Manifestantes pedem ‘Fora, Cunha’ e defendem Dilma em ato em Fortaleza

pas
Organizadores estimam que cerca de 15 mil pessoas estiveram presentes (Foto: Elias Bruno/G1)

G1 Ceará

Manifestantes realizam um protesto pedindo a cassação do mandato do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e a permanência da presidente Dilma Rousseff no cargo. O grupo, formado por centrais sindicais e organizações sociais, se concentrou na Praça da Bandeira, no Centro de Fortaleza, às 14h e iniciou caminhada até a Catedral de Fortaleza às 16h30.

“Queremos dizer que avançamos muitos nas políticas públicas então não é justo construirmos nesse momento um golpe contra a democracia, quando em outubro do ano passado elegemos democraticamente uma mulher. Nesse momento estamos defendendo a democracia”, defende Will Pereira, presidente da CUT.

Os organizadores estimam que cerca de 15 mil pessoas participaram do ato. A Polícia Militar afirmou que não iria divulgar estimativa de público presente.

Segundo os líderes do movimento, os manifestantes vão caminhar pelas ruas do Centro de Fortaleza em direção à Catedral Metropolitana. Protestos contra Eduardo Cunha ocorrem em várias cidades brasileiras nesta quarta, organizados pela Frente Brasil Popular, que une centrais sindicais como CUT, MST, Fetraece, e CTB.

Protesto em Fortaleza chega à Praça da Sé, após caminhada pelas ruas do Centro de Fortaleza (Foto: Elias Bruno/G1)Protesto em Fortaleza chega à Praça da Sé, após caminhada pelas ruas do Centro de Fortaleza (Foto: Elias Bruno/G1)

Manifestantes em ato em Fortaleza gritam "não vai ter golpe" durante caminhada pelas ruas do Centro da cidade (Foto: Elias Bruno/G1)Manifestantes em ato em Fortaleza gritam "não vai ter golpe" durante caminhada pelas ruas do Centro da cidade (Foto: Elias Bruno/G1)

Ato pró-Dilma em Fortaleza reúne lideranças indígenas (Foto: Elias Bruno/G1)Ato pró-Dilma em Fortaleza reúne lideranças indígenas (Foto: Elias Bruno/G1)

Alex Citó defende que Cunha não pode permanecer no cargo de presidente da Câmara (Foto: Elias Bruno/G1)Alex Citó defende que Cunha não pode permanecer no cargo de presidente da Câmara (Foto: Elias Bruno/G1)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s