja, eles mantiveram a consciência mesmo quando eram dados como clinicamente mortos. E, mais ainda, fizeram relatos dessa experiência.

“Ele [paciente] esteve consciente por um período de três minutos, sendo que dentro desse tempo ele estava sem pulso. Isso é contraditório, uma vez que, normalmente, o cérebro deixa de funcionar entre 20 e 30 segundos depois do coração parar e não retoma as atividades até que volte a ter pulsação”, explica Parnia.

Diferente do que possa parecer, o objetivo de Parnia não é provar nenhum evento sobrenatural, mas sim defender uma tese de que a consciência humana não é tão dependente do sistema nervoso. “Temos provas de que a consciência se mantém depois de o cérebro parar. A realidade, agora, é de muito estudo para podemos dar respostas mais precisas sobre o tema”, conclui o especialista.

Via https://br.noticias.yahoo.com

Trabalhadores ocupam o Centro de Fortaleza contra o PL 4330

Fortaleza-CE
Fortaleza-CE

O Centro da cidade de Fortaleza parou na manhã do dia 15/4. Cerca de oito mil trabalhadores de várias categorias, centrais sindicais e movimentos sociais tomaram as ruas do centro para dizer NÃO ao PL 4330, que libera a terceirização sem limites no País. Os bancários também aderiram ao movimento e cerca de 30 agências foram fechadas no Estado. O projeto de lei foi aprovado no último dia 8/4, na Câmara dos Deputados.

Os trabalhadores paralisaram ainda o transporte público, escolas municipais e o comércio do centro da cidade. “Nós estamos na rua para denunciar os deputados que votaram a favor da retirada de direitos dos trabalhadores, a favor de rasgar a CLT. Queremos também mostrar nossa indignação contra esse projeto que é um retrocesso absurdo para a classe trabalhadora”, afirmou o representante da CUT Ceará, Wil Pereira.

1614515_697872983656765_6984976706603271463_o 10954939_697873016990095_4575428879728232397_o 11145221_697873550323375_5211369458171794877_o 11149645_697872923656771_1757883501866630548_o 11149749_697873743656689_2610924197565888668_o 11162042_697873180323412_2893291886731332034_o
Após a animada concentração na Praça do Carmo, os manifestantes saíram em caminhada pela Rua Barão do Rio Branco, em direção à Praça do Ferreira, onde os trabalhadores ocuparam a praça e as ruas ao redor. Foi uma manifestação pacífica que encontrou apoio de toda a população no Centro da Cidade.
“Vamos fazer muita pressão no Congresso Nacional, no Senado, para que possamos barrar esse projeto de terceirização que só traz prejuízo para a classe trabalhadora”, reforçou o representante da CTB e diretor do Sindicato dos Bancários, Ailson Duarte, destacando que uma grande caravana de terceirizados do setor de Asseio e Conservação acompanhava a movimentação das centrais.

O presidente do Sindicato dos Bancários, Carlos Eduardo Bezerra, ressaltou que todos os movimentos sociais e de trabalhadores estavam nas ruas em todo o País para pressionar o Congresso e mostrar a força da classe trabalhadora que não admite retrocesso nos seus direitos. “Se aprovar esse projeto, que é o maior golpe nos nossos direitos nos últimos cem anos, nós vamos parar o Brasil. Estamos aqui para ganhar os ouvidos da sociedade e dizer que não vamos aceitar esse projeto que vai acabar com o fruto da nossa luta. Se esse PL 4330 passar, teremos bancos sem bancários, fábricas sem operários, lojas sem comerciários, serviço público sem servidor, escola sem professor e isso nós não vamos admitir. Vamos à luta, às ruas e até a vitória!”, concluiu.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Milhares de trabalhadores protestam contra a terceirização em todo o país

Manifestação realizada em Fortaleza-CE

Milhares de trabalhadores foram às ruas de todo o País desde a manhã desta quarta-feira (15) contra a aprovação do Projeto de Lei que regulamenta e amplia a terceirização para as atividades fim. A manifestação foi convocada pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) e conta com o apoio do PSol, PT e PCdoB.

Ao menos 21 Estados registram protestos, de acordo com o G1.  Não há uma estimativa do total de manifestantes no País.

Fábricas paradas em São Paulo

No início da tarde, manifestantes se reuniram na avenida Paulista, em frente ao prédio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Trabalhadores de diversas fábricas fizeram protestos e paralisaram atividades nesta manhã. Entre elas, Embraer, General Motors, Honda, Toyota e Mercedez-Bens, segundo informações da Folha de S.Paulo.

Professores, alunos e funcionários da USP fecharam hoje o portão principal da Cidade Universitária, na zona oeste da capital, contra a PL da Terceirização. O protesto bloqueou a entrada da universidade das 7h às 9h30 e congestionou vias próximas ao local.

Em seguida, os manifestantes seguiram em caminhada até a Estação Butantã do metrô, onde reivindicaram a reintegração dos 40 trabalhadores demitidos durante a última greve dos metroviários.

Manifestantes também bloquearam ao menos três rodovias no início da manhã. A rodovia Anhanguera foi totalmente interditada no sentido capital por volta das 7h, quando cerca de cem pessoas do Movimento Luta Popular atearam fogo em pneus. A pista marginal da Via Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, foi fechada por meia hora na altura de Guarulhos. Já a rodovia Anchieta foi fechada no sentido litoral.

Confronto entre PM e manifestantes em Vitória

O protesto em Vitória (ES) esta manhã foi marcado por um tumulto. A PM utilizou bombas de efeito moral para tentar dispersar os manifestantes de diversas categorias e segmentos sociais, que começaram a se reunir por volta das 4h30. Vias de grande fluxo de veículos foram interditadas em ao menos dois pontos da capital capixaba.

Segundo o Sindicato dos Bancários do Espírito Santo, os policiais dispararam balas de borracha. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo, o direito à manifestação foi respeitado, mas que o uso da força policial foi necessário para cumprir uma decisão judicial de que não houvesse fechamento de vias de acesso à capital. O confronto, no entanto, ocorreu no centro da cidade.

Segundo estimativas da PM, os manifestantes de Vitória e Vila Velha, somados, chegam a 150 pessoas. As entidades que participam do ato, no entanto, falam em cerca de mil pessoas.

Ônibus parados em Porto Alegre

A frota de ônibus da Carris, empresa pública de transporte de Porto Alegre, parou de circular na manhã desta quarta-feira, afetando cerca de 125 mil pessoas.

Manifestantes bloquearam a garagem da empresa impedindo a saída dos veículos e pelo menos duas pessoas ficaram feridas quando um homem vestido com trajes gaúchos agrediu manifestantes e usou uma chaira (objeto que afia facas). Segundo a PM, o homem foi levado para a delegacia para prestar depoimento.

Aulas paralisadas no Recife

As aulas na rede pública de ensino do Recife foram suspensas nesta quarta-feira por conta dos protestos contra o projeto que amplia a terceirização no País. Instituições de ensino privadas e até as Universidades Federal e Federal Rural de Pernambuco optaram por cancelar as aulas da tarde e noite em função da indisponibilidade de transporte público. Cerca de 1,8 milhões de passageiros foram afetados.

Motoristas de ônibus e funcionários do Metrô paralisaram as atividades e centenas de veículos estão estacionados nas ruas centrais da cidade, causando grande congestionamento.

No início da tarde, os manifestantes pretendem realizar uma passeata da sede da Federação das Indústrias do Estado até o Palácio do Campo das Princesas, sede do Executivo estadual.

