Executiva Nacional do PT divide controle do partido em Fortaleza entre Acrísio e Deodato

acrc3adsio-deodato-300x300

A Executiva Nacional do PT adotou, nesta quarta-feira (3), em Brasília, uma decisão bem curiosa em se tratando de Processo de Eleição Direta em Fortaleza. O candidato que venceu a disputa, vereador Acrísio Sena, vai comandar o partido na primeira fase do mandato, com o derrotado, ex-vereador Deodato Ramalho, assumindo o restante do mandato.

Pelo acordo, Acrísio fica à frente no primeiro período e Deodato no período restante. Caberá, no entanto, ao Congresso Nacional do partido, que ocorrerá em junho, em Brasília, decidir o tamanho desse mandato.

Acrísio disse para o Blog que acatou a decisão em nome da unidade partidária. “as duas chapas praticamente tem metade do controle do PT. Então, o sensato é acordo e buscar a nossa unidade.”

Eis o que diz a Resolução da Executiva:

unnamed-43-625x469

Correção a pedido do PT Nacional – Brasília, 3 de Maio de 2017.

Acrísio Sena venceu a disputa com diferença de apenas três votos, enquanto o derrotado entrou com recurso questionando ausência de atas na Zona Eleitoral 141.

Deodato perdeu o recurso na Executiva Estadual e apelou para a Executiva Nacional, no que veio essa decisão bem salomônica.

No encontro da executiva nacional, Rui Falcão, presidente, endossou o acordo. Também reforçaram a busca pela unidade do PT, o deputado federal José Guimarães, o deputado estadual Elmano de Freitas e o vereador Guilherme Sampaio, em nome do grupo da deputada federal Luizianne Lins.

(Blog do Eliomar de Lima)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s