capa-bec-site

O Sindicato dos Bancários do Ceará fez a entrega dos cheques com os valores liberados através de alvarás, de mais um lote da ação contra o Bradesco, cujos beneficiários são ex-funcionários do BEC. Durante um café da manhã, nesta sexta-feira, dia 27/11, os diretores do Sindicato, Robério Ximenes e Marcos Francelino, com assessoria do advogado João Vianey, deram esclarecimentos sobre todo processo da ação, sobre as deduções legais e como prossegue a liberação dos outros lotes.

Mais de 1.200 ex-funcionários do Banco do Estado do Ceará (BEC) são beneficiários dessa ação, que foi repartida em 58 execuções separadas por lotes de, em média, 20 bancários cada um, cujas liberações de valores seguem os trâmites da justiça.

O que postula a ação

O Sindicato ajuizou essa ação em 1998, pedindo o pagamento de dois reajustes salariais que o Banco do Estado do Ceará (BEC), não realizou na época, nas Convenções Coletivas de 1996/97 e 1997/98, e que fossem feitos esses reflexos, ou reajustes que o BEC não realizou, junto às verbas salariais, como 13º, férias, FGTS. Enfim, todos os benefícios previstos pela legislação trabalhista e pelas Convenções Coletivas dos Bancários.

(SEEB/CE)