Roberto Carlos, ao lado de Jeová Mota, após colocar os pés na Calçada da Fama da Arena Castelão – FOTOS: CAMILA ALMEIDA

Fortaleza ganhou um reforço de peso na sua candidatura para se tornar uma das duas sedes dos jogos da Seleção Brasileira durante as Eliminatórias para a próxima Copa do Mundo, na Rússia. Lateral-esquerdo do Penta em 2002, Roberto Carlos declarou apoio a capital cearense em seu objetivo, após receber convite do Governo do Estado, via Secretaria de Esportes (Sesporte).

“Foi feito o pedido para que eu possa ajudar. Claro que eu quero participar desse projeto. Claro que quero que a seleção, com estádio desse,  possa fazer os jogos aqui, que seja uma das sedes. A seleção sempre foi muito bem recebida aqui, como na minha época.”, destacou Roberto Carlos, na tarde desta quinta-feira, 6, durante a cerimônia em que colocou os seus pés na Calçada da Fama da Arena Castelão, realizada no espaço cultural do estádio.

O titular da Sesporte, Jeová Mota, comemorou o apoio do ex-jogador e espera agora que Fortaleza ganhe novo fôlego na disputa, que envolve ainda Rio de Janeiro, Recife e Salvador. “Estávamos precisando de um reforço como ele, que pode nos ajudar muito nessa campanha. Vamos agora finalizar o nosso projeto para que o Ceará possa ficar em evidência”, destacou o secretário.

Logo após a cerimônia na Calçada da Fama, Roberto Carlos foi conduzido a uma visita às obras do Centro de Formação Olímpica (CFO), que fica ao lado do Castelão. O ex-jogador e atual treinador do Delhi Dynamos, da Índia, se disse impressionado com a estrutura. “O importante com essa estrutura é que ao invés dos atletas precisarem irem para fora, que eles possam vir para cá, treinar aqui. A estrutura aqui é de primeiro mundo. A melhor que eu já vi nas cidades por onde passei”, enalteceu. O CFO deve ter suas obras concluídas no início de setembro.

(Bruno Balacó, Esportes O Povo)