Dragão do Mar é tema de reportagem da Rádio Senado

b8708c0b1dceb98c797fc2f6b839c63e98
Francisco José do Nascimento teve o nome inscrito no Livro dos Herois da Pátria

A jangada, além de ser um instrumento para a economia cearense, está presente em importantes momentos da história do Estado. Foi um jangadeiro, no século XIX, um dos principais motivadores para que a então Província do Ceará fosse a primeira a abolir a escravidão no Brasil. Sua importância foi tamanha que lhe rendeu o título de Dragão do Mar, e o nome de Francisco José do Nascimento pode ser incluído no livro dos heróis da pátria, como prevê projeto aprovado pelo Senado este mês e encaminhado à Câmara dos Deputados.

E é a história dele e de outros quatro pescadores o tema da Reportagem Especial da Rádio Senado desta sexta-feira (26), às 18h, com reprise no sábado (27), às 10h, e no domingo (28), às 17h, horário de Brasília. Se o Dragão do Mar é reconhecido pela luta na abolição da escravatura, outros quatro jangadeiros: Jacaré, Tatá, Mané Preto e Mestre Jerônimo, se notabilizaram por enfrentaram milhares de quilômetros mar adentro, de Fortaleza ao Rio de Janeiro, em busca de melhores condições de trabalho. A epopeia para reclamar os direitos trabalhistas chamou a atenção de figuras emblemáticas como o próprio Getúlio e o cineasta norte-americano Orson Welles, o gênio diretor de “Cidadão Kane”.

Os jornalistas Maurício de Santi, Larissa Bortoni e Rodrigo Resende ouviram pesquisadores, historiadores, cineastas e outras personalidades do Ceará. Autor do projeto que incluiu o nome do Dragão do Mar no livro dos heróis da pátria, o senador José Pimentel, do PT cearense, lembra que sob a liderança de Francisco José, os jangadeiros impediram que navios negreiros aportassem na costa do estado. E que o Dragão do Mar insistiu nessa luta, mesmo sofrendo punições.

COMO OUVIR

Dia e horário: sexta-feira (26), às 18h, com reprise no sábado (27), às 10h, e no domingo (28), às 17h, horário de Brasília.
Para sintonizar: A Rádio Senado transmite sua programação para Brasília e regiões vizinhas na frequência de 91,7 MHz e para outras nove capitais: Cuiabá (102,5 MHz), Fortaleza (103,3 MHz), João Pessoa (106,5 MHz), Manaus (106,9 MHz), Natal (106,9 MHz), Rio Branco (100,9 MHz), Teresina (104,5 MHz), Macapá (93,9 MHz) e São Luís (96,9 MHz).
Pela internet: Os programas da Rádio Senado são distribuídos para mais de 2 mil emissoras no país por meio da RadioAgência, e podem ser acessados no endereço http://www.senado.leg.br/radio. (acesse aqui)

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s