28472023_2095204804135712_4268345905065324415_n

Em mais uma iniciativa de resgate da cultura e da memória histórica de personalidades cearenses, o Instituto Myra Eliane, entidade sem fins lucrativos voltada para a área da educação, lançou dia 27 de fevereiro, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), o Concurso de Monografias “O Cearense 2018 — uma releitura da obra clássica de Parsifal Barroso”.

A premiação é destinada aos estudantes matriculados em cursos superiores da rede pública ou privada em todo território brasileiro, que devem fazer monografia no estilo ensaio com referências e abordagens de aspectos do livro “O Cearense”, de Parsifal Barroso. Os autores das três melhores monografias receberão os seguintes prêmios: 1º lugar – R$ 10 mil e um iPhone; 2º lugar – R$ 5 mil e um notebook; e 3º lugar – R$ 3 mil e um iPad.

“Com esse concurso, queremos estimular o talento de universitários e pesquisadores nos campos da história, sociologia e antropologia e, ao mesmo tempo, homenagear o intelectual e ex-governador do Ceará José Parsifal Barroso, que, em seu livro ‘O Cearense’, de 1969, lançou o conceito de Cearensidade”, justifica o empresário Igor Queiroz Barroso.

As inscrições de monografias estão abertas até 27 de março de 2018, podendo participar estudantes matriculados em cursos do nível superior de qualquer universidade do Brasil, públicas ou privadas. A inscrição no concurso só será efetivada com o envio do material, que deverá ser encaminhado até 30 de maio de 2018 via internet (respondendo ao e-mail que será enviado após a inscrição no site). Uma cópia impressa deverá ser enviada ao Instituto Myra Eliane (avenida Desembargador Moreira, 2120 – Aldeota, Fortaleza – CE). O regulamento do concurso está disponível no site.

A solenidade de lançamento do concurso foi prestigiada pela reitora da Universidade de Fortaleza, professora Fátima Veras, pelo presidente da Academia Cearense de Letras, Ubiratan Aguiar, pela diretora do Instituto Myra Queiroz, Valéria Serpa, pelo superintendente do Diário do Nordeste, Pádua Lopes, pelo diretor-editor do Diário do Nordeste, Ildefonso Rodrigues, pelo chefe de gabinete do reitor, professor José Maria de Sales Andrade Neto, pelo diretor das Edições UFC, professor Cláudio Guimarães, pelo diretor da Imprensa Universitária, Joaquim Melo de Albuquerque, pelo professor Luís Sérgio Santos, do Curso de Jornalismo da UFC, responsável pela coordenação editorial da reedição do livro O cearense, além de jornalistas e convidados.

Sobre o Instituto Myra Eliane

O Instituto Myra Eliane surgiu em 2016 com base em Fortaleza (CE) com a inspiração de contribuir para um amanhã melhor para as crianças. Com o papel de fomentar a construção de creches-escolas, oferecer estrutura pedagógica por meio de sua Franquia Social e disseminar valores humanos, o Instituto Myra Eliane presta homenagem a essa cearense com forte conexão espiritual com tudo que a cercava e que sempre acreditou numa melhor compreensão do mundo através da arte e da educação.

Mais informações: (85) 3051.3680 | http://ocearense.com/

(Universidade de Fortaleza – Unifor)

Anúncios