Fortaleza tem a maior área urbanizada entre as cidades do Nordeste, aponta IBGE

fortaleza-histc3b3ria

Fortaleza é a maior cidade com área urbanizada da região Nordeste, segundo dados da publicação “Áreas Urbanizadas do Brasil 2015”, divulgada nesta quinta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo mostrou que, dos 397,05 km² de sua área total, a capital cearense tem 366,69 km² do território considerado denso, caracterizado por uma ocupação urbana contínua.

De acordo com o IBGE, Fortaleza 92,35% da área territorial de Fortaleza é densa. Outros 7,65% é considerada pouco densa, marcada pela ocupação mais espaçada, caracterizada por loteamentos em processo de construção e transição entre paisagem rural e urbana.

Os bairros com maior densidade em Fortaleza são Centro, Meireles, Aldeota, Jardim América, Jóquei Clube, Granja Lisboa, Messejana, Cambeba e Conjunto Palmeiras.

Ranking

 

No ranking nacional, a capital cearense fica atrás de São Paulo , Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Curitiba, Goiânia e Campinas. Liderando a pesquisa no Nordeste, Fortaleza aparece na frente de Recife (10º) e Salvador (11º).

O estudo do IBGE mostrou que das 15 maiores concentrações urbanas de acordo com suas áreas urbanizadas, apenas duas não são capitais estaduais: Campinas (SP), com a oitava maior área urbanizada, e São José dos Campos (SP), na 12° colocação.

Ranking mostra Fortaleza em 9º lugar do ranking de concentração urbana (Foto: IBGE)Ranking mostra Fortaleza em 9º lugar do ranking de concentração urbana (Foto: IBGE)

Ranking mostra Fortaleza em 9º lugar do ranking de concentração urbana (Foto: IBGE)

Método de pesquisa

 

O IBGE informou que, para esta edição da publicação, foi utilizado um satélite mais moderno, o RapidEye, que permite melhor detalhamento das imagens e uma resolução de cinco metros. Outra atualização foi a categorização das áreas urbanizadas como “densas”, com pouco espaçamento entre as construções e uma ocupação urbana contínua, e “pouco densas”, com ocupação mais espaçada, caracterizada por loteamentos em processo de construção e transição entre paisagem rural e urbana.

O objetivo do estudo é fornecer um panorama das áreas urbanizadas do país a partir de uma base consolidada. Dessa forma, a expectativa é colaborar com pesquisas que abordem a forma urbana e suas diferenciações regionais, a influência de aspectos geográficos na conformação das áreas urbanizadas, a identificação de tendências e potenciais vetores de expansão das cidades, além de auxiliar a elaboração de políticas públicas e investimentos.

(G1 Ceará)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s