Os professores – que iniciaram uma greve no começo da semana – prometem participar da mobilização contra o projeto de lei que regulamenta o trabalho terceirizado. Os servidores do Tribunal de Justiça de Pernambuco também cruzaram os braços.

Caminhada pacífica em Fortaleza

Fortaleza-CE
Fortaleza-CE
Fortaleza-CE
Fortaleza-CE
Fortaleza-CE
Fortaleza-CE

10548014_697873160323414_7184583384504914299_o

Uma caminhada reunindo cerca de 8 mil trabalhadores de diversas categorias marcou o Dia Nacional de Paralisação em Fortaleza (CE).

Segundo a presidenta do diretório da CUT no Ceará, Joana D’Arc, setores como os da educação, saúde e construção civil aderiram à paralisação. A Polícia Militar não fez estimativa de público e informou que não foi registrado nenhum incidente durante o ato.

Via http://www.brasilpost.com.br

Fortaleza tem o maior nº de pessoas com excesso de peso, diz Ministério

Pesquisa do Ministério da Saúde – a Vigitel 2014 – divulgada nesta quarta-feira (15) alerta que 56% da população adulta de Fortalezaestão acima do peso, índice superior ao dos brasileiros, de um modo geral, com 52,5%. O índice de Fortaleza é o mais alto do País, empatado com Manaus e Porto Velho. O estudo também mostra que a população está buscando hábitos mais saudáveis, como a prática de atividade física e alimentação com menos gordura.

Também preocupa a proporção de pessoas com mais de 18 anos com obesidade, 17,9%, no Brasil e 19% em Fortaleza. A capital cearense ocupa o 9º lugar entre os índices no ranking das 27 capitais brasileiras pesquisadas. De acordo com os especialistas,  os quilos a mais na balança são fatores de risco para doenças crônicas, como as do coração, hipertensão e diabetes, que respondem por 72% dos óbitos no Brasil.

“O mais importante para o Brasil neste momento é deter o crescimento da obesidade. E nós conseguimos segurar esse aumento. Isso já é um grande ganho para a sociedade brasileira. Em relação ao sobrepeso, não temos o mesmo impacto da obesidade, de estabilização, mas também não temos nenhuma tendência de crescimento disparando”, destaca o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

No país, entre os homens e as mulheres brasileiros, são eles que registram os maiores percentuais. O índice de excesso de peso na população masculina chega a 56,5% contra 49,1% entre elas, embora não exista uma diferença significativa entre os dois sexos quando o assunto é obesidade. Em relação à idade, os jovens (18 a 24 anos) são os que registram as melhores taxas, com 38% pesando acima do ideal, enquanto as pessoas de 45 a 64 anos ultrapassam 61%.

Além do avanço do excesso de peso e da obesidade, outros indicadores levantados pelo Vigitel também apontam para o maior risco de doenças crônicas entre os brasileiros. Entre a população de Fortaleza, 18%  disseram ter diagnóstico médico de colesterol alto, índice inferior ao do Brasil, com 20%. Entre as capitais, Fortaleza ocupa a 21ª posição, com Aracaju com o índice mais elevado (27%) e Cuiabá, com o menor (15%).

Exercícios
Apesar do avanço de fatores de risco como excesso de peso e colesterol alto, a população brasileira está mais atenta a hábitos saudáveis, com crescimento do número de pessoas que se exercitam regularmente e daquelas que mantém uma alimentação adequada, com maior presença de frutas e hortaliças e menos gordura.

Segundo o Vigitel 2014, o brasileiro está se exercitando mais, com aumento de 18% nos últimos seis anos do percentual de pessoas que praticam atividade física no lazer. Este ano, 38% dos fortalezenses e 35,3% de todos os entrevistados disseram dedicar pelo menos 150 minutos do seu tempo livre na semana com exercícios.

Pesquisa
O Vigitel 2014 entrevistou, por inquérito telefônico, entre fevereiro e dezembro de 2014, 40.853 pessoas com mais de 18 anos que vivem nas capitais de todos os estados do país e do Distrito Federal. Realizada desde 2006 pelo Ministério da Saúde, a pesquisa, ao medir a prevalência de fatores de risco e proteção para doenças não transmissíveis na população brasileira, serve para subsidiar as ações de promoção da saúde e prevenção de doenças.

“O Brasil tem feito algo inédito no mundo, que é manter esse sistema de monitoramento durante tantos anos. Nós sabemos que a obesidade e o excesso de peso são problemas generalizados no mundo e por essa razão o Vigitel é importante para subsidiar as ações de promoção da saúde e prevenção de doenças”, destacou a diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Deborah Malta.

(G1 Ceará)

Fortaleza sedia o 6° Seminário do Patrimônio Cultural promovido pelo Iphan

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e a Prefeitura Municipal de Fortaleza promovem a sexta edição do Seminário do Patrimônio Cultural, entre hoje (14) e 16 de abril, no Museu da Indústria, na capital cearense.
Haverá oficinas e mesas redondas com a participação de especialistas para debater a preservação e valorização dos bens culturais do estado.
Neste ano, em que Fortaleza completa 289 anos, o Seminário volta a integrar a programação comemorativa do aniversário da cidade, com o tema central Memórias e Desenvolvimento Sustentável. O evento busca promover ações de sustentabilidade e de percepção mais crítica sobre o patrimônio histórico da cidade.
O seminário tem como público-alvo estudantes de ensino fundamental e médio; estudantes do ensino superior das áreas de Patrimônio, Arquitetura, História, Turismo e Artes Visuais; professores das redes municipal e estadual de ensino; pesquisadores; detentores de bens registrados como patrimônio material; organizações da sociedade civil; representantes de movimentos sociais; além de profissionais de turismo e de educação.
Programação completa
14 de abril (terça-feira)
8h às 17h – Credenciamento
9h às 12h – Curso: Projetos Culturais e Gestão do Patrimônio Cultural | Ministrante: Diego Dionísio | Local: Centro Cultural do Banco do Nordeste | Vagas: 35 vagas | Serão abertas inscrições específicas no primeiro dia do evento (14/4/2015), por ordem de chegada, às 8h30. *A pessoa inscrita deverá participar de dois dias de curso para receber o certificado
13h30 – Abertura do evento
14h às 15h30 – Mesa Redonda – Patrimônio Cultural e desenvolvimento sustentável das cidades, com o Prof. Dr. Leonardo Castriota (UFMG) e Prof. Ms. Emanuel Oliveira Braga (Iphan – PB)
16h às 18h00 – Mesa redonda – Educação Integral, Territórios Educativos e Patrimônio Cultural com a Profa. Dra. Vanessa Louise Batista (UFC), Profa. Ms. Sônia Regina Rampim Florêncio (Ceduc / DAF/ Iphan) e a Ms. Beatriz Goulart.
18h – Abertura da exposição “Centros” | Curadoria: João Lucas Vieira e Eugênio Moreira
15 de abril (quarta-feira)
8h às 12h – Curso: Projetos Culturais e Gestão do Patrimônio Cultural | Ministrante: Diego Dionísio | Local: Centro Cultural do Banco do Nordeste | Ministrante: Diego Dinísio | Local: Centro Cultural do Banco do Nordeste
9h às 11h – Oficina: Um olhar brincante para a cultura brasileira | Ministrante: Rosane Almeida (Instituto Brincante) / Local: Teatro Antonieta Noronha
13h30 às 15h30 – Mesa redonda – Os inventários como metodologias para a preservação com Igor de Menezes(Iphan/CE); Ms. Adriano Paulino de Almeida (Inventário Bom Jardim); Ms. Susana Cristina Marques Caramelo (Inventário de Fortaleza); e Ms. Alênio Carlos Noronha Alencar (Inventário de Fortaleza)
16h às 18h00 – Mesa redonda – Registros e as políticas de salvaguarda com o Prof. Diego Dionisio (Instituto Abaçai – SP); Ms. Romério Zeferino (Associação Cultural de Zabelê – PB) e Ms. Mônia Silvestrin (DPI – Iphan)
18h – Lançamento do livro “Cultura, Políticas e Identidades: Ceará em perspectiva” (Vol. I) – Organizadores: Igor de Menezes Soares e Ítala Byanca Morais da Silva (Iphan).
16 de abril (quinta-feira)
9h às 12h – Mesa Redonda: Patrimônio, projetos culturais e desenvolvimento local com a Profa. Dra. Simone Scifoni (USP), Luiz Eduardo Sarmento (Paço do Frevo – Recife) e o Dr. Leandro Brusadin (UFOP)
14h às 18h – Mesa Debate – Patrimônio e Desenvolvimento Urbano com Rosane Almeida (Instituto Brincante), Dra. Nádia Somekh (Presidente do CONPRESP), André Montenegro (Sinduscon), Cristina Chaul (Sindicato dos Corretores), Lia Parente (IPLANFOR), Dra. Águeda Muniz (SEUMA) e Reinaldo Salmito (COPFOR)
18h – Lançamento: Coleção Pajeú sobre a História dos bairros de Fortaleza.
Serviço:
6° Seminário do Patrimônio Cultural
Data: 14 a 16 de abril de 2015
Local: Museu da Indústria, Rua Dr. João Moreira, nº 143 – Centro, Fortaleza/ CE
Mais informações: (85) 3105-1291
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

