you're reading...
Política

Anatel vai investigar TV Assembléia

O presidente da Assembléia e candidato a prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, é o alvo da prefeita Luizianne Lins. Luizianne deu entrada no Ministério das Comunicações em uma reclamação contra a Tv Assembléia “por ter censurado” uma entrevista, segundo a reclamação. Luizianne atribui o episódio ao crime de censura que é vedado pela Constituição.

Luizianne afirmou, após a audiência, que o Ministro Paulo Bernardo acatou sua solicitação e vai “mandar investigar”. O presidente Roberto Cláudio minimizou: “é picuinha política dela”. O jornalista Moacir Maia, assessor de comunicação da Assembléia, informou que foi a troca de transmissor  analógico por digital que estava em fase de testes que tirou vários programas da Tv Assembléia do ar. “Reproduzimos assim que a emissora voltou a funcionar.”, comentou Moacir Maia.

(Roberto Moreira, Diário do Nordeste)

About these ads

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

VISITANTES TOTAIS

  • 8,677,552 visitas

VISITANTES ON-LINE

SAUDAÇÕES

Sejam tod@s muito bem vind@s!

O blog diálogos políticos é uma iniciativa da Secretaria de Formação do Sindicato dos Bancários do Ceará. Nosso objetivo é possibilitar o intercâmbio de informações entre as pessoas interessadas nos mais diversos temas da conjuntura brasileira.

MEDIADOR

. Geógrafo e Funcionário da Secretaria de Formação do SEEB/CE. Atua na CCP-Banco do Brasil e CCV-Caixa. Diretor da AESB e Delegado Sindical do SINTEC-CE.

MÚSICA

Direito a Liberdade de Expressão

"Todo o indivíduo tem direito a liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão". Art.19 da Declaração Universal dos Direitos do Homem, promulgada em 10 de dezembro de 1948.
free counters
%d blogueiros gostam disto: