copia1.

 

A Juíza Cleiriane Lima Frota, que está respondendo pela Justiça Eleitoral da cidade de Viçosa do Ceará, foi requisitada para impedir a divulgação de uma pesquisa de intenção de votos para prefeito deste município. Em pedido representado pela Coligação Trabalho com Ética e Lealdade, do candidato Divaldo Soares (PDT), foi solicitado a não divulgação da pesquisa que teria sido realizada pela empresa Adhemar Barros Fernandes.

Em dos argumentos apresentado diz que a “empresa deliberadamente, através da internet, divulgou de forma antecipada as localidades onde seriam realizadas as amostragem (aplicação dos questionários), prejudicando sobremaneira a lisura da pesquisa”.

(via Blog do Wilson Gomes)

Anúncios