policia-civil-destaque-300x208
Foto: agência Diário

A greve dos policiais civis do Estado iniciada no último sábado (24) foi considerada ilegal pela Justiça na tarde desta terça-feira (27). De acordo com a sentença do desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite, a ausência dos policiais durante as eleições municipais poderá provocar “consequências catastróficas”.

A categoria terá o prazo de 24h para retornar às atividades, após notificação do Sindicato da Polícia Civil do Ceará (Sinpol).O não cumprimento da determinação acarretará multa diária de R$ 3 mil para cada dirigente sindical e de R$ 800,00 para cada policial civil que mantenha a paralisação.Na agenda do Sinpol está prevista para esta quarta-feira (28) um ato no Bairro Aldeota para defender a legalidade da greve.

(Rádio Verdes Mares)

Anúncios