Desde 2003, os bancários fazem greves nacionais todos os anos para pressionar a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) a avançar nas negociações. O resultado desta mobilização é que, desde 2004, a categoria garante aumento de salário, além de melhorias gradativas na distribuição da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Confira abaixo a tabela de reajustes de 1995-2014, nos bancos públicos e privados:

A Fenaban tem sempre uma justificativa infundada para não atender as reivindicações da categoria. Desde 1995, data da conquista da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), é somente com unidade, mobilização e paralisações que os bancários conseguem avançar na luta por uma distribuição de renda mais justa. Confira abaixo a tabela de avanços na PLR:

Por Renata Ortega

SEEB Curitiba