O Partido dos Trabalhadores terá candidaturas próprias em Fortaleza e Juazeiro do Norte. A informação foi divulgada pelo jornalista Donizeti Arruda, em seu comentário no programa Ceará News, da Rede Plus FM, na manhã desta quarta-feira (30).

Segundo o jornalista um jantar entre os deputados federais petistas José Guimarães e Luizianne Lins, e mais o deputado estadual Elmano de Freitas, decidiu sobre a candidatura própria a prefeito de Fortaleza. A decisão de Juazeiro do Norte teria saído em reunião de Guimarães com o governador Camilo Santana.

Durante a reunião, o governador Camilo descartou sua saída do PT para o PDT. Camilo teria reconhecido as articulações e formalização de convites, mas preferia permanecer no PT. Segundo o deputado Guimarães, além do governador, o partido não perdeu nenhum prefeito no Ceará. O prefeito de Itapipoca, Dagmauro, desistiu da desfiliação.

Na capital, o mais provável é que Luizianne dispute o cargo pela sigla. Já em Juazeiro do Norte, o nome é o do ex-prefeito e deputado estadual Manoel Santana. Com a decisão de Juazeiro, Fernando Santana, chefe de gabinete adjunto do governador, pode ser o candidato em Barbalha. Outra decisão tomada nos encontros foi a pré-candidatura do deputado federal José Airton Cirilo em Caucaia.

O detalhe é que as decisões desarticulam os nomes do PDT no Crajubar. Nessa conjuntura, nomes como Gilmar Bender não terão o apoio de Camilo e, provavelmente, do grupo dos irmãos Ferreira Gomes (FGs).

Com a articulação o deputado Guimarães neutraliza, ainda, as pretensões do PDT em Crato e Barbalha. O PDT barbalhense tencionava por uma candidatura do ex-prefeito João Hilário. Já em Crato é quase certo que o PT lance o médico Marcos Cunha; tese que o deputado Guimarães tenta derrubar para apoiar o atual prefeito Ronaldo Mattos (PSC).

Link: http://cearanews7.com.br/ver-noticia.asp?cod=27711

Anúncios