O protagonismo da UFC no Ceará

concursos-abertos-universidade-federal-do-cearc3a1-ufc

O desempenho da Universidade Federal do Ceará (UFC) no Ranking Universitário da Folha (RUF) é uma das melhores notícias do ano. A UFC ficou em 10º lugar no criterioso e respeitado ranking nacional de universidades públicas e privadas elaborado pelo jornal Folha de  S.Paulo. A instituição, criada em 1954 pelo professor Antônio Martins Filho, seu primeiro reitor, é a primeira colocada do Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

É motivo de muito regozijo quando uma instituição educacional do Ceará alcança um resultado muito positivo. A propósito, em pouco mais de uma semana, é a segunda formidável notícia referente ao desempenho da área educacional do Ceará, com a liderança nordestina alcançada no Ideb que registrou uma performance excepcional de muitas escolas municipais de ensino fundamental do Interior cearense.

O resultado da UFC no RUF deve ser visto como fruto do imenso esforço da sua comunidade acadêmica, principalmente os seus quase dois mil docentes (aproximadamente 1.500 são doutores) espalhados em 103 cursos de graduação, 48 de especialização, 67 mestrados e 43 doutorados que ensinam e pesquisam em seus sete campi (três em Fortaleza e um em Sobral, Quixadá, Crateús e Russas).

O melhor resultado da UFC no ranking da Folha se deu no item “internacionalização”, que considera o número de citações aos trabalhos por grupos de pesquisa internacionais e o percentual de publicações feitas em parceria com pesquisadores estrangeiros. Nesse quesito, a UFC ficou no 8º lugar geral. Na disputa direta entre as dez líderes gerais, a UFC fica em 3º lugar nesse item.

Numa sociedade cada vez mais determinada pelo conhecimento, há motivos para comemorar, porém o resultado da UFC no RUF deve ser visto como um estímulo para alcançar metas com a dimensão e a velocidade das necessidades de um estado ainda muito pobre.

Nesse sentido, está correto o professor Henry Campos, o décimo terceiro reitor da UFC, quando afirma que a Universidade desenvolve um trabalho “de acompanhamento detalhado, disciplina a disciplina, o que deve se refletir ainda mais nos próximos anos”. Que assim seja. Não há projeto de futuro do Ceará sem o protagonismo de nossa principal instituição de ensino superior.

(O Povo Online)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s