Trabalho de Clara Tavares em exposição no 66º Salão de Abril (Foto: Divulgação/Secult)

A abertura oficial do 66º Salão de Abril será realizada nesta sexta-feira (10), às 19 horas, na Galeria Antônio Bandeira, no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB). Foram selecionados 30 trabalhos de artistas de todo o país, sendo 13 locais, para fazer parte da mostra nacional. Na solenidade de abertura, o secretário de Cultura de Fortaleza, Magela Lima, vai anunciar os três artistas premiados, que receberão R$15 mil cada. A noite também terá a participação do múltiplo artista Uirá dos Reis como a atração musical.

A comissão de seleção dos trabalhos desta edição do Salão de Abril teve três membros: a curadora, pesquisadora e psicanalista Flavia Copas; a curadora e pesquisadora Cecília Bedê; e a curadora, documentarista e mestra em artes visuais Adriana Botelho. A seleção foi realizada de 24 a 27 de fevereiro de 2015. No total, a edição deste ano distribuirá um montante de R$ 135 mil, sendo 30 prêmios de R$ 3mil para cada uma das 30 obras selecionadas.

A visitação estará aberta até 10 de maio, de terça à sexta-feira, das 10h às 20h, e aos sábados, das 10h às 19h, com exceção dos feriados, quando o CCBNB estará fechado. O espaço conta com acessibilidade de pessoas com deficiência, com piso podotátil, tradução audiovisual por meio da audiodescrição das obras e etiquetas em braille. O local contará ainda com o serviço de um intérprete de LIBRAS para tradução simultânea durante as visitas do público surdo.

Salão de Abril
O Salão de Abril foi lançado em 1943, como iniciativa da União Estadual dos Estudantes (UEE), por artistas que atuavam na cidade. A partir da segunda edição, em 1946, a Sociedade Cearense de Artes Plásticas (SCAP) assumiu a realização do evento, tornando-se a entidade responsável por sua continuidade, até 1958.

As exposições do Salão de Abril não tiveram uma constância. Houve um hiato entre as primeiras edições. Somente em 1964, quando a administração municipal assumiu a responsabilidade e importância do evento, a mostra assumiu um papel de eixo da vida cultural da capital cearense. Nas sete décadas de existência e em 65 edições, nomes importantes participaram de mostras.

Trabalhos selecionados
Os artistas selecionados para a Mostra Nacional deste 66º Salão de Abril são: Rodrigo Moreira (São Paulo); Fernanda de Oliveira Antoun (Rio de Janeiro); Rafael Vilarouca Peixoto Correia (Ceará); Geovana Correia Nunes (Ceará); João Victor Silva Oliveira (Bahia); Cristiane Soares e Silva (Ceará); Jose Bruno Faria Neto (Pernambuco); Mônica Justo da Silva Schoenacker (São Paulo); Diego De Los Campos Orefice (Santa Catarina); Sérgio Carvalho de Santana (Ceará); Naiana Magalhães Soares de Sousa (Ceará); Leandro Alves (Ceará); Leandro Estevam Maciel de Jesus (Bahia); Roberta Hammel Tassinari (Santa Catarina); Thiago Salas Gomes (São Paulo); Narcelio Moreira Dantas (Ceará); Guilherme Martins (Goiás); Amanda de Souza Meirelles (São Paulo); Juliane Peixoto Medeiros (Ceará); Jonas Arrabal Aragutti (Rio de Janeiro); Clara Tavares Capelo Camanho (Ceará); Tiago Nogueira Ribeiro (Bahia); Gabriel Schimidt Grecco (Rio de Janeiro); Jared José Barbosa Domício (Ceará); Filipe Acácio Normando (Ceará); Carlos Eduardo Campos Serejo (São Paulo); Juliana Ferreira Pinto (Ceará); Pedro Augusto Gonçalves Ribeiro de Andrada (São Paulo); José Carlos de Mélo (Pernambuco); e Francisco Flor – Coletivo Faz Cinema (Ceará).

Serviço
Abertura da Mostra Nacional do 66º Salão de Abril
Quando: sexta, dia 10 de abril de 2015, às 19h
Onde: Galeria Antônio Bandeira – Centro Cultural Banco do Nordeste (Rua Conde D’Eu, 560 – Centro); Visitação: terça à sexta-feira, de 10h às 20h; e sábados, das 10h às 19h
A exposição fica em cartaz de 10 de abril a 10 de maio de 2015

(G1 Ceará)