Ceará 247 – O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi malhado como Judas. As críticas aconteceram em cortejo que o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Ceará (Sindsaúde) e a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

“Escolhemos o Eduardo Cunha, porque ele representa o que há de mais atrasado na política brasileira”, afirmou a presidente do Sindsaúde, Marta Brandão. O grupo, formado por 300 pessoas, saiu da Praça da Lagoinha e andou por quase um quilômetro até a Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza, onde foi lido o seguinte “testamento” do boneco que simbolizava o presidente da Câmara:

“Tendo por alvo os direitos dos nossos trabalhadores, vamos fazendo os ajustes nesse planalto de dores, cercado de chantagistas, vilões e achacadores, relembrando a Via Crucis, que estremece a Nação, expondo o trabalhador à constante humilhação com restrição de direitos e à terceirização”.

Via Brasil 247