Duas chapas estão registradas para concorrer nas eleições do conselho deliberativo do Fortaleza, no próximo domingo, dia 24. Ontem, foi o último dia do prazo para as inscrições das candidaturas. Estão registradas as chapas encabeçadas por Mozart Martins e Demétrius Coelho.

Os sócio-proprietários do Fortaleza vão eleger a nova diretoria do conselho deliberativo. Depois, os integrantes do conselho vão escolher quem será o presidente da diretoria executiva. A votação para o conselho deliberativo vai das 10 horas até às 18 horas do domingo, na sede administrativa do Fortaleza (Av. Senador Fernandes Távora, nº 200 – Pici).

O empresário Mozart Martins recebe o apoio do ex-presidente do Fortaleza, Ribamar Bezerra. O grupo indica o economista Paulo Artur Magalhães para ocupar a presidência e o deputado estadual Osmar Baquit para vice-presidência da diretoria executiva do Tricolor. O advogado Adailton Campelo, que também tinha lançado a candidatura para presidente, decidiu também compor a diretoria com Paulo Artur.

A chapa do conselho deliberativo que tem à frente o advogado Demétrius Coelho ainda não definiu quem vai apoiar para a diretoria executiva do Leão. Até domingo, outros nomes podem surgir para a diretoria executiva.

O Fortaleza conta atualmente com 4.733 sócio-proprietários. Mas até ontem apenas 356 estavam adimplentes com o clube e em condições de votar nas eleições de domingo. A data da posse da nova diretoria executiva do Fortaleza ainda será definida. 

AS CHAPAS INSCRITAS

CHAPA 1
> Transparência Fortaleza

Presidente: Demetrius Coelho Ribeiro
1º vice: José Tahim Fontenelle
2º vice: José Abílio Pinheiro de Melo

1º secretário: Ricardo Fernandes Fontenele
2º secretário: Daniel Melo Machado

Conselho Fiscal:
Paulo Albuquerque Costa
Carlos Fábio Damasceno Feitosa
Francisco Odilon Araújo

Suplentes:
Carlos Helder da Ponte
Neuzia Maria de Castro

CHAPA 2
> Por um Fortaleza Melhor
Presidente: José Mozart Martins da Silva
1º vice: Francisco José Gomes da Silva
2º vice: Antônio Tabosa Veríssimo Júnior

1º secretário: Noé de Brito
2º secretário: Francisco de Assis Tomaz

Conselho Fiscal:
Wanderbilt Cavalcante Maia
Maurício Braga de Oliveira
Elpídio Brígido Filho

Suplentes:
Paulo Roberto de Oliveira
Raimundo Nonato Arrais Maia