 

Gilmar Mendes ganha bolo, mas não assopra a vela

Jornal GGN – Na segunda-feira (13), estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (UFBA) aproveitaram a presença de Gilmar Mendes e Teori Zavascki em uma banca examinadora de doutorado para organizar um protesto pacífico. O alvo era Gilmar e seu pedido de vistas de mais de um ano da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4650, que proíbe o financiamento privado de campanha.

A manifestação foi bem humorada. Com bateria, os alunos cantaram em alto e bom som um provocativo “Parabéns pra você”. A letra adaptada dizia:

“Parabéns pra você
Nessa data querida
Já faz mais de um ano
O pedido de vistas”.

O ministro reagiu com naturalidade. Um estudante levava um bolo com uma vela de um ano. Outro tinha um megafone e parodiava um sucesso da Jovem Guarda: “O processo que eu te dei, se ainda tens não sei, mas se tiver devolva-me”.

No momento que os ministros já estavam no carro, os estudantes criaram alguma resistência para sua saída, posicionando-se em frente ao veículo, mas logo foram tirados pelos seguranças, sem violência. Apenas então ouviu-se vaias.

Para o diretor da Faculdade de Direito, professor Celso Castro, o protesto foi uma “manifestação democrática” e “saudável”. “O ministro Gilmar Mendes também não reclamou, após o evento. Disse que os manifestantes são seus amigos e vão onde ele vai”, disse.

Com informações do O Globo

Sindicato dos Bancários do Ceará retoma os atendimentos junto à CCV/Caixa

Os empregados e ex-empregados da Caixa Econômica Federal que querem discutir pendências trabalhistas têm a oportunidade de buscar acordos via Comissão de Conciliação Voluntária (CCV), antes de levar o caso para a Justiça. Os bancários podem questionar demandas referentes à 7ª e 8ª hora, além do auxílio-alimentação para ex-empregados.

O objetivo é resolver com brevidade questões que poderiam ficar aguardando por muito tempo por um desfecho judicial. Entretanto, caso o empregado não aceite o acordo proposto pelo banco nas reuniões da CCV, tem até dois anos para ingressar com ação na Justiça, no caso dos aposentados, e até cinco anos para os demais trabalhadores.

Para acionar a CCV, basta o bancário ou ex-empregado da Caixa procurar o Jurídico do Sindicato, de segunda a sexta, das 8h às 16h. Após dar entrada no seu pedido, a CCV encaminha a solicitação ao banco que tem o prazo de até dez dias corridos, contados do recebimento do termo, para manifestar sua posição. A primeira sessão de conciliação deverá ser realizada em até 30 dias após o início do pedido.

Para outras informações, ligue: 85 3252 4266.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

2º Encontro Estadual dos Bancários Aposentados do Ceará acontecerá em maio

No último dia 30/3, a Secretaria de Aposentados do Sindicato dos Bancários do Ceará, à frente o diretor Océlio Silveira, reuniu representantes das entidades ACEA, AABNB e AFABEC para fazer o planejamento do 2º Encontro Estadual dos Bancários Aposentados. O grupo definiu que o evento será dia 23 de maio (sábado), na sede social do BNB Clube.

A programação tem início às 8h30, com um café da manhã, e logo em seguida haverá Roda de Conversa com um sexólogo sobre “Sexo na Terceira Idade”. Durante toda a manhã serão realizadas atividades esportivas, como jogos de xadrez, dama, baralho, tênis de mesa, sinuca e outros. O almoço marcado para as 13 horas terá música ao vivo.

Quem desejar pode enviar sua sugestão para a realização de atividades esportivas no local do evento através dos e-mails: imprensa@bancariosce.org.br ou ocelio.silveira@hotmail.com. Se preferir, pode também votar no site http://www.bancariosce.org.br.

No encerramento, haverá sorteio de brindes entre os presentes. Os convites serão enviados aos bancários aposentados, com detalhamento para realização da inscrição.

Mais informações ou sugestões: (85) 9182 1057 (Marlucia) ou (85) 9155 8784 (Océlio).

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

Botequim dos Bancários de abril homenageia o Dia do Trabalhador

A edição de abril do Botequim dos Bancários, projeto cultural do Sindicato dos Bancários do Ceará, acontece no próximo dia 30 de abril, véspera do feriado de 1º de Maio – Dia do Trabalhador. A festa é realizada toda última sexta-feira de cada mês, a partir das 18h30, na sede do Sindicato, mas devido ao feriado, excepcionalmente este mês, acontece numa quinta-feira.

A atração principal dessa edição será o cantor Xexeu, ex-Timbalada, que fez sucesso em todo o País cantando músicas como Beija-Flor e Tonelada de Desejos.

Durante a programação, a bancária Leonilda de Lima, do BNB, lança o livro “Lindas Histórias”. Como Talento Bancário, a Banda Conduta Positiva.

O projeto traz ainda os já tradicionais quadros “Conversa de Botequim” e “Talento da Terra”, com o cantor Carlinhos Patriolino, além de caça-talentos e o clone de bebidas (compre uma ficha de cerveja, refrigerante, wisky ou água e ganhe outra).

Teremos ainda sorteios de prêmios especiais em homenagem ao Dia do Trabalhador. Fiquem atentos, pois em breve divulgaremos mais novidades.

( Sindicato dos Bancários do Ceará)

SEEB/CE orienta beneficiários de ação do anuênio do BB a declarar Imposto de Renda

Em 2014, o Sindicato dos Bancários do Ceará conseguiu na Justiça a liberação do pagamento dos valores incontroversos dos beneficiários da ação do anuênio do Banco do Brasil. Na ocasião, a Diretoria do SEEB/CE, o Dieese e o Departamento Jurídico do Sindicato prestaram esclarecimentos sobre a continuidade da ação e como os beneficiários do anuênio, deveriam declarar o Imposto de Renda.

