Fortaleza: Conferência internacional discutirá os saberes para uma cidadania planetária

011
O pensador Edgar Morin assina livro que dá norte à conferência. Resultado do encontro será levado para a França, em dezembro

Por Isabel Alves, O Povo

Começa hoje a Conferência Internacional – Saberes para uma Cidadania Planetária. Até sexta-feira, 27, educadores e estudantes ficarão reunidos no Hotel Praia Centro, em Fortaleza, para discutir como superar as crises de caráter global através da educação. O encontro é pautado no livro Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro – escrito pelo pensador Edgar Morin no início dos anos 2000. A publicação surgiu através de uma provocação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Morin, que é presidente de honra da conferência, chegou a confirmar presença no evento. Mas, por problemas de saúde, ele teve a participação cancelada. O pensador vai acompanhar os debates virtualmente, explica Rosa Maria Arut, pesquisadora da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e uma das organizadoras do evento.

A conferência constitui, sobretudo, um espaço de diálogo para pensar nas questões globais atuais. Segundo Rosa, as crises vividas atualmente mostram que a forma de pensar a existência humana está apenas desencadeando um número maior de problemas. A reflexão e a ação, portanto, devem acontecer com urgência. Os debates realizados até sexta-feira serão registrados e enviados a França, em dezembro. Lá, outro evento de caráter internacional dará continuidade as discussões iniciadas em Fortaleza.

“A forma de pensar a vida está gerando mais crises do que alternativas viáveis e éticas. O mote (do evento) é pensar que vida é essa, que civilização é essa. E como podemos criar um diálogo aberto. Com a educação sendo reconhecida como a base da cidadania planetária”, afirma Rosa.

A matriz curricular do sistema de ensino, os saberes docentes, o diálogo entre educadores e o efetivo incentivo a cidadania planetária são algumas das bases para as discussões. Para Maria Cândida Moraes, presidente da conferência, os problemas da instituição escola são de caráter mundial e necessitam de olhar urgente. “Por qual razão, por exemplo uma escola é alvo de atiradores nos Estados Unidos?”, questiona a pesquisadora.

Dentro da programação também haverá participação de Ubiratan D’Ambrósio, professor da Unicamp; de Ximena D’Ávila, cofundadora do Instituto Matriztica/Chile; e de Antonio Nóvoa, especialista em educação. Mais de 50 conferencistas nacionais e internacionais estão confirmados no evento. (colaborou Sara Rebeca Aguiar)  

PERFIL
Edgar Morin

É considerado um dos maiores pensadores vivos dos séculos XX e XXI. Nasceu em Paris, em 8 de julho de 1921. É sociólogo, filósofo e autor de mais de 30 livros. Formado em Direito, História e Geografia, participou da resistência francesa durante a Segunda Guerra Mundial, quando adotou o sobrenome Morin como pseudônimo, abandonando o Nahoum.

Olhado pela academia com desconfiança quando começou a desenvolver os estudos, Morin foi reconhecido progressivamente como o pioneiro e principal teórico do chamado “pensamento complexo”. Na década de 1960, fundou, dentro da École des hautes études en sciences sociales (Ehess), o Centro de Estudos de Comunicação de Massa (Cecmas), ao lado de Georges Friedmann e Roland Barthes. A intenção era ter um espaço para abordagem transdisciplinar.

OBRA DE MORIN
Introdução ao Pensamento Complexo

De forma didática, o autor apresenta o pensamento complexo aos leitores. O conceito está pautado na clareza, na ordem e na exatidão. São utilizados textos de investigação sobre antropologia, política e cultura de massa.
Preço médio: R$ 30

Os Sete Saberes necessários à educação do futuro
Uma das mais importantes obras de Morin, será usado como direcionamento para a conferência iniciada hoje. No texto, feito a partir de provocação da Unesco, o pensador mostra questões essenciais para o desenvolvimento humano.
Preço médio: R$ 40

Para onde vai o mundo?
Com escrita didática, Morin explica a necessidade de repensar e ressignificar a educação ambiental, a partir de uma reflexão crítica da situação contemporânea. O autor apresenta uma proposta de participação.
Preço médio: R$ 25

Serviço

Conferência Internacional – Saberes para uma Cidadania Planetária
Quando: de hoje, 24, até sexta-feira, 27
Onde: Hotel Praia Centro (av. Monsenhor Tabosa, 740)
Quanto: de R$ 190 a R$ 390.
Inscrições sujeitas a disponibilidade de vagas
Outras info: cidadaniaplanetaria@uece.br ou fb.com/spcp2016 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s