euro_banknotes

Fortaleza foi uma das regiões escolhidas por um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas e em lavagem de dinheiro, que opera no Brasil e na Europa. Uma operação conjunta entre a Polícia Federal (PF) e a Polícia Judiciária da Holanda, intitulada de ‘Fiorino’, investiga o esquema da quadrilha.

O principal integrante da quadrilha teria escondido milhões de eurosna área externa de um condomínio de luxo localizado em Fortaleza, de acordo com uma informação levantada pela Polícia holandesa. A Polícia Federal está utilizando equipamento de rastreamento de solo para identificar áreas suspeitas onde o dinheiro possa estar enterrado.

A operação foi desencadeada com o cumprimento de mandados de busca e apreensão no Brasil (1) e na Holanda (2), simultaneamente. Nessa etapa, a PF visa obter documentos e apreender bens adquiridos pela organização criminosa, entre eles, o imóvel situado em Fortaleza.

De acordo com a PF, a organização criminosa atua no plantio, preparação e distribuição ilegal de maconha. Durante as buscas na Holanda, foi localizada e apreendida a quantia de 125 mil euros, em uma das residências de um integrante da organização.

 

Redação O POVO Online

Anúncios