Agricultores familiares cearenses contarão com R$ 689 milhões, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O anúncio foi feito pelo ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Patrus Ananias, nesta quarta-feira (29), no Palácio da Abolição, em Fortaleza (CE). O Ceará é a primeira unidade da federação a receber o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016 direcionado para o estado. A estimativa é de que sejam formalizados mais de 140 mil contratos.

Durante a solenidade, o ministro salientou que os recursos do Pronaf cresceram mais de 10 vezes, nos últimos 13 anos, e realçou que essa é uma conquista que deve ser lembrada pelos brasileiros. “Há um esforço para reduzir a autoestima do brasileiro. Mas temos que enxergar as conquistas que tivemos, com clareza. Milhões de famílias saíram da extrema pobreza para ter uma vida mais digna”, disse.

Patrus elogiou o estado e afirmou ter a expectativa de uma reforma agrária efetiva no Ceará. “Os caminhos do Brasil passam pelo Ceará, que foi o primeiro estado que aboliu a escravidão. E quero que o estado também seja lembrado, no futuro, por cumprir o princípio da função social da terra”.

Plano Safra Ceará

Além do crédito, o MDA vai ampliar os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) no estado. Ao todo, mais de 45 mil famílias de agricultores cearenses serão atendidas por mais de 900 técnicos. O Plano Safra também prevê chamadas de Ater para: 1,2 mil jovens; três mil agricultores que praticam agroecologia; e mais de seis mil famílias atendidas pela Ater Sustentabilidade.

Os programas de Alimentação Escolar (Pnae) e de Aquisição de Alimentos (PAA) vão adquirir da agricultura familiar local mais de R$ 20 milhões em produtos agrícolas. Além do valor, há ainda a estimativa de R$ 190 milhões destinados à compra da alimentação escolar no estado, sendo, no mínimo, 30% (R$ 56,9 milhões) da agricultura familiar.

O governador do Ceará, Camilo Santana, lembrou que o estado foi o primeiro a implementar uma Secretaria de Desenvolvimento Agrário e afirmou que os agricultores familiares são tratados com prioridade pelo governo. “A grande maioria dos nossos produtores são agricultores e agricultoras familiares, e nós sabemos a dificuldade de um estado quase todo semiárido. Então é um público que precisa de um olhar carinhoso”, avaliou Camilo.

Plano Safra 2015/2016

Anunciado em junho, o Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016 ampliou os recursos do Pronaf em 20%, chegando a R$ 28,9 bilhões. Os juros continuam abaixo da inflação e variam entre 0,5% e 5,5% ao ano.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Anúncios