Seca avança e assume contornos severos no Nordeste

seca

Por Edwirges Nogueira

Os cenários de seca extrema e seca excepcional cresceram no Nordeste e abrangem partes de todos os nove estados. É o que mostra o mapa de setembro do Monitor de Secas do Nordeste do Brasil.

O Ceará é um dos que apresentam maior avanço da estiagem. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), 75% do território do estado apresenta seca extrema ou seca excepcional.

O meteorologista da fundação, Raul Fritz, explica as condições que levam a esse avanço da seca.

Sonora: “Já era esperado. Porque de agosto para setembro as médias das chuvas mensais são muito baixas. Quase insignificante. A gente tem, no máximo, um chuvisco ao longo litoral, esporadicamente. Sem chuva, as condições de seca tendem a se agravar. As condições já vinham secas, daí pioraram ainda mais.”

Em Quixadá, a cerca de 200 km de Fortaleza, não se vê chuva desde o fim da quadra invernosa deste ano, período que vai de fevereiro a maio, que concentra a maior parte da chuva no estado. O presidente da Associação dos Agricultores do Distrito de Riacho Verde, Francisco Rodrigues, fala sobre as dificuldades no local.

Sonora: “A maioria dos produtores já não se encontra mais com rebanho. Do gado, teve que se desfazer. Pra não ver morrer. E alguns que têm ainda é um desespero né. Tá difícil.”

O Ceará enfrenta em 2016 o quinto ano de seca seguida. A Funceme deve se pronunciar sobre a estação chuvosa de 2017 somente em janeiro. De acordo com a fundação, ainda não há definições sobre as condições dos oceanos Atlântico e Pacífico, que influenciam as chuvas no estado.

(Agência Brasil)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s