Concurso TJ SP: 590 vagas para Escrevente Técnico Judiciário. Inscrições a partir do dia 10/04

concurso-tj-sp-1-600x250

No dia 31 de março, foi publicado o edital Concurso TJ SP para o cargo de Escrevente Judiciário. São ofertadas 590 vagas para São Paulo e adjacências.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas através do site da banca organizadora, VUNESP, até o dia 17 de maio com taxa no valor de R$68,00.

O cargo exige que o candidato tenha o Ensino Médio concluído até a data da posse, além das demais exigências comuns a todos os certames como: ter 18 anos até a data da posse, gozar de boa saúde, estar em dia com as obrigações eleitorais, com o Serviço Militar, dentre outras.

Os estudantes que estejam matriculados em uma das séries do ensino médio, curso pré-vestibular ou curso superior, em nível de graduação ou pós-graduação e que recebam remuneração mensal inferior a 2 salários mínimos ou estejam desempregados, terão direito à redução de 50% do valor da taxa de inscrição, amparado pela Lei Estadual nº 12.782, de 2007.

Com 590 vagas, carga horária de 40 horas semanais e vencimentos no valor inicial de R$ 4.473,16 e demais vantagens (auxílio transporte, alimentação e saúde), este certame tem reservado 20% das vagas para candidatos negros e 5% para pessoas com deficiência, conforme exige a legislação.

Além do cargo de Escrevente, o TJ SP lançou edital para os cargos de Psicólogo com 74 vagas e Assistente Social com 132 vagas. Os dois cargos terão suas vagas distribuídas entre as dez Regiões Administrativas do Tribunal.

Para o cargo de Psicólogo, podem participar da seleção profissionais que tenham concluído, até a data da posse, o curso de Ensino Superior em Psicologia, em Instituição reconhecida pelo MEC, com diploma registrado no órgão competente e tenham registro no Conselho Regional de Psicologia ativo e em situação regular, na data da posse e estará sujeito a jornada de trabalho de 30 horas semanais, percebendo os vencimentos e demais vantagens, num total de R$ 6.010,24, valor referente a 01/03/2016, mais auxílios para alimentação, saúde e transporte.

Para o cargo de Assistente Social Judiciário, são oferecidas 132 vagas imediatas e para concorrer é necessário, entre outros requisitos, ter concluído, até a data da posse, o curso de Ensino Superior em Serviço Social, em Instituição reconhecida pelo MEC, com diploma registrado no órgão competente e ter registro no Conselho Regional de Serviço Social ativo e em situação regular, na data da posse.

DAS VAGAS:

Das 590 vagas previstas no edital, 400 serão para São Paulo-Capital na sede do Tribunal, e as 190 vagas restantes serão divididas entre as demais Circunscrições e Regiões Administrativas do Tribunal:

São Bernando do Campo (10 vagas), Santo André (10 vagas), Osasco (10 vagas), Guarulhos (10 vagas), Mogi das Cruzes (10 vagas), Itapecerica da Serra (10 vagas), Campinas (30 vagas), Jundiaí (10 vagas), Bragança Paulista (10 vagas), Mogi Mirim (10 vagas), Rio Claro (10 vagas), Limeira (10 vagas), Pirassununga (10 vagas), Piracicaba (10 vagas), São João da Boa Vista (10 vagas), Americana (10 vagas) e Ampar (10 vagas).

ATRIBUIÇÕES DO CARGO

“Realizar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça; dar andamento em processos judiciais e administrativos; atender ao público interno e externo; elaborar e conferir documentos; controlar a guarda de material do expediente e atualizar-se quanto à legislação pertinente a área de atuação e normas internas.”

A PROVA

Segundo cronograma, a prova será realizada no dia 02/07 e contará com duas etapas:

Etapa 1: Prova Objetiva de 100 questões, múltipla escolha, contendo 5 alternativas. O candidato precisa acertar pelo menos 50% das questões do bloco I e II para não ser eliminado do concurso. O bloco III contará para a pontuação e classificação final do candidato, mas não tem caráter eliminatório.

Bloco I: Português (24 questões)

Bloco II: Conhecimentos em Direto Penal, Processual Penal, Processo Civil, Constitucional, Administrativo e Normas da Corregedoria – 40 questões

Bloco III: Atualidades – 4 questões; Matemática – 6 questões; Informática – 16 questões e Raciocínio Lógico – 10 questões

Etapa 2: Prova prática de formatação e digitação (somente aplicada aos habilitados e melhor classificados na prova objetiva)

A prova prática será realizada em computador que rode o sistema operacional Windows, com programa Microsoft Word 10 e terá valor de até 10 pontos, com nota mínima de 5 pontos.

Vale lembrar que, no último concurso para a Capital, toda a lista de aprovados foi chamada (mesmo aqueles que estavam fora das vagas). Somente na cidade de São Paulo foram nomeados 1.195 Escreventes.

 

(Estratégia Concursos)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s