O presidente da Assembléia e candidato a prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, é o alvo da prefeita Luizianne Lins. Luizianne deu entrada no Ministério das Comunicações em uma reclamação contra a Tv Assembléia “por ter censurado” uma entrevista, segundo a reclamação. Luizianne atribui o episódio ao crime de censura que é vedado pela Constituição.

Luizianne afirmou, após a audiência, que o Ministro Paulo Bernardo acatou sua solicitação e vai “mandar investigar”. O presidente Roberto Cláudio minimizou: “é picuinha política dela”. O jornalista Moacir Maia, assessor de comunicação da Assembléia, informou que foi a troca de transmissor  analógico por digital que estava em fase de testes que tirou vários programas da Tv Assembléia do ar. “Reproduzimos assim que a emissora voltou a funcionar.”, comentou Moacir Maia.

(Roberto Moreira, Diário do Nordeste)

Anúncios