Estabilidade, salários que podem ser maiores que na iniciativa privada, dependendo do cargo, e jornada de trabalho definida. Esses benefícios já costumam atrair milhares de pessoas que se dedicam por meses e até anos para passar em concurso público no Brasil. E em meio ao encolhimento de vagas no setor privado nos últimos meses, optar pelo setor público pode ser a última esperança para quem não consegue se recolocar no mercado de trabalho.

Por isso, tem sido mais difícil entrar no serviço público, devido ao grau de dificuldade cada vez maior das provas e também pela concorrência cada vez mais acirrada.

De acordo com Vincenzo Papariello Júnior, sócio-fundador da VP Concursos, empresa que oferece consultoria e treinamento personalizado para concursos públicos e exames, na preparação, o concurseiro é cercado por tentações que podem atrapalhar sua rotina de estudos e levá-lo à reprovação.

O especialista elenca abaixo os sete pecados a evitar e as sete virtudes que o concurseiro precisa ter para se aventurar na empreitada:

OS SETE PECADOS:

Selo - Orgulho (Foto: Reprodução)

Por mais que o candidato esteja preparado, recusar a ajuda pode comprometer o desempenho.


Selo - Avareza (Foto: G1)

Não economize em livros e materiais de estudo. Por mais que o diferencial seja a preparação, ter um bom apoio também ajuda na hora da prova.


Selo - Inveja (Foto: G1)

O que funciona com um aluno nem sempre vai dar o mesmo resultado para outro. Ou seja: não tente copiar o planejamento.


Selo - Ira (Foto: G1)

Ficar com raiva durante os estudos ou com uma possível reprovação não leva a lugar algum. A grande maioria das pessoas não passa em seu primeiro exame.


Selo - luxúria (Foto: G1)

Evite a “sedução” de fatores externos que possam atrapalhar a rotina de estudos, como baladas e outros programas.


Selo - Gula (Foto: G1)

O candidato não precisa absorver conhecimento teórico. Basta estudar o que realmente vai cair na prova.


Selo -preguiça (Foto: G1)

Passar em um concurso público é difícil. A acomodação pode levar à reprovação.


AS SETE VIRTUDES:

Selo Humildade (Foto: G1)

A pessoa precisa estar disposta a ouvir conselhos e não ter medo de largar sua convicção para seguir uma recomendação melhor.


Selo Generosidade (Foto: G1)

O candidato que compartilha seu plano de estudos com outras pessoas consegue trocar experiências e conhecer novos métodos.


Selo Bondade (Foto: G1)

É importante desenvolver empatia com professores que ajudam na preparação. Dessa forma, o candidato consegue absorver novos conteúdos.


Selo Paciência (Foto: G1)

Concurso público é que nem maratona: demorada e difícil. Manter a calma é fundamental para ter sucesso na prova.


Selo Castidade (Foto: G1)

Castidade, no caso, envolve a simplicidade. Adote métodos fáceis, mas eficazes, para controlar sua estratégia de estudos.


Selo Temperança (Foto: G1)

Tenha autocontrole e nunca vá além da sua capacidade. Estude de acordo com sua rotina e seu aprendizado.


Selo Disciplina (Foto: G1)

Defina metas, cronograma e horário de estudos. Assim a pessoa consegue manter o foco e aumenta a chance de atingir seu objetivo e passar em um concurso público.

(Concursos e Emprego, G1 SP)

Anúncios