Menino de 10 anos cria museu sobre Luiz Gonzaga no interior do Ceará

luiz-interna1

Em 2013, Pedro Lucas Feitosa, então com 8 anos, voltou encantado de uma visita que fizera ao Museu do Gonzagão, em Exu (PE). Ao voltar para a sua casa, no Crato (Cariri cearense), Pedro Lucas já sabia como dar vazão à admiração que nutre por Luiz Gonzaga: ele criaria um museu dedicado ao Rei do Baião, na casa em que sua falecida bisavó morava, vizinha à dele.

Três anos depois, o espaço na rua Rua Alto da Antena, no distrito de Dom Quintino, reúne cerca de 100 objetos que recriam a época em que Gonzagão viveu. Pedro Lucas guia as visitas no local, contando a história de cada objeto do museu, função que divide com o primo, Caio Éverton, de 8 anos. Além de vinis do artista, o museu exibe sanfonas, ferramentas de trabalho e utensílios, partes do universo cantado por Luiz Gonzaga.

Não são só os objetos que recriam a vida e a obra de Luiz Gonzaga. Pedro Lucas observa que a casa da bisavó poderia muito bem a “sala de reboco” que Gonzagão cantava ser palco da dança com o seu “benzinho”. Os bens exibidos no museu são fruto de doação de conhecidos.

A paixão pela música de Luiz Gonzaga vem de quando ele tinha cinco anos. Em uma festa de São João na escola, Pedro Lucas conta ter ouvido “Numa Sala de Reboco” e ter gostado tanto da música que passou a cantá-la frequentemente. Uma tia dele viu o gosto pela música e presenteou-o com um CD de Luiz Gonzaga.

O gosto pelo forró pé-de-serra impressiona o pai de Pedro Lucas, o agricultor Antônio Feitosa de Souza. Ele conta “estranhar” uma “criança de hoje em dia” gostar de músicas antigas. Antônio e a família ficaram “encantados”, mas também “assustados” com uma criança “dessa idade” criando um museu, conta Pedro Lucas.

Na manhã desta quinta-feira, 14, seis pessoas já haviam ido visitar o Museu de Luiz Gonzaga. O museu fica disponível a visitações nos turnos da manhã e da tarde, enquanto Pedro Lucas não voltar às aulas — ele irá cursar neste o 6° ano do Ensino Fundamental.

Pedro Lucas afirma que a iniciativa não parará na infância. Ele que ser um museólogo quando crescer. Conciliará a profissão com a sanfona, diz, instrumento que tem o sonho de aprender a tocar, como o ídolo Luiz Gonzaga.

Saiba mais:
O Museu de Luiz Gonzaga fica na rua Rua Alto da Antena, nº 69, distrito Dom Quintino — Crato (CE).
Mais informações podem ser obtidas na página do museu no Facebook.

(Lucas Barbosa, O Povo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s