Assembleia do Ceará aprova criação do Bilhete Único Metropolitano

426819-400x600-1

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou nesta quinta-feira (17), por unanimidade, a implantação do Bilhete Único Metropolitano, que vai permitir que o passageiro utilize mais de um transporte público na Grande Fortaleza pagando uma passagem com preço reduzido. (Veja abaixo as regras para utilizar o Bilhete Único Metropolitano)

O Bilhete Único Metropolitano passa a vigorar após sanção do governador do Estado e publicação no Diário Oficial. A mensagem não define se todas as cidades da Região Metropolitana de Fortaleza farão parte do programa.

A mensagem do Governador do Ceará, Camilo Santana, diz que o projeto “significará um grande avanço no transporte público”, “seja pelo menor preço das tarifas integradas com possibilidade de integração de qualquer em qualquer ponto da cidade utilizando o Bilhete Único Metropolitano”.

Ainda segundo a mensagem do governo, “na medida em que o uso de transporte público, contribuirá para a diminuição do transporte individual motorizado, reduzindo congestionamentos e emissão de gases poluentes”.

Regras do uso
O usuário do Bilhete Único terá direito a no máximo duas tarifas metropolitanas integradas por dia, com intervalo mínimo de tempo entre elas a ser definido, mas a mensagem define que esse intervalo não pode ser menor que uma hora.

Quando o primeiro embarque ocorrer no sistema urbano de Fortaleza, o usuário terá o tempo limite adotado no Bilhete Único de Fortaleza (duas horas) para realizar integrações dentro do sistema urbano da capital cearense e no máximo até três horas contado a partir do primeiro embarque para integrar com o sistema metropolitano.

O custo do bilhete único será o de uma única passagem, que garante uma viagem no sistema metropolitano e a integração com o sistema urbano de Fortaleza. O valor da tarifa será inferior à soma da tarifa metropolitana com a tarifa urbana de Fortaleza. Por exemplo, o passageiro que quer viaja de Cascavel para Fortaleza (cuja tarifa normal é R$ 7,15) e pegar outro ônibus em Fortaleza (ao custo de R$ 2,75), pagará, por meio da tarifa metropolitana integrada, um valor mais barato que R$ 9,90 (a soma dos dois valores).

O cartão do Bilhete Único deverá ser adquirido pelo usuário no valor ainda a ser definido e com um carregamento inicial mínimo.

(G1 Ceará)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s