Fortaleza sedia a III Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT do Ceará

banner_90x120_cool_gray-2_bx

Fortaleza recebe, nos dias 18 e 19 de março, a III Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT. Realizada pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para LGBT do Gabinete do governador e pelo movimento LGBT, o momento sucede o ciclo das Conferências Regionais Unificadas. A Conferência contará com a participação dos delegados eleitos nas prévias realizadas no Cariri, Litoral Leste, Litoral Oeste, Maciço de Baturité, Sertão de Sobral, Fortaleza e Região Metropolitana, além dos delegados eleitos nas duas conferências livres (uma no sistema penitenciário e uma na Juventude).

As Conferências Regionais e Livres foram um momento de avaliar a efetividade das políticas públicas para o enfrentamento da violência contra a população LGBT. As propostas aprovadas serão enviadas para a Conferência Nacional, que acontecerá de 24 a 27 de abril, em Brasília. O tema será “Por um Brasil que Criminalize a Violência Contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais”.

Para o coordenador Especial de Políticas Públicas para LGBT do Governo do Estado, Narciso Júnior, a conferência é um espaço onde a população avaliará o trabalho que vem sendo realizado e propor estratégias de enfrentamento à LGBTfobia. “É nesse espaço que lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais apresentarão ao Governo do Estado suas demandas específicas no que se refere a um tratamento humanizado na saúde, ao respeito às identidades dentro do espaço escolar, ao atendimento digno pelas instituições de segurança pública e, ainda, à garantia de direitos no que se refere a políticas públicas de combate a todo tipo de preconceito, violência, exclusão. Dessa forma demonstramos nosso compromisso, responsabilidade e o empenho em ouvir a população LGBT e atender as suas demandas”, conclui.

Participarão deste momento 250 delegados de todas as regiões do Ceará e 50 convidados estaduais e nacionais, dentre eles Janaina Barbosa de Oliveira, representante do Conselho Nacional de Combate à Discriminação LGBT do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Na conferência, serão eleitos 36 delegados, 9 do poder público e 27 da sociedade civil. O processo de eleição dos delegados para a Conferência Nacional, em Brasília, consistirá em uma assembleia na qual sociedade civil e poder público elegerão seus delegados, respectivamente.

Serviço

III Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT do Ceará

Dias 18 e 19 de março
Às 8 horas
Local: Hotel Porto D’Aldeia – Av. Manoel Mavignier, 6433 – Sabiaguaba

(Governo do Estado do Ceará)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s