Os valores referentes ao desconto do imposto de renda não foram deduzidos naquele momento. A título de declaração, esses recebimentos devem ser incluídos na declaração do ano de 2015 (referente aos ganhos em 2014).

O Sindicato informa que a fonte pagadora deve ser o Banco do Brasil, no campo referente a Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica, e o bancário deve usar como base os valores que constam nos recibos entregues pelo Sindicato. O Sindicato dá mais esclarecimentos a seguir:

Na Guia,

Rendimentos recebidos acumuladamente (rendimentos tributáveis de PJ recebidos acumuladamente pelo titular)

Titular

Novo

Exclusiva da fonte

Nome da fonte – Banco do Brasil – CNPJ 00.000.000/001-91 (fonte pagadora)

Rendimentos recebidos – valor bruto

Contribuição previdenciária – não houve

IRFF – não houve

Mês do recebimento –  mês do cheque

Número de meses – 117 meses

O pagamento ao Sindicato

Na Guia,

Pagamentos efetuados

61 – Advogados ( honorários relativos a ações judiciais)

Nome do advogado – Sintraf-CE

CNPJ – 07.340.953/0001-48

Valor pago – 10% do valor bruto do recibo

(Sindicato dos Bancários do Ceará)

122 municípios do Ceará correm o risco de perder recursos da Educação

Um total de 122 municípios cearenses está ameaçado de não receber recursos de convênios ou firmar novas parcerias com o governo federal, caso não prestem contas dos investimentos feitos na Educação em 2014. O prazo final termina no dia 30 de abril. O Governo do Ceará também não prestou contas, mas tem o prazo para fazê-lo até o dia 31 de maio.

Apenas 62 municípios cearenses já cumpriram a norma legal. No País apenas 963 dos 5.570 municípios já prestaram contas, o que equivale a 17,29% do total de cidades do país. Os dados são do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A prestação de contas deve ser feita no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope, no endereço http://www.fnde.gov.br/fnde-sistemas/sistema-siope-apresentacao), disponível no site do FNDE.

Pela Constituição, os entes federativos devem investir no mínimo 25% do que arrecadam em educação. Se o estado ou município não investir esse mínimo em manutenção e desenvolvimento do ensino, o FNDE envia, automaticamente, um comunicado aos tribunais de contas estaduais e ao Ministério Público informando o não cumprimento da norma.

Quem não cumprir o prazo ou não conseguir comprovar o investimento mínimo fica inadimplente no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (Cauc) do governo federal. Com isso, deixa de receber recursos de transferências voluntárias da União e fica impossibilitado de firmar novos convênios com órgãos federais.

Clique aqui e veja a situação dos municípios cearenses.

(Ceará Agora)

ÁGUA DE COCO COMEMORA 30 ANOS COM UMA EMOCIONANTE HOMENAGEM AO CEARÁ

A marca cearense de moda praia Água de Coco comemora 30 anos com uma emocionante homenagem ao Ceará, no segundo dia de São Paulo Fashion Week. A grife que desenvolve estampas exclusivas e desejáveis nos mais badalados balneários do País procura a cada estação um lugar pelo mundo que inspire seus coloridos e desenhos.

Fotos: http://grifina.com.br

Desta vez a viagem com valor de volta ao mundo não saiu do Ceará. A marca encontrou em casa, em localidades como Icapuí, Mundaú, Maranguape e no Crato, nas mãos de Marias, Lourdes, Cíceras e Franciscas os sofisticados pontos de rendas e bordados que transformaram biquínis, vestidos e maiôs em peças de puro luxo.

A estilista da marca, Rebeca Thomaz, filha de Liana Thomaz que assina a direção criativa contou ao O POVO no backstage do desfile que a ideia sempre foi mostrar o que o Ceará tem de mais rico.

A partir do livro Mãos que fazem história, das jornalistas Cristina Pioner e Germana Cabral, a equipe descobriu o trabalho das artesãs de diversas comunidades do Ceará. “O que temos de mais precioso é nosso fazer manual. Essa arte está em extinção, as artesãs que trabalharam com a gente, não encontram nas filhas ou netas interesse em perpetuar a arte”, revela Rebeca.

Na passarela, as peças surgem com extrema criatividade, uma reinvenção contemporânea do tradicional artesanato cearense. A lycra se une à renascença, a trama vira estampa. Uma fotografia aproximada os fios entrelaçados vira estampa e ganha recortes de richilieu.

O bilro sobre o linho é pura ousadia. As paisagens nordestinas também colorem as lycras que servem de fio para trancar detalhes de hot pants, bustiês e maiôs. Difícil falar de qual das combinações soou mais harmonia e surpreendente.

O desfile encerra com um maiô de mangas amplas bordadas. Um luxo pronto para ser consumido pelo mundo com seu devido valor cultural.

(Paula Lima, O Povo)

Sobral tem a maior chacina do Brasil em 2015

Crime bárbaro choca população sobralense, e deixa a polícia em alerta. Seis pessoas foram assassinadas na noite desta terça-feira (14/04), cinco das seis vítimas eram da mesma família. Quatro pessoas foram executadas dentro de casa, outras duas pessoas que estavam desaparecidas foram encontradas durante a madrugada, se trata de mais duas mulheres, que parece pertencer à mesma família.

As quatro pessoas foram executadas dentro de casa na localidade de Pau`Dárco em Aprazível, distrito distante cerca de 25 km de Sobral, no Norte do Ceará. Pacata e com aproximadamente 3 mil habitantes, Aprazível agora entra na história com um dos crimes mais bárbaros já ocorridos em Sobral. Das quatro vítimas, apenas a única mulher do grupo não estava amarrada, os três homens todos foram amarrados com as mãos para trás antes da execução. Até o momento apenas a mulher e um dos homens foram identificados. O mecânico Benedito Gomes da Silva de 40 anos, costumava visitar a casa e sentar para um bate papo na calçada, mas ele estava no local errado na hora errada e foi morto como queima de arquivo, segundo a polícia.

Durante a madrugada desta quarta-feira, a polícia encontrou os corpos de mais duas vítimas uma delas identificada como sendo Patrícia. Ela estava em casa, contou o seu filho caçula de nove anos que escapou porque estava em uma igreja evangélica. Segundo o pastor ainda não identificado pela Polícia, por volta das 19h todos estavam conversando na frente da casa quando ele passou e parou para convidá-los para o culto, Patrícia resistiu ao convite e permitiu que seu filho acompanhasse o pastor. Já por volta das 21h30, ao retornarem, o pastor não viu mais ninguém na calçada e achou estranho não aparecerem para receber o garoto, e de repente a criança voltou desesperada, gritando que todos estavam mortos na cozinha da casa.

A família parecia morar a pouco tempo no local, algumas malas ainda guardavam roupas, os objetos não haviam sido remexidos, mas a bolsa de Patrícia com todos os documentos foi encontrado pelos investigadores da polícia civil, no único quarto da casa.

Logo ao tomar conhecimento do caso por volta das 22h, o Coronel Carvalho Moura do 3º BPM de Sobral, acompanhado de policiais civis e militares foram até o local. Toda a casa foi periciada, e o que chamou a atenção foram as dezenas de carteiras de cigarros do Paraguai encontradas e seis aparelhos de TV, numa casa de apenas três cômodos. Os policiais tentavam entender o crime, mas ninguém queria falar algo. Para o Coronel Carvalho a execução foi um crime atípico e inesperado. A polícia agora está empenhada em tentar descobrir o que pode ter motivado o crime que segue com várias linhas de investigação. Segundo os investigadores, ela seria ex-mulher de um traficante que está preso há dez anos.

