O governo potiguar ganhou um aliado para tentar conter a crise que afeta o sistema penitenciário do estado. Na noite desta terça-feira (25), um dos helicópteros da Secretaria de Segurança Pública do Ceará chegou ao Rio Grande do Norte. A primeira missão foi dar cobertura ao espaço aéreo durante a troca de presos que aconteceu entre a Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, que fica em Caicó, na região Seridó, e o Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, na Grande Natal.

Aeronave da Secretaria de Segurança Pública do Ceará possui equipamentos que permitem voos noturnos (Foto: Divulgação/Sesed)

O remanejamento envolveu 193 detentosque fazem parte de facções rivais. Seis presos foram mortos nos últimos dias após confrontos entre membros dos dois grupos. Ainda há os casos de dois presos que foram encontrados enforcados com lençóis, nos quais a polícia não descarta a possiblidade de ambos terem sido assassinados em razão dos conflitos.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública do RN, o helicóptero cearense é uma aeronave de maior porte, um EC 145 com dois motores e que é homologado para voos e traslados noturnos. “Ele deve ficar aqui até a próxima semana, que é quando o nosso helicóptero, o Potiguar 1, retorna da manutenção. O serviço está sendo feito em Fortaleza”, explicou o tenente Christiano Couceiro.

(Anderson Barbosa, G1 Rio Grande de Norte)

Anúncios