Esse tipo de câncer, chamado glioma, corresponde a cerca de 80% dos tumores cerebrais em adultos. 

As causas do câncer no cerébro são pouco conhecidas, e os cientistas acreditam que a associação entre o risco e o consumo das bebidas pode dar pistas para a descoberta dos fatores que levam à doença. 

O estudo, publicado no “American Journal of Clinical Nutrition”, foi elaborada a partir de uma grande pesquisa sobre fatores de risco para o câncer feita em dez países europeus, com pessoas entre 25 e 70 anos. 

Os participantes preencheram um formulário completo sobre hábitos alimentares. Ao analisar os dados, os pesquisadores constataram que aqueles que bebiam muitas doses de café ou chá por dia tinham um risco de cancer cerebral 30% menor do que os do que não consumiam nenhuma das duas bebidas. 

Fatores como idade, tabagismo e histórico familiar foram considerados, para não influirem no resultado. 

Segundo os pesquisadores, é biologicamente plausível que café e chá diminuam o risco de tumores malignos no cérebro. 

Em um estudo de laboratório recente, por exemplo, a cafeína mostrou-se capaz de reduzir o crescimento de um tipo de tumor chamado glioblastoma. Além disso, café e chá contêm antioxidantes, que ajudam a proteger as células dos danos causados pelo câncer e outras doenças.

(Expresso MT) 

Anúncios