Justin Bieber e Rihanna estão entre as celebridades mais perigosas da Internet

bieber-rock-cabeca

A comediante Amy Schumer desbancou o DJ de música eletrônica Armin van Buuren e aparece no topo da lista de celebridades cuja pesquisa online é mais perigosa, de acordo com o estudo Most Dangerous Celebrities, da McAfee, publicado pela Intel Security, e que revela as celebridades que geram os resultados de pesquisa mais perigosos que podem expor os fãs a vírus e malware durante buscas por informações mais recentes sobre os ícones da cultura pop de hoje.

Amy Schumer é considerada uma das comediantes mais populares, também conhecida por seu trabalho como escritora, atriz e produtora. Agora, Schumer pode acrescentar “primeira comediante a assumir o primeiro lugar no estudo Most Dangerous Celebrities da McAfee” à sua lista de realizações.

Justin Bieber vem logo atrás dela em segundo lugar, seguido pelo apresentador de “Today” e “The Voice”, Carson Daly (3º lugar). Schumer também é acompanhada por outros comediantes na lista dos 10 principais, com Chris Hardwick (7º lugar) e Daniel Tosh (8º lugar). Will Smith, ex-rapper que se transformou em ator de primeira classe em Hollywood é acompanhado por músicos no topo das paradas, como Rihanna (5º lugar), Miley Cyrus (6º lugar), Selena Gomez (9º lugar) e Kesha (10º lugar), completando a lista dos 10 principais.

celebridadesperigosas

Publicidade

Os criminosos cibernéticos experientes continuam aproveitando a constante fascinação dos consumidores por notícias de celebridades, tais como premiações e programas de TV, bem como estréias de filmes, lançamentos de discos, separações de celebridades e muito mais, para atrair os fãs desavisados a visitar sites repletos de malware que podem roubar senhas e informações pessoais.

O estudo realizado pelo décimo ano destaca as diversas maneiras pelas quais os hackers podem aproveitar o interesse dos consumidores por notícias da cultura pop, os riscos de seu comportamento on-line e a melhor maneira de proteger-se contra possíveis ameaças.

“Os consumidores continuam fascinados pela cultura das celebridades e por acessar a internet para encontrar as últimas notícias da cultura pop”, afirmou Gary Davis, especialista-chefe de segurança do consumidor da Intel Security. “Com esse desejo por informações em tempo real, muitas pessoas pesquisam e clicam sem pensar nos possíveis riscos à segurança. Os criminosos cibernéticos sabem disso e tiram proveito desse comportamento, tentando induzi-los a acessar sites sem segurança e carregados de malware. Por isso, os consumidores precisam entender quais precauções devem tomar para que suas experiências on-line sejam seguras” afirma.

Uma pesquisa por ‘Amy Schumer Torrent’ gera uma chance de 33% de se conectar a um site mal-intencionado.

O fato de Amy Schumer liderar a lista destaca a tendência de um número maior  de pessoas em se afastar da televisão por assinatura.

Os consumidores estão agora, mais do que nunca, assistindo a transmissões de vídeos, programas de TV e filmes on-line. Como a popularidade do compartilhamento de arquivos e do uso de torrents, não surpreende que a televisão e os filmes sejam um alvo para os criminosos cibernéticos que procuram criar arquivos mal-intencionados.

Via http://idgnow.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s