Oito detentos da região metropolitana de Fortaleza são aprovados no Sisu

sisu

Oito detentos de prisões na Região Metropolitana de Fortaleza foram aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), nesta segunda-feira, 18, para cursos da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Estadual do Ceará (Uece). Os presos são todos alunos da Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Aloísio Leo Arlindo Lorscheider, que opera em oito presídios cearenses desde 2013.

colocao1
CLASSIFICAÇÃO DOS DETENTOS – DIVULGAÇÃO ALOÍSIO LEO ARLINDO LORSCHEIDER

Os presos foram selecionados para os cursos de Matemática na Uece, Matemática na UFC, Serviço Social na Uece, Educação Física na UFC, Pedagogia na Uece (dois internos), e até Administração na UFC – um dos cursos mais procurados na universidade. “O interno poderá aprender, desenvolver habilidades cognitivas e se qualificar. Eu percebo que a educação é uma das melhores formas de ressocialização”, afirma Poennia Gadelha, coordenadora da escola.

”A aprovação é um reconhecimento de que os presos buscam uma segunda chance”, disse um dos alunos selecionados. “Todos merecem uma oportunidade de refazerem suas vidas dignamente. Sei que o preconceito é muito grande, mas isso não diminui as minhas forças. Eu vou mostrar que as pessoas mudam quando realmente desejam essa mudança “, completa.

Segundo Poennia, os presos agora aguardam autorização judicial para ingressarem nos cursos. ”Caso eles sejam autorizados, a Sejus aprova e cumpre a determinação. Para as aulas, poderão ser acompanhados por escolta policial ou monitorados por tornozeleira eletrônica”, complementa o diretor da escola, Raimundo Nonato.O Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL), uma versão especial do exame para adultos privados de liberdade e jovens sob medida socioeducativa, foi realizado nos dias 1º e 2 de dezembro. No Brasil, 45,5 mil candidatos em privação de liberdade foram inscritos, 19% a mais em relação ao exame de 2014, que contou com 38,1 mil participantes.

Certificação

Além do ingresso no Ensino Superior, os resultados do Enem PPL podem ser utilizados para certificação de conclusão do Ensino Médio. Poennia informou que 30 internos da região metropolitana de Fortaleza alcançaram a pontuação mínima (450 pontos em cada área de conhecimento e 500 pontos na redação) para obter o certificado do Ensino Médio.

“As aprovações motivam outros internos a buscarem a escola e a visualizarem novas perspectivas para suas vidas”, avalia o professor do EEFM Aloísio Leo Arlindo Lorscheider, José Wilson da Costa. A conclusão da Educação Básica também garante diminuição de pena, conforme a Lei Nº 7.210.

Redação O POVO Online
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s