Concurso Comida di Buteco seleciona 20 lugares de Fortaleza para concorrer a melhor boteco do Brasil

Indo até o próximo domingo (8), o concurso Comida di Buteco está avaliando 500 botecos de todo o Brasil. Em Fortaleza, o evento já chega a sua sexta edição contemplando 20 estabelecimentos, avaliados por aspectos importantes da Capital cearense: turismo local, mulheres à frente do negócio eserviços de garçons.

Os botecos participantes possuem localizações distintas a gosto de seus visitantes: em frente ao mar, no mangue e no centro da Cidade. Além das degustações, o público pode conhecer locais históricos de Fortaleza.

Teresa & Jorge. Foto: Divulgação

O tradicional boteco Teresa & Jorge, localizado na Praia de Iracema, é um desses lugares. Próximo ao Mercado dos Pinhões, à Beira Mar e ao Dragão do Mar, o bar nasceu em 2011, fruto do encantamento pelas boemias carioca e fortalezense. “A ideia era a de criar um espaço diferente em Fortaleza, trazer um pedaço do bairro de Santa Teresa (daí o nome Teresa) do Rio de Janeiropara o coração da boemia fortalezense, a Praia de Iracema. Tudo isso contando com uma forcinha de São Jorge, (que completa o nome Teresa & Jorge)”, revela a proprietária Carla Vieira.

Carla e sua sócia, Raquel Rebouças, são donas do local desde 2013. “Já fazíamos parte da ‘família’. Éramos clientes assíduas do bar e amigas das antigas proprietárias”. As duas são algumas das mulheres à frente de negócio na categoria bar e restaurante da Capital e que participam do concurso. Os bares Baladeira e o Varandão da Vila também estão inclusos nos locais comandados por mulheres.

Carla Vieira acredita que o T&J estar em Fortaleza foi uma grande conquista por causa da pluralidade da cidade. “Nunca vi outro espaço aqui para abrigar tantas e tão diferentes turmas; verificamos a frequência de todas as faixas de idade, desde o casal de senhores que vão com filhos e mesmo netos, até o pessoal mais jovem, que vai com os amigos para paquerarem.”

Arte: Mardônio Andrade

E complementa: “Fortaleza é uma cidade muito festeira, então sempre temos material com o qual trabalhar. Nosso público é amigo e bastante fiel, mas a manutenção da qualidade do serviço é uma atenção constante. Temos que nos reinventar sempre, sem abandonar nossa tradição de bar, petiscariae casa de samba“.

O segredo de Carla, enquanto proprietária, é apostar no brilho do olhar nas pessoas. “Tenho um amigo cujo pai, Seu Haroldo, trabalhou a vida inteira à frente de negócios assim. E ele lembra até hoje do brilho no olho do Haroldão ao ver a casa cheia, como todos os clientes animados. É bem isso o que sentimos”, completa emocionada.

Além do Tereja & Jorge, Baladeira e Varandão da Vila, o concurso também avaliará os bares Alencas, Alma Gêmea, Alpendre, Bar Chá da Égua, Bar do Arlindo, Bar do Ciço, Bar do Helano, Bar e Restaurante do Nem (Rei da Língua), Bar o Camocim, Boteco do Barão, Canto do Baião, Carneiro do Tércio, Coppa Bar, Espaço Casa da Sogra, Kina do Feijão Verde, Zé do Mangue e Zéppetto Bar & Espetaria.

(Rádio Verdes Mares)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s