(Ceará Agora)

Ceará Junino 2015 terá investimento de R$ 2,25 milhões

A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) realizou na manhã desta terça-feira (14) reunião com representantes de quadrilhas, festivais juninos e todos os interessados em participar do Edital Ceará Junino 2015. O edital deste ano vai destinar cerca de R$ 2,25 milhões aos festejos tradicionais e aos grupos juninos, valor 6,4% superior ao de 2014. A expectativa da Secretaria é que o edital seja lançado nesta quarta-feira (15), incorporando sugestões apresentadas pelos participantes da reunião e em sintonia com as diretrizes de democratização, acesso e afirmação da cultura cearense, estabelecidas na política cultural do Estado. 

A reunião aconteceu no auditório da Secult, que ficou lotado de proponentes e interessados no tema. Durante o encontro, que foi transmitido ao vivo no site http://www.secult.ce.gov.br e pelo Facebook da Secult, possibilitando a participação de residentes em todo o Ceará, representantes de entidades, quadrilhas e de festivais juninos tiraram dúvidas e fizeram sugestões ao próprio secretário da Cultura, Guilherme Sampaio, que coordenou e participou, junto com a equipe da Secult, de todo o encontro. 

A Secretaria pretende incorporar ao texto final algumas das propostas e considerações dos proponentes, mas o secretário esclareceu que, por estar em seu primeiro ano de gestão à frente da Pasta, realizará uma revisão mais aprofundada de todos os editais da Secult, antes de promover alterações de maior ordem. “Podemos fazer algumas alterações consensuais, mas alterações maiores precisam de mais tempo para discussão e para que sejam juridicamente e financeiramente viáveis”, explicou Guilherme Sampaio. 

    Sugestões dos participantes

Dentre os temas mais citados nas intervenções dos participantes, ganhou destaque o pedido de ampliação da verba destinada às quadrilhas infantis. Atualmente, este valor representa 10% do montante total. A proposta apresentada por muitos proponentes é de que esse valor suba para 20%, diante da importância do trabalho social que as quadrilhas exercem com as crianças da periferia das cidades e, também, pela perpetuação das tradições juninas. 

Outros pontos destacados foram a importância da isenção e do caráter técnico dos pareceristas, uma proposta de rodízio entre as sedes dos municípios que recebem os festivais e a necessidade de acompanhamento da execução dos projetos contemplados, dentre outros. Outros temas, mais específicos, seriam tratados em reunião do secretário com o Comitê Gestor do Ceará Junino 2015, que inclui diversas entidades habitualmente envolvidas com os festejos. 

    Animação e novas perspectivas

Para Márcio Martins, presidente do Conselho Gestor da Federação das Quadrilhas Juninas do Estado do Ceará (Fequajuce), a reunião revelou a importância que a Secult dá para os festejos juninos. “A presença do secretário Guilherme e de toda a sua equipe é um indicativo da atenção que esta gestão tem com o tema. Estamos confiantes de que este será um dos melhores festejos que já tivemos e só tende a melhorar”. 

Mesma opinião tem Fábio Lessa, diretor da Quadrilha Infantil Cai Cai Balão, do Pirambu, que este ano completa 35 anos de funcionamento. “Foi uma reunião muito clara, muito informativa. O secretário nos passou muita confiança. Estou saindo satisfeito e acreditando que o trabalho com as quadrilhas infantis só tende a crescer”. 

Fátima Freires, presidente da Fequajuce, destaca a importância que a Secult tem dado ao Comitê Gestor do Ceará Junino nas decisões. “O fato do secretário querer integrar o Comitê deu muita força a nós. Temos certeza que vai ser tudo muito organizado e transparente”, afirmou, após a reunião desta terça-feira. 

    Reunião online

A reunião desta terça-feira foi mais uma etapa do programa “Diálogos Culturais”, promovido de forma permanente pela Secult, em sintonia com as diretrizes de democratização e ampla participação, expressas na política cultural do Estado. Os lançamentos dos editais Carnaval do Ceará 2015 e Ceará da Paixão 2015 também foram precedidos por reuniões abertas na Secult, transmitidas ao vivo pela Internet, com incorporação de sugestões apresentadas pelos participantes. 

    Cadastro de parceiros: preparação para a inscrição

A Secult reforça que interessados em participar do Edital Ceará Junino 2015 devem realizar sua inscrição no Cadastro de Parceiros do Governo do Estado. A inscrição é necessária para todas as entidades que realizam convênios com a administração estadual, em todas as áreas, incluindo todas as secretarias.

    A inscrição no Cadastro de Parceiros está disponível no site da Controladoria Geral do Estado (CGE) (www.cge.ce.gov.br), que também traz o modelo padrão de plano de trabalho, a ser disponibilizado pelos interessados em participar do Edital.

    Terceiro edital de 2015

Após realizar o Edital Carnaval do Ceará, em fevereiro, e o Edital Ceará da Paixão, em março, a Secult lançará seu terceiro edital, em quatro meses de gestão. O secretário da Cultura, Guilherme Sampaio, destaca o esforço empreendido por toda a equipe da Secretaria para garantir os editais, mesmo com o desafio do tempo para preparação.

    “A Secretaria garantiu o Edital Carnaval do Ceará e o Edital Ceará da Paixão, mesmo com todas as questões naturais em um começo de governo, um momento de transição. Para isso, foi fundamental contar com o envolvimento de toda a equipe da Secult, com o apoio do governador Camilo Santana e da Assembleia Legislativa, que aprovou a lei autorizativa necessária aos editais, bem como com a parceria com os proponentes e articuladores desses segmentos específicos”, aponta Guilherme. 

“Para dar sequência a esse diálogo que será permanente, estamos convidando os envolvidos nos grupos, projetos e festivais relativos às festas juninas, para uma reunião prévia, na Secretaria, assim como fizemos com os editais de Carnaval e da Paixão”, complementa o gestor. 

    Mais informações

A Secult está à disposição dos interessados, para tirar dúvidas e prestar mais informações quanto à documentação para inscrição no Edital Ceará Junino 2015, pelos telefones 3101-6765 e 3101-6770 e pelo e-mailsiec@secult.ce.gov.br .

 14.04.2015

Assessoria de Comunicação da Secult

Governo do Estado do Ceará

CBF divulga horários das finais da Copa do Nordeste entre Ceará e Bahia

Você não vai perder a fase final da maior competição do primeiro semestre do futebol brasileiro, né?! Fique ligado! Todos os jogos serão transmitidos nos canais Esporte Interativo. Confira aí:

Jogo de ida da final:
Bahia x Ceará – Quarta-feira (22/04), a partir das 22h, no Esporte Interativo
Ceará x Bahia – Quarta-feira (29/04), a partir das 22h, no Esporte Interativo

MPF denuncia procurador do trabalho por agressão à esposa

FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA

Procurador do Trabalho, membro da Procuradoria Regional do Trabalho da 7ª Região, no Ceará, foi denunciado pelo Ministério Público Federal(MPF) por injúria e lesão corporal, acusado de agredir física e verbalmente a esposa.

A vítima, casada com o procurador há cinco anos, afirmou que sofria agressões há cerca de três anos e meio, mas nunca havia denunciado por conta de chantagens do marido, de quem dependia financeiramente.

