Com casos já registrados em pelo menos três outros estados do Nordeste, uma virose misteriosa, de sintomas semelhantes aos da dengue e do sarampo, começou a fazer os primeiros registros no Ceará. Apresentando manchas vermelhas na pele, coceira e dores de cabeça e no corpo, fortalezenses têm procurado as unidades de saúde da Capital nos últimos dias em busca de um diagnóstico, mas a doença ainda não foi reconhecida.

No Ceará, não há informações oficiais sobre ocorrências da infecção. No entanto, os casos já estão surgindo em Fortaleza.

Diagnóstico negativo para alergia, dengue e sarampo

Há cerca de uma semana, a universitária Carolina Melo, de 20 anos, passou a sentir indícios da doença, como dores no corpo, na garganta e na cabeça. Pequenas manchas vermelhasapareceram em seu tórax e, depois, espalharam-se por toda a pele. Após fazer exames, teve o diagnóstico negativo para alergia, dengue e sarampo. “Não souberam dizer o que era, mas a médica achou melhor tratar como se fosse dengue e passou alguns medicamentos”, afirma Carolina.

A estudante Marciane Moura também começou a apresentar os mesmos sintomas na semana passada. Primeiro, veio o mal-estar e, depois, febre alta e dores de cabeça. As manchas vermelhas surgiram de forma repentina e acompanhadas de coceira.

Segundo ela, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) onde procurou ajuda médica, outras três pessoas estavam com quadro de saúde semelhante ao seu. “Não conseguia nem dormir direito, porque as manchas esquentavam e ardiam. Pouco tempo depois, meus olhos ficaram vermelhos, como se eu tivesse com conjuntivite”, relata.

Sesa divulgará nota técnica nesta quarta-feira

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) informou que divulgaria, nesta quarta-feira (29), uma nota técnica sobre o assunto.

(Diário do Nordeste)

Anúncios