A passagem de ônibus intermunicipal vai ficar mais cara. Empresas que operam este serviço de transporte no Ceará vão reajustar suas tarifas em 8.24%. A alta está sendo homologado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce).

Pela Expresso Guanabara, por exemplo, a passagem de Fortaleza a Sobral, em um ônibus convencional, passará de R$ 25,10 para R$ 27,17; Fortaleza-Juzaeiro do Norte, vai de R$ 53,30 para R$57,70; Fortaleza-Iguatu, passará de R$ 43,55 para R$ 47,13.

O processo já passou pela coordenadoria Econômico-tarifária da Arce e está na coordenadoria de Transportes para dar sequência à homologação.

O coordenador econômico-tarifário da Arce, Mário Monteiro, ratificou ao O POVO que a análise do reajuste teve início há uma semana na agência.

Etapas

Em seguida, a documentação analisada vai retornar ao Departamento de Trânsito do Estado do Ceará (Detran-CE), o competente legal pela promoção do reajuste, para ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Pelo contrato de concessão, o reajuste deve ocorrer todo dia 1º de agosto de cada ano. A medida está prevista na cláusula 10.5 do contrato de concessão dos oito lotes de linhas intermunicipais, assinado entre cinco empresas e o Detran-CE, homologado anteriormente pela Arce.

Contrato

Em 2014, a alta ocorreu em 28 de dezembro de 2014 e foi de 6,27%. Conforme O POVO apurou entre empresários do ramo, é a primeira vez em muitos anos que o Governo do Estado está cumprindo o contrato. Uma fonte afirmou que isso dá confiança ao setor e credibilidade para investir. “O empresário quer garantia”.

O cálculo do reajuste das tarifas leva em conta 40% do acumulado dos últimos 12 meses do Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC). Refere-se ao peso do reajuste dos salários. Tem 30% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do diesel. Além disso, soma-se 30% da inflação do período.

Sobre o assunto, o Detran-CE posicionou-se por meio de nota. “O Detran informará amanhã (hoje), no final da tarde, nota sobre o reajuste das tarifas dos ônibus e vans que fazem o transporte intermunicipal no Ceará, quando finalizará o processo.”

(Andreh Jhonatas, O Povo)

Anúncios