A denúncia das agressões chegou à Polícia através dos vizinhos, que ouviram gritos de socorro da mulher. Um exame de corpo de delito foi realizado, indicando que ela sofrera lesões corporais, inclusive com várias equimoses (marcas roxas na pele) causadas por instrumento contundente, afirma o MPF.

Ainda de acordo com o MPF, o delito pode ser denunciado por iniciativa do órgão mesmo sem a representação da vítima, já que o Supremo Tribunal Federal (STF) entende que “o crime de lesão corporal, ainda que leve, com violência doméstica e familiar contra a mulher é de ação penal pública incondicionada”.

O acusado deverá ser notificado pelo Tribunal para que apresente defesa preliminar, e então o caso será levado ao Pleno do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, de onde partiu a denúncia. E, caso a denúncia seja recebida, o procurador passará a ser réu em ação penal, explica o MPF.

Redação O POVO Online

OAB-CE DISPONIBILIZA CARTEIRA DO ESTUDANTE DE DIREITO

O formulário para solicitação da Carteira do Estudante de Direito já está disponível a partir desta terça-feira (14), no site da OAB-CE. O documento, que beneficia os futuros advogados e advogadas do Estado do Ceará, concederá até 50% de desconto, aos associados, em eventos realizados pela OAB-CE, além de todas as vantagens garantidas pela lei da meia-entrada.

O convênio firmado entre a OAB-CE e a União Representativa dos Estudantes e Juventude do Brasil (URE), e que resultou na Carteira do Estudante de Direito, é pioneiro no Norte-Nordeste, seguindo o exemplo do que já foi implantado no Estado de Minas Gerais e tem o objetivo de possibilitar uma maior aproximação da OAB-CE com os futuros advogados. Aos estudantes residentes em Fortaleza, a carteira de estudante pode ser retirada na sede da Escola Superior de Advocacia (ESA), localizada na Avenida Pontes Vieira, 2666. Já os alunos residentes no Interior do Estado, receberão o documento pelos correios, sendo cobrada uma taxa no valor de R$ 25,00.

A URE é a maior entidade de Representação Estudantil do Brasil desde 2003. Conta atualmente com mais de 5,6 milhões de associados em todo o país, representando secundaristas e universitários de diversas faixas etárias.

Solicite sua carteira de estudante neste link: http://ure.com.br/cadastro

Via http://direitoce.com.br/arquivos/281448

Leroy Merlin inaugura primeira loja no Nordeste, em Fortaleza

Leroy Merlin inaugura primeira loja em Fortaleza (Foto: Leroy Merlin/Divulgação)

A Leroy Merlin, home center líder no setor de material de construção do Brasil, resolveu expandir seus horizontes para o Nordeste, e irá inaugurar nesta quarta-feira, 15, a sua primeiraloja em Fortaleza.

Esta será a 33ª da rede francesa e a primeira do Nordeste do País, no qual atua há 17 anos. De acordo com a rede, o novo empreendimento deve gerar 210 empregos diretos e 300 indiretos.

Segundo a Leroy Merlin, foram investidos R$ 80 milhões na nova loja, que contará com 9 mil m² de área de venda e com mais de 10 mil m² de área de estacionamento com vagas para 425 veículos.

“Escolhemos Fortaleza por seu desempenho econômico. A cidade está se desenvolvendo e este crescimento foi o que nos chamou a atenção. Investimos para construir um espaço amplo, com muita variedade de produtos, com ótimas condições de pagamento e maior número de itens a pronta entrega. Somos a loja mais nova e a mais moderna da região”, afirma Edinaldo Godoy, diretor da Leroy Merlin Fortaleza.

Produtos e serviços

A nova loja da rede, que incentiva o “Faça Você Mesmo” por meio da técnica de bricolagem, oferecerá uma variedade de produtos à pronta entrega.

São mais de 80 mil itens para construção, acabamento, bricolagem, jardinagem e decoração, divididos em 14 setores, além de serviços, como Fábrica de Cores, Troca de Mercadorias, Espaço Projeto, Corte de Madeira, Cursos de Bricolagem, entre outros.

Clientes também poderão adquirir o cartão da rede, ”Celebre!”, que permite parcelar as compras em até 10 vezes sem juros ou 24 vezes com juros.

Esta é a mais nova loja da rede a obter a certificação AQUA (Alta Qualidade Ambiental), com a a certificação de Projeto Sustentável e Operações, que comprova a qualidade ambiental do empreendimento, conferida por meio de auditorias independentes, realizadas pela Fundação Vanzolini.

Serviço

Inauguração da Leroy Merlin Fortaleza
Dia: 15 de abril (quarta-feira)
Endereço: avenida Sebastião de Abreu, bairro Edson Queiroz, próximo ao Shopping Iguatemi.

Redação O POVO Online

Caixa Econômica Federal abre processo seletivo para estagiários em 14 estados

Para quem está cursando ou completou o ensino médio ou cursos técnicos, a Caixa Econômica Federal está com uma boa oportunidade de emprego público. O órgão lançou processo seletivo simplificado com o objetivo de formar cadastro reserva em programa de estágio remunerado. As vagas compreenderão as unidades nos estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Os candidatos que desejam participar do seletivo devem possuir idade mínima de 16 anos e estar cursando o ensino médio, ou Educação de Jovens e Adultos, ou ainda os cursos técnicos de Administração, Administração Integrada ao Ensino Médio, Finanças, Secretariado ou Segurança do Trabalho. A função de estagiário de nível médio prevê remuneração com bolsa auxilio no valor de R$ 500,00, acrescido de auxílio transporte no valor de R$ 130,00, por jornada de trabalho de 5 horas diárias.

O período de inscrições encontra-se aberto e as mesmas podem ser feitas gratuitamente pelo site do CIEE – www.ciee.org.br – até às 23h59min do dia 26 de abril de 2015. O edital reserva 10% do total de vagas aos candidatos portadores de deficiência.

Como método de avaliação dos candidatos, o seletivo constará de prova on-line e entrevista. A prova on-line deverá ser realizada durante o período de 13 a 26 de abril de 2015 (horário de Brasília), e será composta por 30 questões, distribuídas nas disciplinas de língua portuguesa (10), matemática (10) e conhecimentos gerais (10), sobre atualidades; geografia; responsabilidade social; meio ambiente; e história. Candidatos que cursam técnico em segurança do trabalho ou técnico de segurança do trabalho integrado ao ensino médio, terão 5 questões sobre conhecimentos específicos.

As questões objetivas terão 4 alternativas e o candidato terá 2 minutos para responder cada questão, se a mesma não for respondida, será atribuído a nota “Zero”, sem direito de substituição da questão. As questões serão selecionadas no banco de dados e apresentadas de forma randômica, questão por questão, e após a conclusão de cada uma ou término do tempo previsto, esta não poderá mais ser acessada

O caderno de questões e o gabarito provisório serão publicados em 27 de abril de 2015 no site do CIEE.

Os aprovados nessa etapa serão submetidos a uma entrevista pessoal, de caráter eliminatória e classificatória, que será realizada por empregado da CAIXA, para verificação de conhecimentos, potencialidades, interesse, iniciativa e motivação do candidato.

O candidato no momento da contratação deverá ter condição de realizar estágio com jornada de 5 horas diárias pelo período de, no mínimo, 6 meses de contrato.

