Do G1 Rio

Um cliente da empresa de telefonia Nextel teve um “dia de fúria” nesta segunda-feira (27). Irritado por não conseguir fazer o cancelamento do plano, segundo testemunhas, ele voltou no carro, pegou uma marreta e destruiu parcialmente uma loja da telefônica na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

O nome do cliente não foi divulgado. De acordo com a Polícia Militar, os agentes chegaram ao local e ele já havia ido embora. O gerente da loja não quis acompanhar os policiais até a delegacia.

Em nota, a Nextel lamentou o fato e informou que nenhum colaborador ou cliente sofreu ferimentos. A empresa disse ainda que está fazendo o levantamento dos prejuízos financeiros e avaliará eventuais medidas que o caso comportar.

Cliente quebrou loja da Nextel após ter cancelamento do plano negado (Foto: Enviado pelo Whatsapp)
Cliente quebrou loja da Nextel após ter cancelamento do plano negado (Foto: Enviado pelo Whatsapp)

‘Dia de fúria’
A expressão “dia de fúria” deu nome ao filme lançado em 1993 (“Falling down”, no título original), com Michael Douglas no papel principal. Ele vive William Foster, um homem desempregado e divorciado, que tem reações violentas a problemas cotidianos devido a um colapso mental causado por estresse.

Vidros da loja Nextel foram destruídos (Foto: Enviado pelo Whatsapp)
Vidros da loja Nextel foram destruídos (Foto: Enviado pelo Whatsapp)
Anúncios