Alvo de constantes boatos com relação à sua sexualidade, James Franco se pronunciou sobre o assunto em entrevista à revista Four Two Nine e contou que se considera gay… até certo ponto.

“Bem, eu gosto de pensar que eu sou gay na minha arte e hétero na minha vida. Embora, eu também seja gay na minha vida, mas só até o ponto da relação sexual, a partir daí você poderia dizer que eu sou hétero. Então, eu acho que depende de como você define gay. Se isso significa com quem você faz sexo, eu acho que eu sou hétero”, declarou.

“Mas nos anos 20 e 30, eles costumavam definir homossexualidade pela forma como você age e não por quem você dormiu. Marinheiros f* caras o tempo todo, mas por se comportarem de maneira masculina, eles não eram considerados gays”, continuou.

Em 2014, a vida pessoal do ator virou notícia no Brasil em razão do suposto affair comThaila Ayala. No seu novo longa, I Am Michael, James interpretará Michael Glatze, um ativista dos direitos homossexuais que passa a condenar sua própria condição, arranja uma namorada e transforma-se em pastor ferrenho na luta contra os gays.

(Revista Quem)

Anúncios