Via http://www.acheconcursos.com.br/noticia/caixa-abre-vagas-de-estagio-em-2015-para-14-estados-2526

Transexuais sofrem agressões e abusos dentro de penitenciárias

Maria passou por seis penitenciárias e diz que abusos se repetiam Foto: Paulo Araújo / Agência O Dia

Rio – Se a vida dos transexuais e travestis já é difícil do lado de fora, dentro das celas do sistema penitenciário do Rio é um verdadeiro calvário. Alvos de todos os tipos de abusos, elas não têm sua identidade reconhecida pelos agentes e são tratadas com agressões e violações de direitos.

Esta foi a constatação do relatório inédito feito pelo Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos da Defensoria Pública, que ouviu 50 pessoas nos presídios Evaristo de Moraes, Esmeraldino Bandeira, Instituto Penal Plácido Sá Carvalho e Alfredo Tranjan (Bangu 2), entre fevereiro e março deste ano.

A coordenadora do núcleo, defensora Lívia Cásseres, relata que uma transexual entrevistada ficou três meses sem tomar banho de sol porque se recusava a ficar sem camisa. Outra disse que foi torturada por policiais.

“Ela conta que pediu auxílio aos agentes para ir ao hospital e, quando viram que era transexual, bateram muito nela. Então, a dor que ela tinha ficou pior ainda”, relatou.

Entre os problemas relatados, as transexuais têm seus cabelos raspados à máquina pelos agentes, são obrigadas a tomar banho de sol sem camisa — mesmo que muitas delas tenham próteses de silicone. Além disso, são forçadas a ficarem nuas nas revistas íntimas na frente de outros presos.

Os agentes também proíbem a entrada de hormônios (o que faz com que desenvolvam barba) e de produtos femininos, como maquiagem e esmaltes. As presas também são chamadas por seus nomes de batismo, masculinos, o que contraria a lei.

A transexual e ex-presidiária Maria Silva (nome fictício), que hoje é assessora parlamentar, ainda sofre com os traumas adquiridos pelas violações que sofreu nas prisões (ela esteve em seis unidades). Segundo Maria, a cada vez que era transferida, passava por um ‘corredor polonês’, para ser agredida pelos agentes.

“As trans eram as que mais apanhavam. Eles me derrubavam no chão e me chutavam. À noite, me colocavam em outra cela ‘para fazer a diversão dos presos’. A sorte era que os presos me respeitavam e não faziam nada. Os agentes são homofóbicos”, afirma.

De acordo com Maria, as transexuais tinham que se virar dentro das prisões para manter a sua identidade.

“Não dá para ser trans na prisão. Não podemos ter o mínimo de feminilidade. Para não entrar em depressão, usávamos lápis de cor como batom. Quando conseguíamos uma pinça, era uma felicidade”, lembra Maria, que ficou presa um ano e três meses, acusada de ser cúmplice de seu namorado em um roubo.

Rejeição pode gerar trauma

De acordo com o coordenador da Câmara de Psiquiatria e Saúde Mental do Conselho de Medicina do Rio, Miguel Chalub, as transexuais podem sofrer depressão e até cometer suicídio quando não têm a identidade respeitada. “São pessoas que desde a infância foram estigmatizadas e rejeitadas e, quando são jogadas nessa situação de confinamento, são tratadas como bichos”, disse.

A Resolução Conjunta nº 1 dos conselhos nacionais de Combate à Discriminação e de Política Criminal e Penitenciária prevê aos travestis e gays privados de liberdade em unidades prisionais masculinas deverão ser oferecidos espaços de vivência específicos. Já transexuais masculinas e femininas devem ser encaminhadas para as unidades femininas.

Pelo texto, é facultado o uso de roupas femininas ou masculinas e está previsto o direito de ser tratados pelos nomes sociais. A norma, que é apenas consultiva, também garante a manutenção do tratamento hormonal.

Protocolo de conduta será proposto

A defensora pública Lívia Cásseres vai propor à Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) um protocolo de conduta para lidar com transexuais, além de sugerir que entidades GLBT ligadas ao governo façam cursos de educação de agentes penitenciários.

Coordenador do Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, disse que vai se reunir esta semana com a Seap para discutir o relatório. “Essas denúncias são muitos sérias.”

A assessoria da Seap respondeu que estão sendo elaboradas adequações, de acordo com a resolução dos conselhos nacionais. Informou também que está em negociação com a Uerj para a criação de um ambulatório para a manutenção do tratamento hormonal dos internos, prevista pelo SUS.

O defensor público-geral, afirmou que o secretário Erir Ribeiro manifestou preocupação com o tema. “Confio que ele dará o necessário tratamento”, disse.

(Constança Rezende, O Dia)

Contrário ao governo, Danilo Gentili detona Dilma d lança campanha que incita ofensas na internet

São Paulo – Danilo Gentili se envolveu em mais um debate polêmico com a presidente Dilma Rousseff. Agora, o humorista lançou uma campanha em que combate uma ação do Governo Federal chamada Humaniza Redes.


‘Comprei um Playstation do meu bolso e vou sortear pra quem mais xingar as redes sociais que o governo criou para combater ‘o ódio’ na internet’

Foto:  Reprodução

“A nossa querida presidente, presidenta, nunca sei falar direito, criaram agora o ‘presidanta’. Ela criou uma página na internet para caguetar quem estiver zoando lá. Mais de 55 mil assassinatos no Brasil e o Twitter que está violento, é com isso que vão se preocupar”, critica Danilo, sobre o Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na Internet.

“Espalhar mentiras na internet é crime. Então, se você quiser espalhar mentiras, se eleja a um cargo político”, continuou. “Como assim você para tudo para criar uma internet sem ofensas, isso não existe. É como a Petrobras sem ladrão”, continua o apresentador do “The Noite”.

Desumaniza redes

Ao iG, Danilo falou nesta segunda-feira sobre o perfil Desumaniza Redes e contou que comprou pessoalmente um prêmio para os participantes. “Comprei um Playstation do meu bolso e vou sortear pra quem mais xingar as redes sociais que o governo criou para combater ‘o ódio’ na internet”, conta.

Até o fechamento desta matéria, o perfil do governo contabilizava 7,5 mil seguidores enquanto o criado por Gentili marcava 23,5 mil.

Censura

“Essa conversa de dividir pra conquistar já deu no saco e está muto manjada. Eles sempre criam algum termo bonitinho em nova língua mas que no mundo real significa ‘censura’ pura e simples. Essa bobagem autoritária está toda sendo paga com o meu e o seu dinheiro. Usam nosso dinheiro para dizer pra gente o que podemos ou não falar”, argumenta o apresentador.

“Dessa vez criaram ‘humanizar’. Claro, eles são os ‘humanizadores’ e, se você der qualquer opinião contrária à agenda politica deles, torna-se o oposto disso, ou seja, ‘desumano’. E, dessa forma, vão marginalizando e criminalizando opiniões contrárias à ideologia e à agenda política deles. Então, se esses canahas são os humanos, temos que ter orgulho em ser desumanos – e manter a liberdade para isso, sempre”, defende Danilo.

Para finalizar, Danilo propõe fazer o contrário do que pede a campanha oficial. “Até desenho criminalizando opinião eles já fizeram para explicar para retardados a censura. Com esses autoritários não tem que dialogar, só ‘desumanizar’ mesmo”.

