Cerca de cinco mil funcionários de todo o país aderiram ao PAI (Plano de Aposentadoria Incentivada) do Banco do Brasil. O prazo de adesão terminou na sexta-feira 10. A adesão corresponde a 4,5% do total de funcionários da empresa que, segundo seu balanço, contava com cerca de 111 mil bancários no primeiro trimestre deste ano. Agora, o movimento sindical cobra que a direção da instituição financeira acelere a contratação de trabalhadores.

A cláusula 39ª do acordo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) – conquistada na Campanha Nacional Unificada 2014 – estipula a contratação pelo banco público de 2 mil funcionários, sendo que mil ocorreram no ano passado e o restante tem de ser feita até dezembro deste ano.

Contrário ao programa anunciado pelo BB, o presidente do Sindicato dos Bancários de Catanduva, Paulo Franco, afirma que o processo acabará por precarizar ainda mais o atendimento. “Sempre faltam funcionários nas agências, então não podemos compactuar com esse tipo de processo que acabará, sem dúvida alguma, prejudicando trabalhadores e a população em geral”. Ele ressalta ao trabalhador que, uma vez aceita a proposta, não há como fazer questionamentos judiciais.

Fonte: Seeb Catanduva, com informações da Seeb São Paulo

Anúncios