Por Clara Velasco e Flávia Mantovani

virada-eleicao-decidida-no-segundo-turno

Em 1/4 das cidades onde houve segundo turno, não foi o candidato mais votado no primeiro turno que ganhou a eleição. Uma análise do resultado da votação mostra que 14 dos 57 prefeitos eleitos no segundo turno venceram de virada.

Foi o caso de Anápolis (GO), Belo Horizonte (MG), Canoas (RS), Cariacica (ES), Caruaru (PE), Caxias do Sul (RS), Contagem (MG), Franca (SP), Guarujá (SP), Maringá (PR), Olinda (PE), Santa Maria (RS), Serra (ES) e Volta Redonda (RJ).

Dessas cidades, chama a atenção o caso de Contagem (MG), onde, no primeiro turno, Carlin Moura (PC do B) ficou em primeiro lugar com 27,87%, mas manteve esse patamar no segundo turno, obtendo 27,04% dos votos válidos. O vencedor, Alex de Freitas (PSDB), teve 72,96% de votação.

Na última eleição, em 2012, houve virada em 13 das 50 cidades onde se disputou o segundo turno. No caso das capitais, 6 foram decididas dessa forma – no total, 17 capitais foram para o segundo turno quatro anos atrás.

Neste ano, só Belo Horizonte decidiu a eleição de virada entre as capitais. Enquanto no primeiro turno João Leite (PSDB) foi o primeiro colocado com 33,4% dos votos, foi Kalil (PHS) que acabou vencendo a eleição por 52,98%.

(G1 Eleições 2016)

Anúncios