(IG)

Empregado terceirizado ganha 25% menos, aponta estudo

O trabalhador terceirizado no País ganha, em média, 25% menos que o empregado direto, tem jornada semanal que dura três horas a mais, sua rotatividade de trabalho é quase duas vezes maior e está sujeito a mais acidentes de trabalho. É o que aponta estudo realizado pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) em parceria com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

O documento traz números para demonstrar, segundo a secretária de Relações do Trabalho da CUT, Maria das Graças Costa, que a terceirização gera precarização das condições laborais. Pelo levantamento, que toma como base, entre outros dados, a Rais (Relação Anual de Informes Sociais) de 2013, do Ministério do Trabalho, enquanto em setores contratantes de mão de obra a remuneração média girava em R$ 2.361,15, em segmentos terceirizados ficava em R$ 1.776,78. E, se por um lado a permanência no trabalho é de 5,8 anos para funcionários diretos, para terceiros se reduz para 2,7 anos; por causa da alta rotatividade desses últimos.

Maria das Graças enumerou ainda que, de cada dez acidentes de trabalho, oito ocorrem com empregados de companhias contratadas. O procurador José de Lima, coordenador de Combate às Fraudes nas Relações do Trabalho do Ministério Público do Trabalho, afirmou que esse profissional é “invisível para a sociedade, pois não recebe o mesmo treinamento, não tem cobrança para o uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual) e não ganha o mesmo que um empregado direto, exercendo a mesma função”. A dirigente da CUT citou que há 21 mil ações no TST (Tribunal Superior do Trabalho) por terceiros que não recebem seus direitos trabalhistas.

PROJETO – “O PL <CF51>(Projeto de Lei) 4.330/2004 vai ampliar a terceirização e não garante igualdade de direitos”, acrescenta Maria das Graças. A proposta foi aprovada na terça-feira na Câmara Federal. O fato foi comemorado por entidades empresariais, que avaliaram que se trata de um marco regulatório – já que não havia legislação sobre o tema até agora. Por sua vez, a CUT, que defende a proposta 1.621/2007, que estende os mesmos benefícios de funcionários diretos aos terceirizados, avaliou que foi uma derrota para os trabalhadores.

O PL 4.330 vai agora ao Senado e, se não sofrer modificações, segue para a sanção da presidente Dilma Rousseff. Para o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Aroaldo Oliveira da Silva, caso entre em vigor, a proposta ampliará a precarização, já que prevê que até a atividade-fim poderá ser terceirizada. Ou seja, em uma fábrica de carros, por exemplo, até a linha de montagem poderia ficar a cargo de funcionários de empresa contratada.

GERAÇÃO DE VAGAS – Entidades empresariais, no entanto, elogiam o projeto. Para o vice-diretor da regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) de São Bernardo, Mauro Miaguti, o PL 4.330 é extremamente positivo. “A lei trabalhista que temos no País é arcaica, quanto mais se flexibiliza (a legislação), mais empregos gera”, citou.

Ele também destacou que o projeto prevê a especialização da terceirizada e obriga a companhia contratada a aportar 4% do valor do contrato em um seguro para a garantia dos direitos trabalhistas. “Ninguém quer que o trabalhador seja prejudicado”, disse.

DIVERGÊNCIAS – Entre especialistas em Direito, o tema divide opiniões. Para o advogado Danilo Pieri Pereira, sócio do escritório Baraldi Mélega, a proposta regulamenta a terceirização e cria mecanismos para evitar fraudes contra os trabalhadores. “A terceirização é uma realidade mundial”, observou.

Para Leonardo Passafaro, especialista em relações trabalhistas e sócio do Capano, Passafaro Advogados Associados, o projeto traz segurança jurídica apenas para a empresa que contrata a mão de obra terceirizada. Segundo ele, o terceirizado de atividade-fim perderá as proteções inerentes à sua categoria profissional.

Fonte: Leone Farias/Diário do Grande ABC – 13/04/2015

“Luizianne foi melhor prefeita que Roberto Cláudio”, diz Eunício

Importante aliado de Roberto Cláudio (Pros) na campanha para Prefeitura de Fortaleza em 2012, Eunício Oliveira (PMDB) agora ensaia uma nova aproximação com a deputada federal Luizianne Lins (PT). O senador avalia a atual gestão municipal como “muito ruim” e tece elogios à petista.

“Eu tinha esperança que as coisas seriam diferentes. Eu acho, sinceramente, que Luizianne foi melhor prefeita que Roberto Cláudio. Ela é uma mulher de muito valor”, afirma Eunício.

De acordo com o senador, apesar da pouca experiência quando assumiu o primeiro mandato (2005), Luizianne conseguiu tocar a cidade de forma mais eficiente que Roberto Cláudio.

Adversários políticos nas eleições de 2012, o peemedebista não descarta apoio à ex-prefeita numa eventual candidatura ao Paço Municipal em 2016. “Vamos ver se ela fica nesse PT, não sei como é que vai ficar. Nessa questão de formação de chapa, às vezes, a gente fica até o último dia, último minuto, tentando resolver”, pondera.

Na primeira eleição municipal após a ruptura entre PMDB e os Ferreira Gomes, o senador deve mudar de lado. O amparo de Eunício pode ser significativo. Ele teve 57% dos votos válidos da Capital no segundo turno, quando concorreu ao governo do Estado no ano passado.

Mudança

Em 2012, o senador Eunício Oliveira teve participação ativa na campanha de Roberto Cláudio, até aquele momento filiado ao PSB. Para angariar votos, o peemedebista chegou a pedalar em bicicleta repleta de adesivos do candidato nas ruas da periferia da cidade. 

A outra ala da disputa era encabeçada por Elmano de Freitas (PT), com apoio da então prefeita Luizianne Lins.

A parceria entre PMDB e o grupo político dos Ferreira Gomes, antes no PSB e depois no Pros, se desfez dois anos depois, quando o senador decidiu se candidatar ao Palácio da Abolição.

Em vez de apoiá-lo, o então governador Cid Gomes (Pros), rival político de Luizianne, lançou Camilo Santana (PT) na disputa. A ex-prefeita se negou a fazer campanha para o correligionário, mas também não declarou publicamente apoio a Eunício.

No entanto, a mãe dela, Luiza Lins, organizou manifesto pró-Eunício e se postou contra o que classificou de “subserviência do PT”.

“A candidatura do Camilo não é do PT, é uma candidatura dos Ferreira Gomes. Ela não tem legitimidade dentro do PT”, disse Luiza ao O POVO, à época. Já o PT nacional, aliado do PMDB, se manteve neutro durante a corrida estadual. 

Futuro

Desde a disputa em que passou de aliado a adversário de Cid Gomes, Eunício Oliveira tem buscado novas alianças. O suporte de Tasso Jereissati (PSDB) foi uma delas.  

O peemedebista adianta que a coligação das últimas eleições deve se repetir no próximo pleito, com a participação de partidos como DEM e PSDB, adversários nacionais do PT.

“O bloco que disputou as eleições (de 2012), espero que somado a outras lideranças, vai ter candidatura própria. Pode ser do PMDB ou de partidos coligados”, diz. 

Saiba mais

A candidatura de Roberto Cláudio (Pros) já havia custado a aliança entre PSB e PT em 2012. O nome de Camilo Santana (PT) teria sido sugerido por Cid Gomes para disputar a Prefeitura. Na época. Luizianne insistiu na candidatura de seu secretário de Educação, Elmano de Freitas (PT). A discordância levou à ruptura entre as legendas.

O vice-prefeito Gaudêncio Lucena (PMDB) rompeu politicamento com o prefeito Roberto Cláudio durante à campanha para sucessão estadual. Gaudêncio declarou apoio a Eunício e Roberto Cláudio, a Camilo. A crise entre eles se intensificou quando o prefeito demitiu dois aliados de Eunício. Marlon Cambraia (Controladoria) e Jade Romero (Participação Popular) deixaram as secretarias em julho de 2014.

(Isabel Filgueiras, O Povo)