Banco do Brasil: Comando Nacional dos Bancários orienta aceitação da proposta

bb-logo1

Após a apresentação da proposta da Fenaban, o Comando Nacional dos Bancários e Comissão de Empresa dos Funcionários do BB se reuniram com o Banco do Brasil, na madrugada desta quinta-feira (5), em São Paulo. O banco afirmou que seguirá o acordo bianual proposto pela Fenaban,o reajuste nos salários será de 8% mais abono de R$ 3.500 (pago uma única vez), reajuste de 15% para vale-alimentação e de 10% no vale-refeição e auxílio-creche/babá agora em 2016 e reposição integral da inflação pelo INPC, mais 1% de aumento real em 2017. Entre as propostas específicas destacam-se a proteção dos funcionários no caso de reestruturação, ampliação de ausências legais e o compromisso de ampliação da inclusão das mulheres nas funções gerenciais.

O Comando Nacional dos Bancários orienta a aprovação da proposta específica do BB, que será deliberada pelos bancários e bancários nas assembleias desta quinta-feira em todo o Brasil.

Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, após a apresentação da proposta pelo banco, foi feito um amplo debate no Comando Nacional com a orientação de aprovação. “A proposta específica contempla temas debatidos com bancárias e bancários de todo o país, incluindo a ampliação do número de vagas de nomeação no módulo avançado para os cargos da gerência média, proteção nos casos de reestruturação no caso de mudança de cargos, ampliação das ausências legais e instituição de mesas temáticas mais robustas para discutir a situação de funcionários envolvidos no modelo digital. Inclui também mesas temáticas sobre resolução de conflitos, envolvendo a solução sobre os acessos aos pontos de greve. A proposta específica contempla ainda o abono total dos dias parados e a manutenção da mesa única e modelo de PLR por dois anos”.

De acordo com o dirigente, esta proposta foi considerada possível, numa greve com enormes dificuldades, mas que foi forte pela disposição de bancárias e bancários em participar da luta. “Num cenário de ataques aos diretos dos trabalhadores e trabalhadores, o acordo de dois anos é uma forma de proteção dos nossos direitos dentro do acordo coletivo aditivo.”

Propostas específicas do Banco do Brasil ACT 2016/2018

Clausuladas:

  • O Banco reafirma a manutenção do programa de PLR atual, composto pelo módulo Fenaban e módulo BB, incluindo parcela variável e 4% do lucro líquido distribuídos de forma linear.
  •  Será estendido o horário para amamentação ao funcionário pai de família monoparental e ao funcionário com união estável homoafetiva.
  • As ausências autorizadas de 1 dia por semestre para doação de sangue, serão ampliados em 1 dia por ano para doação a parentes enfermos – pais, filhos, enteados, irmãos, avós, cônjuge ou companheira(o).
  • A ausência autorizada para Aquisição, Manutenção ou Reparo de Ajudas Técnicas aos funcionários com deficiência será ampliada de uma para duas jornadas de trabalho por ano, podendo ser fracionadas em horas.
  • As ausências autorizadas de dois dias úteis por ano (fracionáveis em horas) para acompanhar filho ou dependente, menores de 14 anos a consulta/tratamento médico e odontológico também poderão ser utilizadas para tratamento psicológico, vacinas e reuniões escolares.
  • As ausências autorizadas de dois dias úteis por ano (fracionáveis em horas) para acompanhar filho ou dependente com deficiência em consulta/tratamento médico e odontológico também poderão ser utilizadas para tratamento psicológico, vacinas e reuniões escolares.
  • As ausências autorizadas de dois dias para acompanhar esposa ou companheira em consultas médicas e exames complementares durante a gravidez poderão ser fracionadas em horas.
  • Será ampliado o prazo para utilização de folgas nas Unidades que funcionam no regime de 24X7 (vinte e quatro horas, sete dias por semana) de 2 semanas imediatamente posteriores à da aquisição para até o último dia útil do mês subsequente ao da aquisição.
  • Serão instituídas Mesas Temáticas sobre Prevenção de Conflitos, Saúde no Trabalho e Igualdade de Oportunidades, com prazo de 180 dias para conclusão a partir da data da instalação. Na mesa de Prevenção de Conflitos poderão ser discutidos eventuais conflitos decorrentes de implantação de soluções digitais, ajustes de estrutura e acesso ao histórico de ausências dos funcionários.
  • Será incluída a parcela variável do Módulo BB na PLR dos funcionários cedidos à APABB.
  • Será reajustado para R$ 200 mil o valor da indenização por morte ou invalidez decorrente de assalto.

Não clausuladas:

  • Será alterado o critério de 66,6% para 70% no módulo Avançado e de 33,3% para 30% no módulo Básico, possibilitando a promoção, a partir de janeiro de 2017, de até 795 funcionários que exercem, por exemplo, as funções de Gerente de Relacionamento e Gerente de Serviços em Unidades de Negócio e Gerente de Módulo em Unidades de Apoio.
  • Será ampliada a inclusão das mulheres nas funções gerenciais.
  • A verba QVT será retomada a partir da assinatura do ACT.
  • Será mantida a verba 226 – Ajuste no Plano de Funções –  na folha de pagamento dos funcionários em caso de reestruturações.
  • Serão disponibilizadas no ano de 2017, no mínimo, 30 turmas da Oficina “Mediação: Práticas Restaurativas”aos administradores, visando disseminar a cultura da comunicação não violenta e das práticas restaurativas.
  • Será disponibilizado espaço exclusivo para ações da UniBB em 500 agências da Rede Varejo para promover o desenvolvimento de competências e facilitar o acesso a ações de capacitação.

Fonte: Contraf-CUT

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s