Roberto Cláudio (PDT) é reeleito prefeito de Fortaleza e fortalece candidatura de Ciro em 2018

21out2016-ciro-gomes-participa-de-carreata-com-o-candidato-a-prefeito-de-fortaleza-roberto-claudio-pdt-1477793169988_615x300

FORTALEZA – O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), foi reeleito com 53,57% dos votos. Apoiado pelos irmãos Cid e Ciro Gomes, ambos do PDT, o pedetista derrotou o candidato Capitão Wagner (PR), cujos principais “cabos eleitorais” foram os senadores cearenses Eunício Oliveira, líder do PMDB no Senado, e Tasso Jereissati (PSDB). Wagner teve 46,45% dos votos.

A reeleição de Roberto Cláudio fortalece a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República em 2018, na medida em que o ex-ministro terá um aliado no controle da máquina da quinta maior cidade do País. Por outro lado, enfraquece os planos de Eunício de disputar o governo do Estado em 2018. O peemedebista já tentou se eleger governador em 2014, mas foi derrotado por Camilo Santana (PT), aliado dos Gomes.

O número de votos brancos e nulos poderia ter mudado o resultado das eleições. O atual prefeito foi reeleito com 678.847 votos – 90.396 votos a mais do que o adversário, que teve 588.451 votos. Brancos (26.453) e nulos (83.991) somaram 110.444 votos. As abstenções somaram 314.915 votos, equivalente a 18,6% do total.

No segundo mandato, Roberto Cláudio terá um novo vice-prefeito: o deputado federal Moroni Torgan (DEM-CE). O atual vice-prefeito de Fortaleza, o empresário Gaudêncio Lucena (PMDB), concorreu novamente a vice na chapa de Capitão Wagner, que foi derrotada. Com isso, terá de deixar o cargo a partir de janeiro de 2017, quando começa o segundo mandato do pedetista.

Roberto Cláudio governará Fortaleza por mais quatro anos tendo maioria na Câmara Municipal. Segundo o prefeito, dos 43 vereadores da Casa, 31 são de partidos que fazem parte da coligação que o elegeu (PDT, PTB, PROS, PP, PSD, PMB, DEM, PCdoB, PSDC, PV, PSC, PSL, PTC, PTN, PEN, PRTB, PPL e PPS), além de outros quatro parlamentares que anunciaram apoio à gestão do pedetista nos últimos dias.

Apoio. No segundo turno, o prefeito também contou com apoio oficial de outros partidos, como PSB, PRB, PRP, PMN e PHS. Após a candidata da sigla, a deputada federal Luzianne Lins, ficar em terceiro lugar no primeiro turno, o PT liberou seus filiados. Os principais quadros da sigla, como o governador Camilo Santana e o deputado federal José Guimarães, apoiaram Roberto Cláudio.

Na campanha para reeleição, o prefeito de Fortaleza afirmou que a saúde será o foco de sua segunda gestão. No primeiro mandato, o pedetista focou na mobilidade urbana. Em meio à crise fiscal que atinge Estados e municípios, um de seus desafios será obter recursos para viabilizar os projetos, principalmente do governo federal, ao qual é oposição.

Perfil. Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra tem 41 anos e é medico sanitarista. Começou a carreira política em 2006, quando foi eleito deputado estadual pela primeira vez, pelo PSB. Em 2010, foi reeleito deputado e, no ano seguinte, foi escolhido presidente da Assembleia Legislativa do Ceará. Elegeu-se prefeito em 2012. Em 2013, trocou o PSB pelo PROS junto com os irmãos Gomes. Em março deste ano, eles migraram novamente juntos para o PDT.

Na campanha para reeleição, Roberto Cláudio arrecadou oficialmente R$ 8.917.284,00, segundo dados contabilizados até esta sexta-feira, 28, e divulgados no site do TSE. O teto de doações em Fortaleza era de R$ 12.408.490,10. Seus principais doadores foram o diretório municipal do PDT (R$ 684.550,00), o empresário Alexandre Grendene (R$ 600.000,00) e o PP (R$ 575.000,00).

(Estadão Online)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s