A agilidade da Policia Militar foi fundamental para que a quadrilha não conseguisse levar nenhuma quantia em dinheiro.

33 agências bancárias do Ceará já sofreram ação criminosa somente em 2015, o mais recente foi no Brades de Redenção. Antes do arrombamento, seis elementos assaltaram uma Hilux de placas HXY 2006, no Centro.

Todos os bandidos estavam encapuzados, em um carro tipo Strada. Três homens desceram e apontaram as armas para a vítima e anunciaram o assalto. Logo em seguida seguiram para a agência do Bradesco, ficando três em cada carro.

A Hilux ficou próximo aos Correios com os elementos posicionados, prontos para o confronto com a polícia. O restante seguiu para os bancos do Brasil, Bradesco e Caixa que estão situados no mesmo quarteirão. Mantendo a mesma posição de confronto.

De imediato, o operador do Destacamento da PM acionou uma viatura de Redenção que foi ao local, e lá chegando percebeu a quantidade de elementos, devido o baixo efetivo, teve que esperar apoio.

Segundo a polícia, com maior brevidade foram acionados apoio das cidades de Barreira, Aracoiaba, Antônio Diogo (Distrito de Redenção), duas de Baturité e uma composição com Capitão Pinheiro. Rapidamente fecharam o cerco, logo em seguida chegaram duas composições do GATE.

Conforme o relatório, agilidade da Policia Militar foi fundamental para que a quadrilha não obtivesse êxito, chegando apena a explodir o Banco do Bradesco, porém, não conseguindo levar nenhuma quantia em dinheiro. Os elementos evadiram-se do local, indo em direção a Serra do Manoel Dias, zona rural.

Populares disseram que tinham aproximadamente de 12 a 15 quinze elementos armados com fuzil, na ação, outro carro tipo Siena deu cobertura. Durante as buscas no intuito de capturar os elementos, foi localizada na localidade de Oiteiro zona rural de Redenção, a Hilux que havia sido tomada de assalto.

Via http://www.revistacentral.com.br